A Câmara Municipal de Mossoró realiza nesta sexta-feira, 22, a partir das 9h, no plenário da Casa Legislativa, a segunda reunião da Frente Parlamentar e Popular em Apoio aos Criadores da cidade. O colegiado foi criado através da Resolução nº 02/2019, a partir de proposição dos vereadores Rondinelli Carlos (PMN), João Gentil (REDE) e Alex Moacir (MDB).

No encontro desta sexta, serão discutidos tópicos como a estrutura do Parque de Exposições Armando Buá; avanços na implantação do selo do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI) e perfuração de poços em benefício de produtores orgânicos e criadores de caprinos e ovinos.

Foram convidadas a participar da reunião instituições como a Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA), Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (EMATER/RN), Secretaria Municipal de Agricultura e dos Recursos Hídricos, Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de Mossoró e Região Oeste (ASCCOM), Sindicato dos Trabalhadores na Lavoura, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), entre outras.

A Frente Parlamentar e Popular em Apoio aos Criadores de Mossoró tem como presidente Rondinelli Carlos, João Gentil como vice-presidente e Alex Moacir como secretário. O colegiado possui entre as suas atribuições acompanhar a política oficial de desenvolvimento de apoio aos criadores municipais; promover debates, simpósios, seminários; buscar o aperfeiçoamento da legislação no âmbito municipal e apoiar as instituições interessadas no desenvolvimento dos criadores, junto a todos os Poderes.

Fonte: Assessoria

O Rio Grande do Norte é reconhecido como importante matriz de energias renováveis, principalmente a eólica, e tem despontado também na geração de energia solar, graças a abundante matéria prima – o sol – que brilha quase todos os dias do ano em terras potiguares. É com o objetivo de buscar as ferramentas tecnológicas e aperfeiçoar os conhecimentos necessários para aproveitar ao máximo esse potencial, que uma delegação do RN parte neste mês para a Alemanha em uma missão de intercâmbio no setor de energias renováveis.

No dia 23 de outubro a Câmara Municipal de Mossoró autorizou a Prefeitura de Mossoró a contratar operação de crédito no valor de até R$ 150 milhões junto à Caixa Econômica Federal. A municipalidade pretende investir os recursos em obras de infraestrutura urbana, com ênfase em pavimentação, saneamento, construção e melhorias em diversos bairros de Mossoró.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A operação é vista com bons olhos pelo presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Mossoró (Sinduscon Mossoró), Engenheiro Sérgio Freire.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Para Sérgio, a injeção de 150 milhões na economia do município é o estímulo que faltava para reativar a construção civil, um dos setores mais importantes da economia de Mossoró. “Recebo essa notícia com muito entusiasmo. A injeção de 150 milhões na economia representa uma nova esperança para a construção civil e toda a cadeia econômica do município. Um dos reflexos imediatos é a geração de emprego e renda, através do aquecimento do comércio e serviços,” explica.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O presidente do Sinduscon lembra que outros segmentos com grande potencial econômico no município também estão em dificuldade. Neste cenário, os investimentos que a prefeitura pretende fazer funcionariam como um catalisador para acelerar as engrenagens da economia em Mossoró.

O Presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo, também celebrou o incremento de 150 milhões na economia de Mossoró. Para ele é uma iniciativa que só traz benefícios. “É um fato que deve ser celebrado. Ganhará a construção civil, os trabalhadores e a cidade com mais obras de infraestrutura. Parabenizo a Prefeitura de Mossoró pela iniciativa e a cidade pelos benefícios que receberá,” avalia.

O programa Conecta Startup Brasil, que tem o principal objetivo de formar empreendedores e subsidiar a criação e o desenvolvimento de novas empresas de tecnologia, terá um evento de apresentação em Natal no próximo dia 17 de setembro, às 18h, no Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN). A incubadora de empresas Inova Metrópole é parceira estratégica do programa, que vai investir até R$ 100 mil nos empreendimentos selecionados em todo o país. A iniciativa do Conecta Startup se constituiu em uma ação conjunta do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e da SOFTEX, em parceria de execução do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O prazo para submissão de propostas foi aberto no dia 27 de agosto e vai seguir até 27 de setembro.
Realidade na economia brasileira há 10 anos, o Microempreendedor Individual (MEI) responde pela única fonte de recursos de 1,7 milhão de famílias. Isso significa que 5,4 milhões de pessoas no país dependem da renda de um MEI. Ao longo da década, a renda média familiar desse segmento alcançou R$ 4,4 mil, o equivalente a pouco mais de quatro salários mínimos. É o que aponta a 6ª edição da pesquisa “Perfil do MEI”. Realizada pelo Sebrae, em todos os estados brasileiros, a sondagem alcança 95% de nível de confiança e 1% de margem de erro, delineando as principais características desses empreendedores. Conforme a pesquisa, que entrevistou 10.339 Microempreendedores Individuais entre 1º de abril e 28 de maio deste ano, a atividade é a única fonte de renda de 76% dos MEI. Isso significa que hoje há cerca de 4.6 milhões de MEI que dependem exclusivamente da sua atividade empreendedora.
Termina nesta segunda-feira (26) o prazo para as empresas que integravam o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do RN (Proadi), que foi extinto desde o dia 31 do mês passado, aderirem ao novo regime, o Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial (Proedi). As empresas que não se enquadrarem correm o risco de perder os benefícios já desfrutados. A nova versão do regime oferece renúncia fiscal de até 95% e as empresas que migrarem garantem, no mínimo, como crédito presumido, o mesmo percentual financiado anteriormente Para aderir ao Proedi, é preciso preencher um formulário, disponível no Portal da SET-RN (www.set.rn.gov.br), e protocolar na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedec). Em seguida, deverá assinar juntamente com a SET o termo do acordo, que terá os mesmos prazos de validade dos contratos de mútuo com a Agência de Fomento do RN (AGN).

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró (CDL), Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró (SINDIVAREJO) e Sindicato da Indústria da Construção Civil (SINDUSCON) realizarão nesta quarta-feira, dia 14, o lançamento oficial da campanha Aquece Mossoró 2019. O evento acontece no Teatro Municipal Dix-Huit Rosado, às 18h30, com apresentação da 3ª edição da campanha que visa estimular as vendas e aquecer o comércio de Mossoró e região no período de 14 de setembro a 05 de outubro de 2019.

Na oportunidade, serão apresentadas as novidades que vão movimentar a campanha este ano. Em seguida, os convidados vão acompanhar palestra-show de Waldonys. A solenidade deve contar com a presença de empresários, executivos de várias cadeias produtivas da região, lojistas e autoridades públicas.

O Aquece Mossoró é uma iniciativa do setor produtivo mossoroense e tem o objetivo de realizar ações para o estímulo ao consumo. Entre elas, a venda de produtos com preços promocionais nas lojas participantes e sorteio de prêmios. Em 2017, a campanha movimentou cerca de R$ 16,2 milhões na cidade. Em 2018, a campanha gerou um incremento de R$ 30 milhões na economia

14
ago

Acontece

Postado às 13:26 Hs

Mossoró abriga a partir desta quinta-feira (15), a 21ª Festa do Bode, reunindo cerca de 1.200 animais, entre bovinos, caprinos, ovinos e equinos, no Parque de Exposições Armando Buá. O evento é uma realização do Governo do RN, por meio da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca – Sape, Prefeitura Municipal de Mossoró e Associação Norte Rio Grandense de Criadores de Ovinos e Caprinos – Ancoc. A tradicional festa conta ainda com o apoio do Projeto Governo Cidadão, via empréstimo do Banco Mundial. A expectativa é que mais de 60 mil pessoas transitem no Parque nos próximos dias 15, 16 e 17. Programação Cultural da Festa do Bode 15/08 (5ª feira) – Augusto Silva e Forró dos Três 16/08 (6ª feira) – Forrozão Puxa Papai e Alyne e Dayvid 17/08 (Sábado) – Nilson Viana e Forró com Ela

Os prefeitos e secretários da área de Desenvolvimento Econômico vão contar com novos instrumentos para a promoção do crescimento dos seus municípios e para atrair investimentos, com geração de emprego e renda. Nesta quarta-feira, 07, o Mais RN começa uma nova fase, que terá essa ferramenta digital, voltada à divulgação do potencial e dos diferenciais dos municípios do Rio Grande do Norte.

O lançamento desta nova etapa, será durante o Fórum “O Mais RN e o Desenvolvimento Municipal”, que está programado para começar às 9 horas, com pronunciamentos dos presidentes da FIERN, Amaro Sales de Araújo, e da Federação dos Municípios do RN (Femurn), José Leonardo Cassimiro. Em seguida, haverá uma palestra do consultor José Bezerra Marinho.

“O Mais RN, para 2019 a 2022, tem a Agenda Potiguar, uma atualização deste extraordinário plano de desenvolvimento social e econômico do Estado. Mas há necessidade de assegurar um contato mais próximo com aos governantes e gestores em nível municipal e estadual”, destaca José Bezerra Marinho.

Ele lembra que o Mais RN aponta caminhos, que precisa da adesão dos governos e, por isso, é necessário acrescentar essa ferramenta de comunicação entre agentes de desenvolvimento do estado e dos municípios com os investidores. Esse instrumento estará disponível, a partir desta quarta-feira, com o lançamento de uma plataforma, integrada ao Portal da FIERN, por intermédio da qual os municípios vão informar suas características econômicas, oportunidades para investidores, diferenciais, atrativos, disponibilidade de recursos e potenciais.

Os prefeitos do Rio Grande do Norte e os secretários da área de Desenvolvimento Econômico estarão no auditório da Casa da Indústria, sede da FIERN, na próxima quarta-feira (7), para o encontro que deve marcar uma nova fase do Mais RN. Trata-se do Fórum “O Mais RN e o Desenvolvimento Municipal”, que será aberto, a partir das 9 horas, pelos presidentes da FIERN, Amaro Sales de Araújo, e da Federação dos Municípios do RN (Femurn), José Leonardo Cassimiro, e terá palestra do consultor José Bezerra Marinho. “O Mais RN, para 2019 a 2022, tem a Agenda Potiguar, uma atualização deste extraordinário plano de desenvolvimento social e econômico do Rio Grande do Norte. Mas há necessidade de assegurar um contato mais próximo do Mais RN com aos governantes e gestores em nível municipal e estadual”, destaca José Bezerra Marinho.

Os melhores queijos regionais produzidos em nove estados serão selecionados no Rio Grande do Norte, durante o 15º Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados (Enel) com o Concurso de Queijos Regionais do Nordeste. Realizado pelo Sebrae e a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais  (EPAMIG), a seleção acontecerá nos dias 6 e 7 de agosto no Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, em Parnamirim. O objetivo é reconhecer e valorizar os queijos produzidos no Nordeste brasileiro, premiando as empresas e produtores que se destacarem dentre os concorrentes em diversas categorias.

As inscrições podem ser feitas através da página do XV Enel no site www.rn.sebrae.com.br até o dia primeiro de agosto e poderão participar do concurso produtores e queijeiros artesanais, mesmo os que estão em fase de regulamentação ou indústria de laticínio que possua inscrição estadual, desde que a produção esteja localizada nos estados do nordeste do Brasil. Os inscritos concorrerão nas categorias Queijo de Coalho Artesanal, Queijo de Manteiga Artesanal, Queijo de Coalho Industrial, Queijo de Manteiga Industrial, além do destaque especial de queijos de leites variados e outros tipos de produtos.

31
jul

Acontece

Postado às 22:20 Hs

Empresas do segmento industrial e de serviços já confirmam participação na FENECITI – Feira Regional de Negócios, Ciência, Tecnologia e Inovação. O evento acontecerá na Estação das Artes Elizeu Ventania, em Mossoró, nos dias 30 e 31 de agosto.  Em uma semana após o lançamento, 30% dos estandes já foram comercializados. Estarão presentes empresas nos ramos de serviços por alimentos, bebidas, eletrônicos, paisagismo e indústrias do cimento e do mel, dentre outras.

Os estandes da FENECITI estão sendo comercializados na Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró (CDL), localizada à Rua Alfredo Fernandes, n. 292, Centro, com valores promocionais até esta sexta-feira (02) ao preço de R$ 520,00 a unidade. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone da entidade: 3422-0300.

A Feira é uma realização do Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do RN (SEDEC), Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró (CDL-Mossoró), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do RN (FCDL-RN), Prefeitura de Mossoró e apoio da FIERN, FECOMÉRCIO-RN, Banco do Nordeste, SEBRAE-RN, AGN, JUCERN, CAERN, Potigás, IFRN, UFERSA, UERN, UnP, Cimento Mizu, Coca-Cola, Santa Clara e Ster Bom.

21
jul

Alto índice de inadimplência

Postado às 15:14 Hs

O programa do microempreendedor individual (MEI) completou dez anos de existência neste mês com 8,6 milhões de pequenos empresários cadastrados, mas com um antigo problema ainda presente: um alto índice de inadimplência. Em maio deste ano, último dado disponível, 54% dos empreendedores não estavam em dia com suas contribuições, de acordo com a Receita Federal.
Quando estão inadimplentes, os pequenos empresários não têm direito aos benefícios da chamada rede de proteção social: salário-maternidade (a partir de 10 meses de contribuição); aposentadoria por invalidez e auxílio-doença (após 12 meses de contribuição); de auxílio-reclusão e pensão por morte para seus dependentes. Além disso, também não podem contar esse tempo para a aposentadoria por idade.
O MEI nasceu para incentivar a formalização de pequenos negócios e de trabalhadores autônomos como vendedores, doceiros, manicures, cabeleireiros, eletricistas, entre outros, a um baixo custo. Podem aderir ao programa os negócios que faturam até R$ 81 mil por ano (ou R$ 6,7 mil por mês) e têm no máximo um funcionário.

O prazo para que as micro e pequenas empresas (MPE) excluídas do Simples Nacional solicitem retorno ao sistema terminou ontem segunda-feira (15). A orientação consta da Resolução nº 146, do Comitê Gestor do Simples Nacional, da Receita Federal. O Simples Nacional é regime tributário diferenciado, que reúne, em um único documento de arrecadação, os principais tributos federais, estaduais, municipais e previdenciários devidos às MPEs.

Conforme detalha a resolução, a possibilidade de retorno se aplica a negócios de pequeno porte que tenham sido retirados do sistema em 1º de janeiro de 2018. A outra condição é de que tenham aderido ao Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte optantes pelo Simples Nacional (Pert-SN). É necessário ainda que a MPE não apresente nenhuma das restrições previstas na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.

De acordo com a lei, não podem aderir ao Simples Nacional, por exemplo, empreendimentos que trabalhem com importação ou fabricação de automóveis e motocicletas. Atacadistas de cigarros, armas de fogo, pólvoras e explosivos também entram na categoria daqueles que não estão habilitados à inscrição.

Nos dias 10 e 11 de julho, a capital potiguar recebe o 4º Fórum Nordeste de Gestão de Pessoas, das 8h às 18h, no Holiday Inn – Natal, próximo ao Arena das Dunas. Com o tema “Cenários e Tendências de Transformação na Gestão de Pessoas”, o evento é referência na área de Gestão e no segmento de Recursos Humanos e neste ano traz, como novidade, o Salão de Negócios – local para networking. “O espaço proporciona estreitamento entre as pessoas para a troca de contatos profissionais e, logo em sua estreia, já conta com vários expositores levando seus produtos e serviços. Isso tudo regado a muito café”, explica Antônio Roberto Rocha, diretor da Argus Eventos – empresa responsável pela organização do Fórum. Entre as companhias já confirmadas estão Fortes Tecnologia, Atle Consultoria, MRH Gestão, Odontoprev, DataShow, Uniproteção, EAD e Café Santa Clara.
05
jul

Feira Sustentável Mais Saudável

Postado às 16:28 Hs

Iniciativa de responsabilidade social, sem fins lucrativos, será promovida pela empresa Mais Saudável em parceria com a Rede Xique Xique e o Eco Park Food. Acontece neste sábado, 6, das 8h às 11h, a primeira edição da Feira Sustentável Mais Saudável, iniciativa de responsabilidade social, sem fins lucrativos, promovida pela empresa Mais Saudável em parceria com a Rede Xique Xique. O evento reunirá, no espaço Eco Park Food, situado à Avenida João da Escóssia, Nova Betânia, expositores, artesãos, nutricionistas, orientadores, que estarão integrados no objetivo de oferecer aos consumidores serviços e produtos alicerçados na segurança alimentar. Na Feira, estarão articulados diversos segmentos da economia sustentável, contemplando áreas como a produção orgânica, produção de alimentos artesanais, cosméticos naturais, plantas medicinais e peças de artesanatos, entre outros.
27
maio

Brazil Windpower

Postado às 19:25 Hs

Vai acontecer nos dias 28, 29 e 30 de maio no Transamérica Expo Center, em São Paulo, a 10ª edição do Congresso do Brazil Windpower, maior evento de energia eólica da América Latina.

O presidente do Sinduscon Mossoró, engenheiro Sérgio Freire, que também preside a Comissão Temática de Energias Renováveis – COERE, será um dos representantes do Rio Grande do Norte no evento.

Durante 3 dias o Brazil Windpower vai reunir as principais autoridades, executivos e investidores do setor que vão tratar das questões de grande impacto no setor eólico da atualidade.

Dezenas de empresas nacionais e internacionais estarão reunidas na feira de negócios do Brazil Windpower, apresentando novidades e as principais inovações tecnológicas do mercado.

“A nossa participação é importante uma vez que, além da troca de experiências, vamos estreitar relações e viabilizar parcerias com um público que pertence ao alto escalão do setor eólico nacional,” explica Sérgio Freire.

Dentre os participantes do Brazil Windpower, mais de 75% possuem forte poder de influência e decisão em suas empresas.

O Departamento de Inovação e Empreendedorismo da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte inicia o projeto no dia 28 de maio realizando o “Meetup: desenvolvendo novos negócios jurídicos”.

O evento transcorrerá às 19h na Sala da Pós-Graduação da Faculdade de Direito.

O MeetUp tem como objetivos discutir com os alunos as oportunidades e perspectivas empreendedoras; despertar o potencial inovador e empreendedor; apresentar ferramentas de modelagem de negócios; apresentar ferramentas de viabilidade de negócios. “O projeto é direcionado a alunos dos últimos períodos que tenham uma base de conhecimentos na sua área de formação, mas não tenham preparação para empreender”, explica o professor Frank Felisardo, diretor do Departamento de Inovação e Empreendedorismo da UERN.

O professor Frank Felisardo acrescenta que o projeto será desenvolvido em vários setores da UERN, dividido em três fases:

1 – MeetUps para o despertar empreendedor (feito em cada unidade da Uern);

2 – WarmUp para prototipagem e criação de negócios;

3 – Leilão de projetos, que será feito com a participação de investidores, visando a implantação de negócios.

“Será desenvolvido em todas as unidades da UERN, focando as discussões nas áreas específicas de cada curso”, conclui.

dez 6
sexta-feira
01 44
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
24 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5807748 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram