Bruno Boghossian – Folha de S.Paulo

Depois de servir cafezinho no gabinete presidencial para Romero Jucá, Gilberto Kassab e outros caciques, no início do mês, Jair Bolsonaro tentou se explicar para seus seguidores. “Nada foi tratado sobre cargos, nem da parte deles, nem da nossa parte. Quem falou que haveria questões envolvendo cargos caiu do cavalo”, afirmou.

O presidente dança uma valsa meio atrapalhada em seu esforço para conseguir apoio no Congresso. Enquanto foge do assunto e trata com ironia a distribuição de espaços na máquina federal, seus auxiliares se esforçam para fazer essa partilha entre potenciais aliados.

Metade dos figurões do Palácio do Planalto trabalha hoje para destravar nomeações políticas que podem ajudar o governo a construir uma base de apoio consistente nas votações da Câmara e do Senado —em especial na reforma da Previdência.

Na semana das reuniões de Bolsonaro com dirigentes partidários, o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que era “óbvio que eles vão ter algum tipo de participação” no governo. O ministro Santos Cruz disse que o preenchimento de cargos por indicação política “é normal em qualquer lugar do mundo”.

21
abr

O QUE É ESSENCIALMENTE A PÁSCOA

Postado às 6:00 Hs

A palavra Páscoa advém do nome em hebraico Pessach, que significa passagem, raiz da palavra Pessach, entretanto, remete à passagem do anjo exterminador, enviado por Deus para matar todos os primogênitos do Egito na noite do êxodo, noite que antecedia a libertação de Israel da escravidão egípcia. Deus então, orienta a Moisés e Arão, Números 12, a realizar o sacrifício de um cordeiro de um ano, sem defeito, deveria ser assado, seu sangue deveria ser aspergido nas portas das casas, comido com pães asmos (sem fermento) e com ervar amargas. Alí Deus estabelece um memorial. E por quê? Porque Deus quer que Seus feitos milagrosos não sejam esquecidos. No entanto que sua celebração é ordenada por Deus posteriormente: “Estas são as solenidades do Senhor, as santas convocações, que convocareis ao seu tempo determinado: No mês primeiro, aos catorze do mês, pela tarde, é a páscoa do Senhor”. Levítico 23:4,5 e “Celebrem os filhos de Israel a páscoa a seu tempo determinado”, Números 9:2. Portanto, essa festa judaica, a Páscoa, comemorada pelos judeus, significa passagem. É realizada com o objetivo de fazer o povo recordar a libertação da escravidão egípcia. Vale ainda lembrar, que a Páscoa possuía um significado profético, o cordeiro que era imolado nesta festividade, apontava para o sacrifício de Jesus Cristo na Cruz.
19
abr

§ § Espaço Web § Reflexão

Postado às 18:18 Hs

Anjos de verdade

Acredite nas pessoas, especialmente, naquelas que possuem alguma característica indefinível.

Talvez, aquelas que a gente confunda com anjos, que aparecem em nossas vidas nos ensinando através de atitudes e exemplos.

Pessoas que olham diretamente em nossos olhos quando precisam ser calorosas ou duras. Elogiam e criticam com o mesmo “amor” que pedem desculpas, com a maior naturalidade e humildade agradecem. Com poucas palavras, alguns gestos e um forte abraço nos fazem felizes.

Estas são poucas pessoas, é verdade, mas elas existem. Procure por elas.

Colecione-as, guarde-as para sempre em sua alma. Elas farão a grande diferença em sua caminhada pela vida!

 

Boa Noite a todos !

18
abr

§ § Espaço Web § Reflexão

Postado às 22:19 Hs

Resiliência

Hoje, recebi de uma amiga, o texto abaixo. Muito me tocou em função do momento de vida que estou passando associado com  a Páscoa. Então, vejamos:

 “Aprendi que ventos fortes nos fazem atravessar desertos como sementes e voltamos às flores.

 Aprendi que ninguém é tão pobre que não possa ajudar seu irmão em uma oração.

 Aprendi que palavras voam como pássaros, mas atitudes silenciosas são como árvores que se fincam no chão e ninguém arranca.

 Aprendi que até o céu tem seu tempo azul e de cinza, de ventos e de sol, de luz ou de noite, que tudo dará certo no seu tempo.

 Aprendi que devemos amar uns aos outros e que o pior destruidor é aquele que destrói uma esperança ou um sorriso.

 Aprendi que acordamos todas as manhãs por que Ele é quem nos desperta com alegria para novas batalhas, novas vitórias…

 Aprendi que nada é por acaso… que para tudo e todos existe uma resposta.

 Aprendi que não existe sorte, bênçãos, que somos frutos de um amor sem igual e limites e que a fé nos faz abençoados todos os dias pelo zelo de Deus.

 Aprendi, enfim, que tenho a capacidade de me recobrar facilmente e de me adaptar às mudanças”.

 Muitas pessoas mesmo que ainda estejam vivas, enquanto não vivem no amor, na paz, na justiça e na alegria que

Ele nos oferece, mas que preferem viver dominadas pelo ódio, pela mentira, pela vingança, pela injustiça e pelo desamor, estão mortas para Vida.

E quando uma dessas pessoas percebe que Ele lhes oferece uma nova vida de amor e a Ele aderem, e mudam totalmente de vida, fazem assim digamos uma ressurreição.

 Sejamos gratos ao bem mais precioso que temos: A VIDA!

Via Globo

Em meio à polêmica, mas sem mencionar a decisão do ministro Alexandre de Moraes, que censurou a revista Crusoé e o site O Antagonista, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que o país precisa da imprensa para que “a chama da democracia não se apague”.

—  Que pese alguns percalços entre nós, nós precisamos de vocês para que a chama da democracia não se apague —  disse Bolsonaro, dirigindo-se à imprensa, durante seu discurso na cerimônia de comemoração do Dia do Exército no Comando Militar do Sudeste, em São Paulo.

No evento, Bolsonaro defendeu a publicação de “palavras, letras e imagens que estejam perfeitamente emanados com a verdade” e disse crer ser necessário trabalhar por isso para “um Brasil maior, grande e reconhecido em todo cenário mundial”.

O Brasil teve uma queda de 25% no número de assassinatos nos dois primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. É o que mostra o índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal. Essa é a primeira parcial divulgada no ano.

De acordo com a ferramenta, houve 6.856 mortes violentas no primeiro bimestre de 2019. O dado só não comporta o Paraná. O governo do estado informa que os números de janeiro e fevereiro ainda estão sendo tabulados para posterior divulgação. Tirando o Paraná, houve 9.094 assassinatos no mesmo período de 2018. Ou seja, uma queda de 25%.

A queda é puxada principalmente pelos estados do Nordeste, que, juntos, registram a redução mais significativa do número de mortes (34%) – somente no Ceará o índice diminuiu 58%.

O levantamento faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Nordeste em queda

Assim como o Ceará, todos os outros estados do Nordeste registraram uma queda no período analisado. Rio Grande do Norte e Pernambuco também tiveram quedas expressivas, de 42% e de 33%, respectivamente.

Segundo o coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, secretário de Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte, uma maior integração entre os órgãos públicos é um dos fatores por trás da queda.

“A redução dos índices de criminalidade (…) deve-se a um melhor planejamento das ações das instituições de segurança pública, uma maior integração – tanto das instituições do estado, como das instituições federais que estão aqui no Rio Grande do Norte, como a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e as próprias Forças Armadas –, o apoio do Ministério Público e do Poder Judiciário, a abnegação dos policiais nessas ações, um maior controle do sistema prisional e, também, o apoio inconteste do governo do estado a todas essas ações de nossas instituições”.

Fonte: G1

18
abr

OPINIÃO

Postado às 10:08 Hs

Qual é o déficit da Previdência?

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados adiou, ontem, mais uma vez, a votação do parecer pela constitucionalidade da reforma da Previdência. A sessão durou a manhã inteira, houve muita discussão acirrada e a oposição acabou conseguindo o que queria, ou seja, a procrastinação da matéria.

Se esse ritmo lento predominar, a reforma, inicialmente prevista para junho, depois para setembro e agora dezembro, corre o risco de não entrar em pauta, o que redundará numa grande derrota para o Governo. A reforma previdenciária é uma necessidade urgente não de agora, mas desde o Governo Sarney.

Se não for feita levará o País a um caos, pois a Previdência não terá dinheiro para pagar os novos aposentados. Sem bem que, na verdade, o rombo da Previdência é uma verdadeira caixa preta. É bom lembrar também que em 2017 o Congresso instalou uma CPI para apurar o déficit previdenciário e no final, depois de seis meses, chegaram à conclusão de que não havia déficit.

Rombos a parte, a reforma não anda porque o Governo se articula muito mal. Não existe interlocução com o Congresso, tanto que foi preciso expor a um grande vexame o ministro da Economia, Paulo Guedes, na CCJ. Ali, ele foi xingado, massacrado e comeu o pão que o diabo amassou. Não poderia ser diferente. Guedes não é do ramo da política e deveria cuidar especificamente da macroeconomia.

Os dos líderes do Governo na Câmara são duas antas, amadores, desarticulados, não sabem se expressar. No Senado, entretanto, o Governo escolheu um líder tarimbado e articulado, o senador Fernando Bezerra Coelho. Por isso, pela Casa Alta as coisas andam bem diferente, embora não tenha entrado ainda em pauta uma votação de projeto polêmico do Governo.

Blog do Magno

17
abr

§ § Espaço Web § ” Novos dias… “

Postado às 20:00 Hs

Todas as manhãs Deus nos dá a oportunidade de recomeçar alguma coisa.

É por isso que dizem que nada como uma boa noite para colocar as ideias no lugar.

E não nos levantamos com o pé direito ou esquerdo, nos levantamos com os dois e carregando o mesmo corpo que no dia anterior, talvez até os mesmos problemas não resolvidos. Mas tivemos essas importantes horas de descanso para recuperar as forças e energias para continuar o caminho.

Podemos decidir então que nada estragará nosso dia e que daremos a oportunidade para que as soluções cheguem.

É evidente que um coração alegre e esperançoso terá mais vitórias que aquele que deixa afogar pelas tristezas suas ou alheias.

A pessoa mal-humorada pode acordar com o mais lindo raio de sol invadindo a janela que ela ainda vai encontrar algum motivo para criticar e saciar sua insatisfação, como se ela tivesse a necessidade de encontrar algo negativo para continuar tendo razão.

Inversamente, aquele que carrega consigo a paz interior e o desejo de ser feliz verá flores até nos desertos mais ermos. E ele as colherá, com certeza!

Não penso que seja simplesmente uma questão de pensar positivo, mas de cultivar dentro de si as coisas boas, a paz, o desejo de ser uma pessoa melhor na qual outros possam se espelhar.

É plantar a semente da serenidade na terra do coração e deixar que ela floresça e enfeite a vida.

Viver bem é uma questão de escolha. A fé nos sustenta. A esperança nos mantém vivos e o amor nos torna diferentes aos olhos do mundo.

Pouco importa se chove ou se faz sol, o dia fica estragado quando decidimos que assim será. Somos, nos passos de Cristo, o sal que tempera a terra e a luz que ilumina o mundo.

Podemos dar sabor, cor e vida, deixando atrás de nós a semente do bem e passos que conduzem ao céu.

Por Letícia Thompson

Deputados a favor da reforma da Previdência Social passaram a tentar, hoje, acelerar o debate sobre a proposta e antecipar a votação para amanhã na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

A estratégia de diversos parlamentares, principalmente do PSL – partido do presidente Jair Bolsonaro –, é abrir mão dos discursos aos quais tinham direito e, assim, encurtar a sessão.

A votação da reforma da Previdência na CCJ estava inicialmente marcada para esta quarta-feira. Mas, nesta segunda (15), o líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), anunciou um acordo para adiar a votação para a próxima segunda (22) ou para terça (23).

O anúncio foi feito após a CCJ decidir inverter a pauta desta semana e discutir, primeiro, a proposta de emenda à Constituição que aumenta os gastos do governo, a chamada PEC do orçamento.

Cabe à CCJ analisar se a proposta do governo Bolsonaro está de acordo com a Constituição. Se a chamada admissibilidade for aprovada, a reforma seguirá para uma comissão especial, responsável por analisar o mérito (conteúdo) do texto.

O Secretário Extraordinário de Gestão de Projetos e de Metas e de Relações Institucionais Fernando Mineiro em que ele relata ter sido iniciativa da governadora Fátima Bezerra (PT) a renovação do contrato do Governo Cidadão com o Banco Mundial.

A sociedade potiguar conhece a herança deixada pelo governo passado e está vendo o esforço da atual gestão para arrumar a casa.

O Governo da Professora Fátima Bezerra trabalha duro para corrigir a herança de descaso e omissões na execução das ações de responsabilidade do Estado.

Toda sua equipe de Governo não mede esforço para corrigir erros e dar continuidade às ações de nossa responsabilidade.

Entre as inúmeras correções de rumos implementadas pelo atual governo estão as relacionadas ao Projeto Governo Cidadão, cujas ações são financiadas pelo empréstimo realizado junto ao Banco Mundial.

Pelo contrato original esse empréstimo venceria em maio de 2019.

A primeira iniciativa desenvolvida pela atual Governadora Fátima, dois dias depois de confirmada sua vitória nas urnas, foi a gestão junto à direção do Banco Mundial, para a prorrogação do empréstimo por mais 22 meses.

A atitude de nosso Governo garantiu a prorrogação do empréstimo e foi decisiva para que o nosso Estado não se transformasse em um cemitério de obras e ações inacabadas, gerando grande prejuízo à sociedade e aos cofres públicos.

Por essa iniciativa e firmeza na condição dos destinos do Rio Grande do Norte hoje a sociedade potiguar tem a certeza de que as ações decorrentes do empréstimo junto ao Banco Mundial terão continuidade de forma eficiente e transparente e seus resultados garantirão à população do estado desenvolvimento e melhores condições de vida.

 

Fernando Mineiro

Secretário Extraordinário de Gestão de Projetos e de Metas e de Relações Institucionais

16
abr

@@@ O Dia de Hoje na História… @@@

Postado às 6:56 Hs

16 de abril:

Dia Mundial da Voz.

Dia de Santa Bernadete e São Frutuoso de Braga

Nesta data em:

1917 – Vladimir Lenin regressa a Petrogrado do exílio na Suíça.

1922 – É assinado o Tratado de Rapallo, no qual a Alemanha e a União Soviética restabelem relações diplomáticas.

1974 – É frustrada uma tentativa de golpe de Estado, em Portugal, conhecida como Levantamento das Caldas.

Nasceram neste dia…

1889 – Charlie Chaplin (na imagem), ator e produtor cinematográfico britânico (m. 1977).

1908 – António Lopes Ribeiro, cineasta português (m. 1995).

1927 – Papa Bento XVI, líder católico.

Morreram neste dia…

1859 – Alexis de Tocqueville, historiador e cientista político francês (n. 1805).

1972 – Yasunari Kawabata, escritor japonês (n. 1899).

2007 – Maria Lenk, nadadora brasileira (n. 1915).

2008 — Edward Lorenz, meteorologista, matemático e filósofo estadunidense (n. 1917).

2009 — Eduardo Rózsa-Flores, jornalista, ator e poeta húngaro-boliviano (n. 1960).

2018  – Paul Singer, economista austro-brasileiro (n. 1932).
2018 – Dona Ivone Lara, cantora brasileira (n. 1922).

15
abr

Caça aos ovos…

Postado às 13:52 Hs

Mais de 113 milhões de pessoas devem gastar com presentes e chocolates nesta Páscoa, o que promete movimentar o comércio neste mês de abril. Segundo levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), sete em cada 10 (72%) consumidores pretendem ir às compras no período.

De acordo com o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli, a expectativa é de que cada consumidor compre seis produtos. Além disso, a pesquisa aponta que 78% das pessoas planejam pagar as compras à vista, principalmente com dinheiro.

14
abr

Opinião: Cem dias, sem calma

Postado às 16:47 Hs

Coluna de Carlos Brickmann

Passados cem dias do Governo Bolsonaro, com alas internas em luta, com projetos importantes atrapalhados por brigas desnecessárias, com inesperada queda de popularidade, o presidente decidiu reverter o quadro: em 18 atos, colocou na linha de frente medidas há longo tempo defendidas por bons economistas – como a autonomia do Banco Central, com mandatos fixos para seus diretores, reduzindo a influência política na defesa do valor da moeda; leis desejáveis, como a proibição, ao menos no Executivo, de rapapés e formalidades do tempo do Império; e uma ação que lhe dará popularidade maior, o 13º salário para quem recebe a Bolsa Família.

O Banco Central nasceu com autonomia, e nos idos de 66 já controlava a inflação. Mas estávamos na ditadura que, dizem, não houve, e o marechal Costa e Silva mudou tudo: deu o comando do Banco Central ao Ministério da Fazenda. A inflação cresceu bem, obrigado, e só foi vencida nos anos 90. Voltamos à posição correta: a defesa da moeda é maior que os governos.

E, antes que digam que o presidente está fazendo demagogia ao se apropriar da ideia da Bolsa Família, implantada por Lula, é bom lembrar que distribuir dinheiro aos necessitados (em vez de dar-lhes serviços gratuitos) é a base do Imposto de Renda Negativo, ideia de Milton Friedman. E é bom lembrar que o superministro Paulo Guedes é discípulo de Friedman, membro da Escola de Chicago. Palpite deste colunista: a Bolsa Família tende a se ampliar.

O diretor de Fiscalização do Banco Central, Paulo Souza, afirmou que o lucro líquido registrado pelos bancos ao fim de 2018, de R$ 98,5 bilhões, foi o maior da história, em termos nominais. O montante corresponde a um aumento de 17,40% em relação ao verificado em 2017. Souza pontuou que o BC sempre acompanhou o lucro dos bancos, mas, como houve mudanças monetárias ao longo do tempo, é possível afirmar, para fins de comparação, que o resultado do ano passado é o maior desde a adoção do real, em 1994.
14
abr

@@@ O Dia de Hoje na História… @@@

Postado às 7:30 Hs

14 de abril:
Dia Mundial do Café.
Dia do Pan-Americano.
dia de Santa Liduína e São Júlio 
Nesta data em:

1865 – O presidente Abraham Lincoln é baleado no Teatro Ford por John Wilkes Booth.
1931 – É declarada a Segunda República Espanhola após renúncia do rei Afonso XIII.
2003 – O Projeto Genoma Humano é concluído com 99% do sequenciamento do genoma humano, com uma precisão de 99,99%.
Nasceram neste dia…

1578 – Filipe III de Espanha (m. 1621).
1896 – Alfredo Volpi, pintor brasileiro (m. 1988).
1935 – Erich von Däniken, escritor suíço.

Morreram neste dia…

1759 – Georg Friedrich Händel, compositor alemão (n. 1685).
1986 – Simone de Beauvoir, escritora e filósofa francesa (n. 1908).

1976 – Zuzu Angel, estilista brasileira.
2006 – Miguel Reale, filósofo e jurista brasileiro (n. 1910).

2012 – Paulo César Saraceni, diretor e roteirista brasileiro (n. 1932).

 2012 – Gilberto Velho, antropólogo brasileiro (n. 1945).

 2015 — Percy Sledge, cantor e compositor norte-americano (n. 1941).

2018 — Miloš Forman, cineasta tcheco-americano (n. 1932).

# Início da Semana Santa #

14
abr

Início da Páscoa

Postado às 0:11 Hs

Domingo de Ramos

O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, com a da entrada de Jesus em Jerusalém. Jesus é recebido em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenaram à morte. Jesus é recebido com ramos de palmeiras. O Domingo de Ramos é a festa litúrgica que celebra a entrada de Jesus Cristo na cidade de Jerusalém. É também a abertura da Semana Santa. Nesse dia, são comuns procissões em que os fiéis levam consigo ramos de oliveira ou palmeira, o que originou o nome da celebração. Segundo os Evangelhos, Jesus foi para Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os(discípulos). Entrou na cidade como um Rei, mas sentado num jumentinho – o simbolo da humildade – e foi aclamado pela população como o Messias, o Rei de Israel. A multidão o aclamava: “Hosana ao Filho de Davi!” Isto aconteceu alguns dias antes da sua Paixão, Morte e Ressurreição. A Páscoa Cristã celebra então a Ressurreição de Jesus Cristo.

História A procissão do Domingo de Ramos surgiu depois que um grupo de cristãos da Etéria fez uma peregrinação a Jerusalém e, ao retornar, procedeu na sua região da mesma forma que havia feito nos lugares santos, lembrando os momentos da Semana Santa. O costume passou a ser utilizado gradualmente por outras igrejas e, ao final da Idade Média, foi incorporado aos ritos da Semana Santa…. O Rito A celebração do Domingo de Ramos começa em uma capela ou igreja afastada de onde será rezada a Missa. Os ramos que os fiéis levam consigo são abençoados pelo sacerdote.

A Semana Santa é uma tradição religiosa do Cristianismo que celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo. A Semana Santa se inicia na quarta feira de Jesus Cristo em Jerusalém, que ocorre do domingo de ramos, e tem seu término com a ressurreição de Jesus Cristo, que ocorre no domingo de Páscoa.

http://2.bp.blogspot.com/_nNiqDAwxt3E/S7e_LcCnlLI/AAAAAAAAAVY/EAuPC9SMPzo/s400/semana-santa3.jpg

Via Nicola Pamplona / Folha de S.Paulo

Embora tenha gerado maior reação do mercado, o recuo no reajuste de 5,7% no preço do diesel anunciado na quinta-feira (11) não foi o único sinal de interferência na gestão da Petrobras desde o início do governo Jair Bolsonaro (PSL). Em relatório, analistas do banco UBS citam ainda a pressão por investimentos em Israel, os prazos mínimos para reajustes do diesel e a criação do Cartão Caminhoneiro como outros exemplos. No início da gestão, Bolsonaro tentou também emplacar um amigo no comando da empresa.

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, reconheceu em nota nesta sexta-feira (12) que a suspensão do reajuste foi decidida após alerta do presidente da República sobre os riscos de greve dos caminhoneiros, mas afirmou que a empresa é “completamente autônoma” para a tomada de decisões.

“Recebi ontem [quinta] no fim do dia uma ligação telefônica do presidente Bolsonaro me alertando sobre os riscos do aumento do diesel divulgado pela Petrobras”, escreveu Castello Branco, que está em viagem nos Estados Unidos. “Considerei legítima a preocupação do presidente.”

Analistas, executivos do setor e pessoas próximas ao comando da estatal, porém, dizem que sinais de interferência se acumulam desde o início da gestão e são reforçados por declarações do primeiro escalão do governo Bolsonaro.

A intervenção de Jair Bolsonaro na política de preços da Petrobrás reforçou no Congresso a impressão de que o presidente não pensa duas vezes antes de rifar acordos políticos e compromissos para manter seu capital eleitoral.

Foi assim com os caminhoneiros no caso do diesel.

No momento em que tenta avançar nas costuras da reforma da Previdência, Bolsonaro fez crescer entre os líderes a desconfiança de que é incapaz de dividir com o Parlamento o desgaste por mexer na aposentadoria dos brasileiros.

Enquanto Bolsonaro tenta reaproximação com o mundo árabe em Brasília, a representação brasileira em Ramallah envia doação de arroz para a Faixa de Gaza.

Estadão – Coluna

abr 22
segunda-feira
15 43
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
34 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5775369 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram