O empresário Joesley Batista afirmou à Procuradoria-Geral da República que pagou R$ 50 mil por mês a Aécio Neves (PSDB-MG), ao longo de dois anos, por meio de uma rádio da qual o senador era sócio.

Os pagamentos, de acordo com Joesley, foram solicitados diretamente pelo tucano em um encontro no Rio, no qual Aécio disse que usaria o dinheiro para “custeio mensal de suas despesas”, segundo palavras do empresário da JBS. 

Joesley entregou aos procuradores 16 notas fiscais emitidas entre 2015 e 2017 pela Rádio Arco Íris, afiliada da Jovem Pan em Belo Horizonte. A JBS figura nas notas como a empresa cobrada. A Folha teve acesso ao relato, que está em um dos anexos da colaboração do empresário entregue à PGR em 31 de agosto do ano passado, em material complementar à primeira leva, de maio –que atingira o presidente Michel Temer e também Aécio.

As notas fiscais têm como justificativa a prestação de “serviço de publicidade” e trazem a descrição de que o valor mensal era de “patrocínio do Jornal da Manhã”, um dos programas da rádio. Pela soma das notas fiscais, a JBS pagou à rádio da família de Aécio R$ 864 mil. Reportagem da Folha de 13 de março revelou que Aécio vendeu suas cotas da rádio Arco Íris para Andrea Neves, sua irmã, por R$ 6,6 milhões em setembro de 2016.

Reynaldo Turollo Jr. e Camila Mattoso – Folha de S.Paulo

19
abr

§ § Espaço Web § “Perfeição …”

Postado às 20:32 Hs

Se as coisas fossem perfeitas
Não existiria lições de vida
Não haveriam arrependimentos
E nem descobertas…

Se tudo fosse perfeito
Mãos não se uniriam
E sonhos não seriam valorizados.
Se tudo fosse perfeito
Olhares não se completariam
E gestos passavam despercebidos.
Se tudo fosse perfeito
As lágrimas não existiriam
As palavras seriam perfeitas.
Se tudo fosse perfeito
Eu pularia no abismo
Sem medo da morte
Pois asas eu ganharia…

Se tudo fosse perfeito
Eu atravessaria o oceano
Sem medo de ser levado pelas ondas
Sem receios de me perder em suas profundezas.
Se tudo fosse perfeito
Dores não existiriam
E a cura não seria procurada…
Se tudo fosse perfeito
Não haveria a busca pela perfeição…
Nada é por acaso
Pois nem o destino
É Perfeito.

“Na vida nada acontece por acaso. O que você faz hoje, pode fazer a diferença em sua vida amanhã.

Autor Desconhecido

A partir desta quinta-feira, 19, passam a valer as novas regras da Lei Seca no País, com punições mais rigorosas destinadas aos motoristas que praticarem os crimes de homicídio culposo (não intencional) ou de lesão corporal de natureza grave ou gravíssima, sob efeito de álcool ou de outras substâncias psicoativas que causem dependência. A pena para lesão corporal passa a ser de 2 anos a 5 anos. Em caso de morte, chega a 8 anos de reclusão.

Atualmente, as penas para esses crimes permitem a fiança, a ser arbitrada por um delegado de polícia. Com as alterações previstas pela Lei 13.456/2017, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Michel Temer, essa opção no âmbito da polícia deixa de existir, e só quem poderá liberar por fiança será um juiz em análise posterior à prisão.

A nova lei não faz mudanças quanto aos procedimentos adotados durante as fiscalizações policiais e também não altera a tolerância de álcool no sangue ou o valor da multa.

Ex-presos da Operação Lava Jato acreditam que em pouco tempo Lula não suportará a solidão, consequência de seu isolamento em uma sala especial da Superintendência da Polícia Federal do Paraná.

Uma das pessoas diz que, ao chegar à prisão, entrou em depressão. Até que outros presos começaram a comentar a novela e a oferecer chocolates. “Com isso, a cabeça até aguenta”, afirma o ex-detento.

Na opinião dos mesmos condenados, Lula demorará a entender que talvez fique um bom tempo preso. Segundo eles, é a fase mais dura da prisão pois todos os que entram no sistema acreditam que podem sair dele em curto espaço de tempo.

Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo

No trem da vida a beleza é passageira  

E o tempo são os trilhos a percorrer.

O que está presente

Daqui a pouco,

Há uma hora

Ou mesmo um instante

Deixará de ser presente

Para ser no passado

Contente lembrança.

Cada dia que nasce é o futuro

Que hoje se torna presente

E amanhã será passado.

Não deixe um dia passar como um a mais,

Viva-o intensamente na possibilidade de fazer a diferença.

Sempre vamos, mas nunca voltamos.

Pois o tempo passa, não volta, não para.

O tempo nos leva de onde chegamos

Até aonde vamos,

Nos trás de onde partimos.

Todo o tempo às pessoas vem e vão,

Passam por nossas vidas.

Há pessoas que vem para ficar

E outras vão para nunca mais voltar.

Deixam saudades

E vivem lembradas em nossos pensamentos

E quem fica, é vivo lembrado no olhar de quem vai.

Mas continuam sempre presentes

Por suas lembranças;

Seu jeito de sorrir, de olhar,

De falar, suas manias,

Um pouco de si em nós.

Pessoas que se tornam marcantes

Por serem amadas.

Pessoas que são tocadas

Pelo vento para morar em outros corações,

Para encontrar refúgio em outro lugar

E até um dia encontrar

Porto seguro nos braços do seu lugar.

Por Camila Pereira Reis

No Supremo Tribunal Federal (STF), a tendência é a Primeira Turma da corte receber a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) no inquérito que investiga se senador Aécio Neves (PSDB-MG) recebeu propina de R$ 2 milhões da JBS, transformando a investigação em ação penal. O parlamentar também é acusado de atrapalhar as investigações da Operação Lava-Jato. Ao menos três dos cinco ministros da turma devem concordar que há elementos mínimos para justificar que as apurações sigam adiante.

O empresário e pré-candidato à Presidência pelo PRB, Flávio Rocha, acredita que o alto patamar de eleitores que declararam o voto em branco ou nulo na pesquisa Datafolha, divulgada nesta madrugada, abre uma lacuna para a expansão de seu projeto de campanha. Em entrevista ao Broadcast Político do jornal Estadão, ele afirmou que a conquista deste eleitorado ainda indeciso o levará até o segundo turno.

De acordo com a pesquisa, nos cenários em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é mantido como candidato, o índice de Brancos e nulos gira em torno de 13% a 14%. Ao excluir o petista da disputa presidencial, este porcentual salta para 23%. “Isso nos deixa muito confiantes. Este grande porcentual de eleitores que não sabem onde votar significa que eles estão a procura de um projeto que, para eles, ainda não existe. Mas nós temos esse projeto e faremos com que ele seja conhecido através de um vasto esforço de comunicação”, diz Rocha.

Até o momento, o desempenho obtido por Rocha na apuração mais recente do Datafolha foi considerado positivo, pois houve pontuação tanto nos cenários com Lula quanto nos que descartam a pré-candidatura do petista. Nas duas situações o empresário aparece com 1% das intenções de voto, tecnicamente empatado com Manuela d’Ávila (PCdoB) com 2%, Rodrigo Maia (DEM) com 1%, Henrique Meirelles (MDB) com 1% ou Michel Temer pelo MDB, com 1%

ano e quatro meses depois do início do corte dos juros pelo governo, a taxa cobrada pelos bancos no cheque especial praticamente não saiu do lugar.

O comportamento foge à regra das demais linhas de crédito à pessoa física e também é atípico quando comparado às taxas do cheque especial no passado, em outros quatro ciclos de corte dos juros analisados pelo Banco Central desde 2002.

O BC mergulhou nos dados históricos de crédito para investigar como os bancos estão repassando as quedas da taxa básica de juros a consumidores e empresas. Nos últimos meses ganharam corpo críticas de que as instituições represaram o afrouxamento, o que teve como resultado taxas de mercado mais elevadas do que se poderia esperar com a Selic no piso histórico de 6,5% ao ano. A conclusão do BC é que as taxas cederam com a Selic, menos a do cheque especial.

A base aliada do presidente Michel Temer segue resistindo a aprovar projetos prioritários do Palácio do Planalto, como a reoneração da folha de pagamento e a privatização da Eletrobras, mas o governo vai insistir na tentativa de votá-los até maio na Câmara dos Deputados, para mostrar que não está imobilizado diante da proximidade das eleições.

O tema foi pauta da conversa deste domingo (15) entre Temer e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no Palácio do Jaburu. Maia tem posição favorável aos dois projetos, mas avalia que, no caso da reoneração da folha de pagamento, a proposta do governo terá de sofrer modificações para ser aprovada. No caso da Eletrobras, ele apoia a medida, mas de novo reiterou a Temer que o Palácio do Planalto não pode atropelar o Congresso.

Segundo o blog do Valdo Cruz, na semana passada, o anúncio de que o governo iria editar o decreto que coloca a Eletrobras no Programa Nacional de Desestatização gerou atritos com o Legislativo. Deputados aliados criticaram a iniciativa por avaliar que isso deveria ocorrer somente depois de o Congresso aprovar os projetos que permitem a privatização da estatal.Temer avalia que o governo precisa demonstrar força no Congresso no final de abril e início de maio exatamente para mostrar que não estaria imobilizado nem isolado diante da proximidade da campanha eleitoral.O problema, na avaliação dos partidos governistas, é a baixa popularidade do presidente e de sua administração. Deputados e senadores já não estariam mais dispostos a se desgastar votando temas de interesse do Planalto, mas que sofreriam resistências de setores da sociedade

 

16
abr

@@@ O Dia de Hoje na História… @@@

Postado às 6:56 Hs

16 de abril:

Dia Mundial da Voz.

Dia de Santa Bernadete e São Frutuoso de Braga

Nesta data em:

1917 – Vladimir Lenin regressa a Petrogrado do exílio na Suíça.

1922 – É assinado o Tratado de Rapallo, no qual a Alemanha e a União Soviética restabelem relações diplomáticas.

1974 – É frustrada uma tentativa de golpe de Estado, em Portugal, conhecida como Levantamento das Caldas.

Nasceram neste dia…

1889 – Charlie Chaplin (na imagem), ator e produtor cinematográfico britânico (m. 1977).

1908 – António Lopes Ribeiro, cineasta português (m. 1995).

1927 – Papa Bento XVI, líder católico.

Morreram neste dia…

1859 – Alexis de Tocqueville, historiador e cientista político francês (n. 1805).

1972 – Yasunari Kawabata, escritor japonês (n. 1899).

2007 – Maria Lenk, nadadora brasileira (n. 1915).

2008 — Edward Lorenz, meteorologista, matemático e filósofo estadunidense (n. 1917).

2009 — Eduardo Rózsa-Flores, jornalista, ator e poeta húngaro-boliviano (n. 1960).

15
abr

Presidente denunciado condena a corrupção

Postado às 17:36 Hs

Na terra do realismo fantástico.

A América Latina é a terra do realismo fantástico. Nos últimos dias, os chefes de Estado do continente se reuniram para debater medidas de combate à corrupção. O Brasil foi representado por Michel Temer, alvo de duas denúncias e dois inquéritos criminais.

Ontem o presidente dissertou sobre o tema da cúpula. “Não se pode tolerar a corrupção. A corrupção destrói tecidos sociais, compromete a gestão pública e privada, tira recursos valiosos da educação, da saúde, da segurança”, disse, em tom professoral. “O combate à corrupção é imperativo da democracia”, prosseguiu.  Antes do discurso, um repórter quis saber se ele se sentia constrangido com o assunto. “Muito pelo contrário”, respondeu Temer, com um sorriso. “É um tema que enaltece o governo brasileiro, porque no Brasil as instituições funcionam com toda a regularidade”, acrescentou.

Na segunda-feira, a Justiça aceitou denúncia contra nove acusados de integrar o “quadrilhão” do PMDB. Estão na lista o ex-deputado Eduardo Cunha, que articulou o impeachment e instalou o amigo na Presidência, e os ex-ministros Geddel Vieira Lima e Henrique Alves.

Também viraram réus Rodrigo Rocha Loures, o deputado da mala, e dois suspeitos de recolher propina para o chefe: o advogado José Yunes e o coronel João Baptista Lima. A Procuradoria pediu a prisão de todo o grupo e descreveu Temer como “líder da organização criminosa”.

Na terça, o presidente deu posse a 11 ministros. Um foi denunciado por corrupção, outro responde a ação por furto de energia, o terceiro foi condenado por improbidade e o quarto foi preso em flagrante por porte ilegal de arma.

“Não vamos nos incomodar com críticas”, disse Temer, na quinta-feira. “Não vamos nos incomodar com aqueles que querem dizer: ‘Não, não pode etc, isso, aquilo’. Nós vamos em frente. Enquanto as pessoas protestam, a caravana do governo vai trabalhando”, desdenhou.

O Globo

Via Mônica Bergamo / Folha 

As contas de criminalistas que têm familiaridade com o caso de Lula mostram que a pena total dele pode ser dura: seis anos em regime fechado, se consideradas apenas as possíveis condenações em processos que estão com o juiz Sergio Moro. Moro agora vai julgar o ex-presidente nos casos do sítio de Atibaia e do terreno do Instituto Lula, nos quais é acusado pelos mesmos crimes do caso do tríplex: corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Se as penas forem parecidas à primeira, de 12 anos e 1 mês, o petista somará cerca de 36 anos de prisão. E terá que cumprir um sexto dela em regime fechado.

SEM CHANCES – A possibilidade de Lula sair rapidamente da cadeia é praticamente descartada, a não ser na hipótese de ele ficar doente. Pelas vias jurídicas, a primeira possibilidade, mais imediata, de liberdade seria a de o STF (Supremo Tribunal Federal) aprovar as ações de constitucionalidade contra a prisão após condenação em segunda instância —o que hoje parece difícil.

Passada essa chance, Lula poderia depositar esperanças em uma rediscussão do tamanho de suas penas no STJ (Superior Tribunal de Justiça), mas o tribunal tem se alinhado à Lava Jato. Outra possibilidade será a unificação e consequente diminuição do total das penas por um juiz de execução penal.

Por Ricardo Balthazar /Folha

A prisão diminuiu o apoio do eleitorado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), aumentou a desconfiança sobre a viabilidade de sua candidatura presidencial e manteve indefinida a disputa pelo seu espólio eleitoral, de acordo com o Datafolha. Pesquisa nacional realizada pelo instituto na semana passada aponta o líder petista com 31% das intenções de voto no cenário mais favorável entre nove pesquisados. No fim de janeiro, quando o levantamento anterior do Datafolha foi concluído, Lula tinha até 37% das preferências. O PT diz manter a intenção de registrar a candidatura de Lula, preso no sábado (7) para cumprir pena por corrupção e lavagem de dinheiro. Apesar do veto imposto pela Lei da Ficha Limpa à candidatura, a legislação permite que ele peça registro mesmo preso. Cabe à Justiça Eleitoral analisar o pedido.

SEM LULA – A nova pesquisa foi feita entre quarta (11) e sexta-feira (13). Foram realizadas 4.194 entrevistas em 227 municípios. Como os cenários pesquisados são diferentes dos analisados em janeiro, a comparação direta entre os dois levantamentos não é possível. Nos cenários com Lula fora do páreo, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) e a ex-senadora Marina Silva (Rede) aparecem empatados na liderança. Ele tem 17% das intenções de voto, e ela oscila entre 15% e 16%. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) alcança 9% em todos os cenários sem Lula, empatado com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que varia de 7% a 8%, e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, que entrou no PSB, mas ainda não se lançou candidato. Barbosa oscila entre 9 e 10%.

PT EM BAIXA – Marina, Ciro e Alckmin concorreram em eleições presidenciais anteriores e são bem conhecidos pelos eleitores. Barbosa nunca disputou uma eleição, mas ganhou notoriedade pela forma como conduziu o julgamento do mensalão no STF, em 2012.

Menos conhecidos do eleitorado, os dois nomes cotados no PT para substituir Lula se ele desistir da candidatura têm desempenho fraco. O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad aparece com 2% e o ex-governador da Bahia Jaques Wagner tem 1%. Os dois candidatos de esquerda que ficaram ao lado de Lula nas horas que antecederam sua prisão têm resultados parecidos. Manuela D’Ávila (PC do B) atinge no máximo 2% e Guilherme Boulos (PSOL) chega a 1%. O presidente Michel Temer (MDB), que acena com a possibilidade de concorrer à reeleição, alcança 2% das intenções de voto. O ex-ministro Henrique Meirelles, que entrou no MDB e também tem aspirações presidenciais, não passa de 1%.

1°Não se preocupe.

De todas as atividades humanas,preocupar-se, é a menos produtiva .

  Não se deixe dominar pelo medo

A maior parte das coisas que tememos nunca acontecem.

  Não guarde rancor

Ele é uma das cargas mais pesadas da vida.

  Enfrente um problema de cada vez 

Seja como for, só poderá tratá-los um por um.

  Não leve os problemas para a cama 

São maus companheiros do sono.

6°  Não compre os problemas dos outros

Eles podem lidar com eles melhor do que você.

  Não reviva o passado 

Ele já passou. Concentre-se no que se passa na tua vida e seja feliz agora.

  Seja um bom ouvinte

Só quando escutar, obterás ideias diferentes das tuas.

9°Não se deixe abater pela frustração

A autocompaixão só interfere com as ações positivas.

10°Contabilize todas as coisas boas 

Mas não esqueça as pequenas. Muitas coisas boas pequenas, fazem uma grande.

Em um mundo cada vez mais conectado e vigiado, o que comunicamos em mídias sociais deixou de ser preocupação apenas de personalidades públicas para exigir a atenção de profissionais de todas as áreas, dos mais diversos ramos de atividade. Com as redes digitais, cada pessoa passou a produzir conteúdo de divulgação do que faz, pensa e gosta, e, na maioria das vezes, não há como limitar compartilhamentos, impressão e reprodução. E a atenção e cuidado com esse conteúdo é fundamental para a construção da imagem pública e profissional que cada um de nós deseja para se posicionar no mercado. Um dos primeiros aspectos que mostra como há necessidade de dar atenção à forma como nos comunicamos é constatar que hoje praticamente não existe mais privacidade. O que colocamos nas redes, seja em conversas em grupos, comentários em mídias sociais, postagens, fotos, passou a ter um alcance quase ilimitado. Você tem refletido, por exemplo, sobre a quantidade de informações de sua vida pessoal que está à disposição de pessoas desconhecidas no Facebook, no Instagram? Qual o grau de intimidade, de confiança, que você tem com as pessoas que lhe seguem? Confia nelas como seus amigos? Gostaria que soubessem, por exemplo, aonde você mora? Quando a gente pensa nisso, percebe o quanto vulnerável pode ser o universo das mídias.

Com o PSDB indeciso, é possível identificar as simpatias dos tucanos pelos pré-candidatos ao governo. O único que mantém a neutralidade é o presidente, Ezequiel Ferreira.

O deputado federal Rogério Marinho, assim como os deputados estaduais Gustavo Fernandes, Tomba Farias, Larissa Rosado e Raimundo Fernandes são mais simpáticos ao vice-governador Fábio Dantas (PSB).

Os deputados estaduais José Dias e Gustavo Carvalho são do time do governador Robinson Faria (PSD). Nenhum tucanos ainda demonstrou afinidade com o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT).

Via Robson Pires

14
abr

@@@ O Dia de Hoje na História… @@@

Postado às 7:12 Hs

14 de abril:
Dia Mundial do Café.
Dia do Pan-Americano.
dia de Santa Liduína e São Júlio 
Nesta data em:

1865 – O presidente Abraham Lincoln é baleado no Teatro Ford por John Wilkes Booth.
1931 – É declarada a Segunda República Espanhola após renúncia do rei Afonso XIII.
2003 – O Projeto Genoma Humano é concluído com 99% do sequenciamento do genoma humano, com uma precisão de 99,99%.
Nasceram neste dia…

1578 – Filipe III de Espanha (m. 1621).
1896 – Alfredo Volpi, pintor brasileiro (m. 1988).
1935 – Erich von Däniken, escritor suíço.

Morreram neste dia…

1759 – Georg Friedrich Händel, compositor alemão (n. 1685).
1986 – Simone de Beauvoir, escritora e filósofa francesa (n. 1908).

1976 – Zuzu Angel, estilista brasileira.
2006 – Miguel Reale, filósofo e jurista brasileiro (n. 1910).

2012 – Paulo César Saraceni, diretor e roteirista brasileiro (n. 1932).

 2012 – Gilberto Velho, antropólogo brasileiro (n. 1945).

 2015 — Percy Sledge, cantor e compositor norte-americano (n. 1941).

abr 21
sábado
04 46
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
18 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5686234 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram