O presidente da CVC, Leonel Andrade, disse, ontem, que o setor de turismo só deve voltar ao movimento pré-pandemia em 2023. “Chegaremos ao fim de 2020 com cerca de 50% do que tínhamos. Em 2021, devemos estar em cerca de 70% e terminar 2022 com 100% do movimento. Assim, só teremos ano cheio em 2023“, afirmou o CEO.

Ele argumenta que as grandes feiras, que movimentam o turismo internacional de negócios, ainda demorarão para acontecer enquanto não houver uma vacina. “Torço para estar errado, mas gosto de preparar a empresa para o pior cenário”, afirma Andrade.

Em relação a critérios de sustentabilidade, o CEO diz que a companhia tem ainda tem um longo caminho a percorrer. “Faço uma confissão, precisamos melhorar em relação a sustentabilidade”, afirmou durante a Live da qual participou nesta tarde, promovida pelo jornal O Tempo.

Ele disse ainda que os clientes e investidores devem ver no próximo ano uma empresa mais diversa em seu quadro de funcionários. “Simplesmente porque os nossos clientes são diversos”, afirmou.

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte após reuniões com as cias aéreas apresenta números que apontam forte crescimento na malha aérea do Estado para o mês de setembro. Além disso, as ações de posicionamento do destino como o reconhecimento do WTTC – Conselho Mundial de Viagens e Turismo que garantiu o Selo Turismo Seguro, a criação do selo local Turismo+Protegido e a parceria de promoção para o público final com grandes operadores de turismo colaboram com a execução do plano de retomada do turismo.   A tendência positiva apontada pelo setor de Pesquisas e Inteligência da Emprotur considerou somente os números relativos aos voos domésticos, representando um crescimento de 70% na oferta de voos e 92% na capacidade de assentos em relação ao mês de agosto. “Analisamos os voos domésticos devido às características de viagem impostas pela pandemia e também os indicativos de como serão os próximos meses. E esse é o maior salto registrado desde o início da retomada das companhias aéreas, em julho”, contou o coordenador do setor Leonardo Seabra. 

A edição 2020 do Meeting Brasil Online – Latin America está acontecendo desde o dia 10 de agosto (segunda) e segue até o dia 13 (quinta). O encontro, realizado pela primeira vez em caráter exclusivamente virtual, reúne operadores e agentes de viagens de 12 países da América Latina.

Destinos de todo o Brasil apresentam suas potencialidades em rodadas de negócios e capacitações. O Rio Grande do Norte participa por meio da Empresa de Promoção Turística Potiguar – EMPROTUR. 

A expectativa do idealizador do evento, Jair Pasquini, é que os países consigam se promoverem ainda mais usando essas ferramentas onlines que já existem há muito tempo. “O grande desafio da nossa edição 2020 foi se adaptar ao dinamismo de nossa nova realidade”, explica.

Presidente da Emprotur, Bruno Reis também avalia a necessidade de espaços como os promovidos pelo Meeting Brasil para estreitar relações e destacar as qualidades do Estado. “É muito importante manter o relacionamento com os mercados emissores para posicionarmos o RN como a melhor opção de viagem. Somos o único estado do Brasil com o selo Safe Travels do WTTC. Comunicar isso é de extrema importância no momento”, ressalta.

O Rio Grande do Norte compõe a agenda da iniciativa no dia 12 (quarta), mostrando em live ao trade internacional os seus principais atrativos turísticos. Encantos como os da capital Natal e paraísos como a Baía dos Golfinhos, em Pipa, presente no top 10 das melhores praias da América do Sul do TripAdvisor, serão reforçados.

Foto: Canindé Soares

A Baía dos Golfinhos foi eleita a oitava melhor praia da América do Sul em prêmio do TripAdvisor, uma das principais plataformas de turismo do mundo. A premiação anual, intitulada Travelers’ Choice Best of the Best 2020, elege os destinos mais bem avaliados com base em recomendações e notas dos próprios viajantes.

Na edição de 2020 em que a consagrou, a Baía dos Golfinhos desponta acima de destinos consolidados da rota sulamericana, destacando-a como um dos paraísos mais visados em toda a América do Sul. Turistas elogiaram as belezas do lugar, incluindo a possibilidade real de estar entre os animais que batizam a praia. A rica oferta de restaurantes, acomodações e experiências na região de Tibau do Sul contribuiu com a posição o positiva conquistada pelo destino potiguar.

Para a secretária de turismo do estado, Aninha Costa, o prêmio reforça o posicionamento turístico estratégico do Rio Grande do Norte. “Esse reconhecimento demonstra mais uma vez as potencialidades do Estado. O destino está cada vez mais conhecido nacional e internacionalmente, e isso alavanca nosso prestígio”, comentou.

Iniciativas de preservação ambiental e cuidados com a vida marinha, como as realizadas pelo movimento Preserve Pipa, estão diretamente ligadas a premiação. “A validação do prêmio junto ao TripAdvisor é um reflexo de que estamos no caminho certo. Nosso trabalho é em prol da preservação das praias e da vida marinha, equilibrando as demandas turísticas com responsabilidade e sustentabilidade. Queremos conservar o que faz esse lugar ser especial para o mundo”, destaca Wanderson Borges, presidente do Preserve Pipa.

Empenhada em atender as melhores formas de se adaptar ao novo normal do turismo e dedicada a atingir os mais atuais protocolos de segurança sanitária de destinos turísticos, a Empresa Potiguar de Promoção Turística – EMPROTUR foi em busca do reconhecimento do WTTC – Conselho Mundial de Viagens e Turismo, com a requisição do selo de viagem segura criado pela entidade (Travel Safety Stamp).  O Rio Grande do Norte passou a ser o primeiro estado brasileiro a receber o selo que tem o respaldo da Organização Mundial do Turismo e de mais de 200 CEOs das principais empresas de turismo do mundo, tais como: Hilton, Radisson Hospitality, Marriott International, Expedia, InterContinental Hotels Group, Grupo Accor, Grupo Trip.com, Hyatt, Booking.com, entre outros.
As bandeirolas não foram penduradas nas praças que seriam palco do arrasta-pé. A cerveja e o licor que seriam consumidos com voracidade entre um forró e outro ficaram nas prateleiras. E as barracas que venderiam pratos típicos como bolos e canjicas sequer abriram as portas. O cancelamento e adiamento das festas de São João em função da pandemia do novo coronavírus deve resultar em um prejuízo de pelo menos R$ 1 bilhão na economia dos principais estados do Nordeste. A estimativa refere-se apenas às maiores festas juninas de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Bahia. Mas o impacto é muito maior, já que são realizados arraiás de pequeno porte em quase todas as cidades nordestinas. Em Mossoró, no Oeste potiguar, a festa previa uma movimentação de R$ 94 milhões, impacto frustrado pela pandemia. Em 2019, a festa atraiu mais de 1 milhão de pessoas durante o mês de junho. Projeções feitas pela prefeitura de Mossoró apontaram que o evento do ano passado contou com gasto médio individual de R$ 102.
18
jun

@@@ O dia de Hoje na História… @@@

Postado às 6:57 Hs

18 de junho:

Dia do orgulho autista

Dia do Químico.

Dia de São Gregório

Dia Nacional da Imigração Japonesa no Brasil

Nesta data em:

1814 – Guerras Napoleónicas: a Batalha de Waterloo leva Napoleão Bonaparte a abdicar ao trono pela segunda e última vez.

1908 – Inicia-se a Imigração Japonesa para o Brasil, quando 781 pessoas desembarcam em Santos após uma viagem no Kasato-Maru.

1953 – O general Muhammad Naguib declara o fim da monarquia egípcia e proclama a República do Egito.

Nasceram neste dia…

1901 – Grã-duquesa Anastácia Romanova da Rússia (m. 1918).

1931 – Fernando Henrique Cardoso (na imagem), sociólogo e político brasileiro.

1942 – Paul McCartney, músico, compositor e cantor britânico.

Morreram neste dia…

1928 – Roald Amundsen, navegador norueguês (n. 1872).

1936 – Máximo Gorki, escritor russo (n. 1868).

2010 – José Saramago, escritor português (n. 1922).

2011- Clarence Clemons,músico e ator norte-americano (n. 1942).

2011- Wilza Carla,vedete, atriz e humorista brasileira.

2014 — Stephanie Kwolek, química estadunidense (n. 1923).

2018 — XXXTentacion, rapper estadunidense (n. 1998).

Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Cultura, vai lançar uma programação junina que será trabalhada de forma on-line. Todas as ações serão realizadas sem custo financeiro para a Prefeitura de Mossoró e serão veiculadas através das redes sociais do Mossoró Cidade Junina e no site do evento. Os endereços são Instagram: @mossorocidadejunina, Facebook/MossoróCidadeJunina e www.mossorocidadejunina.com.br.
A programação será iniciada a partir do dia 03, com concurso “A Resistência de Mossoró e o Cangaço”, realização da Fundação Vingt-Un Rosado, com apoio da Prefeitura de Mossoró. Edital no endereço da colecaomossoroense.org.br – Inscrições em: fvrcm@uol.com.br. Também dia 03 de junho às 18h, a Banda Artur Paraguai apresenta um pot-pourri de Luiz Gonzaga e “Tareco e Mariola” obra de Petrucio Amorim. Os livros estarão disponíveis nas plataformas da Coleção Mossoroense e  www.mossorocidadejunina.com.br.

No dia 04 de junho, será lançado através das redes sociais do evento a proposta do Minuto Recordação, um incentivo para que as pessoas gravem um vídeo recordando fatos, histórias, encontros e desencontros vividos pelas pessoas nas edições anteriores do Mossoró Cidade Junina.

No dia 05 será lançada a edição 2020 do Prêmio Fomento, com publicação de editais de apoio à cultura, no valor de R$ 242 mil. Na mesma data, às 19h, será veiculado o vídeo “beleza no arraia”, que faz parte de uma série de oficinas sobre cabelo e maquiagem com o maquiador e cabeleireiro  Antônio Carlos.

No dia 06, sábado, às 12h, a Live Pingo Do Mei Dia, organizado pelos artistas locais André Luvi, Renata Falcão, Everaldo Rodrigues, Forró com ela, Nataly Vox, João Netto Pegadão e convidados. Doações serão entregues para os músicos da cidade. A programação também estará disponível Canal do Youtube.

Dia 06 de junho, após o Zorra Total, da Inter TV Cabugi será apresentada uma reprise do espetáculo Chuva de Bala no País de Mossoró 2019.

Em 07 de junho, às 18h, a Banda Artur Paraguai interpreta Vital Farias “Saudade D’ocê” e “São João na Roça”.

Dia 08, às 16h, o vídeo, Para Entender Mossoró e o Cangaço. Ler o livro “Nas garras de Lampião”, de Antônio Gurgel e Raimundo Soares de Brito, na plataforma da Coleção Mossoroense.

Em 09 de junho, a partir das 19h, será veiculado o vídeo “São João nos traços da criatividade”, com oficina sobre figurinos com Josivan Silva, estilista, design de moda.

Dia 10 de junho será veiculada através das redes sociais a exposição “O Chuva de Bala por outro

ângulo”, que mostra figurinos dos personagens do Chuva de Bala e entrevistas com artistas envolvidos na construção de cada um dos personagens.

Dia 12 de junho, o V Salão Dorian Gray traz uma exposição virtual integrada por 100 artistas do RN e 200 obras selecionadas.

Dia 13, às 16h, acontecerá a entrega da carta original do prefeito Rodolfo Fernandes, à Prefeita Rosalba Ciarlini, pelo pesquisador e jornalista Robério Santos. O documento histórico em que o Prefeito informa a Antônio Gurgel que a cidade não dispõe dos 400 contos de réis.

Também em 13 de junho, às 18h, o primeiro episódio de quatro que contam a história do espetáculo Chuva de Bala no País de Mossoró. O episódio intitulado “O Cangaço e a organização Do Bando”, narrado pelos professores Kildelmir Dantas e Geraldo Maia sobre a formação do grupo mais temido no sertão com apresentação de cenas do Chuva de Bala.

Dia 14 de junho às 16h, segue etapa do concurso da Coleção Mossoroense, “Para Entender Mossoró e o Cangaço”. Ler livro “A Marcha de Lampião”, de Raul Fernandes. Os livros estarão disponíveis nas plataformas da Coleção Mossoroense e  www.mossorocidadejunina.com.br.

No mesmo dia, a partir das 13h, transmissão da live dos Carlinhos, com o artista Carlos José, o poetas Antônio Francisco e Caio César Muniz, André Luvi, Forró dos 3. A programação é de responsabilidade dos próprios artistas.

Dia 15 de junho, às 18h, o segundo episódio da série que conta a história do Chuva de Bala, intitulado “A Marcha Dos Cangaceiros e o Ataque”, narrado por Kildelmir Dantas e Geraldo Maia sobre a viagem do Bando e a chegada na cidade apresentando cenas do espetáculo Chuva de Bala.

Dia 15 de junho, às 11h, live com artistas do RN sobre a criação e acervo do Museu de Arte de Mossoró.

Dia 17, às 18h, a Banda Artur Paraguai apresenta pot-pourri de músicas cantada por Flávio José e “Bate Coração” de Marinês. Também dia 17 de junho às 19h, vídeo São João Coreografado, com a oficina sobre coreografias com Abraão Morais, Coreógrafos e Bailarino.

Dia 20 de junho, às 16h segue concurso da Coleção Mossoroense, “Para entender Mossoró Cangaço. Ler livro “Jesuíno Brilhante” de Raimundo Nonato. Disponível na plataforma da Coleção Mossoroense, www.mossorocidadejunina.com.br

Dia 22 de junho, às 18h, o episódio “Os preparativos da defesa”. O 3º episódio da novela mostra como o Prefeito organizou a resistência. Muitos dos atores que fizeram o Prefeito serão relembrados.

Dia 24 de junho, às 18h, seguem os vídeos de apresentação da Banda Artur Paraguai, com apresentação do Pot-pourri do Mastruz com LEITE e de Luiz Gonzaga. Disponível em: redes sociais da Prefeitura de Mossoró.

Dia 26 de junho às 16h, mais uma etapa do concurso da Coleção Mossoroense, Para Entender Mossoró e o Cangaço, com o livro “Cangaço – Episódios e personagens” de Kyldemir Dantas e Caio César Muniz. Disponível na plataforma da Coleção Mossoroense, www.mossorocidadejunina.com.br

Também dia 26 de junho, às 19h, disponibilização do vídeo “A fogueira não pode apagar… regional incendeia”, com oficinas sobre Marcação de quadrilha junina com a banda Regional Incendeia. Disponível em: Redes Sociais da Prefeitura, www.mossorocidadejunina.com.br.

Dia  27 de junho a programação será encerrada com a live Boca da Noite, às 18h, organizada e promovida pelos artistas locais André Luví, Renata Falcão, Everaldo Rodrigues, Forro com ela, Nataly Vox, João Netto Pegadão e convidados. Doações serão entregues para os músicos da cidade. Disponível em: Canal do Youtube e redes socias do Mossoró Cidade Junina.

A secretária de Cultura, Isaura Amélia Rosado destacou que a programação não terá custo financeiro nenhum por parte da Prefeitura de Mossoró, visto que será realizada pelos próprios artistas e entidades. “Todos sabem que o Mossoró Cidade Junina foi cancelado pois todos os recursos foram destinados para a Saúde. Foi uma ação justa e necessária da prefeita Rosalba Ciarlini. No entanto, a Secretaria Municipal de Cultura foi procurada pelos artistas para que algumas programações fossem apenas retransmitidas e nós daremos esse apoio, não de forma financeira, mas nos utilizando das redes sociais do evento para mostrar o trabalho desses artistas. Toda a programação poderá ser assistida de casa, cumprindo o isolamento social, sempre com objetivo de trazer um pouco de alegria às pessoas que estão em confinamento”, concluiu.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, a lei que transformou o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) em agência. A sanção foi publicada no “Diário Oficial da União” de hoje.

Com a lei, a Embratur passa se chamar Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, com status de serviço social autônomo. A mudança permite que a Embratur continue vinculada ao governo, mas possa receber dinheiro privado para desenvolver ações de promoção do turismo.

Na prática, a transformação já está em vigor já que a mudança havia sido feita por medida provisória, que tem força de lei.

Via Saulo Vale

O Thermas Hotel e Resort, situado em Mossoró, confirmou a demissão de mais de 200 funcionários. O setor hoteleiro é um dos mais impactados com a greve crise econômica, reflexo da pandemia do novo coronavírus.

“Como 90% dos hotéis do Brasil, estamos fechados desde abril, e devido a situação que estamos vivendo, não temos perspectivas de quando poderemos voltar, já que o turismo deve ser o último setor a retornar. Sendo assim, como tem acontecido de forma maciça no segmento, as demissões acabaram por ser inevitáveis”, afirmou o diretor do Thermas, Gabriel Barcellos.

“Esperamos poder retornar, assim que voltarmos a um mínimo de normalidade. Infelizmente esta é a realidade do setor do turismo no Brasil, que era responsável por quase 9% do PIB brasileiro. As demissões já passam da casa dos 300 mil, e nesta virada de mês irá aumentar significativamente”, complementou. As atividades do Thermas estão suspensas desde o dia 30 de março.

O Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN) vê com preocupação o cenário de pandemia provocado pelo novo coronavírus e o prejuízo que isso tem provocado em toda a economia do estado, em especial no segmento turístico, um dos principais potenciais do RN.

Veja nota do presidente, Habib Chalita:

É sabido a necessidade de responsabilidade, bom senso e equilíbrio que um momento como este exige, mas é preciso também olhar com bastante atenção para os impactos que esta pandemia tem provocado no setor econômico do Rio Grande do Norte.

É necessário por parte do Poder Público um plano para retomada gradual das atividades socioeconômicas uma vez que o setor de hospedagem e alimentação, além do ICMS, tem o tributo do ISS municipal em seus orçamentos e vem sofrido com o fechamento dos segmentos considerados não essenciais e a queda de vendas tendo em vista a permanência das pessoas em suas casas.

Em reuniões com representantes dos Poderes, temos apresentado o atual cenário vivenciado nos segmentos abrangidos pelo nosso Sindicato. É importante que se pense em soluções e não se prorrogue o atual decreto que impõe o isolamento social e determina o fechamento de estabelecimentos, principalmente os hotéis, bares, restaurantes e similares em nosso estado.

Nossa defesa é pela reabertura gradual dos empreendimentos sempre de acordo com as normas da Organização Mundial de Saúde (OMS). E diante disso, sugerimos que, com a proximidade de uma das principais datas do calendário, o Dia das Mães, que é celebrado no segundo domingo de maio, o segmento esteja funcionando de forma que possa atender dentro das normas estabelecidas pela OMS.

Habib Chalita
Presidente

Rio Grande do Norte realiza webinário para divulgar pesquisa sobre novas perspectivas para o setor de turismo no período pós-pandemia

Atenta aos acontecimentos recentes e ao impacto da pandemia do Coronavírus no Rio Grande do Norte, no Brasil e no mundo, a Empresa Potiguar de Promoção Turística (EMPROTUR) desenvolveu duas pesquisas nas últimas semanas. A primeira, direcionada ao trade local com o tema “Os efeitos da pandemia no Turismo Potiguar”, e uma segunda, com atores do turismo nacional, intitulada “Navegando em território desconhecido: Como nós do Turismo responderemos ao COVID-19”.

As pesquisas devem ajudar a compreender como profissionais e empresas do setor em diversos segmentos estão lidando com a atual situação e o que projetam para o futuro. O objetivo é reunir ideias e sugestões para que toda a categoria possa se unir e trabalhar em parceria no enfrentamento ao maior desafio pelo qual já passou.

“Está claro que precisamos trabalhar juntos para superar essa situação e não atuar de forma isolada. É mais inteligente compartilhar os planos e ações, para criar sinergia”, comentou o diretor da EMPROTUR, Bruno Reis. “Já temos informação em abundância sobre o contexto internacional, mas nestes webinários nos propomos a apresentar informações sobre o contexto regional e nacional, e, que os gestores de destinos e empresas possam ter uma clareza maior sobre o futuro”, concluiu.

Os dados das pesquisas serão divulgados no próximo dia 17 de abril, em dois momentos distintos. Às 11h da manhã, a Empresa Potiguar convida a CEO da Go Consultoria, Gabriela Otto, para debater sobre os resultados obtidos na pesquisa com o trade potiguar, a fim de expor e debater as perspectivas futuras para o trade turístico local. No mesmo dia, às 16h, é a vez da EMPROTUR convidar a TurisRio, Companhia de Turismo do Rio de Janeiro, por meio de seu presidente Philipe Campello, para debater e analisar as informações do trade turístico nacional.

Fonte: Assessoria

A Prefeita Olga Fernandes anunciou nesta quinta-feira (26), no programa Canal do Povo, programa de rádio institucional da Prefeitura de Martins, o cancelamento do Festival Gastronômico e Cultural de Martins (em julho), em virtude da pandemia do COVID-19 (Corona vírus).

A Gestora ressaltou a importância do evento para o Município, mas enfatizou que no momento, nada é mais importante do que o zelo com a vida dos martinenses, que pode ser posta em risco com um evento que atrairia milhares de pessoas para a cidade.

Além do Festival Gastronômico, a Chefe do Executivo Municipal anunciou também o cancelamento de mais dois eventos que aconteceriam nos próximos meses, a Festa das Mães Martinenses e o Arraiá na Serra.

A medida segue a linha de outras cidades do estado como por exemplo Mossoró, que cancelou o Mossoró Cidade Junina, além de outras tantas cidades e instituições que vêm suspendendo ou cancelando eventos, onde dá-se destaque às olimpíadas que foram adiadas.

Segundo a Prefeita, todos os recursos que seriam investidos nesses eventos serão destinados à Secretaria de Saúde, para serem aplicados na rede de proteção do Município.

Na oportunidade, Olga agradeceu a toda população pela colaboração que vem dando nas ações de prevenção a doença, insistiu que todos sigam as orientações da OMS para sairmos o mais rápido possível dessa situação e exclamou: “FICA EM CASA MARTINS!”.

A prefeita Rosalba Ciarlini anunciou na tarde deste domingo, 22, que, em função da pandemia do Coronavírus, o Mossoró Cidade Junina deste ano será cancelado. Os recursos serão destinados para a saúde do município.

“Desde o começo dessa crise do coronavírus havíamos admitido a possibilidade do cancelamento. No primeiro momento, tomamos as medida emergenciais para o enfrentamento desse problema que está trazendo preocupação em todo o mundo. Com a confirmação do primeiro caso em Mossoró e o pronunciamento do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, de que haverá um agravamento da doença entre os meses de maio a julho, decidimos cancelar por 90 dias todos os eventos esportivos e artístico-culturais, entre eles o Cidade Junina”, esclareceu.

O cancelamento do MCJ 2020 será publicado no Jornal Oficial de Mossoró (JOM) de amanhã, dentro do decreto de calamidade pública que trará outras medidas de prevenção e combate ao Covid-19. “Estamos em um período delicado no mundo inteiro. Mossoró tem que fazer a sua parte de forma planejada e responsável para combater esta pandemia em nosso município. Um caso já foi confirmado. Estamos juntando esforços e pedindo que as pessoas evitem aglomerações”, reforçou a prefeita.

A secretária de Cultura Isaura Amélia reconhece que não há condições para a celebração do ciclo junino na cidade. “Por sugestões e determinação da prefeita Rosalba, alguns dos núcleos de programação do Mossoró Cidade Junina deverão ser incluídos em outras atividades culturais ao longo do ano, quando superarmos este momento”, disse.

O Mossoró Cidade Junina aconteceria entre os dias 06 e 27 de junho, seguido do campeonato de grupos de quadrilhas juninas Nordestão, nos dias 11 e 12 de julho.

A programação do São João 2020 de Campina Grande foi divulgada na manhã da ultima sexta-feira (6).

Esta é a 37ª edição da festa junina, que acontece de 5 de junho a 5 de julho. A abertura vai ficar por conta do cantor Flávio José e a véspera de São João tem show de Elba Ramalho.

Programação completa do São João de Campina Grande 2020

  • Dia 5 de junho, sexta-feira (abertura): Flávio José; Calcinha Preta; Biliu de Campina; Genival e João Lacerda; Eric Land;
  • Dia 6 de junho, sábado: Simone e Simaria; JM Puxado; Capilé; Tinho Lima;
  • Dia 7 de junho, domingo: Banda Encantus; Sâmya Maia; Felipe Alcântara; Fernanda Lima;
  • Dia 9 de junho, terça-feira: Louvor e Adoração;
  • Dia 10 de junho, quarta-feira: Dorgival Dantas; Luan Estilizado; Pedrinho Pegação; Felipe Warley;
  • Dia 11 de junho, quinta-feira: Kátia Cilene; Banda Cascavel; Aduílio Mendes;
  • Dia 12 de junho, sexta-feira: Walkyria Santos; Gil Mendes; Fabiana e Forró das Antigas; Mexe Ville;
  • Dia 13 de junho, sábado: Felipe Araújo; Fabiano Guimarães; Coroné Grilo; Anna Barros;
  • Dia 14 de junho, domingo: Waldonys; Os 3 do Nordeste; Forró da Barka; Edu e Maraial;
  • Dia 16 de junho, terça-feira: Padre Nilson e convidados;
  • Dia 17 de junho, quarta-feira: Geovane Júnior; Estella Alves; Filipe Santos;
  • Dia 18 de junho, quinta-feira: Cavalo de Pau; Forrozão das Antigas; Poeta Francinaldo; Cumpade João e Seu Cabras;
  • Dia 19 de junho, sexta-feira: Matheus e Kauan; Jonas Esticado; Henry Freitas; Berinho Lima;
  • Dia 20 de junho, sábado: Zé Neto e Cristiano; Edyr Vaqueiro; Fabiano Guimarães; Matheus Fernandes;
  • Dia 21 de junho, domingo: Brasas do Forró, Assisão; Duquinha; Forró da Resenha;
  • Dia 22 de junho, segunda-feira: Karkará; Forró 3×4; Niedson Lua; Candeeiro Natural;
  • Dia 23 de de junho: Elba e convidados;
  • Dia 24 de junho, quarta-feira: Ton Oliveira; Douglas Pegador; Os Parazin; Rapha Mello;
  • Dia 25 de junho, quinta-feira: Eliane, Tan, Gitana Pimentel;
  • Dia 26 de junho, sexta-feira: Gustavo Mioto; Naiara Azevedo; Ramon Schnayder; Garota Sertaneja;
  • Dia 27 de junho, sábado: Henrique e Juliano; Iohannes; Os Gonzagas; Coco Seco – Cesar e Artur;
  • Dia 28 de junho, domingo: Bonde do Brasil, Priscila Senna; Forró Campina; Forró do Nosso Jeito;
  • Dia 29 de junho, segunda-feira: Luizinho Calixto; Forró D2; Diego Santana;
  • Dia 30 de junho, terça-feira: Evento religioso;
  • Dia 1º de julho, quarta-feira: Ana Barros; Inaldete Amorim; João Neto Pegadão;
  • Dia 2 de julho, quinta-feira: Cavaleiros do Forró; Forró do Garotinho; Bob Léo Mercadoria; Lucca e Wilker;
  • Dia 3 de julho, sexta-feira: Raí Saia Rodada; Márcia Fellipe; Banda Palov; Donas da Farra;
  • Dia 4 de julho, sábado: Wesley Safadão; Luka Bass; Gegê Bismarck; Fabrício Rodrigues;
  • Dia 5 de julho, domingo: Santanna, o Cantador; Ranniery Gomes; Tony Dumond. (Encerramento)

Com o aumento dos casos do, a doença causada pelo novo coronavírus ao redor do mundo, o diretor geral do Procon Natal, Gleiber Dantas, e a presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav/RN), Michelle Pereira, se reuniram nesta segunda (09), para esclarecer os direitos dos passageiros que adquiriram pacotes turísticos antes do mundo viver esta ameaça e não querem mais viajar para os destinos com maior risco de contágio.

De acordo com Gleiber, os clientes das agências têm várias opções para que a situação seja resolvida da melhor forma possível. “É uma situação atípica, pois não existe culpado. É uma epidemia que está – infelizmente – se alastrando para vários países. Por isso, não existe uma legislação específica que preveja isso, mas o Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo quarto, parágrafo primeiro reconhece a vulnerabilidade do consumidor no mercado de consumo e no seu artigo sexto, parágrafo primeiro, dá ao consumidor o direito à proteção da vida, saúde e segurança. Então, os Procons de todo o país estão fazendo recomendações”, observou.

Para quem comprou pacotes e está prestes a viajar, estas são as opções: Se o destino está entre os locais infectados pelo coronavirus em lista divulgada pela OMS

1-      Cancelamento da viagem com ressarcimento total e sem multa em até 30 dias pelo mesmo meio de pagamento que foi usado para a compra

2-      Remarcação para uma nova data quando a situação estiver sob controle

3-      Troca por outro destino (onde será feita uma livre negociação entra a agência e o cliente, adotando-se o critério da razoabilidade)

Caso o destino não esteja na lista da OMS, as regras para a viagem continuam as mesmas que foram estabelecidas na compra do pacote. Nesta terça (10), o diretor do Procon estará na sede da Abav/RN para esclarecer as dúvidas sobre este assunto para representantes das 51 agências filiadas.

A Inframerica, concessionária do Aeroporto Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, solicitou na quarta-feira (4) a devolução do terminal potiguar à União. Se a solicitação for aprovada, haverá um processo de licitação e a operação do terminal será transferida para um novo operador. Até ser feito este novo processo licitatório, a Inframerica vai continuar administrando a estrutura, seguindo as regras de segurança, de qualidade e atendimento para o setor de aviação civil.

O pedido de devolução também solicita da União uma indenização, baseada principalmente no valor dos investimentos não amortizados, que deverá ser determinada pelos órgãos competentes. A administradora já investiu no aeroporto aproximadamente R$ 700 milhões em valores nominais até dezembro de 2019.

06
mar

Venda de estandes

Postado às 20:51 Hs

Expofruit 2020 inicia venda de estandes

Feira, que acontece em agosto, traz grandes expectativas devido à conquista do mercado chinês

A próxima Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada – Expofruit acontece entre os dias 26 e 28 de agosto, em Mossoró, e promete muitas novidades diante do mercado de fruticultura que vive um momento de crescimento e expansão de novos mercados.

A 22ª edição do evento tem como tema “Vai ser Docinha Assim Lá na China” se referindo à recente abertura do mercado chinês para exportação de melões. O acordo comercial com a segunda maior economia mundial pode resultar num incremento de 10 mil novos empregos diretos nos próximos três anos.

“As expectativas são grandes para essa feira e os interessados devem se adiantar, pois a procura está muito grande em virtude do crescimento esperado para o setor com a abertura para o mercado chinês”, afirma João Manoel da Silveira Neto, diretor comercial da feira.

A estrutura da Expofruit 2020 contará com 320 estandes com o tamanho de 12 m distribuídos numa área total de 15 mil m2 e que serão comercializados por R$ 3.600 cada.  Os interessados podem obter mais informações sobre  o evento e a venda dos estandes pelo pelos telefones (84) 3312.6939/99950-7931 e 98812-6445 e pelo e-mail expofruit@gmail.com.

A Expofruit 2020 é uma realização do COEX – Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte e do SEBRAE/RN e promoção da PromoExpo.

out 1
quinta-feira
09 42
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
83 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.836.074 VISITAS