O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) reconheceu e aprovou, à unanimidade dos votos, a petição de desfiliação partidária solicitada pelo Deputado Estadual Hermano Moraes.

O deputado, que foi reeleito no pleito de 2018, estava filiado ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

O relator do processo foi o juiz José Dantas de Paiva, que reconheceu justa causa para a desfiliação, em conformidade com a anuência do partido e em consonância com o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral.

Ele era do MDB. Agora ninguém sabe pra onde vai. Por enquanto.

Mesmo sem motivo que justifique sua saída do partido, o deputado estadual Hermano Morais recebeu sua liberação para deixar o MDB. Uma possível filiação ao PDT para ser candidato a prefeito de Natal com apoio do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves é o que se diz que poderá acontecer.

Segundo nossa fonte, o deputado teria pressionado de todas as formas para ser liberado e ser candidato a prefeito de Natal por outra legenda que ofereceu muitas vantagens que jamais conseguiria no MDB. Veremos…

Como Hermano Morais tem temperamento agressivo e já mudou varias vezes de partido, o presidente e ex-senador Garibaldi Alves foi forçado a liberar o deputado. É que, aparentemente sem motivo, embora se diga insatisfeito, ele pode ser alvo de uma ação de perda de mandato pelo Ministério Público Eleitoral.

Hermano vai deixar o MDB mesmo sabendo que este poderá ser o caminho também de Álvaro Dias que poderá virar tucano em breve.

Informes: Blogs de Natal

set 19
quinta-feira
22 49
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
10 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5798784 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram