08
dez

§§ Espaço Web § DESPERTA E SEJA FELIZ

Postado às 19:55 Hs

 

A ilusão em torno da realidade da matéria responde pelo afã tormentoso de se conquistar o mundo.

Causam impacto as pessoas felizes, que desfilam nos carros do triunfo sob o aplauso volumoso;

despertam inveja a juventude louçã, a beleza física, os jogos de prazer imediato;

produzem emoções fortes as conquistas dos lugares de relevo e projeção na política, na sociedade, nos negócios;

inspiram mágoas aqueles que parecem distantes do poder, na glória, no êxito terrestre…

Todos passam, porém, pelo rio do tempo e transformam-se.

Risos se convertem em lágrimas, primazias cedem lugar ao abandono; bajulações são substituídas pelo desprezo;

beleza e juventude são alteradas pelos sinais da dor, do desgaste e do envelhecimento.

Tudo se modifica no mundo, menos os tesouros da harmonia íntima, da fé iluminada pela razão, da certeza da imortalidade, da verdadeira comunhão com Deus, que se conservam inalterados no Espírito.

Desse modo, somente quanto o ser se encontra com a própria consciência, e age com equilíbrio, é que consegue a vitória real.

(Texto extraído do Livro “Desperte e seja Feliz”, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ditado por Joanna de Ângelis.)

30
nov

§ § Espaço Web § Reflexão do dia

Postado às 22:20 Hs

Em um determinado dia, recebi de meu filho um Whatsapp que dizia: Pai veja essa mensagem: Um jovem recém-casado estava sentado num sofá, num dia quente e úmido, bebericando chá gelado, durante uma visita ao seu pai. Ao conversarem sobre a vida, o casamento, as responsabilidades da vida, as obrigações da pessoa adulta, o pai remexia pensativamente os cubos de gelo no seu copo e lançou um olhar claro e sóbrio para seu filho. – Nunca se esqueça de seus amigos! – aconselhou. Serão mais importantes à medida que você envelhecer. Independentemente do quanto você ame sua família, os filhos que porventura venham a ter, você sempre precisará de amigos. Lembre-se de ocasionalmente ir a lugares com eles; faça coisas com eles; telefone para eles… Que estranho conselho! (Pensou o jovem). Acabo de ingressar no mundo dos casados. Sou adulto. Com certeza, minha esposa e a família que iniciaremos serão tudo de que necessito para dar sentido à minha vida!
12
nov

§ § Espaço Web § ” Cavalinho “

Postado às 22:30 Hs

Certa tarde, um homem saiu para um passeio com as duas filhas, uma de oito e outra de quatro anos. Em determinado momento da caminhada, Helena, a mais nova, pediu ao pai que a carregasse, pois estava muito cansada para continuar andando.

O pai respondeu que também estava muito cansado. Diante da resposta, a garotinha começou a choramingar e fazer “corpo mole”.

Sem dizer uma só palavra, o pai cortou um pequeno galho de árvore e o entregou a Helena, dizendo:

– Olhe aqui um cavalinho para você montar, filha! Ele irá ajudá-la a seguir em frente.

A menina parou de chorar e pôs-se a cavalgar o galho verde tão rápido, que chegou em casa antes dos outros. Ficou tão encantada com seu cavalo de pau, que foi difícil fazê-la parar de galopar.

A irmã mais velha ficou intrigada com o que viu e perguntou ao pai sobre como devia entender a atitude de Helena. O pai sorriu e respondeu:

– Assim é a vida, minha filha. Às vezes, estamos física e mentalmente cansados, certos de que é impossível continuar. Mas encontramos então um “cavalinho” qualquer que nos dá ânimo outra vez. Esse cavalinho pode ser um bom livro, um amigo, uma canção…

Assim, quando você se sentir cansado ou desanimado, nunca se deixe levar pela preguiça ou o desânimo.

Lembre-se: sempre haverá um “cavalinho” para cada momento.

O sofrimento é um caminho inevitável e indispensável ao nosso crescimento. Ele nos ensina a vida, a apreciá-la, ter mais prazer em senti-la e vivê-la inteiramente.

Nascemos pedra bruta, embora já cheguemos a esse mundo carregando toda uma bagagem de características que nos fazem únicos.

E as dificuldades nos lapidam. Por vezes tanto e tanto que não compreendemos. Nos olhamos no espelho e nos perguntamos “por que eu?” Olhamos as crianças que sofrem e nos dizemos “que injustiça!” Olhamos a nossa volta, vemos pessoas rindo despreocupadas e nos sentimos ainda pior, como se a felicidade dos outros pudesse aumentar nossa dor.

Mas o sofrimento é uma condição do nosso aperfeiçoamento. Olhem as flores que são podadas cada ano!!! Elas choram também. Mas… em cada galho cortado um novo broto se forma. E como as flores são mais belas, viçosas, renovadas! Elas renascem a cada vez, enquanto a base fica cada vez mais forte e sólida.

E a vida nos poda com freqüência. Umas pessoas mais que outras. Os que aceitam as dores e fazem delas escudo tornam-se grandes, grandiosos mesmo. Os que se debatem tentando evitá-las são sufocadas e morrem pequenininhos.

Grandes homens e mulheres têm geralmente atrás de si uma grande história de lutas e batalhas.

Não lamente porque a vida te trouxe sofrimentos, que sejam físicos ou emocionais. Aceite-os! E faça deles sua arma de luta. Diga-se que quando a tempestade tiver passado você vai poder olhar para o céu calmo e contar as estrelas que te olham de longe… e te admiram, com certeza!

Só percebemos o valor das coisas quando não temos mais ou quando riscamos de perdê-las. Quem nunca sentiu fome e sede realmente não sabe o valor real de um prato de comida ou de um copo de água. Esses são tesouros inestimáveis para quem carece deles.

Assim é a vida. Aprenda que os sofrimentos não vêm para te derrotar, mas para te tornar mais forte. A felicidade, você merece como todo mundo, só que através das suas provações você vai ter uma visão diferente do que ela representa.

Abençoadas sejam as dores se, nos tornando humildes, nos engrandecem!

Abençoada seja a vida que, nos lapidando, faz de nós uma jóia inigualável e sem preço.

Por Letícia Thompson

25
out

§ Espaço Web § § Reflexão

Postado às 16:22 Hs

Eu creio em Deus. Creio nos que trabalham comigo, creio nos meus amigos e creio na minha família.

Creio que Deus me emprestará tudo que necessito para triunfar, contanto que eu me esforce para alcançar com meios lícitos e honestos.

Creio nas orações e nunca fecharei meus olhos para dormir, sem pedir antes a devida orientação a fim de ser paciente com os outros e tolerante com os que não acreditam no que eu acredito.

Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que não depende da sorte, da magia, de amigos, companheiros duvidosos.

Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar. Serei cauteloso quando tratar os outros, como quero que eles sejam comigo.

Não caluniarei aqueles que não gosto. Prestarei o melhor serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na vida, e sei que o triunfo é sempre resultado do esforço consciente e eficaz.

Finalmente, perdoarei os que me ofendem, porque compreendo que às vezes ofendo os outros e necessito de perdão.

Fé sempre !  Avante.

Um ser humano estava viajando e, acidentalmente, entrou no paraíso. Estava cansado, e pegou no sono sob a árvore dos desejos. Quando despertou, estava com muita fome, então disse: “Estou com tanta fome, desejaria poder conseguir alguma comida de algum lugar” e imediatamente apareceu comida vinda do nada – simplesmente uma deliciosa comida flutuando no ar. Ele estava tão faminto que não prestou atenção de onde a comida viera – quando se está com fome, não se é filósofo.

Começou a comer imediatamente, a comida era tão deliciosa! Depois, a fome tendo desaparecido, olhou à sua volta. Agora estava satisfeito. Outro pensamento surgiu em sua mente: “Se ao menos pudesse conseguir algo para beber…” E como não há proibições no paraíso, imediatamente apareceu um excelente vinho. Bebendo o vinho relaxadamente na brisa fresca do paraíso, sob a sombra da árvore, começou a pensar: “O que está acontecendo? O que está havendo? Estou sonhando ou existem espíritos ao redor que estão fazendo truques comigo?”. E espíritos apareceram. E eram ferozes, horríveis e nauseantes. Ele começou a tremer e um pensamento surgiu em sua mente: “Agora vou ser assassinado, com certeza!”. E foi assassinado!

 Esta é uma antiga parábola indiana de imenso significado. Sua mente é a “árvore dos desejos” – o que você pensa, mais cedo ou mais tarde, se realiza. Às vezes o intervalo é tão grande que você se esquece completamente que, de alguma maneira, “desejou” aquilo; então não faz a ligação com a fonte.

 Mas se olhar profundamente perceberá que todos os seus pensamentos, com medos/receios estão criando você e sua vida. Eles criam seu inferno ou criam seu paraíso. Criam seu tormento ou criam sua alegria. Eles criam o negativo ou criam o positivo. Todos aqui são mágicos. E todos estão fiando e tecendo um mundo mágico a seu redor e aí são apanhados. A própria aranha é pega em sua própria teia.

 Ninguém o está torturando a não ser você mesmo. E uma vez que isso seja compreendido, mudanças começam a acontecer. Então você pode dar a volta, pode mudar seu inferno em paraíso; É simplesmente uma questão de pintá-lo a partir de um ângulo diferente. A responsabilidade é toda sua.

 Seu “paraíso” só depende de VOCÊ.

06
out

§ § Espaço Web § O tempo e as escolhas

Postado às 21:15 Hs

Quando crianças, além do tentar caminhar, um dos maiores desafios de todos é a formação das primeiras palavras e das primeiras frases, com as quais nos comunicaremos pelo resto de nossas vidas.Nos primeiros anos, tudo é diversão, brincadeira. Além da alfabetização, que já parece ser uma responsabilidade enorme, ninguém quer ter qualquer outra. Só as brincadeiras e passeios com os amigos da escola são importantes.

 Na juventude descobrimos as sensações e os sentimentos, tanto os prazeirosos quanto os dolorosos. É também quando começamos a perceber que a vida nos exigirá estudos, trabalho e responsabilidades, sem os quais nosso futuro será pouco promissor.

 Quando adultos, temos muitos sonhos, projetos, vontades, esperanças e ambições. No futuro só vislumbramos o sucesso, o que conseguiremos, até onde chegaremos e como seremos vitoriosos. A grande maioria imagina, inclusive, que todos admirarão seu sucesso.

 Na maturidade, enxergamos a realidade, o que a vida dá e o que ela cobra. Percebemos claramente a diferença entre o que quando adultos projetávamos e o que realmente conseguimos realizar. Alguns projetos sofreram alterações, outros foram deixados de lado ou substituídos por diferentes. Muita coisa mudou.

 Nesta etapa, tudo vai ficando muito simples, a ponto de, às vezes, nos assustarmos de quanto estamos mudando. Olhamos para nossos armários e vemos roupas que nem lembrávamos que existiam.Nas gavetas do criado mudo encontramos produtos que nem sabemos para que servem, ou porque estão ali. Vamos perdendo muitas das nossas necessidades anteriores, reduzindo as roupas nos armários, os calçados, as malas, enfim, a bagagem.

 Durante muitos anos, demos excessiva importância à opinião dos outros, elas nos incomodavam muito. Agora, são realmente dos outros e, mesmo que sobre nós, são exclusivamente deles, não tem a menor importância.Por mais que sintamos grande afinidade ou mesmo que delas gostemos, deixamos de buscar a companhia das pessoas que não buscam a nossa. Não nos farão diferença, pois já aprendemos que só vale a pena estar ao lado de quem também quer estar do nosso.

 No mais das vezes, não há como desfazer aquilo que já está feito, mas a vida sempre nos permite fazer de novo, de uma outra maneira, sem incidir nos mesmos erros do passado.Os planos de futuro deixam de ser para amanhã. Passamos a querer viver o hoje, pois sabemos que o amanhã pode não existir e isso nos torna mais leves, tranquilos, com muito menos preocupações.

 Os debates em busca de quem tem razão normalmente só causam mal estar entre as pessoas e, por isso, aprendemos a deixar de ter certezas, o que não nos faz a menor falta.Os julgamentos, antes realizados com muita facilidade, também vão deixando de existir, pois não existe a certeza absoluta, mas sim as opções de vida escolhidas por cada um.

 Constatamos, em nossa própria vida, a realidade do que muitos já haviam escrito ou mesmo nos dito: “Cada um é o resultado de seu passado”.

 

Por: João Bosco Leal

05
out

§ § Espaço Web § Reflexão

Postado às 22:00 Hs

O Trem da Vida

Quando sua vida começa, você tem apenas uma mala pequenina na mão. À medida que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando. Porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho. Porque pensa que não é importante.

A um determinado ponto do caminho começa a ficar insuportável carregar tantas coisas. Pesa demais. Então, você pode escolher: ficar sentado à beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é difícil, pois todos os que passarem por ali já terão sua própria bagagem, ou você pode aliviar o peso, esvaziando a mala. Mas o que tirar?

Você começa tirando tudo para fora, e vendo o que tem dentro. Amizade, nossa! Tem bastante, e curioso, não pesa nada. Mas, tem algo pesado, você faz força para tirar. É a raiva, e como ela pesa! Aí você começa a tirar, tirar, e aparecem a incompreensão, o medo, o pessimismo…

Nesse momento o desânimo quase leva você para dentro da mala. Mas, você o puxa para fora com toda a força, e aparece um sorriso, que estava sufocado no fundo de sua bagagem. Pula para fora outro sorriso e mais outro e aí, sai a felicidade.

Você coloca as mãos dentro da mala de novo e tira para fora a tristeza. Agora você vai ter que procurar a paciência dentro da mala, pois você vai precisar bastante. Procure então o resto: força, esperança, coragem, entusiasmo, equilíbrio, responsabilidade, tolerância, bom humor…

Tire a preocupação também, e a deixe de lado. Depois você pensa o que fazer com ela? Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo! Mas, pensa: o que vou colocar lá dentro? Agora é com você, e não se esqueça de fazer isso mais vezes, pois o caminho é muito, muito longo!

29
set

§ § Espaço Web § Viver é assim…

Postado às 14:00 Hs

Não sei quantos livros há no mercado ensinando a arte de bem viver, a arte de ser feliz. São regras, auto-sugestões onde as pessoas buscam encontrar saídas e a afirmação do eu.

Às vezes essas lições funcionam durante algum tempo, mas é preciso muito mais que ter força de vontade para se conseguir sair de uma situação ou mudar alguma coisa na vida.

 A força de vontade tem que estar diretamente ligada à motivação, sem a qual a pessoa não vai encontrar as forças necessárias para prosseguir. E não falo aqui de miragens, mas de coisas reais às quais ela pode se apegar.

Se você quer mudar algo na sua vida, procure então seu real objetivo, sua tábua de salvação que não vai deixar você afundar. Segure-se a ela firmemente e saiba que não há mudanças sem sacrifícios, mas que esses, uma vez ultrapassados, nos permitem ver lindos amanheceres cheios de promessas.

 Eu diria que funciona como uma troca. Você deixa uma coisa e pega a outra, assim não vai ter a sensação de estar fazendo algo por nada.

Olhe a sua volta, entre os seus e olhe-se a sim mesmo. Tente encontrar as razões, significantes ou não, pelas quais vale a pena dar um passo em outro caminho. Abraçado a essas razões ou uma só, quem sabe, prossiga e prometa-se a si mesmo de não deixar a peteca cair.

 Geralmente os passos mais difíceis são os primeiros, mas uma vez conseguidos, os outros começarão a vir quase sozinhos.

E se por acaso você se sentir fragilizado e achar que não vai conseguir, olhe direitinho que vai perceber as mãos amorosas de Cristo te sustentando. Ele também quer a sua felicidade, tanto ou até mais que você.

 

Por Letícia Thompson

SEJA PRIMAVERA !

Uma vez alguém me disse que sobre o amor, eu pulo de galho em galho.

Embora os galhos tenham sido poucos, é sim, verdade.

Acho que há dentro da gente, uma necessidade, uma certa urgência de amar, de estar com alguém, de estar sempre com o coração pleno.

O fato é que estar com o coração pleno, nem sempre significa estar bem.

E muitas vezes, precisa-se de uma vida inteira para entender isso.

E passamos tanto tempo vivendo em terremotos emocionais, por pura teimosia, que nos acostumamos a eles, e quando de repente tudo passa, a gente olha para os lados, e pensa:

Por que nao me protegi? Por que nao saí fora desses vendavais que me cegaram os olhos, me taparam os ouvidos, me prenderam os passos e apertaram tanto meu coração? Mas antes da resposta, vem sempre a sensação de alívio.

Um quase não acreditar. E a resposta perde totalmente a importância.

Não importa o tempo perdido. O que importa é poder dizer:

“Finalmente tudo passou!” E se só sobraram destroços de tudo o que um dia foi inteiro, é sinal que nasci inteira e posso me refazer, sempre e todas as vezes que eu me quebrar.

E a sensação de alívio por ter conseguido sair e respirar livremente, é deliciosa.

Olhar no meu espelho interior e finalmente me reconhecer.

Quebrada ou não, a essência continua a mesma.

O sorriso ainda é largo, a moleca arteira continua a caminhar com os pés descalços em chãos incertos, agora totalmente sem medo.

Porque quem ja passou pelas tormentas, não se abala mais com chuviscos de verão…

E pra você que passou os olhos despretensiosos por esse texto, que ele lhe tenha alguma valia:

Seja o Sol que aquece, o desejo incontido, as mãos que acolhem, seja os projetos de um futuro lindo, os braços que protegem. Seja brisa perfumada que beija, seja as manhãs na vida de alguém, para que quando inevitavelmente, tudo tiver passado, você seja lembrado não como um inverno cinza, rabugento e solitário, mas como a mais bela das estações.

Por Luciane Trevejo

22
set

§ § Espaço Web § Reflexão

Postado às 19:55 Hs

ESTAMOS AQUI DE PASSAGEM.. (Por William Shakespeare)

Aprendi que amores eternos podem acabar em uma noite.

Que grandes amigos podem se tornar grandes inimigos.

Que o amor sozinho não tem a força que imaginei. Que ouvir os outros é o …melhor remédio e o …..pior veneno,

Que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, afinal, gastamos uma vida inteira para conhecer a nós mesmos.

Que os poucos amigos que te apoiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que te empurram.

Que o “nunca mais” nunca se cumpre, que o “para sempre” sempre acaba.

Que minha família com suas mil diferenças, está sempre aqui quando eu preciso.

Que ainda não inventaram nada melhor do que colo de Mãe desde que o mundo é mundo.

Que vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo.

Que vou cair e levantar milhões de vezes, e ainda não vou ter aprendido TUDO.”

Estamos aqui de passagem..

 

 

07
set

§ § Espaço Web § Reflexão do dia

Postado às 19:30 Hs

Espero que você goste dessas seis histórias. Elas são tão pequenas que você só vai tomar um minuto para lê-las.

1. Um dia, os homens de uma aldeia decidiram orar para que chovesse. No dia da oração todas as pessoas se reuniram, mas apenas um menino veio com um guarda-chuva.
Isso é FÉ.

2. Quando você lança um bebê no ar e ele ri, é porque ele sabe que você o pegará novamente.
Isso é CONFIANÇA.

3. Todas as noites vamos dormir sem a garantia de que estaremos vivos na manhã seguinte, no entanto, colocamos o despertador para acordar.
Isso é ESPERANÇA

4. Podemos fazer grandes planos para amanhã, mesmo que nós não conheçamos o futuro em tudo.
Isso é SEGURANÇA

5. Nós vemos o sofrimento no mundo e, apesar disso, nos casamos ​​e temos filhos.
Isso é AMOR

6. Havia um homem velho com o seguinte escrito em sua camiseta: “Eu não tenho 70 anos, eu tenho 16 com 54 anos de experiência.”
Isso é ATITUDE

Viva a sua vida com fé, confiança, esperança, segurança, amor e atitude !!!

29
ago

§ § Espaço Web § Propósito de vida

Postado às 18:05 Hs

Cada pedra no caminho é uma oportunidade de construir um castelo, cada pequena vitória é motivo de alegria.

Você se torna curioso; curioso sobre o que o próximo dia te reserva, sobre quem você vai encontrar, sobre os desafios que vai enfrentar. Por que você tem a absoluta certeza de que todas as situações estão te ensinando algo e te conduzindo mais adiante.

Você encontra valor tanto nos bons momentos quanto nos ruins, nos pequenos e nos mais grandiosos. Você só precisa encontrar significado e analisá-los; só precisa ser quem é e acreditar que cada experiência vivida está te fazendo evoluir de alguma forma.

É possível que no cenário atual, tão controlado pela ambição e pela vontade de querer mais, ter mais, ser mais, nós tenhamos nos esquecido do que, de fato, nos traz felicidade. Estamos buscando um senso de propósito onde não há. Pense bem !

E quando você sai do papel de vítima e assume o papel de protagonista da sua vida; quando começa a aceitar o que ela tem para te dar e a usar tudo isto ao seu favor como uma ferramenta para evoluir, cada segundo é válido, porque você é o seu propósito. Fé Sempre…

E quando você e seu bem estar são seu propósito você sente que a sua vida vale a pena. E este sentimento irradia para todos ao seu redor.

Porque Somos Instantes ! Pense nisso…

26
ago

§ § Espaço Web § Reflexão do dia

Postado às 17:29 Hs

Estava andando no supermercado e de repente ouvi um barulho de coisa quebrando…

Notei que tinham alguns funcionários cochichando.

Quando entrei no corredor pra onde olhavam, vi uma cena triste.

A repositora tinha batido o carrinho na gôndola de pratos e copos.

Ela, ajoelhada, em desespero ajuntando os cacos, enquanto seu colega pegava cada código de barra de cada louça quebrada dizendo: viu? A conta disso vai sobrar pra você.

Cena triste. Alguém que errou, com aquele show de olhares…

Alguém aproximou-se dela e disse: – Deixa aí, que a gente limpa.

Pede para o bombeiro ver esse corte na sua mão. – Não!

 

Eu tenho que ajuntar isso pra pagar. – Fique tranquila!

Temos seguro para esse tipo de perda, e você não tem que pagar nada.

Pude notar que ele tinha a identificação de gerente do supermercado. ——————————————

Pra você que leu até aqui, gostaria que você me desse um minuto apenas.

Aonde estiver, feche seus olhos, e imagine Deus fazendo o mesmo por você e te ajudando a recolher os cacos que a vida traz de graça.

Ele te curando e dando a certeza que seus pecados e erros serão perdoados.

Existe um seguro chamado Graça, que se você aceitar quando reconhecer que errou, o Gerente da Existência do Universo dirá:

SEGUE, VAI! (Post de autor desconhecido)

 

25
ago

§ § Espaço Web § ” Simplicidade “

Postado às 22:45 Hs

 

É curioso observar como a vida nos oferece resposta para os mais variados questionamentos do cotidiano.

Vejamos:
A mais longa caminhada só é possível passo a passo.
O mais belo livro do mundo foi escrito letra por letra.
” No princípio, Deus criou o céu e a terra. ”
Os milênios se sucedem segundo a segundo.

A imponência do pinheiro e a beleza do ipê começaram,ambas, na simplicidade das sementes.

Não fosse a gota, não haveria chuvas.
O mais belo ninho foi feito de pequenos gravetos.
A mais bela construção não se teria realizado senão a partir do primeiro tijolo.
As imensas dunas se compõem de minúsculos grãos de areia.

Como já refere o adágio popular: nos menores frascos se guardam as melhores fragrâncias.
É quase incrível imaginar que apenas sete notas musicais tenham dado vida à ” Ave Maria “, de Bach, e à ” Aleluia “, de Händel.

O brilhantismo de Einstein e a ternura de Tereza de Calcutá tiveram que estagiar no período fetal, e nem mesmo Jesus, expressão maior do amor,dispensou a fragilidade do berço.

Assim, também o mundo de paz, harmonia e concórdia com que tanto sonhamos só será construído a partir de pequenos gestos de compreensão… de solidariedade,de respeito, de ternura, de fraternidade, de benevolência, de indulgência e de perdão no dia-a-dia.

Ninguém pode mudar o mundo,mas podemos mudar uma pequena parcela dele: esta parcela que chamamos de ” eu “.

Não é fácil, nem rápido,mas vale a pena  tentar.
AJUDE O SEU MUNDO !!!…
DEIXE A SUA MARCA !!!

Fonte: Edilson Silva

14
ago

§ § Espaço Web § A vida…

Postado às 1:14 Hs

É TUDO UM PISCAR DE OLHOS.

 

Houve um tempo que me incomodava ouvir falar de morte ou de vida após a morte, mas, à medida que os anos atingem os costados de nossa existência o homem fica mais reflexivo com relação ao seu futuro, e queda-se perguntando: Por quantos anos ainda respirarei o ar fresco da vida? Para onde irei? O que me acontecerá após a ultrapassagem da tênue barreira que divide a vida da morte?

Sim, são perguntas pertinentes, porque a morte é a única certeza plena no transcorrer de nossa trajetória humana. E a vida?… Ah! A vida não passa de uma nuvem passageira perante a escala de tempo de Albert Einstein (1879-1955).

Por falar em Einstein, qual a visão deixada pelos grandes pensadores acerca da vida?… E sobre a morte? No entendimento de Sócrates (469a.C.- 399a.C.), que já defendia, naquela época, a imortalidade da alma, o ser humano é um espírito encarnado que vive algum tempo na matéria. Acerca do tema assim ditou ele:

No mundo físico a alma se conturba e fica perdida porque está vinculada a objetos perecíveis. Mas, ao voltar-se para si mesma, vislumbra as ideias imortais que outrora conhecera. Este é o momento definido como sabedoria. Daí a necessidade do “conhece-te a ti mesmo”. Ainda segundo Sócrates, somente os que cultivarem a virtude nada temerão da vida que continuará depois da morte.

Sócrates definiu filosofia como “preparação para a morte”. Schopenhauer (1788 – 1860), na mesma linha de pensamento do filósofo grego, afirmou que a “a morte é a musa da filosofia”. Então, será a filosofia a ciência da morte?

Também houve um tempo que eu sonhava com uma vida de riqueza, poder e feitos épicos, mas a própria vida me mostrou a utopia de tudo isso, e me fez derivar para uma interpretação mais simples e objetiva para a nossa existência.

Tanto é assim que a minha filosofia se assemelha a de Ariano Suassuna ao discorrer sobre Deus e o sentido da vida: Deus para mim é uma necessidade. Se eu não acreditasse em Deus eu seria um desesperado.

Hoje eu assimilo melhor as palavras do compositor Gonzaguinha ao aconselhar, na canção, que viver e não ter a vergonha de ser feliz. Ou quando afiança que a vida é uma doce ilusão ou, ainda, que é uma gota, é um tempo que nem dá um segundo, mas que nada impede de repetirmos que ela é bonita, é bonita e é bonita!

Voltaire (1694-1778), o filósofo francês, disse: Nós nascemos sozinhos. Nós vivemos sozinhos. Nós morremos sozinhos. E qualquer coisa neste intervalo que possa nos dar a ilusão de que não estamos sós, nós nos agarramos a ela. Ao trocarmos em miúdos esse pensamento, advém a seguinte reflexão: Nascemos sem trazer nada. Morremos sem levar nada. E nesse meio tempo brigamos por coisas que não trouxemos nem levaremos.

Segura teu filho no colo, sorria e abraça teus pais enquanto estão aqui. Que a vida é trem-bala parceiro, e a gente é só passageiro prestes a partir.

E nem é preciso ser um grande pensador para descrever o sentido da existência, com gritante objetividade, como a compositora Ana Vilela na canção Trem-Bala, lembrando-nos que o interregno do nascimento à morte não passa de um piscar de olhos.

 

Fonte: JOSÉ NARCELIO – AO PÉ DA LETRA

10
ago

§ § Espaço Web § Pare e pense…

Postado às 23:00 Hs

Será que você é do tipo de pessoa que acha que um pequeno defeito no dedo indicador da mão esquerda, te impede de esculpir as estátuas de seus sonhos? Tem uma frase poderosa que pode ajudar muito: “se eles podem, também posso”.

 

Pense em todas as suas aspirações, sonhos, objetivos e sonhos… Pense nos sonhos que carrega escondidos em seu coração. Aqueles mesmos: os mais secretos, aqueles que só você conhece! Agora pense nas desculpas que tem usado para não realizá-los. Pare com as dúvidas! Nunca mais deixe que as dúvidas, que são sempre traidoras e faz a gente perder o bem que sempre poderíamos ganhar, tomem conta de seus sonhos, tá?

 

Sai pra lá com aquelas desculpas esfarrapadas de sempre e trate de começar agora a dar vazão ao seu desejo de criar, de amar, de prosperar, de viver intensamente… de ser feliz!

 

Você é a única pessoa capaz de impedir o seu próprio progresso! Mais ninguém! Siga em frente! Seja corajoso! Seja destemido! Seja muito mais arrojado! Você pode! Você é capaz! Acredite mais e mais em você!

 

Lembra de quando você tinha sonhos grandiosos, planos aos montes, talvez a ambição de escrever, de pintar, de abrir um negócio ou de fazer alguma espécie de trabalho criativo? Onde foram parar todos os seus sonhos? Volte a ser um sonhador de primeira categoria, tá?

 

Não deixe mais que todos os seus sonhos percam a posição central em sua vida! Persista! Acredite! E quanto as desculpas, não passam de desculpas mesmo para justificar o fato de que não realizamos os nossos desejos mais profundos!

 

Bom Início de semana !  Permaneça na Paz! Fique com Deus!

 

“Se você fica dizendo que as coisas vão ficar ruins, tem boa chance de se tornar um profeta, viu?”

Por Luis Carlos Mazzini

dez 14
sábado
14 02
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
29 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5808998 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram