21
jul

§ § Espaço Web § § Reflexão

Postado às 21:00 Hs

Quanto tempo a gente perde na vida ?

Sim, depois de nascer, a gente demora pra falar, demora pra caminhar, etc. ..se somarmos todos os minutos jogados fora, perdemos anos inteiros…. E aí, mais tarde, demoramos pra entender certas coisas… E levamos um século para aceitar o fim de uma relação. E outro século para abrir a guarda para um novo amor… Demora, também, pra dar o braço a torcer…

Viramos adolescentes (aborrecentes) teimosos e dramáticos… E demoramos para tomar uma decisão… Quando, já adultos, demoramos para perdoar um amigo, demoramos para dizer a alguém o que sentimos… E só aí a gente descobre que o nosso tempo não pode continuar sendo desperdiçado… Até que um dia a gente faz aniversário: 37 ou 41 anos.

Talvez 50 e tal… Uma idade qualquer que esteja no meio do trajeto… É como se a gente estivesse com o jogo empatado, no segundo tempo, e ainda se desse ao luxo de atrasar a bola pro goleiro… Esquecemos que não falta muito pro jogo acabar… Sim, é preciso encontrar logo o caminho do gol… Sem muita frescura, sem muito desgaste, sem muito discurso… E isso a gente só alcança com alguma vivência e maturidade…

Pessoas experientes não esperam sentadas, não ficam dando voltas e voltas… Não desperdiçam mais nada. Queimam etapas… A resposta do emprego ainda não veio? Procure outro enquanto espera… Uma pessoa é sempre bruta com você? Não é obrigatório conviver com ela… O cara está enrolando muito? Beije-o primeiro e veja se ele, realmente, interessa e transmite algum sentimento… Paciência,só para aquilo que vale nossa dedicação… Para o que importa de verdade…

Paciência para ver a tarde cair… Paciência para a música para escutar um amigo… Paciência prá viver melhor e para aproveitar a vida com o que ela tem de melhor sem se preocupar com pequenos detalhes que só nos fazem perder grandes momentos!!!

O cantor, compositor e violonista baiano João Gilberto, considerado um dos pais da Bossa Nova, morreu hoje (6) aos 88 anos, na cidade do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pelo filho do artista Marcelo Gilberto, que também é músico, em seu perfil na rede social Facebook.

O artista, conhecido por sua reclusão e perfeccionismo, cimentou as bases da Bossa Nova com os discos Chega de Saudade (1959), O Amor, o Sorriso e a Flor (1960) e João Gilberto (1961). Chega de Saudade, de autoria de Vinícius de Moraes e Tom Jobim, é uma das músicas mais famosas tocadas por João Gilberto. O álbum jazz e bossa nova Getz/Gilberto (1964), uma parceria com o saxofonista estadunidense Stan Getz, foi premiado com o Grammy. Ele também fez composições próprias, como Bim-Bom e Oba-la-la.

A última vez em que João Gilberto pisou nos palcos foi em 2008, por ocasião das comemorações dos 50 anos da Bossa Nova. Houve uma expectativa de que ele voltasse aos palcos em novembro de 2011, em uma turnê nacional com o show João Gilberto 80 anos – Uma Vida Bossa Nova. Mas a primeira apresentação que seria realizada na capital paulista foi cancelada por motivos de saúde do músico e a turnê acabou não acontecendo.

O compositor foi visto cantando e tocando violão pela última vez em 2015: ele aparece em vídeos postados na rede social Facebook por Claudia Faissol, mãe de Luisa, filha caçula do cantor. João estava de pijama e tocava e cantava Garota de Ipanema ao lado da filha.

Devido a problemas financeiros e de saúde do cantor, a filha dele Bebel Gilberto conseguiu a interdição do músico no último dia 15 de novembro. O processo corre em segredo de justiça na 5ª Vara de Órfãos e Sucessões do Rio de Janeiro.

Agência Brasil

 

A 6ª edição da Mostra de Cinema de Gostoso, realizada no município de São Miguel do Gostoso/RN, segue com as inscrições abertas para interessados de todas as regiões do Brasil, até o dia 23 de agosto, através do site do evento www.mostradecinemadegostoso.com.br/. A Mostra invade o município, de 08 a 12 de novembro e, monta uma sala de cinema com alta tecnologia ao ar livre na Praia do Maceió. Todas as atividades oferecidas – sejam mesas de debate, seminário, exibição de filmes e cursos de formação – são gratuitas. Durante cinco dias o público poderá assistir aos mais recentes lançamentos cinematográficos brasileiros, pois serão exibidos mais de 60 filmes de todo o país, entre as mostras: Competitiva, Panorama, Infantil e Sessões Especiais.
30
jun

Boca da Noite é mais uma vez sucesso…

Postado às 12:36 Hs

O Mossoró Cidade Junina chegando ao fim…

Mesmo com  chikungunya Elba fechou com chave de ouro o MCJ 2019 e não perdeu o brilho, a energia contagiante de Elba Ramalho levou um grande público ao Corredor Cultural, Elba fez um show de primeira e estava muito a vontade.Com um repertório impecável, ele relembro sucessos e homenageou não só Luiz Gonzaga mais também Dominguinhos. Foi um grande show.

Mossoró com toda certeza se consolida no cenário nacional com um evento deste porte e trazendo atrações deste nível mais ainda.

A cultura popular tem seu resgate com nomes como Elba Ramalho num evento tão grandioso e diversificado como é o Mossoró Cidade Junina, Mossoró de parabéns pelo evento. Não só os mossoroenses mas também turistas elogiaram o evento com tanta magnitude. O Boca da Noite ainda teve presença de pessoas de todas as idades, muito lindo de se ver. O público atrás dos trios e a alegria contagiante de: Municipal Santos, Furacão Love e Tuca Fernandes. E um evento seguro e tranquilo. Parabéns Mossoró.!!!

Provando que a cidade se quiser pode fazer carnaval nos moldes do Boca.

A 3ª edição do BOCA DA NOITE foi fantástica…Que venha 2020. O Mossoró Cidade Junina 2020 já deve ser pensado com o resgate de projetos que deram certo em outras edições e uma grade de programação maior na Estação das Artes. Sou entusiasta pelo evento desde o seu início. Parabéns MOSSORÓ !

28
jun

Hoje no Mossoró Cidade Junina

Postado às 12:30 Hs

Na Estação das Artes Elizeu Ventania: Shows 
Dia 28:  Messias Paraguai, Renata Falcão,Nayara Azevedo e Bonde do Brasil

No Polo de Cultura Popular na Praça do Memorial da Resistência

Dia 28: Festival de Violeiros e Pedro Falcão

No Salão Joseph Boulier no Memorial da Resistência / 20 h

Museu de brinquedos populares IFRN

Exposição dos alunos da Escola de Artes com tema Mossoró Cidade Junina

Anima Chuva / 20 h

Dia 28 Cultura Popular

Espetáculo Chuva de Balas no País de Mossoró / Adro da São Vicente – 21 h – Encerramento

# Cidadela Junina

Palco 1 / 22 h
Dia 28- Fernanda Azevedo e Banda e Alfredo e Os Caras

Palco 2 / 23 h
Dia 28 : Nataly Vox e Banda Bakulejo

 

De quinta a domingo: Arena Deodete Dias (FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS) 20 h

26
jun

Agenda do MOSSORÓ CIDADE JUNINA / Hoje

Postado às 17:01 Hs

Salão Joseph Boulier no Memorial da Resistência / 20 h

Museu de brinquedos populares IFRN

Exposição dos alunos da Escola de Artes com tema Mossoró Cidade Junina

# Cidadela Junina

Palco 1 / 22 h
Dia 26:  Banda Megalion  / Luisa e os Alquimista

Palco 2 / 23 h
Dia 26 -Gabriel e Banda Retrovisor

# Arraiá da Melhor Idade 17 h

De quinta a domingo: Arena Deodete Dias (FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS) 20 h

Última semana do maior evento do estado. Mossoró Cidade Junina 23ª edição. Vamos todos !

24
jun

Domingo de Alceu na Estação

Postado às 10:17 Hs

Com show apoteótico Alceu Valença iniciou o seu show para uma multidão na Estação das Artes Elizeu Ventania neste dia 23, noite de São João.

O show foi memorável. O domingo não intimidou o público que compareceu em peso, cantando em coro todas as músicas do pernambucano. Essa é a segunda apresentação de Alceu seguida no Mossoró Cidade Junina. “O ano passado foi muito bom. Esse ano está melhor ainda. Quero parabenizar a Prefeitura pela estrutura desse evento”, disse durante o show. “Já percorri boa parte do Nordeste nessa maravilha que é festa junina”, complementa.

“Alceu é a essência da música nordestina. O Mossoró Cidade Junina é isso, diversidade musical, tradição cultural”, comemora a prefeita Rosalba Ciarlini. O show foi transmitido ao vivo para a Globo Nordeste, com exibições simultâneas de outros eventos juninos na região. ( Via Maricélio Almeida)

Do blog:

Um grande show, provando que o MCJ tem público e deve ser estendido em 2020 pelo menos de quarta à domingo e também em datas como dia dos namorados e nas noites das fogueiras( Santo Antônio, São João e São Pedro). No mais o evento chegou a sua 23ª edição com excelência e deve ser mantido e que outros projetos sejam inseridos ao evento em 2020, exemplos:  Fórmula Jegue, Passeio de carroças, Pau de arara eletrônico e a volta dos shows de humor na Praça de eventos. Sou suspeito em falar, pois como mossoroense e sou um apaixonado pelo MCJ.

Sucesso e MCJ mostrando sua força apesar da Globo só destacar em seus telejornais Campina Grande e Caruaru. MCJ 2020 maior eu acredito!

24
jun

Viva São João – O santo festeiro

Postado às 0:55 Hs

A festa de São João é talvez a mais importante comemoração das festas dos santos populares e ocorrem no mês de junho. Uma das teorias sobre a origem das festas juninas é que elas teriam surgido justamente a partir do nome de São João: as festas seriam antes chamadas de “Joaninas”. Logo nos primeiros segundos do dia 24 de junho – data de nascimento do santo – já se ouve o estalar dos fogos de artifício festejando a figura de São João Batista por todo o país. A seguir, você poderá saber mais sobre o santo que deu origem a essa data comemorativa.

As tradições de São João

Segundo a Bíblia, a mãe de João Batista, Isabel, era prima de Maria, mãe de Jesus. Sendo assim, os dois eram primos de segundo grau. Os historiadores acreditam que João teria nascido cerca de 7 anos antes de Cristo. No dia de seu nascimento, 24 de junho, sua mãe, Isabel, teria mandado erguer um mastro iluminando-o com uma fogueira para que sua prima, Maria, vendo aquele sinal, soubesse que seu bebê havia nascido. Daí teriam vindo as tradições de se acender fogueiras e erguer-se mastros como forma de homenagear o santo.

A tradição conta ainda que Maria teria ido logo visitar o recém nascido João Batista levando-lhe como oferenda um feixe de folhas secas perfumadas, flores e uma capelinha, que hoje também são símbolos das festividades.

A história de São João

O pai de João, Zacarias, era sacerdote e sua mãe, Isabel, também fazia parte da sociedade religiosa da época. Assim, João Batista cresceu em meio aos ritos religiosos e tornou-se um profeta entre os judeus, responsável pela tradição judaica do batismo, o qual realizava nas águas do rio Jordão. Ao tomar a decisão de batizar também os gentios (pagãos) que decidiam se converter ao judaísmo, o profeta angariou admiradores e também inimigos.

Como profeta, João anunciava a vinda do Messias que era esperado pelos judeus como a esperança de tornar seu povo uma nação independente. Quando Jesus foi ao encontro do profeta para que ele o batizasse, João admirou-se e teve sua fé fortalecida. A bíblia diz que, ao batizar Cristo, uma pomba – símbolo do Espírito Santo – sobrevoou o rio e ouviu-se uma voz dizer: “este é Meu filho amado com o qual Me alegro”.

 

João Batista já era seguido por uma multidão quando passou a clamar contra o Rei Herodes condenando sua postura de ter repudiado sua esposa para ficar com sua cunhada, Herodíades. Embora o rei dissesse não se importunar com as pregações do profeta, após assistir uma belíssima dança de Salomé, filha de Herodíades, prometeu dar-lhe qualquer presente que a jovem pedisse. Salomé não pensou duas vezes, e pediu de presente a cabeça de João Batista, a qual lhe foi depois entregue em uma bandeja de prata.

23
jun

Agenda do MOSSORÓ CIDADE JUNINA / Hoje

Postado às 12:20 Hs

Estação das Artes Elizeu Ventania: Shows 
Dia 22:  Dimas Araújo, Zé Lima , Alceu Valença e Sirano & Sirino

Polo de Cultura Popular na Praça do Memorial da Resistência

Dia 23: Contação de Histórias, Musicalização Infantil, Teatro de Bonecos, Danças Populares e apresentação de Cordelistas mirins

Polo São João / Largo da Igreja – Doze Anos
Dia 23:  Forró do Severo

Salão Joseph Boulier no Memorial da Resistência / 20 h

Museu de brinquedos populares IFRN

Exposição dos alunos da Escola de Artes com tema Mossoró Cidade Junina

Anima Chuva / 20 h

Dia 23 – Banda Artur Paraguai

Espetáculo Chuva de Balas no País de Mossoró / Adro da São Vicente – 21 h

# Cidadela Junina

Palco 1 / 22 h
Dia 23:  Chavier Costa / Forró Emoções

Palco 2 / 23 h
Dia 23 -Everaldo Rodrigues, Samba Chic e Dayane Nunes

 

 

De quinta a domingo: Arena Deodete Dias (FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS) 20 h

22
jun

Agenda do MOSSORÓ CIDADE JUNINA / Hoje

Postado às 16:43 Hs

Estação das Artes Elizeu Ventania: Shows 
Dia 22:  Forró da Mídia, Lucas Lima, Fagner, Junior Vianna e Giannini Alencar

Polo de Cultura Popular na Praça do Memorial da Resistência

Dia 22: Festival de Repentistas

Polo São João / Largo da Igreja – Doze Anos
Dia 22:  Alzinete Di Oliveira

Salão Joseph Boulier no Memorial da Resistência / 20 h

Museu de brinquedos populares IFRN

Exposição dos alunos da Escola de Artes com tema Mossoró Cidade Junina

Anima Chuva / 20 h

Dia 22 – Roberto do Acordeon

Espetáculo Chuva de Balas no País de Mossoró / Adro da São Vicente – 21 h

# Cidadela Junina

Palco 1 / 22 h
Dia 22: Symara Tâmara, Gustavo Cocentino e Blue Mountain e Augusto Silva

Palco 2 / 23 h
Dia 22 -Milenny Souza,Pegada Vip, Frequência 2 e Darlan Dias

 

 

De quinta a domingo: Arena Deodete Dias (FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS) 20 h

21
jun

Agenda do MOSSORÓ CIDADE JUNINA / Hoje

Postado às 11:42 Hs

Estação das Artes Elizeu Ventania: Shows 
Dia 21:  Forró dos 3, Aline e Dayvid , Brasas do Forró e Banda  A Loba

Polo de Cultura Popular na Praça do Memorial da Resistência

Dia 21: Festival de Repentistas

Polo São João / Largo da Igreja – Doze Anos
Dia 21:  Os Tremendões

Salão Joseph Boulier no Memorial da Resistência / 20 h

Museu de brinquedos populares IFRN

Exposição dos alunos da Escola de Artes com tema Mossoró Cidade Junina

 

Anima Chuva / 20 h

Dia 21 – São João dos meus Sonhos

Espetáculo Chuva de Balas no País de Mossoró / Adro da São Vicente – 21 h

# Cidadela Junina

Palco 1 / 22 h
Dia 21: Xodó Nordestino e Sertão Raizes

Palco 2 / 23 h
Dia 21

 

 

De quinta a domingo: Arena Deodete Dias (FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS) 20 h

20
jun

Agenda do MOSSORÓ CIDADE JUNINA / Hoje

Postado às 17:13 Hs

Polo de Cultura Popular na Praça do Memorial da Resistência

Dia 20:Festival Feminino de Sanfoneiras e Sertão Raízes

Polo São João / Largo da Igreja – Doze Anos

Corpus Christi

Salão Joseph Boulier no Memorial da Resistência / 20 h

Museu de brinquedos populares IFRN

Exposição dos alunos da Escola de Artes com tema Mossoró Cidade Junina

Anima Chuva / 20 h

Cultura Popular nas Escolas

Espetáculo Chuva de Balas no País de Mossoró / Adro da São Vicente – 21 h

 

# Cidadela Junina

Palco 1 / 22 h
Edmilson Nascimento e Banda Disco de Vinil

Palco 2 / 23 h
Lucas Lima e Forró da Mídia

De quinta a domingo: Arena Deodete Dias (FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS) 20 h

19
jun

Agenda do MOSSORÓ CIDADE JUNINA / Hoje

Postado às 15:39 Hs

Polo São João / Largo da Igreja – Doze Anos

21 h -Festival de Prêmios

Salão Joseph Boulier no Memorial da Resistência / 20 h

Museu de brinquedos populares IFRN

Exposição dos alunos da Escola de Artes com tema Mossoró Cidade Junina

Festival de Quadrilhas da Rede Estadual de Ensino / 12ª DIREC  na Arena Deodete Dias – 14 h

# Cidadela Junina

Palco 1 / 20 h
Dia 16: Banda Robinzbang e Banda The Graus

Palco 2 / 21 h
Dia 16:   Mozão, Circuito Musical e Forró dos Três

 

Nesta quinta-feira, 20, feriado de Corpus Christi, sairá de Mossoró mais uma edição da Cavalgada Rota do Trem, que está dentro da programação do Mossoró Cidade Junina 2019. A atividade, que já está na sua terceira edição, tem o objetivo de percorrer municípios e comunidades rurais que estavam na rota do trem.

O evento sairá às 7h da capela do Bom Jesus com destino a cidade de Patu, passando por Governador Dix-sept Rosado, Caraúbas e comunidades rurais destes municípios, chegando em Patu no sábado, 22, à tarde.

De acordo com o organizador do evento, Valnei Nunes, são esperados cavaleiros de Caicó, Florânia, Itaú, Patu, Almino Afonso, entre outros municípios. “A previsão é que de Mossoró saiam cerce de 50 cavaleiros e no caminho vamos juntando mais. Devemos chegar a Patu com mais de 100 cavaleiros. No caminho teremos toda uma programação”, disse.

A Prefeitura de Mossoró está apoiando a cavalgada por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, que oferecerá um café da manhã para os cavaleiros no local da saída e disponibilizará de veterinário para acompanhar o percurso.

A Arena Deodete Dias foi palco das quadrilhas infantis que disputaram o Concurso Municipal de Quadrilha Tradicional e Estilizada, na categoria infantil, na noite deste domingo (16). No seguimento tradicional se enfrentaram Alegria Matutinha e Noite de São João. Na estilizada a disputa foi feita entre Juventude Nordestina, Meu Xodó e Amor Nordestino.

“A noite deste domingo foi puramente mossoroense, e ainda mais especial que estamos prestigiando crianças a adolescente que estão levando adiante a tradição da cultura junina. Precisamos valorizar a apresentação desses meninos e meninas porque eles são a garantia que no futuro o amor pelas quadrilhas não morrerá”, destacou Deilson Pereira, coordenador do Festival de Quadrilhas do Mossoró Cidade Junina 2019.

Na categoria tradicional a grande campeã foi a Quadrilha Noite de São João, da Escola Municipal Rotary. “Estamos todos emocionados com o desempenho das nossas crianças. Foram meses de dedicação e o resultado é esse troféu de 1° lugar. Vamos comemorar essa vitória com todos que a fazem a Escola Rotary”, destacou a diretora da escola, Jailma Soares.

Confira o resultado:

Concurso Municipal de Quadrilha Tradicional Infantil

1° Lugar – Noite de São João

2° Lugar – Alegria Matutinha

Concurso Municipal de Quadrilha Estilizada Infantil:

1° Lugar – Amor Nordestino

2° Lugar – Juventude Nordestina

3° Lugar – Meu Xodó

17
jun

Mossoró em destaque

Postado às 16:38 Hs

O Boticário está exibindo nas redes sociais uma campanha que homenageia o São João do Nordeste e os personagens são de Mossoró.

Eles foram escolhidos para representear todo esse amor presente em cada acorde, correio elegante e saia rendada das sinhazinhas.

Os personagens vivem em Mossoró, no interior do Rio Grande do Norte, um dos palcos mais tradicionais da festa de São João do país. Liana, de 55 anos, é a responsável pela Quadrilha Lume da Fogueira, campeã 17 vezes na festa da cidade. Ivete, aos 62 anos, corta sozinha quase de 3 mil bandeirolas por dia para enfeitar uma cidade inteira. O jovem Abraão, de 29 anos, tornou-se coreógrafo depois de começar a carreira como bailarino na quadrilha Lume da Fogueira.

Na websérie, a história de cada um é contada pelo poeta Bráulio Bessa.

Fonte: Heitor Gregório

16
jun

Agenda do MOSSORÓ CIDADE JUNINA / Hoje

Postado às 11:59 Hs

Neste domingo não haverá shows na Estação da Artes Eliseu Ventania.

Polo de Cultura Popular na Praça do Memorial da Resistência

Dia 16: Contação de História, Musicalização Infantil, Teatro de Bonecos, Danças populares e apresentação de Cordelistas mirins.

Polo São João / Largo da Igreja – Doze Anos

21 h -Mozão

Salão Joseph Boulier no Memorial da Resistência / 20 h

Museu de brinquedos populares IFRN

Exposição dos alunos da Escola de Artes com tema Mossoró Cidade Junina

Anima Chuva / 20 h

Dia 16 – Banda de Música Artur Paraguai

Espetáculo Chuva de Balas no País de Mossoró / Adro da São Vicente – 21 h

 

# Cidadela Junina

Palco 1 / 22 h
Dia 16: Juninho Vox e banda / Marcelo Alexandre

Palco 2 / 23 h
Dia 16:  André da Mata e Samba Nobre / Dimas Araújo

De quinta a domingo: Arena Deodete Dias (FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS) 20 h

Uma estreia cheia de celebrações, foi assim que o Chuva de Balas no País de Mossoró realizou sua primeira apresentação de 2019. Além de celebrar os 18 anos do espetáculo e os cem anos da Capela de São Vicente, esse ano o ponto alto do Chuva de Bala foi a homenagem aos 70 anos do cordelista mossoroense, Antônio Francisco. Membro da Academia Brasileira de Cordel, Antônio Franscisco já foi homenageado em diversas cidades do país.  Esse ano, ele foi o grande homenageado da edição 2019 do espetáculo Chuva de Bala. “Eu já fui homenageado em muitas cidades, e na minha cidade, é ainda mais especial. Nasci aqui, me criei aqui, criei meus filhos. Então é um reconhecimento bonito, na minha cidade. E ainda mais eu estando vivo para ver. Fiquei emocionado em ver essa homenagem. Vim com toda a família toda assistir ao espetáculo”, se emocionou Antônio Francisco.
jul 23
terça-feira
08 47
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
25 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5791050 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram