20
abr

Vacinação

Postado às 22:24 Hs

Professores vão receber vacina gratuita contra a gripe. Professores de escolas públicas e particulares já podem comparecer aos postos de saúde para a vacinação gratuita contra o vírus da influenza (gripe). Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Brasil possui 2,2 milhões de professores, dos quais 75% estão na rede pública. O secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Rossieli Soares, explica a inclusão dos professores na lista prioritária de vacinação, assim como os idosos e as crianças: “Eles são pessoas que circulam em todos os meios; têm contato diário com todos os alunos. À medida que um professor adoece, todos os demais alunos passam a ser prejudicados com a falta daquele professor. Então, pensar no acesso ao professor é pensar na educação, na garantia e no bem-estar desse profissional, que é fundamental para a existência da educação e para o que acontece na escola.”
20
fev

Reajuste

Postado às 14:58 Hs

Prefeita Rosalba envia à Câmara Municipal projeto que reajusta salários dos professores.

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) encaminhou à Câmara Municipal de Mossoró, no final da manhã desta segunda-feira (20), o Projeto de Lei Complementar No 128, que dispõe sobre a concessão de reajuste nos vencimentos básicos dos professores da rede municipal de ensino.

O projeto visa dar cumprimento ao estabelecido na Lei Federal No 11.738, que instituiu o piso nacional do magistério. De acordo com o projeto assinado pela prefeita, os salários básicos dos professores terão um reajuste de 7,64%, acompanhando o índice concedido pelo Governo Federal, retroativo a 1º de janeiro de 2017.

O reajuste implicará, segundo levantamento feito pela secretaria de Administração e Finanças, em incremento de R$ 5,6 milhões nas despesas com Educação, compatível com o Orçamento Geral do Município 2017 e créditos adicionais. O reajuste também estende-se aos profissionais da educação aposentados e pensionista, vinculados ao regime próprio da previdência social de Mossoró.

21
mar

Capacitação

Postado às 17:07 Hs

unnamed
Professores da Rede Municipal de Ensino e profissionais da saúde serão capacitados, a partir da próxima segunda-feira, 28, para ações do Programa Conexão Prevenção, que pretende mobilizar a comunidade escolar para intensificar as atividades de prevenção ao uso abusivo de álcool, tabaco e outras drogas. A formação acontecerá, das 8h às 17h, na Escola Estadual Professor Abel Freire Coelho, na rua Doutor João Marcelino, s/n, Nova Betânia. A capacitação, que se estenderá até o dia 1º de abril, será realizada, por meio do projeto “Diga Sim à Vida”, do Ministério da Saúde e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Inicialmente, quatro escolas serão contempladas pelo Conexão Prevenção: Escola Municipal Alex Linhares, bairro Bom Pastor; Escola Municipal Raimundo Nogueira, bairro Santo Antônio; Escola Municipal José Benjamim, Planalto 13 de maio; e Escola Municipal Heloísa Leão de Moura, bairro Bom Jesus.
19
fev

Uma boa notícia…

Postado às 17:25 Hs

Governo encaminha à Assembleia projeto de reajuste salarial de 11,36% para professores da rede estadual

 

O Governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei Complementar que reajusta os vencimentos básicos de professores e especialistas em Educação do Rio Grande do Norte. O PL, remetido nesta sexta-feira, 19, segue o reajuste de 11,36% estabelecido pelo Governo Federal para o piso salarial nacional dos profissionais do Magistério Público da educação básica. O salário base passa de R$ 1.917,78 para R$ 2.135,64, com efeitos financeiros a partir de janeiro de 2016.

O reajuste beneficia professores e especialistas em Educação que desempenhem as atividades de docência ou as de suporte pedagógico à docência (direção, administração, planejamento, inspeção, supervisão, orientação e coordenação) nas unidades escolares de Educação Básica e na Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (Seec), incluindo as Diretorias Regionais de Ensino e Cultura (Direc).

A medida atende os profissionais disciplinados pela Lei Complementar Estadual n.º 322, de 11 de janeiro de 2006, e que tenham jornada de trabalho de 30 horas semanais. Para professores e especialista de educação que exercem jornada de trabalho diversa de 30 horas semanais, os vencimentos serão calculados de forma proporcional.

O piso salarial dos professores terá reajuste de 11,36%, anunciou nesta quinta-feira (14) o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Com isso, o valor passa de R$ R$ 1.917,78, em 2015, para R$ 2.135,64, em 2016. O índice representa um aumento real de 0,69%, considerando a inflação oficial de 10,67%. Na quarta-feira (13), o Ministério da Educação (MEC) recebeu dos estados e municípios pedido de adiamento do reajuste para agosto e que o índice fosse 7,41%. Ao anunciar o valor nesta quinta-feira, Mercadante ressaltou que a pasta apenas cumpre a lei vigente. “Muitos estados e municípios têm uma situação mais sensível, o que a gente pede é que haja disposição de diálogo, de busca de negociação entre sindicatos e governos, para que seja pactuado – onde não há condições –, com transparência, uma política de pagamento do piso que seja compatível [com a situação local]”, disse Mercadante. Pela lei, o piso vale a partir de janeiro, mas o ministro destacou que isso pode ser negociado entre trabalhadores e governos.

Lei do Piso

A Agência Brasil destacou que o piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo a Lei 11.738/2008, a Lei do Piso, que vincula o aumento à variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).Desde 2009, com o início da vigência da lei, até 2015, segundo Mercadante, o piso dos docentes teve aumento real, ou seja, acima da inflação no período, de 46,05%. Mercadante disse que o percentual de aumento foi um dos maiores entre todas as categorias, públicas ou privadas, mas reconheceu que há uma desvalorização histórica dos salários dos professores. “Herdamos uma situação de salários muito baixo dos professores. Apesar desse crescimento, ainda é um salário pouco atrativo”.

O piso é pago a profissionais em início de carreira, com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais. Pela lei, os demais níveis da carreira não recebem necessariamente o mesmo aumento. Isso é negociado em cada ente federativo. Em um contexto de crise, estados e municípios alegam dificuldade em pagar o valor definido pela lei. Na quinta-feira, os estados pediram que o MEC complementasse o valor aos governos em situação mais delicada, o que também está previsto em lei. Mercadante disse que a complementação pode ser negociada, desde que haja uma proposta consensual entre estados e municípios. Quando receber a proposta, a pasta avaliará a viabilidade, segundo o ministro.Apesar dos aumentos, atualmente, os professores recebem cerca de 60% do salário das demais carreiras com escolaridade equivalente. A melhora do salário dos professores faz parte do Plano Nacional de Educação (PNE), lei que prevê metas para a melhoria da educação até 2024. Até 2020, os docentes terão que ter rendimento equiparado ao dos demais profissionais com escolaridade equivalente.

03
jan

Preocupante

Postado às 9:54 Hs

Estados e municípios temem não conseguir pagar piso aos professores

O reajuste do piso salarial dos professores em 2016 é motivo de preocupação tanto para estados e municípios, quanto para os docentes. De acordo com indicadores nos quais se baseiam o reajuste, divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), os salários iniciais devem aumentar 11,36%, segundo a Confederação Nacional de Municípios (CNM). Entes federados, no entanto, discordam do índice e calculam um aumento de 7,41%.

“Não se trata de discutir o que é justo, e sim o que é possível ser pago com as receitas municipais”, diz o presidente da confederação, Paulo Ziulkoski, em nota divulgada nessa quarta-feira (30). “Com certeza, os professores merecem reajustes maiores, mas não se pode aceitar a manipulação de informações para gerar reajustes acima da capacidade de pagamento dos governos”, conclui.

O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo a Lei 11.738/2008, a Lei do Piso, que vincula o aumento à variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

20
nov

Acontece

Postado às 0:26 Hs

Aperfeiçoamento vai reunir professores de matemática na Ufersa. Estudantes universitários e professores de matemática da rede pública de ensino poderão participar a partir da próxima segunda-feira, 23, na Universidade Federal Rural do Semi-Árido, do Programa de Aperfeiçoamento de Professores da Educação Básica em Matemática, o PAPMEM 2015. A capacitação, que prosseguirá até a sexta-feira, 27, vai acontecer no Auditório da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, localizado no Campus Leste da Ufersa Mossoró. O aperfeiçoamento dará direito a certificado. Para se inscrever é imprescindível que todos os interessados se cadastrem no sistema (SIGAA). Para se cadastrar basta clicar em “Ainda não possuo cadastro!”. Mesmo os alunos que possuem acesso ao SIGAA, terão que realizar esse cadastro, através do endereço eletrônico:http://sigaa.ufersa.edu.br/sigaa/public/extensao/loginCursosEventosExtensao.jsf . Concluído o cadastro no Sistema e ativação do link será enviado ao e-mail do solicitante o endereço de acesso.

Em entrevista ao programa RN Acontece, do jornalista Diógenes Dantas, na Band, a candidata ao Senado, deputada Fátima Bezerra, defendeu federalização do piso salarial dos professores. Isto quer dizer que a União deve garantir nos próximos seis anos o que fixa a meta 17 do Plano Nacional da Educação (PNE): a equidade da remuneração do magistério aos profissionais de escolaridade equivalente. Se já fosse implantado hoje, o valor do piso passaria a ser de R$ 3.652,00. O PNE foi aprovado na Câmara este ano.

“Obviamente, os municípios não terão condições de arcar com esses valores, uma vez que passam por dificuldades para garantir o mínimo às populações. Mas a União pode e deve garanti-los”, observou. O prazo fixado inicialmente para equiparação dos vencimentos dos professores era de dez anos, mas emenda de Fátima reduziu o prazo de implantação para seis anos. “Para que possamos realizar o sonho da efetiva valorização do profissional do magistério é preciso melhoria salarial associada à formação do magistério.”, enfatizou a deputada.

30
jan

Reajuste do Piso dos Professores

Postado às 9:04 Hs

O Ministério da Educação anunciou nesta terça-feira (29) o reajuste do piso salarial dos professores da educação básica (ensinos fundamental e médio). Segundo os dados do ministério, o aumento será de 8,32%, e o valor subirá para R$ 1.697. O reajuste neste ano foi maior que no ano passado, quando o aumento foi de 7,97%, mas menor que entre 2011 e 2012, quando o reajuste foi de 22,22%.

Nos últimos cinco anos, o aumento do salário inicial dos professores que cumprem a carga horária de 40 horas semanais foi de 65,6%.

Veja abaixo a evolução do piso salarial dos professores no Brasil:

2010 – R$ 1.024,67

2011 – R$ 1.187,08

2012 – R$ 1.451,00

2013 – R$ 1.567,00

2014 – R$ 1.697,00

 

Entenda o cálculo do reajuste :

Desde 2009, por lei, o reajuste do piso salarial é feito anualmente em janeiro seguindo como indicador o Fundeb. O fundo reúne recursos provenientes de tributos e da complementação da União, que são repassados aos governos municipais e estaduais.Durante o ano vigente, o valor mínimo anual investido pelo fundo por aluno da educação básica é calculado com base em estimativas de arrecadação. A variação desse valor impacta na variação do salário dos professores.

Naquele tempo, Jesus subiu a um monte seguido pela multidão e, sentado sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se aproximassem.

Ele os preparava para serem os educadores capazes de transmitir a lição da Boa Nova a todos os homens.

Tomando a palavra, disse-lhes:
- Em verdade, em verdade vos digo: Felizes os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. Felizes os misericordiosos, porque eles….
Pedro o interrompeu:
- Mestre, vamos ter que saber isso de cor?

André perguntou:
- É pra copiar?

Filipe lamentou-se:
- Esqueci meu papiro!

Bartolomeu quis saber:
- Vai cair na prova?

João levantou a mão:
- Posso ir ao banheiro?

Judas Iscariotes resmungou:
- O que é que a gente vai ganhar com isso?

Judas Tadeu defendeu-se:
- Foi o outro Judas que perguntou!

Tomé questionou:
- Tem uma fórmula pra provar que isso tá certo?

Tiago Maior indagou:
- Vai valer nota?

Tiago Menor reclamou:
- Não ouvi nada, com esse grandão na minha frente.

Simão Zelote gritou, nervoso:
- Mas porque é que não dá logo a resposta e pronto!?

Mateus queixou-se:
- Eu não entendi nada, ninguém entendeu nada!

Um dos fariseus, que nunca tinha estado diante de uma multidão nem ensinado nada a ninguém, tomou a palavra e dirigiu-se a Jesus, dizendo:
- Isso que o senhor está fazendo é uma aula? Onde está o seu plano de curso e a avaliação diagnóstica? Quais são os objetivos gerais e específicos? Quais são as suas estratégias para recuperação dos conhecimentos prévios?

Caifás emendou:
- Fez uma programação que inclua os temas transversais e atividades integradoras com outras disciplinas? E os espaços para incluir os parâmetros curriculares gerais? Elaborou os conteúdos conceituais, processuais e atitudinais?

Pilatos, sentado lá no fundão, disse a Jesus:
- Quero ver as avaliações da primeira, segunda e terceira etapas e reservo-me o direito de, ao final, aumentar as notas dos seus discípulos para que se cumpram as promessas do Imperador de um ensino de qualidade. – Nem pensar em números e estatísticas que coloquem em dúvida a eficácia do nosso projeto.- E vê lá se não vai reprovar alguém!

E, foi nesse momento que Jesus levantou os olhos para o céu e disse:
“Senhor, Senhor por que me abandonastes?”
Enviado  Por Jaridza Menescal
Com a previsão de um alto reajuste do piso nacional dos professores da educação básica, os governadores se uniram para sugerir uma nova fórmula de correção dos salários.Cálculos preliminares do governo federal apontam um aumento de 19% em 2014, mais do que o dobro do que os 7,97% concedidos à categoria no início deste ano. Hoje, nenhum docente pode receber menos do que R$ 1.567. Documento assinado pelos 27 governadores foi entregue ao Executivo, na semana retrasada, com uma nova sugestão de cálculo, se aplicado já no ano que vem, o índice seria reduzido a 7,7%.
23
set

Piso menor…

Postado às 8:35 Hs

Com a previsão de um alto reajuste do piso nacional dos professores da educação básica, os governadores se uniram para sugerir uma nova fórmula de correção dos salários. Cálculos preliminares do governo federal apontam um aumento de 19% em 2014, mais do que o dobro do que os 7,97% concedidos à categoria no início deste ano.

Hoje, nenhum docente pode receber menos do que R$ 1.567. Documento assinado pelos 27 governadores foi entregue ao Executivo, na semana retrasada, com uma nova sugestão de cálculo.

Segundo a Folha apurou, se aplicado já no ano que vem, o índice seria reduzido a 7,7%. Há ainda uma proposta defendida pela CNTE, entidade que representa os trabalhadores da educação básica. Nesse caso, ficaria em torno de 10%. (Folha de S.Paulo – Flávia Foreque)

02
set

Mais professores…

Postado às 15:40 Hs

 

O Governo do RN publicou no Diário Oficial (DOE), de sábado (31), a convocação de 116 professores e profissionais de educação, aprovados em concurso público com fundamento no edital de outubro de 2011.

Os convocados ocuparão os cargos de professores de artes, biologia e ciências, educação física, filosofia, geografia, história, inglês, espanhol, português, química, sociologia e pedagogia.

A convocação atende ao critério de substituição dos candidatos nomeados anteriormente, que não compareceram ou que solicitaram reclassificação. Os candidatos serão convocados e nomeados de acordo com a ordem de classificação.

 

10
jul

FIQUE SABENDO…

Postado às 10:31 Hs

images

 

# # Nova jornada

Professores do Estado terão mudança na jornada de trabalho: serão 20h em sala de aula e 10h para planejamento . A Secretaria de Estado da Educação está se adequando à nova legislação federal que trata da jornada de trabalho dos professores da Educação Básica. Apesar da Lei Nº 11.738 ter sido criada em 2008, as novas regras só foram consideradas válidas no início de 2013, quando o Supremo Tribunal Federal encerrou o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade Nº 4.167, sobre o terço da hora atividade. Até a definição da lei federal, vigorava o que estabelece o Plano de Cargos e Carreiras do Magistério Estadual, segundo o qual, da jornada de 30 horas semanais do professor, 24 seriam para atividades em sala de aula e 6 horas seriam destinadas para atividades de planejamento. Com a nova lei, um terço da jornada de trabalho deve ser destinada ao planejamento, logo, os professores da rede estadual teriam 20 horas em sala de aula e 10 horas para planejamento.

# # Feira do Livro de Mossoró

O estímulo à leitura e a produção literária são os grandes objetivos da Feira do Livro de Mossoró, que será realizada de 07 a 11 de agosto, no  West Shopping Mossoró. A 9ª edição do evento trará a temática “Com um livro na mão e um sorriso no rosto” e terá investimento de mais de R$ 180 mil por parte da Prefeitura Municipal, recursos que serão utilizados na aquisição de livros. O cheque-livro, projeto criado pela Secretaria da Educação, é destinado à rede municipal de ensino para ampliação do acervo das bibliotecas. De acordo com a secretária da Educação, Iêda Chaves, R$ 95,5 mil serão investidos na compra de livros para Unidades de Educação Infantil e Escolas Municipais, e R$ 85, 425 mil devem ser utilizados pelos professores para aquisição de títulos. Estamos na torcida…

# # Recadastramento Eleitoral

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte inicia na próxima quarta-feira (17) a terceira etapa do Projeto de Revisão Eleitoral com Coleta Biométrica que acontecerá até as Eleições 2014. Nesta terceira fase, que vai até 14 de dezembro, serão revisados os eleitores das cinco zonas eleitorais de Natal, atingindo um contingente de pouco mais de 520 mil eleitores. O provimento n.º 4/2013, da Corregedoria Regional Eleitoral, que estabelece normas procedimentais para a terceira etapa da revisão com cadastramento biométrico, foi publicado no Diário da Justiça Eletrônico divulgado nesta terça-feira (9). Serão 4 etapas de cadastramento, seguidas de acordo com os meses de nascimento de cada eleitor. Para a primeira etapa, entre 17 de julho e 17 de agosto, os nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março deverão agendar seus atendimentos através do site www.tre-rn.gov.br ou pelo telefone 3654-5000. Para fazer o recadastramento, o eleitor deverá comparecer ao Fórum Eleitoral de Natal, onde estará instalada a central de atendimento, portando documento de identidade com foto, título eleitoral e um comprovante de residência.

# # Meia-entrada: Estudantes terão cota de 40% dos ingressos para festas

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (9) o Estatuto da Juventude, que trata de pagamento de meia-entrada em eventos culturais e meia-passagem em transporte para jovens entre 15 e 29 anos. O texto segue para sanção da presidente Dilma Rousseff. Os deputados decidiram manter texto aprovado no Senado, em março deste ano, que limita o pagamento de meia-entrada. O projeto define uma cota de 40% dos ingressos de eventos artístico-culturais e esportivos reservada para os estudantes. Essa era uma demanda da classe artística que justificava altos preços de ingressos devido ao número de meia-entrada. Se o percentual de alunos no evento for superior aos 40%, o número excedente terá que pagar o valor integral do ingresso. A proposta permite, ainda, que jovens entre 15 e 29 anos, que sejam de baixa renda, paguem meia-entrada nesses eventos, mesmo que não sejam estudantes, mas eles também obedecerão ao limite dos 40%Essa era uma demanda Os deputados rejeitaram a exigência para que as carteiras de estudantes tenha selo de segurança personalizado segundo padrão único definido pelas entidades nacionais, o que inclui a UNE, por exemplo.

# # Além de Medicina…

A criação de um ciclo obrigatório de trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS) não deve ficar restrito ao curso de Medicina, como definido no Programa Mais Médicos, anunciado nesta segunda-feira, 8, pelo governo. O Conselho Nacional de Educação (CNE) estuda a adoção da medida para outras carreiras da área de saúde. O plano prevê que estudantes de Odontologia, Psicologia, Nutrição, Enfermagem e Fisioterapia também concluam a formação com atividades na rede pública. “Isso já vem sendo pensado”, informou nesta terça-feira o secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Speller. Não há prazo para a conclusão da análise, que começou antes mesmo dos estudos sobre o caso da Medicina.

18
fev

Liberadas…

Postado às 17:26 Hs

A governadora Rosalba Ciarlini e a secretária estadual de Educação, Betania Ramalho, aproveitaram o início do Ano Letivo 2013 para anunciar a liberação das promoções verticais dos professores da rede estadual, que desde 2006 não eram concedidas. Promoções verticais são aquelas que o servidor tem direito após concluir qualificações como pós-graduação, especialização, mestrado ou doutorado.

Neste mês de fevereiro, serão pagas as promoções dos anos de 2006 a 2009, publicadas no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira (08). Já as promoções dos anos de 2010 a 2012 serão pagas na folha do mês de março. Segundo a Governadora, os processos abertos a partir de 2013 terão suas promoções publicadas automaticamente, na medida em que forem concluídos.

Rosalba Ciarlini também anunciou a liberação das promoções horizontais, com a concessão de uma letra para todos os professores, a partir do mês de abril. Apenas os servidores que estão na letra A, em estado probatório, não receberão o benefício, que é concedido por tempo de serviço ou avaliação do profissional. Os primeiros a receber as promoções horizontais serão os servidores com maior tempo de serviço.

Rosalba Ciarlini também anunciou a liberação das promoções horizontais, com a concessão de uma letra para todos os professores, a partir do mês de abril. Apenas os servidores que estão na letra A, em estado probatório, não receberão o benefício, que é concedido por tempo de serviço ou avaliação do profissional. Os primeiros a receber as promoções horizontais serão os servidores com maior tempo de serviço.

Além das promoções, a Governadora anunciou que vai implantar nas escolas o sistema de meritocracia, concedendo o 14º salário para os professores, diretores e servidores da escola que mais se destacar e conquistar o maior Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A implantação do sistema visa estimular os professores a desenvolver atividades pedagógicas, fazendo com que alavanquem os resultados das unidades.

11
jan

Compromisso da Rosa…

Postado às 17:04 Hs

Uma boa notícia para os professores da rede estadual a partir do próximo mês…

A governadora Rosalba Ciarlini anunciou que a partir de fevereiro o Executivo pagará integralmente o Piso Nacional do Professor, no valor de R$ 1.566, para os servidores ativos e inativos. Ela destacou que o pagamento será feito retroativo ao mês de janeiro.

“Não foi possível implantarmos já na folha de janeiro porque já estava fechada, mas vamos implantar em fevereiro retroativo a janeiro”, disse a chefe do Executivo estadual, destacando que o ganho acumulado de setembro de 2011 (quando o Governo começou a implantar o Piso) até hoje foi de 76,82%.

Rosalba Ciarlini confirmou que na folha de janeiro será incluído o terço de férias para todos os servidores.

27
set

Será liberado…

Postado às 16:45 Hs

 

Dando seguimento a sua política de valorização do magistério, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, vai liberar o pagamento de pecuniárias e títulos represados de anos anteriores a mais de dois mil servidores, alguns com processo de atualização parado desde 2003. Mais de 60% dos servidores que estão com essas vantagens represadas receberão na folha de setembro e os demais terão os valores atualizados nos meses seguintes, à medida que os processos tiverem andamento.

A Secretaria esclarece ainda que o Plano de Cargos do Magistério, regulamentado pela Lei Complementar 322, de 2006, extinguiu as pecuniárias para os servidores que ainda não haviam conquistado a vantagem, de acordo com o tempo de serviço. Já as vantagens por título dizem respeito à conquista de gratificações de cinco, dez e quinze por cento do salário, de acordo com o título obtido pelo servidor, como especialização. Os valores pagos na folha de setembro serão retroativos ao mês de janeiro de 2012.

De acordo com a secretária de Estado da Educação, Betania Ramalho, essa é mais uma clara demonstração de que a governadora Rosalba Ciarlini está realmente colocando em prática o seu Plano de Educação, que tem o foco na escola e na valorização do professor.

 

PROFESSORES CONVERSAM COM CLÁUDIA REGINA E FAZEM SUGESTÕES PARA PROGRAMA DE GOVERNO

Transparente e clara, a candidata Cláudia Regina, da coligação Força do Povo, se reuniu na noite desta quarta-feira com servidores da rede municipal de ensino. O encontro aconteceu no bairro Nova Betânia e Cláudia pôde conversar com todos os professores, esclarecendo dúvidas e apresentando suas propostas para a Educação do município.

Os servidores da Educação municipal ouviram a explicação da candidata sobre os projetos que pretende executar e, contribuíram também, com sugestões do que pode ser realizado no município para melhorar o atendimento ao estudante e também ao servidor da educação. “Nosso Programa de Governo é de uma construção coletiva, por isso continuamos ouvindo a todos, para saber de cada categoria o que podemos fazer para tornar nossa cidade ainda melhor”, disse Cláudia Regina.

Os servidores conversaram com ela e destacaram a importância de melhorias nas condições estruturais de algumas escolas e, também, da valorização do servidor. Cláudia falou do projeto de ampliação de bolsas para que os servidores possam fazer cursos de mestrado e doutorado e se comprometeu a melhorar a infraestrutura das escolas, além de destacar a necessidade da ampliação da formação continuada. “Nossa educação está indo muito bem, mas queremos fazer com que ela possa avançar ainda mais, e este avanço passa, obrigatoriamente, pela valorização do servidor”, disse.

PCCR – Na oportunidade, Cláudia Regina também pôde esclarecer um ponto importante que tem sido utilizado por setores da oposição para confundir a opinião pública: o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) do servidor da educação.

Cláudia ressaltou novamente que sempre votou favorável aos servidores, inclusive quando foi favorável à redução da carga horária do professor em sala de aula para 20h e ao aumento salarial que varia de 6% a 35%. “Lamento que estejam utilizando isto, com interesses políticos, para confundir a opinião pública e os próprios servidores”, disse.

Todos os professores que tinham dúvidas puderam conversar com a candidata e saber mais sobre o que ela pretende fazer na administração municipal.

Fonte: Assessoria

abr 30
domingo
13 48
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
15 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5568208 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram