A governadora eleita Fátima Bezerra, começou a olhar pelo retrovisor e a reclamar da atual situação financeira do Governo do Estado, como se fosse uma novidade. Ela disse que a situação do Executivo é pior do que ela imaginava, após tomar conhecimento do anúncio do governador Robinson Faria, de que não tem como pagar o 13º salário de 2018.

“Não temos ainda os dados precisos no que diz respeito ao desequilíbrio fiscal-financeiro no Estado do Rio Grande do Norte. No entanto, as informações preliminares apontam que a situação é mais grave ainda do que nós imaginávamos”, declarou a governadora a jornalista Emmily Virgílio, da Inter TV Cabugi.

Fátima Bezerra afirmou ainda que espera que o Governo cumpra com os salários de outubro, os de novembro, de dezembro e o 13º salário até o fim do ano. “Espero, e é isso que esperam os servidores, que o Governo envide todos os esforços para dar uma resposta positiva aos servidores”.

A governadora eleita disse também que, a partir de 1º de janeiro, quando ela assume a chefia do Poder Executivo, “todas as medidas necessárias para corrigir esse desequilíbrio fiscal-financeiro serão tomadas”.

“Não há aqui uma medida milagrosa. Mas a nossa principal prioridade é normalizar o pagamento em dia dos servidores do nosso estado”, enfatizou.

Fátima também adiantou que, em sua gestão, pretende antecipar receitas para conseguir arcar com as despesas de pessoal. Contudo não deu detalhes sobre a proposta. “A nossa equipe já está estudando isso aí. Essa situação é muito grave. Porque, além do transtorno que isso traz para a vida dos servidores, para a vida de suas famílias, por outro lado há o impacto que isso traz também para a economia local”.

30
set

Pesquisa Ibope confirma Carlos Eduardo…

Postado às 20:05 Hs

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta sexta-feira (30) aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para a Prefeitura de Natal:

 Carlos Eduardo (PDT): 66%

Kelps Lima (SD): 12%

Fernando Mineiro (PT): 8%

Márcia Maia (PSDB): 7%

Robério Paulino (PSOL): 7%

Freitas Júnior (Rede): 0%*

Rosália Fernandes (PSTU): 0%*

* Cada um dos dois indicados com 0% não atingiu, individualmente, 1% das intenções de voto.

 

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto. Segundo o Ibope, “realizada antes do debate, pesquisa indica reeleição de Carlos Eduardo no domingo”.  A pesquisa foi encomendada pela Inter TV Cabugi.

 

Votos totais

Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

Carlos Eduardo (PDT): 55%

Kelps Lima (SD): 10%

Fernando Mineiro (PT): 7%

Márcia Maia (PSDB): 6%

Robério Paulino (PSOL): 6%

Freitas Júnior (Rede): 0%

Rosália Fernandes (PSTU): 0%

Brancos e nulos: 12%

Não sabe: 4%

27
out

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 20:10 Hs

  • A imprensa estadual já especula os nomes para o secretariado do governador eleito, Robinson Faria (PSD). Dentre os possíveis indicados está o ex-secretário da Casa Civil, Paulo de Tarso Fernandes. Em solidariedade a Robinson, quando este rompeu com a gestão Rosalba Ciarlini (DEM), o jurista pediu afastamento do cargo.
  • A campanha de 2014 já encerrou, mas candidatos já ensaiam o processo eleitoral de 2018 lançando suas pré-candidaturas. Um deles é o ex-deputado federal Ney Lopes de Souza que em entrevista ao RN Acontece da Band declarou trabalhar pelos próximos quatro anos para viabilizar o seu desejo político.“Eu vou fazer uma opção partidária e vou trabalhar nos próximos quatro anos para ser candidato ao Senado em 2018”, disse Ney ao jornalista Diógenes Dantas.
  • Apenas uma mulher governará um estado do país no próximo mandato. Eleita governadora de Roraima, Suely Campos (PP) foi a única candidata do sexo feminino a vencer as eleições em 2014. A representatividade feminina nos governos estaduais não era tão pequena desde 1998.
  • Se por ventura a deputada federal Fátima Bezerra (PT) for convidada para assumir um ministério no governo de Dilma Rousseff (PT) assumirá sua cadeira no senado o seu primeiro suplente Jean-Paul Prates.O nome do deputado federal Fábio Faria (PSD) está sendo lembrado para ocupar uma vaga de ministro no próximo governo de Dilma Rousseff (PT).Indicação do presidente Lula que é amigo pessoal do sogro de Fábio, Sílvio Santos. Dono do SBT e do Baú da Felicidade.
  • O governador eleito, Robinson Faria (PSD) concedeu entrevista ao RN TV, da Inter TV Cabugi, às 12h30, desta segunda-feira. Na área política, destacou o papel do prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior (PSD) para sua vitória em Mossoró e no Estado. No campo administrativo Robinson Faria anunciou que vai propor um aumento de 10% no orçamento da segurança pública e, para isso, encaminhará proposta para aprovação da Assembleia Legislativa. Em relação ao setor de saúde pública, constatou que existem recursos, porém, falta planejamento do Governo do Estado. E citou que no presente, o Governo do Estado recebe recursos de produtividade, por parte do Governo Federal, porém, não faz o devido repasse para os Hospitais Regionais. Isso vai mudar, conforme afirmou Robinson Faria. O governador eleito também citou que existem mais de 100 escolas estaduais que foram fechadas e, que ele vai trabalhar não apenas na reabertura, mas, igualmente, na modernização dessas unidades.
  • O PMDB foi o partido que mais governadores elegeu nas eleições. A legenda vai governar sete estados (RO, RS, RJ, ES, TO, SE e AL), enquanto o PT conquistou cinco (AC, MG, BA, PI e CE), mesmo número do PSDB (PR, GO, MS, PA e SP). PSB venceu em três unidades da federação (DF, PE e PB). PDT e PSD elegeram dois governadores, e PC do B, PP e PROS, um.
  • O segundo turno entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) teve a disputa mais apertada para presidente desde 1989, quando o país voltou a ter eleições diretas para presidente. A vitória de Dilma só foi conhecida às 20h30, com 98% das seções apuradas. A petista liderava com 51,45% a 48,55%.
23
out

Debate logo mais…

Postado às 10:39 Hs

Inter TV Cabugi promove debate com candidatos ao governo do RN

O último debate com os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte na TV aberta acontece na noite desta quinta-feira (23) na Inter TV Cabugi. O programa vai ao ar logo após a novela Império, e terá a mediação do jornalista Ari Peixoto. O debate colocará frente a frente os candidatos Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD).

O jornalista Ari Peixoto, que está em Natal para mediar o debate, acredita que o maior tempo para perguntas e respostas pode melhorar o nível do debate. “Como o debate desta vez tem menos candidatos, eles terão mais tempo para perguntar e responder. Com isso os telespectadores/eleitores terão oportunidade de conhecer melhor as propostas. Uma boa chance principalmente para os indecisos. No domingo a população decidirá quem se saiu melhor nos debates e nas eleições como um todo”, afirmou.

Amanhã

O debate dos presidenciáveis na Rede Globo amanhã, 24, terá espaços para eleitores indecisos fazerem perguntas a Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). Eles serão selecionados pelo Instituto Ibope em todos os Estados e estarão na plateia

13
out

* * * Quentinhas… * * *

Postado às 12:33 Hs

* * * Mas há ainda um aspecto curioso e de difícil explicação que chama a atenção no mapa dos nulos: a coincidência entre mudança de padrão da taxa de nulo com as divisas geográficas de certos Estados. Um exemplo é o Rio Grande do Norte, Estado com a maior taxa de nulos para presidente (9,61%). As divisas do Rio Grande no Norte com o Ceará e a Paraíba coincidem exatamente com as divisas de intensidade de voto nulo. * * *

* * * A Inter TV Cabugi divulgará na quarta-feira (15), no RN TV 2ª edição, primeira pesquisa do segundo turno, registrada hoje (10) sob o protocolo RN 00043/2014, encomendada ao Ibope. O trabalho custará R$ 50.327,76 e ouvirá 812 pessoas entre esta sexta (10) e o dia da divulgação. * * *

* * * Segundo análise do ex-deputado Ney Lopes, os fatos ligados ao chamado escândalo da Petrobras poderão provocar uma consequência positiva para o RN. “Com a provável eleição de Aécio Neves, ou mesmo de Dilma, o senador Renan Calheiros não deverá pleitear a reeleição para a presidência do Senado federal”, disse ele. Ney Lopes acredita que, nesse caso, surge como nome mais credenciado o senador Garibaldi Filho, até porque já exerceu interinamente o cargo e saiu com excelente imagem. “Caso isso venha a ocorrer, o nosso estado só terá a ganhar pelo estilo civilizado, conciliatório e afável do senador Garibaldi Alves, reconhecido até por adversários”, lembrou o ex-deputado. * * *

nov 14
quinta-feira
19 43
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
31 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5806587 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram