06
dez

@@@ O dia de hoje na História… @@@

Postado às 6:54 Hs

6 de dezembro:
Dia do Madeireiro.
Dia da Extensão Rural 
Dia de São Nicolau
Nesta data em

1491 – O rei Carlos VIII casa com Ana, Duquesa da Bretanha, e incorpora este ducado à coroa de França.
1768 – É publicada a primeira edição da Encyclopædia Britannica.
1921 – A República da Irlanda torna-se independente do Reino Unido.

Nasceram neste dia…

1421 – Rei Henrique VI de Inglaterra (m. 1471).
1778 – Gay-Lussac, físico e químico francês (m. 1850).
1949 – Chico e Paulo Caruso, cartunistas brasileiros.

Morreram neste dia…

1185 – D. Afonso Henriques, (n. 1109).
1882 – Louis Blanc, historiador e socialista utópico francês (n. 1811).
1976 – João Goulart, na imagem, 27.º Presidente do Brasil (n. 1919).

1988 – Roy Orbison, cantor e compositor estadunidense (n. 1936).

2009 – Rupprecht Geiger, pintor alemão (n. 1908).

2012 – Adam Ndlovu, futebolista zimbabuano (n. 1970).

2018- Anchieta Júnior, político brasileiro (n. 1965).
2018 – José Dias de Macedo, empresário brasileiro (n. 1919)

O líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), disse ao blog nesta quinta-feira, dia 5, que o pacote anticrime, aprovado na Câmara na quarta-feira, dia 4, só será votado no Senado em 2020. “O ano praticamente acabou no Senado e tem o Orçamento. Então, no começo de 2020 a gente vai discutir o pacote”. Gomes acredita que não haverá resistências para manter o texto como foi aprovado na Câmara. Se houver mudanças, o texto voltará ao Senado, o que atrasa ainda mais a finalização do pacote. “Não acredito em mudanças no texto porque a conversa será pacificada entre Câmara e Senado”.
05
dez

@@@ O dia de hoje na História… @@@

Postado às 6:45 Hs

5 de dezembro:
Dia da Cruz Vermelha Brasileira.
Dia Internacional do Voluntariado.
Dia de São Sabas
Nesta data em:

1496 – Dom Manuel I assina o decreto de expulsão dos judeus de Portugal.
1889 – A Família Imperial Brasileira chega a Lisboa após deixar o Brasil devido à Proclamação da República.
1933 – Termina a Lei Seca nos EUA.

Nasceram neste dia…

1901 – Walt Disney (foto), desenhista e produtor estadunidense (m. 1966).
1903 – Cecil Frank Powell, físico britânico (m. 1969).
1911 – Wladyslaw Szpilman, pianista polaco (m. 2000).

Morreram neste dia…

1791 – Mozart, compositor e músico austríaco (n. 1756).
1891 – Pedro II, Imperador do Brasil (n. 1825).
1926 – Claude Monet, pintor impressionista francês (n. 1840).

2012 – Oscar Niemeyer, arquiteto brasileiro (n. 1907).

2013 – Nelson Mandela, presidente da África do Sul entre 1994 e 1999. (n. 1918).

2015 — Marília Pêra, atriz e cantora brasileira (n. 1943)

2016 – Big Syke, rapper americano (n. 1968)

Ontem, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu pela autorização da coleta de assinaturas digitais para a criação de partido político. Enquanto isso, a Aliança pelo Brasil, partido recém-lançado pelo presidente Jair Bolsonaro, está de olho na validação por meio de um outro sistema: o biométrico. De acordo com o secretário-geral da comissão provisória da Aliança pelo Brasil, Admar Gonzaga, o partido “não tem o menor interesse” na pauta aprovada pelo TSE. Na corte, ainda não há previsão legal que autorize a conferência de assinaturas para criação de partidos por meio da biometria. No entanto, segundo o presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB, Eduardo Damian, trata-se de ferramenta viável. “Sem dúvida é algo que é possível de conseguir do ponto de vista tecnológico, mas que ainda não foi implementado.

O novo capítulo da crise do governo com o Congresso levou o presidente Jair Bolsonaro a se reunir na noite desta terça-feira, 3, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no Palácio da Alvorada. Os deputados cobram o pagamento de emendas parlamentares e a liberação de cargos prometidos em troca da aprovação da reforma da Previdência.

Antes do encontro na residência oficial da Presidência, Maia se reuniu com deputados que reforçaram as queixas e ameaçaram uma “rebelião”, até mesmo com a obstrução das próximas votações, incluindo a do Orçamento para 2020. O presidente da Câmara está incomodado com a falta de articulação política do governo no Congresso, que teria, na sua avaliação, líderes com pouca influência.

Maia nega que tenha tratado do pagamento de emendas na reunião com Bolsonaro. Ao Broadcast, o presidente da Câmara disse que ouviu do presidente um pedido para pautar o projeto do governo que muda as regras para obtenção e suspensão da Carteira Nacional de Habilitação. O texto amplia de cinco para dez anos a validade da CNH e aumenta de 20 para 40 pontos o limite para a suspensão da carteira. Como resposta, Maia afirmou que vai reunir os líderes dos partidos e que não se opõe à medida.

Outro tema que tem provocado desconforto no Congresso é um projeto que desobriga as empresas de cumprirem cota para contratar trabalhador com deficiência. Autor da proposta, o governo trabalha para que o assunto seja votado com urgência. Maia, no entanto, se opõe à iniciativa.

Há ainda insatisfação com relação ao adiamento da cessão onerosa (divisão de recursos do pré-sal com Estados e municípios) por parte do governo, contrariando um acordo com o Congresso. As prefeituras só devem receber sua parcela no ano que vem.

Fonte: Estadão

04
dez

@@@ O dia de hoje na História… @@@

Postado às 6:40 Hs

4 de dezembro:
Dia do Orientador Educacional .
Dia do Publicitário.
Dia de Santa Bárbara e São João Damasceno
Nesta data em:

1154 – É eleito o Papa Adriano IV.
1975 – O Suriname é admitido como Estado-membro da ONU.
1980 – O primeiro-ministro de Portugal, Francisco Sá Carneiro, e seis acompanhantes morrem em queda de aeronave em Camarate, a norte de Lisboa.

Nasceram neste dia…

1711 – Maria Bárbara de Bragança, infanta de Portugal, rainha consorte de Espanha (m. 1758).
1875 – Rainer Maria Rilke, poeta alemão (m. 1926).
1905 – Emílio Garrastazu Médici, antigo presidente do Brasil (m. 1985).

Morreram neste dia…

1679 – Thomas Hobbes, filósofo inglês (n. 1588).
1798 – Luigi Galvani, físico italiano (n. 1737).
1980 – Francisco Sá Carneiro, antigo primeiro-ministro de Portugal (n. 1934).

1985 – Teixeirinha, compositor brasileiro, considerado o pai da música regionalista gaúcha.

2003 – Maria de Arruda Müller, educadora e poetisa brasileira (n. 1898).

2011 – Sócrates, futebolista brasileiro (n. 1954).

2012 — David Resnick, arquiteto brasileiro-israelense (n. 1924).

2015 – Moacir Japiassu, jornalista e escritor brasileiro (n. 1942).

2016 – Ferreira Gullar, poeta e escritor brasileiro (n. 1930).

Deputados federais e senadores lançaram, hoje, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Prisão em Segunda Instância. Segundo os parlamentares, a frente será composta por 179 dos 513 deputados, e por 33 dos 81 senadores.

No mês passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a prisão de uma pessoa condenada só pode ser decretada com o trânsito em julgado, isto é, quando se esgotarem todas as possibilidades de recurso a todas as instâncias da Justiça.

A decisão mudou um entendimento adotado pelo tribunal desde 2016 e, diante disso, a Câmara e o Senado passaram a discutir propostas que permitem esse tipo de prisão.

Na Câmara, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que prevê a prisão em segunda instância já foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça e agora será analisada por uma comissão especial. Segundo o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a comissão será instalada amanhã. “Nós estamos trabalhando com a PEC, que a gente tem certeza que garante mais segurança jurídica”, afirmou Maia durante o lançamento da frente parlamentar.

“Agora, se for pra jogar para a galera, para aprovar qualquer coisa que depois o Supremo vai derrubar e vai continuar com esse ciclo de insegurança para todos e morosidade do Judiciário, a gente pode fazer cena. Mas eu acho que o papel do Congresso é ter coragem de falar às pessoas o que, do nosso ponto de vista, é o melhor encaminhamento nesse tema para se resolver de forma definitiva”, acrescentou o presidente da Câmara. Segundo Maia, os nomes do presidente e do relator da comissão deverão ser definidos em conversas com os líderes partidários.

Blog do Magno 

A praticamente duas semanas do recesso parlamentar, mil prefeitos movimentam Brasília nesta terça-feira (2). Com as malas cheias de pedidos para deputados e senadores, eles estão reunidos no auditório Petrônio Portela, no Senado. Desta vez, o ponto principal da mobilização tem a ver com a chamada Proposta de Emenda à Constituição(PEC 188/129) do Pacto Federativo. A PEC, enviada pelo governo ao Congresso, propõe a extinção de municípios que não atingirem, em 2023, o limite de 10% dos impostos sobre as receitas totais e que tenham população de até cinco mil habitantes. Desde que chegou ao Senado, o texto e os critérios propostos para a medida, têm sido criticados pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). A entidade realizou um estudo para avaliar os impactos da proposta.
03
dez

@@@ O dia de Hoje na História… @@@

Postado às 7:00 Hs

Dia 3 de Dezembro

Dia de São Francisco Xavier

Dia dos Trabalhadores de Minas de Carvão.

Dia Internacional do Deficiente Físico  

Nesta data em:

1963 – Criação da Base Aérea de Brasília.

1965 – Os Beatles lançam o seu sexto álbum, Rubber Soul.

1967 – O Doutor Christian Barnard realiza o primeiro transplante de coração, no Hospital Groote Schuur, na Cidade do Cabo, África do Sul.

1976 – Fidel Castro se diploma Presidente da República de Cuba.

1994 – Lançamento do Playstation da Sony no Japão.

2000 – Gustavo Kuerten vence o Masters Cup de Lisboa e torna-se o primeiro e único tenista brasileiro a chegar ao topo do ranking da ATP (ranking mundial de tênis).

Morreram nesta data  :

1999 – Edmond Safra, Foi um banqueiro magnata libanês naturalizado brasileiro (n. 1932).

2002 – Glenn Quinn, ator irlandês (n. 1970).

2007 – Heloneida Studart, escritora, ensaísta, teatróloga, jornalista, defensora dos direitos das mulheres e política brasileira (n. 1932).

2009 – Estêvão Cardoso de Avelar, religioso brasileiro (n. 1917).

2009 – Leila Lopes, atriz brasileira (n. 1959).

2009 – Richard Todd, ator irlandês (n. 1919).

2015 – Scott Weiland, cantor estadunidense (n. 1967).

Presidente terá poucos candidatos a prefeito e deve usar outras legendas.

Sem ter certeza de que o Aliança pelo Brasil, seu novo partido, será homologado antes das eleições municipais, o presidente Jair Bolsonaro vem orientando os apoiadores que sonham chegar às prefeituras em 2020 a terem um plano B, buscando abrigo em alguma legenda para não ficarem de fora da disputa. O presidente tem prometido também, conforme relatos feitos ao GLOBO, que dará seu apoio a alguns poucos candidatos considerados de confiança e alinhados ideologicamente em cidades estratégicas.

Na avaliação de Bolsonaro e seu filhos, este é o momento em que é melhor “perder em quantidade para ganhar na qualidade dos candidatos”. O pano de fundo dessa estratégia é evitar que se repita o que houve nas eleições do ano passado, quando vários candidatos a deputados e senadores se elegeram sob o manto do bolsonarismo pelo PSL , mas romperam com o presidente no racha envolvendo a crise com a legenda comandada por Luciano Bivar .

O Globo

02
dez

Melhora

Postado às 8:15 Hs

Puxado pelo consumo, PIB do 3º tri deve confirmar retomada.

Analistas estimam avanço de 0,4%, com melhora do consumo e do investimento

A melhora mais espraiada da atividade em setembro garantiu crescimento da economia no terceiro trimestre, depois de dois meses com sinais mistos, mas não foi desta vez que a recuperação ganhou fôlego adicional. Segundo a estimativa mediana de 35 consultorias e instituições financeiras ouvidas pelo Valor Data, o Produto Interno Bruto (PIB) subiu 0,4 a setembro em relação aos três meses anteriores, feitos os ajustes sazonais, mesmo ritmo registrado no segundo trimestre.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga amanhã o resultado das contas nacionais trimestrais. Para a comparação com o trimestre imediatamente anterior, as projeções vão desde alta de 0,2% até 0,9%. Em relação ao terceiro trimestre do ano passado, a expectativa mediana é que a economia brasileira tenha crescido 1%, magnitude idêntica à observada na medição anterior. E esse também é o ritmo esperado para o avanço do PIB na média de 2019.

02
dez

@@@ O dia de hoje na História… @@@

Postado às 7:09 Hs

2 de dezembro:
Dia do Samba (Brasil)
Dia do Advogado Criminalista
Dia das Relações Públicas
Dia de Santa Viviana e Santa Bárbara.
Dia da Astronomia.
Dia Pan-americano da Saúde.
Nesta data em:

1512 – A Criação de Adão, de Miguel Ângelo, é mostrado pela primeira vez ao público, juntamente com a sua restante obra-de-arte na Capela Sistina.
1804 – Napoleão Bonaparte autoproclama-se imperador de França na presença do papa Pio VII.
1971 – São fundados os Emirados Árabes Unidos.

Em Mossoró 02/12/2012 era  inaugurada a Nova Praça Bento Praxedes (Codó)

Nasceram neste dia…

1825 – Dom Pedro II (na imagem), imperador do Brasil (m. 1891).
1923 – Maria Callas, cantora lírica estadunidense de origem grega (m. 1977).
1978 – Nelly Furtado, cantora luso-canadiana.

Morreram neste dia…

1552 – São Francisco Xavier, missionário cristão espanhol (n. 1506).
1814 – Marquês de Sade, escritor francês (n. 1740).
1828 – William Hyde Wollaston, químico britânico (n. 1766).

1993 – Pablo Escobar, narcotraficante colombiano, líder do Cartel de Medellín (n. 1949).

2009 – Luiz Lombardi Netto, locutor brasileiro (n. 1940). Lombardi do Silvio Santos

2013 –Marcelo Déda, advogado e político brasileiro (n. 1960).


A taxa de desocupação (11,6%) no trimestre móvel encerrado em outubro de 2019, ficou estatisticamente estável tanto em relação ao trimestre de maio a julho de 2019 (11,8%) quanto em relação ao mesmo trimestre de 2018 (11,7%), segundo dados divulgados pelo IBGE sexta-feira passada. A categoria dos trabalhadores por conta própria chegou a 24,4 milhões de pessoas, novo recorde na série histórica, com estabilidade frente ao trimestre anterior e alta de 3,9% (mais 913 mil pessoas) em relação ao mesmo período de 2018.

A população desocupada (12,4 milhões de pessoas) ficou estatisticamente estável em ambas as comparações. A população ocupada (94,1 milhões) cresceu em ambas as comparações: 0,5% (mais 470 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior e 1,6% (mais 1,4 milhão de pessoas) em relação ao mesmo trimestre de 2018. A população fora da força de trabalho (64,9 milhões de pessoas) permaneceu estável em ambas as comparações.

01
dez

Taxa de HIV Aids sobe 81,7 por cento no RN

Postado às 18:11 Hs

A taxa de detecção de HIV/Aids no Rio Grande do Norte disparou nos últimos dez anos. O aumento foi de 81,7% entre 2008 e 2018, para grupos de 100.000 habitantes. Neste período, foi o maior crescimento percentual entre todos os estados. No RN, por exemplo, a taxa em 2018 foi de 20,9. Dez anos antes, esse coeficiente era de 11,5. Além do Estado, outros 15 estados apresentaram aumento neste intervalo de tempo.  Os números do RN vão na contramão da média nacional, que apresentaram redução.

Os dados são do Ministério da Saúde, divulgados em Boletim Epidemiológico nesta sexta-feira (29). Além de ter o maior aumento percentual em dez anos, em 2018, por exemplo, a taxa do Rio Grande do Norte foi a maior do Nordeste e a 10ª do Brasil. Entre 2008 e 2018, segundo o boletim, o RN teve 5.501 casos de HIV notificados.

Por Carlos Newton

Ninguém sabe ao certo o que acontecerá ao Brasil. Recorde-se que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito com folga, em meio a um clima de renovação e muita esperança, acreditava-se que o país reencontraria o caminho do crescimento socioeconômico. Como se sabe, sonhar ainda não é proibido nem paga imposto. Os eleitores sonharam à vontade e agora têm de se deparar com a realidade, que chega a ser incompreensível, é por isso que não existem mais brazilianistas, todos desistiram de entender o Brasil e jogaram a toalha.

O fato concreto é que um ano praticamente já se passou e não houve grandes resultados, salvo o controle da inflação, embora Bolsonaro acredite que seu governo é um espetáculo e que o mundo ainda há de se curvar perante o Brasil, vejam a que ponto de delírio chegamos.

PARADOXO AMBULANTE – Neste primeiro ano, o que se viu foi um governo dividido, em que o Ministério da Economia se encarregou das reformas, enquanto a Presidência se mostrava mais interessada num revertério nos costumes socioculturais, com a intransigente defesa da instituição familiar passando a ser feita por um governante que já está no terceiro casamento e nem quer saber dos graves problemas da família da atual primeira-dama, a bela Michelle, cujo prazo de validade ainda não está vencido.

Bolsonaro é assim mesmo, um paradoxo ambulante. Em 2016, nos preparativos para as eleições, foi batizado no Rio Jordão pelo pastor pentecostal Everaldo Pereira, fundador do PSC, que depois lhe negaria legenda para ser candidato. Ainda hoje, Bolsonaro se diz católico, mas vive em orações nos templos evangélicos, onde se declara um enviado de Deus, que é uma boa forma de garantir eleitores.

E está sempre anunciando a nomeação de um jurista (?) tremendamente evangélico para ao Supremo.

VOCAÇÃO DE DITADOR – Não há a menor dúvida de que Bolsonaro tem uma tendência enorme para ser ditador, pois não aceita a existência da oposição, cultiva a paranoia de enxergar comunistas em todos os cantos, se diz perseguido pela grande imprensa e só dá entrevistas à evangélica TV Record, que o apoia incondicionalmente, e ao SBT, que pertence a um israelita que reza pela cartilha do oportunismo e se oferece prazerosamente a qualquer governo, desde os tempos da ditadura militar.

No meio dessa confusão, percebe-se que o governo é desastroso, muito mal visto no exterior, porque se orgulha de não acreditar em aquecimento global ou em efeito estufa, está pouco se incomodando com o meio ambiente e os direitos das minorias, além de achar que seu apoio incondicional aos Estados Unidos lhe garantirá ingresso no paraíso político universal, vejam que confusão dos diabos.

E AS REALIZAÇÕES? – De fato, há algumas realizações que merecem elogios, como a extinção de centenas de desnecessários conselhos federais, a derrubada dos juros, o controle da inflação e a tentativa – ainda não concretizada – de garantir posse de arma a cada cidadão decente, além da decisão de não privatizar a Petrobras, entregando apenas as subsidiárias.

E paramos por aqui, porque a reforma da Previdência é uma realização necessária, mas incompleta, pois não incluiu os servidores militares na primeira leva nem a privilegiada nomenklatura civil, especialmente do Judiciário e do Legislativo, todos continuam se aposentando com o supremo teto .

POR OSMOSE – A mínima recuperação do PIB e do emprego este ano foram obtidas por osmose, porque o governo nada fez neste sentido, as coisas se deram normalmente, com a economia batendo no fundo do poço e depois subindo em pouco, conforme já ocorrera no governo Temer, também por osmose, pois em economia não existem crises eternas.

Em tradução simultânea, são poucas as grandes realizações. Mesmo assim o presidente pode se reeleger, devido à aversão a Lula e ao PT, que parece ter aumentado com a libertação do ex-presidente, que tem ficha sujíssima e leglamente não pode se candidatar em 2022.

01
dez

@@@ O dia de hoje na História… @@@

Postado às 6:45 Hs


1 de dezembro:

Dia do Imigrante.

Dia do Numismata

Dia Internacional de Luta contra a AIDS.

Dia de Santo Elói

Nesta data em:

1640 – Restauração da Independência de Portugal; João, Duque de Bragança, torna-se rei como João IV de Portugal após 60 anos de domínio espanhol.
1822 – Pedro I (imagem) é coroado Imperador do Brasil.
1887 – É publicado o primeiro romance policial de Arthur Conan Doyle: Um Estudo em Vermelho, onde ocorre a primeira aparição de Sherlock Holmes.

Nasceram neste dia…

1734 – Adam Kazimierz Czartoryski, escritor e político polaco (m. 1823).
1885 – Camille Chautemps, político francês (m. 1963).
1935 – Woody Allen, cineasta estadunidense.

Morreram neste dia…

1135 – Henrique I de Inglaterra (n. 1068).
1784 – Samuel Johnson, escritor e lexicógrafo britânico (n. 1709).
1825 – Czar Alexandre I da Rússia (n. 1777)

1973 – Ben-Gurion, primeiro Primeiro-Ministro de Israel (n. 1886).

1984 – Roelof Frankot, pintor neerlandês (n. 1911).

1991 – George Joseph Stigler, economista estadunidense (n. 1911).

1992 – Athiê Jorge Coury, dirigente futebolista e politico brasileiro.

2009 – Éva Szörényi, atriz húngara (n. 1917).

2011 – Christa Wolf, escritora alemã (n. 1929)

2014 — Jorgeh Ramos, ator, locutor e dublador (n. 1941).

30
nov

§ § Espaço Web § Reflexão do dia

Postado às 22:20 Hs

A saída do ex-presidente Lula da prisão acendeu um alerta no Palácio do Planalto em relação à única região em que o presidente Jair Bolsonaro perdeu o segundo turno das eleições do ano passado: o Nordeste. Enquanto o petista já começa a fazer viagens, mantendo seu nome forte entre os eleitores nordestinos, o governo tenta tirar do papel seus planos enquanto sofre com o impacto negativo do vazamento de óleo que atingiu as praias da região.

O Palácio do Planalto tem tido dificuldades para deixar sua marca no Nordeste no primeiro ano da gestão. O diagnóstico é que Bolsonaro ainda depende de programas do governo Lula, como o Bolsa Família — que ganhou um 13º. Os investimentos do governo federal na região caíram este ano, segundo um levantamento do GLOBO: de janeiro a outubro, foram pagos R$ 5,7 bilhões pelos ministérios, contra R$ 3,8 bilhões no mesmo período do ano passado. O mesmo ocorreu todas as regiões do país neste ano, que registra o menor nível de investimentos da União desde 2007.

O Globo

 

dez 6
sexta-feira
11 18
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
24 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5807765 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram