01
maio

Mensagem

Postado às 11:52 Hs

NOS COMPROMISSOS DE TRABALHO

Nunca se envergonhe, nem se lamente de servir. Enriquecer o trabalho profissional, adquirindo conhecimentos novos, é simples dever. Colabore com as chefias através da obrigação retamente cumprida, sem mobilizar expedientes de adulação. Em hipótese alguma diminuir ou desvalorizar o esforço dos colegas.

Jamais fingir enfermidades ou acidentes, principalmente no intuito de se beneficiar das leis de proteção ou do amparo das instituições securitárias, porque a vida costuma cobrar caro semelhantes mentiras. Nunca atribua unicamente a você o sucesso dessa ou daquela tarefa, compreendendo que em todo trabalho há que considerar o espírito de equipe. Sabotar o trabalho será sempre deteriorar o nosso próprio interesse.

Aceitar a desordem ou estimulá-la, é patrocinar o próprio desequilíbrio. Você possui inúmeros recursos de promover-se ou de melhorar a própria área de ação, sem recorrer a desrespeito, perturbação, azedume ou rebeldia. Em matéria de remuneração, recorde: quem trabalha deve receber, mas igualmente quem recebe deve trabalhar.

 

André Luiz

Chico Xavier

01
maio

Mensagem

Postado às 6:00 Hs

Caro internauta,  deixo aqui minha homenagem aos Mossoroenses e Brasileiros que lutam diariamente por dias melhores.

Todos nós, com raras exceções, somos trabalhadores. Fazer das horas diárias de trabalho, horas de crescimento, de desenvolvimento pessoal e profissional, prazer em servir, de integração e união, é o grande desafio de todos nós, trabalhadores.

Assim, vamos comemorar este dia, agradecendo pelo trabalho que temos e tentando ajudar os que não têm a conseguir uma colocação digna. Vamos, com civilidade e de forma consequente lutar pelos nossos direitos, sem esquecer nossos deveres. Vamos lembrar que o trabalho dignifica o homem e o trabalho excelente, comprometido, sério, nos dignifica ainda mais. Parabéns a você que com o seu trabalho dignifica o Brasil. Avante e seguindo em frente…

Acreditamos que dias melhores virão… Um bom feriado a todos.

Você é o nosso diferencial !

01
maio

Como surgiu esta data…

Postado às 7:30 Hs

No dia 1º de maio, comemora-se o Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador, como forma de celebrar as conquistas dos trabalhadores ao longo da história. Nessa mesma data, em 1886, ocorreu uma grande manifestação de trabalhadores na cidade de Chicago, nos Estados Unidos. Esta lista vai mostrar algumas curiosidades relacionadas ao Dia do Trabalho.

– Em Chicago, milhares de trabalhadores protestavam contra a enorme carga horária pela qual eram submetidos, ou seja, 13 horas diárias. A proposta era reduzir para 8 horas diárias, como é hoje.

– Além da diminuição da carga horária, os trabalhadores também exigiam descanso semanal remunerado e um período anual de férias, direitos trabalhistas que ainda não existiam na época.

– A escolha da data de 1° de maio ocorreu para homenagear os trabalhadores mortos pela repressão policial nos Estados Unidos. No entanto, as mortes só passaram a ocorrer a partir do dia 03 de maio.

– Apesar da escolha da data ter sido feita por membros da Segunda Internacional Socialista, os oito organizadores das manifestações eram militantes anarquistas, não socialistas.

– Os organizadores das manifestações foram denominados Mártires de Chicago. No monumento erguido a eles, estava o seguinte epíteto: “Um dia nosso silêncio será mais forte que as vozes que hoje vocês estrangulam”.

– Em 23 de Abril de 1919, o senado francês proclamou feriado nacional no dia 1° de Maio. Em 1920, foi a vez da União Soviética. Aqui no Brasil, o primeiro de maio é comemorado desde o ano de 1925.

– Os Estados Unidos não comemoram o Dia do Trabalho no dia 1° de maio, e sim na primeira segunda-feira de setembro. Na Austrália comemora-se a data em duas ocasiões: na parte ocidental, em 04 de março e, na parte meridional, em 07 de outubro.

– Em 1940, o presidente Getúlio Vargas utilizou o 1° de maio para anunciar o novo salário mínimo. Em 1941, a data foi usada para marcar a criação da Justiça do Trabalho, que visava resolver os conflitos existentes entre os trabalhadores e seus patrões.

– Como Vargas utilizava a data para apresentar boas notícias aos trabalhadores, a data perdeu seu sentido original. Até então marcado por piquetes e protestos, o Dia do Trabalhador passou a ser comemorado com festas populares, desfiles e celebrações similares.

– Mesmo sendo um feriado nacional no Brasil, a Bahia ficou 55 anos sem comemorar a data porque os governantes acreditavam que era uma contradição não trabalhar no dia do Trabalho

01
maio

Dilma discursa em ato do 1º de maio da CUT

Postado às 17:20 Hs

A presidente Dilma Rousseff anunciou neste domingo (1º), durante evento do Dia do Trabalho, promovido em São Paulo pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), reajustes de 9% para beneficiários do programa Bolsa Família, mais 25 mil moradias para o programa Minha Casa Minha Vida, prorrogação de contratos do profissionais do Mais Médicos. Ela também propos a correção da tabela do Imposto de Renda para pessoa física. “Quero aproveitar o 1º de maio para dizer que estamos autorizando um reajuste no Bolsa Família que vai resultar em um aumento médio de 9% para as famílias”, disse Dilma durante discurso no Vale do Anhangabaú. “Essa proposta não nasceu hoje, ela estava prevista desde quando nós enviamos em agosto de 2015 o orçamento para o Congresso. Essa proposta foi aprovada pelo Congresso e diante do quadro atual nós tomamos medidas que garantem um aumento na receita desse ano e nos próximos para viabilizar esse aumento do Bolsa Família.”
30
abr

Nos últimos dias, pacote de bondades

Postado às 12:41 Hs

O 1 de Maio, amanhã, Dia do Trabalhador, será transformado num ato em defesa da presidente Dilma e do que os seus aliados chamam de golpe o processo de impeachment em tramitação no Senado. Na manifestação, organizada pela Central Única dos Trabalhadores, a CUT, Dilma anunciará um pacote de “bondades” com a intenção de inviabilizar o mais que provável Governo Temer.

Entre as medidas previstas está a concessão de um porcentual de correção da tabela do Imposto de Renda, para compensar a inflação acumulada. O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, que ontem fez a defesa do Governo na Comissão Especial do Impeachment no Senado, já antecipou que não há recursos para isso. Mas Dilma pediu para Barbosa se debruçar sobre os números.

A presidente pretende anunciar também o reajuste dos benefícios do programa Bolsa Família. Embora o índice ainda não esteja fechado, auxiliares da petista dizem que que o aumento será na faixa de 5%. Com o rombo nas contas públicas, o porcentual, porém, não vai ser linear. Haverá escalonamento por faixa de beneficiários, com prioridade para os mais pobres. A margem do Orçamento para o reajuste é de R$ 1 bilhão. O Bolsa Famílias, é o novo capítulo da guerra entre Dilma e o vice-presidente Michel Temer, que já está montando o seu Ministério. Na contraofensiva aos rumores de que acabará com os programas sociais, Temer avisou que a plataforma do PMDB vai aprimorar as principais vitrines do Governo petista. A meta é elevar o padrão de vida dos 5% mais pobres, que correspondem a 10 milhões de pessoas, com reajustes diferentes para os vários grupos que recebem o benefício.

Diante dos planos de Temer, Dilma deixou de lado as ponderações da equipe econômica de que seria melhor aguardar a revisão da meta de superávit para anunciar o reajuste e pediu aos auxiliares que refizessem as contas e encontrassem uma saída para a concessão do aumento. No 1º de Maio, é possível que Dilma faça um pronunciamento pelas redes sociais, nos mesmos moldes do que fez às vésperas da votação do impeachment pela Câmara dos Deputados. A dúvida, porém, é como ela tratará da questão do emprego, que está em queda, justamente no Dia do Trabalho. Apesar do desânimo do Planalto, Dilma programou uma agenda frenética para ser cumprida até 11 de maio, quando o relatório pela admissibilidade do impeachment será aprovado no plenário do Senado, obrigando-a a se afastar do Governo por 180 dias para responder o processo.

Fonte: Blog do Magno

A presidente Dilma Rousseff quer aproveitar o Dia do Trabalho, 1º de Maio (domingo), para anunciar um reajuste nos benefícios do programa Bolsa Família. O índice do aumento ainda não está fechado, mas, no Palácio do Planalto, auxiliares da presidente dizem que será na faixa de 5%.

Dilma também foi aconselhada a conceder mais uma bondade neste domingo: um porcentual de correção da tabela do Imposto de Renda, para compensar a inflação acumulada. Ela pediu à equipe que refaça os cálculos sobre o impacto da medida no Orçamento.

As propostas integram o Programa Nacional de Emergência aprovado pela cúpula do PT, em fevereiro, com sugestões ao governo para enfrentar a crise, e também são defendidas pela Frente Brasil Popular. A intenção de Dilma é sair na frente do vice-presidente Michel Temer, que, se assumir o governo, pretende focar nos 5% mais pobres do País, como mostrou nesta quinta-feira reportagem do Estado.

Dilma já está ciente de que não há mais como vencer a primeira etapa da batalha do impeachment no plenário do Senado, programada para o próximo dia 11, mas aposta no julgamento final da Casa, previsto para setembro. Com o impeachment aceito, Dilma precisa se afastar do cargo por até 180 dias.

O feriado desta sexta-feira (1) vai movimentar os principais destinos turísticos brasileiros. O Rio Grande do Norte deve atrair 41,3 mil viajantes e registrar uma movimentação econômica extra de R$ 61 milhões, de acordo com projeção feita pelo Ministério do Turismo. “Os feriados são uma oportunidade para o setor gerar negócios, empregos e renda para as cidades. E também uma chance para o turista conhecer novos destinos no seu próprio país”, afirma o ministro do Turismo, Henrique Alves. “Importante ressaltar que as nossas estimativas podem ser superadas com um trabalho intenso de promoção do estado e municípios”, completa Alves. O impacto econômico dos seis feriados nacionais no Rio Grande do Norte é estimado em R$ 440,8 milhões. As folgas prolongadas – geradas pelo calendário de 2015 – vão motivar 298 mil viagens para o estado, com destaque para o feriado de 12 de outubro, que deverá registrar a maior movimentação financeira (R$ 81,4 milhões) e de viagens (55 mil). O levantamento mostra, ainda, que o Nordeste será, depois do Sudeste,
01
maio

Mensagem

Postado às 13:13 Hs

Caro internauta,  deixo aqui minha homenagem aos Mossoroenses e Brasileiros que lutam diariamente por dias melhores.

Todos nós, com raras exceções, somos trabalhadores. Fazer das horas diárias de trabalho, horas de crescimento, de desenvolvimento pessoal e profissional, prazer em servir, de integração e união, é o grande desafio de todos nós, trabalhadores.

Assim, vamos comemorar este dia, agradecendo pelo trabalho que temos e tentando ajudar os que não têm a conseguir uma colocação digna. Vamos, com civilidade e de forma consequente lutar pelos nossos direitos, sem esquecer nossos deveres. Vamos lembrar que o trabalho dignifica o homem e o trabalho excelente, comprometido, sério, nos dignifica ainda mais. Parabéns a você que com o seu trabalho dignifica o Brasil. Avante e seguindo em frente…

Acreditamos que dias melhores virão… Um bom feriado a todos.

Você é o nosso diferencial ! 

01
maio

Homenagem

Postado às 10:27 Hs

01
maio

Homenagem

Postado às 10:03 Hs

01
maio

Homenagem

Postado às 0:03 Hs

02
maio

Na tv

Postado às 9:30 Hs

A presidente Dilma Rousseff se furtou a aparecer em qualquer um dos grandes palanques montados pelas centrais sindicais no Dia do Trabalho, mas usou uma plataforma ainda mais eficiente para fazer discurso eleitoral neste 1º. de Maio. Seu discurso de doze minutos abordou o tema natural para o dia – as conquistas do trabalhador e números que a administração petista têm para alardear na questão do emprego – mas também acrescentou de contrabando em sua fala o tema da inflação, que se tornou um dos calcanhares de Aquiles de sua gestão e vem sendo explorado pelos seus potenciais adversários nas urnas em 2014.

Após prometer “seguir na rota do crescimento com estabilidade”, distribuir renda e reduzir impostos, Dilma mandou seu recado: “É mais do que óbvio que um governo que age assim e uma presidente que pensa desta maneira não vão descuidar nunca do controle da inflação. Esta é uma luta constante, imutável e permanente. Não abandonaremos jamais os pilares da nossa plítica econômica, que têm por base o crescimento sustentado e a estabilidade”, disse.

Este foi o terceiro pronunciamento de Dilma neste ano em cadeia de rádio e televisão, recurso que seus futuros adversários não têm acesso. No dia 23 de janeiro, ela anunciou a redução da tarifa de energia elétrica, e no dia oito de março falou da desoneração da cesta básica. Em comum, as três aparições tiveram forte caráter eleitoral.(Veja)

01
maio

Uma justa homenagem…

Postado às 16:00 Hs

01
maio

Homenageando…

Postado às 15:36 Hs

01
maio

Charge: A mais pura verdade…

Postado às 11:31 Hs

01
maio

O por que das conquistas ?

Postado às 7:59 Hs


Comemorado no dia 1º de maio, o Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador é uma data comemorativa usada para celebrar as conquistas dos trabalhadores ao longo da história. Nessa mesma data, em 1886, ocorreu uma grande manifestação de trabalhadores na cidade americana de Chicago.

Milhares de trabalhadores protestavam contra as condições desumanas de trabalho e a enorme carga horária pela qual eram submetidos (13 horas diárias). A greve paralisou os Estados Unidos. No dia 3 de maio, houve vários confrontos dos manifestantes com a polícia. No dia seguinte, esses confrontos se intensificaram, resultando na morte de diversos manifestantes. As manifestações e os protestos realizados pelos trabalhadores ficaram conhecidos como a Revolta de Haymarket.

Após a França estabelecer o Dia do Trabalho, a Rússia foi o primeiro país a adotar a data comemorativa, em 1920. No Brasil, a data foi consolidada em 1924 no governo de Artur Bernardes. Além disso, a partir do governo de Getúlio Vargas, as principais medidas de benefício ao trabalhador passaram a ser anunciadas nesta data. Atualmente, inúmeros países adotam o dia 1° de maio como o Dia do Trabalho, sendo considerado feriado em muitos deles.

O Blog deseja um ótimo dia a todos…

30
abr

# # Rapidinhas… # #

Postado às 17:03 Hs

@ @ O programa Entre no Clima da TCM Canal 10 foi o responsável por sortear e entregar mais uma TV como prêmio pelos 10 anos da TV Cabo Mossoró. O mais recente contemplado foi a AMBEP, Associação de Mantenedores-Beneficiários da Petros. A entidade foi representada pelo senhor Walmir Castro de Almeida, que recebeu a TV das mãos do apresentador Dayvid Almeida.@ @ 

@ @ Dois nomes que podem configurar no cenário da disputa em 2014 para a câmara federal  são eles o deputado estadual Antônio Jâcome (MD) representando o segmento evangélico e o ex-deputado e advogado Ney Lopes de Souza . Com certeza farão toda diferença sim. Aguardemos… @ @

@ @ Faltam 39 dias para o maior evento do estado, o MOSSORÓ CIDADE JUNINA 2013 já se consolidou e na sua 17ª edição promete agradar a mossoroenses e turistas, sendo considerado o Melhor do Brasil. Em breve a grade de programação será divulgada… e traremos para você em detalhes. @@

@ @ Apesar de se falar em novas lojas no West Shopping Mossoró, temos notado é que muitas já fecharam as portas nos últimos tempos…Uma pena. Estão aportando em breve segundo informações : Ricardo Eletro, RiHappy e me falaram em Burg King ou Habib’s, espero que venha outras…Mossoró merece muito mais @@

@ @ Participe e ajude a fazer um blog com participação popular,envie email e sugestões para nós. Entre em contato:paduabarreto@bol.com.br ou contato@paduacampos.com.br ou ainda pelo twitter e facebook.@ @

@ @ O programa Cenário Político desta quarta-feira, feriado de primeiro de maio, Dia do Trabalho, será ao vivo e terá como convidado o diretor da Central de Trabalhadores (CTB), Aldeirton Pinheiro, para falar sobre questões referentes ao dia e à luta dos trabalhadores. O Cenário Político apresentado por Carol Ribeiro e Marcello Benévolo, no Canal 10 da TCM, vai ao ar às 18h45. @ @

@ @ Na madrugada do último domingo(28) o vandalismo deixou a Praça do Portal do Saber destruida, os vândalos quebraram luminárias e arrancaram  as palmeiras recém plantadas naquele espaço.Os desocupados não estão nem aí… É uma pena, mas a insegurança tem tirado a tranquilidade dos moradores do Abolição I. Isso é fato. @ @

@ @ O nosso agradecimento a todos os patrocinadores e links parceiros por acreditar em nosso trabalho nestes três anos de estrada… Obrigado mesmo !!! @ @

02
maio

Procurando união…

Postado às 6:02 Hs

O recém nomeado ministro do Trabalho Brizola Neto (PDT-RJ), um dos representantes do governo federal na comemoração do Dia do Trabalho promovida pela Força Sindical em São Paulo, disse que agora é o momento de reafirmar a unidade do partido e o apoio ao governo da presidente Dilma Rousseff.

 Brizola Neto assume o lugar o ex-ministro Carlos Lupi, também do PDT, demitido há cerca de cinco meses da pasta por suspeita da corrupção. Sua escolha, no entanto, não agradou totalmente ao PDT.

A respeito das críticas da cúpula do partido, Brizola afirmou: “É natural do processo da escolha que surjam articulações e preferências.”

O futuro ministro qualificou como “pequenas divergências” a resistência da base de seu partido à sua nomeação. Segundo ele, há questões maiores para serem debatidas que devem unir o PDT.

Brizola Neto, de 33 anos, será o mais novo ministro do Gabinete de Dilma. Sua posse está marcada para a próxima quinta-feira (3).

Por enquanto, preferiu não detalhar seu plano de trabalho à frente do Ministério. Defendeu, contudo, que haja aumento da produtividade do trabalho no País sem prejuízo dos direitos do trabalhador.

No evento da Força Sindical também representaram o governo Dilma o chefe da secretaria-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho e o ministro do Esporte Aldo Rebello.

Fonte: Agência Estado

jun 5
sexta-feira
12 19
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
95 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5824953 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram