De acordo com as regras previstas no edital nº11/2019, 39 profissionais foram selecionados para atuar na Atenção Primária das unidades de saúde do Rio Grande do Norte. Eles começam a atuar já neste mês de junho. Nesta fase, 28 cidades potiguares foram contempladas.

O Ministério da Saúde publicou na última quarta-feira, 19, o resultado dos que foram selecionados para atuar na Atenção Primária das unidades de saúde. Esses profissionais devem se apresentar nos municípios entre os dias 24 e 28 de junho para o início das atividades de atendimento à população.

Segundo o MS, os municípios contemplados neste edital do Mais Médicos são de áreas historicamente com maiores dificuldades de acesso – a exemplo das ribeirinhas, fluviais, quilombolas e indígenas – e que dependem do atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Foram oferecidas aos médicos 2.149 vagas, conforme indicação dos gestores locais sobre a quantidade necessária de profissionais para atendimento em suas unidades de saúde.

20
jun

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 19:23 Hs

  • A governadora Fátima Bezerra assinou decreto estabelecendo novas regras para reduzir o imposto cobrado sobre o preço dos combustíveis de aviação. Na gestão passada o governador Robinson Faria baixou a alíquota de 17% para 12%. Pelas normas do governo Fátima, o índice pode chegar a zero. Se não baixar as tarifas aéreas, como se esperou que acontecesse nos últimos 4 anos, pelo menos poderá atrair mais voos para o Rio Grande do Norte. Boa notícia !
  • O prefeito de Natal e candidato à reeleição já tem dois pré-candidato a sua sucessão declarados: o deputado estadual Hermano Morais, que está de malas arrumadas para deixar o MDB, e um candidato do PT cujo nome ainda não foi revelado.
  • No comunicado em que anunciou a decisão de manter a taxa básica de juros em 6,5% ao ano, o Comitê de Política Monetária (Copom) deixou a porta aberta para uma queda da Selic nas próximas reuniões, de acordo com economistas.Para um corte se materializar, no entanto, será preciso que o governo consiga avançar na agenda de reformas, sobretudo na da Previdência.
  • Causou surpresa até mesmo nos círculos governistas a retirada da articulação política do governo Bolsonaro que estava sob a responsabilidade do ministro chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni. Embora afirme-se o contrário, é uma perda de prestígio do ministro.
  • Uma pesquisa conduzida pela “Wellcome Global Monitor” em 140 países e divulgada nesta quarta-feira (19) mostra que os brasileiros, apesar do aumento da desconfiança em relação às vacinas em algumas regiões do mundo, acreditam na importância da imunização, pelo menos na infância.
    Entre as mil pessoas entrevistadas no país, 97% afirmaram “concordar fortemente” ou “concordar” com a importância de que as crianças sejam vacinadas. A proporção é maior que a média global (92%) e que os índices observados em vizinhos como o Chile (89%), Uruguai (94%) e Peru (95%).
  • Praticamente todas os brasileiros já devem ter passado pela situação chata onde os pinos de um eletrônico não puderam ser conectados às tomadas de casa. Depois de muitas reclamações e xingamentos do Twitter, as pessoas finalmente se acostumaram ao padrão — mas isso não significa que as controvérsias em torno dele cessaram. É que o assessor internacional do presidente Jair Bolsonaro, Filipe Garcia Martins, essas tomadas podem estar com os dias contados. Em uma publicação na rede de microblogs, ele defendeu o fim do modelo de pinos atual.Pelo visto, o presidente do Brasil já está estudando uma norma para revogar o uso das tomadas de três pinos, que se encontra em vigor desde 2011.
14
jun

Campanha

Postado às 13:39 Hs

Em comemoração ao Dia Mundial do Doador, o Hemocentro lança amanhã (14), às 9 horas, a campanha de doação de sangue para o período junino. Com o tema “Neste São João venha pro arrasta-pé da doação”, a campanha visa aumentar o número de doações e garantir o atendimento às demandas transfusionais para o período junino.

Atualmente o estoque do Hemocentro encontra-se  baixo para atender às demandas do período. A meta é aumentar as doações e atingir um estoque de 800 a 1.000 bolsas/dia. Todos os anos, neste período, as necessidades transfusionais aumentam devido aos acidentes com fogos e várias situações de emergência, além dos pacientes hematológicos que fazem uso constante do sangue.

Para celebrar o Dia Mundial do Doador, que se comemora em 14 de junho, o Hemocentro preparou uma programação toda especial para parabenizar e agradecer aqueles que doam vida. O doador que comparecer ao Hemocentro será recebido com um lanche ao som do cantor Germano Luiz.

Além dessas ações, o Hemocentro, durante o mês de junho está intensificando as campanhas externas com a Unidade Móvel de Coleta para manter o estoque equilibrado no período junino e férias de julho.

O Dia Mundial do Doador de Sangue foi criado em 2005 pela Organização Mundial de Saúde com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da doação voluntária de sangue e homenagear aqueles que são doam vida.

12
jun

Ação Parlamentar

Postado às 19:15 Hs

Deputado Allyson Bezerra pede apoio ao senador Styvenson para credenciamento de novos leitos de UTI no RN

O deputado estadual Allyson Bezerra (Solidariedade) participou de audiência nesta terça-feira (11), em Brasília, com o Senador Styvenson Valentim (Podemos).

Allyson solicitou apoio do parlamentar para agilizar o credenciamento a nível federal de dez leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Luiz, em Mossoró.

O deputado mossoroense destacou que após cerca de dois anos, o hospital conseguiu o credenciamento no âmbito estadual. Agora, é preciso unir forças em Brasília para que a conquista aconteça no Sistema Único de Saúde (SUS), última etapa desse processo.

“O hospital tem plenas condições de realizar esse tipo de atendimento, e a mesma luta que fizemos pela aprovação no estado, fazemos agora. O RN passa por uma situação crítica na saúde e os leitos ajudarão a população de Mossoró e região que agoniza na espera de um leito. Ao todo, mais de 50 municípios podem ser beneficiados com o credenciamento”, afirmou Allyson.

O deputado mossoroense cumpre agenda intensa em Brasília nesta terça-feira, 11, e também nos dias 12 e 13. Na pauta, questões das áreas da saúde, infraestrutura e economia do estado.

Fonte: Assessoria

Segue abaixo nota com a decisão do Governo do Estado de não mais fechar o Hospital Ruy Pereira.

O Governo do Estado reuniu nesta segunda-feira, 10, o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, o secretário adjunto de Saúde, Petrônio Spinelli, e técnicos da pasta, e tomou a decisão de manter as atividades do Hospital Ruy Pereira. Ficou definido que será renovado o contrato de aluguel pelo período que for necessário e serão realizados novos laudos de avaliação das condições estruturais para o funcionamento no prédio onde está instalada a unidade de saúde.

Também ficou definido que as medidas a serem tomadas serão discutidas previamente com a sociedade e com órgãos de fiscalização e controle. O objetivo do Governo do Estado é, além de manter as atividades do Hospital Ruy Pereira, melhorar e ampliar os serviços prestados com ganho de qualidade e quantidade.

O Rio Grande do Norte superou a meta na 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, imunizando 92,41% do público-alvo, o que representa uma cobertura vacinal de 917.891 pessoas e coloca o estado em 7º lugar no ranking da vacinação em todo o país.

A meta do Ministério da Saúde era atingir 90% do público alvo da campanha: as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), indivíduos com 60 anos ou mais de idade, os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas, os povos indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Números no RN

Confira o percentual de cobertura vacinal no estado por grupos prioritários:

Crianças: 88,6%

Gestantes: 91,3%

Trabalhador de Saúde: 91,8%

Puérperas: 109,3%

Indígenas: 96,1%

Idosos: 92,1%

Professores: 97,5%

Comorbidades: 101,9%

Privados de Liberdade: 62,9%

O Governo do Estado entregou na última sexta-feira (31/05), sete novas ambulâncias e um veículo de apoio administrativo para sete hospitais regionais. O investimento é de R$ 1,27 milhão, com financiamento do projeto Governo Cidadão.

As ambulâncias são destinadas aos hospitais regionais de São Paulo do Potengi, Santo Antônio, João Câmara, Caicó, São José de Mipibu, Pau dos Ferros e Assu, beneficiando os cidadãos das regiões Potengi, Agreste, Mato Grande, Seridó, Alto Oeste e Central/Vale do Açu.

“A nossa meta é melhorar cada vez mais a estrutura do trabalho do serviço público estadual de saúde que também inclui o SAMU. Aos nossos servidores e diretores dos hospitais agradeço o empenho de cada um e renovo o apelo para que possamos nos dedicar cada vez mais a melhorar o atendimento à saúde do povo do Rio Grande do Norte. Hoje temos cinco mil pessoas na fila esperando por cirurgias. Enquanto houver uma pessoa na fila aguardando por cirurgias eu não vou me conformar, vamos continuar trabalhando para melhorar o atendimento da saúde pública ao nosso povo”, afirmou Fátima Bezerra.

SUPORTE E ESTRATÉGIA

O secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, disse que as novas ambulâncias darão suporte aos Hospitais Regionais e irão reduzir a demanda do SAMU com o deslocamento de pacientes. “Isto fortalece os serviços regionais e é parte de uma estratégia de fortalecimento da regionalização que passa pela parceria com os municípios, consolidando a ideia da cooperação Federativa e que culminará com a gestão de serviços através de consórcios regionais. Para isso precisamos contar com a participação dos profissionais de saúde que fazem o trabalho na atenção hospitalar, também aqueles que atuam na atenção básica e especializada para garantir saúde de qualidade a todos”, explicou Cipriano.

Mais de 90% da população brasileira não tem o hábito de fumar. Segundo pesquisa do Ministério da Saúde divulgada nesta sexta-feira (31), 9,3% dos brasileiros afirmavam ser fumantes em 2018. Nos últimos 12 anos, a quantidade de pessoas que fumam caiu 40% no país.
Em 2006, os fumantes eram 15,6% da população, de acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel). A pesquisa marca o Dia Mundial Sem Tabaco. De acordo com o ministério, há uma “tendência nacional de queda constante desse hábito nocivo para a saúde” no Brasil. Entre as capitais, a maior prevalência de fumantes está em Porto Alegre, com 14,4% das pessoas, São Paulo (12,5%) e Curitiba (11,4%).

Estão abertas a partir desta segunda-feira (27) as inscrições para o Programa Mais Médicos. Elas vão até o dia 29. Esta é a segunda vez que o Ministério da Saúde abre o programa para novos interessados desde a saída dos médicos cubanos. Agora, o objetivo é contratar 2.212 médicos que devem atuar em 1.185 municípios considerados vulneráveis e 13 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs).
A expectativa do ministério é de que os médicos comecem a atuar já em junho. Entre os requisitos necessários para fazer a inscrição estão ser formado em medicina e possuir a habilitação em qualquer Conselho Regional de Medicina do país – CRM válido. O edital para os candidatos foi publicado em 13 de maio. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no site do Mais Médicos.

25
maio

Acidentes custam R$ 42 milhões no RN ao SUS

Postado às 15:05 Hs

Os acidentes de trânsito no país custam, além de vidas, bilhões de Reais aos cofres públicos. De acordo com levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM), entre 2009 e 2018, 1,6 milhão de pessoas ficaram feridas no país e precisaram de atendimento médico, ao custo direto de quase R$ 3 bilhões para o Sistema Único de Saúde (SUS). No Rio Grande do Norte, os gastos somaram R$42,4 milhões nos últimos nove anos.

Pelo levantamento, foi apontado que a cada 60 minutos, em média, pelo menos cinco pessoas morrem vítimas de acidente de trânsito no Brasil. Entre 2009 e 2018, o Rio Grande do Norte teve 25.682 internações decorrentes dos acidentes nas ruas e rodovias que cruzam o estado. Apesar do número, o estado é o terceiro com menos internações acumuladas do Nordeste, somando mais internações somente do que Sergipe (14.687) e Alagoas (21.212).

22
maio

Números positivos

Postado às 8:15 Hs

Mais de 300 mil pessoas consideradas do público-alvo ainda não se vacinaram contra o vírus influenza no Rio Grande do Norte. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na tarde desta terça-feira (21) com números de todo o Brasil da 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza.

Segundo o relatório, o Rio Grande do Norte vacinou 685.322 pessoas até o momento e a expectativa é de que 993.277 pessoas sejam atendidas. Atualmente, o número de pessoas vacinadas corresponde a 69% do total. A campanha teve início no dia 10 de abril e no Brasil mais de 37 milhões de pessoas foram imunizadas até o momento – a intenção é que sejam 59 milhões. A campanha se encerra no próximo dia 31.

20
maio

Acontece

Postado às 15:13 Hs

Mistura de temperos e ritmos farão parte da Feijoada Solidária, promovida pela Associação de Apoio aos Portadores de Câncer de Mossoró e Região (AAPCMR), neste domingo, 26, no Requinte Buffet. A programação contará com animação da banda Forró dos 3 e da cantora Dayanne Nunes, além da participação de Renata Falcão. Os artistas locais aceitaram o convite para se apresentarem voluntariamente. As senhas para o evento estão à venda, ao valor de R$ 20,00 na Unidade Adulto da Associação e no Espaço Solidário, loja cedida pelo Partage Shopping à instituição.

O processo de credenciamento de 10 leitos de UTI do Hospital São Luiz ao Sistema Único de Saúde (SUS) teve um avanço significativo nesta semana.

Após aprovado no Conselho Municipal de Saúde, a Comissão Intergestora Bipartide (CIB) reconheceu a necessidade de novos leitos de UTI para a região de Mossoró.

Agora, o processo segue para a Comissão de Intergestores Tripartide (CIT) do Ministério da Saúde, que pode aprovar ou desaprovar.

O Hospital São Luiz, localizado em Mossoró, é uma instituição privada, que busca credenciar 10 leitos de UTI ao SUS e mais seis leitos de retaguarda. É preciso seguir um rigoroso trâmite até esse credenciamento. Esse processo, caso tenha êxito, vai assegurar que os leitos sejam utilizados pelo SUS, via recursos do Ministério da Saúde.

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (Cosems-RN) empossará sua nova diretoria executiva, conselho fiscal e conselho diretor, nesta quarta-feira (15). O evento acontecerá na Escola de Governo, no Centro Administrativo do Estado, em Natal, a partir das 11 horas.

A nova direção, que guiará o Colegiado nos próximos dois anos, foi eleita em assembleia geral em 17 de abril. Aberto em 15 de março de 2019 o processo eleitoral foi conduzido pela comissão formada por Solane Maria Costa (presidente), Simone Helena de Azevedo França (relatora) e José Sueldo Guedes de Queiroz (secretário), ambos pertencentes aos quadros do Conselho. A nova configuração do Colegiado, eleita em chapa única, por aclamação, tem a secretária municipal de saúde de Doutor Severiano, Maria Eliza Garcia, como nova presidente.

Pedagoga, Maria Eliza Garcia, 49, é natural de Pau dos Ferros. Radicada em Doutor Severiano, Eliza está há 10 anos à frente da secretaria de saúde deste município e sempre participou ativamente das discussões em torno do Sistema Único de Saúde (SUS) nas plenárias do Conselho de Secretarias, onde já foi vice-presidente regional e primeira vice-presidência da Instituição.

11
maio

Informes

Postado às 10:51 Hs

FEMURN e Cosems alinhados sobre posicionamentos referentes ao SUS potiguar
Parte da diretoria do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (Cosems-RN) teve audiência nesta quinta-feira (09) com o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) e prefeito de São Paulo do Potengi, José Leonardo Cassimiro de Araújo. A pauta do encontro girou em torno de consórcios públicos, além dos serviços de urgência, de obstetrícia e de cirurgias eletivas realizados no Estado.
Participaram do encontro a presidente do Cosems e secretária municipal de saúde de São José do Seridó, Debora Costa; a primeira vice-presidente e presidente eleita, Maria Eliza Garcia, atual secretária municipal de saúde de Doutor Severiano; a segunda vice-presidente e secretária municipal de saúde de São Paulo do Potengi, Dailva Bezerra; e o secretário-executivo do Conselho de Secretarias, Sueldo Queiroz.
“Alinhamos posicionamentos com a FEMURN sobre os principais debates regionais do SUS potiguar a exemplo das discussões em torno dos consórcios públicos e dos serviços de urgência, obstetrícia e cirurgias eletivas”, destacou a presidente Debora Costa, frisando que uma nova audiência será agendada entre Cosems e Federação dos Municípios, desta vez com a presença do titular da Secretaria de Estado da Saúde Pública, doutor Cipriano Maia.

Faltando 24 dias para o fim da campanha de vacinação contra a gripe, 32,6 milhões de pessoas ainda não se vacinaram. O balanço foi divulgado pelo Ministério da Saúde na terça-feira (7). A meta do ministério é vacinar 59,5 milhões de pessoas, mas até o momento 26,9 milhões (45%) foram vacinadas em todo país. A campanha acontece até o dia 31 de maio.

No sábado (4), o Dia D de mobilização vacinou 5,5 milhões de pessoas. A vacina da gripe este ano protege contra três subtipos graves da influenza: A H1N1, A H3N2 e influenza B. Até 20 de abril, foram registrados 427 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza em todo o país, com 81 mortes.

08
abr

Vacinação

Postado às 9:00 Hs

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa na próxima quarta-feira (10) em todo o país. De acordo com o Ministério da Saúde, a imunização, este ano, foi antecipada em cerca de 15 dias em relação aos anos anteriores, quando a campanha teve início na segunda quinzena de abril. Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 1 ano e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, segundo o ministério, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo.
06
abr

Acontece

Postado às 15:51 Hs

O Saúde na Praça, realizado pela UnP, integrante da rede Laureate, e inserido no projeto Viva Rio Branco, através da Prefeitura de Mossoró, retoma suas atividades no dia 7 de abril, quando é comemorado o Dia Mundial da Saúde. Pelo terceiro ano consecutivo, o projeto oferecerá atendimentos gratuitos de Saúde, Educação e Lazer, promovendo qualidade de vida para a comunidade. Nesta primeira edição de 2019, as atividades serão concentradas em dois pontos da Avenida Rio Branco. Segundo o Prof. Dr. Wanderley Fernandes, Coordenador do Projeto, das 16h às 19h, no Memorial da Resistência e na Praça do Teatro Dix-Huit Rosado, alunos da UnP estarão disponíveis com diversas atividades: “No Memorial, haverá o Piquenique Literário, com a ‘contação de histórias’, através de alunos de Pedagogia e dos Anjos da Enfermagem.
jun 24
segunda-feira
15 15
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
22 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5788098 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram