Durante a última cerimônia do Angelus de 2017, o papa Francisco rezou neste domingo (31) pelas vítimas coptas de ataques terroristas ocorridos no dia 29 de dezembro.

“Exprimo minha proximidade aos irmãos coptas ortodoxos do Egito, atingidos há dois dias por dois atentados – um em uma igreja e outro em um estabelecimento na periferia do Cairo. O Senhor acolha as almas dos defuntos, apoie os feridos, os familiares e a inteira comunidade, e converta o coração dos violentos”, disse Jorge Mario Bergoglio Na ação, nove pessoas morreram na igreja em Helwan e outros dois morreram no pequeno mercado.

A minoria cristã copta é constantemente alvo de atentados de extremistas islâmicos no Egito e, durante sua viagem àquela nação, em abril deste ano, Francisco se reuniu com expoentes e membros da religião ortodoxa.

Famílias: Durante seu pronunciamento, o Pontífice deu destaque ao papel das famílias na sociedade e enviou uma saudação àquelas que conseguem ter “uma vida digna”.

“A missão para qual a família é orientada é criar as condições favoráveis para um crescimento harmônico e repleta de filhos, para que possam viver uma vida boa, digna de Deus e construtiva para o mundo. É essa a saudação que envio para todas as famílias hoje”, disse o líder católico.

Em outra passagem do texto, ele afirmou que “todos os pais são protetores da vida dos filhos, e não seus proprietários” tendo que ajudá-los a “crescer e a amadurecer”.

Agência de Notícias

31
dez

Desembargador manda prender policiais

Postado às 13:32 Hs

O desembargador Claudio Santos, em plantão judicial neste domingo (31), determinou que sejam efetuadas prisões em flagrante de todos os integrantes ativos e inativos da segurança pública, que, a partir da publicação da decisão, “promovam, incentivem, estimulem, concitem ou colaborarem, por qualquer meio de comunicação, para a continuação da greve no sistema de segurança pública do RN, pelo cometimento de crimes de insubordinação, motim (PM) ou desobediência”. A determinação foi dada aos responsáveis pela Polícia Militar, Civil e Corpo de Bombeiros. De acordo com a decisão, a secretária estadual de Segurança Pública, delegada Sheila Freitas, deverá acompanhar pessoalmente a efetivação dessas medidas, inclusive coordenando a eventual utilização da Força Nacional ou forças federais.

O desembargador Cornélio Alves, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, autorizou o governo do estado a remanejar R$ 225,7 milhões para pagamento dos salários dos servidores da Segurança Pública. A decisão foi tomada no plantão judiciário deste sábado (30), atendendo a um mandado de segurança enviado à Justiça pelas associações de subtenentes e sargentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, pela Associação dos Delegados de Polícia do RN e Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública.

A paralisação das forças de segurança pública causou aumento da violência no estado, que recebeu reforço de tropas da Força Nacional e neste final de semana passou a receber militares das Forças Armadas. O Governo Federal mandou 2.800 homens e mulheres ao estado.
No pedido feito à Justiça, as associações e sindicatos destacaram o atraso no pagamento dos salários, que é considerada verba alimentar, e argumentaram que ela tem prioridade entre as obrigações do governo. Afirmaram ainda que os servidores tinham dificuldade até mesmo de chegar ao local de trabalho por falta de recursos.

31
dez

2018: Um ano claramente escuro

Postado às 11:48 Hs

Por Carlos Brickmann

O presidente Michel Temer, usando sem parar a máquina do Governo, prometendo ampliar ainda mais as vantagens oferecidas a quem o apoia, mantendo-se ao lado de cavalheiros amplamente conhecidos como Romero Jucá, Eliseu Padilha, Moreira Franco, atraindo para seu grupo mais pessoas vocacionadas para integrá-lo, como o deputado Carlos Marun, tem o apoio de 6% do eleitorado – um número como o ostentado, veja só, por Dilma.

Por que usar maneiras tão discutíveis de fazer política, para ter resultados tão frustrantes? Por que, com tão pouco apoio, ensaia tentar a reeleição?

Simples: porque a primeira obrigação de um político é sobreviver. Vale tudo, portanto, para manter-se no cargo, mesmo tendo de chamar de Vossa Excelência alguns cavalheiros que só agora aprenderam a usar talheres às refeições (e a devolvê-los no final do banquete).

Sobreviver não quer dizer que continue dando as ordens – que essas, mesmo em seus melhores tempos, dava em voz tão baixa que o gravador de Joesley não pôde captá-las direito

31
dez

Sobreviventes em 2017

Postado às 11:31 Hs

Costuma-se afirmar que o poder, como a natureza, abomina o vácuo. Em tese, qualquer espaço livre que venha a se constituir no mundo político tende a ser rápida e fatalmente ocupado.

Em certa medida, o ano de 2017 parece marcar uma exceção a essa regra. É como se todos os personagens do cenário, à esquerda e à direita, tivessem passado por um processo de enfraquecimento e desorientação, contando como ganhos, no máximo, as oportunidades que tiveram para sobreviver.

Dentre os sobreviventes, foi sem dúvida Michel Temer o capaz de maior proeza. Com índices inauditos de impopularidade e às voltas com uma aterradora série de escândalos, o presidente peemedebista esgueirou-se inacreditavelmente de crise em crise.

Um voto salvador —o do ministro Gilmar Mendes— impediu que fosse cassada, pelo Tribunal Superior Eleitoral, a chapa que o levou ao Palácio do Planalto.

Um punhado de votos mais, na Câmara dos Deputados, livrou-o de ser afastado para o julgamento de sua participação no caso da propina entregue ao ex-deputado Rodrigo Rocha Loures por um emissário do grupo JBS.

Ocorre que, do lado dos que o acusavam, o ano também foi de prejuízos. Procurador-geral da República durante a maior parte de 2017, Rodrigo Janot deixou o cargo sob intenso desprestígio, que se estendeu ao próprio mecanismo, antes visto como panaceia jurídico-policial, da delação premiada.

Entre os dois polos, o Supremo Tribunal Federal se vê menos respeitado que há um ano, esfacelando-se em conflitos internos e arranjos de ocasião. No mundo partidário, o PSDB perdeu o capital político que poderia ter como fiador de luxo do cenário pós-impeachment.

A derrocada de Aécio Neves, o malogrado espasmo das ambições presidenciais do prefeito João Doria e o vaivém do partido em questões como a reforma da Previdência foram determinantes, sem dúvida, para que os tucanos vagassem, como fantasmas, pela soturna catacumba onde se decompõem PMDB, PTB, PP e tantos outros.

Também o PT se desfaz, no ridículo, no escândalo e na pura negação da realidade, fantoche desarticulado, preso ao único e frágil fio da candidatura presidencial de um condenado em primeira instância. Tanto quanto a centro-direita, a centro-esquerda não tem alternativas sólidas a apresentar para a disputa presidencial.

Se, com exceção de algumas figuras caricatas, o mundo político parece viver em descenso generalizado, não será deslocada a avaliação de que o próprio sistema entra em considerável disfunção.Temporária, na melhor hipótese; estrutural, talvez. O inegável é que sociedade e política se dissociam, sem reforma à vista.

31
dez

Charge: Pobre Brasil…

Postado às 10:43 Hs

O general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, comandante do Exército brasileiro, voltou a usar na tarde deste sábado sua conta no Twitter para chamar a atenção para o constante emprego de militares em operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). Desta vez o oficial revelou estar preocupado com as constantes intervenções, usando como exemplo a mobilização do Exército para atuar na segurança pública no Rio Grande do Norte. Segundo o general, as Forças Armadas foram usadas três vezes num espaço de 18 meses no estado.

A presença das Forças Armadas nas ruas da Região Metropolitana de Natal e de Mossoró conta com 2.800 militares. As operações começaram na madrugada deste sábado. Ao contrário do Rio, onde há militares atuando em apoio à segurança pública do estado, no Rio Grande do Norte o Exército assumiu também o controle das polícias. Na manhã deste sábado, o governador do RN, Robinson Faria (PSD), transferiu, por meio de decreto, o controle operacional dos órgãos de Segurança Pública para o general de brigada Ridauto Lúcio Fernandes. As tropas deverão permanecer no estado durante os próximos 15 dias. As informações são de Antonio Werneck –  O Globo.

A operação das Forças Armadas, batizada de Potiguar III, é a terceira ação de GLO no Rio Grande do Norte em dois anos. O prazo de permanência no estado foi estabelecido em decreto do presidente Michel Temer, mas poderá ser prorrogado. O estado enfrenta uma onda de roubos e saques há onze dias, desde o início de uma greve de policiais militares e bombeiros.

No texto que publicou na rede social, o general Villas Bôas disse: “Preocupa-me o constante emprego do @exercitooficial em “intervenções” (GLO) nos Estados. Só no RN, as FA já foram usadas 3 X, em 18 meses. A segurança pública precisa ser tratada pelos Estados com prioridade “Zero”. Os números da violência corroboram as minhas palavras”.

Tudo é relativo, só Deus é absoluto! Essa fala carrega muito sentido para os que creem. O Deus absoluto, que quis se relativizar na história humana, para fazer comunhão com o mundo, ensina-nos a não absolutizar nada, pois tudo está em relação. Ele próprio, revelado e compreendido como Trindade, é só relação: o absoluto que, por força do amor que o define e move, doa-se infinitamente. O ser humano, entretanto, busca absolutizar-se e absolutizar muitas coisas. É o pecado da idolatria. Tornar coisas absolutas, além de criar outros deuses, rompe com toda a possibilidade da paz: religiões absolutizadas, ideologias absolutizadas, culturas absolutizadas, entre outras coisas, geram desarmonia, violência, intolerância. Como cidadãos do mundo, precisamos cultivar a cultura da paz. Como cristãos, precisamos viver e testemunhar a paz. O próximo dia 1º, além de marcar o início de um novo ano, o de 2017, é o dia da Confraternização Universal – Dia Mundial da Paz –, como convite à solidariedade humana, em e entre todos os povos, numa adesão de paz. Muitos sinais de morte, violência e desumanização acontecem todos os dias, no mundo inteiro. Mas é preciso, esperando contra toda a esperança, fazer opção pela paz, realidade possível.
A virada do ano no Rio Grande do Norte será tranquila”, declarou neste sábado (30), em Natal, o ministro Raul Jungmann. Em pronunciamento durante a do início da Operação Potiguar III, para garantia da lei e da ordem no estado, o ministro afirmou que um total de 2800 homens das Forças Armadas estarão no estado até o final do dia. Militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica começaram a atuar nas ruas da capital potiguar nesta sexta-feira (29). Apesar disso, a noite foi violenta na capital. O ministério tinha anunciado, ainda na sexta, que seriam enviados 2 mil militares ao estado. Na manhã deste sábado, 1.116 militares já faziam patrulhamento nas ruas da capital. O G1 procurou a assessoria da Operação Potiguar III para questionar o motivo do aumento de efetivo anunciado, mas não recebeu retorno até o momento. As Forças Armadas foram enviadas após um pedido do governo estadual, para conter a onda de violência em Natal e cidades do interior. Desde o dia 19, policiais militares estão aquartelados em protesto contra atrasos de salários e afirmam que só deixam os batalhões com viaturas e equipamentos em condições de uso. No dia 20, policiais civis também decidiram trabalhar apenas em escala de plantão.
30
dez

Mega da Virada

Postado às 17:24 Hs

Apostas para Mega da Virada podem ser feitas até 14h do dia 31 de dezembro.


Neste domingo, 31 de dezembro, acontece o sorteio da Mega da Virada, prêmio especial de fim de ano da loteria da Caixa. As apostas podem ser feitas até as 14h do dia 31. A aposta simples custa apenas R$ 3,50 e pode ser feita tanto nos volantes específicos da Mega da Virada quanto nos volantes comuns da Mega-Sena.
Em 2017, a Mega da Virada pagará o maior prêmio da história: a previsão é que chegue aos R$ 280 milhões.
Segundo a Caixa Econômica Federal, se um apostador acertar sozinho as seis dezenas e aplicar todo o prêmio na poupança, ele receberá cerca de R$ 1,2 milhão em rendimentos por mês.

 

30
dez

Chegando…

Postado às 17:18 Hs

Forças Armadas chegam a Mossoró para garantir a segurança e a ordem

As forças armadas já se encontram em Mossoró para garantir a segurança e a ordem. O efetivo de 300 homens e mulheres, que veio do Ceará, fará o patrulhamento nas ruas da segunda cidade do RN por pelo menos 15 dias, com possibilidade de renovação.

As tropas ficarão alojadas no Ginásio Municipal Pedro Ciarlini. Eles foram recepcionados, ao meio dia, pelo secretário de Segurança, General Girão Monteiro.

“Vamos fornecer a logística necessária para que eles possam montar a base de operação deles aqui. Eles vão instalar o Centro de Comando no Ginásio Pedro Ciarlini, e vão trabalhar em Mossoró de forma ostensiva e preventiva, essencialmente patrulhamento”, disse o secretário.

A vinda das forças armadas ao RN atende o pedido do Governador Robinson Faria, após o movimento de paralisação da PM, que segue nos quartéis em protesto contra os atrasos salariais.

Durante o movimento “Segurança com Segurança” deflagrando pela Polícia Militar, a cidade registrou um crescimento no número de saques, assaltos e homicídios. A violência chegou a ganhar destaque nacional.

Na noite de ontem, o governador Robinson Faria assinou o decreto que transfere o controle operacional dos órgãos de segurança pública do RN para o general da brigada Ridaulto Fernandes.

Fonte: Ismael de Sousa

O DEM planeja desembarcar do governo para lançar candidatura própria ao Planalto em 2018. Na convenção do dia 6 de fevereiro, o partido irá consolidar sua disposição de apresentar um nome na disputa e se posicionar como independente.

O preferido é o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Demistas avaliam que ele teria mais chances de competir com outros candidatos do centro, campo disputado hoje pelo tucano Geraldo Alckmin e Henrique Meirelles (PSD).

E querem dissociar seu candidato do nome apoiado pelo Palácio do Planalto. Enquanto isso, a saída do ministro Mendonça Filho (Educação) não será imediata e pode se arrastar até abril, quando ele se desincompatibiliza para concorrer às eleições. O DEM não indicará substituto.

Já o prefeito de Salvador, ACM Neto, e o senador Ronaldo Caiado (GO), almoçaram ontem, em Salvador, com Rodrigo Maia em mais uma tentativa de convencê-lo a disputar o Planalto. Ele resiste.

30
dez

Em 2018…

Postado às 12:31 Hs

 

Governo do RN encerra folha de novembro nos próximos dias

 O Governo do RN concluiu nesta sexta-feira, 29, o pagamento dos servidores ativos, inativos e pensionistas que ganham até R$ 4 mil, o que correspondente a  80% da folha de pagamento total e 86% da folha das polícias.

Os servidores que recebem acima de R$ 4 mil, ativos, inativos e pensionistas, serão pagos na próxima semana.

O Governo do RN mantém todos os esforços para quitar também o décimo terceiro e a folha de dezembro no mês de janeiro, para todos os servidores, conforme já anunciado.

Até o momento, os servidores da Educação e dos órgãos da administração indireta que arrecadam recursos próprios, entre eles CAERN, Potigas e Idema, já receberam os salários de novembro, dezembro e 13º, totalizando mais de 23 mil servidores sem pagamentos pendentes.

A equipe econômica segue na busca por uma solução para socorrer o Rio Grande do Norte, que passa por grave crise financeira. Uma das hipóteses em estudo é usar programas nas áreas de saúde e de segurança pública para repassar recursos para o governo potiguar.

O governo trabalha para fechar uma solução ainda em janeiro, segundo fontes oficiais, embora não haja garantias de que isso ocorra no prazo previsto.

Veja matéria completa da Revista Valor Econômico

No ano em que enfrentou denúncias de irregularidades e problemas de saúde, o presidente Michel Temer precisou rever diversas decisões para evitar embates públicos que pudessem enfraquecer ainda mais seu governo, aprovado por apenas 5% da população, segundo o Datafolha. Sob pressão da opinião pública e da equipe presidencial, entre outras medidas ele revogou um decreto com impacto ambiental, não realizou reforma ministerial ampla como se esperava e desistiu da regra para afastamento de auxiliares investigados. O próprio presidente defendeu, no ano passado, sua já notória atitude de recuar. “Quando houver equívoco, tem de rever a posição. Se o fizer, consertá-lo-ei”, disse.
30
dez

Charge: 2018 chegando…eita !

Postado às 11:39 Hs

30
dez

Informes

Postado às 11:31 Hs

Caern realiza manutenção preventiva na Adutora Jerônimo Rosado.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) realiza troca de equipamentos no conjunto motobomba da adutora Jerônimo Rosado. O serviço será realizado neste sábado (30), a partir das 7h, com previsão de conclusão às 17h.  O trabalho é preventivo e visa evitar a quebra do conjunto motobomba, o que poderia causar um desabastecimento da população.

De acordo com o Gerente da Regional Oeste da Caern, Márcio Bruno, o fornecimento de água em Mossoró terá a redução durante a realização do serviço e deve estar normalizado na manhã do domingo (31).  A recomendação da Companhia é que a população utilize a água de forma racional.

30
dez

Na telinha

Postado às 11:28 Hs

Especial de Fim de Ano da TCM vai ao ar neste domingo.

A TCM (TV Cabo Mossoró) se despede de 2017 com show especial da banda Radiola Club que vai ao ar neste domingo, 31, às 20h, no TCM 10 HD. Gravado no Pátio das Antenas, o programa tem duas horas de muita música, dos famosos clássicos de baile executados pelo grupo a hits atuais.

O programa é apresentado por Will Vicente e Daniele Silveira e contou com a participação de colaboradores da empresa. Além do TCM 10 HD, o show poderá ser acompanhado pela internet, através do www.tcm10hd.com.br ou aplicativo TCM Play.

maio 30
sábado
18 27
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
67 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5824540 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram