Via Folha

Em uma ação inédita no país, dezenas de jornais brasileiros unificam suas capas nesta segunda-feira, dia 23, na campanha da Associação Nacional de Jornais (ANJ) de apoio ao combate ao coronavírus e à desinformação, que agrava as consequências da Covid-19.

As peças desta segunda etapa da campanha, produzida pela agência de inteligência de mídia Tailor Media, trazem a seguinte mensagem: “Juntos vamos derrotar o vírus: Unidos pela informação e pela responsabilidade”.

VALORIZAÇÃO – A união dos periódicos destaca a valorização da informação jornalística e cria uma hashtag unificada, #imprensacontraovirus, que representa os esforços dos meios de comunicação na luta coletiva contra o vírus.

“Em situações dramáticas como a que vivemos, informação precisa e contextualizada é um bem ainda mais essencial”, enfatiza Marcelo Rech, presidente da ANJ.

JORNALISMO DE QUALIDADE – “A ação demonstra a unidade dos jornais brasileiros em torno de uma causa comum: servir a população com jornalismo de qualidade para enfrentarmos e vencermos a pandemia”, completa.

Os anúncios de capa também serão publicados ao longo da semana pelos jornais que não circulam com edições impressas às segundas-feiras, ou no meio impresso ou em seus sites.

Além disso, há anúncios especiais para o meio digital —banners para os sites das organizações de notícias associadas à ANJ e cards para as redes sociaisA campanha da entidade começou no último dia 18, com anúncios impressos e digitais —sites e redes sociais— que mostram a relevância do trabalho jornalístico no momento em que se desenrola uma situação de calamidade pública.

CONFIANÇA – Pesquisa da agência de comunicação Edelman apontou que a maior parte (64%) das populações de dez países, inclusive a do Brasil, vê na imprensa a fonte de informação mais confiável neste momento.

O mesmo estudo mostrou ainda uma elevada preocupação com informações falsas sobre o vírus difundidas nas redes sociais —74% na média dos países pesquisados e 85% no Brasil.

A filial brasileira do canal de notícias americano inicia suas transmissões, com um programa especial. Nomes de peso do elenco como Daniela Lima, Evaristo Costa, Monalisa Perrone, Reinaldo Gottino e William Waack  devem participar.

Estava prevista uma entrevista com o presidente Jair Bolsonaro, mas foi adiada por causa do coronavírus. O canal de TV entrar no ar às 20h. O site ccnbrasil.com.br entra no ar antes, às 18h. O número do canal, 577, é o mesmo nas principais operadoras.

*Com informações da Folha

O blog Território Livre, hospedado na página da Tribuna do Norte divulgou um decreto jamais publicado pelo Governo Estadual. A publicação foi feita por Domício Arruda, médico e ex-secretário de saúde. As postagens feitas pelo médico foram feitas no blog Território Livre, comandado pela jornalista Laurita Arruda. Apenas três inverdades que constam no “Decreto de Dr Domicio Arruda”:

Entre as fake news que constam no falso decreto estão a suspensão das atividades da UERN que só seriam retomadas após conclusão do processo de privatização da universidade estadual.

O falso decreto também tornaria sem efeito o aumento de 16,3% concedido aos Procuradores do Estado e outros reajustes salariais dos servidores do Poder Judiciário, transferindo estes recursos para a compra de insumos médicos, visando o combate ao coronavírus.

Outra inconsistência que indica que o decreto é falso é a informação de que a ONU reconheceu a pandemia do coronavírus, quando na verdade o órgão competente para isso é a Organização Mundial de Saúde – OMS.

Ainda no decreto fake publicado pelo blog Território Livre, consta a suspensão das aulas da rede estadual de ensino por um mês, o cancelamento de espetáculos programados para o Teatro Alberto Maranhão e o fechamento da Biblioteca Câmara Cascudo e da Fortaleza dos Reis Magos

O Palácio do Planalto suspendeu a entrevista que seria concedida pelo presidente Jair Bolsonaro à CNN Brasil, para a estreia do canal de notícias na noite de domingo (15). Ele deverá falar mais para frente.

O apresentador William Waack, que já gravou entrevistas com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AM), e do Supremo, Dias Toffoli, falaria com o presidente até a estreia, mais provavelmente nesta sexta (13).

A justificativa é que toda a agenda do presidente está sendo alterada devido à confirmação de que o secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten, 44, contraiu coronavírus.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, confirmou presença na festa de lançamento da CNN Brasil na próxima segunda, em São Paulo. Convidado especial e representante de Jair Bolsonaro, Mourão —que é o atual presidente em exercício devido a uma viagem internacional do titular— vai discursar e dar boas-vindas ao novo veículo.

Na próxima segunda, na Oca, no parque Ibirapuera, a CNN Brasil festeja sua estreia no país. O canal em HD 577 (em todas as operadoras) começa a funcionar no dia 15 (domingo). No total a CNN deve empregar cerca de 800 pessoas, entre contratados e colaboradores. Nos últimos meses a emissora contratou nomes de peso —da frente e de atrás das câmeras— de Globo, Record, Band e SBT, entre outros veículos.

Patrocinadores e patronos

A CNN divulgou esta semana seus primeiros acordos comerciais de patrocínio. A emissora obteve até o momento três patrocinadores-fundadores, ou master, que assinaram contratos de longa duração —de um a três anos. Entre eles está o banco Santander (3 anos), a Cielo (2 anos) e a VW (1 ano renováveis). A emissora não divulga os valores acertados nem de seus investimentos no país e tampouco os envolvidos nas cotas de patrocínio.

Outras empresas como 99, IBM, Magazine Luiza e Nestlé também já assinaram e serão anunciantes do canal, cuja chegada está obrigando outras emissoras pagas noticiosas a se mexer, após anos de marasmo. A GloboNews deverá promover mudanças em sua grade a partir da próxima semana, assim como a RecordNews, que deve nos próximos dias anunciar parceria com o canal norte-americano Fox News —aliado de Donald Trump.

Coluna Ricardo Feltrin – UOL

07
mar

CNN Brasil estreia dia 15

Postado às 11:00 Hs

No próximo domingo 15, o jornalismo brasileiro assistirá ao início de um novo e importante capítulo em sua história: a estreia do canal de notícias CNN Brasil, em português. O projeto é audacioso, e vem sendo preparado com um ano de antecedência para chegar com poder ao mercado de notícias. Exemplo disso é a quantidade de acontecimentos ao vivo que o canal enfrentará logo em sua data de estreia.

Inicialmente, o canal 577 estará nas grades das operadoras Claro, Sky, Oi e Vivo. Haverá também uma plataforma de streaming chamada CNN BRASIL GO, um aplicativo para smartphones, portal com vídeos e notícias atualizado em tempo real, podcasts, além de presença nas redes sociais.

A CNN também promete forte presença nas redes sociais e plataformas digitais do País. Com mais de 17 horas de programação ao vivo e presença em diferentes plataformas, a chegada da franquia brasileira da emissora americana revoluciona o mercado de notícias televisivas no País.

No dia 15 de março o Brasil estará fervendo com as manifestações a favor do governo Bolsonaro e contra o Congresso Nacional e o STF. As condições do dia escolhido mostram o quanto a equipe se sente preparada para a proposta de comentar e reportar os principais acontecimentos do dia com uma programação em tempo real, e 100% digital, em diferentes plataformas.

Na equipe, nomes conhecidos do telespectador como Monalisa Perrone, William Waack, Mari Palma e Evaristo Costa. O canal terá mais de 450 funcionários, 160 deles jornalistas.

Fonte:  ISTOÉ.

O curso de Jornalismo da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) apresentou o segundo melhor desempenho do País entre os cursos de Jornalismo de universidades públicas e privadas, conforme os Indicadores de Qualidade da Educação Superior 2018 divulgados na semana passada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP/MEC). Com um Conceito Preliminar de Curso (CPC) contínuo de 4,08, e nota 5 (máxima), o curso da UERN obteve a maior nota do País entre os cursos de universidades públicas. Entre universidades públicas e privadas, o desempenho da UERN foi o segundo melhor, atrás apenas do curso de Jornalismo da UNISINOS, de Porto Alegre/RS. No total, 282 instituições de ensino foram avaliadas. Este é o melhor resultado obtido pelo curso da UERN desde o início da avaliação do ENADE.
09
dez

Premiados

Postado às 16:38 Hs

TCM Telecom vence Prêmio de Jornalismo do MP nas categorias radiojornalismo e telejornalismo 

A TCM Telecom venceu o Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) nas categorias Radiojornalismo e Telejornalismo. Representando a rádio 95 FM, a jornalista Carol Ribeiro ficou com o primeiro lugar com a reportagem MP e o Conselho Tutelar na Defesa da Infância e da Juventude, que teve como coautores os jornalistas Moisés Albuquerque, na edição de conteúdo, e Vonúvio Praxedes, na edição de áudio; Na categoria Telejornalismo, Taysa Nunes venceu com a reportagem MPRN e o Programa Acolher, exibida pelo canal TCM 10 HD. A matéria contou com edição de imagens Alexandre Fonseca, edição de conteúdo de Moisés Albuquerque e imagens de Leonardo Melo. Os vencedores da sétima edição da premiação foram anunciados na manhã desta segunda-feira (9), na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Natal.

O prêmio é um dos eventos formatados em alusão ao Dia do Ministério Público, celebrado em todo o país no dia 14 de dezembro. Na edição 2019, foram inscritos 29 trabalhos, sendo nove na categoria Webjornalismo; cinco em Impresso; seis em Radiojornalismo; cinco em Telejornalismo; três em Fotojornalismo; e um na categoria Destaque Acadêmico. Os trabalhos inscritos foram avaliados pela Comissão Julgadora formada pelos jornalistas Fred Carvalho, diretor de Comunicação do MPRN, Tullio Andrade, Mozart Augusto e Giselle Ponciano, servidores do MPRN, e a assessora de imprensa da Ampern, Zenaide Castro

06
dez

Prêmio Fecomércio de Jornalismo

Postado às 20:41 Hs

TCM se consagra vencedora do Prêmio Fecomércio de Jornalismo

A TCM Telecom consagrou-se vencedora do Prêmio Fecomércio de Jornalismo divulgado na tarde desta sexta-feira (6) em Natal. O anúncio foi feito no Hotel Escola Barreira Roxa, quando foram premiadas as melhores reportagens do Rio Grande do Norte. O jornalista Lamonier Araújo é vencedor da categoria Telejornalismo com a matéria “Fecomércio: o sol que aquece economia de Mossoró” exibida no canal TCM 10 HD. O trabalho contou com imagens de Leonardo Melo, produção de Danielle Marques e edição de Alexandre Fonseca.

Ao todo, o prêmio contou com 7 categorias e 37 matérias inscritas. A TCM foi o único veículo de comunicação do interior do RN premiado durante a solenidade em homenagem aos 70 anos da Fecomércio. “Pra mim é um orgulho poder representar o povo de Mossoró e levar esse prêmio. Nosso objetivo com a reportagem é mostrar o potencial de nossa cidade para o desenvolvimento econômico local e regional. O papel da Fecomércio tem sido fundamental nesse aspecto, uma vez que tem apoiado a realização de diversos eventos de negócios na cidade”, destacou Lamonier Araújo.

Nesta segunda-feira, 2, a TV Universitária (TVU) do Rio Grande do Norte completou 47 anos de existência. Inaugurada em 1972, a emissora pública já foi casa de muitos servidores e alunos de comunicação. Este ano, em comemoração a seu aniversário, a TVU apresenta programação especial de hoje até sábado, 7, quando vai acontecer o lançamento do programa Ginga, ao vivo, no Parque das Dunas, das 12h às 14h.  De acordo com a diretora da TVU e da Rádio Universitária, Mirian Moema, muitas novidades vão aparecer durante a semana de comemoração do aniversário da TVU. Dentro do primeiro dia de programação está a edição especial do programa Grandes Temas sobre o papel das televisões públicas. Da mesma forma, o TVU Notícias vai exibir, ao decorrer da semana, programas diários com matérias especiais sobre os 47 anos da emissora.

Nesta terça-feira, 3, ocorre a estreia do programa especial de aniversário Bastidores da TVU RN, no qual profissionais vão contar tudo sobre a rotina da emissora. Na quarta-feira, ao meio-dia, e no sábado, às 15h30, o programa será reprisado.

Na quinta-feira, 5, é a vez dos profissionais Rodivan Barros e Fábio Izaias compartilharem suas histórias de profissão na TV com o apresentador Edmilson Lopes no Memória Viva Especial 47 anos. No dia seguinte, sexta-feira, vem o programa Olhar Independente relembrando produtos audiovisuais sobre a trajetória da TV Universitária.

Para encerrar a programação da semana, no sábado, 7, às 12h, ocorre a estreia do mais novo programa ao vivo da TVU RN, o Ginga. Com apresentação de Ednaldo Martins, o programa será uma roda de samba descontraída no Parque das Dunas. Mirian Moema revela, ainda, que a previsão é que Ginga continue mensalmente na programação da televisão.

Segundo ela, para a produção de Ginga, a vontade de um programa cultural em comemoração aos 47 anos da TV se uniu com a ideia de um antigo programa da Rádio Universitária, resultando no lançamento que acontece neste sábado. “O Ednaldo Martins [apresentador do Ginga] já faz esse programa na rádio durante algum tempo, sob o nome de Roda de Samba. Então a gente pensou: ‘por que não trazer essa proposta cultural para a TV?’. Trabalhando, claro, com a linguagem da televisão e a questão da transmissão ao vivo”, afirma.

Em evento no último dia 21, em São Paulo, A 95FM (emissora do Grupo TCM Telecom) foi reconhecida pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa de Opinião Pública e Informações Comerciais (INBRAP) com o prêmio Top of Mind INBRAP 2019 que destaca e qualifica as marcas e as empresas que são mais populares na mente do consumidor. O Prêmio Top of Mind é fruto de uma gestão moderna que colocou a 95 FM como a rádio líder de audiência em Mossoró e uma das mais premiadas emissoras do Estado. “Vivemos em uma época desafiadora, é verdade! A emissora 95 FM vem derrubando barreiras e seguindo seus caminhos. É gratificante para nossa emissora mais um título que reflete nosso investimento em estrutura, qualidade de programação, recursos humanos e atenção ao nosso ouvinte. Só temos que agradecer a Deus, à direção do Grupo TCM Telecom, ouvintes, clientes e parceiros pela confiança e reconhecimento do trabalho de toda equipe da 95 FM. Nosso objetivo é servir a população, palavras de nosso mestre dr. Milton Marques, a quem dedicamos esse prêmio”, disse Janaina Maria, diretora da 95 FM.

Após pressão da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e Sindicatos de Jornalistas em todo o Brasil, o deputado federal Rodrigo Maia (DEM), presidente da Câmara dos Deputados, se pronunciou sobre à Medida Provisória (MP), que entre outras alterações na lei trabalhista, acaba com a obrigatoriedade de registro profissional para jornalistas e mais 13 profissões regulamentadas.

Em conversa com o presidente da Câmara Federal, o ex-deputado federal Aldo Rebelo afirmou que a medida foi classificada de inaceitável por Rodrigo Maia. “Hoje à tarde falei com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, sobre a absurda MP que revoga a obrigatoriedade de registro para atuação profissional de jornalistas. O presidente Rodrigo Maia considerou os termos da MP inaceitáveis”, postou no Twitter Aldo Rebelo, que é jornalista profissional.

Também em entrevista a jornalistas na Câmara Federal, Rodrigo Maia afirmou que a MP deverá ser aprovada, mas sem interferir na regulamentação da profissão de jornalista. Ele se solidarizou com os jornalistas brasileiros e salientou que os artigos que prejudicam a classe deverão ser retirados da Medida Provisória, principalmente o que acaba com a obrigatoriedade do registro profissional.

Blog do Magno 

 

17
out

Acontece

Postado às 11:29 Hs

O Grupo TCM Telecom divulgou nota lamentando a morte do jornalista João Carlos Brito, ocorrida no final da tarde desta sexta-feira (11).

Na nota de falecimento, a empresa trata João Carlos Brito como um amigo e lembra que ele era um ser humano iluminado. A programação jornalística do Canal 10 TCM HD e da rádio 95 FM foi suspensa.

O jornalista ocupava o cargo de Chefe de Reportagem na TCM Telecom. Existem diversas ações que não encontramos explicações, assim como ficamos sem entender motivos, razões. Somente você sabia o que estava lhe tirando a paz.

Não ainda informações sobre o velório e o sepultamento de João Carlos Brito . A imprensa perde um profissional altamente ético.Carismático.

Confira a nota na íntegra:

” O Grupo TCM Telecom lamenta informar do falecimento do amigo e chefe de reportagem João Carlos Brito, no final da tarde de hoje. A nossa programação jornalística do Canal 10 TCM HD e da rádio 95 FM está suspensa. A TCM Telecom se solidariza com a família do jornalista e com todos os amigos deste ser humano iluminado. Que Deus possa confortar-nos neste momento e que a alegria de João seja nossa maior lembrança. “

Nosso blog se solidariza com toda a família de João Carlos Brito. Um grande incentivador do nosso trabalho.O Nosso profundo pesar. Fé sempre !

03
set

BAND Natal: Em expansão

Postado às 9:38 Hs

Apesar do cenário de crise que ronda o mercado publicitário potiguar, a TV Bandeirantes em Natal está consolidada na região Nordeste como uma das emissoras do grupo Bandeirantes cujo faturamento é destaque na região. Segundo o executivo Carlo Bastos, diretor geral da emissora, a partir dos resultados financeiros positivos, a BAND Natal está investido em 2019 na expansão do seu sinal, tendo como foco cidades polos do Rio Grande do Norte, como Currais Novos, Caicó, Assú, Pau dos Ferros, entre outras.

Com o processo de expansão que deverá ser concluído somente em 2020, a BAND NATAL, cujo sinal atualmente atinge a uma população de cerca de 2 milhões de habitantes, espera duplicar a sua audiência. Na opinião de Carlo Bastos, os resultados financeiros positivos registrados no Rio Grande do Norte devem-se a liberdade que a emissora tem de movimentar a sua grade de programação.

Para ele, esse diferencial não só permite ter uma forte produção de programas locais, como também viabiliza a cobertura e realização de eventos diversos, como carnaval, maratonas, feiras. São João de Mossoró e até mesmo o Carnatal, que já tem comercializado todas as cotas de patrocínio do evento. “Em 2019, o nosso faturamento  registra um crescimento significativo, quando comparado a 2018”, revela o executivo.

Blog da Juliska

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) publicou o aviso de abertura do VII Prêmio de Jornalismo da instituição. As inscrições poderão ser feitas no período de 27 de setembro a 25 de outubro. A cerimônia de premiação será em 9 de dezembro, na sede da Procuradoria Geral de Justiça, em Natal.

As inscrições devem ser feitas por meio de formulário impresso contendo todos os dados e documentos exigidos no edital do certame. Esse formulário deve ser entregue diretamente no Setor de Protocolo da PGJ ou enviado pelos Correios. O horário de recebimento dos documentos é das 8h às 17h (de segunda a quinta-feira) e das 8h às 14h (sexta-feira).

O edital do concurso pode ser adquirido na sede do MPRN ou no endereço eletrônico www.mprn.mp.br. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail dcom@mprn.mp.br.

Imagem do facebook

Por Pedro do Coutto

Reportagem de Gustavo Fioratti, publicada com destaque na Folha de São Paulo de sexta-feira, revela que o apresentador Dany De Nuccio foi afastado da Rede Globo pelo fato de ter atuado no campo da publicidade comercial ao gravar programas para o Bradesco. O episódio vinha sendo divulgado pelo site notícias da TV durante a semana e ontem foi confirmado pela própria emissora.

Procurada pela reportagem, a Globo disse que o jornalismo e a publicidade possuem limites bem nítidos, inclusive tais limites têm de ser atualizados em face do avanço da era digital. Quer dizer, acentuo eu, que a emissora está se referindo a mensagens veiculadas nas redes sociais da internet.

COM O BRADESCO – De Nuccio tinha firmado contrato com o Bradesco no montante de 7 milhões de reais e estava apresentando o jornal Hoje que vai ao ar pelas manhã. A Globo acentua que desconhecia essa atividade do apresentador. A pressão fez-se sentir sobre ele, e ele resolveu assinar um pedido de demissão.

A emissora referiu-se também a outros jornalistas e apresentadores, caso de Rodrigo Bocardi (Bom Dia São Paulo) e a Renata Vasconcelos. Ambos devem explicar os trabalhos que fizeram gravando videos para circulação interna de empresas particulares. Ainda não foram, portanto afastados.

A Rede Globo sustenta a necessidade dos jornalistas, antes de assumirem contratos de divulgação informarem este tipo de trabalho a direção. De Nuccio vinha trabalhando para o Bradesco desde 2017, e seu contrato fora firmado através da Prime Talk Produções e Assessoria, da qual é um dos sócios.

SEMPRE HOUVE – A incompatibilidade entre o jornalismo e a publicidade comercial é antiga. Tanto assim que nos jornais impressos, na admissão de repórteres figura com destaque a exigência de que não devem participar de forma alguma no plano de qualquer atividade de publicidade comercial.

Ali Kamel explicou ao próprio De Nuccio, citando as motivações da empresa da qual é diretor de jornalismo. Uma exceção refere-se a Galvão Bueno que gravou publicidade a ser colocada nos aviões da GOL. A exceção teve base no fato de Galvão Bueno ter consultado a direção da Rede sobre a perspectiva de participar da campanha nos aviões da GOL.

AVISO PRÉVIO – Conforme ocorre no cinema americano em relação aos artistas, e no caso dos jornalistas, como acontece agora na TV Globo, destaca-se a obrigação de informarem previamente às direções que iam participar de campanhas de publicidade.

Mais uma vez, como sempre destaco, não existe convivência fácil entre os jornalistas e os produtores de peças publicitárias. Ilude-se quem pensar o contrário.

23
jul

O Brasil perde Juarez Soares

Postado às 19:12 Hs

O jornalismo esportivo está de luto! Morreu nesta terça-feira, aos 78 anos, Juarez Soares, comentarista esportivo com carreira marcante na televisão, fazendo parte inclusive, da equipe do Debate Bola e do Terceiro Tempo, programa comandado por Milton Neves na Record TV durante muitos anos.

Conhecido pelo apelido de China, ele teve carreira de mais de 60 anos na imprensa esportiva, ao começar em emissoras de rádio do interior de São Paulo e passar anos mais tarde a trabalhar em emissoras como TV Globo, Bandeirantes, SBT e por último, na RedeTV!.

A causa de sua morte ainda não foi revelada, mas Juarez lutava já há algum tempo contra um câncer. Seu último emprego foi na Rádio Capital.

mar 29
domingo
22 05
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
31 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5819180 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram