Levamos milênios para desenvolver a lógica. Séculos para aprimorá-la. Porém, apenas três décadas para torná-la artificial. Ficamos viciados na inteligência artificial, prisioneiros da cognição eletrônica. Não precisamos memorizar coisas banais como números de celulares de mãe ou namoradas, arquivar dados, abrir um dicionário para compreender uma nova palavra ou pesquisar numa biblioteca um novo saber. Basta um movimento mágico e temos nosso totem do saber, o onipresente e onisciente Google. É médico, professor, cientista, inventor, tradutor, guia, mestre, o que nós acomodados usuários quisermos. Seria um deus, se não fosse o maior lobo em pele de cordeiro. Sabe tudo de mim, de você, de todos nós. Falso ou verdadeiro, inventado ou historiado, invade minha privacidade sem ao menos pedir licença. Tem a chave de todos meus cômodos e, se deixar, indica até onde encontrar minha alma gêmea.
A conta no Twitter do Palácio do Planalto divulgou, por engano, que o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MT) tomaria posse na Secretaria de Governo nesta quarta-feira, na mesma cerimônia em que Alexandre Baldy (Sem partido-TO) viria a assumir o Ministério das Cidades. Auxiliares do Presidente Michel Temer chegaram a confirmar que Marun seria o substituto de Antonio Imabasshy (PSDB-BA), mas depois o Planalto negou a informação. A “demissão” de Imbassahy pelo Twitter levou a um movimento de solidariedade entre os tucanos governistas, que ameaçaram tirar o apoio a reforma da Previdência e boicotar o jantar que será realizado na noite desta quarta no Palácio do Jaburu para amarrar o apoio a votação da matéria. Até o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, teria anunciado disposição de repensar sua permanência no governo em desagravo a Imbassahy. Após o anúncio, Imbassahy trocou vários telefonemas com os colegas da Câmara, aquela altura revoltados.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou, hoje, um serviço de atendimento ao eleitor por meio da conta do tribunal no Twitter.

Ao clicar na opção de enviar mensagem direta para o TSE, as opções de serviços surgirão na tela. O cidadão poderá, por exemplo, consultar locais de votação, imprimir o documento de quitação eleitoral, tirar dúvidas com o TSE e acessar a página de perguntas e respostas mais frequentes sobre eleições. Para isso, é necessário ter uma conta no Twitter

De acordo com o tribunal, a ferramenta segue a tendência da Justiça Eleitoral de informatizar o processo ligado às eleições e dar mais agilidade no atendimento ao cidadão.Ainda segundo o TSE, novas funções de atendimento via Twitter vão ser disponibilizadas a partir do início de 2018.

Com o crescente número de crianças usando ou expostas nas redes sociais o comportamento online também deve ter a supervisão e cuidado dos pais. A psicóloga, Luiza Domingos Peres em entrevista à Rádio Aparecida apontou alguns cuidados que os pais devem ter quando o filho usa a rede social. A primeira orientação é sobre a criança ter um perfil em alguma rede social, segundo Luzia é preciso ter cautela, mas quando a criança usa a rede social é necessário a supervisão dos pais. “…não é aconselhável que uma criança tenha uma rede social antes dos 10 anos de idade…” “A criança tem que estar numa idade em que já consiga entenda os riscos quando explicados e as regras sociais aplicadas não só nas redes sociais, mas na sociedade no geral, essas regras a criança vai entendendo naturalmente quando entra no período escolar entre os 6 e 7 anos
28
ago

Uma boa !

Postado às 16:43 Hs

CNH Digital: novidade para motoristas já pode ser baixada no celular

Já pensou em nunca mais esquecer a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em sua casa? Pois o aplicativo CNH digital já pode ser baixado por motoristas em celulares Android. O novo formato do documento está disponível em versão de demonstração.

A novidade para condutores pode ser baixada na versão para testes em formato APK no sistema Android – você pode encontrar o processo detalhado da instalação no site do Governo. Futuramente, o app será disponibilizado para todos os usuários dos sistemas Android e iOS.

O professor Francisco Vieira da Silva, do Campus Caraúbas, lança nesta quinta-feira, 24, às 16h, o livro “Egos em evidência: a intimidade na era das mídias digitais”, na sala 5 do Bloco III, da Faculdade de Letras e Ares (FALA), na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

A obra é fruto de sua tese de doutorado em Linguística, defendida em 2016 na UFPB. O lançamento faz parte das atividades do IV Colóquio Nacional Linguagem e Discurso (CONLID).

“Este livro analisa o modo através do qual o site Ego espetaculariza a intimidade do sujeito celebridade. Para tanto, partimos das reflexões teóricas engendradas no âmbito da Análise do Discurso, especialmente das ressonâncias advindas das elucubrações de Michel Foucault para essa vertente teórica. Ao concebermos que a noção de intimidade erige-se no contínuo deslizar das descontinuidades históricas, objetivamos, a partir de uma visada, genealógica, aventar as condições de possibilidade que fazem com que essa noção se (re)configure ao longo do tempo, assumindo outros modos de existência.

Acrescentamos a essa constatação a constituição mutante dos sujeitos os quais, ao longo da história, estiveram atrelados à fama, à glória, ao estrelato”, explica o professor.

Segundo o docente, a escolha do corpus da obra, formado por 38 notícias veiculadas no site Ego, ancorou-se nas constatações a respeito do caráter rizomático da web, recrudescido, especialmente, a partir da popularização das redes de interconexão social.

“Boa parte das notícias que tematizam a intimidade do sujeito famoso provêm das confissões, corporificadas na natureza semiológica dos enunciados produzidos no âmbito das redes sociais”, conclui.

A Operação Lava Jato é um espelho da Mãos Limpas, investigação realizada na Itália há 25 anos, segundo o procurador Rodrigo Chemim, autor de um livro que compara as duas apurações. Em entrevista, ele diz que a Lava Jato corre riscos, com os projetos de anistia e as discussões no Supremo sobre rever acordos de delação, mas há um elemento em cena que não existia na Itália no passado: redes sociais.* Por que comparar a Lava Jato com operação italiana que é tida como um fracasso? O que me atraiu no estudo da Mãos Limpas foi tentar compreender porque ela é considerada um fracasso. Depois de aprofundar a análise, posso dizer que essa pecha não é justa. A operação foi um sucesso em termos de investigação, desvelando e desestruturando um amplo sistema de corrupção e desvio de verbas para os políticos e seus partidos, das mais diferentes colorações ideológicas, alcançando 4.500 pessoas. Descontadas as prescrições e as leis que aboliram crimes, o resultado foi de apenas 5% de absolvição no mérito.
09
maio

Investimentos

Postado às 16:51 Hs

Contra rejeição, governo investe nas mídias sociais. O Palácio do Planalto prepara uma série de ações de comunicação para sexta-feira (12), incluindo o lançamento de uma estratégia digital com foco nas redes sociais, para marcar o primeiro ano do governo Michel Temer e tentar diminuir a rejeição do presidente. Além disso, Temer vai comandar uma reunião ministerial em que todos os titulares das pastas deverão apresentar um balanço de suas ações. Serão quatro novos canais digitais, com foco, segundo interlocutores do presidente, em comunicação mais “direta, eficiente e segmentada”. A distribuição será feita prioritariamente via Facebook e Twitter. Um deles será focado na rotina do Planalto, com divulgação de agendas do presidente e vídeos de ministros. Outro terá como foco a economia –
17
mar

Informativo

Postado às 0:00 Hs

Análise de informações das redes sociais pela fiscalização da Receita Federal. A receita federal utiliza informações de redes sociais de forma rotineira na análise e seleção de contribuintes para fins de fiscalização. Na execução da fiscalização é muito comum que o Auditor-Fiscal analise as redes sociais para identificar bens e possíveis interpostas pessoas (laranjas) nos relacionamentos do contribuinte fiscalizado. Já na área de seleção e programação da ação fiscal, a receita está utilizando modelos de inteligência artificial que realizam busca na internet e incluem essas informações dentre os parâmetros para seleção do contribuinte para fiscalização (malha). As informações de redes sociais são mais indício que se soma aos diversos outros cruzamentos que os Auditores-Fiscais realizam, como informações bancárias, cartórios, veículos, declarações de fontes pagadoras, profissionais de saúde, alugueis etc. Trata-se de cruzamento de informações que se aperfeiçoa a cada dia com a retroalimentação dos sistemas com a experiência dos Auditores-Fiscais, bem como com a própria evolução da tecnologia. Como informado, trata-se de mais um indício a compor o vasto conjunto de informações que a Receita Federal dispõe para cruzamento, entretanto, estima-se que as informações de redes sociais já tenham contribuído com subsídios para o lançamento ou atribuição de responsabilidade tributária em mais de 2.000 contribuintes, com valor sonegado na ordem de R$ 1 bilhão de reais.
16
fev

Navegue em Outras Vibes

Postado às 18:11 Hs

 

Uma proposta diferenciada se apresenta para o mercado mossoroense com a chegada do Outras Vibes. Ideias, sensações, relações e inovações convergem para uma nova agência web, formada por profissionais amantes da informação e do mundo virtual.

A Outras Vibes oferecerá gerenciamento de redes sociais, com todas as possibilidades para que o cliente possa usufruir de forma ampla dos benefícios que o mundo conectado oferece.

Somos Sabatta Soares, Danilo Moisés, Marina Clara Soares e Erisberto Rêgo, um grupo de jornalistas e amigos sempre online. De olhos abertos para as constantes mudanças e exigências do mercado, estamos dispostos a navegar nos desafios empolgantes da comunicação na web.

Com a ideia de propagar a nossa vibe, desenvolvemos também um portal que abordará de forma bem-humorada, interativa e curiosa os fatos do nosso cotidiano, cidade e mundo.

Você já pode navegar no www.outrasvibes.com (corre, antes que o mundo acabe!). É o início de uma nova vibe que, com certeza, terá muitos novos adeptos!

Vem com a gente!

09
fev

Semiárido Digital

Postado às 13:56 Hs

Ufersa inicia Programa Semiárido Digital em 6 cidades do interior potiguar

Neste sábado, dia 11 de fevereiro, será realizada a aula inaugural do Programa de Extensão financiado pelo PROEXT/2016, Intitulado: Estruturação de Telecentros e Casas Digitais e Formação de Multiplicadores em Comunidades Rurais de Municípios do Semiárido Potiguar – Semiárido Digital. A abertura das atividades acontece nas comunidades rurais de Setúbal e Pacuti no município de Janduís (RN).

Coordenado pela professora Daniela Casillo da Ufersa, o Programa Semiárido Digital tem como objetivo desenvolver a cultura digital no âmbito das comunidades dos municípios de Angicos, Apodi, Caraúbas, Fernando Pedroza, Janduís e Mossoró. Essas localidades comunidades foram beneficiadas pelo Programa Territórios Digitais do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) e pelos Telecentros Comunitários implantados pelo Ministério das Comunicações, os quais visavam oferecer, gratuitamente, o acesso à informática e internet para populações rurais e urbanas, por meio da implantação de Casas Digitais e Telecentros.

A proposta deste programa de extensão é oferecer a reestruturação física e lógica de 11 Telecentros e Casas Digitais disponíveis nos municípios contemplados, como também oferecer formação à comunidade por meio de palestras, eventos (feira do incluir, valorizar e empreender), cursos presenciais básicos de informática e cursos à distância com temas relevantes relacionados à necessidade e interesse de cada comunidade, como economia solidária, cooperativismo, sustentabilidade, agricultura familiar, entre outros.

Pesquisa mostra que usuários se encontram menos com pais, amigos, filhos e até parceiros por causa da internet; ‘mudanças são tão profundas como foi a descoberta do fogo’, diz especialista. Sempre que o telefone vibra, raramente é sinal de ligação. Na maioria das vezes, é uma mensagem no WhastApp, aviso de uma curtida no Facebook ou de um novo seguidor no Twitter. Já faz algum tempo que é dessa forma totalmente conectada que as pessoas se relacionam.

Se por um lado essas ferramentas proporcionaram mais liberdade de comunicação, também colocaram em risco os relacionamentos com amigos e familiares. Uma pesquisa mostra que um em cada três usuários diminuiu a comunicação ao vivo com pessoas queridas por causa das redes sociais.

Com essa possibilidade de contato, 35% dos usuários ouvidos pela Kaspersky Lab – empresa russa produtora de softwares de segurança para a internet – admitiram que agora se encontram menos com amigos, filhos (33%), pais (31%) e até parceiros (23%). O levantamento foi feito entre outubro e novembro de 2016 com 16 mil homens e mulheres de 18 países, com idades acima de 16 anos, sendo cerca de mil brasileiros.

Agência de Notícias

Depois do Instagram aderir à ferramenta de fotos e vídeos temporários de maneira semelhante ao que é feito no Snapchat, a ideia agora está sendo testada pelo Facebook. Segundo uma fonte do site Business Insider, o dispositivo que deve funcionar dentro do próprio aplicativo se chama “Facebook Stories”. A opção já está disponível, mas apenas para alguns usuários da Irlanda. A previsão é de que chegue a outros países nos próximos meses.

A novidade vai funcionar de maneira parecida com o Stories do Snapchat — que o Facebook já “aderiu” no Instagram. No local, vai ser possíve divulgar fotos e vídeos de alguns segundos em sua “história”, e tudo ficará disponível para os seguidores do usuário por um período de 24 horas. Essas histórias não vão ser mostradas no feed de notícias, nem ficarão disponíveis na linha do tempo. Assim como já é feito no Snap, também será possível responder à história de outro usuário através de mensagem direta.

06
jan

Novo serviço

Postado às 5:07 Hs

Chat on line da Caern registra mais de 500 atendimentos em um mês. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), por meio de sua Gerência de Relacionamento com o Cliente, está trabalhando para cada vez mais melhorar o atendimento ao consumidor. Atualmente, além do Contact Center pelo telefone 115, o usuário conta com outros canais para se comunicar com a companhia quando necessário. Um exemplo dessas ferramentas é o Chat on Line, que funciona desde abril do ano passado. No mês de novembro de 2016, o chat registrou 561 atendimentos. O Chat on Line disponibiliza uma série de serviços, dentre eles a consulta sobre falta d’água, solicitação de consertos de vazamentos ou obstruções de esgoto. Ele pode ser acessado em qualquer lugar, mas no momento apenas as cidades de Natal, Parnamirim e Mossoró dispõem do atendimento completo em demandas emergenciais. Nas demais cidades, o consumidor pode obter informações e é orientado a procurar o escritório da Caern mais próximo.
03
jan

Nas redes sociais

Postado às 23:41 Hs

Curta e siga os perfis do canal TCM 10 HD no Facebook e Instagram

O Canal TCM 10 HD (TV Cabo Mossoró) passa a partir de agora a postar conteúdo em perfis exclusivos nas redes sociais, ou seja, em Fan Page e Instagram distintas da TV Cabo Mossoró que continua com seus perfis com conteúdo sobre a Cabo. Com isso, os usuários das redes sociais terão maior facilidade em receber todo o conteúdo trabalhado na TV, no Canal TCM 10 HD.

Tanto a Fan Page no Facebook quanto o perfil do Instagram podem ser encontrados pelo domínio @tcm10hd

24
out

Em Apodi

Postado às 11:38 Hs

Apodi ganha primeira agência de marketing digital

O município de Apodi, na região Oeste do Rio Grande do Norte, ganhou no sábado passado (22) sua primeira agência de marketing digital. A empresa foi lançada pelo estudante de marketing Alivaci Costa e pelo repórter Josemário Alves, através do Facebook, e teve grande repercussão regional.

Denominada de “Êba! Agência de Mídia”, o projeto tem como objetivo prestar os serviços de estratégias de marketing, por meio da criação e administração de redes sociais, produção de pequenos vídeos e assessoria de comunicação, sempre direcionadas ao público específico das empresas.

“Começamos a pensar esta ideia há algum tempo, mas nunca colocamos para frente. Hoje, posso dizer que a Êba! já nasceu grande, por ser a primeira da cidade e por ter pessoas qualificadas trabalhando nela”, destaca Alivaci Costa.

“Muitos acham que cuidar de uma rede social é somente pegar uma foto e publicar na página, mas não é bem assim, principalmente se tratando de empresas ou pessoas públicas. A Êba! vem justamente para traçar estratégias de atingir o seu público e, consequentemente, aumentar suas vendas”, acrescenta Josemário Alves.

Os interessados em conhecer mais sobre os serviços oferecidos pela Êba! Agência de Mídia podem entrar em contato com os fundadores e solicitar uma visita. O contato pode ser feito pelos telefones: (84) 99816-2402 / 99484-3913 / 99677-3252 / 98852-6424, pelo e-mail agenciaeba@gmail.com ou pelas redes sociais da agência.

10
out

Faça um bom uso das redes sociais…

Postado às 8:22 Hs

Cuidados e orientações para o uso correto das redes sociais. Muitas pessoas pensam nas redes sociais apenas como uma ferramenta para descontração, o que não está errado, desde que tomados os devidos cuidados, nesse período de férias principalmente, para que excessos e fotos inadequadas não prejudique o lado profissional. Além disso, uma boa parcela dos profissionais, mais antenados, já perceberam que o uso adequado dessas ferramentas de comunicação pode potencializar as carreiras, promovendo o crescimento profissional e o network. Mas, como saber esse limite? Simples, basta levar em conta que nesse novo mundo online que muitos estão descobrindo são necessários muitos cuidados similares aos que tomamos em nosso dia a dia, nos passeios, no trabalho ou em casa. O recomendável para se valorizar é dar foco adequado ao que é positivo e evitar exposições desnecessárias. Para isso preparei algumas dicas para quem quer crescer profissionalmente utilizando as redes sociais, seja ela mais profissional, como o LinkedIn, ou mesmo o Facebook:
A 11ª edição da pesquisa TIC Domicílios 2015, que mede a posse, o uso, o acesso e os hábitos da população brasileira em relação às tecnologias de informação e de comunicação, mostra que 58% da população brasileira usam a internet – o que representa 102 milhões de internautas. A proporção é 5% superior à registrada no levantamento de 2014. O estudo, divulgado hoje (13), foi feito pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), e pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br). Foram realizadas entrevistas pessoais com abordagem face-a-face em 23.465 domicílios em todo o território nacional, entre novembro de 2015 e junho de 2016. De acordo com o levantamento, pessoas das classes sociais mais abastadas usam mais a internet: 95% dos entrevistados da classe A haviam utilizado a rede menos de três meses antes da pesquisa. A proporção cai para 82% para a classe B; 57% para a C, e 28% para a D/E. No entanto, as classes menos abastadas foram as que tiveram maior crescimento proporcional em relação à pesquisa anterior: a D/E aumentou sete pontos percentuais (de 21% para 28%); a C, três pontos percentuais; a B, dois pontos; e a A caiu um ponto.
dez 14
quinta-feira
05 01
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
27 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5639532 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram