08
dez

Acontece

Postado às 20:49 Hs

Assembleia Legislativa vai homenagear os 25 anos do IFRN de Mossoró

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizará Sessão Solene nesta segunda-feira (09), para homenagear os 25 anos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Campus Mossoró.
A solenidade é uma proposição do deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade) e acontecerá a partir das 9 horas no auditório do IFRN Campus Mossoró, localizado no Conjunto Urick Graff.
A sessão solene homenageará professores e servidores que deram importante contribuição para o desenvolvimento do campus.
“Como ex-aluno do IF Mossoró sei o quanto a instituição contribui para a mudança de vida dos seus estudantes e hoje tenho a oportunidade de homenagear profissionais que fazem parte dessa história”, justificou Allyson.
O Campus Mossoró foi inaugurado no dia 29 de dezembro de 1994. Possui uma infraestrutura capaz de atender a 1.800 alunos de seus cursos regulares, além dos outros cursos de curta e média duração de programas específicos (Pronatec/Bolsa-Formação, FIC, entre outros).

06
dez

Ação Parlamentar

Postado às 23:42 Hs

Deputado Allyson defende investimentos na educação em seminário da Undime em Mossoró

O deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade), participou nesta sexta-feira (06), do II Seminário Gestão Educacional da União dos Dirigentes Municipais de Educação do Rio Grande do Norte (Undime-RN), que aconteceu no Hotel Thermas, em Mossoró.

O parlamentar destacou a importância da educação em sua trajetória e falou sobre como tem defendido a pauta na Assembleia Legislativa, especialmente na Comissão de Educação da casa, onde é vice-presidente. “Quem acompanha nosso mandato e conhece nossa trajetória até aqui sabe da importância que damos à educação. Morei numa casinha de taipa no Sítio Chafariz, estudei numa creche de barro, me formei em escola pública e sou servidor público concursado da Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA). Então, eu sei a importância da educação. Com certeza, professores e estudantes do nosso estado podem contar sempre com nosso mandato para fazer essa defesa”, afirmou Allyson.

Além de Allyson Bezerra, participaram do evento o presidente da Undime-RN e secretário municipal de educação de Monte Alegre Alexandre Soares, o secretário estadual de educação Prof. Getúlio Marques, o deputado federal do PDT/CE e vice-presidente da Comissão Especial do Fundeb, Idilvan Alencar e o vereador de Mossoró Francisco Carlos.

Fonte: Assessoria

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) poderão ser feitas de 21 a 24 de janeiro de 2020. O calendário do processo seletivo do primeiro semestre do ano que vem foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) no Diário Oficial da União.

O resultado da seleção será divulgado no dia 28 de janeiro e a matrícula dos selecionados deverá ser feita de 29 de janeiro a 4 de fevereiro. Aqueles que não forem selecionados poderão participar da lista de espera também entre os dias 29 de janeiro e 4 de fevereiro.

04
dez

Acontece

Postado às 17:37 Hs

Nesta segunda-feira, 2, a TV Universitária (TVU) do Rio Grande do Norte completou 47 anos de existência. Inaugurada em 1972, a emissora pública já foi casa de muitos servidores e alunos de comunicação. Este ano, em comemoração a seu aniversário, a TVU apresenta programação especial de hoje até sábado, 7, quando vai acontecer o lançamento do programa Ginga, ao vivo, no Parque das Dunas, das 12h às 14h.  De acordo com a diretora da TVU e da Rádio Universitária, Mirian Moema, muitas novidades vão aparecer durante a semana de comemoração do aniversário da TVU. Dentro do primeiro dia de programação está a edição especial do programa Grandes Temas sobre o papel das televisões públicas. Da mesma forma, o TVU Notícias vai exibir, ao decorrer da semana, programas diários com matérias especiais sobre os 47 anos da emissora.

Nesta terça-feira, 3, ocorre a estreia do programa especial de aniversário Bastidores da TVU RN, no qual profissionais vão contar tudo sobre a rotina da emissora. Na quarta-feira, ao meio-dia, e no sábado, às 15h30, o programa será reprisado.

Na quinta-feira, 5, é a vez dos profissionais Rodivan Barros e Fábio Izaias compartilharem suas histórias de profissão na TV com o apresentador Edmilson Lopes no Memória Viva Especial 47 anos. No dia seguinte, sexta-feira, vem o programa Olhar Independente relembrando produtos audiovisuais sobre a trajetória da TV Universitária.

Para encerrar a programação da semana, no sábado, 7, às 12h, ocorre a estreia do mais novo programa ao vivo da TVU RN, o Ginga. Com apresentação de Ednaldo Martins, o programa será uma roda de samba descontraída no Parque das Dunas. Mirian Moema revela, ainda, que a previsão é que Ginga continue mensalmente na programação da televisão.

Segundo ela, para a produção de Ginga, a vontade de um programa cultural em comemoração aos 47 anos da TV se uniu com a ideia de um antigo programa da Rádio Universitária, resultando no lançamento que acontece neste sábado. “O Ednaldo Martins [apresentador do Ginga] já faz esse programa na rádio durante algum tempo, sob o nome de Roda de Samba. Então a gente pensou: ‘por que não trazer essa proposta cultural para a TV?’. Trabalhando, claro, com a linguagem da televisão e a questão da transmissão ao vivo”, afirma.

O Governo Federal descontingenciou a emenda de bancada destinada à Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Com a medida, a Instituição investirá, a partir de 2020, R$ 23 milhões em obras estruturantes e aquisição de equipamentos, beneficiando todas as suas unidades, localizadas em Mossoró, Assú, Pau dos Ferros, Patu, Natal e Caicó. Esses recursos são extras ao orçamento anual da Universidade, sendo R$ 3 milhões do Governo do Estado, assegurados pela governadora Fátima Bezerra tão logo soube do contingenciamento da emenda federal. Na terça-feira, 26, o reitor Pedro Fernandes, o deputado Beto Rosado, seu assessor Marcos Pinto, e a assessora do deputado Rafael Motta, líder da bancada potiguar, Kamila Carvalho, cumpriram agenda em Brasília e apresentaram as demandas da UERN ao presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Rodrigo Dias.
02
dez

Destaque

Postado às 17:21 Hs

O Curso de Enfermagem do Polo Caicó da UnP, integrante da rede Laureate, foi reconhecido com conceito 4 pelo Ministério da Educação (MEC). A Comissão de Avaliação do governo federal esteve in loco no período de 17 a 20 de setembro de 2019 analisando projetos, as instalações, o corpo do docente, o desempenho dos alunos e outros quesitos. O curso recebeu nota 4 de um Conceito que vai de 1 a 5, com destaque para uma boa pontuação em três dimensões: organização didático-pedagógica, corpo docente e a infraestrutura. Dessa forma, a avaliação comprova o padrão de qualidade que a Universidade tem para educar e formar novos profissionais.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou nesta sexta-feira (29) que o governo vai disponibilizar R$ 125 milhões em recursos extras para as universidades federais.

De acordo com o ministro, 65% dos recursos serão destinados para a aquisição de painéis solares e o restante para a conclusão de obras paradas ou em andamento.

27
nov

Ação Parlamentar

Postado às 21:15 Hs

UERN NA MÍDIA NACIONAL

Beto trabalha para viabilizar parceria entre UERN e EBC

O deputado Federal Beto Rosado (PP) esteve nesta terça-feira, 26, na Empresa Brasil de Comunicação (EBC), onde, ao lado do reitor da Universidade do Rio Grande do Norte (UERN), Pedro Fernandes, defendeu a possibilidade de parcerias entre a Empresa e a Universidade.

Na EBC, os dois foram recebidos pelo diretor-geral, Rony Baksys e pelo gerente de operações, Denilson Morales. O parlamentar abriu um diálogo no sentido de afinar uma parceria entre a UERN e a EBC, visando uma troca de conteúdos para rádio e TV, assim como para estágios.

Emendas

Ainda nesta quarta-feira, 27, Beto Rosado, acompanhado do reitor Pedro Fernandes esteve em audiência com o secretário especial de Relações Institucionais da Presidência da República, Abel Ferreira Leite Neto.

Em pauta, a liberação dos pagamentos das emendas impositivas da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte e também a liberação de recursos provenientes de emendas impositivas e extras orçamentárias de autoria do deputado.

Beto avaliou como positivas as reuniões que discutiram benefícios para a Universidade. “Nosso mandato está atento às demandas da UERN, por isso, estamos confiantes nos encaminhamentos das reuniões realizadas”, ressalta.

A Câmara Municipal de Mossoró aprovou na sessão ordinária desta quarta-feira, 27, por unanimidade, o Projeto de Lei nº 15/2018, de autoria do vereador Rondinelli Carlos (PMN). A matéria autoriza o Município a firmar convênio com o Estado para disponibilizar transporte escolar público gratuito aos residentes das comunidades rurais que são estudantes universitários, de cursos profissionalizantes e/ou de cursinhos pré-vestibular, devidamente matriculados em instituições de ensino pública ou privada.

O projeto já havia recebido parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara recentemente, e, após apresentação de requerimento de urgência especial, foi levado ao plenário nesta quarta, 27. O vereador Rondinelli Carlos explicou, durante a votação, que a proposição atende uma reivindicação dos estudantes das comunidades rurais e projetos de assentamento de Mossoró.

“O Município já é responsável pelo transporte dos alunos da sua rede de Educação Infantil e Ensino Fundamental, mas estudantes do Ensino Médio e até mesmo universitários encontram dificuldades nesse deslocamento. A partir de convênio entre os entes, Município e Estado, será possível superar esses obstáculos e garantir a esses jovens o direito constitucional à educação”, destacou o parlamentar.

Conforme o projeto aprovado, o transporte escolar gratuito deve garantir ao aluno trajeto de ida e a volta, devendo estabelecer-se um ponto comum onde ocorrerão embarque e desembarque dos usuários, até a unidade de ensino superior, profissionalizante e/ou cursinhos pré-vestibular onde estiver matriculado.

 “Agradecemos aos colegas parlamentares pela sensibilidade ao aprovarem a matéria, que estava em tramitação desde fevereiro de 2018. Agora, aguardamos a análise do Poder Executivo municipal, a quem cabe a sanção da lei”, finaliza Rondinelli Carlos.

Fonte: Assessoria

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta segunda-feira(25), que o aplicativo para emitir a carteira de estudante digital já está disponível. O ID Estudantil é gratuito e dá ao estudante direito à meia-entrada em shows, teatros e outros eventos culturais e esportivos, sem que isso gere um custo extra.

Como baixar

O aluno precisa estar matriculado, com seus dados no Sistema Educacional Brasileiro (SEB) — banco de dados nacional de estudantes do Ministério da Educação (MEC) — e baixar o aplicativo nas lojas virtuais de celular.

Dados e identificação

De acordo com o MEC, os alunos podem conferir se a sua instituição de ensino repassou os dados ao sistema no site.

Caso não tenham sido cadastrados, os estudantes podem cobrar o envio diretamente onde estudam. Os estudantes de 18 anos ou mais devem tirar uma foto tanto do próprio rosto quanto da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou da Carteira de Identidade (RG) para comparação das imagens.

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019 será aplicado neste domingo (24) para avaliar a qualidade de 23 cursos de graduação e seis tecnológicos – incluindo medicina e odontologia. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), 434.859 estudantes se inscreveram para participar do teste. As provas começam às 13h30.

O Enade é aplicado para estudantes ingressantes e concluintes dos cursos selecionados (veja a lista abaixo). Cada graduação é avaliada de três em três anos. A participação é obrigatória para obter o diploma.

O exame integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e tem como objetivo avaliar o desempenho dos estudantes sobre conteúdos, habilidades e competências para exercer a profissão.

Com as duas patentes concedidas nesta semana, a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) solidificou o protagonismo da UFRN na área de inovação, nesse quesito, entre instituições de ensino nas regiões Norte e Nordeste. Obtidos a partir do banco de dados do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), os números indicam o protagonismo das universidades federais, com as instituições do Rio Grande do Norte, Sergipe, Pará e Pernambuco à frente, com 20, 11, oito e oito concessões, respectivamente.  “É importante ressaltar a diferença entre o pedido e a concessão. O ato de pedido inicial é relativamente simples, pois a análise em relação aos critérios de patenteabilidade é realizado após o ato. A concessão em si é o ato que credencia a tecnologia, juridicamente e academicamente”, explicou o diretor da Agência de Inovação da UFRN, Daniel de Lima Pontes. Comparada com Instituições Federais de Ensino Superior de outras regiões, o conjunto de duas dezenas de concessões mostram a UFRN à frente da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e próxima à Universidade de Brasília, esta com 23 patentes concedidas.

As novas carteirinhas estudantis digitais serão lançadas na segunda-feira (25). A informação foi confirmada por fontes do MEC (Ministério da Educação) para a produção da Record TV nesta sexta-feira (22).

Batizada de, o documento poderá ser baixado de forma gratuita pelo celular e o estudante poderá utilizá-lo para ter acesso à meia-entrada em shows, teatros, cinemas e demais atividades culturais.

O ID Estudantil foi criado por meio de uma MP (Medida Provisória) publicada pelo presidente Jair Bolsonaro em setembro como uma alternativa às carteirinhas de estudantes, hoje sob a responsabilidade de entidades estudantis.

De acordo com informações do MEC, o ID Estudantil poderá ser baixado gratuitamente por aplicativo de celular e usado por estudantes para obter desconto em entradas de cinema, teatro, shows, entre outras atividades. O aplicativo estará à disposição dos estudantes a partir desta segunda-feira, quando será lançado oficialmente.

O estudante deverá consentir com o compartilhamento dos dados cadastrais e pessoais com o MEC. As informações fornecidas pelos alunos vão subsidiar o Sistema Educacional Brasileiro: novo e inédito banco de dados nacional de estudantes, que será criado e mantido pelo ministério. O MEC garante o sigilo dos dados.

R7

Via Agência Brasil

O Ministério da Educação anunciou hoje (21) a localização das 54 escolas públicas selecionadas para o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares em 2020. Destas, 38 são escolas estaduais e 16 municipais, localizadas em 23 estados e no Distrito Federal.

De acordo com a pasta, cerca de 1.000 militares, tanto da reserva como da ativa, vão participar do projeto-piloto, atuando na gestão educacional das instituições. Segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, a escolha das escolas levou em conta a localidade, a partir de “uma equação com variáveis com base em critério absolutamente técnico”.

Confira a lista

Acre: Cruzeiro do Sul e Senador Guiomard

Amapá: duas escolas em Macapá

Amazonas: duas escolas em Manaus e outra indicação do estado

Pará: Ananindeua, Santarém e duas escolas em Belém

Rondônia: Alta Floresta d’Oeste, Ouro Preto do Oeste e Porto Velho

Roraima: Caracaraí e Boa Vista

Tocantins: Gurupi, Palmas e Paraíso

Alagoas: Maceió

Bahia: Feira de Santana

Ceará: Sobral e Maracanaú

Maranhão: São Luís

Paraíba: João Pessoa

Pernambuco: Jaboatão dos Guararapes

Rio Grande do Norte: Natal

Distrito Federal: Santa Maria e Gama

Goiás: Águas Lindas de Goiás, Novo Gama e Valparaíso

Mato Grosso: duas escolas em Cuiabá

Mato Grosso do Sul: Corumbá e duas escolas em Campo Grande

Minas Gerais: Belo Horizonte, Ibirité e Barbacena

Rio de Janeiro: Rio de Janeiro

São Paulo: Campinas

Paraná: Curitiba, Colombo, Foz do Iguaçu e outra indicação do estado

Rio Grande do Sul: Alvorada, Caxias do Sul, Alegrete e Uruguaiana

Santa Catarina: Biguaçu, Palhoça, Chapecó e Itajaí

Os estudantes habilitados para o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019 têm até amanhã para responder ao Questionário do Estudante. As provas acontecem no domingo (24) e, para visualizar o Cartão de Confirmação da Inscrição, é necessário que os participantes preencham o questionário. O acesso se dá pelo Sistema Enade, após preenchimento do CPF e da senha cadastrada no primeiro acesso do estudante.

Neste ano, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, tem 434.859 estudantes inscritos na prova. O Cartão de Confirmação da Inscrição traz informações sobre o local de prova, horários e atendimentos (se solicitados e aprovados). Até a última segunda-feira (18), 85% dos inscritos (371.898) já haviam respondido ao questionário e 41% (179.025) consultaram o local de prova.

O trabalho desenvolvido pelos estudantes da escola SESI Mossoró e ganhador da Olimpíada do Futuro foi destaque no programa Fantástico, da Rede Globo, neste domingo (17).

A equipe de reportagem, conduzida pela jornalista Ana Carolina Raimunde, esteve na unidade de ensino do SESI, em Mossoró, para conhecer o projeto e produzir o material, que vai ao ar, com destaque para depoimentos de alunos e professores da escola, que integra a Federação da Indústria do Estado do Rio Grande do Norte – FIERN.

“Isso mostra a importância do investimento na educação de qualidade, com professores e alunos incentivados, num trabalho inovador, que já é destaque nacional”, comemorou a supervisora pedagógica, Iadja Linhares.

O projeto é desenvolvido pelos estudantes Francisca Hellen, Rhana Helen, Ana Karolina, Ana Beatriz e João Victor, da terceira série do ensino médio. É conduzido pelo professor Aryon Diniz, de Geografia e Atualidades.

Essa equipe está entre as seis melhores do país Olimpíada do Futuro, realizada pela grupo Companhia de Letras e do Instituto Vertere. O grupo de alunos e professor do SESI Mossoró receberá a premiação em São Paulo, neste sábado (16).

Confira o vídeo no site do Fantástico: https://globoplay.globo.com/v/8094609/

Projeto

Desenvolvido por cinco alunos do ensino médio, o projeto consiste em um canudo biodegradável, feito através de cera de carnaúba e mandioca, matérias-primas abundantes e nativas da região Nordeste, além da glicerina.

O canudo, por se degradar naturalmente, evita danos ao meio ambiente, podendo ser também ingerido, sem causar nenhum malefício à saúde humana. Contando com estética diferenciada, de acordo com o sabor, o canudo apresenta consistência firme e boa flexibilidade, garantindo conforto e praticidade aos consumidores.

 

Alunos de escolas públicas urbanas em mais de 5,2 mil municípios do país poderão ser beneficiados com acesso à internet. Em cerimônia no Palácio do Planalto, com participação do presidente Jair Bolsonaro, o governo anunciou hoje (19) a ampliação do programa Educação Conectada, do Ministério da Educação (MEC). A medida prevê investimentos de R$ 224 milhões até o final de 2020. Ao todo, cerca de 70 mil escolas serão atendidas, alcançando um total de 27,7 milhões de alunos. No início do mês, o MEC já havia anunciado a expansão do programa para 24,5 mil escolas urbanas, além de garantir que outras 9,9 mil escolas contempladas em 2018 continuassem com a cesso à internet a partir do repasse do dinheiro para a manutenção do serviço.
dez 11
quarta-feira
12 13
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
18 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5808817 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram