Finalizadas as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, os estudantes que não obtiveram isenção têm até a próxima quinta-feira (23) para pagar a taxa de inscrição. O valor é de R$ 85 e pode ser pago em agências bancárias, casas lotéricas e Correios.

Quem teve direito à isenção do pagamento da taxa e concluiu a inscrição no prazo tem participação garantida. As inscrições pra o Enem foram encerradas na última sexta-feira (17) com 6.384.957 de inscritos. O total de participantes confirmados será divulgado no dia 28 deste mês. As provas serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro.

Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem, por exemplo, para se inscrever em programas de acesso à educação superior como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (ProUni) ou de financiamento estudantil.

19
maio

Enem 2019 tem 6,3 milhões de inscritos

Postado às 18:11 Hs

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou 6.384.957 inscritos para a edição de 2019. As inscrições terminaram nessa sexta-feira (17). Os estudantes têm até o dia 23 de maio para pagar a taxa, no valor de R$ 85. O total de participantes confirmados será divulgado no dia 28 deste mês.

Quem teve direito à isenção do pagamento da taxa e concluiu a inscrição no prazo tem participação garantida. As provas do Enem 2019 serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro, com quatro provas objetivas e 180 questões, além da redação. O Enem é realizado anualmente Inep, vinculado ao Ministério da Educação. Em 21 edições, o exame recebeu quase 100 milhões de inscrições.

Em audiência com o Ministro da Educação, Mendonça Filho, na terça-feira (26), a bancada federal do RN e o reitor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), José de Arimatea, solicitaram o repasse de recursos financeiros da emenda de bancada 2016 e o desbloqueio do orçamentário da emenda de bancada de 2017 a serem direcionados para infraestrutura e aquisição de equipamentos para a Universidade, para os campi de Pau dos Ferros, Carnaúbas e Angicos. De acordo com o deputado federal Felipe Maia, o Ministério já está há alguns meses em busca do repasse. “O Ministro nos informou que já foram enviadas cinco solicitações a Secretaria de Governo para a liberação do repasse da emenda de bancada de 2016. No entanto, ainda não foram autorizadas. Estamos na tentativa de conseguir para a Universidade pelo menos 50% do valor previsto, que seria R$ 3 milhões para aquisição de equipamentos e a continuidade das obras que já foram licitadas”, explicou.
dez 13
sexta-feira
11 24
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
6 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5808946 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram