Amanhã pode ser tarde.
Ontem?
Isso faz tempo!…
Amanhã?
Não nos cabe saber…
Amanhã pode ser muito tarde…
Para você dizer que ama,
Para você dizer que perdoa,
Para você dizer que desculpa,
Para você dizer que quer tentar de novo,
Amanhã pode ser muito tarde…
Para você pedir perdão,
Para você dizer: desculpe-me, o erro foi meu!

O seu amor, amanhã,
Pode já ser inútil;
O seu perdão, amanhã,
Pode já não ser preciso;
A sua volta, amanhã,
Pode já não ser esperada;
A sua carta, amanhã,
Pode já não ser lida;
O seu carinho, amanhã,
Pode já não ser mais necessário;
O seu abraço, amanhã,
Pode já não encontrar aqueles braços…
Porque amanhã pode ser muito…
Muito tarde!

Não deixe para amanhã para dizer:
Eu amo você!
Estou com saudades de você!
Perdoe-me!
Desculpe-me!
Esta flor é para você!
Você está tão bem!
Não deixe para amanhã
O seu sorriso,
O seu carinho,
O seu trabalho,
O seu sonho,
A sua ajuda.

Não deixe para amanhã para perguntar:
Por que você está triste?
O que há com você?
Hei, venha cá, vamos conversar.
Cadê o seu sorriso?
Ainda tenho chance?
Já percebeu que eu existo?
Por que não começamos de novo?
Estou com você!
Sabe que pode contar comigo?
Cadê os seus sonhos?
Onde está a sua garra?

A águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. 
Chega a viver 70 anos. 
Mas para chegar a essa idade, aos 40 anos ela tem que tomar uma séria e difícil decisão.

Aos 40 anos ela está com:

– As unhas compridas e flexíveis, não consegue mais agarrar as suas presas das quais se alimenta. 
– O bico alongado e pontiagudo se curva.

Apontando contra o peito estão as asas, envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas, e voar já é tão difícil!

Então, a águia só tem duas alternativas:

Morrer ou enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar 150 dias.

Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão onde ela não necessite voar.

Então, após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico em uma parede até conseguir arrancá-lo.

Após arrancá-lo, espera nascer um novo bico, com o qual vai depois arrancar suas unhas. 
Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas.

E só após cinco meses sai para o famoso voo de renovação e para viver então mais 30 anos.

Autor Desconhecido

05
jan

§ § Espaço Web § ” Nossa Vida “

Postado às 21:33 Hs

Em uma conferência numa universidade americana, Brian Dyson, ex-presidente da Coca-Cola, falou sobre a relação entre o trabalho e outros compromissos da vida. Disse ele:

“Imaginem a vida como um jogo, no qual vocês fazem malabarismo com cinco bolas que lançam ao ar. Essas bolas são: o trabalho, a família, a saúde, os amigos e o espírito.
“O trabalho é uma bola de borracha. Se cair, bate no chão e pula para cima. Mas as quatro outras são de vidro. Se caírem no chão, quebrarão e ficarão permanentemente danificadas.
Entendam isso e busquem o equilíbrio na vida. Como?

1. Não diminuam seu próprio valor, comparando-se com outras pessoas. Somos todos diferentes. Cada um de nós é um ser especial. Não fixem seus objetivos com base no que os outros acham importante. Só vocês estão em condições de escolher o que é melhor para vocês próprios;

2. Dêem valor e respeitem as coisas mais queridas ao seus corações. Apeguem-se a elas como a própria vida. Sem elas a vida carece de sentido. Não deixem que a vida escorra entre os dedos por viverem no passado ou no futuro. Se viverem um dia de cada vez, viverão todos os dias de suas vidas;

3. Não desistam quando ainda são capazes de um esforço a mais. Nada termina até o momento em que se deixa de tentar. Não temam admitir que não são perfeitos;

4. Não temam enfrentar riscos. É correndo riscos que aprendemos a ser valentes;
5. Não excluam o amor de suas vidas dizendo que não se pode encontrá-lo. A melhor forma de receber amor é dá-lo. A forma mais rápida de ficar sem amor é apegar-se demasiado a si próprio. A melhor forma de manter o amor é dar-lhe asas;

6. Não corram tanto pela vida a ponto de esquecerem onde estiveram e para onde vão;

7. Não tenham medo de aprender. O conhecimento é leve. É um tesouro que se carrega facilmente;

8. Não usem imprudentemente o tempo ou as palavras. Não se podem recuperar;

9. A vida não é uma corrida, mas sim uma viagem que deve ser desfrutada a cada passo;

10. Lembre-se: Ontem é história. Amanhã é mistério e Hoje é uma dádiva. Por isso se chama “presente”. Vivam o presente com muita energia!.”

Estes conselhos para viver com equilíbrio são uma verdadeira lição de vida. Simples e objetivos, eles podem nos levar ao sucesso pessoal e empresarial. Leia e releia estes 10 conselhos e faça um exame de consciência. Pessoas equilibradas emocionalmente têm mais sucesso, mais amigos, enfim, vivem mais e melhor.

02
jan

§ § Espaço Web § Anjos & Amigos…

Postado às 2:34 Hs

Anjos e Amigos… Todos temos um pouquinho de cada coisa… Um anjo nos toma pela mão e nos aproxima de Deus. Um amigo foi enviado por Deus para aproximar-mos dele. Um anjo tem a obrigação de cuidar de nós… Um amigo cuida de nós por amor… Um anjo te vê sorrir, e observa tuas alegrias. Um amigo, te faz sorrir, e faz parte das tuas alegrias.

Um anjo sabe quando necessitas da ajuda de alguém. Um amigo, te ajuda sem saber que necessitas. Um anjo te ajuda, evitando problemas. Um amigo, te ajuda a resolvê-los. Um anjo te vê sofrer, sem poder te abraçar. Um amigo te abraça, porque não quer te ver sofrer.

 

Um anjo , na realidade, faz parte dos teus sonhos. Um amigo, compartilha e luta para que seus sonhos sejam uma realidade. Um anjo sempre está contigo aí, não percebe a sua falta. Um amigo, quando não está contigo, não só sente a sua falta, mas também pensa em ti. Um anjo vela seus sonhos, Um amigo sonha contigo. Um anjo aplaude teus triunfos. Um amigo te ajuda para que triunfes.

Um anjo se preocupa quando você está mal. Um amigo se alegra quando você está bem. Um anjo recebe uma oração tua. Um amigo faz uma oração por ti. Um anjo te ajuda a sobreviver. Um amigo vive por ti. Para um anjo, é uma missão que cumpri. Para um amigo, é uma obrigação te defender. Um anjo é algo celestial. Um amigo é uma oportunidade real de conhecê-lo melhor… Na semelhança que há entre ´´ o amor e a amizade “.

Um anjo quer ser teu amigo. Um amigo, se propõe também a ser o teu anjo… E é alguém que te cuida nas noites mais turbulentas, para que possa compartilhar de todos os seus sonhos.

01
jan

§ § Espaço Web § Acordar…

Postado às 6:26 Hs

ACORDAR

Você sabe o que significa a palavra “acordar “?
Tente separar em sílabas a palavra acordar: a-cor-dar.
Desse jeito, parece significar:
” dar a cor “,  colocar o coração em tudo que faz .

Existem pessoas que levantam às 6 da manhã e só acordam às 6 da tarde.
É isso mesmo!
Pela manhã caem da cama, são jogadas da cama, mas passam o dia todo dormindo.

 

 

E existem alguns, acredite, que passam a vida toda e não conseguem acordar.
Eu tive um amigo que acordou aos 54 anos de idade.
Ele me disse: ” Descobri que estou na profissão errada” !
E ele já estava se aposentando…
Imagine o trauma que esse amigo criou para si, para os amigos, para a sua família.

Foi infeliz durante toda sua vida profissional porque simplesmente não  acordou . Eu, na época, era muito jovem, mas compreendi bem o que ele estava me ensinando naquele momento.

Por mais cinzento que possa estar sendo o dia de hoje, ele tem exatamente a cor que dá a ele.
Sabe por quê?
Porque a vida tem a cor que ” a gente pinta”.
Os dias são exclusivos.
Cada dia é um novo dia, ninguém o viveu antes de ninguém.
Ele está ali, esperando que eu e você façamos com que ele seja o melhor da nossa vida.
Acredite em você!
O universo é o limite!
Dê a você a oportunidade de  a-cor-dar todos os dias e compartilhar com os outros o que temos de melhor: o privilégio de ser e fazer os outros felizes.

Fonte: Edilson Silva

31
dez

§ § Espaço Web § 2020

Postado às 6:20 Hs

Receita de Ano Novo

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ver,
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra
birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta ou recebe mensagens? passa telegramas?).
Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem


e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

 

 

                                                            Por Carlos Drummond de Andrade

28
dez

§ § Espaço Web § Detalhes

Postado às 22:25 Hs

A cada fim de ano e início de um novo, milhares são os votos desejando felicidades, um ano novo maravilhoso, promessas de mudanças, recomeços e diversas outras formas de alterações são autopropostas. Mas, na realidade, a única mudança real que ocorre entre o dia 31 de dezembro de um a no e o primeiro dia de janeiro de outro, é de uma mudança na data do calendário, como qualquer outra de todos os 365 dias do ano que passou ou do que se inicia. Assim, nada mais lógico do que imaginar que todas essas felicitações e promessas poderiam ter sido feitas em qualquer um desses dias, mas, normalmente, não o fazemos. Todos os dias, de todos os anos, deixamos de fazer declarações de bem querer, amizade, amor a pessoas próximas, parentes, ascendentes ou descendentes e essas declarações poderiam ter mudado algo na vida delas ou nas nossas, em nosso relacionamento com as mesmas. Na viagem da vida de cada um, existe a opção de ser o passageiro ou o maquinista do trem, que parará em muitas estações. Pessoas descerão, outras subirão, mas o maquinista continuará sendo o mesmo. Em cada uma destas estações, teremos a oportunidade de conhecer novas pessoas e de nos despedirmos de outras, mas o maquinista provavelmente nem será visto, continuará sendo um desconhecido.

Por Mário Assis Causanilhas

Circula na Internet, fazendo grande sucesso, esta mensagem de Natal que nos leva a algumas reflexões. Não há dúvida de que o desvirtuamento da importantíssima é cada vez maior, sem que as pessoas raciocinem a respeito.
” O VERDADEIRO ESPÍRITO DO NATAL ” 

Deixa-me ver se o espírito do Natal já está na sua casa.

Não, não quero ver a árvore iluminada na sala, nem quero saber quanto você já gastou em presentes. Quero, sim, sentir no ambiente a mensagem viva do aniversariante deste dezembro mágico: toda a família está unida? O perdão já eliminou aquelas desavenças que ocorrem no calor das nossas vidas?

Não quero ver a sua despensa cheia, quero saber se você conseguiu doar alguma coisa do que lhe sobra, para quem tem tão pouco, às vezes nada. Não exiba os presentes que você já comprou, mesmo com sacrifício; quero ver aí dentro de você a preocupação com aqueles que esperam tão pouco, uma visita, um telefonema, uma carta, um e-mail…

Quero ver o espírito do Natal entre pais que descobrem tempo para os filhos, em amigos que se reencontram e podem parar para conversar, no respeito do celular desligado no teatro, na gentileza de quem oferece o banco para o mais idoso, na paciência com os doentes, na mão que apóia o deficiente visual na travessia das ruas, no ombro amigo que se oferece para quem anda meio triste, perdido.

Quero ver o espírito de Natal invadindo as ruas, respeitando os animais, a natureza que implora por cuidados tão simples, como não jogar o papel no chão, nem o lixo nos rios, respeitando os sinais de trânsito. Não quero ver o Natal nas vitrines enfeitadas, no convite ao consumo, mas no enfeite que a bondade faz no rosto das pessoas generosas.

Por fim, mostre-me que o espírito do Natal entrou definitivamente na sua vida, através do abraço fraterno, da oração sentida, do prazer de andar sem drogas e sem vícios, do riso franco, do desejo sincero de ser feliz e, de tão feliz, não resistir ao desejo de fazer outras pessoas também felizes.

Deixe o Natal invadir a sua alma, entre os perfumes da cozinha que vai se encher de comidas deliciosas, no cheiro da roupa nova que todos vão exibir, abrace-se à sua família e façam alguns minutos de silêncio, que será como uma oração do coração, que vai subir aos céus, e retornar com um presente eterno, duradouro: o suave perfume de Jesus, perfume de paz, amor, harmonia e a eterna esperança de que um dia todos os dias serão como os dias de Natal.

Feliz Natal!

Estamos observando ultimamente que muitas pessoas estão trabalhando por trabalhar, vivendo por viver, sem colocar energia naquilo que está realizando no seu cotidiano profissional.

Uma vida assim não vale a pena ser vivida.
É preciso ter entusiasmo por aquilo que nos propomos a realizar.

Aqui vão algumas dicas interessantes para que você possa repensar sua trajetória profissional e dar uma nova guinada nas suas ações diárias, trabalhando assim com mais determinação e vontade de vencer:

O que você está realizando no momento lhe satisfazer como profissional?
O que você pode fazer para melhorar seu desempenho profissional?
Quais são suas metas mensais e anuais?
Quais são as pessoas que você pode pedir ajuda para realizar melhor seu trabalho?
Você tem praticado sua leitura diária sobre assuntos relacionados com o seu trabalho?
Tem feito novos cursos para aprimorar seus conhecimentos?
Tem pesquisado constantemente na internet buscando novos esclarecimentos que o ajudem a realizar um trabalho com mais eficácia?
Você tem mantido sua rede de contatos sempre ativa?
Você tem ajudado seus colegas de profissão, facilitando o trabalho da equipe?
Analise todas essas questões e comece a trabalhar com mais energia e entusiasmo profissional, afim de que sua carreira tome novos rumos, levando você ao sucesso tão desejado.

Boas vibrações para você.

Por Eugênio Queiroz

08
dez

§§ Espaço Web § DESPERTA E SEJA FELIZ

Postado às 19:55 Hs

 

A ilusão em torno da realidade da matéria responde pelo afã tormentoso de se conquistar o mundo.

Causam impacto as pessoas felizes, que desfilam nos carros do triunfo sob o aplauso volumoso;

despertam inveja a juventude louçã, a beleza física, os jogos de prazer imediato;

produzem emoções fortes as conquistas dos lugares de relevo e projeção na política, na sociedade, nos negócios;

inspiram mágoas aqueles que parecem distantes do poder, na glória, no êxito terrestre…

Todos passam, porém, pelo rio do tempo e transformam-se.

Risos se convertem em lágrimas, primazias cedem lugar ao abandono; bajulações são substituídas pelo desprezo;

beleza e juventude são alteradas pelos sinais da dor, do desgaste e do envelhecimento.

Tudo se modifica no mundo, menos os tesouros da harmonia íntima, da fé iluminada pela razão, da certeza da imortalidade, da verdadeira comunhão com Deus, que se conservam inalterados no Espírito.

Desse modo, somente quanto o ser se encontra com a própria consciência, e age com equilíbrio, é que consegue a vitória real.

(Texto extraído do Livro “Desperte e seja Feliz”, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ditado por Joanna de Ângelis.)

30
nov

§ § Espaço Web § Reflexão do dia

Postado às 22:20 Hs

Em um determinado dia, recebi de meu filho um Whatsapp que dizia: Pai veja essa mensagem: Um jovem recém-casado estava sentado num sofá, num dia quente e úmido, bebericando chá gelado, durante uma visita ao seu pai. Ao conversarem sobre a vida, o casamento, as responsabilidades da vida, as obrigações da pessoa adulta, o pai remexia pensativamente os cubos de gelo no seu copo e lançou um olhar claro e sóbrio para seu filho. – Nunca se esqueça de seus amigos! – aconselhou. Serão mais importantes à medida que você envelhecer. Independentemente do quanto você ame sua família, os filhos que porventura venham a ter, você sempre precisará de amigos. Lembre-se de ocasionalmente ir a lugares com eles; faça coisas com eles; telefone para eles… Que estranho conselho! (Pensou o jovem). Acabo de ingressar no mundo dos casados. Sou adulto. Com certeza, minha esposa e a família que iniciaremos serão tudo de que necessito para dar sentido à minha vida!
12
nov

§ § Espaço Web § ” Cavalinho “

Postado às 22:30 Hs

Certa tarde, um homem saiu para um passeio com as duas filhas, uma de oito e outra de quatro anos. Em determinado momento da caminhada, Helena, a mais nova, pediu ao pai que a carregasse, pois estava muito cansada para continuar andando.

O pai respondeu que também estava muito cansado. Diante da resposta, a garotinha começou a choramingar e fazer “corpo mole”.

Sem dizer uma só palavra, o pai cortou um pequeno galho de árvore e o entregou a Helena, dizendo:

– Olhe aqui um cavalinho para você montar, filha! Ele irá ajudá-la a seguir em frente.

A menina parou de chorar e pôs-se a cavalgar o galho verde tão rápido, que chegou em casa antes dos outros. Ficou tão encantada com seu cavalo de pau, que foi difícil fazê-la parar de galopar.

A irmã mais velha ficou intrigada com o que viu e perguntou ao pai sobre como devia entender a atitude de Helena. O pai sorriu e respondeu:

– Assim é a vida, minha filha. Às vezes, estamos física e mentalmente cansados, certos de que é impossível continuar. Mas encontramos então um “cavalinho” qualquer que nos dá ânimo outra vez. Esse cavalinho pode ser um bom livro, um amigo, uma canção…

Assim, quando você se sentir cansado ou desanimado, nunca se deixe levar pela preguiça ou o desânimo.

Lembre-se: sempre haverá um “cavalinho” para cada momento.

O sofrimento é um caminho inevitável e indispensável ao nosso crescimento. Ele nos ensina a vida, a apreciá-la, ter mais prazer em senti-la e vivê-la inteiramente.

Nascemos pedra bruta, embora já cheguemos a esse mundo carregando toda uma bagagem de características que nos fazem únicos.

E as dificuldades nos lapidam. Por vezes tanto e tanto que não compreendemos. Nos olhamos no espelho e nos perguntamos “por que eu?” Olhamos as crianças que sofrem e nos dizemos “que injustiça!” Olhamos a nossa volta, vemos pessoas rindo despreocupadas e nos sentimos ainda pior, como se a felicidade dos outros pudesse aumentar nossa dor.

Mas o sofrimento é uma condição do nosso aperfeiçoamento. Olhem as flores que são podadas cada ano!!! Elas choram também. Mas… em cada galho cortado um novo broto se forma. E como as flores são mais belas, viçosas, renovadas! Elas renascem a cada vez, enquanto a base fica cada vez mais forte e sólida.

E a vida nos poda com freqüência. Umas pessoas mais que outras. Os que aceitam as dores e fazem delas escudo tornam-se grandes, grandiosos mesmo. Os que se debatem tentando evitá-las são sufocadas e morrem pequenininhos.

Grandes homens e mulheres têm geralmente atrás de si uma grande história de lutas e batalhas.

Não lamente porque a vida te trouxe sofrimentos, que sejam físicos ou emocionais. Aceite-os! E faça deles sua arma de luta. Diga-se que quando a tempestade tiver passado você vai poder olhar para o céu calmo e contar as estrelas que te olham de longe… e te admiram, com certeza!

Só percebemos o valor das coisas quando não temos mais ou quando riscamos de perdê-las. Quem nunca sentiu fome e sede realmente não sabe o valor real de um prato de comida ou de um copo de água. Esses são tesouros inestimáveis para quem carece deles.

Assim é a vida. Aprenda que os sofrimentos não vêm para te derrotar, mas para te tornar mais forte. A felicidade, você merece como todo mundo, só que através das suas provações você vai ter uma visão diferente do que ela representa.

Abençoadas sejam as dores se, nos tornando humildes, nos engrandecem!

Abençoada seja a vida que, nos lapidando, faz de nós uma jóia inigualável e sem preço.

Por Letícia Thompson

25
out

§ Espaço Web § § Reflexão

Postado às 16:22 Hs

Eu creio em Deus. Creio nos que trabalham comigo, creio nos meus amigos e creio na minha família.

Creio que Deus me emprestará tudo que necessito para triunfar, contanto que eu me esforce para alcançar com meios lícitos e honestos.

Creio nas orações e nunca fecharei meus olhos para dormir, sem pedir antes a devida orientação a fim de ser paciente com os outros e tolerante com os que não acreditam no que eu acredito.

Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que não depende da sorte, da magia, de amigos, companheiros duvidosos.

Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar. Serei cauteloso quando tratar os outros, como quero que eles sejam comigo.

Não caluniarei aqueles que não gosto. Prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na vida, e sei que o triunfo é sempre resultado do esforço consciente e eficaz.

Finalmente, perdoarei os que me ofendem, porque compreendo que às vezes ofendo os outros e necessito de perdão.

Fé sempre !  Avante.

Um ser humano estava viajando e, acidentalmente, entrou no paraíso. Estava cansado, e pegou no sono sob a árvore dos desejos. Quando despertou, estava com muita fome, então disse: “Estou com tanta fome, desejaria poder conseguir alguma comida de algum lugar” e imediatamente apareceu comida vinda do nada – simplesmente uma deliciosa comida flutuando no ar. Ele estava tão faminto que não prestou atenção de onde a comida viera – quando se está com fome, não se é filósofo.

Começou a comer imediatamente, a comida era tão deliciosa! Depois, a fome tendo desaparecido, olhou à sua volta. Agora estava satisfeito. Outro pensamento surgiu em sua mente: “Se ao menos pudesse conseguir algo para beber…” E como não há proibições no paraíso, imediatamente apareceu um excelente vinho. Bebendo o vinho relaxadamente na brisa fresca do paraíso, sob a sombra da árvore, começou a pensar: “O que está acontecendo? O que está havendo? Estou sonhando ou existem espíritos ao redor que estão fazendo truques comigo?”. E espíritos apareceram. E eram ferozes, horríveis e nauseantes. Ele começou a tremer e um pensamento surgiu em sua mente: “Agora vou ser assassinado, com certeza!”. E foi assassinado!

 Esta é uma antiga parábola indiana de imenso significado. Sua mente é a “árvore dos desejos” – o que você pensa, mais cedo ou mais tarde, se realiza. Às vezes o intervalo é tão grande que você se esquece completamente que, de alguma maneira, “desejou” aquilo; então não faz a ligação com a fonte.

 Mas se olhar profundamente perceberá que todos os seus pensamentos, com medos/receios estão criando você e sua vida. Eles criam seu inferno ou criam seu paraíso. Criam seu tormento ou criam sua alegria. Eles criam o negativo ou criam o positivo. Todos aqui são mágicos. E todos estão fiando e tecendo um mundo mágico a seu redor e aí são apanhados. A própria aranha é pega em sua própria teia.

 Ninguém o está torturando a não ser você mesmo. E uma vez que isso seja compreendido, mudanças começam a acontecer. Então você pode dar a volta, pode mudar seu inferno em paraíso; É simplesmente uma questão de pintá-lo a partir de um ângulo diferente. A responsabilidade é toda sua.

 Seu “paraíso” só depende de VOCÊ.

06
out

§ § Espaço Web § O tempo e as escolhas

Postado às 21:15 Hs

Quando crianças, além do tentar caminhar, um dos maiores desafios de todos é a formação das primeiras palavras e das primeiras frases, com as quais nos comunicaremos pelo resto de nossas vidas.Nos primeiros anos, tudo é diversão, brincadeira. Além da alfabetização, que já parece ser uma responsabilidade enorme, ninguém quer ter qualquer outra. Só as brincadeiras e passeios com os amigos da escola são importantes.

 Na juventude descobrimos as sensações e os sentimentos, tanto os prazeirosos quanto os dolorosos. É também quando começamos a perceber que a vida nos exigirá estudos, trabalho e responsabilidades, sem os quais nosso futuro será pouco promissor.

 Quando adultos, temos muitos sonhos, projetos, vontades, esperanças e ambições. No futuro só vislumbramos o sucesso, o que conseguiremos, até onde chegaremos e como seremos vitoriosos. A grande maioria imagina, inclusive, que todos admirarão seu sucesso.

 Na maturidade, enxergamos a realidade, o que a vida dá e o que ela cobra. Percebemos claramente a diferença entre o que quando adultos projetávamos e o que realmente conseguimos realizar. Alguns projetos sofreram alterações, outros foram deixados de lado ou substituídos por diferentes. Muita coisa mudou.

 Nesta etapa, tudo vai ficando muito simples, a ponto de, às vezes, nos assustarmos de quanto estamos mudando. Olhamos para nossos armários e vemos roupas que nem lembrávamos que existiam.Nas gavetas do criado mudo encontramos produtos que nem sabemos para que servem, ou porque estão ali. Vamos perdendo muitas das nossas necessidades anteriores, reduzindo as roupas nos armários, os calçados, as malas, enfim, a bagagem.

 Durante muitos anos, demos excessiva importância à opinião dos outros, elas nos incomodavam muito. Agora, são realmente dos outros e, mesmo que sobre nós, são exclusivamente deles, não tem a menor importância.Por mais que sintamos grande afinidade ou mesmo que delas gostemos, deixamos de buscar a companhia das pessoas que não buscam a nossa. Não nos farão diferença, pois já aprendemos que só vale a pena estar ao lado de quem também quer estar do nosso.

 No mais das vezes, não há como desfazer aquilo que já está feito, mas a vida sempre nos permite fazer de novo, de uma outra maneira, sem incidir nos mesmos erros do passado.Os planos de futuro deixam de ser para amanhã. Passamos a querer viver o hoje, pois sabemos que o amanhã pode não existir e isso nos torna mais leves, tranquilos, com muito menos preocupações.

 Os debates em busca de quem tem razão normalmente só causam mal estar entre as pessoas e, por isso, aprendemos a deixar de ter certezas, o que não nos faz a menor falta.Os julgamentos, antes realizados com muita facilidade, também vão deixando de existir, pois não existe a certeza absoluta, mas sim as opções de vida escolhidas por cada um.

 Constatamos, em nossa própria vida, a realidade do que muitos já haviam escrito ou mesmo nos dito: “Cada um é o resultado de seu passado”.

 

Por: João Bosco Leal

05
out

§ § Espaço Web § Reflexão

Postado às 22:00 Hs

O Trem da Vida

Quando sua vida começa, você tem apenas uma mala pequenina na mão. À medida que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando. Porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho. Porque pensa que não é importante.

A um determinado ponto do caminho começa a ficar insuportável carregar tantas coisas. Pesa demais. Então, você pode escolher: ficar sentado à beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é difícil, pois todos os que passarem por ali já terão sua própria bagagem, ou você pode aliviar o peso, esvaziando a mala. Mas o que tirar?

Você começa tirando tudo para fora, e vendo o que tem dentro. Amizade, nossa! Tem bastante, e curioso, não pesa nada. Mas, tem algo pesado, você faz força para tirar. É a raiva, e como ela pesa! Aí você começa a tirar, tirar, e aparecem a incompreensão, o medo, o pessimismo…

Nesse momento o desânimo quase leva você para dentro da mala. Mas, você o puxa para fora com toda a força, e aparece um sorriso, que estava sufocado no fundo de sua bagagem. Pula para fora outro sorriso e mais outro e aí, sai a felicidade.

Você coloca as mãos dentro da mala de novo e tira para fora a tristeza. Agora você vai ter que procurar a paciência dentro da mala, pois você vai precisar bastante. Procure então o resto: força, esperança, coragem, entusiasmo, equilíbrio, responsabilidade, tolerância, bom humor…

Tire a preocupação também, e a deixe de lado. Depois você pensa o que fazer com ela? Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo! Mas, pensa: o que vou colocar lá dentro? Agora é com você, e não se esqueça de fazer isso mais vezes, pois o caminho é muito, muito longo!

jan 17
sexta-feira
11 38
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
10 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5812335 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram