Via Saulo Vale 

Prevaleceu o bom-senso. Em reunião virtual ordinária realizada nesta segunda-feira, os três bispos do RN decidiriam manter todas as igrejas católicas do estado fechadas. Os templos estão com atividades suspensas desde o dia 19 de março, como medida para evitar a propagação do novo coronavírus. A orientação é para os fiéis rezarem em casa e assistirem missas on-line, pela tv, redes sociais ou rádio.

Portaria do governo

A decisão dos bispos de manter os templos fechados vem após a polêmica e confusa portaria do Governo do Estado que normatiza regras para reabertura de igrejas, somente para orações individuais. O documento que regra a manutenção do fechamento completo das igrejas foi assinado nesta segunda-feira (25) pelos bispos Dom Mariano Manzana (Mossoró), Dom Antônio Carlos (Caicó) e o Arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha (Natal).

24
maio

Festa de Sant’Ana de Caicó 2020

Postado às 13:15 Hs

Por Suébster Neri 

A Celebração acontece há mais de 272 anos no sertão do Seridó e é considerada patrimônio cultural brasileiro. Esse ano, com a pandemia do coronavírus, a Festa de Sant’Ana de Caicó adaptará sua programação para garantir que a população participe de forma virtual.

“As celebrações acontecerão com a igreja fechada e com transmissões ao vivo por rádio, TV e internet. A Paróquia e a Diocese tem a prudência de evitar aglomerações, sem risco à saúde dos fiéis”, explica padre Alcivan Tadeus, pároco de Sant’Ana de Caicó.

A Festa de Sant’Ana 2020 acontecerá de 22 de julho a 02 de agosto e já tem tema definido: “a Fé na Divina Eucaristia e a devoção à Sant’Ana nos fazem fortes na tribulação”.

Outra inovação será a Peregrinação Virtual de Sant’Ana junto às Famílias, que começa no próximo dia 01 de junho, pelo Instagram @catedraldesantana.

“A Catedral vai se multiplicar em muitas, espalhadas pelo Seridó e pelo Brasil a fora. Em família, vamos rezar e festejar Sant’Ana com o mesmo entusiasmo”, reforçou padre Alcivan.

O arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha; o bispo de Mossoró, Dom Mariano Manzana, e o bispo de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz, vão se reunir, na tarde da próxima segunda-feira, 25, por meio virtual, para analisar a portaria publicada pelo governo do estado, no diário oficial, neste sábado, 23, que normatiza funcionamento de templos religiosos.

Na manhã deste sábado, Dom Jaime enviou o seguinte comunicado ao clero da Arquidiocese de Natal: “No Diário Oficial do Estado do RN deste sábado, 23 de maio de 2020, foi publicada a Portaria Nº 004/2020-GAC/SESAP, que estabelece as recomendações sanitárias em vista da reabertura dos templos religiosos.

O referido documento será analisado pelos bispos da Província Eclesiástica de Natal (Natal, Mossoró e Caicó), nesta próxima segunda-feira (25), por meio de reunião virtual. Até lá, permanecem inalteradas as disposições e entendimentos emanados para todo o território da Arquidiocese de Natal. O Senhor Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha, pede que todos se mantenham atentos e no aguardo das novas orientações”.

Um decreto publicado neste sábado (23) autoriza a reabertura e funcionamento de igrejas e templos religiosos no Rio Grande do Norte, que estavam suspensas desde o dia 20 de março em virtude da pandemia do Novo Coronavírus.

Para o funcionamento dos espaços religiosos, foi determinado recomendações sanitárias e de orações individual. No decreto, as pessoas devem respeitar o distanciamento mínimo de 1,5 metros e frequência simultânea de até 20 pessoas. A higienização regular dos ambientes e dos equipamentos de contato também foi estabelecida para reabertura.

É obrigatório a utilização de máscaras de proteção, industriais ou caseiras, pelos frequentadores e funcionários durante todo o tempo em que permanecerem no estabelecimento.

A publicação em Diário Oficial também condiciona o funcionamento dos centros religiosos a “priorização do afastamento” de pessoas colaboradoras da igreja, que pertençam ao grupo de risco da nova doença, como idosos, hipertensos e diabéticos. As igrejas, templos e espaços também ficam autorizadas a transmitir missas e cultos pela internet, desde que sigam as recomendações sanitárias.

A tradicional Festa de Sant’Ana foi cancelada em Currais Novos e Caicó, Seridó potiguar, por causa da pandemia do novo coronavírus. As comemorações à santa padroeira da região vão ocorrer de forma virtual, pelas redes sociais.

É a primeira vez em 260 anos que a festividade não vai acontecer. A Festa De Sant’Ana em Caicó já se tornou patrimônio imaterial. É considerada um dos maiores eventos religiosos do Rio Grande do Norte.

É o momento em que muitos caicoenses que moram fora retornam à cidade para vivenciar o período. Época que também movimenta a economia do município. Só no encerramento da festa, durante a procissão, o evento costuma reunir cerca de 50 mil pessoas.

“Não tem condição de fazer a festa, por causa da pandemia. O prejuízo somente da prefeitura, referente a alvará de funcionamento e ISS, deve ser de R$ 40 mil, sem falar nas pousadas e outros setores, que sentirão o impacto. A cidade sofre com a perda, mas tem que ser feito assim”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Caicó, Redson Roberto.

No município caicoense, a festividade ocorreria entre 22 de julho e 2 de agosto. As celebrações religiosas, como novenas e adorações, foi acontecer pelas redes sociais.

Em Currais Novos, Sant’Anna seria festejada com eventos entre 16 e 26 de julho. O padre Cláudio Dantas, pároco da cidade, diz que, por lá, a festa também será online. “Vamos fazer lives com artistas e tudo o que for possível nesse meio”, adianta.

Fonte:G1/RN

01
maio

TCM transmite hoje live solidária

Postado às 17:38 Hs

TCM Telecom transmite hoje live solidária da Paróquia de Caraúbas 

Live direto da Igreja Matriz de São Sebastião será a partir das 19h com Mater Dei e Canindé Costa

Dando sequência a campanha solidária “Fraternidade e Vida, dom e compromisso” da Paróquia de São Sebastião em Caraúbas, acontece hoje, dia 1°, mais uma live para arrecadar alimentos, materiais de limpeza e higiene pessoal. O grupo Mater Dei e Canindé Costa, cantor católico, serão as atrações da live que começa a partir das 19h, direto da Igreja Matriz de São Sebastião.

A apresentação será transmitida pelo Canal do Assinante da TCM Telecom (sintonizado no Pacote Família no 1 e no Pacote Compacto no 20.7). A live também pode ser conferida pelo canal no YouTube de Canindé Costa.

Os materiais arrecadados durante a programação solidária da Paróquia de São Sebastião serão distribuídos para famílias carentes da cidade de Caraúbas. Participe e ajude. Neste momento de Pandemia do novo coronavírus é tempo de união e Solidariedade.

Por G1

O Papa Francisco celebra neste domingo (12) a missa do Domingo de Páscoa, com a tradicional benção “Urbi et Orbi”, sem a presença de fiéis na Basílica de São Pedro. As orações de Angelus podem ser vistas no site do Vaticano.

No sábado (11), o Papa fez a cerimônia solene de vigília de Páscoa. A celebração também não teve a presença de fiéis tampouco batismos. As medidas são para evitar a disseminação do novo coronavírus. Na última sexta-feira (10), o Papa já havia celebrado a Paixão de Cristo com a Basílica de São Pedro vazia.

Desde a semana passada, o Papa Francisco realizou audiências gerais e o Angelus sem os fiéis para evitar a propagação do novo coronavírus. O pontífice também tem mantido a distância prudente recomendada de seus interlocutores.

A basílica e a Praça de São Pedro permanecem fechadas, seguindo as recomendações das autoridades italianas.

12
abr

O QUE É ESSENCIALMENTE A PÁSCOA

Postado às 6:00 Hs

A palavra Páscoa advém do nome em hebraico Pessach, que significa passagem, raiz da palavra Pessach, entretanto, remete à passagem do anjo exterminador, enviado por Deus para matar todos os primogênitos do Egito na noite do êxodo, noite que antecedia a libertação de Israel da escravidão egípcia. Deus então, orienta a Moisés e Arão, Números 12, a realizar o sacrifício de um cordeiro de um ano, sem defeito, deveria ser assado, seu sangue deveria ser aspergido nas portas das casas, comido com pães asmos (sem fermento) e com ervar amargas. Alí Deus estabelece um memorial. E por quê? Porque Deus quer que Seus feitos milagrosos não sejam esquecidos. No entanto que sua celebração é ordenada por Deus posteriormente: “Estas são as solenidades do Senhor, as santas convocações, que convocareis ao seu tempo determinado: No mês primeiro, aos catorze do mês, pela tarde, é a páscoa do Senhor”. Levítico 23:4,5 e “Celebrem os filhos de Israel a páscoa a seu tempo determinado”, Números 9:2. Portanto, essa festa judaica, a Páscoa, comemorada pelos judeus, significa passagem. É realizada com o objetivo de fazer o povo recordar a libertação da escravidão egípcia. Vale ainda lembrar, que a Páscoa possuía um significado profético, o cordeiro que era imolado nesta festividade, apontava para o sacrifício de Jesus Cristo na Cruz.
12
abr

Mensagem de Páscoa

Postado às 0:06 Hs

Que Deus não permita que eu perca o ROMANTISMO,
mesmo sabendo que as rosas não falam…
Que eu não perca o OTIMISMO, mesmo sabendo que o futuro
que nos espera pode não ser tão alegre…
Que eu não perca a VONTADE DE VIVER, mesmo sabendo que a vida é,
em muitos momentos, dolorosa…
Que eu não perca a vontade de TER GRANDES AMIGOS,
mesmo sabendo que, com as voltas do mundo,
eles acabam indo embora de nossas vidas…
Que eu não perca a vontade de AJUDAR AS PESSOAS,
Mesmo sabendo que muitas delas são incapazes
de ver, reconhecer e retribuir, esta ajuda…
Que eu não perca o EQUILÍBRIO, mesmo sabendo
que inúmeras forças querem que eu caia…
Que eu não perca A VONTADE DE AMAR, mesmo sabendo que a pessoa que
eu mais amo pode não sentir o mesmo sentimento por mim…
Que eu não perca a LUZ E O BRILHO NO OLHAR, mesmo sabendo que muitas coisas
que verei no mundo escurecerão os meus olhos…
Que eu não perca a GARRA, mesmo sabendo que a derrota e a perda
São dois adversários extremamente perigosos…
Que eu não perca a RAZÃO, mesmo sabendo
que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas…
Que eu não perca o sentimento de JUSTIÇA, mesmo
sabendo que o prejudicado possa ser eu…
Que eu não perca o meu FORTE ABRAÇO, mesmo sabendo
que um dia os meus braços estarão fracos…
Que eu não perca a BELEZA E A ALEGRIA DE VIVER, mesmo sabendo
que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma…
Que eu não perca o AMOR POR MINHA FAMÍLIA, mesmo sabendo que ela
muitas vezes me exigiria esforços incríveis para manter a sua harmonia…
Que eu não perca a vontade de DOAR ESTE ENORME AMOR que existe em meu coração,
mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado…
Que eu não perca a vontade de SER GRANDE, mesmo
sabendo que o mundo é pequeno…
E acima de tudo…
Que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente!
Que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um
é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois,,,
A VIDA É CONSTRUÍDA NOS SONHOS
E CONCRETIZADA NO AMOR!

Chico Xavier

10
abr

Dúvidas sobre a Última Ceia de Cristo

Postado às 8:00 Hs

Deu no France Press

A última ceia que Jesus Cristo compartilhou com seus 12 apóstolos na noite da Quinta-feira Santa aconteceu, na realidade, numa quarta-feira, afirma um especialista britânico em livro publicado pela Universidade de Cambridge.

“Descobri que ‘A Última Ceia’ aconteceu numa quarta-feira, em 1º de abril do ano 33”, declarou ao jornal “The Times” o professor Colin Humphreys, da Universidade de Cambridge.

No livro, intitulado “The Mystery of the Last Supper” (“O Mistério da Última Ceia”), o catedrático acrescenta mais uma tese a um tema que divide teólogos e historiadores.

“Esse é o problema: os especialistas em Bíblia e os cristãos acreditam que a última ceia começou depois do pôr do sol de quinta-feira, e a crucificação foi realizada no dia seguinte, às 9h. O processo de julgamento de Jesus aconteceu em várias áreas de Jerusalém. Os especialistas percorreram a cidade com um cronômetro para ver como podiam ocorrer todos os acontecimentos entre a noite de quinta-feira e a manhã de sexta-feira: a maioria concluiu que era impossível”, enfatizou o professor, segundo trechos do livro.

Os discípulos Mateus, Marcos e Lucas dizem que a última ceia foi uma refeição pascoal, enquanto João afirma que aconteceu antes da Páscoa judaica.

“A solução que encontrei é que todos têm razão, mas que se referem a dois calendários diferentes”, explica o pesquisador.
Reconciliando os dois calendários, o professor concluiu que a última ceia aconteceu, na verdade, na véspera da Quinta-feira Santa.

10
abr

Paixão de Cristo

Postado às 7:28 Hs

Para alguns apenas um feriado…

Hoje é Sexta-feira Santa, ou ‘Sexta-Feira da Paixão’, mas você sabe o significado da data? Para muito é só mais um feriado, mas para os católicos é a data em que os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos.

Segundo a tradição cristã, a ressurreição de Cristo aconteceu no domingo seguinte ao dia 14 de Nisã, no calendário hebraico. A mesma tradição refere ser esse o terceiro dia desde a morte. Assim, contando a partir do domingo, e sabendo que o costume judaico, tal como o romano, contava o primeiro e o último dia, chega-se à sexta-feira como dia da morte de Cristo.

Na sexta santa é o único dia que não se celebra a Missa e não há consagração das hóstias, apenas é celebrado a Solene Ação Litúrgica, Paixão e Adoração da Cruz onde inicia-se com a equipe de celebração entrando em silencio, e o padre se prostrando no altar em sinal de humildade e de tristeza.É realizada a narrativa da paixão, que narra os acontecimentos desde quando Jesus foi interrogado, a Oração Universal, que reza polos que não crêem e Deus e em Cristo, pelos Judeus, pelos poderes públicos, dentre outros, e a Adoração da Cruz.

Tempo de reflexão sem dúvida nenhuma… Uma boa páscoa a todos !

10
abr

Tradição cristã

Postado às 5:45 Hs

 

Neste domingo(12) comemoramos a Páscoa cristã que celebra a Ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu por três dias, até sua ressurreição. É o dia santo mais importante da religião cristã. Muitos costumes ligados ao período pascal originam-se dos festivais pagãos da primavera. Outros vêm da celebração do Pessach, ou Passover, a Páscoa judaica, que é uma das mais importantes festas do calendário judaico, celebrada por 8 dias e onde é comemorado o êxodo dos israelitas do Egito, da escravidão para a liberdade. Um ritual de passagem, assim como a “passagem” de Cristo, da morte para a vida.

A última ceia partilhada por Jesus Cristo e seus discípulos é narrada nos Evangelhos e é considerada, geralmente, um “sêder do pesach” – a refeição ritual que acompanha a festividade judaica, se nos ativermos à cronologia proposta pelos Evangelhos sinópticos. O Evangelho de João propõe uma cronologia distinta, ao situar a morte de Cristo por altura da hecatombe dos cordeiros do Pessach. Assim, a última ceia teria ocorrido um pouco antes desta mesma festividade.

Tradição do Ovo

A tradição dos ovos e coelhos de Páscoa, sinônimo de renascimento e fertilidade, ganha cada vez mais adeptos em todo o mundo, para a alegria das crianças, que são os que mais aproveitam os doces.

Segundo a Enciclopédia Católica, este costume pode ter sua origem numa “grande quantidade de costumes pagãos, que eram realizados no retorno da primavera (no hemisfério norte) e se introduziram na Páscoa. O ovo representa a vida que germina no começo da primavera”.

Em uma cerimônia diferente da tradicional e em uma Basílica de São Pedro praticamente vazia, o papa Francisco celebrou a missa “in Coena Domini”, que marca a Quinta-Feira Santa para os católicos. A principal mensagem do Pontífice foi para os sacerdotes que estão atuando tanto em missões ao redor do mundo como aqueles que estão ajudando na linha de frente por conta da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

“Dedico hoje aos sacerdotes que dão a vida pelo Senhor. Nesses dias, morreram mais de 60 padres aqui na Itália no cuidado com os doentes e também nos hospitais. Morreram também médicos e enfermeiros, que são os santos da porta ao lado. Todos morreram servindo”, disse abrindo a sua homilia.

Baseando a fala em três pontos principais, “eucaristia, serviço e unção”, o Santo Padre fez uma reflexão também para aqueles religiosos que vivem em locais remotos, dizendo que queria estar próximo daqueles “recém-ordenados ou já Papas”.

08
abr

Na telinha

Postado às 17:02 Hs

Programação da  Semana Santa na TCM Telecom

A programação especial da Semana Santa que a TCM Telecom leva ao ar através do Canal TCM 10 HD começou com a transmissão da Missa do Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor, no último dia 5. As transmissões voltam a acontecer nesta quinta-feira, 09, e seguem até o Domingo de Páscoa, com exibição ainda de espetáculos da Paixão de Cristo de anos anteriores. Vale ressaltar que o bispo diocesano de Mossoró, Dom Mariano Manzana, está presidindo as celebrações da Semana Santa a portas fechadas e sem público em atendimento às medidas de prevenção ao Coronavírus. Confira a seguir a programação do Canal TCM HD:

Quinta Santa, dia 09:

Missa da Ceia do Senhor, às 19h;

Sexta da Paixão, dia 10:

Celebração da Paixão do Senhor, às 16h;

A Paixão de Cristo do Mosteiro de Santa Clara, às 20h15;

Sábado Santo, dia 11:

Vigília Pascal, às 19h;

A Paixão de Cristo do Sítio Góis, às 16h;

Domingo de Páscoa na Ressurreição do Senhor, dia 12:

Missa de Páscoa, às 11h.

Alberto Pizzoli/AFP

O Papa Francisco oficiou a missa do Domingo de Ramos, que marca a entrada da Semana Santa, em uma Basílica de São Pedro deserta devido à pandemia de coronavírus.

Em 15 de março, o Vaticano anunciou que todas as celebrações litúrgicas da Páscoa seriam realizadas “sem a presença física dos fiéis” na praça de São Pedro.

Assim, neste domingo (5) o Papa abençoou os Ramos em uma basílica vazia, exceto por alguns poucos religiosos, cada um sentado em um banco.

A missa foi transmitida ao vivo no site do Vaticano, como também será no próximo domingo para a missa da Páscoa, a celebração mais importante do cristianismo.

“Hoje, no drama da pandemia, diante de tantas certezas que desmoronam, diante de tantas expectativas traídas, com o sentimento de abandono que oprime nossos corações, Jesus diz a cada um: ‘Coragem, abra seu coração ao meu amor Você sentirá o consolo de Deus, que o sustenta ‘, disse o papa argentino.

FolhaPress

05
abr

Por que “Domingo de Ramos” ?

Postado às 6:00 Hs

Domingo de Ramos é o dia em que celebramos a “entrada triunfal” de Jesus em Jerusalém, exatamente uma semana antes da sua ressurreição (Mateus 21:1-11). Cerca de 450-500 anos antes, o profeta Zacarias havia profetizado: “Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém: eis aí te vem o teu Rei, justo e salvador, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de jumenta” (Zacarias 9:9). Mateus 21:7-9 registra o cumprimento dessa profecia: “…trouxeram a jumenta e o jumentinho. Então, puseram em cima deles as suas vestes, e sobre elas Jesus montou. E a maior parte da multidão estendeu as suas vestes pelo caminho, e outros cortavam ramos de árvores, espalhando-os pela estrada. E as multidões, tanto as que o precediam como as que o seguiam, clamavam: Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas maiores alturas!” Este evento aconteceu no domingo antes da crucificação de Jesus.

Em memória deste evento é que nós celebramos o Domingo de Ramos. Este dia tem esse nome por causa dos ramos de palmeira que foram colocados na estrada enquanto Jesus montava no jumento em Jerusalém. Domingo de Ramos foi o cumprimento das “setenta semanas” do profeta Daniel: “Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar e para edificar Jerusalém, até ao Ungido, ao Príncipe, sete semanas e sessenta e duas semanas; as praças e as circunvalações se reedificarão, mas em tempos angustiosos”(Daniel 9:25). João 1:11 nos diz: “Ele Veio para o que era seu, e os seus não o receberam”. As mesmas multidões que gritaram “Hosana” agora estavam gritando “Crucifica-o” cinco dias depois (Mateus 27:22-23).

 

O sentido da festa do Domingo de Ramos tratar tanto da entrada triunfal de Cristo em Jerusálem, e depois recordar sua Paixão, é que essas duas datas estão intrinsecamente unidas. A Igreja recorda que o mesmo Cristo que foi aclamado como rei pela multidão no domingo, é crucificado sob o pedido da mesma multidão na sexta. Assim, o Domingo de Ramos é um resumo dos acontecimentos da Semana Santa e também sua solene abertura.

Em muitas igrejas, as folhas de palmeira são guardadas para serem queimadas na Quarta-feira de Cinzas do ano seguinte. A Igreja Católica considera que as folhas abençoadas como sagradas.

05
abr

Início da Páscoa

Postado às 0:11 Hs

Domingo de Ramos

O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, com a da entrada de Jesus em Jerusalém. Jesus é recebido em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenaram à morte. Jesus é recebido com ramos de palmeiras. O Domingo de Ramos é a festa litúrgica que celebra a entrada de Jesus Cristo na cidade de Jerusalém. É também a abertura da Semana Santa. Nesse dia, são comuns procissões em que os fiéis levam consigo ramos de oliveira ou palmeira, o que originou o nome da celebração. Segundo os Evangelhos, Jesus foi para Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os(discípulos). Entrou na cidade como um Rei, mas sentado num jumentinho – o simbolo da humildade – e foi aclamado pela população como o Messias, o Rei de Israel. A multidão o aclamava: “Hosana ao Filho de Davi!” Isto aconteceu alguns dias antes da sua Paixão, Morte e Ressurreição. A Páscoa Cristã celebra então a Ressurreição de Jesus Cristo.

História A procissão do Domingo de Ramos surgiu depois que um grupo de cristãos da Etéria fez uma peregrinação a Jerusalém e, ao retornar, procedeu na sua região da mesma forma que havia feito nos lugares santos, lembrando os momentos da Semana Santa. O costume passou a ser utilizado gradualmente por outras igrejas e, ao final da Idade Média, foi incorporado aos ritos da Semana Santa…. O Rito A celebração do Domingo de Ramos começa em uma capela ou igreja afastada de onde será rezada a Missa. Os ramos que os fiéis levam consigo são abençoados pelo sacerdote.

A Semana Santa é uma tradição religiosa do Cristianismo que celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo. A Semana Santa se inicia na quarta feira de Jesus Cristo em Jerusalém, que ocorre do domingo de ramos, e tem seu término com a ressurreição de Jesus Cristo, que ocorre no domingo de Páscoa.

http://2.bp.blogspot.com/_nNiqDAwxt3E/S7e_LcCnlLI/AAAAAAAAAVY/EAuPC9SMPzo/s400/semana-santa3.jpg

Atitude inédita permite que mais de 1,3 bilhão de católicos obtenham a indulgência plenária, ou seja, o perdão de seus pecados, em meio a medidas de confinamento que afetam mais de 3 bilhões de pessoas.

O Papa Francisco rezou nesta sexta-feira (27) sozinho diante da imensa praça de São Pedro vazia e deu a bênção e a indulgência plenária ao mundo pela pandemia de coronavírus que o assola. Não há registro de gesto semelhante na história do Vaticano.

Foi um ritual inédito, durante o qual ele deu a bênção “Urbi et Orbi” (à cidade e ao mundo) a todos os fiéis. A bênção permite que mais de 1,3 bilhão de católicos obtenham a indulgência plenária, ou seja, o perdão de seus pecados, em um momento tão difícil, com medidas de confinamento que afetam mais de 3 bilhões de pessoas.

A bênção extraordinária Urbi et Orbi é a mesma que os pontífices costumam transmitir apenas em 25 de dezembro e no domingo de Páscoa, datas em que se lembra o nascimento e a morte de Jesus. A imagem do chefe da Igreja católica orando sozinho diante da imensa esplanada pelo fim da guerra contra um inimigo invisível é quase cinematográfica.

maio 30
sábado
08 08
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
96 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5824500 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram