15
abr
//2014
ARQUIVADO EMGerais, Meio Ambiente  ETIQUETADO COM ,
[ Ponto de Vista ]

A Companhia Hidroelétrica do Rio São Francisco (CHESF) sempre contou com o apoio e a defesa incondicional dos nordestinos. Ai de quem ousasse criticá-la. Além de seus funcionários, a grande maioria dos políticos locais, dos professores, das classes dirigentes, da mídia e da população, em geral, sairia em sua defesa. Em várias áreas o legado da CHESF para o Nordeste é inegável. Todavia existem máculas na sua relação com as populações nativas que foram forçadas a sair de suas casas, de suas terras para dar lugar à construção dos grandes reservatórios de água de suas hidroelétricas. A justificativa era sempre em nome do “desenvolvimento”. Muitas decisões foram tomadas em nome da maioria, mas isso, no entanto, não lhes garantiu caráter democrático. O principio majoritário se justifica como um procedimento decisório democrático quando os direitos das minorias dos atingidos (no caso, pelas barragens) têm os seus direitos preservados.


11
abr
//2014
ARQUIVADO EMMeio Ambiente, Noticias do RN  ETIQUETADO COM ,
E sopra o vento forte…

RN é primeiro lugar em geração de energia eólica no Brasil

O Rio Grande do Norte é hoje o estado brasileiro com maior capacidade instalada de energia gerada por parques eólicos. Os bons números são da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) que destaca o RN com 736,7 MW de capacidade instalada nos 29 parques em operação.

Em primeiro lugar no ranking da Agência, o Rio Grande do Norte superou o Ceará, Bahia e Rio Grande do Sul, e atualmente tem 52 parques eólicos em construção que aumentará em 1447,6 MW a capacidade instalada. Até 2018 deverão ser construídos outros 49 parques, representando mais 1349,7 MW de energia gerada em solo potiguar.

“Os bons ventos do RN colocam o nosso estado em primeiro lugar no Brasil. Isso tudo é resultado do nosso trabalho e nos orgulha saber que estamos ajudando a desenvolver o país com energia renovável”, disse a Governadora Rosalba Ciarlini.

Para garantir a competitividade do estado, o Governo – via Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SEDEC) – tem atuado junto ao Ministério de Minas e Energia para permitir ao RN uma melhor infraestrutura em linhas de transmissão. Um leilão de transmissão será realizado pela ANEEL no dia 09 de maio e contemplará o RN com quatro novas linhas, que somadas as já existentes, assegurarão o escoamento de projetos de geração a médio e longo prazo.


01
abr
//2014
Acontece
unnamed

Para colecionadores, admiradores e cultivadores de orquídeas, o Círculo Potiguar de Orquidofilia (CPO) realizará, na próxima semana, a XXI Exposição de Orquídeas do Rio Grande do Norte. As orquídeas possuem perfume próprio, são delicadas e de beleza singular, características que atraem admiradores em todo o mundo. O evento acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de abril, no Sam’s Club, na BR-101, com entrada gratuita e trará orquidófilos de Recife (PE), Gravatá (PE), João Pessoa (PB), Fortaleza (CE) e Natal (RN) expondo várias espécies de orquídeas, desde as mais populares como: Rainha do Nordeste Brasileiro (Cattleya Labiata), Híbridos, Micro-orquídeas, Falenópolis (Phalenopsi), Olho-de-Boneca (Dendrobium Fimbriatum) e também classes estrangeiras e nacionais, inclusive algumas raras.


24
mar
//2014
Giro RN
reuniao_006

Além de tratar da questão definitiva para abastecer Currais Novos e Acari, também foi discutida ação emergencial  

 

Aconteceu no início da noite desta segunda-feira (24), na Governadoria, uma reunião para apresentar alternativas de abastecimento para Currais Novos e Acari. O deputado Ezequiel Ferreira, o prefeito de Currais Novos, Vilton Cunha, o ex-prefeito Zé Lins, vereadores e integrantes do Comitê acompanharam a reunião. De Acari, o prefeito Isaías Cabral e vereadores.

E antes das discussões sobre a Adutora, que seria uma alternativa definitiva, também foi tocado em uma ação emergencial. A governadora Rosalba Ciarlini autorizou a perfuração de poços no leito do Açude Gargalheiras, como opção para segurar o abastecimento de Currais Novos e Acari, até a adutora nova ser construída.

“Foi uma sugestão do prefeito Vilton Cunha, reforçada pelo nosso mandato através de requerimento na Assembleia Legislativa. Zé Lins também lembrou a medida emergencial, já que Currais Novos não tem como ser abastecida por carros-pipa. Vamos acompanhar os trabalhos dos técnicos do Governo do Estado. Em Brasília, o presidente da Câmara, Henrique Alves e o ministro Garibaldi Filho vão se empenhar para liberação dos recursos emergenciais junto ao Governo Federal”, comentou Ezequiel Ferreira.


22
mar
//2014
ARQUIVADO EMComunidade, Meio Ambiente, Política Nacional  ETIQUETADO COM
Até 2015 pode faltar água…

Mais da metade dos municípios brasileiros (55% do total) terá deficit de abastecimento de água em 2015. Levantamento feito pela ANA (Agência Nacional de Águas) mostra que são necessários investimentos de R$ 22,2 bilhões para evitar o risco de um colapso total até 2025.

Hoje, cerca de 16% das cidades do país têm algum problema de abastecimento. Para tratar também os esgotos jogados nos rios, o que impede a reutilização das águas, serão necessários cerca de R$ 70 bilhões.

Os dados fazem parte do Atlas de Abastecimento Urbano de Água, um mapeamento completo de todos os 5.565 municípios brasileiros, liderado pela agência das águas com instituições federais, estaduais e municipais.

Distribuição

O estudo mostra que o Brasil é um dos países mais ricos em recursos hídricos, mas o grande desafio no fornecimento de água é a população concentrada em locais onde há sua menor oferta.

A região amazônica reúne 81% das fontes hídricas do país, mas as áreas de maior densidade populacional, como o Sudeste e o Nordeste, têm só 3% da água, originada na Bacia do Atlântico.

“Caso não sejam feitos os investimentos, haverá risco de interrupção temporária no abastecimento cada vez mais frequentes. Manobras como rodízio no fornecimento para os consumidores poderão ser mais usadas. Mas não há risco para pânico”, diz Ney Maranhão, superintendente de Planejamento de Recursos Hídricos da ANA.

O Nordeste é a região que mais demandará investimentos em captação de água, por ter as menores reservas: R$ 9,1 bilhões.

Já o Sudeste, onde está a maior parte da população, precisa de mais dinheiro para tratamento de afluentes. Juntos, os Estados de SP, RJ, ES e MG vão precisar de R$ 7,4 bilhões em captação de novas fontes de água.

Nem chegou 2015 e muitas áreas já estão sem…fique alerta e economize enquanto ainda existe!!! 


22
mar
//2014
ARQUIVADO EMComportamento, Meio Ambiente, Músicas  ETIQUETADO COM
Água um bem maior


22
mar
//2014
ARQUIVADO EMComunidade, Meio Ambiente  ETIQUETADO COM
Precioso líquido…

Declaração Universal dos Direitos da Água

Art. 1º – A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º – A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º – O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º – A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º – A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º – O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.


22
mar
//2014
ARQUIVADO EMMeio Ambiente  ETIQUETADO COM
Homenagem


22
mar
//2014
Ação Parlamentar

Fernando Mineiro lança site com informações sobre água e esgoto no RN

Em comemoração do Dia Mundial da Água, celebrado neste sábado, 22, o mandato do deputado Fernando Mineiro (PT) lançou o SIAEM (Sistema de Informações sobre o Abastecimento d’Água e Esgotamento nos Municípios do RN), hotsite cujo objetivo é reunir, em um só espaço, dados sobre a distribuição de água no estado e contribuir para análises, estudos e ações políticas sobre a temática

O SIAEM disponibiliza, entre outros pontos, informações sobre o funcionamento do sistema de distribuição de água (captação, operadora, tipo de manancial, bacia hidrográfica), detalhes do abastecimento, a coleta e o tratamento dos esgotos, a pluviometria do município e o local de captação.

No sistema é possível conferir os dados de cada município, separadamente, em uma interface interativa e de fácil uso. O município pode ser selecionado no próprio mapa ou numa lista, localizada no canto superior direito, com a relação de nomes em ordem alfabética.

Mineiro ressaltou que a falta de gestão integrada dos recursos hídricos contribui, seguramente, para agravar a crise no abastecimento d’água que, em razão da estiagem prolongada, há quase dois anos vem assolando vários municípios do Rio Grande do Norte.

As informações do SIAEM não foram produzidas pelo mandato, mas sim sistematizadas, para facilitar o acesso aos dados, oriundos de diversas fontes oficiais, que estavam originalmente fragmentados. O sistema está aberto a sugestões, observações e eventuais correções.


20
mar
//2014
ARQUIVADO EMClima, Meio Ambiente, Noticias do RN  ETIQUETADO COM ,
Trazendo alegria…

Depois das bençãos de São José as previsões e que mais chuvas deverão ocorrer até maio…

Segundo o meteorologista Gilmar Bristot, da Gerência de Meteorologia da Emparn, as chuvas registradas desde o início de março têm sido ocasionadas pela presença da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), fenômeno que é o principal responsável pela mudança climática na parte Norte da região Nordeste no período de fevereiro a maio.

Diferentemente de 2012 e 2013, que foram anos de seca, em 2014 as condições dos oceanos Atlântico e Pacífico estão favorecendo a ocorrência de instabilidades tropicais associadas à ZCIT em praticamente todo o Rio Grande do Norte. Para os próximos dias ainda se espera que chuvas fortes continuem ocorrendo em todas as regiões.

Graças à Deus os reservatórios no interior começam a receber o precioso líquido e espantando de vez as estiagens… Chuvas no RN e Nordeste são bem vindas


17
mar
//2014
Exposição

Usadas em ornamentações e possuem uma legião de admiradores, colecionadores e cultivadores, as orquídeas, com suas delicadezas e perfumes próprios, chamam a atenção de milhares de pessoas em todo o mundo. E para os apaixonados ou para quem tem interesse em conhecer um pouco mais sobre essa planta, no mês de abril o Círculo Potiguar de Orquidofilia (CPO) realizará a XXI Exposição de Orquídeas do Rio Grande do Norte. A exposição acontecerá nos dias 04, 05 e 06 de abril, no Sam’s Clube, BR-101, com entrada gratuita e trará orquidófilos de Gravatá (PE), Recife (PE), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB) e Natal (RN). Durante o evento, várias espécies de orquídeas estarão em exposição, desde as mais populares como: Rainha do Nordeste Brasileiro (Cattleya Labiata), Híbridos, Micro-orquídeas, Falenópolis (Phalenopsi), Olho-de-Boneca (Dendrobium Fimbriatum) e diversas espécies estrangeiras e nacionais, sendo algumas muito raras.


14
mar
//2014
ARQUIVADO EMEconomia, Meio Ambiente, Política Nacional  ETIQUETADO COM ,
Depois das eleições…

Para evitar um aumento da conta de luz em ano eleitoral, o governo federal anunciou nesta quinta-feira, 13, um pacote de socorro às empresas de distribuição de energia elétrica de R$ 12 bilhões. A promessa é que a conta da forte estiagem que atinge o Brasil chegue aos consumidores em 2015, sem impacto na conta deste ano.Mas para a contabilidade fechar sem “sangrar” o Tesouro, haverá aumento de imposto nos próximos meses.

O pacote será desmembrado. A maior parte do dinheiro, R$ 8 bilhões, virá de um financiamento bancário à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), onde é negociada diariamente a energia disponível das geradoras às distribuidoras. Com a estiagem, o preço da energia disparou e há mais de um mês está no teto permitido pelo governo, de R$ 822 por megawatt/hora (MWh).

Como o consumo continua firme, as distribuidoras são forçadas a adquirir energia muito cara, das usinas térmicas, e vender muito barato, já que a conta de luz é mantida em patamar baixo desde o início de 2013, quando começou o desconto médio de 20% concedido pela presidente Dilma Rousseff.

Outros R$ 4 bilhões do pacote virão dos cofres públicos – serão aportados pelo Tesouro Nacional no principal fundo setorial, a Conta de Desenvolvimento de Energia (CDE). Finalmente, o governo vai realizar um leilão de energia nova, mais barata, no fim de abril, para ampliar a oferta às distribuidoras.

As medidas servem para “equacionar a elevação temporária do custo de energia elétrica”, segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega.


07
mar
//2014
@ @ É NOTÍCIA … @ @

  • No primeiro dia de envio das declarações do Imposto de Renda, o aplicativo m-IRPF –que permite ao contribuinte fazer sua declaração de smartphones ou tablets– ainda não foi liberado pela Apple, como havia sido programado. Até agora, portanto, não é possível preencher e enviar a declaração por meio de iPhones ou iPads. O aplicativo está disponível desde esta quinta-feira (06) para dispositivos móveis com o sistema operacional Android, do Google.A Receita informou, por meio da assessoria de imprensa, que fez todo o processo para o aplicativo estar no ar e que o atraso é responsabilidade da Apple.
  • Está confirmada para o próximo dia 14 de março a inauguração do Distrito Industrial de Monte Alegre. O prefeito municipal, Severino Rodrigues, destacou que vinte empresas já apresentaram ao Executivo a documentação solicitando a instalação no local. A definição para locação da área às empresas foi feita a partir do número de empregos gerados. A cada 15 empregos gerados pela indústria vão resultar na doação de terreno com mil metros quadrados. Outro grande diferencial do empreendimento é a preocupação com o meio ambiente. O prefeito Severino Rodrigues destaca que 30% do total da área serão não edificável, destinada ao plantio de árvores. “Essa é uma obra que será o grande divisor de águas para o desenvolvimento da nossa cidade de Monte Alegre”, anuncia o prefeito, Severino Rodrigues. Ele chamou atenção que a expectativa é gerar 4 mil empregos diretos dentro de 36 meses. “Logo na abertura do distrito vamos gerar, inicialmente, 2 mil empregos diretos, com as empresas que já entregaram documentação para a prefeitura”, destacou.
  • O Partido Militar Brasileiro (PMB) saiu da trincheira. Seus líderes já coletaram 320 mil das 492 mil assinaturas necessárias para criar a legenda. Fundador do PMB, o capitão da Polícia Militar de São Paulo Augusto Rosa calcula que o partido tem representantes em mil municípios espalhados pelos 26 estados e o Distrito Federal. A meta é acelerar a formação da sigla e lançar candidatos nas eleições municipais de 2016. O número requerido no Tribunal Superior Eleitoral é o 99, “para mostrar que estamos à extrema direita de tudo o que existe na política hoje”, diz o capitão Rosa. Os pilares do PMB são pátria, honra, moral e ética. No front da ação para criar o partido está o coronel Marcos Pontes, o primeiro astronauta brasileiro. “O apoio do coronel Pontes dá credibilidade ao nosso projeto de extrema direita dentro da democracia”, afirma o capitão Rosa. (Época/Felipe Patury)
  • Segundo reportagem da Tribuna do Norte, as chuvas que caíram mês passado no interior do Rio Grande do Norte e encheram alguns açudes, não foram suficientes para melhorar os níveis nos principais reservatórios do Estado. A Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, em Assú, continua secando e, atualmente, está com pouco mais de 32% de sua capacidade total. É o percentual mais baixo da história. Por dia, a barragem está secando 1,07 bilhão de litros d’água para abastecer 34 cidades. De acordo com o gerente operacional da Caern, Izaías Costa, a perda de água na barragem não ocorre apenas devido ao abastecimento das cidades. Ele citou que os projetos de irrigação e outros canais como o do rio Pataxó, consomem um número significativo do reservatório. Por outro lado, o hidrólogo e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), João Abner Guimarães Júnior informou que a evaporação também é fator que contribui para a diminuição do nível d’água. “Temos a evaporação natural e, o que mais preocupa, é que a ANA [Agência Nacional das Águas] não prioriza o consumo humano. Perde-se muita água para projetos de irrigação e carcinicultura”, disse. A Armando Ribeiro Gonçalves tem capacidade total de 2,4 bilhões m³. Outras barragens e açudes também estão com níveis críticos. É o caso do açude Itans, em Caicó.
  • Na reunião de anteontem com a equipe da pré-campanha, o marqueteiro João Santana levou pesquisas a Dilma para dizer que quanto menos ela cede a políticos, mais ela é aprovada. Com o recrudescimento da troca de acusações públicas entre os aliados PT e PMDB, o governo decidiu que é preciso isolar Eduardo Cunha (RJ), líder peemedebista na Câmara e principal protagonista das críticas contra o Planalto, e tentar fortalecer outros setores do PMDB, sobretudo o representado pelo vice Michel Temer (SP). Para diminuir atritos, governo deve aumentar repasse de verbas de emendas parlamentares e ceder mais cargos. Em reunião anteontem à noite no Palácio da Alvorada, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula orientaram aliados a não aceitar ‘ultimatos’ de Cunha. A fórmula do governo para tentar debelar a crise passa ainda por um receituário que até hoje foi incapaz de tirar o PMDB da lista dos principais problemas do governo no Congresso: liberação de emendas, cessão de cargos federais e aproximação com outros caciques do partido. (Com informações da Folha de S.Paulo – Andréia Sadi, Márcio Falcão, Natuza Nery, Valdo Cruz e Gabriella Guerreiro)


abr 20
domingo
06 25
PREVISÃO DO TEMPO
ENQUETE

Pra você,qual será seu resultado na campanha presidencial?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
21 USUÁRIOS ONLINE
Facebook In RSS Twitter
 2974873 VISITAS

Zenitech