18
mar

Recesso

Postado às 21:05 Hs

A nossa página está temporariamente sem novas postagens em virtude de mais uma cirurgia ocular realizada. Breve voltaremos… Desde já renovamos o convite desta audiência que cada dia mais faz toda diferença. Você é o nosso diferencial!

Por Merval Pereira

Jair Bolsonaro parece que ainda não distingue o candidato do presidente e continua como candidato, se apoiando num nicho eleitoral radicalizado, de direita, que não representa a sociedade brasileira. A atuação nas redes sociais ajudou-o muito a se eleger, e ele se limita a usa-las para estimular a militância, mas são os parlamentares que precisam ser estimulados.

Acredito que já haja um consenso entre os políticos da necessidade de se fazer a reforma da previdência, mas a intensidade dela é que precisa ser disputada antes da votação. Como diz o ministro Paulo Guedes, abaixo de R$ 1 trilhão não vai resolver, nem dará um horizonte muito largo à economia brasileira. É isto que Bolsonaro precisa entender. Se o governo não se empenhar, a reforma não anda e o presidente parece ter dificuldade de apoia-la.

11
mar

No Partage

Postado às 19:51 Hs

TCM Telecom inaugura loja no Partage Shopping

A TCM Telecom inaugurou a loja TCM + no Partage Shopping, em evento para imprensa e convidados, na última sexta-feira. Desde o sábado, dia 9, a loja está aberta ao público.  O conceito vai além de uma loja que oferta os mesmos serviços da sede da empresa, como assinaturas, pagamento de fatura, trocas de equipamentos, etc., há espaços para Playstation e TV, carregar aparelho celular, entretenimento com óculos de realidade virtual e promoções para novos clientes.

A ideia é também atender a população das cidades do Oeste onde a TCM já está presente e que esteja em Mossoró nos finais de semana, já que o espaço de funcionamento do novo ponto de comunicação da TCM segue o horário do próprio Partage Shopping.

11
mar

9 ANOS e muitos virão…

Postado às 7:07 Hs

Graças a Deus e a você conseguimos chegar a essa data importante para nós. 9 ANOS todo dia com você…

Na grande Rede desde 11 de março de 2010, no início sem nenhum compromisso apenas experimentando algo novo,uma ferramenta de longo alcance,mas sem saber que isso mudaria meu modo de pensar e de viver, de hobby passou a ser missão, um verdadeiro compromisso no qual faço com afinco diariamente,sempre colocando nosso Webleitor em lugar merecido e de destaque, razão maior do nosso êxito.

Hoje sabemos da tamanha importância da nossa página e fico feliz com a boa audiência que dia a dia cresce um pouquinho.  Nossa credibilidade fez segundo o conceituado ALEXA TRAFFIC nos colocar entre os mais acessados de MOSSORÓ,para nós é uma grande conquista.Dizemos sempre que Você é o nosso diferencial, pois sabemos e estamos sempre nos colocando como Webleitor, as notícias são os motivos,porém fazemos nossa página sempre colocando o bom humor e de quebra a leveza,por mais que tenhamos que noticiar coisas ruins,quase sempre difíceis de serem mostradas.

O Respeito ao webleitor é uma marca dominante desde o primeiro momento,não acreditamos na imparcialidade pregada por alguns, somos sim participantes de movimentos políticos e respeitamos os contrários; estando está página aberta a todas as correntes e opiniões. Não é  à toa que frisamos que somos um MIX de Informações, desde política,economia,cultura,meio ambiente,educação e muito mais…

Temos como principio a Ética e a Qualidade, não fazemos desta página pessoal uma descarga de desaforos pessoais contra ninguém de modo pejorativo.Nossa opinião é clara e buscamos ser referência,sem sensacionalismo ou exageros.Respeitamos que assim o faça,mas na nossa página isso não tem espaço e assim continuamos a receber sugestões e críticas através do nosso whatsapp, twitter, instagram, facebook e email. Somos sim um espaço democrático.

Fazemos chegar a todos que nos acessam uma certeza e a clareza necessária a uma informação, motivo no qual nosso slogan “Qualidade em Informação” é aqui.

Continue conosco !

11
mar

Uma conquista diária

Postado às 5:54 Hs

Estamos a 9 Anos  no Ar com o nossa página,e hoje agradecemos a todos os nossos Webleitores que estão conosco desde o Primeiro dia (11/03/2010) e todos aqueles que passaram a ler este blog diariamente, não podemos esquecer os nossos patrocinadores e todos os links parceiros do CE,PB e todo o RN, que enriquecer ainda mais nossa página.

Nossa página  virou um verdadeiro compromisso no qual faço com afinco diariamente, sempre colocando nosso Webleitor em lugar merecido e de destaque, razão maior do nosso êxito,que nestas últimas semanas alcançaram uma média superior a 3 mil acessos diários e fez com que chegássemos a mais de 5 milhões de acessos.

Nossa credibilidade fez segundo o conceituado ALEXA TRAFFIC nos colocar entre os mais acessados de MOSSORÓ, hoje temos muito a comemorar, tempos atrás éramos um blogueiro desconhecido, já conquistamos espaço na mídia local,para nós é uma grande vitória.Dizemos sempre que Você é o nosso diferencial, pois sabemos e estamos sempre nos colocando como Webleitor, as notícias são os motivos,porém fazemos nossa página sempre colocando o bom humor e de quebra a leveza,por mais que tenhamos que noticiar coisas ruins,quase sempre difíceis de serem mostradas.

Por isso para nós o  11 tem um significado todo especial, é mais uma etapa da nossa página que segue adiante. Obrigado a todos…

11
mar

Especial

Postado às 3:04 Hs

Eita como passou rápido…

Neste 11 de Março completamos nove anos desta brincadeira informativa que começamos a fazer e graças à Deus deu certo. Passamos a expor um pouco da nossa história em que apresentamos as experiências que, na verdade contam muito e as vezes passamos por coisas , que pensamos que não superaremos mas,sempre é possível.Persistência e determinação são primordiais quando queremos alcançar nossos reais objetivos.Pedras estão pelo caminho,precisamos transformá-las em material para nossas obras, e não em mais um obstáculo.

Desde já agradeço a todos que nos apoiaram em todos os quadrantes deste Estado e nos incentivaram a continuar.Alguns não imaginavam que fossemos tão longe,mas Deus quis assim,continuemos nossa caminhada.

O Nosso apreço e gratidão  a todos os nossos parceiros linkados e patrocinadores que acreditam e acreditaram em nosso trabalho.Já entre as mais lidas de Mossoró e Oeste. Obrigado Amigos Webleitores. Continue conosco !

Pádua Campos

10
mar

Charge: Brasil que não tem jeito !

Postado às 11:55 Hs

Charge do Duke

O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta sexta-feira, 8, que a proposta da reforma da Previdência apresentada pelo governo tem potencial para aumentar cerca de R$ 5,8 mil no PIB per capita até 2023. Ele disse também que se o texto que será analisado pelo Congresso for aprovado, poderá gerar 8 milhões de empregos no País. Rêgo Barros afirmou que o presidente Jair Bolsonaro está convicto de que os parlamentares “farão o seu papel e entrarão para a História” ao aprovar a proposta. “Os parlamentares farão seu papel ao criarem uma previdência mais justa e igualitária para todos. O presidente comentou comigo que está otimista”, disse. O porta-voz destacou ainda que a reforma fará com que a população mais pobre seja a mais beneficiada e que preservará os direitos adquiridos por todos os cidadãos. A proposta também garantirá as regras de transição para quem já está no mercado de trabalho.

Por Pedro do Coutto

No momento em que governo Bolsonaro estuda uma nova forma de comunicação do governo, tem que ser levar em conta a influência das redes sociais, espaço luminoso da internet. Aliás, como destacou O Globo na edição de ontem, em reportagem não assinada, o Palácio do Planalto já acompanha com grande interesse as tendências colocadas nas redes sociais.

O Globo citou vários exemplos, o último dos quais culminou com o recuo do ministro Sérgio Moro no episódio da anulação da escolha de Ilona Szabó para suplente de um conselho consultivo voltado para a política criminal. Choveu forte na Esplanada dos Ministérios em Brasília e o ministro Sérgio Moro voltou atrás diante das manifestações contrárias a Ilona.

ERRO TÁTICO – Pessoalmente penso que o titular da Justiça não deveria ter recuado. Certamente, o que não foi ainda publicado na imprensa deve ter sido resultado de manifestação do presidente Jair Bolsonaro. No artigo de ontem, lembrei o recuo de Vargas em 1953, no episódio da reação militar a presença de João Goulart no Ministério do Trabalho.

Posso acrescentar hoje outra decisão que o presidente Vargas, na década de 40, quando deixou de chamar o embaixador Oswaldo Aranha nos Estados Unidos para participar do encontro com Roosevelt na cidade de Natal. Já se evidenciava a realizações de eleições em 1945 e Vargas, que amava o poder, sentia que a candidatura Aranha crescia no país. Vargas, que era ditador desde 37 queria habilitar sua candidatura às urnas de dezembro de 45.

MAIS ADIANTE – Não terminou aí a manobra para afastar Aranha. Mais perto do pleito, Vargas recusou-se a homologar uma indicação de Aranha para um cargo no Itamaraty. Aranha então exonerou-se, e Vargas seria deposto a 29 de outubro, praticamente pouco mais de um mês para a redemocratização nas urnas.

Os jornais então se libertaram assim da absurda censura que desabava sobre a imprensa. Hoje, além da televisão, jornais impressos e do rádio, existe um novo poderoso meio que a opinião pública encontrou para se manifestar. Trata-se das redes sociais, cuja importância é cada vez maior. A vitória de Bolsonaro nas eleições de 2018 foi uma consequência direta da utilização do meio rápido e livre que emoldura a internet.

Por isso, o setor de comunicação no Palácio do Planalto terá que levar em conta, além dos meios tradicionais, o novo horizonte que surge e crescerá cada vez mais rapidamente.

28
fev

No Shopping

Postado às 20:26 Hs

TCM Telecom abre loja no Partage Shopping dia 9 de março.

A TCM Telecom abrirá a loja TCM + no Partage Shopping no próximo dia 9. Na noite anterior, o espaço será apresentado a imprensa.

O conceito vai além de uma loja que ofertará os mesmos serviços da sede da empresa, facilitando o contato com os mossoroenses, como assinaturas, pagamento de fatura, trocas de equipamentos, etc., ou seja, haverá espaços para Playstation e TV, carregar aparelho celular, entretenimento com óculos de realidade virtual e promoções para novos clientes. O horário de funcionamento do novo ponto de comunicação da TCM seguirá o fluxo do próprio Partage Shopping.

Por Pedro do Coutto

A reportagem é de Felipe Frazão e a declaração que está no título dessa matéria foi do general Carlos Alberto dos Santos Cruz, ministro da Secretaria do Governo Jair Bolsonaro. O jornal que a publicou foi o Estado de São Paulo, edição de ontem, segunda-feira.

Passaram-se dois meses praticamente da posse aos dias de hoje e daí a surpresa do próprio general Santos Cruz quanto à não existência de um plano integrado de informação pública. Estou citando informação pública para que ela não seja confundida com publicidade isolada de conteúdo concreto.

PROPAGANDA – Ontem mesmo, O Globo, Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e Valor publicaram páginas inteiras sobre a reforma da Previdência Social. Mas essas páginas não possuíam sequer uma afirmação concreta capaz de explicar a essência do projeto do governo e seus efeitos capazes de ir ao encontro da opinião pública.

As páginas em verde e amarelo foram editadas de forma simétrica mas no espaço não conseguiram apresentar nenhuma informação capaz de motivar as classes assalariadas. O sentido vago da publicidade, como sempre observo, resulta de um axioma.

O axioma é o contrário do teorema. Enquanto este último exige conteúdo concreto para comprovar o objeto da comunicação, o axioma não tem compromisso com nenhuma comprovação.

APENAS PUBLICIDADE – O axioma é o que se vê por exemplo no confronto em torno de produtos e preços que flutuam no universo das mensagens dirigidas, cada uma exaltando a qualidade de seus produtos, a melhor forma de pagamento, as vantagens embutidas nos preços. Nesses casos não se exige comprovação que leve a uma certeza. São impressões voltadas para as emoções de cada pessoa ou de cada grupo familiar.

Isso é uma coisa. A comunicação social é outra. Esta não é paga; portanto, nasce de um impulso jornalístico, voltada para um objetivo direto. Não há, como se constata, objetivos indiretos. A comunicação jornalística não implica em compra de espaço, daí porque os corretores das agências preferem logicamente a propaganda comercial. Ela gera naturalmente comissões que oscilam em torno de 20%, fora a despesa de produção.

EMOÇÃO E RAZÃO – Mas o essencial é chegar não apenas à emoção, mas também à razão das pessoas, diante de informações que traduzem o que realmente a mensagem tenta exprimir. Sem isso, qualquer publicidade terminará restrita a ela mesma e seu campo de atuação serão os desembolsos praticados pelo governo.

Já tenho dito várias vezes que é fundamental separar-se o teorema do axioma. Ressalto, mais uma vez, porque considero fundamental a sinceridade que viaja com a comunicação jornalística. O governo Bolsonaro, a meu ver, deve se afastar das mensagens pagas e se concentrar nas informações espontaneamente divulgadas pelos jornais e emissoras de TV e rádio.

Sobretudo, injetar informações concretas nas suas ondas de ligação com todo o povo do país.

O Planalto deve investir por volta de R$ 45 milhões na campanha para explicar e defender a reforma da Previdência. As propagandas começaram na 4ª feira (20.fev.2019) e devem prosseguir até o final de março. O slogan é “Nova Previdência: Justa para todos. Melhor para o Brasil”. A campanha evita a palavra “reforma”.

Haverá publicidade em mídia impressa, rádio, TV, internet e mobiliário urbano. Em resumo, onde houver 1 espaço, haverá uma propaganda. Quando se realiza uma busca no Google com as seguintes palavras chaves: “reforma” “da” “previdência”. O 1º tópico do navegador é 1 anúncio do governo federal que direciona para o site oficial da reforma.

21
fev

Na TV

Postado às 8:50 Hs

O presidente Jair Bolsonaro afirmou em um pronunciamento exibido nesta quarta-feira (20) na TV que a reforma da Previdência Social é fundamental para o sistema não quebrar. Disse também que a mudança será “justa” e “para todos”.

Mais cedo, nesta quarta, Bolsonaro entregou ao Congresso Nacional a proposta de emenda à Constituição (PEC) que trata das mudanças no sistema previdenciário.

“Hoje, iniciamos o processo de criação de uma nova Previdência. É fundamental equilibrarmos as contas do país para que o sistema não quebre, como já aconteceu com outros países e em alguns estados brasileiros”, afirmou.

18
fev

Bolsonaro exonera Gustavo Bebianno

Postado às 18:47 Hs

Nota oficial

O Excelentíssimo Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, decidiu exonerar, hoje, do cargo de Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, o Senhor Gustavo Bebianno Rocha.

O Senhor Presidente da República agradece sua dedicação à frente da pasta e deseja sucesso na nova caminhada.

Brasília, 18 de fevereiro de 2019.

Otávio Rêgo Barros, porta-voz da Presidência

E a novela tem novos capítulos…

Após reunião com Gustavo Bebianno acompanhada por ministros e pelo vice, Hamilton Mourão, o presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir o outrora aliado da Secretaria-Geral da Presidência, segundo integrantes do Palácio do Planalto.

A saída dele do governo deve ser formalizada na segunda-feira (18), com publicação no Diário Oficial. Bolsonaro teria, inclusive, deixado o ato de exoneração assinado no Planalto nesta sexta (15).

O presidente esteve com Bebianno no início desta noite. A conversa entre os dois teria sido ríspida. A gota d’água, segundo integrantes do Planalto, foi o vazamento de diálogos privados, exclusivos da Presidência, entre Bolsonaro e Bebianno ao site O Antagonista e à revista Veja.

De acordo com o jornal SBT Brasil, o ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, será exonerado na segunda-feira do cargo. De acordo com a notícia, o presidente da República, Jair Bolsonaro, optou por demitir Bebianno após uma reunião com outros ministros. O ministro teria vazado áudios privados de Bolsonaro para veículos de imprensa, o que irritou o presidente.

Aguardemos !

 

Em processo de recuperação judicial desde agosto de 2018, a Abril pode decretar falência a qualquer momento, sugeriu a coluna de Raquel Landim na Folha. Segundo ela, existe um impasse entre os investidores interessados na compra da companhia e seus três maiores credores, os bancos Itaú, Bradesco e Santander.

A Abril fechou acordo de venda do grupo com o empresário Fábio Carvalho. Ele pagaria R$ 100 mil à família Civita, controladora atual, mas teria de arcar com as dívidas, que chegam a R$ 1,6 bilhão. Para isso, negocia apoio de investidores.
Segundo as fontes da Folha, o grupo de investidores que participa dessa negociação apresentou três propostas aos credores. Os bancos, que detêm a maior parte da dívida total (cerca de R$ 1 bilhão) estariam insatisfeitos com todas as opções.

Pelo plano de RJ apresentado pela editora no passado, qualquer grupo de credores teria o direito de barrar a proposta do pagamento das dívidas em uma assembleia geral. Essa reunião está marcada para o dia 19 de março deste ano. Como maiores credores, os bancos têm ainda mais poder decisório.

O corpo do jornalista Ricardo Boechat será velado a partir das 22h de hoje (11) no Museu da Imagem e do Som (MIS), no bairro Jardim Europa, na capital paulista. O local estará aberto ao público. O jornalista do Grupo Bandeirantes morreu na queda de um helicóptero na Rodovia Anhanguera, quando retornava de uma palestra em Campinas. O velório segue até as 14h desta terça-feira (12). A Band não divulgou o local do sepultamento, que será em cerimônia reservada para a família.

O acidente ocorreu no início da tarde de hoje (11). O piloto da aeronave, Ronaldo Quatrucci, também morreu. A pedido do presidente Jair Bolsonaro, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, irá representá-lo no velório do jornalista. Bolsonaro disse que ele e Boechat eram amigos “há mais de 30 anos” e que ele apelidou o jornalista de “Jacaré”.

Boechat tinha 66 anos, era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ. O jornalista nasceu em Buenos Aires, na Argentina, quando o pai Dalton Boechat, diplomata, estava a serviço do Ministério das Relações Exteriores. Dono de um humor ácido, usava essa característica para noticiar fatos e criticar situações. O tom era frequente nos comentários de rádio, televisão e também na imprensa escrita.

Políticos, magistrados e organizações vieram a público para lamentar a morte do jornalista. Boechat deixa mulher, cinco filhas e um filho

O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Boechat morreu no início da tarde de hoje, aos 66 anos, em São Paulo. O jornalista estava em helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. Leia abaixo alguns relatos sobre a morte de Boechat reunidos pelo portal G1.

Davi Alcolumbre (DEM-AP), senador e presidente do Senado: “Foi em estado de consternação e tristeza que recebi a notícia da morte inesperada do jornalista Ricardo Boechat. Era um profissional reconhecido pelo trabalho e senso crítico aguçado revelado nos principais meios de comunicação do país. Envio meu sentimento de solidariedade e apoio fraterno aos seus colegas de trabalho e a toda sua família. Tenho certeza que os brasileiros lamentam a morte desse argentino que escolheu o Brasil como lar. Fica a saudade e o respeito pelo homem e jornalista que sempre demonstrou ser. Meu apoio fraterno também aos parentes e amigos dos demais ocupantes do helicóptero que fatalmente caiu em São Paulo”.

Eduardo Suplicy (PT-SP), vereador: “Lamento profundamente as mortes do jornalista Ricardo Boechat, bem como as do piloto e do copiloto do helicóptero que caiu hoje na Grande São Paulo”.

Ivan Valente (Psol-SP), deputado federal: “Lamentamos profundamente a morte do jornalista Ricardo Boechat. A imprensa brasileira perde um grande polemista e comunicador. O acidente com o helicóptero provocou a morte dele, do co-piloto e do piloto. Nossas condolências à família de todos”.

João Doria (PSDB-SP), governador de São Paulo: “Com o falecimento de Ricardo Boechat, o Brasil perde um dos maiores jornalistas da sua história. Sua atuação diária demonstrava sensibilidade em defesa do interesse público e do jornalismo de qualidade. Toda a solidariedade a seus familiares, amigos e colegas da Rede Bandeirantes”.

Marina Silva (Rede-AC), ex-senadora: “É com profunda tristeza que recebi a notícia da morte trágica do jornalista Ricardo Boechat. Boechat fará uma falta enorme ao jornalismo, ainda mais nesse momento do país. Que Deus conforte sua família, amigos e colegas de trabalho nesse momento de perda e dor”.

Onyx Lorenzoni (DEM-RS), deputado federal e Ministro-chefe da Casa Civil: “Meus sentimentos à família e amigos de Ricardo Boechat”.

Rodrigo Maia (DEM-RJ), deputado federal e presidente da Câmara: “Recebo com tristeza a informação sobre a trágica morte do jornalista Ricardo Boechat e outras duas pessoas. Boechat foi um dos grandes comunicadores do nosso país e uma referência de bom jornalismo e independência. Presto minha solidariedade a seus familiares e amigos”.

Romário (Podemos-RJ), senador: “Triste demais com essa notícia da morte de Ricardo Boechat, vítima da queda de um helicóptero que o transportava. Um dos jornalistas mais sérios e competentes e também um dos mais queridos pela população. Meus sentimentos aos familiares do jornalista e do piloto do helicóptero”.

Wilson Witzel (PSC-RJ), governador do Rio de Janeiro: “Lamento profundamente a morte do jornalista Ricardo Boechat. Referência no jornalismo brasileiro, respeitado pela coragem e veemência na denúncia da má gestão pública e privada, Boechat com certeza deixará saudade em tantos ouvintes, telespectadores, leitores e admiradores”.

José Luiz Datena, apresentador: “Ele diria que a vida vale a pena pra caramba, em todos os seus minutos e segundos. Ele sempre usou esse tempo que teve de uma forma honesta”.

Marcelo Adnet, comediante: “Que tragédia a morte inesperada do grande jornalista, genial e incansável Ricardo Boechat. Que nós jornalistas nos inspiremos sempre nele, na sua luta e na sua voz sempre presente. Vai fazer muita falta”.

Vera Magalhães, jornalista: “Estou passada com essa notícia do Ricardo Boechat. Tive o privilégio de conhecê-lo pessoalmente há dois anos, num almoço delicioso e cheio de risadas com amigos queridos. Mas a admiração profissional era anterior e só se confirmou após o contato pessoal. Tô muito triste”.

Miriam Leitão, jornalista: “Meu querido amigo Ricardo Boechat. Não posso acreditar. Eu lhe devo tantos favores, tantas palavras generosas em momentos difíceis. Você foi pessoa linda, jornalista maravilhoso. Ai Boechat, tão cedo, tão cedo amigo”.

Milton Jung, radialista: “Meu Deus do Céu … deixa o cara com a gente, vai. Nos dá essa chance. Tá difícil de segurar a onda por aqui. Um dia choro por centenas, noutro por dezenas, agora choro por um colega:  Ricardo Boechat, agora não! O jornalismo precisa de você.  A gente precisa de você, camarada!”.

Padre Marcelo Rossi: “Amados, Orando pelo Ricardo Boechat. Querido jornalista, conceituado e respeitado. Que a família seja confortada por Deus”.

Serginho Groisman, apresentador: “Boechat: tuas opiniões, teu bom humor, tuas indignações, teu amor por tua família e a aula de jornalismo que você nos deu vão fazer muita falta. Força para as famílias que estavam no helicóptero”.

José de Abreu, ator: “RIP Boechat, amigo de longo tempo”.

Danilo Gentili, apresentador: “Por coincidência sempre entrávamos na maquiagem da Band no mesmo horário. A gente se divertia muito conversando. Ríamos bastante enquanto nos maquiavam. Tive a alegria de deixar uma das entrevistas mais divertidas que vc verá com ele: https://youtu.be/_DQ05_MXHlo

Chico Pinheiro, jornalista: “Conheci Boechat quando ele trabalhou no Bom Dia Brasil, no fim da década de 90. Eu participava de São Paulo e ele interagia com o Renato Machado, no RJ. Cheguei a apresentar o jornal com ele no estúdio. Sempre admirei seu trabalho. Sentiremos sua falta. R.I.P”.

Rafael Cortez, apresentador: “Ano triste pro Brasil. Política e seus escândalos e burrices. Morte do Caio Junqueira. Brumadinho. Flamengo. E agora a queda do helicóptero com o Boechat. O país não merece isso. Desolado. Boechat era um dos maiores jornalistas do país.

Tico Santa Cruz, músico: “O tempo, o amor e a morte, ninguém controla! Muito triste com a partida do Jornalista Ricardo Boechat! Um dos melhores jornalistas desse país! Vai deixar um vazio enorme! Que Deus conforte a família e os amigos!”.

Tino Marcos, jornalista: “Ri muito em redação e camarim com o Boechat, alma leve, bom humor.  E um monstro na profissão.  Sou ouvinte quase diário, sou fã. Ética, coragem, clareza. O jornalismo perde muito. O mundo anda triste demais”.

mar 26
terça-feira
13 53
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
38 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5771142 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram