Folha de S. Paulo – Clara Becker, Juliana Dal Piva e Leandro Resende

No fim do ano passado, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso comparou o governo do presidente Michel Temer a uma “pinguela” –uma ponte estreita e instável. Naquela época, parecia disposto a atravessá-la. Na tarde desta quarta (14), no entanto, o tucano mudou o discurso.

“Preferiria atravessar a pinguela, mas, se ela continuar quebrando, será melhor atravessar o rio a nado”, disse, em nota à Agência Lupa. Na última segunda-feira (12), a Executiva Nacional do PSDB se reuniu e decidiu permanecer no governo federal.

Ao fim do encontro, o partido disse que está à espera de “um fato novo” que possa justificar seu desembarque de forma plena.O ex-presidente, que não participou do encontro da Executiva, revelou posicionamento diferente:

“Se tudo continuar como está, com a desconstrução contínua da autoridade [de Temer], pior ainda se houver tentativas de embaraçar as investigações em curso, não vejo mais como o PSDB possa continuar no governo”.No texto, o ex-presidente também fala da necessidade de “devolver a legitimação da ordem à soberania popular” –sem, no entanto, fixar datas ou esclarecer se faz uma defesa aberta da convocação de eleições diretas.

Também diz que “a maior responsabilidade” é do presidente Michel Temer e que é ele quem tem que decidir “se ainda tem forças para resistir e atuar em prol do país”.O ex-presidente classifica a atual crise como grave, uma “quase anomia” (estado de ausência de regras e normas).

Lamenta que falte ao cenário nacional o que “os politicólogos chamam de ‘legitimidade'”.O ex-presidente propõe uma saída para a crise política em que o país está imerso: “ou se pensa nos passos seguintes em termos nacionais e não partidários nem personalistas ou iremos às cegas para o desconhecido”.

CONTRADIÇÕES

Na nota, o ex-presidente ainda reconhece que vem adotando posições públicas que muitas vezes parecem contraditórias.Na tentativa de se explicar, diz que “no calor dos embates diários e de declarações dadas às pressas”, talvez não tenha sido claro “nem sem hesitações”.Nas palavras do tucano: “a conjuntura política do Brasil tem sofrido abalos fortes e minha percepção também”.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso comentou, nesta quinta-feira, o depoimento de Lula concedido na tarde de quarta para o juiz Sérgio Moro em processo no qual é réu por suposto recebimento de vantagens ilegais. O tucano, que chegou a ser ouvido como testemunha de defesa do petista em fevereiro de 2017 no caso que investiga supostas irregularidades no Instituto Lula, afirmou que prefere “não imaginar Lula preso”. “Mas são coisas da vida: não sei o que ele fez. Dependendo do que foi, o que o juiz poderá fazer?”, questiona. Para FHC, “a Justiça não pode julgar em função da popularidade, e sim se [o réu] cometeu ou não o crime, a lei é para todos”. As declarações foram dadas durante evento de lideranças realizado em Buenos Aires.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso usou hoje sua página no Facebook para convocar a população a participar dos protestos marcados para este domingo, que pedirão o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

O impeachment de Dilma, defendido pela parceria PSDB-Eduardo Cunha, pode levar o vice-presidente Michel Temer ao poder. Coincidentemente, os protestos foram marcados para o dia que marca o 47o. aniversário do AI-5, o Ato Institucional número 5, editado em 13 de dezembro de 1968 em que foram cassados vários direitos e liberdades civis e o Brasil passou a viver num regime de exceção.

O movimento tucano enfrenta a oposição de artistas, intelectuais, juristas, reitores e professores de universidades, além de praticamente todos os governadores – à exceção dos tucanos.

Leia, abaixo, a convocação de FHC para o protesto de amanhã

FHC: “O impeachment, tenho reiterado, não deve ser mero objeto do desejo político. Ele se impõe quando há desrespeito à Constituição e quando, simultaneamente, o governo perde sustentação na sociedade e perde apoio no Congresso. O governo está paralisado, perdeu apoio do povo e está perdendo a maioria no Congresso. A consistência dos argumentos a favor do impeachment — o desrespeito continuado da lei de responsabilidade fiscal para manter programas de alcance eleitoral — será debatido pelos deputados.

Se a Câmara, depois da defesa feita pela Presidente, ainda assim, resolver aceitar o processo contra a Presidente, esta será julgada pelo Senado. Tudo dentro da Constituição, sem sombra de golpe.

A aceitação dos argumentos independe de o presidente da Câmara, estar ele próprio, sob suspeita fundamentada, justificando-se a meu ver seu afastamento imediato das funções.

Cabe agora à sociedade participar deste processo. Por isso é bem-vinda a convocação para manifestações pelo impeachment no próximo domingo. Elas podem e devem ser apoiadas por militantes dos partidos, mas em caráter pessoal, sem que haja tentativas de transformá-las em manobras partidárias.” (Blog Magno Martins)

Às vésperas do lançamento do primeiro volume do livro “Diários da Presidência”, em que narra seu cotidiano no poder, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso diz que a obra ajudará o país a entender “como o jogo político se dá”. “Qualquer sistema implica em distribuição de poderes. A questão é: para quê?”, afirma. Num paralelo com o cenário atual, diz que o país está “ladeira abaixo” e que se a presidente Dilma Rousseff fosse “capaz de botar o limite” à crise, “já devia ter posto”. Ele ressalta que “não trabalha para isso”, mas que vê o hoje vice-presidente Michel Temer (PMDB) com mais condições de reunir apoio do que a petista. Veja abaixo os principais trechos da entrevista.
11
set

SAIBA TAMBÉM…

Postado às 9:11 Hs

# # Empossados

A prefeita Cláudia Regina empossou vinte novos guardas civis, na manhã desta terça-feira, 10, em solenidade no Salão dos Grandes Atos, no Palácio da Resistência. Os guardas municipais empossados reforçarão as atividades desenvolvidas na Base Integrada Cidadã (BIC), instalada no bairro Santo Antônio. Cláudia Regina afirmou que o momento é de grande importância para o município, que começa a reescrever a história da segurança na cidade. “A Prefeitura reafirma o compromisso com os novos guardas e com toda a Mossoró, garantindo o cumprimento de suas obrigações com responsabilidade e planejamento”, declarou. A prefeita reforçou que os novos guardas atuarão na BIC, fortalecendo as ações de segurança pública realizadas no Santo Antônio. “Trabalhando de forma planejada e integrada, estamos devolvendo a comunidade o sentimento de pertencimento e garantindo que a população possa circular sem medo em seu bairro”, disse.

# # Brasil vence Portugal em jogo amistoso

Com direito a porradas dos defensores rivais, virada e golaço de Neymar, a seleção brasileira venceu Portugal, nesta terça-feira, nos Estados Unidos, por 3 a 1. O amistoso teve cara de partida de competição, com rivalidade entre os jogadores e superação dos brasileiros. O jogo começou tenso, com os defensores portugueses irritando os brasileiros. Bruno Alves deu um pisão em Bernard e uma cotovelada em Neymar. Apesar disso, não levou cartão amarelo nos lances. A seleção brasileira iniciou praticamente com a mesma formação da goleada sobre a Austrália. A única diferença foi a ausência de Marcelo, lesionado, que deu lugar a Maxwell. No meio campo, Ramires fazia a função de armador. Com um jogo equilibrado, os dois times tentavam tirar vantagens dos erros do rival. Portugal teve mais sorte no início. Aos 17 minutos, Maicon tentou atrasar uma bola de cabeça para Júlio César e deu um presente para Raul Meireles, que aproveitou o equívoco do lateral e tocou para o gol. O Brasil, aparentemente, não se abalou com o gol e foi para cima dos portugueses. Após uma tentativa de ataque, o time teve um escanteio. Neymar cobrou e Thiago Silva subiu mais que todo mundo e cabeceou com força para dentro do gol.

# # PSB na chapa majoritária

Depois da reunião da presidente estadual do PSB, vice-prefeita Vilma de Faria, com a bancada de deputados estaduais do partido saiu a definição de integrar a chapa majoritária, mas ainda sem o anúncio de qual o cargo a disputar. O discurso oficial é comum entre os deputados que participaram da reunião. Eles defendem um fortalecimento da legenda. Depois do encontro, pessoas ligadas à vice-prefeita garantem que a disposição dela é concorrer ao Governo do Estado ou ao Senado. Embora o PSB potiguar já tenha deflagrado conversas com partidos integrantes da oposição ao Governo Rosalba, como PSD, do vice-governador Robinson Faria; e o PT, da deputada federal Fátima Bezerra, a indefinição do governador de Pernambuco Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, dificulta as negociações. Caso dispute a Presidência da República, a candidatura de Campos vvai criar barreiras aos projetos de aliança do PSB no Rio Grande do Norte. Liderados de Vilma de Faria garantem que essa é uma das preocupações da vice-prefeita. Já que ela teme que Eduardo Campos possa impor um palanque próprio para o PSB no Rio Grande do Norte.

# # O imortal da ABL

Começou pontualmente, às 21h desta terça-feira (10), a cerimônia de posse do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) na cadeira 36 da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Centro do Rio. Com 82 anos, o sociólogo e escritor foi eleito na sucessão do acadêmico e jornalista João de Scantimburgo (1915-2013), no dia 27 de junho deste ano, com 34 dos 39 votos. “A ABL funciona como uma tocha olímpica. Ao passar uma cadeira para outro, os membros mostram continuidade. Agradeço o convite e a honra de me sentar nessa cadeira. Não foram poucas as vezes que participei de momentos cheios de significados”, disse Fernando Henrique, em discurso. Ainda em seu discurso, o ex-presidente mencionou as manifestações que começaram no Brasil em junho deste ano. “Cabe a todos nós, políticos, artistas, escritores, cientistas ou, simplesmente, cidadãos que prezam a liberdade, passarmos da escuta à ação. Eu fui presidente da república e eu não queria que confundissem minha posição política e meu status de presidente com a minha qualidade de intelectual”, afirmou.

# # Um novo partido o PROS

A maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) votou ontem (10), a favor da criação do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), fundado no dia 4 de janeiro de 2010. O julgamento foi suspenso por um pedido de vista da ministra Luciana Lóssio. De acordo com o site do partido na internet, a legenda teve origem em Planaltina de Goiás (GO), região do entorno do Distrito Federal. A principal proposta é a redução de impostos. No pedido de registro feito ao TSE, o partido informou ter cumprido todas as exigências da Justiça Eleitoral, como o número de assinaturas mínimas de apoiadores em nove estados. O PROS pediu ao tribunal que a legenda seja identificada com o número 90. O partido conseguiu reunir mais de 515 mil assinaturas. Se o registro for aprovado, o Brasil terá 31 partidos registrados no TSE.

# # Fim da greve

Aos poucos, o serviço público vai se normalizando no Rio Grande do Norte com o fim das greves que vinham paralisando o Estado. Nesta quarta-feira (12) mais uma categoria profissional volta ao trabalho. Os policiais civis retornam às atividades, depois que o Tribunal de Justiça determinou ao trabalho de ao menos 70% da categoria. O fim da paralisação foi definida em assembleia, ontem à noite. A normalização do serviço público é um alívio para a governadora Rosalba Ciarlini.

# # Vacine seu bichinho…

O próximo sábado (14), será o Dia “D”de maior mobilização da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica 2013. A vacina é indicada para animais a partir dos três meses de idade, não tem contra indicação e é gratuita.

# # O Brasil pode ficar de fora da F1

Com o anúncio desta terça-feira de Felipe Massa de que ele não irá continuar na Ferrari em 2014, o Brasil corre o risco de não ter pilotos na categoria pela primeira vez desde 1969. Além do próprio paulista, Felipe Nasr, hoje na GP2, é quem procura uma vaga, mas a situação não é das mais fáceis. A Ferrari deve confirmar nos próximos dias a contratação de Kimi Raikkonen, que retornaria à equipe quatro anos após ter sido demitido. Imediatamente, a vaga que ele estaria deixando na Lotus se tornaria a melhor entre as que ficariam abertas no mercado de pilotos. Para os dois brasileiros seria um sonho. Para Massa, seria a chance de correr por uma equipe que tem um bom carro, briga por pódios e às vezes até por vitórias, sem a sombra de um primeiro piloto como Fernando Alonso. Para Nasr, uma chance de entrar na F1 podendo mostrar resultados logo de cara e com estrutura para ele se desenvolver. Só que o cenário não é dos melhores. Massa não teve bons desempenhos nas últimas temporadas que justifiquem sua contratação por uma equipe que tenta se tornar grande, como a Lotus. Além disso, o chefe do time já disse publicamente, que na falta de Kimi Raikkonen, gostaria de contar com o alemão Nico Hulkenberg, que já fez bons trabalhos por Williams, Force India e agora Sauber.

07
jul

[ Ponto de Vista ] Tempos Difíceis

Postado às 19:24 Hs

Já se disse tudo, ou quase tudo, sobre os atos públicos em curso. Para quem acompanha as transformações das sociedades contemporâneas não surpreende a forma repentina e espontânea das manifestações. Em artigo publicado nesta coluna, há dois meses, resumi estudos de Manuel Castells e de Moisés Naím sobre as demonstrações na Islândia, na Tunísia, no Egito, na Espanha, na Itália e nos Estados Unidos. As causas e os estopins que provocaram os protestos variaram: em uns, a crise econômico-social deu ânimo à reação das massas; em outros, o desemprego elevado e a opressão política foram os motivos subjacentes aos protestos. Tampouco as consequências foram idênticas. Em algumas sociedades onde havia o propósito específico de derrubar governos autoritários, o movimento conseguiu contagiar a sociedade inteira, obtendo sucesso. Resolver uma crise econômico-social profunda, como nos países europeus, torna-se mais difícil.
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) afirmou na noite desta segunda-feira que os movimentos que tomaram as ruas do Brasil nos últimos dias são consequência de uma crise da vida “cotidiana” da população, e não apenas de uma crise das instituições do País. “O que vemos é a falência dos órgãos públicos há muito tempo. Esses são os problemas que afetam as pessoas, é uma crise das vidas cotidianas, e não das instituições”, disse FHC durante entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura. Fernando Henrique citou um artigo que produziu em 2011 sobre o que seriam as futuras demandas das “classe emergentes”, com foco na qualidade de vida, para explicar parte da crise.
28
jun

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 9:24 Hs

  • O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta quinta-feira (27) que o Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) dos produtos da linha branca e dos móveis, reduzido no ano passado, terá alta abaixo da prevista em julho. A previsão, anunciada em dezembro, era que os produtos voltassem a ter as alíquotas originais a partir da próxima segunda-feira. O governo, no entanto, vai “fatiar” essa alta, com uma elevação menor do IPI até setembro. “A partir de setembro, vamos ver. A ideia é a recomposição das alíquotas [para o patamar normal]. Podemos calibrar o tempo disso dependendo da arrecadação, da inflação e das vendas do setor. Por enquanto, está definido que está alíquota vale para setembro. Provavelmente, em setembro vamos elevá-la para o patamar normal”, disse Mantega. Em dezembro do ano passado, o governo federal anunciou um reajuste gradual das alíquotas do IPI de produtos da linha branca (com exceção de máquinas de lavar, que permanece em 10%) no decorrer deste ano. Para fogões, por exemplo, a alíquota de IPI, que estava em zero no ano passado, subiu para 2% em fevereiro e a programação é que ela avançaria para 4% a partir de julho deste ano, ou seja, já na próxima segunda-feira (1). Neste caso, porém, ela subirá para 3% entre julho e setembro deste ano.
  •  Mossoró fica sem  o jornal Correio da Tarde, o jornal vespertino tem sua última edição. Não resistiu aos novos tempos.O jornalismo impresso enfrenta dificuldades hoje no mundo todo. Uma pena.
  • Presidentes de dez partidos da base aliada e de líderes na Câmara e no Senado disseram à presidente Dilma Rousseff que apoiarão a convocação de um plebiscito sobre a reforma política, mas provocaram mal-estar ao propor um debate sobre o fim da reeleição e mandato de cinco na consulta popular e ao enfatizar que mudanças no sistema só devem vigorar em 2018. Dilma e o PT vão insistir numa reforma que vigore em 2014. Embora a sugestão dos aliados tenha sido para que o fim da reeleição comece a valer a partir de 2018, não afetando a campanha de Dilma pelo segundo mandato, a simples referência ao assunto constrangeu o governo. O Estado apurou que, mesmo com a garantia de que eventual mudança não vai valer para ela, Dilma é contra incluir questões sobre o fim da reeleição no plebiscito. (Informações de O Estado de S.Paulo – Vera Rosa, Tânia Monteiro e Ricardo Brito)
  • O Conselho Nacional de Justiça decidiu nesta quinta-feira (27), por unanimidade, aposentar compulsoriamente dois desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN) suspeitos de desviar R$ 18 millhões em precatórios. A aposentadoria compulsória é a pena máxima que o CNJ pode aplicar na esfera administrativa. O magistrado deixa o cargo, mas continua recebendo o salário. Precatórios são títulos emitidos pelo poder público para pagar dívidas reconhecidas pela Justiça. O Judiciário é quem faz os pagamentos independentemente de que órgão público é o devedor. O plenário do CNJ entendeu que os ex-presidentes do TJ Osvaldo Soares da Cruz e Rafael Godeiro Sobrinho tiveram participação em esquema que desviou verba pública.
  • A cadeira de número 36 da Academia Brasileira de Letras já tem um novo dono: Fernando Henrique Cardoso. O ex-presidente da República tornou-se imortal na tarde de hoje (27) – obtendo 34 votos entre os integrantes da instituição. A eleição aconteceu no Petit Trianon, sede da ABL, no centro do Rio de Janeiro. A vaga agora ocupada por FHC estava aberta desde a morte do escritor e jornalista João de Scantimburgo – morto em 22 de março, aos 97 anos. Outros 11 concorrentes disputavam a cadeira – entre eles, o poeta capixaba Eloi Ghio e o colunista social Jeff Thomas. No pleito, foram registradas 4 abstenções e 1 falta. “A grande obra de Fernando Henrique Cardoso de sociólogo e cientista dá ainda mais corpo à Academia”, afirmou Marcos Vinicios Villaça, ex-presidente da ABL. Após a eleição, Fernando Henrique comemorou a escolha na Fundação Eva Klabin.
  • A Espanha se classificou para a decisão da Copa das Confederações na tarde desta quinta-feira. Na semifinal, disputada no Estádio Castelão, a seleção campeã do mundo penou e precisou dos pênaltis para eliminar a Itália (7 a 6) depois de um empate sem gols até a prorrogação. Atual campeã do mundo e bi da Eurocopa, a Espanha alcança a decisão da Copa das Confederações de maneira inédita. O duelo com o Brasil, marcado para as 19 horas (de Brasília) do próximo domingo, no Maracanã, será o primeiro encontro entre seleções da Europa e da América do Sul na final do campeonato.
18
Maio

SAIBA TAMBÉM…

Postado às 16:57 Hs

# # Sonhadora

 

Milhões de brasileiros admiram a trajetória da ex-senadora Marina Silva. De menina pobre e doente dos seringais do Acre à liderança ambientalista respeitada mundo afora, ela fez da defesa intransigente da ética um exemplo para a política. Mas a sonhadora Marina tem externado em diversas ocasiões recentes uma face surpreendentemente conservadora, capaz de constranger assessores e plantar a semente da dúvida na cabeça de eleitores fiéis. Na terça-feira 14, a porção reacionária da presidenciável veio à tona num debate na Universidade Católica de Pernambuco. Logo após defender com vigor seu “compromisso com o Estado laico”, a ex-senadora, evangélica, mostrou-se incomodada com a recente onda de protestos contra o deputado Marco Feliciano, também evangélico. Feliciano, como se sabe, assumiu a presidência da Comissão de Direitos Humanos sob vaias de uma sociedade indignada com suas declarações homofóbicas e racistas.

# # Novo Presidente

Com 97,3% dos votos dos integrantes do partido, o senador Aécio Neves (MG) foi eleito neste sábado (18) presidente nacional do PSDB. A convenção nacional da legenda oposicionista lotou o centro de convenções de um hotel de Brasília. Segundo a assessoria da sigla, entre governadores, parlamentares, prefeitos e militantes, cerca de 4 mil tucanos compareceram ao evento partidário. A eleição que alçou Aécio ao principal posto do PSDB reuniu os principais expoentes da legenda. O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso prestigiou o evento e ficou sentado à direita do senador mineiro, na primeira fila do palco reservado aos dirigentes, durante todo o evento. Potencial candidato do PSDB à Presidência da República em 2014, Aécio obteve 521 dos 535 votos dos delegados eleitos para escolher o sucessor do deputado federal Sérgio Guerra (PE) no comando do partido. O presidente do partido tem como função liderar as ações da sigla em época de eleição, administrar divergências internas e articular alianças nacionais e regionais.

# # Passando por aqui…

Um asteroide com 2,7 quilômetros de comprimento vai sobrevoar a Terra no dia 31 de maio, informou a agência espacial norte-americana Nasa. O corpo celeste, denominado 1998 QE2, não representa uma ameaça para o planeta e passará a uma distância de 5,8 milhões de quilômetros da Terra, cerca de 15 vezes a distância entre a Terra e a lua. Será a menor distância que o 1998 QE2 ficará da Terra pelo menos nos últimos dois séculos. Segundo a Nasa, o 1998 QE2 não desperta muito interesse para astrônomos e cientistas que pesquisam asteroides considerados perigosos, mas para os que trabalham com astronomia de radar e têm um telescópio de pelo menos 70 metros à disposição. A aproximação do asteroide à Terra será examinada por dois grandes telescópios o Observatório Goldstone, na Califórnia, e o radiotelescópio de Arecibo, em Porto Rico.

# # De olho na Majoritária do RN em 2014

A presidente estadual do PSB, vice-prefeita de Natal Vilma de Faria, dedicará o final de semana ao fortalecimento de suas lideranças no Vale do Assu, onde participará de mais um Encontro dos Núcleos de Base do partido. Neste sábado (18), após participar de evento em Natal cedinho, a ex-governadora segue para Assu, onde concederá entrevista ao Registrando, apresentado pelo locutor José Régis, da Rádio Princesa do Vale (às 12h). O programa é líder de audiência na região, alcançando 16 municípios. Vilma visita no início da tarde o prefeito correligionário de Itajá, Licélio Jackson, depois segue para Ipanguaçu, onde se encontrará com o vice-prefeito Josimar Lopes e termina em Carnaubais, onde o prefeito Luizinho realizará o XVII Encontro dos Núcleos de Base do PSB. Após, ela viajará com destino a Riachuelo, onde será recebida pela prefeita pessebista Mara Cavalcanti e lideranças do município e retorna a Natal.

out 1
quinta-feira
15 37
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
94 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.836.108 VISITAS