20
jun

Programa Talento Metrópole

Postado às 17:34 Hs

Aproveitar o potencial e estimular o desenvolvimento intelectual de seus estudantes é um dos principais deveres das escolas. No entanto, nem todas as instituições de Ensino Fundamental e Médio conseguem desenvolver ao máximo o talento de seus alunos, especialmente quando eles apresentam altas capacidades cognitivas. Pensando nisso, o Instituto Metrópole Digital (IMD), unidade complementar da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), abriu seleção para ingresso no Programa Talento Metrópole, inciativa que oferece formação em Tecnologia da Informação (TI) para jovens com altas habilidades ou superdotação.
O Projeto de extensão “Inclusão Digital para Idosos”, do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), vai iniciar seu período de inscrições para novas turmas no dia 1º de abril. A iniciativa se constitui em um curso gratuito para pessoas com mais de 60 anos de idade que queiram aprender a utilizar ferramentas de informática do dia-a-dia, como redes sociais, aplicativos de mobilidade e e-mail. Para realizar a inscrição, o interessado deve comparecer, a partir da próxima segunda-feira, à secretaria do curso de Bacharelado em Tecnologia da Informação (BTI), na sala B116 do IMD
O Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) lançou edital de seleção para sua Residência em Tecnologia da Informação (pós-graduação lato sensu), que nesta edição está sendo realizada em parceria com Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN). As inscrições para participar do processo seletivo tiveram início no dia 31, e vão serguir abertas até 13 de novembro. O valor mensal das bolsas para os aprovados é de R$ 1.500,00. São ofertadas oito vagas divididas em duas áreas de atuação: Analista e Desenvolvedor de Softwere (quatro vagas) e Analista de Business Intelligence (quatro vagas).
O Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) vai sediar, entre os dias 16 e 18 de outubro, o “Congresso de Empreendedorismo Universitário: um olhar para o futuro”, iniciativa que integra várias instituições de ensino superior do Rio Grande do Norte. O evento tem a realização da UFRN, em parceria com o Instituto Federal do Rio Grande (IFRN), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), por meio de suas pró-reitorias de Extensão e Pesquisa. A programação do congresso engloba uma série de palestras, mesas redondas, workshops e premiações. As inscrições podem ser realizadas por meio do Sistema de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), ou pelo LINK.
27
ago

Apoio

Postado às 12:07 Hs

Inscrições para três modalidades de ingresso na Inova Metrópole já podem ser feitas. Uma ideia na cabeça e uma incubadora de empresas à disposição. Essa é a proposta da nova modalidade de edital da Inova Metrópole, que está com inscrições abertas até o próximo dia 14 de setembro, voltadas para empreeendedores em potencial que tenham um projeto de produto ou serviço inovador na área de Tecnologia da Informação, mesmo que ainda não tenha desenvolvido um protótipo. Os empreendedores que ingressarem por meio desse edital na Inova, incubadora de empresas do Instituto Metrópole Digital (IMD), irão fazer parte do Programa Acelera Inova. Mas outros dois editais também estão com inscrições abertas, um deles para voltado para a pré-incubação de empresas e outro para a incubação.
10
jun

Parceria

Postado às 12:16 Hs

Prefeitura do Natal e UFRN discutem ampliação de parcerias na área de tecnologia. Com o objetivo de ampliar o conhecimento das atividades desenvolvidas no âmbito do Instituto Metrópole Digital (IMD) e tratar sobre a solidificação e ampliação de parcerias entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e a Prefeitura Municipal do Natal, a reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, recebeu na tarde desta quinta-feira, 07, o prefeito Álvaro Dias. Na ocasião, o gestor municipal conheceu as instalações do IMD, dentre as quais a estrutura do Supercomputador, bem como acompanhou uma explanação sobre os aspectos que permearam a ideia de construção do Parque Tecnológico de Natal.
26
out

Workshop

Postado às 19:53 Hs

UFRN realiza quarta edição do IV Workshop sobre Cidades Inteligentes

 

Pesquisadores, profissionais e gestores públicos e privados participam do IV Workshop sobre Cidades Inteligentes (WCID), que acontece nesta quinta e sexta-feira, 26 e 27, no Instituto Metrópole Digital (IMD) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O evento busca discutir e compartilhar avanços tecnológicos, aplicações, estratégias de governança e soluções para as cidades, contemplando áreas como educação, saúde, segurança pública, transporte, energia, monitoramento ambiental e desenvolvimento sustentável. A trajetória de avanços do workshop foi o principal assunto destacado na cerimônia de abertura pelo coordenador do WCID, professor Daniel Sabino Amorim de Araújo, que apontou como um dos diferenciais da edição 2017 a demonstração, cada vez mais efetiva, dos resultados práticos dos encontros dos anos anteriores por meio de parceiras feitas ao longo dos quatro anos do projeto.

A reitora UFRN, professora Ângela Maria Paiva Cruz, ressaltou a série de parcerias que acontecem nesse momento entre a instituição e órgãos públicos, como a prefeitura de Natal e o governo do Rio Grande do Norte. Entre as ações citadas estão a implantação do Parque Tecnológico Metrópole Digital, a criação dos aplicativos Rota Cidadão e Rota Viatura, além do Campus Seguro, lançado no último dia 20 para auxiliar a segurança dos campi universitários.

O evento contou com a presença de representantes da secretaria estadual de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), da prefeitura de Natal, além dos diretores de centros acadêmicos, pró-reitores, professores, alunos e demais interessados na temática abordada na ocasião.

 

04
ago

Informativo

Postado às 10:09 Hs

Consuni aprova criação do Parque Tecnológico Metrópole Digital. O Conselho Universitário (Consuni) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aprovou por unanimidade em sessão ordinária nesta quarta-feira, 02, a proposta de resolução para alterações no Regimento Interno do Instituto Metrópole Digital (IMD) e a criação do Parque Tecnológico Metrópole Digital, que passa a integrar o IMD. Esta área no entorno do campus central da UFRN, denominada Parque Metrópole, terá os objetivos de fomentar, apoiar e desenvolver atividades relacionadas com ciência, tecnologia, empreendedorismo e inovação, promovendo a sinergia entre universidade, governo e empresas com atividades orientadas para a geração ou uso intensivo de ciência e de tecnologia da informação e comunicação.
30
jan

Metrópole Digital

Postado às 22:53 Hs

No Metrópole Digital, ministro diz que “Brasil pode competir com potências mundiais em tecnologia da informação” O Instituto Metrópole Digital (IMD) recebeu nesta segunda-feira (30) a visita do ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM). A convite do deputado federal Rogério Marinho (PSDB), o democrata veio ao Rio Grande do Norte conhecer as instalações do projeto e o planejamento para a instalação do Parque Tecnológico em Natal. Mendonça foi recepcionado pelo diretor do IMD, o ex-reitor da UFRN, Ivonildo Rêgo, que lhe apresentou algumas iniciativas realizadas pelo órgão, como o programa de incubadoras de empresas, Inova Metrópole, que contém atualmente cerca de 40 novos negócios prestes a entrar no mercado de trabalho. Segundo o ministro, o Metrópole Digital contempla uma “área de excelência. Quando se leva em consideração o momento atual da economia mundial, poucas atividades você pode equiparar em termos de nível de desenvolvimento, como é a de Tecnologia da Informação, porque o que se precisa são de cabeças bem preparadas. E essa é uma das poucas áreas que o Brasil pode competir em igualdade de condições com potências mundiais. É uma área de grande potencial”.
14
dez

Metrópole Digital

Postado às 22:57 Hs

Rogério Marinho viabiliza mais R$ 4 milhões para o Metrópole Digital

O Instituto Metrópole Digital (IMD) já está autorizado pelo Ministério da Educação (MEC) a receber mais R$ 4 milhões, por meio da atuação parlamentar do deputado federal Rogério Marinho (PSDB), criador do IMD, que hoje é um dos principais projetos em atividade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Os recursos já estão liberados e permitirão, entre outras iniciativas, a expansão do prédio onde funciona o Metrópole, no campus universitário em Natal, que dará suporte ao futuro Parque Tecnológico.

“O Metrópole Digital já está consolidado, mesmo assim, ainda tem muito a crescer. Em breve teremos o Parque Tecnológico, com empresas do setor gerando ainda mais emprego e renda em Natal. Isso sem falar nos avanços que o IMD contribui nas diversas áreas da administração pública, desenvolvendo softwares indispensáveis ao futuro. Da nossa parte, vamos continuar trabalhando e sendo parceiros da UFRN para que Natal se torne uma referência nacional na área de tecnologia da informação, um dos mercados de trabalho que mais cresce no mundo”, disse Rogério Marinho.

O deputado federal foi responsável pela criação do Metrópole Digital, ainda durante o seu primeiro mandato na Câmara. Após a implantação do mesmo pela UFRN, Rogério conseguiu destinar mais de R$ 45 milhões para transformar a ideia em realidade. Agora, com mais estes recursos, o diretor do IMD, ex-reitor da UFRN Ivonildo Rego, espera concluir a expansão do prédio do Metrópole, investir no projeto Cidades Inteligentes e financiar a consultoria para as empresas que serão fundamentais ao futuro Parque Tecnológico.  “Esses recursos serão extremamente importantes, como foram os R$ 45 milhões que o deputado alocou nas legislaturas passadas, que nos permitiu chegar ao que é hoje o Metrópole Digital”, disse Ivonildo Rego. “O IMD é um exemplo do bom uso de emendas parlamentares para o país inteiro. As emendas foram utilizadas em associação com a universidade para gerar desenvolvimento econômico e social para o Estado, é o uso do conhecimento para gerar riqueza e renda”, finalizou o ex-reitor.

Fonte: Assessoria

O Instituto Metrópole Digital (IMD), projeto criado pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB) e implantado com sucesso na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), divulgou nesta segunda-feira (18) edital do seu novo processo seletivo para o Curso de Formação Técnica em Tecnologia da Informação. Ao todo, estão sendo oferecidas 1.680 vagas para ingresso em 2017, nos polos Natal (1.200), Mossoró (160), Caicó (200) e Angicos (120). Os cursos serão distribuídos em três turnos (manhã, tarde e noite). Segundo Rogério Marinho, “o Metrópole Digital já é uma realidade e ainda tem muitos frutos a dar para o RN”. “Nossa expectativa é que o projeto cresça a cada ano e se consolide como uma referência nacional em tecnologia da informação. Hoje, Natal já está inserida no mapa deste mercado de trabalho, que é o que mais cresce no mundo”, disse o deputado, responsável por destinar quase R$ 45 milhões em emendas parlamentares para viabilizar o IMD.

Pelo sexto ano consecutivo, o Brasil perdeu posição no ranking das economias mais competitivas no mundo. Entre 61 nações analisadas, o País passou a ocupar o 57º lugar na lista do World Competitiveness Yearbook, anuário da escola de negócios suíça IMD publicado desde 1989. No ano passado, ocupava o 56º lugar no ranking.

Com isso, a eficiência da economia brasileira para o desenvolvimento de negócios só é melhor que a da Croácia, da Ucrânia, da Mongólia e da Venezuela, últimos no ranking. Mesmo tendo perdido seis posições do anuário do ano passado para cá, a Grécia (56º lugar) segue tendo um ambiente mais propício para a iniciativa privada. A Argentina (55º) também subiu quatro posições e, com isso, ficou melhor que o Brasil na lista.

Pela metodologia do IMD, todos os países são analisados em quatro dimensões, que são as seguintes: Desempenho da Economia, Eficiência do Governo, Eficiência Empresarial e Infraestrutura. Nessa análise, são utilizados dados públicos de organismos internacionais e também pesquisa de campo com escolas de negócios parceiras. No caso do Brasil, o parceiro é a Fundação Dom Cabral.

23
jul

Metrópole Digital

Postado às 12:26 Hs

O Instituto Metrópole Digital (IMD) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está prestes a viabilizar a implantação da Rede Giga Metrópole, um sistema de alta velocidade que pretende integrar de forma online as 631 escolas públicas dos 10 municípios da Grande Natal. A Rede Giga Metrópole será executada em três etapas. Segundo o diretor do IMD, professor José Ivonildo do Rêgo, a conclusão das duas primeiras fases desse projeto está prevista para junho de 2015, com a integração de 350 escolas, dos campi do IFRN, Escola Agrícola de Jundiaí e Instituto Internacional de Neurociências, em Macaíba. O Metrópole Digital foi criado por Rogério Marinho e implantado com sucesso pela UFRN. Hoje, milhares de jovens estão sendo capacitados pelo projeto na produção de softwares. O objetivo é transformar o RN em um polo nacional de tecnologia da informação.
ago 22
quinta-feira
21 41
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
14 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5794348 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram