O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta quinta-feira o secretário especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), Fabio Wajngarten. Bolsonaro afirmou que, pelo que ele analisou até agora, “está tudo legal” com Wajngarten e disse que ele irá continuar no cargo.

“Não vou te responder isso daí”, disse Bolsonaro, na saída do Palácio da Alvorada, questionado sobre se Wajngarten deveria deixar sua empresa. “Se for ilegal, a gente vê lá na frente. O que eu vi até agora, está tudo legal com o Fabio. Vai continuar. É um excelente profissional. Se fosse um porcaria igual alguns que tem por aí, ninguém estaria criticando ele”, disse.

Ontem, o jornal “Folha de S. Paulo” revelou que a empresa da qual Wajngarten tem 95% da sociedade mantém contratos com emissoras de televisão e agências de publicidade que atendem o governo. É tarefa da Secom direcionar os recursos de propaganda do Palácio do Planalto. O caso será analisado pela Comissão de Ética Pública da Presidência da República em sua primeira reunião do ano, no próximo dia 28. O secretário nega ter cometido irregularidades.

Ao ser questionado por uma repórter da “Folha de S.Paulo” sobre a permanência de Wajngarten na chefia da Secom, Bolsonaro afirmou que o jornal “não tem moral para perguntar” e mandou que a jornalista calasse a boca.

“Fora, Folha de S.Paulo, você não tem moral para perguntar, não”, disse Bolsonaro, que após a insistência da repórter afirmou: “Cala a boca!”.

As pessoas passaram 3 horas e 40 minutos, em média, utilizando aplicativos (também conhecidos como apps) em 2019. O índice é 35% maior do que em 2017. As informações são do principal relatório sobre o tema no mundo, da consultoria App Annie. A edição de 2020 foi divulgada ontem (15). O Brasil ficou na terceira colocação no ranking dos países em termos de tempo gasto em apps, levemente acima da média, com 3 horas e 45 minutos. O país foi superado pela China, onde as pessoas mexem com esses programas durante quase 4 horas, e a Indonésia, onde o tempo diário chegou a 4 horas e 40 minutos. Em seguida, vêm a Coreia do Sul (3h40) e Índia (3h30). Na comparação entre 2019 e 2017, a China obteve a maior ampliação (60%), seguida pela Índia, o Canadá e a França (25%), a Indonésia (20%) e o Brasil, a Alemanha, Coreia do Sul, o Japão e Reino Unido (15%).

A partir desta quarta-feira, 15 de janeiro, os clientes da telefonia móvel nas regiões Centro-Oeste e Nordeste podem consultar no portal https://cadastropre.com.br/#/ a existência de linhas pré-pagas cadastradas em seu Cadastro de Pessoa Física (CPF), em cada uma das prestadoras: Algar, Claro, Oi, Sercomtel, TIM e Vivo.

A solução foi apresentada pelas empresas no Plano de Ação Setorial e aprovada pela Anatel no âmbito do Projeto Cadastro Pré-Pago. A ferramenta está disponível para os consumidores residentes na Região Norte desde 6 de janeiro. As regiões Sul e Sudeste serão incluídas no dia 22 de janeiro.

A medida vai possibilitar que o consumidor verifique se há alguma linha estranha ao seu conhecimento vinculada à prestadora e, sendo o caso, possa solicitar o seu cancelamento. O pedido de cancelamento do consumidor deverá ser atendido em até 24 horas, caso a solicitação seja executada por meio de atendente, e até 48 horas se solicitada automaticamente (no call center ou portal da prestadora, sem a intervenção humana).

Marcos Pontes, ministro de Ciência e Tecnologia, disse em entrevista à Folha que a implementação do 5G no Brasil não deve ocorrer antes do fim de 2021.

“A ideia é que até o final deste ano a gente faça o leilão. Essa é a minha estimativa, mas talvez fique só para 2021. Então, imagino que no final de 2021 e começo de 2022 comece a ter implementação de algum piloto”, afirmou.

O Antagonista

 

10
jan

Eleições 2020

Postado às 15:37 Hs

Conversa de Alpendre 2020 estreia nesta sexta na TCM Telecom.

Temporada terá entrevistas com pré-candidatos a prefeito de Mossoró e prefeitos da região. Pré-candidatos a prefeito de Mossoró e prefeitos da região Oeste são os convidados especiais da temporada 2020 do programa Conversa de Alpendre, que estreia nesta sexta-feira, às 20h10, no canal TCM 10 HD da TCM Telecom. Nesta temporada, o Conversa de Alpendre é apresentado pelos jornalistas Carol Ribeiro e Moisés Albuquerque.

Como já é tradição, o programa integra a programação do Verão TCM e vai até os alpendres de Tibau para uma conversa descontraída sobre as perspectivas do ano político que se inicia. Em 2020, os possíveis candidatos falam sobre suas impressões e planos para as eleições que se aproximam.

Este ano, o programa abrange também outras cidades e vai aos alpendres da região Oeste conversar com os prefeitos de Caraúbas, Apodi, Felipe Guerra e Upanema.

ESTREIA

O programa de estreia traz entrevistas com o deputado estadual Allyson Bezerra (SD) e com o empresário Jorge do Rosário (PL). Eles conversam sobre a frente de oposição a Rosalba Ciarlini, a direita em Mossoró e os projetos de eleição.

O programa tem uma hora de duração e vai ao ar nas sextas-feiras de janeiro, sempre às 20h10. A reprise será exibida aos domingos, às 17h. O telespectador pode acompanhar, além do canal TCM 10 HD, também pelo site tcm10hd.com.br ou pelo App TCM Play.

Fonte: Assessoria

09
jan

Charge: Nas redes…

Postado às 9:34 Hs

Charge do Duke

O ex-deputado federal e comunicador Paulo Wagner, que também foi vereador em Natal, morreu por volta das 23 horas desse domingo, de um infarto fulminante, dentro de seu apartamento, na praia de Pirangi, em Parnamirim. A reportagem é de Wagner Guerra.

O velório está acontecendo no cemitério Morada da Paz e a cerimônia de cremação, às 18 horas. O ex-apresentador deixa mulher. Não tinha filhos.

Segundo fontes do Blog do BG, Paulinho, como era mais conhecido, havia feito recentes exames de saúde, mas nada de anormal havia sido observado no coração. Contudo, sofria de problemas renais crônicos. No início de 2018, ele foi diagnosticado com diabetes e precisou fazer uma cirurgia de redução de estômago, ficando ‘irreconhecível’ para muitos. Paulo Wagner era irmão do também radialista George Wagner, que faleceu em julho passado, em decorrência de problemas renais.

Paulo Wagner Leite Dantas nasceu no município de Areia Branca no dia 19 de julho de 1962. Radialista e apresentador de televisão, começou sua carreira em Mossoró, nas rádios Difusora e Libertadora. Também foi editor de polícia nos jornais Gazeta do Oeste e O Mossoroense.

Filiado ao Partido Verde (PV), candidatou-se à Câmara Municipal de Natal, sendo eleito com, aproximadamente, 14 mil votos, como o vereador mais votado. Dois anos depois, pelo mesmo partido, candidatou-se a deputado federal, sendo novamente eleito com cerca de 50 mil votos.

Fonte: Blog do BG

28
dez

§ § Espaço Web § Detalhes

Postado às 22:25 Hs

A cada fim de ano e início de um novo, milhares são os votos desejando felicidades, um ano novo maravilhoso, promessas de mudanças, recomeços e diversas outras formas de alterações são autopropostas. Mas, na realidade, a única mudança real que ocorre entre o dia 31 de dezembro de um a no e o primeiro dia de janeiro de outro, é de uma mudança na data do calendário, como qualquer outra de todos os 365 dias do ano que passou ou do que se inicia. Assim, nada mais lógico do que imaginar que todas essas felicitações e promessas poderiam ter sido feitas em qualquer um desses dias, mas, normalmente, não o fazemos. Todos os dias, de todos os anos, deixamos de fazer declarações de bem querer, amizade, amor a pessoas próximas, parentes, ascendentes ou descendentes e essas declarações poderiam ter mudado algo na vida delas ou nas nossas, em nosso relacionamento com as mesmas. Na viagem da vida de cada um, existe a opção de ser o passageiro ou o maquinista do trem, que parará em muitas estações. Pessoas descerão, outras subirão, mas o maquinista continuará sendo o mesmo. Em cada uma destas estações, teremos a oportunidade de conhecer novas pessoas e de nos despedirmos de outras, mas o maquinista provavelmente nem será visto, continuará sendo um desconhecido.

Via Correio Braziliense

Uma pesquisa do Instituto Datafolha mostra que a polarização política, mesmo um ano depois da eleição presidencial, segue provocando rusgas nas relações pessoais. Segundo o levantamento, realizado entre 5 e 6 de dezembro com 2.948 pessoas em 176 cidades brasileiras, um (19%) a cada cinco brasileiros deixou de seguir ou bloqueou o perfil de um amigo, familiar ou empresa por discordar de posições políticas.

Além disso, uma (27%) a cada quatro pessoas saiu de algum grupo do WhatsApp para evitar discussões.

NESTE ANO – De acordo com o Datafolha, as respostas dos entrevistados referem-se a comportamentos adotados nos últimos 12 meses, entre as pessoas que tem conta em redes sociais, como Facebook, Instagram, Twitter e WhatsApp. Para 54% dos entrevistados, as novas mídias são importantes para fazer com que os políticos estejam atentos às discussões sociais.

Confira abaixo outros dados levantados pelo Datafolha:

77% acreditam que as redes sociais ajudam a dar voz a grupos normalmente deixados de lado pela sociedade.

51% deixaram de comentar ou compartilhar alguma coisa sobre política em grupo de WhatsApp para evitar discussões com amigos ou familiares

46% deixaram de publicar alguma coisa sobre política nas redes sociais para evitar discussões com amigos ou familiares

43% acreditam que as redes sociais ajudam a influenciar as decisões dos políticos

27% saíram de algum grupo de WhatsApp para evitar discussões políticas com amigos ou familiares

19% deixaram de seguir ou bloquearam algum amigo ou pessoa da família por discordar das suas posições políticas

19% deixaram de seguir ou bloquearam alguma empresa ou marca por causa de suas posições políticas

16% entraram em algum grupo em redes sociais para discutir e divulgar ideias políticas parecidas com a sua

14% mudaram a foto do perfil para apoiar alguma causa política

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira, dia 24, pelo jornal “Folha de S.Paulo” aponta que 51% dos brasileiros que usam WhatsApp desistiram de fazer um comentário ou compartilhar algum conteúdo sobre política para evitar brigas com a família ou com os amigos. A pesquisa mostrou ainda que 27% saíram de algum grupo para não discutir, e 19% deixaram de seguir ou bloquearam o perfil de um amigo, familiar ou mesmo de uma empresa por discordar de suas posições políticas. AFINIDADES – O levantamento aponta que 16% entraram em algum grupo em redes sociais para discutir e divulgar ideias políticas parecidas com a sua, e 14% mudaram a foto do perfil para apoiar alguma causa política.

Por Agência Brasil

Em pronunciamento de Natal exibido às 20h30 desta terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro disse que 2019 foi um ano especial, de “algumas conquistas”. Durante a mensagem, o presidente afirmou que tem muito a agradecer, em especial, a grande parte da população que lhe deu a missão de presidir o país.

Ainda na fala, o presidente relembrou o atentado que sofreu durante a campanha eleitoral, em 2018. “Tenho que agradecer a Deus que me deu uma segunda vida e tive a possibilidade ímpar de escolher 22 ministros pelo critério técnico e compromissados com o futuro do Brasil”, afirmou.

Em dois minutos e 45 segundos de pronunciamento, Jair Bolsonaro destacou algumas realizações de seu primeiro ano de mandato. O presidente disse que o Brasil atualmente conta com números positivos na economia, com queda nos índices de criminalidade e com aumento de turistas. Na mensagem, o presidente afirmou que o pagamento do 13° salário para os beneficiários do Bolsa Família, a Lei da Liberdade Econômica e as obras feitas pelo Exército demonstram os novos rumos do país.

“Estamos terminando 2019, sem qualquer denúncia de corrupção. O mundo voltou a confiar no Brasil. O viés ideológico deixou de existir em nossas relações comerciais”, disse o presidente.

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, finalizou a mensagem desejando feliz Natal e disse que espera um Brasil “mais justo, mais inclusivo e mais solidário para todos”.

Por Mário Assis Causanilhas

Circula na Internet, fazendo grande sucesso, esta mensagem de Natal que nos leva a algumas reflexões. Não há dúvida de que o desvirtuamento da importantíssima é cada vez maior, sem que as pessoas raciocinem a respeito.
” O VERDADEIRO ESPÍRITO DO NATAL ” 

Deixa-me ver se o espírito do Natal já está na sua casa.

Não, não quero ver a árvore iluminada na sala, nem quero saber quanto você já gastou em presentes. Quero, sim, sentir no ambiente a mensagem viva do aniversariante deste dezembro mágico: toda a família está unida? O perdão já eliminou aquelas desavenças que ocorrem no calor das nossas vidas?

Não quero ver a sua despensa cheia, quero saber se você conseguiu doar alguma coisa do que lhe sobra, para quem tem tão pouco, às vezes nada. Não exiba os presentes que você já comprou, mesmo com sacrifício; quero ver aí dentro de você a preocupação com aqueles que esperam tão pouco, uma visita, um telefonema, uma carta, um e-mail…

Quero ver o espírito do Natal entre pais que descobrem tempo para os filhos, em amigos que se reencontram e podem parar para conversar, no respeito do celular desligado no teatro, na gentileza de quem oferece o banco para o mais idoso, na paciência com os doentes, na mão que apóia o deficiente visual na travessia das ruas, no ombro amigo que se oferece para quem anda meio triste, perdido.

Quero ver o espírito de Natal invadindo as ruas, respeitando os animais, a natureza que implora por cuidados tão simples, como não jogar o papel no chão, nem o lixo nos rios, respeitando os sinais de trânsito. Não quero ver o Natal nas vitrines enfeitadas, no convite ao consumo, mas no enfeite que a bondade faz no rosto das pessoas generosas.

Por fim, mostre-me que o espírito do Natal entrou definitivamente na sua vida, através do abraço fraterno, da oração sentida, do prazer de andar sem drogas e sem vícios, do riso franco, do desejo sincero de ser feliz e, de tão feliz, não resistir ao desejo de fazer outras pessoas também felizes.

Deixe o Natal invadir a sua alma, entre os perfumes da cozinha que vai se encher de comidas deliciosas, no cheiro da roupa nova que todos vão exibir, abrace-se à sua família e façam alguns minutos de silêncio, que será como uma oração do coração, que vai subir aos céus, e retornar com um presente eterno, duradouro: o suave perfume de Jesus, perfume de paz, amor, harmonia e a eterna esperança de que um dia todos os dias serão como os dias de Natal.

Feliz Natal!

21
dez

TCM chega à Assu

Postado às 18:15 Hs

TCM Telecom leva internet fibra óptica à Assu

A TCM Telecom anunciou ontem à noite a aquisição da Assunet, em evento realizado no Cine Teatro Pedro Amorim, na cidade de Assu. A transição da atual internet via rádio da Assunet para internet fibra óptica da TCM Telecom deve acontecer no começo de 2020. A mudança de direção e comunicado da nova tecnologia foram divulgadas pelos atuais proprietários da Assunet, Liana Fonseca de Melo e João Nogueira de Melo Neto, junto a direção do Grupo TCM representado na cerimônia pela diretora geral Zilene Medeiros e pelos diretores Stella Maris e Gustavo Sena.

A chegada da TCM Telecom à Assu faz parte do projeto de expansão idealizado pelo fundador Milton Marques de Medeiros que sempre manteve estreita relação com o município e região do Vale do Açú, através da rádio Princesa do Vale, fundada em sociedade, em 1981.

Quase metade da população (45%) leva em consideração informações vistas em alguma rede social na hora de escolher em quem votar. É o que concluiu pesquisa nacional do DataSenado (órgão ligado ao Congresso) com 2.400 eleitores de todos os Estados do país.  As plataformas mais citadas por aqueles que admitem levar em conta o que leem nas redes sociais antes de votar foram o Facebook (31%) e o WhatsApp (29%).

Mostraram-se mais suscetíveis a decidir o voto com base em postagens nas redes sociais os grupos de pessoas que se consideram de direita, os mais jovens, pessoas com escolaridade mais alta e pessoas com renda familiar mais elevada.
A maior parte dos entrevistados (83%) acha que o conteúdo das redes sociais influencia muito a opinião das pessoas. Outros 15% consideram que esse material influencia pouco e apenas 2% acham que não influencia em nada.

Poder 360

O governo federal poderá no próximo ano criar um sistema de alerta via TV digital (sinal aberto) para repasse de informação imediata à população sobre de riscos como deslizamento de terra, enchentes e rompimento de barragem. Ainda não há cronograma de implantação. O propósito é “usar a robustez da radiodifusão e a capilaridade que essa estrutura tem por todo o país para trafegar alertas de emergência”, explicou André Fonseca, coordenador geral de televisão digital do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).  “O sistema tem o intuito de evitar maiores consequências da catástrofe. Os objetivos são velocidade e complementariedade aos alarmes existentes, para que a população receba as informações o mais rápido possível”, disse.
09
dez

Premiados

Postado às 16:38 Hs

TCM Telecom vence Prêmio de Jornalismo do MP nas categorias radiojornalismo e telejornalismo 

A TCM Telecom venceu o Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) nas categorias Radiojornalismo e Telejornalismo. Representando a rádio 95 FM, a jornalista Carol Ribeiro ficou com o primeiro lugar com a reportagem MP e o Conselho Tutelar na Defesa da Infância e da Juventude, que teve como coautores os jornalistas Moisés Albuquerque, na edição de conteúdo, e Vonúvio Praxedes, na edição de áudio; Na categoria Telejornalismo, Taysa Nunes venceu com a reportagem MPRN e o Programa Acolher, exibida pelo canal TCM 10 HD. A matéria contou com edição de imagens Alexandre Fonseca, edição de conteúdo de Moisés Albuquerque e imagens de Leonardo Melo. Os vencedores da sétima edição da premiação foram anunciados na manhã desta segunda-feira (9), na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Natal.

O prêmio é um dos eventos formatados em alusão ao Dia do Ministério Público, celebrado em todo o país no dia 14 de dezembro. Na edição 2019, foram inscritos 29 trabalhos, sendo nove na categoria Webjornalismo; cinco em Impresso; seis em Radiojornalismo; cinco em Telejornalismo; três em Fotojornalismo; e um na categoria Destaque Acadêmico. Os trabalhos inscritos foram avaliados pela Comissão Julgadora formada pelos jornalistas Fred Carvalho, diretor de Comunicação do MPRN, Tullio Andrade, Mozart Augusto e Giselle Ponciano, servidores do MPRN, e a assessora de imprensa da Ampern, Zenaide Castro

Em evento no último dia 21, em São Paulo, A 95FM (emissora do Grupo TCM Telecom) foi reconhecida pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa de Opinião Pública e Informações Comerciais (INBRAP) com o prêmio Top of Mind INBRAP 2019 que destaca e qualifica as marcas e as empresas que são mais populares na mente do consumidor. O Prêmio Top of Mind é fruto de uma gestão moderna que colocou a 95 FM como a rádio líder de audiência em Mossoró e uma das mais premiadas emissoras do Estado. “Vivemos em uma época desafiadora, é verdade! A emissora 95 FM vem derrubando barreiras e seguindo seus caminhos. É gratificante para nossa emissora mais um título que reflete nosso investimento em estrutura, qualidade de programação, recursos humanos e atenção ao nosso ouvinte. Só temos que agradecer a Deus, à direção do Grupo TCM Telecom, ouvintes, clientes e parceiros pela confiança e reconhecimento do trabalho de toda equipe da 95 FM. Nosso objetivo é servir a população, palavras de nosso mestre dr. Milton Marques, a quem dedicamos esse prêmio”, disse Janaina Maria, diretora da 95 FM.
jan 18
sábado
21 25
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
19 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5812420 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram