02
mar

Repercutindo

Postado às 12:45 Hs

Henrique Alves (PMDB-RN) diz desconhecer US$ 833 mil depositados em sua conta; defesa cita mensalão para absolver ex-ministro. O ex-ministro e ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) reconheceu, em defesa apresentada à Justiça Federal de Brasília, que usou um escritório de advocacia uruguaio para abrir uma conta na Suíça em 2008. Admitiu também que é formalmente o beneficiário da conta. Mas, argumentou que, por motivos burocráticos, não conseguiu movimentá-la e preferiu deixá-la inativa. Assim, alegou que os US$ 832.975,98 depositados na conta — e que segundo a Procuradoria Geral da República (PGR) era dinheiro de propina — foram movimentados por terceiros, sem seu conhecimento. Após ser envolvido em uma série de acusações na Operação Lava-Jato, o então ministro do Turismo, pediu demissão em junho do ano passado. Os valores — que equivalem a R$ 2.573.895 no câmbio de hoje — foram depositados em três datas diferentes: 5 de outubro, 18 de novembro e 8 de dezembro de 2011. Segundo a PGR, trata-se de propina paga pela empreiteira Carioca Engenharia com o objetivo de liberar recursos do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS), administrado pela Caixa Econômica Federal. O dinheiro serviria para o financiamento de obras do Porto Maravilha, no Rio de Janeiro.
O ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) chamou o presidente Michel Temer (PMDB), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-ministro Henrique Alves (PMDB-RN), além de outras figuras públicas, como testemunhas de defesa no processo que responde no âmbito da Operação Lava Jato em Curitiba. Preso, em 9 de outubro, Cunha é acusado de receber propina de contrato de exploração dePetróleo no Benin, na África, e de usar contas na Suíça para lavar o dinheiro. Os advogados de Cunha negaram as acusações e criticam o Ministério Público Fedederal (MPF), dizendo que os procuradores não explicaram qual seria a participação do ex-deputado no esquema descoberto na Petrobras. A convocação das testemunhas faz parte da defesa prévia de Eduardo Cunha, protocolada no sistema da Justiça Federal na noite de terça-feira (1º). A defesa pediu que a denúncia contra o ex-deputada seja rejeitada. Pediu também rejeição da acusação de corrupção passiva, a rejeição de parte da denúncia que acusa o ex-deputado de conduta criminosa em relação ao ex-diretor da Petrobras Jorge Zelada (já condenado pela Lava Jato), a absolvição sumária do crime de evasão de divisas, a suspensão do processo até que sejam julgados embargos de declaração apresentados ao Supremo Tribunal Federal (STF) e a nulidade das provas. Ainda segundo os advogados, a defesa não teve acesso a provas. “A falta da disponibilização, nos presentes autos, da totalidade do material probatório leva ao cerceamento de defesa e à impossibilidade de início do processo”.
15
out

FIQUE SABENDO

Postado às 11:26 Hs

# Próximo debate / SBT

Os candidatos que disputam o segundo turno da eleição para a Presidência da República, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) voltam a se enfrentar nesta quinta-feira (16), às 18h, no debate organizado pelo UOL, pelo SBT e pela Jovem Pan. O debate será transmitido ao vivo na internet pelo UOL, na TV pelo SBT e no rádio pela rede Jovem Pan.

# Pesquisa / RN Eleições

A Inter TV Cabugi divulgará hoje (15), no RN TV /2ª edição  primeira pesquisa do segundo turno, registrada hoje (10) sob o protocolo RN 00043/2014, encomendada ao Ibope. O trabalho custou R$ 50.327,76 e ouviu 812 pessoas entre esta sexta-feira (10) e o dia da divulgação.

# Convocação

Mesários que foram chamados para trabalhar no primeiro turno das eleições devem ficar atentos, pois já estão convocados para o segundo turno, que será realizado no próximo dia 26 de outubro. Desta vez, no Rio Grande do Norte os eleitores votarão para os cargos de governador e presidente.

# Rompimento

O colunista Cláudio Humberto destaca que o primo do candidato ao governo Henrique Alves (PMDB-RN), ministro Garibaldi Filho (Previdência) avalia abandonar o cargo após notícia de que ex-presidente Lula irá ao Estado para pedir votos ao adversário Robinson Faria (PSD). Garibaldi confirma ter conversado com Henrique sobre a possibilidade de deixar o ministério, mas nada foi decidido: “Não pretendo tomar nenhuma decisão isolada ou precipitada”, afirmou. A oposição aguarda o desfecho do caso para tentar fazer Garibaldi Alves “correr para o abraço” com Aécio Neves para presidente. O problema com Lula será tratado inicialmente pelo vice Michel Temer num “contexto nacional”, diz Garibaldi: “Não queremos dissidência”. Henrique Alves tem sido pressionado a romper com o governo Dilma desde que Lula gravou vídeo pedindo voto para Robinson, no 1º turno. Lula apoia Robinson sob pressão do PT-RN, que acusa Henrique de prejudicar Fátima Bezerra para se aliar ao DEM, PSDB e PSB.

06
set

Henrique e Fátima lideram pesquisa Certus

Postado às 12:25 Hs

De acordo com a pesquisa BlogdoBG/Certus Henrique Alves(PMDB) vence o pleito no cenário estimulado e espontâneo que ouviu 1470 pessoas em todo o Rio Grande do Norte. A pesquisa foi registrada com o número RN-00021/2014, teve margem de erro de 3%, com confiabilidade de 95%. A Certus realizou as entrevistas entre os dias 29,30 e 31 de agosto, além de 1º de setembro.

 

Confira os números:

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) lidera a pesquisa BlogdoBG/Certus que foi registrada com o número RN-00021/2014, em quase todas as regiões do Estado. A pesquisa teve margem de erro de 3%, com confiabilidade de 95%, ouviu 1470 pessoas entre os dias 29,30 e 31 de agosto, além de 1º de setembro.

 

Confira os números por região:

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, recebeu em seu gabinete, nesta terça-feira (4), o prefeito interino de Mossoró, José Silveira Júnior. Eles discutiram assuntos administrativos. O deputado federal Fábio Faria (PSD) também participou da reunião.

No encontro, o prefeito Silveira Júnior pediu o apoio do presidente da Câmara para que o ministério da Saúde antecipe a parcela mensal de R$ 500 mil reais para que a UPA do bairro Belo Horizonte seja aberta ainda este mês. A contrapartida da prefeitura será de R$ 250 mil. Por telefone, o secretário nacional de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães, assegurou a liberação dos recursos.

Outro pleito do prefeito é a inclusão de Mossoró no programa Brasil Mais Seguro. O objetivo da prefeitura é expandir a experiência bem sucedida no bairro Santo Antônio, onde foi instalada uma Base Integrada Cidadã, para os bairros  Abolição IV, Belo Horizonte e Nova Vida. A unidade de Santo Antônio reduziu em 70% as ocorrências policiais.

Cada base custa R$ 350 mil, e a prefeitura arca com as diárias operacionais dos policiais, que trabalham nos dias de folga ao custo de R$ 54 mil mensais.

Henrique Alves ainda telefonou para o diretor presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), com quem discutiu a vistoria de uma área para a construção de um novo aeroporto em Mossoró. O atual aeroporto Dix-sept Rosado apresenta mais de 50 irregularidades que inviabilizam até mesmo uma reforma para operações temporárias. Na conversa com Marcelo Guaranys, o presidente da Câmara também cobrou a liberação do aeroporto de Caicó, já reformado e pronto para operar, inclusive com voos noturnos.

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, afirmou que compartilha a preocupação da Igreja quanto a necessidade de um projeto social que contemple os interesses dos pequenos e médios produtores rurais que serão afetados pela construção da barragem de Oiticica. Essa afirmação de Henrique foi feita em atenção ao apelo que lhe dirigiu o administrador diocesano de Caicó, padre Ivanof Pereira, durante a missa de encerramento da festa em homenagem a Nossa Senhora da Guia, padroeira de Acari, cidade distante 215 quilômetros de Natal. Henrique acrescentou que este será o objetivo de uma reunião que ele acertou com a governadora Rosalba Ciarlini e que será realizada na nesta sexta-feira, 16, com a presença do deputado Nelter Queiroz e de representantes dos municípios afetados, Jucurutu e São Fernando.agendada para acontecer na governadoria.
O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou nesta terça-feira (13), a documentação que permite o primeiro repasse de recursos do SUS para o Hospital da Solidariedade (mais conhecido por Hospital do Câncer) de Mossoró realizar atendimento radiológico. O ato foi realizado no gabinete do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, com a presença da deputada Sandra Rosado e da líder peemedebista e secretária de Desenvolvimento Econômico de Mossoró, Izabel Montenegro, e do médico Francisco José de Medeiros Cure, diretor do hospital. De acordo com o doutor Cure, com o credenciamento do seu serviço de radiologia pelo SUS, o Hospital da Solidariedade de Mossoró está apto a atender não apenas a população de Mossoró, mas também de toda região Oeste do RN e parte do Ceará, totalizando mais de 800 mil habitantes

O deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) teve uma extensa e proveitosa reunião, na manhã desta segunda-feira (12), em Natal, com o presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves (PMDB).

O parlamentar tratou de problemas que atingem a Região do Seridó, e necessitam da força de Henrique para que apareçam soluções. O primeiro assunto foi acerca das desapropriações em comunidades dos municípios de Jucurutu, São Fernando e Jardim de Piranhas, para a construção da Barragem de Oiticica. Henrique entrou em contato com a governadora Rosalba Ciarlini, que nos próximos dias receberá Nelter, prefeitos e representantes de entidades para se discutir o assunto.

Em seguida, Queiroz pediu a intervenção de Alves junto ao Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que estará em Natal no próximo dia 26, para iniciar um diálogo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no sentido de liberar o estacionamento na Av. Coronel Martiniano (Caicó) e na Rua Silvio Bezerra de Melo (Currais Novos), que integram as BR’s 226 e 427, respectivamente. Nos últimos dias, a PRF tem impedido que estacionassem no local, prejudicando o comércio das referidas cidades, tendo em vista que as vias citadas concentram vários estabelecimentos.

06
ago

Orçamento Impositivo

Postado às 22:49 Hs

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, apelou aos deputados da comissão especial que analisa a proposta de Emenda Constitucional que torna a execução das emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União impositiva por parte do Poder Executivo, para que o relatório do deputado Edio Lopes (PMDB-RR) seja aprovado e, ainda nesta semana, a matéria seja votada em plenário e encaminhada ao Senado. O presidente manifestou aos colegas parlamentares o desejo de ver a execução das emendas da forma como está sendo proposta já no orçamento de 2014.

 Pelo relatório do deputado Edio Lopes a execução das emendas parlamentares não vai ser obrigatória em todos os casos, mas apenas se os recursos se dirigirem a um conjunto de ações prioritárias, previamente definidas pelo Executivo. Além disso, haverá um limite para o valor total das emendas, de 1% da receita corrente líquida prevista no programa. Atualmente cada deputado pode apresentar até R$ 15 milhões em emendas ao OGU, mas não há obrigatoriedade de liberação dos recursos.
Henrique Alves lembrou que tanto aliados como opositores do governo enfrentam dificuldades para liberação das emendas. “Precisamos acabar com esse jogo. Eu mesmo enfrentei esse problema como deputado e líder partidário. Antes, o atual governo reclamava da não execução das emendas; hoje é a oposição. Essa reclamação tem de acabar. Tenho consciência desse papel de propor a aprovação da matéria”, disse o deputado que propôs tornar a execução das emendas parlamentares obrigatória.
O deputado ressaltou ainda que os recursos são destinados a realização de pequenas obras nos municípios onde, muitas vezes, os programas oficiais do governo não chegam ou as prefeituras não dispõem de recursos para execução de projetos locais.
15
jun

Festa de Santo Antônio em Extremoz

Postado às 16:36 Hs

A atração deste sábado, último dia do evento, será a Banda Solteirões do Forró O Rei da Música Brega Brasileiro (MBB), Reginaldo Rossi, levou milhares de pessoas para curtir e dançar na Arena Cultural São Miguel Arcanjo, no Conjunto Estrela do Mar, em Extremoz, no final da noite desta sexta-feira, 14. Rossi cantou seus principais sucessos, entre eles ‘Se Meu Amor Não Chegar’, ‘Garçom’, ‘A raposa e as uvas’, ‘O pão’, ‘Deixa de banca’, ‘Tô doidão’, ‘Mon amour, meu bem, ma femme’, ‘Era Domingo’, ‘Ai, Amor’ e ‘Em Plena Lua de Mel’ (Reginaldo Rossi), entre outros, interagindo sempre com o público que vibrava com suas “tiradas” engraçadas. O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves e sua esposa, a jornalista Laurita Arruda visitou a festa e circulou pela Casa do Grude, Rancho do Povo, Cidade Cenográfica e a 1ª Feira de Negócios de Extremoz.
13
jun

Homenagem

Postado às 9:02 Hs

Henrique Alves recebe homenagem da Câmara Municipal de Natal
 O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Albert Dickson, entregou ao deputado federal Henrique Eduardo Alves, um “Diploma”, aprovado pela Câmara, pelos “relevantes serviços prestados a cidade do Natal”.
A entrega da honraria foi durante um encontro da Fenafisco com o presidente da Câmara dos Deputados. O vereador de Natal, que integra a categoria dos auditores fiscais do Rio Grande do Norte, acompanhou uma delegação da Federação Nacional dos Auditores Fiscais ao gabinete do presidente. Os deputados Felipe Maia (DEM) e Fátima Bezerra (PT) também participaram da reunião.
Os dirigentes de sindicatos e associações de fiscais de renda dos estados, entre eles, José Macedo (Asfarn) e Pedro Lopes (Sindfern),  reivindicaram ao presidente da Câmara, a inclusão, na pauta do Plenário, do projeto, em tramitação na Casa, que unifica o teto nacional dos salários dos auditores fiscais nas três esferas de governo.
O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho, acompanharam a governadora do RN, Rosalba Ciarlini, numa audiência com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Também participaram da reunião o secretário nacional de Assistência à Saúde, Helvécio Miranda, o secretário de Saúde do RN, Luiz Roberto Fonseca e os diretores da Liga Norte-rio-grandense de Combate ao Câncer, Ricardo Curioso, Aluizio Bezerra e Artur Vilarim. Demonstrando familiaridade com as dificuldades enfrentadas pelo setor de saúde do RN, o ministro Alexandre Padilha quis saber como estava a situação das macas nos corredores do hospital Walfredo Gurgel. Informado pela governadora e pelo secretário Luiz Roberto de que o número caiu de 158 para 70, Padilha quis saber o que poderia ser feito para zerá-lo. O secretário garantiu que, recebendo ajuda do Ministério para colocar em funcionamento a UPA da Cidade da Esperança, a de Parnamirim e a de Macaíba, em 60 dias, espera conseguir essa meta. E – prosseguiu – abrindo também a UPA de Mossoró, evitaria que o Hospital daquela cidade também passasse a enfrentar problema de superlotação.

A comissão de Cultura da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (12), o nome  de “Governador Aluizio Alves” para o aeroporto internacional de São Gonçalo do Amarante. O empreendimento, em construção, na região metropolitana de Natal, tem inauguração prevista para a Copa de 2014. O nome do novo aeroporto é uma homenagem ao jornalista, ex-governador do Rio Grande do Norte, deputado federal e ministro Aluizio Alves.

A proposta foi relatada na comissão de Cultura pelo deputado Raul Henry (PMDB-PE). O relatório foi aprovado em votação simbólica pelos membros da comissão presentes na sessão. Parecer semelhante já havia sido aprovado na comissão de Viação e Transportes, onde a relatoria foi do deputado Fábio Ramalho (PV-MG). O projeto ainda vai tramitar na comissão de Constituição e Justiça antes de seguir para o Senado.
A proposta é do deputado Henrique Eduardo Alves, atual presidente da Câmara e filho do ex-governador. Para o deputado Henrique Alves, ao justificar sua proposição,  “o aeroporto de São Gonçalo do Amarante  é uma obra fundamental, um marco para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte. Representa para o povo potiguar uma arrancada no crescimento só vista na gestão modernizadora de Aluizio Alves, eleito governador em 1960. Um político a frente de seu tempo”, argumenta o deputado.
12
jun

Novo reitor é recebido por Henrique Alves

Postado às 13:25 Hs

Presidente da Câmara dos Deputados recebe reitor eleito da UERN 
 O reitor eleito da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Pedro Fernandes, foi recebido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, nesta quarta-feira (12), em Brasília. “O deputado foi sempre muito atuante nas questões da educação. Por isso viemos nos apresentar e pedir o apoio dele para a nossa instituição”, disse o reitor, já nomeado. Ele vai tomar posse no dia 27 de setembro.
O presidente, não só reconheceu a importância da UERN para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte, como assegurou o apoio dele, como parlamentar e presidente da Câmara, para os projetos da universidade. Um deles, já em tramitação no ministério das Comunicações, é a FM Universitária de Mossoró.
O reitor também conversou com o deputado sobre a proposta da Frente Parlamentar da Educação, em tramitação no Congresso Nacional, que inclui no Plano Nacional de Educação orçamento para custeio e manutenção das universidades públicas estaduais e municipais. Segundo o reitor, se a proposta for aprovada no PNE, cada universidade pública vai receber R$  2 mil por ano por cada aluno matriculado regularmente. A UERN,  com 11 mil alunos, receberia R$ 22 milhões por ano para custeio e manutenção. Esse aporte corresponde a cerca de 10% do orçamento de 2013 da universidade no valor de R$ 215 milhões.
Na última avaliação que fez do governo Rosalba para o JH, há cerca de um mês, Agnelo Alves classificou a gestão Rosalba Ciarlini como “sofrível”, ilustrando sua tese com a incapacidade de o governo inovar, criar, ousar. Indagado nesta segunda se de lá para cá houve mudanças na gestão estadual, o pedetista respondeu que sim. Mas, para pior. “Mudou para baixo”, afirmou, justificando que a falta de projetos e de planejamento continua. “Não tem projeto, ela não tem plano, qual o plano de governo de Rosalba? Não há. Queria que ela dissesse – ‘Eu quero até o final do governo fazer isto e isto, e isto, para isso eu tenho reservas financeiras disso, disso e disso. Vou arrecadar tanto, tanto e tanto. Total, tanto’”, destaca o deputado. Segundo Agnelo, “Rosalba precisa, sem nisso dar qualquer lição, porque eu não tenho condições de dar lições a ninguém, principalmente a governo do Estado, entender que a opinião pública hoje, é diferente do tempo em que ela era prefeita de Mossoró. Ela hoje tem a opinião pública do Estado todo. Não é com propaganda na televisão, nos jornais, que o povo não vê, não sente, não usufrui. A pessoa diz, ah, porque fez 16 quilômetros em tal lugar, e daí? E o que mora aqui? Outro que mora em Mossoró? Outro que mora em São Gonçalo, em Parnamirim? Não sente. Assim ela segue conseguindo adversários em todos os municípios, insatisfazendo a todos. Os que não são satisfeitos caiam fora, mas ela não quer botar ninguém para fora, e não sabe mantê-los dentro”.
O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, aplaudiu a decisão da presidenta Dilma Rousseff de autorizar a suspensão das execuções das dívidas contraídas por produtores rurais junto ao Banco do Nordeste. A suspensão das execuções será assegurada no “Plano safra” específico para o semiárido que a presidenta havia anunciado, segunda-feira, dia 3, durante visita ao Rio Grande do Norte. “O plano – disse a presidenta Dilma nesta terça-feira, dia 4, – será formalizado na próxima semana “em parceria com o Congresso Nacional”. Para o deputado Henrique Eduardo Alves, “a presidenta Dilma dá mais uma demonstração da firmeza dos compromissos que tem assumido em relação ao Nordeste”. Acrescentou que, com a suspensão das execuções, está sendo atendida legítima reivindicação dos pequenos e médios agricultores que se viam na iminência de perderem suas propriedades (oferecidas como garantia dos empréstimos). “Veio a longa estiagem, com ela uma gama de prejuízos em decorrência não apenas da frustração da safra, como também da perda de parte considerável do rebanho, o que deixou o produtor nordestino sem a menor condição de honrar o pagamento dos empréstimos contraídos”, destacou.
03
jun

Visita da presidente ao RN…

Postado às 18:25 Hs

A presidenta Dilma Roussef anunciou, hoje, em Natal, que estabeleceu parcerias com o governo do RN e vários municípios assegurando investimentos superiores R$ 1,7 bilhão em obras estruturantes destinadas a aumentar a competitividade da economia do Estado. Ela agradeceu ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, pela parceria e determinação na busca, sempre, em qualquer oportunidade, em qualquer situação, de reivindicações para o Rio Grande do Norte. Na solenidade realizada na Escola de Governo Cardeal Eugênio de Araújo Sales, no Centro Administrativo, a presidenta falou após ser ovacionada de pé por todo auditório, durante um minuto, atendendo convocação do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves. Para Henrique, esta seria a forma “diferente” da população potiguar e suas lideranças dizerem “muito obrigado” à Presidenta pelas boas notícias que ela transmitiu: 1) O edital de licitação para a duplicação da BR-304 até a divisão com o Ceará, incluindo os 26,7 quilômetros da Reta Tabajara será publicado no dia 20 deste mês. Só essa duplicação custará mais de 1 bilhão de reais; 2) Complementação da Duplicação da BR-101, entre Natal e Parnamirim, incluindo a implantação de marginais, serviços de drenagem e dois viadutos; 3) Autorização de realização das obras do Gancho de Igapó, compreendendo a implantação do sistema de viadutos e túneis ligando a BR-101 ao Aeroporto Internacional de São Gonçalo; 4) Autorização de execução das obras de duplicação da pista de ligação à Praia de Pipa, no município de Tibau do Sul.
03
jun

Dilma no RN…

Postado às 14:33 Hs

# # Henrique elogia a Rosa

Dizendo com destaque que o Governo da Presidenta Dilma Rouseff é republicano, por estar trazendo investimentos na ordem de R$1,7 bilhão para o Rio Grande do Norte, administrado por uma governadora do DEM.

Mas Henrique justificou: “Rosalba é do bem, é ética e correta”.Durante o discurso na solenidade da presidente Dilma Rousseff, o presidente da Câmara dos Deputados trouxe um tom político ao lembrar que Rosalba Ciarlini é do DEM, partido de oposição ao Governo Federal. Mas o parlamentar elogiou a postura da chefe do Executivo potiguar.

“A governadora Rosalba é do bem. O comportamento dela é irretocável”, disse.Henrique Eduardo fez questão de dizer que a presidente tem o apoio dos prefeitos potiguares e “terá no futuro”. “Vai ter agora e no futuro o apoio, a solidariedade porque a senhora governa o Brasil como ele deve ser governado”, ressaltou.

 

A presidente Dilma Roussef recebeu da prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, um documento com o Plano Municipal de Enfrentamento à Seca, com detalhamento das ações que estão sendo tomadas para minimizar os efeitos da estiagem no município.

A prefeitura de Mossoró foi uma das primeiras a elaborar o plano de ações de combate aos efeitos da estiagem. A entrega aconteceu durante cerimônia na Escola de Governo, onde a prefeita de Mossoró recebeu chaves de máquina retroescavadeira. O evento contou com a presença de ministros, prefeitos, secretários e demais autoridades políticas do estado.

jun 5
sexta-feira
22 04
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
76 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5824991 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram