Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (9) pelo IDC, empresa líder em inteligência de mercado, apontou que mais da metade dos entrevistados de 18 a 49 anos de idade na Colômbia, Brasil e México usam o smartphone para acessar os serviços bancários e financeiros. Entre as pessoas de 30 a 39 anos, o uso do smartphone para acessar os serviços bancários e financeiros chega a 61%.

No Brasil, 65% do total dos entrevistados já usam mais o aplicativo do celular para abrir uma conta bancária ou acessar um produto ou serviço do que ir pessoalmente a uma agência tradicional, que somam 58%. Entre os brasileiros, sete em cada dez usa o cartão de crédito principalmente para compras com valor acima de US$ 50, enquanto 39% diz usar o cartão de débito para compras abaixo desse valor.

02
jul

* * * Quentinhas… * * *

Postado às 21:00 Hs

* *  * IBGE registra alta de 0,6% na produção industrial nacional em maio, ante abril. Há três meses consecutivos, o setor apresentou resultados negativos, acumulando perda de 3,2%. Se o índice verificado em maio for comparado ao mesmo mês de 2014, houve queda de 8,8%. No confronto com maio de 2014, o total da indústria apontou queda de 8,8% em maio de 2015, 15ª taxa negativa consecutiva. Assim, o setor industrial acumulou redução de 6,9% nos cinco primeiros meses de 2015. A taxa anualizada, indicador acumulado nos últimos doze meses, com o recuo de 5,3% em maio de 2015, manteve a trajetória descendente iniciada em março de 2014 (2,1%) e assinalou o resultado negativo mais intenso desde dezembro de 2009 (-7,1%). * * *

* * * A Executiva Nacional do Democratas anunciou, nesta quinta-feira (2), o fim das negociações em torno da fusão com o PTB e discutiu novas estratégias para o fortalecimento da legenda em níveis municipais, estaduais e nacional. Durante a reunião, também foi estabelecido o calendário das convenções do DEM por todo país. A nacional será no dia 10 de dezembro. Já as convenções estaduais deverão ocorrer entre os dias 15 e 30 de agosto. As municipais estão previstas entre os dias 5 e 30 de outubro.O presidente nacional da legenda, senador José Agripino (RN), destacou a necessidade de reorganizar o partido em todos os estados e buscar novas lideranças visando o processo eleitoral de 2016 e 2018. “Hoje damos por encerrada as discussões referente à fusão do partido com o PTB. Tratativas aconteceram, mas chegamos a um impasse e o tempo passou. Por fim, entendeu-se que a discussão da fusão, que foi autorizada pela própria Executiva, determinava riscos para o partido, um risco sério de não participarmos do processo eleitoral, e, portanto, era preciso interromper”, ressaltou Agripino. * * *

* * * A venda de smartphones caiu nos últimos meses e, pelo jeito, a crise econômica do país agora também afeta a comercialização de celulares, de acordo com dados da consultoria IDC. Entre abril e maio, meses que costumam ser bons em vendas de smartphones devido à proximidade com o dia das mães e dia dos namorados, o que aconteceu no país foi o oposto do que vinha acontecendo nos últimos anos: a venda de celulares inteligentes teve uma ligeira queda em abril e uma um pouco mais significativa em maio, em comparação com os mesmos meses de 2014. Em abril de 2015, foram 4,86 milhões de smartphones vendidos no país – 1% a menos do que em 2014. Já em maio, a queda foi de 16%, e a venda desses aparelhos ficou em 3,89 milhões de unidades. “Prevíamos um crescimento de pelo menos 5%, mas agora trabalhamos com volume negativo. Isso é reflexo do momento econômico do Brasil. Em 2014, quando o mercado de smartphones estava forte, houve um aumento de 56% frente ao segundo trimestre de 2013″, disse Leandro Munin, analista de pesquisas da IDC. As causas da desaceleração nas vendas são muitas, mas em resumo é tudo consequência do momento turbulento que vive a economia do país. (Agências de Notícias) * * *

 

21
nov

Vendas triplicaram…

Postado às 17:22 Hs

Os tablets ganham mercado em ritmo acelerado no Brasil. Uma pesquisa divulgada pela consultoria GfK mostra que entre janeiro e agosto de 2012 houve um aumento de 267% nas vendas do produto na comparação com o mesmo período do ano passado. O que mais contribuiu para esse crescimento foi a combinação da demanda dos usuários – cada vez mais atraídos pela portabilidade da prancheta eletrônica – com o surgimento de modelos com preços mais baixos que o iPad, o precursor do mercado. Hoje, a versão mais básica do iPad 2 (16 gigabytes, Wi-Fi) é vendida no site da Apple por R$ 1.299. Mas, quase dois anos após o lançamento do primeiro tablet da empresa de Steve Jobs, há várias opções abaixo dos mil reais no Brasil.
19
mar

Em ascensão…

Postado às 9:22 Hs

As lojas brasileiras venderão 29 smartphones por minuto neste ano, segundo projeção da IDC antecipada à Folha. Em 2011, foram 17.

Enquanto 8,9 milhões de aparelhos foram comercializados em 2011, as vendas devem chegar a 15,4 milhões de unidades neste ano, diz a IDC. Um aumento de 73%.

A forte difusão dos smartphones no país é impulsionada por três fatores.Os fabricantes entram com a ampliação do portfólio de celulares inteligentes -focando modelos mais baratos. Depois de cair 20% no ano passado, o preço deve ficar 6% menor em 2012.

As operadoras de telefonia contribuem com o lançamento de serviços voltados para a internet, como pacotes de dados até mesmo para celulares pré-pagos.

A afinidade do consumidor brasileiro com tecnologia completa o cenário, diz Bruno Freitas, analista sênior da IDC para smartphones.

As vendas crescentes alçarão o Brasil à quarta posição global em 2016, desbancando o Reino Unido.

A Índia também se tornará um dos cinco principais mercados de celulares inteligentes nos próximos quatro anos. O país passará a região do Oriente Médio e África, ocupando o 10° lugar em 2012.

A IDC considera smartphone somente os celulares com sistema operacional.Os aparelhos que rodam Android continuam líderes no mercado brasileiro, com mais de 50% de participação. A IDC não revela a participação de dispositivos, como iPhone ou Blackberry.

A principal mudança em 2012, no entanto, caberá à China. O país asiático encabeçará o ranking, superando os EUA, diz a IDC.

“Não há volta para essa mudança na liderança”, disse em nota Wong Teck Zhung, analista sênior da IDC para Ásia e Pacífico.

A virada chinesa é fruto da proliferação de celulares inteligentes a baixo custo (menos de US$ 200), promovida pelas gigantes Huawei, ZTE e Lenovo. Soma-se a isso o enorme mercado consumidor da China.

Os países emergentes liderarão o crescimento do mercado de smartphones nos próximos anos, afirma a IDC.A trinca Brasil, China e Índia vai saltar da atual participação de 22,2% do consumo global para 34,2% em 2016.Para isso, terão de adotar medidas para diminuir os altos preços dos aparelhos e dos pacotes de dados.(Folha)

10
out

Com escolhe um bom tablet ?

Postado às 18:55 Hs


Este ano, cerca de 450 mil tablets serão comercializados no Brasil, segundo previsão da IDC (International Data Corporation), o que é quase 450% a mais que a quantidade do ano passado (cerca de 110 mil). Mas diante da similaridade funcional e operacional entre as infinitas variedades de aparelhos encontrados hoje no mercado, vale a pena optar pelo menor preço na hora de comprar um tablet. Com pouco mais de R$ 300, qualquer pessoa pode adquirir um modelo. Mas antes de simplesmente se entusiasmar com preços acessíveis ou mesmo pelo “modismo”, os especialistas indicam se questionar: “Para que eu quero um tablet?”.

“Os tablets estão numa categoria entre o smartphone e o notebook. Tem uma tela maior do que o celular, o que o torna mais atrativo para ver sites, ler livros, revistas, mas não é aconselhável produzir conteúdos, e alguns não fazem ligações. Se a pessoa quer um tablet para usar na rua, há as opções com 3G”, explica o técnico em high-tech da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), Carlos Eduardo Vieira, que faz uma ressalva  sobre os preços. “É bom pensar bem. Até os tablets que são produzidos no Brasil devem continuar caros até o Natal”, destaca.

Uma pesquisa realizada pela Proteste mostrou que 64,7% dos proprietários de tablets usam o aparelho diariamente.

Os modelos mais citados foram o iPad, iPad 2, da Apple; e os da Samsung, o Galaxy Tab7 e o Galaxy Tab10. O levantamento identificou que os consumidores mais satisfeitos são os que possuem o iPad, que recebeu nota 84,8 de seus usuários; seguido pelo iPad2 (83,5) e o Galaxy Tab7 (81,8). O sistema operacional Apple iOS também foi o mais bem avaliado com nota de 83,3. Ainda na opinião dos usuário, a assistência técnica do Galaxy Tab7 é a maiseficiente, resolvendo completamente 72% dos problemas apresentados.

Vantagens – Outro ponto importante em relação aos tablets é a questão da atualização do sistema operacional do tablet. “Há hoje no mercado fabricantes que investem bastante no sentido de atualização. As atualizações são feitas, em geral, de forma simples. A partir do momento que se conecta à internet, o fabricante informa da possibilidade de atualizar automaticamente”, explica o professor do curso de Ciência da Computação da Unifacs, Igor Macedo.

13
set

Cresce venda de Computadores

Postado às 20:44 Hs

De acordo com a empresa de consultoria IDC, foram comercializados no Brasil 3,4 milhões de computadores no segundo trimestre de 2010. Este número é 29% maior do que o apresentado no mesmo período do ano passado. Ainda de acordo com a pesquisa, 54% dos equipamentos são desktops e 46% notebooks.”Vale lembrar que estamos comparando estes números obtidos com o segundo trimestre de 2009. No ano passado, esse período foi de recuperação devido à crise mundial, porém ainda assim, vemos o resultado com ótimos olhos”, declara Luciano Crippa, coordenador de pesquisas da IDC.

No segmento doméstico, pelo segundo trimestre consecutivo foram vendidos mais notebooks do que desktops, confirmado a tendência já apontada pela IDC em estudos anteriores. No setor corporativo, os desktops continuam predominando, com participação de 70% sobre o total de computadores vendidos no segmento. “Apesar das diferenças entre os segmentos, quando comparamos os números do segundo trimestre do ano passado com o deste ano e dividimos os segmentos corporativo e doméstico, vimos que ambos tiveram taxas de crescimento muito próximas. Isso mostra que, além do bom momento vivido no varejo, as empresas também estão comprando”, completa coordenador de pesquisas da IDC.

Futuro
Por conta dos últimos números, a IDC prevê um crescimento de mais de 20% em 2010 com relação a 2009, com aproximadamente 13,7 milhões de máquinas vendidas. Neste consolidado, 55% será de desktops e 45% de notebooks. “Para 2011 as expetativas também são boas. Além de esperarmos bons desempenhos tanto no varejo quanto no segmento corporativo, o governo poderá se destacar, pois existe a possibilidade de termos até 1,2 milhões de computadores vendidos para o segmento por conta do programa Um Computador por Aluno.”, finaliza o coordenador de pesquisas da IDC.

out 19
sábado
07 19
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
18 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5803390 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram