31
mar

Mais caros…

Postado às 16:28 Hs

O preço dos remédios vendidos no país pode aumentar até 4,33% a partir desta segunda-feira, 1º de abril. O valor, definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, ficou acima da inflação de 2018, que fechou o ano em 3,75%. De acordo com o Ministério da Saúde, o percentual é o teto permitido de reajuste. Cada empresa pode decidir se vai aplicar o índice total ou menor. Os valores valem para os medicamentos vendidos com receita.

Cerca de 23% dos servidores ativos poderão se aposentar entre 2019 e 2020, de acordo com estimativa do Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Norte (Ipern). A porcentagem representa cerca de 12 mil pessoas, dos mais variados órgãos estaduais.
Esses números são de trabalhadores que, nesse período, terão idade e tempo de serviço suficiente para pedir aposentadoria. Isso não significa, porém, que será o número total de benefícios concedidos, porque muitos servidores preferem continuar trabalhando, por causa das perdas salariais.
Nos últimos cinco anos, o estado registrou um total de 15.030 aposentadorias de servidores. Na folha de março, o estado somou 43.197 aposentados, além de 10.829 pensionistas – 54.026, ao todo. Juntos, os beneficiários ultrapassam o número de ativos, que é de 52.337.

Coluna do Estadão

Antes mesmo de Jair Bolsonaro completar cem dias no Planalto, cresce a percepção de que ele perde a cada dia a condição de ser o indutor e protagonista de verdadeiras transformações estruturais. Porém, ainda não há terra arrasada.

Alguma agenda modernizadora poderá avançar no Congresso, apesar do presidente. “A reforma da Previdência vem passando a cada mandato, cada um faz um pouquinho. Espero que desta vez ela dê um passo maior. Alguma coisa acho que vai passar. O Brasil cresce por cansaço”, resume Fernando Henrique Cardoso.

O papel dos governadores e dos líderes mais experientes de DEM, PSDB, PSD e MDB, egressos de outras gestões, passou a ser crucial na sobrevivência da reforma da Previdência no Congresso.

31
mar

No Seridó

Postado às 11:31 Hs

Prefeitos que compõe a AMSO participam de encontro e discutem criação do Consórcio Geoparque Seridó

 

A Associação dos Municípios da Microrregião do Seridó Oriental (AMSO) realizou na semana passada reunião com prefeitos onde foi apresentada intenção de criação do Consórcio do Geoparque Seridó. Nesta sexta-feira (29) gestores e representantes de seis cidades que compõe o polo estiveram presentes na 5ª Reunião do Grupo de Trabalho do Geoparque Seridó, que aconteceu no centro de convenções, em Natal. Dentro dos vários encaminhamentos foi discutido o modelo do consórcio e ficou definido ser intermunicipal.

Além do professor Marcos Nascimento que dirigiu o encontro, os prefeitos dos municípios que compõe o polo, Gilson Dantas (Carnaúba dos Dantas), Isaías Cabral (Acari), Graça Oliveira (Cerro Corá), Luciano Santos (Lagoa Nova), além do vice-prefeito de Currais Novos Anderson Alves, secretários, coordenadores, vereadores e autoridades dos municípios interessados, prestigiaram o encontro. “Estamos avançando todos juntos em prol de um desenvolvimento socioeconômico do Seridó pautado na sustentabilidade, buscando trabalhar os pilares conservação, educação e turismo no território do Geoparque Seridó. A criação do Consórcio do Geoparque, iniciativa da AMSO, vem para fortalecer o projeto”, contou Gilson Dantas, prefeito de Carnaúba dos Dantas.

31
mar

Chuva causa transtornos em Mossoró

Postado às 10:57 Hs

A chuva forte que atingiu Mossoró neste sábado (30), causou transtornos em vários pontos da cidade, com ruas alagadas, inundações, casas invadidas e carros boiando. O motivo é a atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) que tem provocado fortes chuvas em todo o estado. No Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) os atendimentos foram prejudicados por conta das infiltrações em enfermarias do setor de pediatria. Funcionários denunciam que em algumas salas o teto ameaça cair.

Parlamentares cotados para substituir Ricardo Vélez no Ministério da Educação receberam recados de que o presidente não quer um político na pasta.

A expectativa no MEC é a de que as mudanças que serão tocadas pelo tenente-brigadeiro Ricardo Machado Vieira, nomeado secretário-executivo da pasta na sexta (29), levem ao menos um mês para serem implementadas.

Enquanto isso, Vélez deve permanecer no comando do ministério. (Painel – FSP)

Estudantes que querem fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem solicitar, a partir de amanhã (1º) a isenção da taxa de inscrição. Para não pagar a taxa, os candidatos devem atender os critérios de isenção. O pedido é feito pela Página do Participante, na internet. A taxa do exame este ano é R$ 85. Podem solicitar a isenção da taxa os estudantes que estão cursando a última série do ensino médio, em 2019, em escola da rede pública; aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, que em valores de 2019, equivale a R$ 1.497.
31
mar

História – Há 55 anos o golpe militar

Postado às 7:59 Hs

Hoje, 31 de março, completam-se 53 anos do golpe militar de 1964 que tirou do poder o presidente João Goulart. A Revolução, como ficou conhecido o movimento, permaneceu no poder até 1985. Com a deposição de Jango, vários marechais e generais sucederam-se no comando do Palácio do Planalto. O primeiro foi o marechal Humberto Castello Branco, seguido pelo também marechal Arthur da Costa e Silva. Depois foi a vez de uma junta militar composta por um general, um brigadeiro e um almirante. Em seguida, os generais Garrastazú Médici, Ernesto Geisel e João Figueiredo presidiram o Brasil. Durante os 21 anos do regime militar, o Congresso foi fechado duas vezes, houve cassação de mandatos de vários políticos, repressão às pessoas contrárias ao golpe, prisão de líderes, tortura em quartéis, mortes, banimentos, restrição às liberdades de reunião e livre expressão, com censura aos meios de comunicação. No período do general Geisel teve início o processo de distensão e abertura política, concluída nos tempos do general Figueiredo. Assim, muitos exilados do Exterior puderam retornar ao Brasil e reintegrar-se à vida política.
Em 2018, o Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) alcançou 196,2% de cumprimento do Índice de Redução do Acervo dos Maiores Litigantes (IRA).  O dado faz parte do Relatório de Indicadores do Plano Estratégico da Justiça do Trabalho, referente ao ano de 2018, que reúne os resultados de todos os tribunais trabalhistas do país.
30
mar

Charge: Brasil que não muda…

Postado às 16:29 Hs

CHARGE DO SPONHOLZ

A juíza Ivani Silva da Luz, da 6ª Vara da Justiça Federal em Brasília, proibiu nesta sexta (29) o governo de Jair Bolsonaro de comemorar o aniversário de 55 anos do golpe de 1964 no próximo domingo (31).

Ela atendeu a um pedido de liminar apresentado pela Defensoria Pública da União, que alegou risco de afronta à memória e à verdade, além do emprego irregular de recursos públicos nos eventos.

Na segunda (25), o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, disse que Bolsonaro, capitão reformado do Exército, determinou ao Ministério da Defesa que seja comemorado o 31 de março.

Após ser dado o comando, a pasta divulgou em seu site uma ordem do dia, a ser lida nas unidades militares, cujo conteúdo ignora o aspecto autoritário do regime militar e as violações do período (1964-1985), como a tortura de opositores e a censura às artes e à imprensa.

O texto diz que “as famílias no Brasil estavam alarmadas e colocaram-se em marcha” naquele 31 de março. “Diante de um cenário de graves convulsões, foi interrompida a escalada em direção ao totalitarismo. As Forças Armadas, atendendo ao clamor da ampla maioria da população e da imprensa brasileira, assumiram o papel de estabilização daquele processo.”

Na quinta (28), diante da repercussão negativa do caso, Bolsonaro mudou o tom e disse que sua ideia não era a de comemorar, mas de rememorar o movimento golpista.

Em sua decisão, a magistrada determina que a União “se abstenha” da ordem do dia prevista pelo ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, e os chefes das três Forças Armadas.

30
mar

Melhorias

Postado às 15:35 Hs

O deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade), acompanhou nesta sexta-feira (29), o diretor do Departamento de Estradas e Rodagens (DER/RN), engenheiro Manoel Marques Dantas e o diretor de Transportes Manoel Pascoal, durante vistoria no Centro Administrativo Integrado Diran Ramos Amaral, em Mossoró. O parlamentar articula melhorias para o equipamento desde o início do mandato, em fevereiro deste ano. O Centro Administrativo, onde funcionam Ciretran (mais conhecimento como Detran), Central do Cidadão e a Rodoviária de Mossoró – porta de entrada para quem chega ao município via terrestre, apresenta diversos problemas estruturais há anos.

Líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) afirma que o governo de Jair Bolsonaro terá que se deslocar para o centro, a exemplo do que ocorreu no passado com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o PT, para conseguir governar.

Bezerra rejeita o bordão da “nova política” e afirma que Bolsonaro, ao contrário do que dizem seus críticos, têm dado atenção a parlamentares, seguindo a tradição de dividir espaço com aliados.

Sua leitura é que a semana se encerra melhor do que começou para o governo. Embora reconheça que o presidente tenha a sua personalidade “e ninguém vai mudar”, ele diz que Bolsonaro está começando a compreender que é dele a responsabilidade de formar maioria no Congresso.

Falta articulação ao governo? O ministro Onyx [Lorenzoni, Casa Civil], em conversa com os líderes na quarta-feira [27], disse que o governo tinha humildade de reconhecer que perdeu a oportunidade de fazer na Câmara um encaminhamento mais harmônico e aproximado dos partidos e das lideranças. E que seu desejo, no Senado, era expressar que precisa do apoio do Legislativo para tocar as reformas.

30
mar

Registros

Postado às 10:50 Hs

O monitoramento das chuvas realizado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) realizou o levantamento do acumulado de chuvas esse ano, contabilizando desde o dia 1º de janeiro até 29 de março.

Entre os 14 municípios que mais chuveram, Martins lidera com o registro de 837,6mm. O 14º que mais acumulou é São Rafael com 488,8mm.

O governo fez um aperto maior nas despesas discricionárias, que incluem custeio e investimento, para conseguir deixar um valor na reserva, caso algum órgão precise de mais recursos. Num primeiro momento, o contingenciamento ficou em R$ 35,992 bilhões, considerando uma reserva de R$ 5,372 bilhões para os pedidos adicionais de ministérios.

A equipe econômica também cortou as emendas impositivas individuais e de bancada, apesar de o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, ter garantido ao Congresso Nacional que esses gastos ficariam preservados. O corte nas emendas ocorre após uma semana de atritos entre o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional e em meio às negociações para a reforma da Previdência. A velocidade de pagamento das emendas costuma ser um instrumento de negociação política no Parlamento.

O Governo do Rio Grande do Norte vai enviar na próxima semana um projeto de lei que incentiva a regularização de motocicletas para ser votado na Assembleia Legislativa. A proposta foi apresentada, nesta quinta-feira (28), durante reunião com os deputados.

“Estamos viabilizando um programa de regularização das motocicletas na capital e principalmente no interior do estado. A ideia é que possamos oportunizar um mutirão para que os proprietários legalizem seus veículos e garantam mais segurança, para si e para a população”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

Ela destacou ainda que em paralelo ao programa será realizada uma campanha para promover a educação no trânsito, a fim de dar mais segurança a pilotos e pedestres, como também mostrando a importância da regularização perante o fisco e o órgão de trânsito.

29
mar

Paralisia no MEC pode afetar ENEM

Postado às 15:24 Hs

A confusão no MEC pode atingir diretamente quem milhões de pessoas que vão prestar o ENEM. Isso porque as polêmicas na pasta estão inviabilizando os trabalhos da comissão criada para analisar as questões da prova. O cronograma pode atrasar porque as perguntas consideradas inadequadas pela comissão devem obrigatoriamente ter um parecer pelo responsável pela Diretoria de Avaliação de Educação Básica (Daeb), do Inep.

Contudo, O diretor Paulo Roberto Cesar Teixeira pediu demissão ontem, e ninguém foi nomeado para substituí-lo. Também seria do presidente do Inep a função de dar o parecer final para saber se as questões ficam ou não na prova. Marcus Vinicius Rodrigues, que ocupava o cargo, foi exonerado terça-feira, depois de desentendimentos com o ministro Ricardo Vélez Rodríguez, informou o Estadão.

29
mar

Mais chuvas…

Postado às 14:40 Hs

A sexta-feira será de sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de nublado com chuva a qualquer momento em Natal. Segundo a previsão da Climatempo, a capital potiguar poderá ter precipitações de até 25mm e registrar temperaturas de 23°C a 30°C.

Em Mossoró, na região Oeste do Estado, o dia também seguirá com sol entre nuvens e possibilidade de chuva a qualquer hora. Ainda de acordo com a Climatempo, a cidade poderá ter chuvas de até 20mm, com uma temperatura que deve variar entre 23°C e 32°C.

Já na região Seridó, no município de Caicó, o dia também terá sol entre nuvens e com pancadas de chuva que podem ocorrer à tarde e à noite. Na terra de Santana, as precipitações podem atingir até 12mm, enquanto a temperatura deve oscilar entre 25°C e 32°C.

Registros de alguns municípios:

Paraú(Prefeitura) 81,2
Grossos 78,8
Mossoró (Prefeitura) 64,3
São Rafael(Emater) 61,1
João Dias(Emater) 60,0
Martins(Particular) 57,3
Serrinha Dos Pintos(Prefeitura) 52,0
Umarizal(Fazenda Camponesa(partic)) 50,2
Ipanguassú(Base Fisica Da Emparn) 50,0
Luis Gomes(Delegacia) 50,0
Rafael Godeiro(Emater) 48,8
Tibau(Prefeitura) 48,8
Severiano Melo(Prefeitura) 48,0
Caraúbas(Particular) 47,8
José Da Penha(Emater) 47,5
Rodolfo Fernandes(Prefeitura) 47,0
Itaú(Particular) 45,0
Upanema(Prefeitura) 44,2
Baraúna(Emater) 43,7
Areia Branca(Emater) 40,4 

Na quinta feira dia 28 choveu em Mossoró 95 milímetros,até agora a maior precipitação ocorrida em 2019 na cidade.Vários pontos de alagamentos foram registrados, principalmente no Centro, Nova Betânia, Belo Horizonte,Santo Antônio e Quixabeirinha.

As intensas chuvas são causadas pela Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que estão atuando sobre a Faixa Leste e Costa Branca do Estado do Rio Grande do Norte.

jun 3
quarta-feira
06 28
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
65 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5824781 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram