06
jun

Sem Pingo…Sem MCJ 2020

Postado às 20:21 Hs

Com as bênçãos do Senhor, venceremos sim essa Pandemia. Que venha 2021 ! Mossoró Cidade Junina super especial. Deus há de querer !

05
jun

Registros

Postado às 22:04 Hs

O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira (5) seu mais recente balanço de casos confirmados e mortes por complicações da Covid-19. Os principais dados são:

35.026 mortes, eram 34.021 na quinta-feira (4); Foram 1.005 registros de morte incluídos em 24 horas;

645.771 casos confirmados, eram 614.941 na quinta; Foram incluídos 30.830 casos em 24 horas; Nas últimas 24h, 11.977 pacientes foram recuperados;

Balanço por estados

O Ministério da Saúde divulgou também a distribuição dos casos e mortes por complicações do coronavírus Sars-Cov-2 por estado brasileiro. Veja abaixo a distribuição dos casos e mortes por estado apenas nas últimas 24 horas:

05
jun

Registros

Postado às 17:11 Hs

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte, no fim da manhã desta sexta-feira(05). O número de casos confirmados chega a 9.440 enquanto eram 9.282 no boletim dessa quinta-feira(04). Nas últimas 24 horas, registro de 158 casos a mais.

O total de vítimas do covid-19 no RN chega a 387 – (09) óbitos a mais que a atualização do boletim anterior. Dessas nove vítimas, duas foram registradas nas últimas 24 horas.

Os casos suspeitos, descartados e recuperados serão divulgados ao decorrer do dia, no boletim epidemiológico.

No mês de junho, várias capitais brasileiras ampliaram a reabertura das atividades em meio à pandemia do coronavírus. As primeiras restrições foram adotadas em março, com decretos locais. Atualmente, alguns setores já estão funcionando com precauções e cuidados – é o caso, por exemplo, de comércios, shoppings, igrejas e templos, academias e parques, a depender da localidade. Com base em dados colhidos pelo G1 junto às secretarias estaduais de Saúde, estão nas capitais 43% dos casos de coronavírus e 54% das mortes em razão da Covid-19 no Brasil. Nesta quinta-feira (4), o Brasil chegou a 34.021 mortes coronavírus, com 614.941 casos confirmados da doença, segundo o Ministério da Saúde. Com esses números, o país registrou 1.473 mortes pela Covid-19 no 3º dia seguido de recorde de vítimas. A primeira morte foi registrada em 17 de março.

O Brasil superou a Itália em número de mortos por complicações da Covid-19 nesta quinta-feira (4). Com mais um recorde diário de mortes, o país acumula 34.021 vidas perdidas durante a pandemia e está atrás apenas do Reino Unido e dos Estados Unidos, segundo o balanço mais recente do Ministério da Saúde.

Os principais dados do ministério são:

  • 34.021 mortes, eram 32.548 na quarta (3)
  • Foram 1.473 registros de morte incluídos em 24 horas
  • 614.941 casos confirmados, eram 584.016 na quarta
  • Foram incluídos 30.925 casos em 24 horas
  • 325.957 pacientes estão em acompanhamento (53 %)
  • 259.963 pacientes estão recuperados (41,5 %)

O balanço da quinta-feira, que foi divulgado por volta das 22 horas, registrou também 366 mortes que aconteceram nos últimos 3 dias. Além disso, segundo o Ministério da Saúde, há mais 4.159 suspeitas que estão sob investigação.

O Brasil chegou a terceiro país com mais mortes no mundo 79 dias depois do registro da primeira vítima da Covid-19, em 17 de março.

Veja as mortes nos países mais afetados:

  1. Estados Unidos: 107.979
  2. Reino Unido: 39.987
  3. Brasil: 34.021
  4. Itália: 33.689

No mundo inteiro, a pandemia já fez cerca de 389,6 mil mortes, de acordo com o painel da universidade norte-americana Johns Hopkins. A doença começou na China, que hoje tem pouco mais de 4,6 mil mortes. O país asiático mais atingido é o Irã, com mais de 8 mil óbitos.

A Europa, que já foi o epicentro da doença, tem flexibilizado as regras de confinamento que foram estabelecidas por causa do novo coronavírus. O Coliseu, em Roma, outros museus e estabelecimentos foram reabertos.

Comparação entre países

A taxa para cada 100 mil habitantes aponta que o Brasil tem 14 mortes a cada 100 mil. Essa taxa mostra o efeito do vírus em países menos populosos, como o Reino Unido (66,6 milhões) e a Itália (60,3 milhões de habitantes), em comparação com os EUA (329,5 milhões) e Brasil (209,5 milhões).

Nessa comparação, o país fica atrás dos Estados Unidos (32,9), da Itália (55,8) e do Reino Unido (59,9).

Nestes países, o pico diário de mortes foi alcançado há mais tempo que no Brasil, e muitos já passam por um processo de desaceleração na contagem de mortos.

Os Estados Unidos tiveram o maior registro (2.612) em 29 de abril, o Reino Unido (1.172) em 29 de abril e a Itália (919) em 27 de março, segundo o mesmo levantamento da Johns Hopkins.

G1
04
jun

Registros

Postado às 12:41 Hs

Brasil – registra recorde de 1.349 mortes por Covid-19 em 24 horas e chega a 32.548.
Em apenas um dia, foram contabilizados mais 28.633 casos de coronavírus; país chega a 584.016 confirmações.

RN registra mais de 9 mil casos de coronavírus, mais de 19 mil suspeitos, 16.013 descartados e 367 mortes; 26 óbitos a mais que o boletim de terça.
Mossoró é uma das cidades do Rio Grande do Norte com indicação para adoção de medidas de isolamento social mais rígido (lockdown). A orientação foi feita pelo Comitê Científico do Consórcio Nordeste, em boletim divulgado no início da semana.

Sobre a concentração de casos confirmados, a região metropolitana de Natal, Mossoró e o Vale do Açu lideram os índices no Rio Grande do Norte. A taxa de isolamento registra 41% neste momento, longe do ideal, considerado de 70%.

03
jun

RN Registros

Postado às 12:48 Hs

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte, no fim da manhã desta quarta-feira(03). Na ocasião, falou o secretário adjunto, o médico Petrônio Spinelli.

O número de casos confirmados chega a 9.148 enquanto eram 8.233 no boletim dessa terça-feira(02). Nas últimas 24 horas, registro de 915 casos a mais.

O total de vítimas dono RN chega a 367 –  (26) óbitos a mais que a atualização do boletim dessa terça-feira(02). Dessas vinte e seis vítimas, quatro foram registradas nas últimas 24 horas. Os casos suspeitos chegam a 19.659. Descartados somam 16.013. Recuperados são 1.824(de acordo com números dessa terça– em atualização).

Quanto a situação dos leitos, registra-se neste momento a seguinte ocupação:

Alto Oeste – Pau dos Ferros: 100%

Oeste – Mossoró: 100%

Região metropolitana de Natal: 97,5%

Seridó: 45,5%

Sobre a situação de internados, o Estado registra 594 pessoas internadas, distribuídas nas redes pública e privada. 293 estão em leitos críticos e 291 em clínicos.

02
jun

RN Registros da Covid 19

Postado às 13:06 Hs

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte, no fim da manhã desta terça-feira(02). Na ocasião, falou o secretário de saúde do Rio Grande do Norte, Cipriano Maia.

O número de casos confirmados chega a 8.233 enquanto eram 8.008 no boletim dessa segunda-feira(01). Nas últimas 24 horas, registro de 225 casos a mais.

O total de vítimas do covid-19 no RN chega a 341 –  (18) óbitos a mais que a atualização do boletim dessa segunda-feira(01). Dessas dezoito vítimas, quatorze foram registradas nas últimas 24 horas.

Os casos suspeitos chegam a 16.364. Descartados somam 14.128. Recuperados são 1.824(de acordo com números dessa segunda– em atualização).

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte, no fim da manhã desta terça-feira(02). Quanto a situação dos leitos, registra-se neste momento a seguinte ocupação:

Alto Oeste – Pau dos Ferros: 100%

Oeste – Mossoró: 97,5%

Região metropolitana de Natal: 98%

Seridó: 50%

Sobre a situação de internados, o Estado registra 581 pessoas internadas, distribuídas nas redes pública e privada. 287 estão em leitos críticos e 294 em clínicos.

01
jun

Registros

Postado às 12:33 Hs

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte, no fim da manhã desta segunda-feira(01). Na ocasião, falou o secretário adjunto de saúde do Rio Grande do Norte, o médico Petrônio Spinelli.

O número de casos confirmados chega a 7.964 enquanto eram 7.402 no boletim desse sábado(30 de maio) – o último divulgado, com acúmulo de números com dados de domingo-feira(31). 562 casos a mais. O total de vítimas do covid-19 no RN chega a 323 –  (18) óbitos a mais que a atualização do boletim desse sábado(30 de maio). Dessas dezoito vítimas, dez foram registradas nas últimas 24 horas.

Os casos suspeitos chegam a 16.573. Descartados somam 14.127. Recuperados são 1.824(de acordo com números dessa sábado – em atualização).

Ainda na coletiva, o secretário adjunto destacou que a taxa de isolamento social, em cima de um levantamento fim de semana, registrou apenas 42%. Os números preocupam a Sesap, diante do aumento de casos e óbitos no Estado. A secretaria entende que a taxa mínima ideal para isolamento e maior prevenção da covid-19 fica na casa dos 60%.

31
maio

Registros

Postado às 20:52 Hs

O Brasil ultrapassou neste domingo (31) a marca de 500 mil casos confirmados de infectados por Covid-19. Segundo o mais recente balanço do Ministério da Saúde há no país 514.849 casos.

Desde 22 de maio, o Brasil é o segundo país com mais casos confirmados de Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, que registravam mais de 1,7 milhão de casos neste domingo, segundo balanço global feito pela universidade norte-americana Johns Hopkins às 19h40.

Os principais dados do Brasil são: 29.314 mortes, eram 28.834 no sábado; Foram 480 registros de morte incluídos em 24 horas;

514.849 casos confirmados, eram 498.440 no sábado; Foram incluídos 16.409 casos em 24 horas;

278.980 pacientes estão em acompanhamento (54,2%); 206.555 pacientes estão recuperados.

# RN 

Conforme dados do Painel Coronavírus do Ministério da Saúde atualizados na noite deste domingo (31), o número de casos confirmados de Covid-19 no Rio Grande do Norte passa dos 8 mil. Ainda de acordo com o painel, não houve registro de óbitos provocados pelo coronavírus nas últimas 24h no RN. Casos confirmados: 8.051, são 649 casos a mais em relação aos 7.402 do boletim de sábado divulgado pela Sesap.

Óbitos: 305, nenhuma morte registrada a mais em comparação com os dados de ontem da Sesap.

Fonte: G1 / Blog do BG

30
maio

Novos Números

Postado às 20:23 Hs

O Brasil ultrapassou a França no número de mortos por Covid-19 neste sábado (30). O balanço mais recente do Ministério da Saúde mostrou o país totaliza 28.834 óbitos por coronavírus.

Já a França registra até o momento 28.774 mortes, segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins.

Os principais dados do Brasil são:

28.834 mortes, eram 27.878 na sexta-feira; Foram 956 registros de morte incluídos em 24 horas;

498.440 casos confirmados, eram 465.166 na sexta-feira; Foram incluídos 33.274 casos em 24 horas;

268.714 pacientes estão em acompanhamento; 200.892 pacientes estão recuperados.

O compositor e trovador Evaldo Gouveia morreu na noite desta sexta-feira, 29 de maio, aos 91 anos.  O artista, que há alguns anos convivia com as consequências de um acidente vascular cerebral, foi contaminado pela Covid-19 e não resistiu às complicações. O cearense deixa um legado robusto e apaixonado.

Do menino de oito anos que cantava na radiadora da Praça da Estação de Iguatu ao trovador que conquistou o Brasil com palavras e melodias. Evaldo Gouveia de Oliveira nasceu em 8 de agosto de 1928 no município de Orós e, desde cedo, sentia que, eventualmente, conquistaria o País. “Eu ia pro pezinho do rádio e pegava a letra, o tom. Eu já nasci artista”, dividiu em entrevista às Páginas Azuis do O POVO, publicada em 16 de agosto de 2010. A partir de “Deixe que Ela se Vá” (1957), primeira composição de sua autoria, escreveu sentimentos e melodias intensas que reverberam até hoje no cancioneiro nacional popular e nos corações dos românticos. Entre elas, despontam “Tango de Teresa”, “Sentimental”, “Brigas”, “Bloco da Solidão e “O Trovador” – para citar somente algumas, pois entre as mais de mil composições acumulam-se sucessos.

O repertório de Evaldo Gouveia foi impulsionado pelas vozes de cantores consagrados como Altemar Dutra, Nelson Gonçalves, Alaíde Costa e Maysa Monjardim. O cearense fez parte do lendário Trio Nagô, ao lado de Mário Alves e Epaminondas Souza.

O ápice da carreira do cantor veio da relação com Altemar Dutra (1940-1983). O cearense levou Dutra às boates de Copacabana, no Rio de Janeiro, e o sucesso do cantor mineiro, interpretando as composições de Evaldo, levou ambos ao auge.

Agência de Notícias 

30
maio

Registros

Postado às 13:11 Hs

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte, neste sábado (30). Os números foram informados por Alessandra Lucchesi, Subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, em coletiva no fim da manhã.

O número de casos confirmados chega a 7.402, enquanto eram 6.463 no boletim dessa sexta-feira. São 939 casos a mais.

Ao anunciar que RN teve um aumento de 37 óbitos registrados, Alessandra explicou que 11 deles ocorreram de fato nas últimas 24h e os demais correspondem a óbitos que aconteceram ao longo da semana e aguardavam confirmação da causa. Com isso, o número total de mortes por coronavírus no RN chega a 305.

A subcoordenadora também deixou claro que estes são números parciais e que podem ser atualizados no boletim que será publicado ainda hoje. O número de recuperados também cresceu, são 1.824 curados do coronavírus. Eram 1.410 no boletim anterior, são 414 a mais.

Conforme informado pelo secretário da Saúde, Cipriano Maia, em coletiva realizada no final da manhã deste sábado (30), a ocupação de leitos nas regiões de Natal e Mossoró é atualmente de 97%. Na região do Seridó, este percentual é de 40% e na região de Pau dos Ferros, 75%.

São 548 pessoas internadas nas redes pública e privada. Destes, 260 ocupam leitos críticos e outros 288 estão em leitos clínicos. Dos 260 pacientes em leitos críticos, 171 deles estão internados na rede pública e 89 na rede privada, o que para Cipriano Maia significa uma “mudança do perfil da epidemia entre grupos e extratos sociais, nós já temos bem mais pessoas ocupando leitos críticos públicos que privados”, explica.

29
maio

Fique Sabendo…

Postado às 17:13 Hs

# Pandemia & Problemas 

Ansiosos, deprimidos, com uma renda menor e mais sedentários. Esse é o cenário da saúde dos brasileiros durante a pandemia, mostrado por uma pesquisa feita pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Os resultados foram coletados com um questionário pela internet entre 24 de abril e 8 de maio e participaram 44.062 pessoas.
Os pesquisadores levaram em consideração as respostas dos mais de 44 mil brasileiros por meio de questionário online. A amostra foi calibrada, ou seja, mais refinada, por meio dos dados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios (PNAD, 2019) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O método é feito para obter a mesma distribuição por estado, sexo, faixa etária, raça/cor e grau de escolaridade da população brasileira.

# PIS/PASEP

Termina nesta sexta-feira (29) o pagamento do abono salarial PIS-Pasep do calendário 2019-2020, ano-base 2018, para os trabalhadores da iniciativa privada e do serviço público. O PIS é pago na Caixa Econômica Federal, e o Pasep, por meio do Banco do Brasil. O governo decidiu em abril, por meio de resolução, antecipar em um mês o prazo limite para os saques do abono salarial do calendário 2019-2020. O calendário original teve início em julho do ano passado e previa prazo final até 30 de junho.

Segundo o governo, a antecipação ocorreu para auxiliar na proteção às pessoas de baixa renda durante o estado de calamidade pública causado pela pandemia de Covid-19. Na mesma resolução foi publicado também o calendário de pagamento do abono salarial 2020-2021.

# Abertas

A Caixa vai abrir 2.213 agências neste sábado (30), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do auxílio emergencial que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em janeiro e que queiram fazer o saque em espécie do benefício. A partir desta data, também será possível a transferência do benefício para contas da Caixa ou de outros bancos. Em época de pandemia, o auxílio emergencial está sendo pago a trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados.

Apesar de o Brasil ter registrado mais de 400 mil casos e 25 mil mortes por Covid-19 nessa quarta-feira, prefeitos e governadores planejam a retomada da economia e medidas menos rigorosas de isolamento. Uma pesquisa sobre a taxa de contágio do coronavírus pelo país mostra que ela ainda é alta, apesar de ter caído. Na última semana, cada brasileiro infectado transmitiu o vírus em média para mais 1,9 pessoa (ou seja, cada dez doentes infectam 19 brasileiros), índice ainda muito longe do 1,0 necessário para estabilizar a epidemia. Os números foram estimados pelo grupo Covid-19 Analytics, do qual participa a PUC-Rio. De 2,53 em 1º de maio, o número básico de reprodução (que indica a taxa de espalhamento do vírus e é representado em estudos pela variável R) chegou a 1,92 no domingo, o que ainda é considerado preocupante pelos epidemiologistas.
28
maio

Registros

Postado às 12:55 Hs

O Rio Grande do Norte já contabiliza 255 mortes por Covid-19, segundo atualização da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) nesta quinta-feira (28). A Sesap informou que teve um problema no bancos de dados, por isso, os números de casos confirmados da infecção, suspeitos e descartados não foram divulgados.

Segundo o último levantamento da Sesap, divulgado na quarta-feira (27), foram 5.630 casos confirmados da infecção, 14.035 suspeitos e 11.207 descartados.

Taxa de Ocupação
A taxa de ocupação nas unidades hospitalares destinadas a tratar o novo coronavírus no estado está distribuída da seguinte maneira:

Região Oeste: 100%
Pau dos Ferros: 62,5%
Grande Natal: 100%
Seridó: 49%

Ainda na coletiva, o secretário de saúde destacou 517 leitos estão ocupados no Estado, sendo para 267 situações críticas e 250 para acompanhamento clínico.

28
maio

Opinião: Pensando no Brasil

Postado às 11:54 Hs

A quem interessa, neste momento de grave crise na rede pública de saúde, com milhares de vidas ceifadas pela Covid-19, o agravamento da outra crise, a política, envolvendo o conflito e a medição de forças entre poderes? Só aos que querem o pior para o País, aos que não têm alma nem sentimento. Com todo respeito ao Supremo Tribunal Federal, a operação de ontem da Polícia Federal, por ordem do ministro Alexandre de Moraes, só fez agravar ainda mais a relação Executivo x Judiciário.

Há, no entanto, quem esteja pensando diferente, de olho no País e não de forma enviesada. Pena que o STF tenha se manifestado, usando a força da PF, no dia seguinte ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumidamente no campo de oposição, mas sem dar um passo além das suas prerrogativas de chefe de um poder. “O povo brasileiro espera que cada um de nós, detentores de mandatos públicos, tenhamos consciência do papel a desempenhar na busca de soluções para enfrentar o vírus. Vencida essa etapa, ficará um legado de imensos desafios a enfrentar, e o primeiro deles é a reconstrução da nossa economia”, pregou.

“Nesta hora grave, acrescentou, a Nação exige que tenhamos prudência e que estejamos à altura dos combates que já foram e que ainda serão travados. Prudência não pode ser confundida com medo ou com hesitação. A coragem, muitas vezes, está em saber construir a paz”. No discurso, o presidente da Câmara lembrou que o mundo vive a mais grave crise sanitária e humanitária desde a Segunda Guerra Mundial e se solidarizou, em nome do Parlamento, com todas as famílias que perderam seus entes queridos ou têm parentes internados em razão da Covid-19.

Ele também elogiou a atuação dos profissionais de saúde e ressaltou que o isolamento social não é o responsável pela crise econômica. “A quarentena e o isolamento social não são culpados, quem derrubou nossa economia foi o vírus. O distanciamento momentâneo das pessoas salva vidas”, destacou, para acrescentar: “Nesta Casa, a casa da democracia, todos temos uma pessoa próxima que já foi vítima da terrível doença, ou perdemos pessoas queridas, e recebemos diariamente apelos de quem está sem trabalho, sem recursos, sem alimentos, sem meios de sobrevivência e sem condições de manter suas empresas. Vivemos uma guerra”, acrescentou.

Rodrigo Maia falou o que o povo queria ouvir, foi de encontro ao sentimento consensual da sociedade brasileira. O caminho para salvar e escapar da morte draconiana do vírus do fim do mundo e do terror é por aí.

Blog do Magno

27
maio

Registros

Postado às 12:29 Hs

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte, no fim da manhã desta quarta-feira(27). Na ocasião, falou o secretário de saúde do Rio Grande do Norte, Cipriano Maia.

O número de casos confirmados chega a 5.630, enquanto eram 5.472 no boletim dessa terça-feira(26). 158 casos a mais. O total de vítimas do covid-19 no RN chega a 242–  (22) óbitos a mais que a atualização do boletim dessa terça-feira. Vítimas foram confirmadas ao decorrer dos dias – no período do dia 20 até este momento.

Os casos suspeitos chegam a 14.035. Descartados somam 11.207. Recuperados são 1.410(de acordo com números dessa terça-feira – em atualização).

jun 6
sábado
23 25
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
93 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5825032 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram