21
fev

Em ação

Postado às 18:25 Hs

Projeto de Lei é o primeiro do ano apresentado pelo mandato do vereador Rondinelli Carlos (PMN). Garantir a proteção, inclusão e o acompanhamento educacional adequado para alunos com epilepsia na Rede Municipal de Ensino de Mossoró. Esse é o objetivo do Projeto de Lei nº 14/2019, apresentado pelo vereador Rondinelli Carlos (PMN) no retorno dos trabalhos legislativos deste ano. De acordo com o parlamentar, as diretrizes da Política Pública Municipal de Proteção, Inclusão e Acompanhamento dos Alunos com Epilepsia configuram-se como mecanismos estratégicos de enfrentamento aos problemas resultantes de algumas limitações sofridas por esses discentes.
Por: José de Paiva Rebouças. Apesar do avanço da ciência, o câncer ainda é uma das doenças mais temidas da humanidade. A Agência Internacional de Pesquisa em Câncer, ligada à Organização Mundial de Saúde (OMS), estimou 18 milhões de novos casos no ano passado, com crescimento de 28% nos últimos seis anos. Isso significa que um em cada cinco homens e uma em cada seis mulheres no mundo desenvolverá câncer durante a sua vida. Por se tratar de uma doença de múltiplos fatores causada pelo acúmulo de mutações genéticas que levam à proliferação anormal de tecidos, é difícil traçar um único caminho para o tratamento do câncer. Contudo, novo estudo publicado no New Journal of Chemistry por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) abre caminhos para a realização de tratamentos mais efetivos usando o direcionamento de nanopartículas.
O prazo para aderir ao programa Saúde na Escola (PSE), que terminaria hoje (15), foi prorrogado até o dia 28 deste mês. Até o momento, segundo o Ministério da Saúde, 4.520 cidades indicaram escolas públicas que realizarão, por dois anos, atividades de educação em saúde. O credenciamento é feito no site e-Gestor Atenção Básica com o CPF e senha do perfil cadastrado como “gestor municipal” vinculado ao “módulo PSE”. Caso o gestor não seja habilitado ou não tenha perfil no módulo PSE, é o CNPJ e a senha do Fundo Municipal de Saúde que devem gerenciar o cadastro. Pelo programa, os municípios recebem incentivos financeiros do governo federal para realizar ações de prevenção de doenças e promoção da saúde com estudantes. A partir deste ano, para participar, os gestores municipais devem indicar especificamente as escolas beneficiadas. Pelo menos 50% das escolas prioritárias – escolas quilombolas, indígenas, rurais e com a maioria dos estudantes beneficiários do Bolsa Família – devem ser pactuadas.
14
fev

De volta a Brasília

Postado às 0:32 Hs

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) chegou por volta das 14h30 desta quarta-feira (13) a Brasília após ter recebido alta do hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois de 17 dias de internação em razão de cirurgia para a retirada de bolsa de colostomia.
Bolsonaro deixou o hospital por volta das 12h20, e seguiu para o Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul, de onde decolou o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que o levou para a capital federal. Ele chegou às 14h55 à residência oficial do Palácio da Alvorada, onde deverá passar o restante do dia.
O boletim médico, divulgado pelo hospital logo após a saída do presidente, afirma que Bolsonaro “recebeu alta nesta manhã com o quadro pulmonar normalizado, sem dor, afebril, com função intestinal restabelecida e dieta leve por via oral”.

O texto diz ainda que, durante o período de internação, o presidente “realizou exercícios de fisioterapia respiratória e motora, com períodos de caminhada fora do quarto. Medidas de prevenção de trombose venosa também foram adotadas.”

Bolsonaro comentou a alta em suas redes sociais. “Foram 3 cirurgias e mais de 1 mês no hospital nestes últimos 5 passados. Finalmente deixamos em definitivo o risco de morte após a tentativa de assassinato de ex-integrante do PSOL. Só tenho a agradecer a Deus e a todos por finalmente poder voltar a trabalhar em plena normalidade”, disse por meio de sua conta no Twitter.

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta e deixou o Hospital Albert Eintein no início da tarde desta quarta-feira, depois de passar 18 dias internado para fazer a operação de retirada da bolsa de colostomia.

O presidente seguirá de carro até o aeroporto de Congonhas e então embarca para Brasília. O esquema de segurança no hospital foi reforçado para a saída do presidente do local. Policiais da Rota e do Exército, além de bombeiros, estão posicionados em uma das garagens do hospital, em São Paulo.

Batedores da polícia do Exército, policiais militares, bombeiros e funcionários do Samu também foram acionados. Bolsonaro estava internado desde o último dia 27. A permanência dele no hospital foi além das expectativas iniciais porque após a cirurgia ele teve pneumonia e precisou ser submetido a um tratamento com antibióticos.

O retorno ao trabalho deverá ser aos poucos, segundo recomendação médica. Bolsonaro terá que evitar viagens longas e manter uma dieta controlada pelos próximos dias.

O Globo

O boletim médico divulgado pelo hospital Albert Einstein na tarde deste sábado, 9, informa que o presidente Jair Bolsonaro está sem febre e seu quadro é de boa ‘boa evolução clínico-cirúrgica’. “O quadro pulmonar está em regressão e houve melhora dos exames laboratoriais”, diz a nota. Além disso, o boletim afirma que o presidente aceitou bem a ‘dieta cremosa’ oferecida neste sábado. O tratamento segue com antibióticos em função da pneumonia detectada na última quarta-feira. O presidente tem realizado exercícios respiratórios e caminhado fora do quarto. As visitas seguem restritas. Mais cedo neste sábado, Bolsonaro publicou em suas redes sociais uma foto almoçando. “Uma pequena pausa para o almoço!”, escreveu. Ele aparece tomando um caldo e na bandeja tem um sorvete.
06
fev

Em Apodi

Postado às 18:23 Hs

Município de Apodi lança programa com atendimentos específicos para crianças.

O município de Apodi lançou, nesta terça-feira (05), o programa Melhor Infância, que visa oferecer uma série de atendimentos médicos especializados a crianças pequenas em um único lugar. A ideia foi anunciada pelo prefeito Alan Silveira, durante reunião com a equipe técnica da Saúde.

O programa consiste em um mutirão com as demandas infantis das Unidades Básica de Saúde. A primeira edição do programa vai acontecer neste sábado (09), na Creche Modelo do bairro Cruz de Almas, em parceria com a Universidade Potiguar (UNP).

Na ocasião, serão oferecidos atendimentos pediátrico, odontológico, nutricional, vacinação, ultrassonografia e de apoio ao diagnóstico às crianças de 0 a 7 anos. A previsão que os profissionais atendam cerca de 250 crianças. “Esse projeto partiu do professor doutor Micusi, da UNP Natal, que nos procurou e perguntou se tínhamos interesse na parceria. Nós aceitamos de cara, pois sabemos o quanto será benéfico para as nossas crianças”, destacou Alan Silveira.

Durante a parceria, a Universidade Potiguar irá enviar para Apodi cerca de 40 profissionais, entre estudantes residentes e professores, para atuar no município. A triagem e encaminhamento das crianças para atendimento no programa Melhor Infância irá acontecer nas UBS’s e no Centro de Saúde.

 

04
fev

Greve

Postado às 20:21 Hs

Os servidores estaduais da saúde do Rio Grande do Norte aprovaram no dia 24 de janeiro a greve da categoria para o dia 5 de fevereiro. A proposta foi votada por ampla maioria em assembleia geral no auditório do Sinpol. O início da greve vai coincidir com um ato unificado, com todos os servidores públicos do estado, em frente à Governadoria, ás 9h da manhã.

A greve é fruto dos constantes ataques que os servidores estaduais vêm sofrendo nos últimos anos. O parcelamento dos salários de janeiro gerou muita revolta dos servidores da saúde que estão com os salários de dezembro e o 13º de 2018 ainda atrasados. “Os servidores e aposentados da saúde estão endividados, sem dinheiro até para ir trabalhar”, disse uma servidora.

A saúde é a primeira categoria a iniciar uma greve por tempo indeterminado no novo Governo. “Atacou nossos direitos, vamos para as lutas!”, enfatiza Manoel Egídio, coordenador-geral do Sindsaúde-RN.

O presidente Jair Bolsonaro tem febre, passa a tomar antibiótico e alta prevista para quarta-feira (6) é adiada, informou o porta-voz Otávio Rêgo Barros nesta segunda-feira (4), no Hospital Israelita Albert Einstein. Segundo o documento médico, “o excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, está internado em Unidade de Cuidados semi-intensivos do Hospital Israelita Albert Einstein. Apresentou, ontem [domingo (3)] à noite, elevação da temperatura (37,3 °C) e alteração de alguns exames laboratoriais.”
04
fev

VIROSE DA MOSCA – Como se prevenir?

Postado às 11:37 Hs

As moscas são vetores de uma série de doenças. As medidas de prevenção e controle que devem ser adotadas pela população se referem aos cuidados com a manipulação de alimentos, lavar sempre as mãos e manter os alimentos sempre cobertos sem contato direto com as moscas. Também é necessário ter cuidado com o acondicionamento do lixo, mantendo-o sempre em sacos fechados e descartando-os apenas no dia e horário do caminhão de coleta. As lixeiras também devem ser lavadas após a retirada do lixo, pois podem conter ovos ou larvas.

Deve-se evitar o acúmulo de qualquer resíduo orgânico, como adubos na superfície da terra e restos de alimentos. O telamento dos ralos também é uma medida de controle importante.

Faça sua parte, previna-se!

31
jan

Jair Bolsonaro despacha do hospital

Postado às 18:54 Hs

Do hospital, o presidente Jair Bolsonaro despacha, hoje, com o subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Jorge Antonio de Oliveira Francisco a partir das 13h30.

Internado no Hospital Albert Einstein após uma cirurgia na segunda-feira, 28, ele poderá ter contato com ministros por áudio ou videoconferência, conforme informou o governo ontem. Ainda não há nenhuma audiência prevista, de acordo com a assessoria do Planalto, informou o Broadcast Político.

 

 

29
jan

Em recuperação…

Postado às 18:22 Hs

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) sentou em uma poltrona e fez fisioterapia respiratória e motora na tarde desta terça-feira (29), no Hospital Albert Einstein, segundo boletim médico divulgado pelo centro médico. Bolsonaro foi operado na manhã de segunda-feira (28) para retirada da bolsa de colostomia. Foi feita também uma ligação entre o intestino delgado e parte do intestino grosso do presidente. O presidente passou a maior parte do dia sentado, fez fisioterapia motora, “uma espécie de bicicleta com as pernas, ainda deitado na cama, e exercícios respiratórios”, segundo o porta-voz da Presidência, Coronel Rêgo Barros. Ele esteve acompanhado da mulher Michelle e o filho Carlos Bolsonaro.
28
jan

Exitosa

Postado às 16:02 Hs

A cirurgia a que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi submetido nesta segunda-feira (28) terminou nesta tarde após quase nove horas de duração. Segundo o Palácio do Planalto, a cirurgia foi realizada “com êxito”. “O boletim médico será divulgado tão logo seja autorizado pela equipe médica. Às 17h haverá briefing à imprensa com o porta-voz da Presidência da República, general Rego Barros, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo”, diz a nota do Palácio. Bolsonaro começou a ser submetido ao procedimento médico às 6h30 desta segunda-feira, segundo a assessoria de imprensa da Presidência. A cirurgia era necessária para retirar a bolsa de colostomia e religar o trânsito intestinal. A recuperação deve demorar dez dias.

Foto pessoal / Twitter Foram normais os resultados da avaliação clínica pré-operatória, exames laboratoriais e de imagem feitos pelo presidente Jair Bolsonaro na tarde de hoje (27), segundo boletim médico divulgado há pouco pelo Hospital Albert Einstein, na capital paulista, onde deu entrada na manhã deste domingo e passará por cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia e reconstrução do trânsito intestinal.

A cirurgia está confirmada para a manhã desta segunda-feira (28). No procedimento, ocorrerá a retirada da bolsa de colostomia, que o presidente passou a usar desde setembro do ano passado após ter sofrido uma facada.

O general Otávio Santana do Rêgo Barros, porta-voz da Presidência da República, informou que o presidente Jair Bolsonaro está “muito animado” com os resultados dos exames pré-operatórios. A declaração foi dada em entrevista coletiva no hospital,

“Amanhã com toda certeza o êxito da cirurgia fará com que ele possa desencadear suas atividades de presidente da República da melhor forma possível”, disse o general. No período de 48 horas depois da cirurgia, o vice-presidente Hamilton Mourão assumirá interinamente a presidência.

Passado esses dois primeiros dias, Bolsonaro voltará ao trabalho ainda no hospital. “Ao lado do quarto onde o presidente estará a realizar sua recuperação, existe um dispositivo montado pelo gabinete de Segurança Institucional com todo o equipamento, com toda possibilidade técnica que permita que ao presidente daqui orientar seus ministros e seus órgãos e até mesmo mediante autorização dos médicos receber para despacho os ministros que venham de Brasília”, explicou Barros.

Bolsonaro foi esfaqueado em um ato de campanha, em Juiz de Fora, no dia 6 de setembro. A facada atingiu o intestino e o então candidato foi submetido a duas cirurgias, uma na Santa Casa de Juiz de Fora e outra no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A bolsa de colostomia utilizada por ele por cerca de quatro meses funciona como um intestino externo e possibilita a recuperação do intestino grosso e delgado.

Agência Brasil

Está “tudo certo” para a cirurgia do presidente Jair Bolsonaro, na segunda-feira, 28, afirmou ao Broadcast Político, plataforma de notícias em tempo real do Grupo Estado, o cirurgião Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, que vai comandar a equipe que realizará o procedimento para retirada da bolsa de colostomia, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

A cirurgia, de acordo com o médico, será realizada pela manhã. Procedimentos como esse levam de três a quatro horas, afirmou. No domingo, 27, Bolsonaro viaja à capital paulista para exames pré-operatórios. “Está tudo bem com ele, está tudo perfeito com ele. Ele está muito bem”, relatou o cirurgião.

Três cirurgiões, dois anestesistas e uma instrumentadora irão executar o procedimento. Ao lado de Macedo, estarão responsáveis pela cirurgia outros dois gastroenterologistas: os médicos Julio Gozani e Rodolfo Di Dario.

O período de recuperação, declarou Macedo, só será possível prever após o procedimento. “Quando terminarmos a cirurgia, podemos emitir um boletim e explicar quantos dias demora a recuperação. Depende muito, não tem nada previsível”, disse.

Agência de Notícias

24
jan

* * * QUENTINHAS… * * *

Postado às 17:41 Hs

* * * Líder da governadora Fátima Bezerra na Assembleia Legislativa, o deputado George Soares está convocando os colegas parlamentares da próxima legislatura, para uma reunião. A reunião da bancada estadual com a governadora será na próxima quarta-feira, dia 30, às 10h, na Governadoria. Na pauta para as discussões, entre outros temas, a situação financeira e fiscal do estado. * * *

* * * Até amanhã , 25 poderá ser fechada a chapa de consenso à eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa, dentro da 62ª Legislatura (biênio 2019-2020). O atual presidente desse poder, Ezequiel Ferreira (PSDB), é o nome à cabeça de chapa. As eleições vão acontecer no próximo dia 1º. Caminha para aclamação sem concorrentes. * * *

* * * O deputado estadual eleito em 7 de outubro do ano passado, Sandro Pimentel (PSOL), será formalmente diplomado e empossado. Decisão tomada em sessão nesta quarta-feira (23) pelo Tribunal Regional Eleitoral(TRE). O plenário dessa corte decidiu por seis votos a um, que o mandato pertence a Pimentel. O voto divergente da maioria foi do relator do processo, juiz federal Francisco Glauber Pessoa. * * *

* * * Na manhã de hoje servidoras e servidores da saúde de todo o RN se reuniram na sede do SINPOL-RN, na Cidade Alta, Natal-RN. Na ocasião deliberou-se, sob ampla maioria, aprovar a deflagração de greve na saúde pública estadual a partir do dia 05/02, dando a largada no movimento paredista com um grande ato unificado na Governadoria na mesma data, a partir das 09h, com participação do Fórum dos Servidores Públicos do Rio Grande do Norte. Pode ocorrer sim greve… * * *

 

21
jan

Triste realidade

Postado às 22:27 Hs

Metade das prefeituras gastam menos de R$ 403 ao ano na saúde de cada habitante

 

Cerca de 2.800 municípios brasileiros gastaram menos de R$ 403,37 na saúde de cada habitante durante todo o ano de 2017. Segundo a análise do Conselho Federal de Medicina (CFM) sobre as contas da saúde, esse foi o valor médio aplicado pelos gestores municipais com recursos próprios em Ações e Serviços Públicos de Saúde (ASPS), declaradas no Sistema de Informações sobre os Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), do Ministério da Saúde.

O levantamento mostra, por exemplo, que os municípios menores (em termos populacionais) arcam proporcionalmente com uma despesa per capita maior. Em 2017, nas cidades com menos de cinco mil habitantes, as prefeituras gastaram em média R$ 779,21 na saúde de cada cidadão – quase o dobro da média nacional identificada. Além disso, os municípios das regiões Sul e Sudeste foram os que apresentaram uma maior participação no financiamento do gasto público em saúde, consequência, principalmente, de sua maior capacidade de arrecadação.

O governo montará um gabinete especial no hospital Albert Einstein, em São Paulo, para que o presidente Jair Bolsonaro possa despachar normalmente durante o período de recuperação de uma cirurgia à qual será submetido na próxima semana.

Bolsonaro passará por um procedimento operatório na próxima segunda-feira (28) para a retirada da bolsa de colostomia. Com a montagem de um gabinete no hospital, o vice-presidente, general Hamilton Mourão, não deve assumir a Presidência durante a recuperação do titular.

De acordo com informações do porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, Bolsonaro viaja a São Paulo um dia antes da cirurgia, no domingo (27), para realização de exames pré-operatórios.

Este é o terceiro procedimento ao qual o presidente é submetido em decorrência da facada sofrida em setembro de 2018, durante ato de campanha. A estimativa é de que o presidente leve cerca de dez dias para se recuperar e deve ficar esse período na capital paulista.

Os principais assessores do Palácio do Planalto devem ser deslocados para o gabinete que será montado no hospital.

Via : Folha

fev 22
sexta-feira
10 10
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
30 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5762875 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram