O poder de compra do brasileiro aumentou, e os últimos meses de 2017 foram de mais dinheiro em circulação. Até a última semana de dezembro, os pagamentos antecipados do PIS/Pasep para idosos injetaram mais de R$ 2,2 bilhões na economia. A expectativa é que sejam liberados R$ 15,9 bilhões até o fim do calendário.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, até esta quinta-feira (28) foram pagas 1,265 milhão de cotas do PIS, no valor total de R$ 1,550 bilhão. Já o Banco do Brasil divulgou que até 26 de dezembro foram realizados 390.573 pagamentos das cotas do Pasep, incluídos todos os motivos de saque previstos em legislação.

Abono salarial 2015

O prazo para saque do abono salarial ano-base 2015 terminou nesta quinta-feira (28) e, de acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), não será prorrogado. Quem foi funcionário da iniciativa privada naquele ano pode realizar a retirada em qualquer agência Caixa ou em casa lotérica. Os servidores públicos devem procurar o Banco do Brasil.

Em cada 10 brasileiros, 9 acreditam que existe preconceito contra os mais velhos, e 6 dizem que ele é grande. Apesar disso, só 31% dos acima de 60 anos já se sentiram discriminados por causa da sua idade. É pouco mais que os 26% da faixa mais nova que diz já ter sofrido preconceito por ser jovem. A principal queixa dos mais velhos é falta de respeito: para 12% houve falta de respeito em geral, com apelidos, deboche e xingamentos. Além da falta de respeito, os velhos tendem a ser vistos como menos relevantes pelos mais novos, e até como uma ameaça, diz o embaixador Marcos Castrioto de Azambuja, 82.
19
out

PIS/Pasep começa a ser depositado Hoje

Postado às 14:42 Hs

Começa nesta quinta-feira (19) o depósito do pagamento do PIS/Pasep para contistas com mais de 70 anos. Somente na Paraíba, no geral, 60.787 pessoas tem direito ao benefício. De acordo com dados divulgados pela assessoria da Caixa Econômica Federal (CEF), o valor total do pagamento das cotas do PIS na Paraíba é de R$ 88.280.770,90.

12
jul

Recadastramento

Postado às 11:45 Hs

Idosos participam de cadastramento e recadastramento para o Programa Passe Livre

Entre os dias 18/07 a 31/08, a Secretaria Desenvolvimento Social e Juventude realizará o cadastramento e recadastramento das carteiras dos deficientes para o Programa Passe Livre. A carteira é destinada para pessoas com  deficiência  e proporciona gratuidade no sistema de transporte público e em ventos sócio-culturais.

O cadastramento será feito na sede do Plantão Social da Prefeitura, localizado na Rua José de Alencar, por trás da Riachuelo. Para efetuar o cadastramento é necessário levar a cópia dos seguintes documentos: CPF, Identidade, Comprovante de renda, comprovante de residência, Foto 3×4, Número do NIS, Atestado original e xerox do laudo do médico especialista do SUS com Código Internacional de Doenças (CID), comprovante e especificando o tipo de deficiência.

25
fev

Projeto Viver Melhor

Postado às 12:28 Hs

Previ lançará atividades em praças para aposentados. O Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (PREVI) lança, no dia 10 de março, por meio do Projeto Viver Melhor, iniciativa que pretende promover ações em praças da cidade voltadas ao bem-estar de aposentados e pensionistas do Município. O início das atividades será, às 17h, na Praça dos Esportes, na Avenida Rio Branco, Centro. Na oportunidade, serão promovidas ações preventivas em saúde (verificação de pressão arterial, glicemia e Índice de Massa Corpórea) e esclarecimentos diversos, com estudantes e profissionais da Universidade Potiguar (UnP) e da Faculdade de Enfermagem e de Medicina Nova Esperança (FACENE), instituições parceiras do Viver Melhor. A equipe de educação física também estará mobilizada na aula de dança e para orientar o público-alvo sobre a realização de alongamentos. Alto de São Manoel e Boa Vista são os bairros com o maior número de aposentados do Município, segundo levantamento da Previ. As duas localidades serão contempladas por atividades do Viver Melhor a partir dos dias 15 e 16 de março, respectivamente. No Alto de São Manoel, as ações serão realizadas na praça Antônio Floriano de Queiroz, ao lado da Unidade de Pronto de Atendimento (UPA), às terças e quintas-feiras, das 6h30 às 7h30. Na praça do Boa Vista, as atividades acontecerão às quartas e sextas-feiras, das 17h às 18h.

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i), que apura a variação da cesta de consumo de famílias majoritariamente compostas por indivíduos com mais de 60 anos de idade, fechou o segundo trimestre do ano, com aumento de 2,46%, informou nesta segunda-feira (13) o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV).

Os dados indicam que os preços da cesta das famílias da terceira idade vem subindo mais do que os que compõem o Índice de Preços ao Consumidor para o total do país (IPC-BR).

No segundo trimestre do ano, o IPC3i fechou 0,29 ponto percentual acima do IPC-BR (2,17%). Nos últimos 12 meses, enquanto o IPC para o total do país ficou em 9,15%, a inflação para as famílias da terceira idade fechou com inflação anualizada de 9,37%, resultado 0,22 ponto percentual superior.

Na passagem do primeiro trimestre de 2015 para o segundo trimestre de 2015, no entanto, a taxa do IPC-3i registrou desaceleração de 1,69 ponto percentual, passando de 4,16% para 2,46%, com quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação.

A principal contribuição partiu do grupo habitação, cuja taxa passou de 6,88% para 2,53%. O item que mais influenciou o comportamento desta classe de despesa foi tarifa de eletricidade residencial, que variou 2,91%, no segundo trimestre, ante 35,11%, no anterior.

Fonte:  ABr 

 

Na tarde dessa sexta-feira, 31, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) realizou no Abrigo Amantino Câmara uma ação alusiva ao mês do idoso, celebrado neste mês de outubro. A ação foi coordenada pelo CREAS e contou com a participação de um grupo de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas. Entre os 66 idosos que moram na instituição, histórias e causos não faltaram para partilharem com os adolescentes. O objetivo da ação era criar um momento de integração entre as pessoas de diversas idades, e formar um ambiente de convivência harmoniosa e de desenvolvimento social. Para a assistente social do Abrigo Amantino Câmara, Rita Lúcia, momentos de confraternização como esse são de extrema importância para os idosos, pois ajudam na socialização e em manter uma boa qualidade de vida.
30
out

Ação & Cidadania

Postado às 14:08 Hs

As ações do projeto Caminhando com Saúde foram desenvolvidas no início da manhã desta quinta-feira, 30, na Praça do Conjunto Vingt Rosado. Equipes da supervisão da Política da Saúde do Adulto e do Idoso, responsável pelo projeto, juntamente com as Unidades Básicas de Saúde envolvidas, comandaram as ações e atraíram dezenas de idosos para a movimentação na praça. A supervisora Conceição Vieira informou que estiveram presentes as Unidades de Saúde dos bairros Teimosos, Pintos, Walfredo Gurgel e Alto da Pelonha. Todos empenhados em realizar um bom evento. “Promovemos uma manhã alusiva ao idoso, com ações que envolvem ginástica laboral, índice de massa corporal, verificação de pressão e orientação sobre a saúde dos idosos”, explicou.
28
mar

Ação Parlamentar

Postado às 23:32 Hs

Idosos e deficientes poderão ter atendimento prioritário no comércio

 

Estabelecimentos comerciais poderão atender em prioridade pessoas com deficiência, idosos com 60 anos ou mais, gestantes, lactantes e pessoas acompanhadas por crianças de colo. É o que prevê o Projeto de Lei 628/11 que teve parecer da deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN) aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

A deputada Sandra Rosado (PSB-RN) votou pela constitucionalidade, juridicidade e técnica legislativa, com emenda de redação proposta pela Comissão de Seguridade Social e Família.

O texto aperfeiçoa a legislação de atendimento prioritário. Atualmente, a Lei 10.048/00 prevê tratamento diferenciado e imediato somente em repartições públicas, concessionárias de serviços públicos e bancos.

O projeto aprovado determina também que o desrespeito ao atendimento prioritário sujeitará a loja à multa correspondente a dez vezes o valor do menor benefício pago pelo Regime Geral de Previdência Social.

08
fev

Utilidade Pública

Postado às 13:50 Hs

Idosos são contemplados com doação de kits de higiene pessoal

 

Os idosos que vivem no Instituto Amantino Câmara foram presenteados com kits de higiene pessoal. A entrega dos produtos foi realizada hoje, 08 de fevereiro, para a administração da entidade, que se encarregará de fazer a distribuição entre os moradores da instituição.

A doação foi realizada através da iniciativa da nova turma de enfermeiros, graduada no semestre 2012.2, pela Faculdade de Enfermagem Nova Esperança de Mossoró (FACENE – RN).

Os kits foram adquiridos com o valor referente ao saldo restante da festa de formatura do grupo, realizada no final do ano passado. A decisão sobre o destino do dinheiro foi tomada em consenso pelos novos profissionais, que ficaram satisfeitos em poder ajudar, como informa a enfermeira Teresa Leite.

Segundo ela, quando ainda estava na Faculdade, a turma realizou estágio em Geriatria no Amantino Câmara, época em que o grupo teve contato mais próximo com os idosos. Por essa razão, a escolha do local para realizar a doação. Além disso, Teresa Leite lembra que os moradores do Abrigo são carentes de atenção e que toda ajuda é bem recebida.

Cada idoso teve direito a um kit que continha os seguintes produtos: shampoo, sabonete, desodorante, creme dental, escova de dente e pente.

01
out

Vai aumentar ainda mais…

Postado às 13:19 Hs

Um relatório de uma agência ligada à ONU afirmou nesta segunda-feira (1º) que, nos próximos dez anos, o número de pessoas com mais de 60 anos no planeta vai aumentar em quase 200 milhões, superando a marca de 1 bilhão de pessoas.Em 2050, os idosos chegarão a 2 bilhões de pessoas — ou 20% da população mundial. O documento do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA, na sigla em inglês) faz previsões sobre o perfil demográfico global e reflete o aumento da expectativa de vida em diversos países do mundo. A tendência é que os idosos se tornem cada vez mais numerosos em relação às pessoas mais jovens. Em 2000, a população idosa do planeta superou pela primeira vez o número de crianças com menos de 5 anos.

A Secretaria dos Serviços Urbanos, através da Gerencia de Trânsito, iniciará no próximo dia 28/03 ciclo de palestras com grupos de idosos nos Centro de Referencia de Assistência Social – CRAS. Estas palestras têm como objetivo esclarecer as dúvidas mais freqüentes quanto ao uso do Cartão do Idoso utilizado para estacionamento em vagas especiais. Todas as palestras são abertas ao público e serão realizadas às 15:00h de acordo com o seguinte cronograma.

·         28/03 – CRAS do Bairro Redenção;

·         29/03 – CRAS do Bairro Bom Jesus;

·         04/04 – CRAS do Bairro Santo Antonio;

·         05/04 – CRAS do Bairro Independência;

·         10/04 – CRAS do Bairro Abolição IV;

·         12/04 – CRAS do Bairro Alto de São Manoel;

·         18/04 – CRAS do Bairro Alto do Sumaré.

“As palestras são direcionadas aos idosos, mas qualquer cidadão que queira pode e deve participar. Pois só conseguiremos um trânsito melhor com mais educação.” declarou o Secretário dos Serviços Urbanos Alex Moacir.


A Secretaria dos Serviços Urbanos, através da Gerencia do Trânsito, está realizando o cadastramento de idosos com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos e pessoas com deficiência física, permanente ou temporária, para utilização das vagas especiais de estacionamento nas vias e logradouros públicos destinadas para este fim, conforme estabelece o Decreto nº 3890 de 25 de novembro de 2011. Os interessados poderão obter informações na sede da Secretaria dos Serviços Urbanos, situado a Rua Jerônimo Rosado, 181 – Centro – CEP 59600-020, das 7h00 as 13h00 de 2ª a 6ª feira, ou através dos números 3315-5008 ou 3315-5061.

“A regulamentação das vagas de estacionamento para idosos e deficientes era uma prioridade nossa, pois promover a acessibilidade também nos proporciona um trânsito melhor, além de beneficiar estas pessoas.” declarou o Secretário dos Serviços Urbanos Alex Moacir.

16
mar

Garibaldi cria Secretaria do Idoso

Postado às 16:30 Hs

O governo federal retoma hoje (16) a discussão com as centrais sindicais sobre aposentadoria. Um dos temas em pauta é o fator previdenciário, cálculo usado para desestimular a aposentadoria precoce do trabalhador.

Em entrevista ontem (15) ao programa Bom Dia, Ministro, o ministro Garibaldi Alves Filho confirmou as negociações a respeito de alternativas ao fator previdenciário e admitiu que a fórmula atual penaliza o trabalhador na hora de calcular a aposentadoria. Ele descartou, no entanto, o fim do mecanismo e sinalizou somente com ajustes.

O fator é usado para inibir o trabalhador a se aposentar mais cedo. A fórmula leva em conta a alíquota de contribuição, a idade do trabalhador, o tempo de contribuição à Previdência Social e a expectativa de vida da população.

# Criação

O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, disse hoje (16) que o governo estuda a criação de uma secretaria para tratar de políticas relacionadas ao idoso. De acordo com o ministro, a Secretaria Nacional do Idoso, como deverá ser chamada, inicialmente, não terá status de ministério.

“Dentro de dois meses um grupo vai se reunir e tudo indica que vamos ter a possibilidade concreta de anunciar a criação da secretaria nesse período”, disse, logo após reunião com as centrais sindicais para discutir o fim do fator previdenciário e o aumento para os aposentados que ganham mais de um salário mínimo.

Segundo Garibaldi, a criação de uma secretaria para tratar de políticas públicas para idosos é uma reivindicação antiga dos sindicatos. “Há algum tempo vem se reivindicando uma secretaria do idoso, a exemplo de outras secretarias que foram criadas. O fato de uma discussão como essa [sobre o fim do fator previdenciário e aumento de aposentadoria para quem ganha acima do salário mínimo] às vezes não avançar como desejamos é pela falta de uma secretaria que pudesse dar mais objetividade à discussão”, avaliou.

06
fev

Os benefícios do Chá Verde

Postado às 23:41 Hs

Chá verde: idosos que consomem regularmente o chá enfrentam menos problemas funcionais

Segundo um novo estudo feito por japoneses na Faculdade de Medicina da Universidade de Tohoku, idosos que bebem chá verde regularmente têm menos problemas funcionais ao longo do tempo. A pesquisa foi publicada na edição de janeiro do periódico The American Journal of Clinical Nutrition.

O estudo acompanhou por três anos cerca de 14.000 adultos com mais de 65 anos. Eles informaram os pesquisadores sobre consumo diário de chá verde e outros hábitos do dia-a-dia. De maneira geral, os participantes que bebiam mais chá eram menos propensos a desenvolver incapacidade funcional, ou seja, dificuldades com as atividades do cotidiano ou com as necessidades básicas de locomoção e independência física, como tomar banho sozinho e se vestir.

Em comparação com os indivíduos que ingeriam menos do que uma xícara de chá verde diariamente, as pessoas que consumiam de três a quatro xícaras da bebida ao dia tinham 25% menos chances de terem problemas funcionais, e aquelas que bebiam mais de cinco xícaras tinham pouco mais de 30% menos riscos.

De acordo com os pesquisadores, aqueles que mais consumiam o chá verde não só mantiveram mais agilidade e menos fragilidade física, mas também tendiam a seguir dietas mais saudáveis, ingerindo maior quantidade de peixes, legumes e frutas, por exemplo. Além disso, essas pessoas tendiam a fumar menos, a ter menos problemas cardiovasculares e também a ser mais socialmente ativas. Porém, embora esses hábitos saudáveis tenham beneficiado a saúde dos participantes, o chá verde também contribuiu para uma melhor condição geral do corpo, segundo os autores do estudo.

O chá verde contém substâncias antioxidantes que podem proteger as células de danos provocados pelo envelhecimento e que podem levar a uma série de doenças. Diversas pesquisas vêm relacionando o consumo da bebida com a diminuição de riscos de colesterol alto e de certos tipos de cânceres.(Veja)

03
fev

Cresceu número de DST entre idosos

Postado às 20:48 Hs

Entre as doenças sexualmente transmissíveis mais comuns entre idosos estão sífilis, clamídia e gonorreia; os novos casos de aids nesse grupo dobraram na última décadaEntre as doenças sexualmente transmissíveis mais comuns entre idosos estão sífilis, clamídia e gonorreia; os novos casos de aids nesse grupo dobraram na última década (Thinkstock)

O número de casos de doenças sexualmente transmissíveis (DST) entre pessoas acima dos 50 anos dobrou na última década. O dado alarmante acaba de ser publicado em um editorial do periódico médico Student BMJ. Entre as doenças que despontam na lista de transmissões citadas pelo estudo estão sífilis, clamídia e gonorreia.

Existem ainda poucas pesquisas sobre as razões por trás do aumento no número dessas doenças. Uma das hipóteses é a de que ela se deva às mudanças físicas — mulheres na menopausa são mais vulneráveis a uma DST. Além disso, alguns dados mostram que os homens que usam drogas contra a disfunção erétil têm mais chances de serem diagnosticados com uma DST no primeiro ano de uso do remédio.

No Brasil, o Ministério da Saúde não tem dados sobre o índice de transmissões das DSTs, porque a notificação não é obrigatória. A única doença a ter registro é a aids. Segundo dados do Boletim Epidemiológico Aids e DST/2011, feito pelo Ministério, o número de novos casos entre pessoas acima de 50 anos passou de 2.707, em 2000, para 5.521, em 2010 – um aumento de 103%.

De acordo com Jean Gorinshteyn, infectologista responsável pelo Ambulatório do Idoso do Hospital Emílio Ribas, esse aumento no número de casos pode estar sendo causado pela combinação de drogas para disfunção erétil e falta de costume do uso da camisinha. “Essas pessoas não estão acostumadas a usar camisinha, e quando a usavam era para evitar uma concepção indesejada, não uma DST”, diz.

Entre os idosos, os homens são as principais vítimas: no ambulatório coordenado por Gorinshteyn, 75% dos infectados são do sexo masculino. Dos cerca de 120 pacientes (entre homens e mulheres) atendidos no local, 90% têm entre 60 e 65 anos, 80% são heterossexuais e 78% são casados. “A mulher normalmente tem uma baixa na libido com a menopausa. Já o homem, com a existência de drogas contra a disfunção erétil, acaba, muitas vezes, prolongando sua vida sexual”, diz o especialista.(Veja)

24
jan

É feio ser velho no BRASIL !!!

Postado às 11:30 Hs

Atualmente, termos como “melhor idade” procuram associar a imagem do idoso à jovialidade, produtividade, esportividade, autoconfiança. Mas, para alguns profissionais da saúde, viver a velhice como uma segunda juventude estaria deixando de ser opção para se transformar em imposição.

O problema é que há sempre um momento em que a idade não pode mais ser ignorada. “Você pode modificar sua imagem, tirar as rugas, mas chega um ponto em que algo da passagem do tempo você vai ter de suportar.”

A ideia de que podemos moldar nossos corpos como quisermos está fazendo com que características como obesidade ou velhice passem a ser vistas quase como atos imorais.“É como se só fosse idoso ou obeso quem quer, quem não é responsável, quem não se cuida”, diz. Além de discriminados, esses “novos desviantes” terminariam frustrados por não serem capazes de atingir o ideal socialmente imposto.“O corpo é maleável, mas só até um certo limite. Vender um ideal de maleabilidade total pode ser muito tirânico para as pessoas que não conseguem atingi-lo.”

Hoje vivemos numa sociedade onde o velho é extremamente ridicularizado e também convivemos num país onde todos devem ser jovens.O desrespeito ainda é grande.A mudança de comportamento deve acontecer, já que o BRASIL caminha para ser um país de idosos num futuro próximo.

Os idosos recorrem às bebidas alcoólicas e cigarros para lidar com o stress causado pela falta de recursos financeiros, segundo sugere estudo publicado na edição de novembro do periódico científico Journal of Studies on Alchohol and Drugs. De acordo com o estudo, idosos que enfrentam um estresse financeiro têm 30% mais chances de ter uma ingestão alcoólica exagerada do que aqueles financeiramente estáveis.

A pesquisa sugeriu que o risco é ainda maior em pessoas com baixo nível educacional. Por outro lado, homens e mulheres com mais acesso à educação tendem a reduzir o consumo de álcool diante da falta de dinheiro.

O estudo acompanhou 2.300 homens e mulheres com mais de 65 anos entre 1992 e 2006. Os resultados mostraram que 16% dos voluntários enfrentaram problemas financeiros crescentes com o passar dos anos. Os dados mostraram que 3% deles aumentou o consumo de álcool – com mais de 30 doses alcoólicas por mês – e 1% começou a fumar. “Ao enfrentar fatores de stress que não conseguem controlar, as pessoas tendem a focar em comportamentos que ajudam a lidar com as emoções negativas”, explicou Benjamin A. Shaw da University at Albany.

Problemas financeiros tendem a ser especialmente estressantes para pessoas mais velhas, segundo Shaw. “Eles estão fora do mercado de trabalho e sentem que têm menos tempo para recuperar a situação financeira”, disse o principal autor da pesquisa.  (Veja)

18
set

Musculação é eficaz…

Postado às 23:41 Hs

Exercícios físicos se tornaram tão importantes quanto os remédios no tratamento de doenças como osteoporose, osteoartrose e artrite reumatoide. Não à toa, estima-se que a frequência de pessoas com mais de 60 anos nas academias de ginástica tenha aumentado cerca de seis vezes nos últimos dez anos.

De olho nesse filão, muitos estabelecimentos têm feito parcerias com consultórios médicos e oferecido descontos e atividades específicas para os idosos por eles encaminhados. Surgiram até academias especializadas nesse público, com equipe médica própria e instalações adaptadas a quem tem mobilidade reduzida.

O boom teve início após a comprovação, no início da década passada, de que exercícios com sobrecarga são capazes de impedir o avanço da osteoporose, conta Kleber Pereira, presidente da Associação Brasileira de Academias (Acad). “Os médicos passaram a recomendar a musculação para os idosos, que hoje representam quase 30% de nossos alunos.”

Estudos recentes têm demonstrado os benefícios da musculação para outro problema que atinge quase 60% das pessoas com mais de 60 anos: a osteoartrose. Caracterizada pelo desgaste das articulações, a doença causa dor e restringe os movimentos.

Fonte:  Estadão

out 19
sábado
07 15
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
16 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5803390 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram