O fotógrafo Fernando Chiriboga lança no próximo dia 17 de dezembro seu décimo sexto livro: ‘Luz na Terra do Sol – Natal e Litoral Potiguar’. Com muito talento e profissionalismo, Chiriboga revela em mais uma obra o amor pela terra potiguar, à qual se incorporou com todo o reconhecimento de sua cidadania pelos norte-rio-grandenses. O lançamento vai acontecer das 18h às 22h, na Galeria Fernando Chiriboga, no 3º piso do Shopping Midway Mall, em Natal.

Terra de muitas belezas, o Rio Grande do Norte é revelado na nova edição fotográfica com destaque para rica variedade de ambientes sumamente importantes do ponto de vista ecológico, tais como recifes, corais, mangues, campos de dunas e estuários. Natal também é revelada com sua beleza singular, das lindas praias que compõem sua paisagem urbana – Ponta Negra, praias da Via Costeira, Miami, Areia Preta, Praia dos Artistas, Praia do Meio, Praia do Forte e Redinha – possuem irresistível encanto que seduz moradores e visitantes, e neles provoca o desejo de conhecer as demais belezas do litoral potiguar.

O livro ‘Luz na Terra do Sol Natal e Litoral Potiguar’ revela as belezas do Litoral Oriental, delimitado ao sul pela praia de Sagi, que fica na divisa com a Paraíba e pertence ao município de Baía Formosa. Ao norte está delimitado pela Ponta do Calcanhar, no município de Touros. Estende-se por 166 quilômetros e compreende os municípios de Baía Formosa, Canguaretama, Tibau do Sul, Senador Georgino Avelino, Nísia Floresta, Parnamirim, Natal, Extremoz, Ceará-Mirim, Maxaranguape e Rio do Fogo. O Litoral Setentrional também é destaque com o limite a leste pela Ponta do Calcanhar e a Oeste pela praia de Tibau, na divisa com o Ceará. Abrange os municípios de Touros, São Miguel do Gostoso, Pedra Grande, São Bento do Norte, Caiçara do Norte, Galinhos, Guamaré, Macau, Porto do Mangue, Areia Branca, Grossos e Tibau.

Retratando paisagens urbanas e costeiras, o livro ‘Luz na Terra do Sol – Natal e Litoral Potiguar’ que chega com duas opções de capa, busca fazer um registro do belo patrimônio – testemunho das riquezas da terra potiguar – e desta forma contribuir para a conscientização da necessidade de sua preservação como importante legado para as futuras gerações.

02
dez

Estreia

Postado às 17:54 Hs

O espetáculo teatral Oratório de Santa Luzia completa 19 anos repleto de novidades. A estreia será na próxima terça-feira (03) após a novena. Neste ano, a história da virgem de Siracusa será encenada pelos próprios fiéis, voluntários oriundos dos quatro cantos da cidade de Mossoró e por artistas de grande experiência, no adro da Catedral de Santa Luzia. O oratório relembra a vida e os martírios vividos pela santa padroeira de Mossoró.

Num ato de devoção e fé, o Oratório de Santa Luzia 2019 traz para a comunidade cristã um espetáculo que retrata o amor de uma jovem por Cristo. Santa Luzia seguiu o exemplo do próprio Cristo que morreu crucificado e deu a vida por amor ao mundo.

Formato

A direção geral do espetáculo é de Marcelo Flecha. Um dos destaques é o número de pessoas envolvidas – o maior elenco nesses 19 anos de trajetória. Serão 230 pessoas no palco. Na assistência de direção Luciana Duarte e Jeyson Leonardo; as coreografias são assinadas por Adriana Castro e Hykaroo Mendonça. A proposta basilar da montagem é ter os devotos propondo cada cena, transmitindo sua fé ao contar a história de Santa Luzia de maneira voluntária, solidária, generosa e criativa, marca da vocação teatral da cidade de Mossoró.

O Oratório propõe uma retomada da gênesis do espetáculo, quando resgata a dramaturgia original de João Marcelino e algumas soluções cênicas como o emblemático cavalo do martírio e a trilha original de Danilo Guanais, enriquecida por composições de Romero Oliveira que também está a cargo da direção musical. Com esta proposta, Flecha tenta retomar a motivação inicial gerada pela devoção à padroeira e adota sua política de contemplar o maior número de artistas profissionais em atividade permanente na cidade, investindo na sustentabilidade do fazer artístico de Mossoró.

Assis Marinho, um dos principais artistas plásticos do Nordeste, vai expor suas obras, a partir de 1º de novembro, na Galeria ArteZero, do Instituto de Ação Social e Cidadania Nilo e Isabel Neri (Iasnin), em São Miguel do Gostoso-RN. A exposição será aberta às 19h desta sexta-feira (1º) e segue até o início de 2020.

É a primeira vez que um artista do porte de Assis Marinho expõe em São Miguel do Gostoso. Sua exposição chama-se “Terras Potiguares”, pela marcante referência a cenários e pessoas que vivem no Rio Grande do Norte. Mas de 20 obras do artista estarão expostas na Galeria ArteZero. A entrada é gratuita.

Nascido em Canoas de Cubati (PB), mas vindo ainda criança morar em São João do Sabugi, no Seridó do Rio Grande do Norte, Assis Marinho é um artista que já expôs em inúmeros museus do Brasil, entre eles o MAC (Museu de Arte Contemporânea), de São Paulo. Também expos em Brasília e galerias e museus de outras cidades.

Entre os dias 30 de outubro e 03 novembro, o Partage Shopping Mossoró receberá a Feira do Livro de Mossoró, que terá edição especial, celebrando 15 anos de história. O empreendimento é parceiro do projeto, sediando-o pela quarta vez, sendo esta a terceira edição consecutiva dentro do Shopping, funcionando durante todo o horário de operação.

Com o objetivo de continuar fomentando a leitura e a educação na cidade, a Feira receberá 17 expositores (entre livrarias, editoras, livreiros, instituições parceiras e cordelistas) na praça de eventos do shopping, em um espaço com climatização, iluminação e segurança, reconhecido pela qualidade para eventos dessa natureza.

Ao todo, serão mais de 100 horas de atividades, com destaque para a comemoração dos 70 anos de Antônio Francisco, patrono da Feira e poeta mossoroense que ocupa uma cadeira na Academia Brasileira de Cordel.  O evento terá cinco dias de duração, com encerramento no domingo, 03 de novembro. Confira a programação:

 

# DIA 30/10/2019 (Quarta-feira)

14h – Apresentação Cultural: Teatro Palco das Letras Praça de Alimentação E.E. TERTULIANO AIRES

14h30 – Apresentação Cultural: Teatro Pinóquio Palco das Letras Praça de Alimentação Uei Izabel Macedo

15h – Apresentação Cultural: Dança Pastoril Palco das Letras Praça de Alimentação E.E. DIRAM RAMOS DO AMARAL

18h – Lançamento do livro: Leoa não tem juba Palco das Letras Praça de Alimentação Denise Martins

18h40 – Lançamento do livro: A menina que sabe chover Palco das Letras Praça de Alimentação Paula Belmino

19h30 – Solenidade de Abertura da 15ª Feira do Livro de Mossoró Palco das Letras Praça de Alimentação Coordenação da FLM e parcerias

 

# DIA 31/10/2019 (Quinta-feira)

14h – Apresentação Cultural: Dança Palco das Letras Praça de Alimentação Escola Paulo Freire

14h30 – Apresentação Cultural: Conto Palco das Letras Praça de Alimentação E.E. HERMÓGENES NOGUEIRA DA COSTA

18h  – Lançamento do livro: Folheto de Cordel “Chuva de Bala no País de Mossoróque expulsou o Rei do Cangaço Vírgulino Ferreira – Lampião” Palco das Letras Praça de Alimentação Mateus Poeta de Jaguariuna

18h20 – Lançamento do livro: “PauferrenseAgalopado” Palco das Letras Praça de Alimentação Robson Renato

18h40 – Lançamento do Zine-book “Cada” Palco das Letras Praça de Alimentação Vitto Poeta 19h “Música para João” – Sarau musical em homenagem a João Carlos Brito Palco das Letras Praça de Alimentação Amigos de João

# DIA 01/11/2019 (Sexta-Feira)

14h – Contação de Histórias Palco das Letras Praça de Alimentação Marcus Vinícius

14h30 – Apresentação Cultural: Poetas Palco das Letras Praça de Alimentação GRUPO SLAM – POETAS

18h30 – Mesa com Mulheres: “Mulheres que escrevem” Palco das Letras Praça de Alimentação Salizete, Larissa Gabriele e Manu

19h30 – Bate-papo: Vozes do sertão: os novos caminhos da literatura popular Palco das Letras Praça de Alimentação Manoel Cavalcante e Mailson Furtado

# DIA 02/11/2019 (Sábado)

17h40 – Lançamento do livro: “Desanuviando; qualquer coisa que se sonhara” Palco das Letras Praça de Alimentação Marcus Aurélio 18h Lançamento do livro: Poesia na rua Palco das Letras Praça de Alimentação Alexandre Filho

19h30 – 70 ANTÔNIOS “Homenagem ao Poeta Antônio Francisco”  Palco das Letras Praça de Alimentação  Antônio Francisco e Moisés Marinho, Segundo Neto, Thiago Camilo, João Vitor, João Neto e Clara Bezerra

# DIA 03/11/2019 (Domingo)

14h30 – Lançamento do livro: A princesa Glória no planeta dos animais Palco das Letras Praça de Alimentação Glória Maria

18h – Lançamento do livro: Fórum de Mulheres com Deficiência Palco das Letras Praça de Alimentação Fórum de Mulheres com deficiência de Mossoró e Região Benômia Rebouças.

18h20 – Lançamento do livro: Um maço de cordéis – Lições de gente e de bichos Palco das Letras Praça de Alimentação Gilberto Cardoso dos Santos

Dia 11 de outubro, às 18h30, na Galeria Joseph Boulier (Memorial da Resistência) Mossoró, será aberto a quarta versão do maior evento do panorama das artes plásticas do Rio Grande do Norte.

O Salão acontece anualmente, como iniciativa da Sociedade Amigos da Pinacoteca, com apoio da Prof. Isaura Amélia e curadoria de Dione Caldas e António Marques.

Este ano conta com o apoio, também, da Prefeitura Municipal de Mossoró e do Deputado Beto Rosado.

70 artistas e 100 obras estão no salão que se inscreve como um concurso público, aberto a toda e qualquer manifestação artística, concede três primeiros prêmios, com valores totais de R$ 5.000,00 e uma série de menções honrosas.

O Salão tem como objetivo chamar atenção para o que se produz de qualidade em termos de arte no Estado, revelar novos talentos e consolidar nomes que já dispõem de produção estética reconhecida pelo público e pela crítica mais especializada.

Ademais o visitante terá a oportunidade ímpar de observar ou conhecer trabalhos de nomes já reconhecidos desde sempre entre nós ou alhures como Vicente Vitoriano, Flávio Freitas, Toinho Silveira, Dione Caldas, Eduardo Falcão, Ery Medeiros, Airton Cilon, Ana Selma, Marcelus Bob, Sofia Bauchwitz, Ubiratan Gomes e Vatenor.

Ao lado dos artistas já conhecidos, novos nomes e novos artistas se apresentam, alguns pela primeira vez.

05
out

Sistema de censura prévia

Postado às 17:38 Hs

Artistas se organizam para judicializar medidas de governo Bolsonaro na área cultural.

A escalada das interferências do governo e de empresas públicas na produção cultural do país fez o grupo 342 Artes, que reúne artistas de diversas áreas, difundir entre seus participantes e colegas a orientação de “judicializar tudo, dar queixas no Ministério Público Federal, provocar as instituições a se manifestarem”. Associações de classe, como a de roteiristas, por exemplo, estão sendo escaladas para fazerem representações. Roberto Alvim, da Funarte, foi alvo de queixa recente.

Pedidos de investigação têm sido enviados pelo Sistema de Atendimento ao Cidadão do Ministério Público Federal. Interferência do governo na Ancine já levou a Procuradoria a processar o ministro Osmar Terra (Cidadania) por improbidade.

Alvim, diretor da Funarte, entrou na mira do 342 após a Veja revelar que ele abriu processo para criar um “teatro dedicado ao público cristão”, com direito a defesa da criação de um “exército de grandes artistas espiritualmente comprometidos com nosso presidente e seus ideais”.

Revelado pela Folha nesta sexta (4), o sistema de censura prévia instalado no mecanismo de seleção de projetos culturais da Caixa foi visto no meio jurídico como um dos atos mais abertos e ofensivos já patrocinados por aliados de Jair Bolsonaro.

Folha

Via Heitor Gregório 

O Motim das Mulheres, A Libertação dos Escravos em Mossoró, O Primeiro Voto Feminino e a Resistência ao Bando de Lampião.

São os quatro atos do Auto da Liberdade desde ano, uma ideia original da professora Isaura Rosado, com adaptação do texto de Crispiniano Neto, encenado feitos do povo mossoroense.

O espetáculo Auto da Liberdade 2019 teve sua estreia na noite desta quinta-feira, 26, marcado pelo retorno para um palco em grande estrutura na Estação das Artes Elizeu Ventania.

“Eu achei maravilhoso, lindo como os jovens da nossa comunidade, as crianças, O Tiro de Guerra, a Maçonaria, os capoeiristas, os que estiveram atrás da cortina, como todos se doaram para que a gente tivesse este belíssimo espetáculo, que conta a nossa e que nos orgulha bastante”, afirmou a prefeita Rosalba Ciarlini.

26
set

Auto da Liberdade começa hoje

Postado às 10:48 Hs

A partir de hoje, 26, a Estação das Artes Elizeu Ventania será palco do espetáculo “Auto Liberdade”, dentro da programação do Mossoró Terra da Liberdade 2019. Este ano o espetáculo volta a ser encenado em seu local de origem, após 13 anos.

A estrutura do evento está passando pelos últimos ajustes e conta com um palco de 36×30 metros, sistemas de som, iluminação, além do cenário que contará com painéis confeccionados pelo artista Marcelo Amarelo.

O espetáculo “Auto da Liberdade” estreia nesta quinta-feira a partir das 21h e contará com a participação de atores profissionais e representantes da comunidade, coral de crianças da rede municipal, Tiro de Guerra e Maçonaria.

Com direção-geral de Marcelo Flecha e assistência de direção de Luciana Duarte, Dionísio do Apodi, Tony Silva; produção de Mescias Gomes e assistente de produção Gilka Leonardo; a equipe do Auto da Liberdade conta ainda com figurino de Marcos Leonardo, cenário de Damásio Costa, coreografia de Abraão Morais, Hykaroo Mendonça e Adriana Castro.

20
set

Fest Bossa & Jazz 2019

Postado às 23:43 Hs

Na esquina da América do Sul, o município de São Miguel do Gostoso, foi escolhido para sediar a segunda edição do Fest Bossa & Jazz 2019, que acontece de 10 a 13 de outubro. O Festival está na região pela terceira vez e é totalmente gratuito. A realização é de Juçara Figueiredo Produções, com apoio do Governo do RN, por meio da Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte, com recursos oriundos do projeto Governo Cidadão, do Banco Mundial. Após sucesso na praia de Pipa-RN, em agosto, o evento agora leva os sopros do jazz para o outro paraíso potiguar. A estrutura vai contar com um grande palco na Praia da Xêpa, shows noturnos, e polos diurnos em outras praias do município. A abertura do Festival acontece na quinta-feira (10.10), às 20h, no Polo Praia de Maceió. A segunda edição, também vai promover oficinas socioambientais e workshops musicais para a comunidade local.
07
set

Curiosidades

Postado às 8:02 Hs

Veja cinco “erros” do quadro Independência ou Morte, de Pedro Américo

O quadro Independência ou Morte, de Pedro Américo, é um dos símbolos mais famosos do 7 de setembro, data em que o Brasil comemora sua Independência. A imagem (foto) ressalta o momento em que D. Pedro I tomou a decisão de tornar o Brasil independente. No entanto, a cena praticamente nada tem a ver com a versão real.

Confira a seguir cinco “erros” do dia da Independência retratados na obra.

  1. A comissão do príncipe regente D. Pedro não era tão grande como aparece no quadro.
  2. Nem D. Pedro e nem a comitiva estavam vestidos com os uniformes de gala que a obra exibe.
  3. O cavalo em que D. Pedro estava montado durante a viagem na verdade era uma mula, animal muito usado para longas viagens.
  4. A famosa Casa do Grito, um dos símbolos do Dia da Independência, pode não ter feito parte da proclamação. Não há comprovações de que ela existia na época. Seu primeiro registro é de 1884, 62 anos depois.
  5. O grito da Independência não aconteceu de fato às margens do Ipiranga como consta no quadro. D. Pedro estaria em cima de uma colina com uma crise de diarreia.

O Auto da Liberdade, que teve sua primeira edição em 1999, está voltando ao seu local de origem, a Estação das Artes Eliseu Ventania. Sob o comando de Marcelo Flecha o espetáculo será encenado entre os dias 26 e 29 de setembro, dentro da programação da Festa da Liberdade.

Diariamente, a programação na Estação das Artes tem início às 19h. A Festa da Liberdade se encerra no dia 30 de setembro com o Cortejo da Liberdade, o tradicional desfile de 30 de setembro.

Os ensaios do Auto da Liberdade tiveram início no dia 8 de agosto, e acontecem na quadra da Escola de Artes de Mossoró, de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h, e aos sábados, das 17h às 20h. Além de atores profissionais e representantes da comunidade, o espetáculo contará com a participação em cena de coral de crianças, e diferentes entidades e organizações da cidade, entre elas o Tiro de Guerra e a Maçonaria.

Com direção geral de Marcelo Flecha e assistência de direção de Luciana Duarte, Dionísio do Apodi e Tony Silva; produção de Messias Gomes e assistente de produção Gilka Leonardo; a equipe do Auto da Liberdade conta ainda figurino de Marcos Leonardo, cenário de Damásio Costa, coreografia de Abraão Morais, Hykaro Mendonça e Adriana Katia

20
ago

Em destaque: MCJ 2020 é lançado

Postado às 15:04 Hs

Um encontro de tradições, costumes, comidas típicas, música e muita cultura de todos os Estados da Região Nordeste. Esta é a proposta para o Mossoró Cidade Junina 2020, lançado nesta segunda-feira, 19, pela Prefeitura Municipal de Mossoró. O objetivo do lançamento ainda em 2019 é dispor maior possibilidade para a cadeia econômica e turística e a busca de captação de recursos para a realização do evento.

O MCJ 2020 terá como slogan um chamamento para um grande encontro em junho do próximo ano: “Eita, o Nordeste está todo aqui”. “Nosso objetivo é também mostrar Mossoró como um ponto de encontro de todos os Estados do Nordeste durante as festividades juninas, em uma grande festa e cada Estado terá seu patrono”, destacou o secretário de Cultura, Eduardo Falcão.

A programação será iniciada no dia 6 de junho, com o maior bloco junino do Brasil, o Pingo da Mei Dia, e encerrada com o Boca da Noite dia 04 de julho. “Além da questão das parcerias, a antecipação do projeto também vai nos possibilitar buscar o apoio da Lei Câmara Cascudo e da Lei Rouanet, que são leis de incentivo à Cultura e tem prazo de até novembro deste ano para inscrição dos projetos”, continuou.

Entre o Pingo da Mei Dia e o Boca da Noite a programação contará com festejos de quinta a sábado em todos os polos. Nos polos Cidadela e Chuva de Bala, a programação será de quarta a domingo. “Durante todos esses dias, vamos passear pela Cultura do Maranhão de João do Vale, do Piauí dos Folguedos, do humor cearense, do RN de Câmara Cascudo, da Paraíba de Jackson do Pandeiro, Pernambuco de Luiz Gonzaga e Domiguinhos, Alagoas de Hermeto Pascoal, Sergipe de tantos cajus e castanhas, e da Bahia de Jorge Amado”, acrescentou Eduardo Falcão.

E as novidades não param por aí. Além dos oito polos culturais que foram sucesso em 2019, em 2020 a cultura nordestina vai se encontrar no Polo de Tradições Nordestinas, que será montado na Praça de Eventos, com estandes de todos os nove Estados da Região. “Além da mostra das culturas nesses estandes, teremos um dia especial para cada Estado, quando todos os demais polos também farão homenagens àquele Estado simultaneamente, com música, dança e muita cultura”, destacou a prefeita Rosalba Ciarlini.

Três atrações confirmadas

Durante o lançamento do projeto inicial do evento no Memorial da Resistência, a prefeita Rosalba Ciarlini anunciou a presença de três atrações que vão se apresentar no polo da Estação das Artes Elizeu Ventania, cada uma representando seu Estado.

O Estado da Paraíba será representado pelo cantor Zé Ramalho, Pernambuco terá como representante, visto o sucesso dos últimos dois anos, Alceu Valença, e o Rio Grande do Norte estará representado por Xand Avião.

Informações: Assessoria da PMM

Do Blog:

Como sempre fazemos estivemos presente e o blog registrou uma audiência especial nesta data. O Assunto MCJ 2020 já passa a ser utilizado e no blog é referência graça a você web leitor.

Mossoró te espera de braços abertos em junho de 04 de junho à 06 de julho para encontro do Nordeste em Mossoró  “Eita, o Nordeste está todo aqui”. A 24ª edição tá só começando…

19
ago

Mossoró Cidade Junina 2020 é lançado

Postado às 20:30 Hs

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) lançou na noite desta  segunda- feira (19) a o pré lançamento da programação do Mossoró Cidade Junina 2020, em solenidade no Memorial da Resistência, no Corredor Cultural – Avenida Rio Branco em sua 24ª edição.

O Mossoró começa dia 06 de junho com o Pingo da Mei Dia. Também foram apresentadas as novidades em toda a estrutura da festa, que é considerada entre as maiores do gênero no País. Como o Polo de Tradicionais Nordestinas que ficará na Praça de Eventos.

A programação terá atrações de quinta a sábado. Nos polos Cidadela e Chuva de Bala, a programação será de quarta a domingo.

Além dos oito polos culturais que foram sucesso em 2019, em 2020 a cultura nordestina vai se encontrar no Polo de Tradições Nordestinas, que será montado na Praça de Eventos, com estandes de todos os nove Estados da Região.

O objetivo principal da antecipação é captar patrocinadores e divulgar para as agências de viagens o evento potiguar mais destacado do calendário cultural que o nosso São João, tornando Mossoró destino de muitos.

A publicidade e concepção visual está a cargo da Zumba Publicidade. Eita, o Nordeste todo tá aqui...é o tema central do MCJ 2020 que acontece de 6 de junho à 4 de julho do próximo ano.

Os shows na Estação das Artes Elizeu Ventania terá atrações nacionais e regionais, com destaque para Alceu Valença, Xand Avião e Zé Ramalho foram anunciadas com atrações que estarão em Mossoró no próximo ano.

Já o encerramento do MCJ, no dia 04  de julho com o comboio “Boca da Noite”.

 

02
ago

Celebrando

Postado às 22:30 Hs

O maior templo da cultura mossoroense, o completa 15 anos de existência no mês de agosto. Para comemorar a data, a Secretaria Municipal de Cultura organizou uma programação especial e gratuita, com cinco dias de eventos para a população e a classe artística.

Programação

A programação será iniciada no dia 02 de agosto, com a comemoração dos 83 anos da Banda Artur Paraguai, com concerto, a partir das 19h30, com participação da cantora Dayane Nunes e dos alunos das turmas de canto lírico da Escola de Artes.

Sábado, dia 03, a partir das 19h30, o espetáculo “Ensaio sobre a Memória”, inspirado no conto “A outra morte”, de Jorge Luís Borges, com dramaturgia e encenação de Marcelo Flecha.

No domingo, dia 04, das 9h às 15h a oficina de iniciação teatral, com o diretor Marcelo Flecha, cujas inscrições estão sendo feitas na recepção do Teatro, para pessoas a partir de 16 anos. “As inscrições gratuitas já podem ser feitas em horário comercial na recepção do Teatro”, explicou Nelson Filho, diretor do Teatro Municipal Dix-huit Rosado.

A partir das 17h do domingo haverá uma solenidade especial de aniversário, quando a prefeita Rosalba Ciarlini deve anunciar melhorias relacionadas à Cultura no município, além da programação do Mossoró Terra da Liberdade, que acontecerá durante o mês de setembro.

Segunda, dia 05, uma mesa redonda com o diretor Marcelo Flecha, alunos das redes pública e privada, a partir das 14h30, aberto ao público.

Dia 6, a programação será encerrada com o show de Tânia Turene, dentro do projeto do Projeto Terça Nossa. “Esta é a única programação que não será gratuita, mas terá preço acessível para a população”, concluiu Nelson Filho.

31
jul

Celebrando

Postado às 14:10 Hs

Teatro Dix-huit Rosado celebrará 15 anos.
O principal templo da cultura mossoroense, o Teatro Municipal Dix-huit Rosado completa 15 anos de atividades no mês de agosto. Para comemorar a data, a Secretaria Municipal de Cultura organiza programação especial.

A agenda será aberta ao público e constará de 5 dias de eventos.  A programação será iniciada no dia 02 de agosto, com concerto em comemoração aos 83 anos da Banda Artur Paraguai. A programação será encerrada no dia 6 de agosto com o show de Tânia Turene, inserido do projeto do Projeto Terça Nossa.

Do blog: A parte externa do Teatro já precisando de reparos.

Via Carol Ribeiro

A Fundação José Augusto realiza nesta sexta-feira (26), no Teatro Lauro Monte Filho, em Mossoró, a partir das 16h a prévia do Festival de Rap + Coco + Repente, que selecionará representantes das três linguagens para participar da grande final em Natal. A entrada é franca.

O Objetivo do festival é promover a integração de linguagens poéticas tradicionais e contemporâneas pretendendo realizar anualmente um festival de artes com poesia rimada, grafite e dança, aonde artistas e grupos de Coco/Repente, Rap/Slam, Grafite e Break/Dança de Rua irão mostrar suas artes em etapas classificatórias nas regiões do Estado do Rio Grande do Norte em que forem solicitadas as etapas regionais do Festival, estes encontros irão anteceder a etapa estadual que será realizada na capital potiguar no mês de setembro.

A programação contará com a oficina de cordel com o poeta Crispiniano Neto, diretor geral da FJA; oficina de xilogravura com Altermar “Temi” Fogo; apresentação de dança do grupo Corpo em Cena; poesias rimadas com Brendon Vinícius; seletivas de repente, rap e coco, apresentação de coco; embolada e repente com os poetas Concriz e José Ribamar; rap com Preto Bronx, finalizando com uma jam sessiom com todos os artistas.

às 20:00

O município de São Miguel do Gostoso-RN está na maior expectativa para o espetáculo “Auto de Santiago: Discípulo da Liberdade”, que acontece nesta quinta-feira (25) e sexta-feira (26) de julho, na Praia da Xêpa, a partir das 20h. Os últimos ensaios já estão sendo realizados e está quase tudo pronto para estreia.

O espetáculo é baseado na história do discípulo e na experiência dos peregrinos que realizam o Caminho de Santiago na Espanha, descrito no livro O Diário de Um Mago, do escritor Paulo Coelho, Legenda Áurea de Tiago Voragine (1260), entre outros testemunhos. Os Caminhos de Santiago são os percursos dos peregrinos que afluem a Santiago de Compostela desde o século IX para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, cujo suposto sepulcro se encontra na catedral de Santiago de Compostela.

“É uma peça única, criada e produzida por jovens de São Miguel do Gostoso, que pretende mostrar a missão evangelizadora de libertação de São Tiago”, explica Ricardo André, produtor. O evento tem a realização do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC) e da Guajirú Produções e é financiado por meio de doações em conta corrente especifica: BANCO DO BRASIL (001) – Conta Corrente: 27.021-0 – Ag. 3525-4.

 Após o espetáculo, tanto na quinta-feira quanto na sexta-feira, o público poderá aproveitar o restante da noite ao som de MPB, com Almir Felipe, no dia 25 e Elenilson Júnior, no dia 26. Outra novidade. Durante os dois dias, a Secretaria Municipal de Turismo vai promover uma Feira de Artesanatos locais.

Fonte: Assessoria

O Mossoró Terra da Liberdade 2019, que vai acontecer durante o mês de setembro, será marcado pelo retorno da apresentação do Auto da Liberdade encenado pelo pela comunidade, em espetáculo grandioso na Estação das Artes Elizeu Ventania.

O espetáculo terá novamente a direção de Marcelo Flecha, que esteve na direção do Auto nos anos de 2005 e 2006. A última vez que foi encenado na Estação das Artes foi em 2008, com direção de João Marcelino.

O Auto da Liberdade é um espetáculo que conta a história de Mossoró em quatro atos: Libertação dos Escravos, Resistência ao Bando de Lampião, Primeiro Voto Feminino e Motim das Mulheres.

Toda a programação em torno do MTL será divulgada pela prefeita Rosalba Ciarlini no início de agosto, durante as comemorações dos 15 anos do Teatro Municipal Dix-huit Rosado.

dez 16
segunda-feira
00 37
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
76 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5809184 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram