O INSS, em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) lançaram, ontem, o Sistema de Autorregulação de Operações de Empréstimo Pessoal e Cartão de Crédito com Pagamento Mediante Consignação. Chamado de Sistema de Autorregulação do Crédito Consignado, a iniciativa tem o objetivo de impedir o assédio comercial de bancos e financeiras a aposentados e pensionistas do INSS, além de fortalecer os princípios bancários de bom atendimento aos clientes.

O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) começou a convocar neste mês mais 520 mil beneficiários do auxílio-doença e da aposentadoria por invalidez para realizar a perícia médica. As convocações fazem parte de mais uma etapa do Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade (PRBI), o chamado pente-fino do INSS, que segue até o fim deste ano. Confira abaixo como será a revisão desses benefícios:  

Convocação  

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), para essa etapa, foram chamados os beneficiários de auxílio-doença que estão há mais de dois anos sem passar por uma perícia médica e os aposentados por invalidez com menos de 60 anos. A convocação foi realizada por carta.  

Agendamento  

Quem recebeu a carta de convocação tem cinco dias úteis para agendar a perícia pelo número 135. O beneficiário que não fizer isso ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso.  

Perícia  

No dia da perícia, o segurado deve levar a documentação médica disponível, como atestados, laudos, receitas e exames. A partir de agora, as avaliações devem ser mais ágeis. Isso porque 96% dos médicos peritos do INSS aderiram ao Programa de Gestão das Atividades Médico Periciais (Pgamp). O novo modelo flexibiliza o cumprimento da jornada de trabalho, o que irá reduzir o tempo de espera para todos os segurados 

Balanço  

Desde que começou, em 2016, o pente-fino do INSS realizou 252.494 perícias, com 201.674 benefícios cancelados. A ausência de convocados levou ao cancelamento de outros 26.701 benefícios. A economia até agora é de R$ 5,8 bilhões. A expectativa é economizar mais R$ 9,9 bilhões em 2018, totalizando cerca de R$ 15,7 bilhões ao longo do programa.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do INSS e do Ministério do Desenvolvimento Social

Os aposentados e pensionistas que recebem salário com base no regime do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) têm somente até esta quarta-feira (28) para fazer a Prova de Vida. Quem não fizer a comprovação de vida no prazo estabelecido poderá ter o pagamento do benefício interrompido. De acordo com o INSS, quase 32,6 milhões dos mais de 34 milhões de beneficiários realizaram a comprovação de vida até o momento.

Com isso, restam que cerca de 1,4 milhões de beneficiários compareçam aos bancos pagadores de seu benefício para realizar o procedimento. O INSS reforça que não é necessário comparecer a uma Agência da Previdência Social para realizar o recadastramento. O procedimento é uma atualização de dados cadastrais, com renovação de senha do cartão de pagamento do benefício, feita diretamente na agência bancária onde o segurado recebe seu pagamento mensal.

O prazo inicial para o comparecimento das pessoas que ainda não fizeram a comprovação de vida em 2017 terminaria em 31 de dezembro de 2017. No entanto, devido ao grande número de beneficiários que ainda não realizaram o procedimento, o prazo foi estendido até 28 de fevereiro de 2018.

23
fev

Informes

Postado às 13:55 Hs

INSS continua pagamento de R$ 576,8 milhões fortalecendo a economia do RN. O INSS iniciou, dia 22 o pagamento dos beneficiários da Previdência Social que prossegue até o dia 7 de março. O pagamento corresponde ao mês de fevereiro e estão sendo pagos R$ 576,8 milhões a 579.779 aposentados e pensionistas no Rio Grande do Norte. Destes, 305.258 são benefícios urbanos o que corresponde a R$ 348 milhões; os outros 274.521 benefícios são rurais e equivalem a R$ 228 milhões. A Previdência Social tem sido o motor da economia na maioria dos 167 municípios do Rio Grande do Norte. É o maior programa de redistribuição de renda existente no país. A Previdência Social reduz as desigualdades sociais, corrige as injustiças ao garantir a cidadania, impulsiona as economias locais e evita o êxodo rural. É, enfim, a verdadeira âncora social do Brasil.
27
out

Aposentados cada vez mais endividados

Postado às 20:04 Hs

A disposição de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em se endividarem está cada vez maior. Dados do Banco Central mostram que, somente entre janeiro e setembro deste ano, as dívidas desse grupo de consumidores por meio do consignado (desconto em folha) aumentaram R$ 12,2 bilhões, ou 12,1%, atingindo R$ 113,1 bilhões, novo recorde.

Isso significa dizer que, em média, as dívidas de aposentados e pensionistas cresceram R$ 1,36 bilhão por mês. Segundo especialistas, esse aumento está se dando, principalmente, pela necessidade dos idosos de ajudar filhos e parentes, muitos deles desempregados. Segundo o INSS, aposentados e pensionistas são, em boa parte, arrimo de famílias.

Nos últimos 12 meses, segundo o BC, os débitos com consignado de beneficiários do INSS saltaram 14,3%. No mesmo período, as dívidas de servidores públicos, que totalizam R$ 174,7 bilhões nessa modalidade de crédito, aumentaram 4,2% e as de trabalhadores da iniciativa privada recuaram 4,6%.

25
ago

Dinheiro circulando

Postado às 5:21 Hs

1ª PARCELA DO 13º SALÁRIO PARA APOSENTADOS E PENSIONISTAS COMEÇA A SER PAGA NESTA SEXTA

Os aposentados e pensionistas em todo o país começam a receber a antecipação da primeira parcela do 13º salário a partir desta sexta-feira ( 25). O depósito da gratificação será realizado junto com a folha de pagamentos mensal do INSS, que começa a ser depositada nesta sexta e vai até o dia 8 de setembro, conforme tabela de pagamentos de benefícios abaixo:

Segundo a Previdência Social, mais de 29,2 milhões de benefíciários receberão a primeira parcela do abono anual, que corresponde a 50% do valor do 13º e representa uma injeção extra na economia de pelo menos R$ 19,8 bilhões nos meses de agosto e setembro – veja os valores por estados.

15
abr

Pente fino

Postado às 19:58 Hs

INSS economiza R$ 1,6 bilhão com pente-fino em benefícios. A revisão dos benefícios por incapacidade do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já gerou uma economia de R$ 1,6 bilhão desde o segundo semestre do ano passado. O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) constatou que 1,7 milhão de pessoas recebiam o benefício há mais de dois anos sem passar por perícia médica e, por isso, iniciou o processo de pente-fino. Até agora, foram enviadas cerca de 248 mil cartas de convocação. A primeira leva de perícias revisou 87,5 mil benefícios, dos quais 73,3 foram cancelados, isto é, 84% do total. “O objetivo é colocar no devido lugar o gasto público. Há pessoas que deveriam ficar três meses com o auxílio, mas recebem há dois, três anos. Falta dinheiro para quem realmente precisa, o que sobrecarrega o sistema”, explica o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra.

Via Valor Econômico:

Aderindo ou não à reforma previdenciária do governo federal, os Estados enfrentam o avanço das despesas com inativos. Em apenas um ano, de 2015 para 2016, os inativos e pensionistas avançaram de 38,72% para 40,2% da despesa bruta de pessoal total dos Estados. Enquanto a despesa com inativos avançou praticamente 10% de um ano para outro, o gasto bruto total de pessoal cresceu 6%. No mesmo período a fatia da despesa com ativos caiu de 60,41% para 58,19% da despesa de pessoal.

O levantamento leva em conta dados do relatório de gestão fiscal do Poder Executivo de 26 Estados, além do Distrito Federal. Apenas três Estados não tiveram avanço com o pagamento a aposentados e pensionistas de 2015 para o ano passado e nove registraram avanço acima de dois pontos percentuais. Mesmo retirando do dado agregado os Estados com altas despesas de pessoal e que decretaram calamidade financeira – Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais – a despesa com aposentados e pensionistas avança de 35,13% para 36,8% da despesa de pessoal.

Os Estados em calamidade, porém, estão entre os que mostram maior peso dos inativos em sua despesa total de folha, com índices acima da média do agregado. Em Minas os aposentados e pensionistas representam 45,77% da despesa bruta de pessoal em 2016 enquanto no Rio de Janeiro a fatia foi de 43,19%. Rio Grande do Sul é o Estado mais comprometido com os inativos, que chegam a 62,81% da folha bruta. José Roberto Afonso, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre-FGV), ressalta que, como o elevado grau de gasto com aposentadoria é decisivo para a crise dos três Estados considerados falidos, o avanço dos demais reforça que a situação deles pode não ser isolada.

No caso do Rio Grande do Norte, o aumento na despesa com inativos e pensionistas foi de 36,01% em relação à despesa bruta com pessoal.

24
jan

Definido

Postado às 18:14 Hs

PREFEITURA DEFINE CALENDÁRIO ANUAL DE PAGAMENTO DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS

O Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (PREVI Mossoró) informa sobre as datas de pagamento dos servidores aposentados e pensionistas. Segundo o secretário que comanda interinamente a pasta, Ronaldo Cruz, o décimo terceiro será pago em duas parcelas. A primeira em junho, que equivale a 40% do valor. A segunda em 20 de dezembro, correspondente a 60%.

O calendário está disponível no Jornal Oficial do Município (JOM), edição 390, publicado no dia 13 de janeiro de 2017. Segundo informações da PREVI, são 499 servidores aposentados e 36 pensionistas.

Segue o calendário com o mês/dia de pagamento:

Janeiro 31 , Fevereiro 24 , Março 31 ,Abril 28, Maio 31, Junho 30 , Julho 31, Agosto 31 , Setembro 29 ,Outubro 30 ,Novembro 30 e Dezembro 29

Começa a ser paga nesta quinta-feira (24), a segunda e última parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) .

Os primeiros a receber serão os que ganham até um salário mínimo. Quem ganha acima de um salário mínimo começa a receber a partir de 1º de dezembro. Os depósitos continuam até 7 de dezembro.

A primeira parcela do 13º foi depositada entre os meses de agosto e setembro. O desconto do Imposto de Renda, se for o caso, incidirá somente sobre a segunda parcela.

21
nov

Circulando…

Postado às 12:39 Hs

Pagamento do 13° salário injetará mais de R$ 650 milhões na economia do Rio Grande do Norte

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) iniciará na próxima terça-feira o pagamento dos aposentados e pensionistas da Previdência Social, juntamente a segunda parcela do 13º salário. O pagamento referente ao mês de novembro, junto com a segunda parcela do abono, representa uma injeção de mais R$ 650 milhões na economia do Rio Grande do Norte. O pagamento acompanhará o calendário mensal, que prossegue até o dia 7 de dezembro.

Nos 79 municípios da área de abrangência da Gerência-Executiva do INSS Natal, serão pagos R$ 397 milhões, sendo R$ 250 milhões a 185.347 beneficiários urbanos e R$ 147 milhões aos rurais. Na Gerência-Executiva do INSS Mossoró, que compreende 88 municípios, o INSS pagará R$ 253 milhões, dos quais R$ 115 milhões a 95.389 urbanos e R$ 138 milhões aos 130.068 benefícios rurais. Aposentados e pensionistas em sua maioria receberão 50% do valor do benefício. No Rio Grande do Norte, só com a segunda parcela do 13º serão pagos R$ 214 milhões, beneficiando 467.950 segurados.

Fonte: O Mossoroense

jan 21
terça-feira
06 47
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
6 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5812533 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram