A história da ESAM/Ufersa está relacionada diretamente a Agronomia, afinal foi o primeiro curso implantado pela instituição em 1967. Meio século depois, as conquistas são bastante evidentes com egressos se destacando país afora e com pesquisas renomadas em todo o Brasil, mas há muitos desafios no presente. Foi pensando nos novos caminhos a trilhar que o Centro Acadêmico de Agronomia e a Coordenação do Curso iniciaram uma semana de discussões sobre o contexto atual do profissional engenheiro agrônomo no semiárido brasileiro. A II Semana de Agronomia da Ufersa começou resgatando a história do curso. A organização do evento reuniu fotos, cartazes, informes e peças que marcaram meio século de atividades no interior potiguar. No caminho para o auditório da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, local onde estão ocorrendo as palestras e mesas redondas, os visitantes entram numa linha do tempo e têm a oportunidade de ver materiais raros do curso como o Informativo CANGAÇO elaborado pelo Centro Acadêmico de 1981 O passado está presente na Semana de Agronomia para lembrar que é necessário pensar e planejar o futuro do curso com mudanças na estrutura curricular. Dentro da programação, está a realização de um grande painel para discutir o novo projeto político pedagógico da Agronomia da Ufersa. Será uma grande oportunidade para Coordenação e Núcleo Estruturante do curso debaterem com os alunos e traçarem as mudanças necessárias.

O Centro de Referência em Direitos Humanos da Ufersa – CRDH – lança na próxima quarta, dia 29 de março, o livro “Semiárido: Espaço de Violações de Direitos Humanos e Potencial de Lutas”. A obra, organizada pela professora Oona de Oliveira Caju e pelo professor Rodrigo Vieira, conta com a contribuição de diversos professores da Ufersa, bem como de alunos(as) e profissionais que atuaram no CRDH do Semiárido.

O livro aborda temas com os quais o Centro de Referência atua desde sua criação, em 2013, refletindo suas experiências na defesa e promoção dos direitos humanos no Semiárido potiguar. A obra será apresentada pelo professor da Universidade Federal de Goiás, Fernando Dantas. Convidado especial, o professor é Doutor e Mestre em Direito das Relações Sociais pela Universidade Federal do Paraná e desenvolve pesquisas em diversas áreas do direito, com enfoque especial para os direitos dos povos indígenas.

O lançamento do livro será às 19h no Auditório da Proec, no Campus Leste em Mossoró.

Os candidatos Pedro Fernandes e Fátima Raquel foram eleitos pela Comunidade Acadêmica – Professores, Estudantes e Técnicos – como Reitor e Vice-reitora da UERN para o mandato de 2017/2021.

A Comissão Eleitoral apurou 91% das urnas da eleição para Reitor(a) e Vice-Reitor(a) até as 0h20 desta quinta-feira (23). A apuração de 9% das urnas restantes será finalizada no período da tarde, às 14h, no Auditório da FAFIC. Não foram apuradas duas urnas de Caicó e duas de Assú – essas urnas não foram entregues oficialmente à Comissão Eleitoral.

Com 63,4% dos votos válidos, Pedro Fernandes foi reeleito Reitor da UERN, já Telma Gurgel obteve 36,6% dos votos. Na disputa para o cargo de Vice-Reitor(a), Fátima Raquel obteve 59,3% dos votos válidos, William Coelho ficou com 35,1% e Ivanaldo Gaudêncio com 5,2%. Com o quadro irreversível, Pedro Fernandes falou sobre a vitória. “Tivemos a participação dos três segmentos. Agradecemos a todos os professores, técnicos administrativos e alunos que foram votar. Um reconhecimento à Comissão Eleitoral por encarar esse trabalho tão importante. A partir de agora, a Universidade deve se unir”, afirmou Pedro Fernandes.

O percentual de 91% das urnas apuradas contabilizou 5.175 participantes – entre docentes, estudantes e técnicos administrativos, de um total de 11.236 aptos a votarem. Essa participação equivale a 45,95% do universo de eleitores da UERN, a abstenção foi de 54,05%. O resultado final da eleição será oficializado pela Comissão Eleitoral na tarde desta quinta-feira (23), com a totalização da apuração.

Daqui os nossos votos de exitosa gestão. Parabéns UERN !

 

 

Com o título “Previdência Social e dívida pública: o que precisamos saber e fazer?”, entidades sindicais se reuniram para promover uma mesa redonda para discutir os principais danos que reforma da previdência, caso seja aprovada. O evento acontecerá na próxima quinta-feira (23), às 16h Auditório do DCAT (UFERSA, Lado Leste).

Contaremos com a presença de Cícero Nogueira Técnico em Seguridade Social e Diretor do Sindprevs RN, a Professora Drª da UERN e especialista em previdência social Rivânnia Moura, e o Professor Ms. UFERSA e Vice presidente da ADUFERSA Jairo Ponte, que irão discutir os principais pontos da Reforma.

Essas ações tem como objetivo mobilizar a sociedade para que as pessoas conheçam o que está sendo discutido e o que pode ser votado no Congresso Nacional. Alguns dos retrocessos que essa reforma, caso seja aprovada, trará para a população é a idade mínima da aposentadoria em 65 anos, além disso, determina que o tempo de contribuição para aposentadoria integral seja de 49 anos. Pretende também igualar a idade de homens e mulheres, negando a tripla jornada de trabalho das mulheres. Esses e outros pontos serão amplamente discutidos durante a mesa redonda.​

22
mar

Orçamento

Postado às 13:28 Hs

UERN recebe indicações de R$ 2,655 milhões em emendas federais para o orçamento 2017.

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) recebeu R$ 2.655.000,00 em indicações de emendas federais para o orçamento de 2017.
As emendas serão destinadas para construção de salas de aula, reforma e adequação dos ambulatórios, aquisição de 01 veículo micro-ônibus, aquisição de equipamentos e material permanente para melhorar e ampliar a infraestrutura da UERN, no Campus Central e nos Campi Avançados.
Parlamentares que indicaram emendas para a UERN:
Parlamentar Valor
Beto Rosado R$ 700.000,00
Felipe Maia R$ 200.000,00
Rafael Mota R$ 175.000,00
Rogério Marinho R$ 300.000,00
Walter Alves R$ 100.000,00
Zenaide Maia R$ 200.000,00
Fátima Bezerra R$ 500.000,00
Garibaldi Filho R$ 280.000,00
José Agripino R$ 200.000,00
“O processo de formalização de um convênio decorrente de emendas parlamentares é relativamente longo. Ainda em 2016, o Reitor Pedro Fernandes visitou a bancada federal do RN apresentando as demandas da UERN e solicitando o apoio dos parlamentares. Após as indicações dos parlamentares, a universidade precisa enviar as propostas e os planos de trabalhos correspondentes para análise e aprovação do órgão concedente que, neste caso, será o MEC/FNDE. Com a aprovação das mesmas, os convênios são formalizados”, explica Irani Lopes da Silveira Torres, assessora da Pró-reitoria de Planejamento, Orçamento e Finanças (PROPLAN).
A UERN iniciou os procedimentos para inserção dos Planos de Trabalho no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse – SICONV.  Em 2016, a UERN teve indicação de emendas parlamentares federais no valor R$ 1.870.087,00, formalizando R$ 1.894.767,26 em convênios, sendo R$ 24.680,26 de contrapartida.
Fonte: Assessoria
EAM6428-e1490119432317
A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura – Proec Ufersa – iniciou nesta terça, 21, o Fórum de Extensão da Ufersa. A abertura aconteceu no próprio auditório da Pró-Reitoria. Pela programação, as ações devem acontecer nos 4 campi da Universidade e têm o objetivo de discutir o papel da extensão enquanto elo intercambial entre universidade e sociedade. Na abertura, participaram o Reitor, o professor José de Arimatea de Matos, os Pró-Reitores de Extensão, Rodrigo Sérgio Moura e Sueldes Araújo, o Pró-Reitor de Graduação, Rodrigo Codes, e a professora Gilmara Elke Dutra, Coordenadora de Extensão da Ufersa Caraúbas.
21
mar

Ainda existe barreiras…

Postado às 17:10 Hs

Como ainda somos preconceituosos !!

Hoje 21 de março é uma data importante, é comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down. Será que você tem algum amigo com Síndrome de Down? Já parou para pensar no que é isso?
A Síndrome de Down é um acontecimento genético natural e universal. Isso quer dizer que a síndrome não é resultado da ação ou do descuido de mães ou pais, como muitos pensam. E nem é uma doença. Ela é causada por um erro na divisão das células durante a formação do bebê (ainda feto). Só para você ter uma idéia, de cada 700 bebês que nascem, um tem Síndrome de Down. Por isso, qualquer mulher, independente da raça ou classe social pode ter um bebê Down. Até hoje, a ciência ainda não descobriu os motivos que provocam essa alteração genética, portanto não há como evitar.

Aceitar as diferenças

Atualmente, a Síndrome de Down é mais conhecida, o que permite mais qualidade de vida, melhores chances e desenvolvimento para os portadores. Mas, infelizmente, esse avanço ainda não foi suficiente para acabar com um dos principais obstáculos que as pessoas com Down enfrentam: o preconceito.

Sabia que existem ações para diminuir a exclusão social da pessoa com Down?
- a transmissão das informações corretas sobre o que é a síndrome;
- o convívio social;
- a garantia de espaço para participar de programas voltados ao lazer, à recreação, ao turismo e à cultura;
- capacitação de profissionais de Recursos Humanos para avaliar adequadamente pessoas com Síndrome de Down, entre outras.

20
mar

Acontece

Postado às 18:01 Hs

Orquestra Sinfônica da UFPB comemora os 50 anos de ESAM/Ufersa com apresentação em Mossoró

Marcando o início das comemorações dos 50 anos de ESAM/Ufersa, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido traz para Mossoró, no dia 04 de abril, a Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba – UFPB. A apresentação será no Teatro Municipal Dix-Huit Rosado a partir das 20h.

Os ingressos para a Orquestra estarão disponíveis para o público a partir do dia 27 de março na Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Ufersa e poderão ser retirados gratuitamente das 8h às 11h e das 14h às 17h. As senhas serão limitadas conforme a capacidade do Teatro.

Além da apresentação à noite, a Orquestra também fará um Concerto Didático para crianças e jovens da cidade na tarde do dia 04. Neste Concerto Didático, o Maestro fará a apresentação e mostrará todo o funcionamento da Orquestra. A apresentação faz parte da Temporada 2017 Tournée Nordeste da Orquestra.

19
mar

Acontece

Postado às 4:27 Hs

Escola da Assembleia inicia ano letivo para Pós-graduações na próxima semana. Os 150 alunos matriculados nos cursos de Pós-graduações oferecidos gratuitamente pela Escola da Assembleia voltam às aulas nos próximos dias 20 e 21 de março. Na próxima segunda-feira (20), serão retomadas as turmas de “Gestão Eficaz no Serviço Público”, “Gestão Pública” e “Poder Legislativo e Políticas Públicas”. No dia seguinte, terça-feira, voltam os cursos de “Direito Público”, “Gestão de Pessoa no Serviço Público” e “Gestão e Planejamento Financeiro no Serviço Público”. As aulas acontecem das 18h às 21h40min. “Percebemos que o caminho para elevar o nível dos serviços prestados à sociedade percorre a qualificação. A Escola da Assembleia é ferramenta fundamental neste processo a cada semestre letivo
17
mar

Cooperação

Postado às 17:30 Hs

CREMERN e UFRN assinam acordo de cooperação para Projeto de Educação Médica Continuada

 

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte – CREMERN e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN assinaram neste mês de março um acordo de cooperação, com o objetivo de uma parceria visando à qualificação dos médicos vinculados ao Sistema Único de Saúde – SUS, através do Projeto de Educação Médica Continuada. As aulas já tiverem inícios para as duas turmas formadas neste mês.

Entre as metas do acordo estão: Atualização clínica de médicos da atenção básica do SUS no RN e de alunos do internato do curo de medicina da UFRN; Promover a melhoria no atendimento à população usuária da atenção primária do SUS, além de qualificar os médicos e estudantes de medicina dentro de uma visão clínica holística da medicina no âmbito da atenção primária.

O curso de Educação Médica Continuada é gratuito e direcionado para médicos e estudantes de medicina, com duração de 23 semanas, distribuídas em aulas quinzenais nas manhãs e tardes dos sábados e manhãs dos domingos, para duas turmas. A edição 2017 do curso teve início com o módulo sobre Cuidados Paliativos, ministrado pelos especialistas médicos Rodrigo Furtado, Danielle Soler e Eliane Melo, também integrantes da Comissão de Cuidados Paliativos do CREMERN.

 

 

 

 

17
mar

Termina hoje…

Postado às 14:12 Hs

Termina prazo para estudantes na lista de espera do Fies concluirem inscrição.

Os estudantes na lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm até hoje (17) para verificar se foram pré-selecionados. A informação fica na página do Fies, no boletim de acompanhamento de cada candidato. Caso seja pré-selecionado, o estudante deve acessar o Sistema Informatizado do Fies (SisFies) e fazer a inscrição.

Pelas regras do programa, o aluno deve ficar atento ao boletim, pois terá cinco dias úteis após ser pré-selecionado para informar os dados solicitados no sistema. A pré-seleção ocorre desde o dia 14 de fevereiro. O prazo se encerraria no último dia 3, mas foi estendido pelo Ministério da Educação. No ato da inscrição, o candidato deve escolher a instituição bancária e a agência de sua preferência.

Depois de inscrito no sistema, o estudante deve validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de educação superior em até dez dias. Por mais dez dias, o candidato (ou os seus fiadores) deve comparecer a um agente financeiro do Fies para formalizar a contratação do financiamento.

16
mar

Exigência

Postado às 14:43 Hs

caderneta
Governo quer que escolas exijam caderneta de vacinação de alunos. A caderneta de vacinação poderá ser um item obrigatório para matrícula de estudantes nas escolas. A medida, anunciada nesta quarta-feira (15), faz parte da colaboração entre os ministérios da Saúde e da Educação. “Temos uma legislação que diz que poderá ser exigida a carteira de vacinação [pelas escolas]. Queremos transformar esse ‘poderá’ em algo concreto”, disse o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), Rossieli Silva. A parceria entre as pastas é permanente no âmbito do Programa Saúde na Escola. O governo quer, em abril, atualizar essa parceria por meio de portaria para dar mais ênfase a medidas como a obrigatoriedade da caderneta de vacinação. O documento poderá ser solicitado ainda este ano e nas matrículas a partir do ano que vem.
16
mar

Informes

Postado às 9:56 Hs

UERN aguarda repasse de emenda do deputado Felipe Maia para aquisição de veículos.

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) aguarda o repasse financeiro de uma emenda parlamentar do deputado federal Felipe Maia, no valor de R$ 150.000,00, para aquisição de três veículos sedan, com capacidade para 5 pessoas/cada.

Esses veículos atenderão as demandas acadêmicas e administrativas dos cursos de graduação e pós-graduação da UERN.

O órgão concedente é o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC) – convênio SICONV Nº 836131/2016. O valor do convênio foi de R$ 151.559,01 e a contrapartida da UERN foi de R$ 1.559,01.

A frota de veículos da UERN, em atividade, conta com 56 automóveis de pequeno, médio e grande porte. Somente nos últimos quatro anos foram adquiridos 14 veículos, dentre os quais 1 ônibus e 3 microônibus, que beneficiam diretamente a comunidade estudantil.

15
mar

Informativo

Postado às 17:06 Hs

Uern consegue captar mais de R$ 3 milhões em emendas somente para 2017. A política de captação de recursos tem sido uma alternativa da gestão da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) para que a instituição não fique dependente apenas dos recursos do Governo do Estado, seu mantenedor, para seu custeio e investimento. Uma das formas desta captação se dá através da alocação de emendas parlamentares. O diálogo entre a gestão e as bancadas federal e estadual tem possibilitado ano a ano recursos a mais para a Universidade desenvolver ações de melhorias para a comunidade acadêmica. Somente para 2017, a gestão conseguiu captar R$ 3,365 milhões de emendas, sendo R$ 2,665 milhões alocados pela bancada federal e R$ 700 mil em emendas estaduais. Os dados contam no portal Uern em Números, disponível no endereço eletrônico www.uern.br.
15
mar

Em Assú…

Postado às 15:09 Hs

Curso de Economia do Campus de Assú e Empresa Júnior promovem Workshop

O Centro Acadêmico do curso de Economia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – Campus de Assú – e a Empresa Júnior de Economia do Vale do Açu (ECONVALE) promovem o Workshop “Desafios da Empresa Júnior no cenário econômico: perspectiva e atuação”. O evento acontece no dia 17 de março de 2017, das 14h às 18h.

A ideia basilar é integrar a Universidade e a sociedade em práticas e conceitos econômicos que são utilizados no cotidiano, além de traçar um panorama de operacionalização de uma Empresa Júnior no mercado.

O workshop será ministrado pelo contador e ex-aluno da UERN, Wagner Fonseca.  As inscrições são realizadas na sala da ECONVALE e solicita-se aos participantes um pacote de leite desnatado para ser doado aos idosos do Lar da Vovozinha.

O evento ocorrerá no Auditório do curso de Economia/Assú, localizado no Campus Avançado Preito Walter de Sá Leitão.  Mais informações: (84) 3331-2411.

15
mar

Acontece

Postado às 14:04 Hs

UnP Fashion Day apresentará tendências do mundo da moda em Mossoró

A Universidade Potiguar – Campus Mossoró, integrante da rede Laureate, através da recém-chegada graduação em Design de Moda, convida os alunos e a sociedade em geral para o I UnP Fashion Day Mossoró, que acontecerá amanhã (16/03), no Pátio de Eventos do Campus, com início às 19h. O evento contará, ainda, com um desfile produzido pela agência Tráfego Models, mostrando as novidades das lojas mais renomadas da cidade.

Na ocasião será realizado o Fashion Meeting com a Jornalista, Designer de Moda e Coordenadora do Curso na UnP, Virgínia Azevedo e com a Estilista e Consultora de Moda, Luzan Torres, que falarão sobre as tendências no mundo da moda em Mossoró, no Brasil e no mundo.

As inscrições podem ser feitas através do e-mail pos@unp.br ou pelos telefones 3323-8274 e 3323-8278.

15
mar

Proposta

Postado às 10:57 Hs

Dison propõe investimentos nas escolas do interior e capital do RN.

Com o objetivo de contribuir com o ensino na rede pública estadual, o deputado Dison Lisboa (PSD) está propondo à secretaria de Educação e Cultura do RN a reforma e ampliação de várias escolas. Além das obras, o parlamentar também propõe serviços de limpeza e manutenção.

“A educação é o principal meio de edificação e de crescimento pessoal. Algumas escolas já não comportam a quantidade de alunos, que vem num crescente a cada ano. Isso dificulta as atividades, prejudicando todos da comunidade escolar, os professores, servidores e alunos”, defendeu o deputado.

As obras de reforma e ampliação foram solicitadas para as escolas Matias Maciel, localizada em Barra do Cunhaú, município de Canguaretama e a do distrito Piquiri, Escola Estadual Felipe Ferreira, no mesmo município.No caso da capital do RN,

Dison está propondo que sejam normalizados os serviços de limpeza e capina da vegetação na Escola Estadual Régulo Tinoco, que vem apresentando crescimento desordenado da vegetação e acúmulo de lixo e entulhos nas áreas de recreação.

14
mar

Informes

Postado às 14:23 Hs

Comissão do Concurso Público finaliza trabalho com entrega de relatórios. Após quase um ano de trabalhos para a realização do Concurso Público da UERN, promovido em 2016 com oferta de vagas para docentes e técnicos, a Comissão do Concurso – formada por professores e técnicos – encerrou oficialmente as atividades com a entrega do Relatório documental, de acordo com a Resolução 08/2012 – TCE/RN; e o Relatório de arrecadação e despesas do Concurso. Agora, os trabalhos serão repassados para outra Comissão, já constituída, que será responsável pela análise documental nos próximos dois anos dos novos nomeados. A professora Cicília Maia, pró-reitora de Recursos Humanos e Assuntos Estudantis, que presidiu a Comissão, avaliou os trabalhos de forma positiva: “É com um sentimento de gratidão que encerramos esse trabalho. Cada um de vocês, à sua maneira, desempenhou um papel muito importante para o êxito desse concurso. Todos se complementaram. Conseguimos realizar um processo transparente, ético e, acima de tudo, com muita dedicação e trabalho”, reconheceu Cicília.
mar 24
sexta-feira
14 57
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
16 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5559922 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram