O Governo do Estado divulgou uma nota de esclarecimento na tarde desta sexta-feira, 20, sobre o suposto pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para que o governador Robinson Faria, do PSD, seja afastado das funções diante da acusação de crime de responsabilidade. De acordo com o Executivo, a PGR apenas repassou um pedido feito pelo Ministério Público do RN. “A informação de que a Procuradoria Geral da República pediu afastamento do Governador Robinson NÃO CORRESPONDE à verdade. O que ocorreu foi que o Ministério Público, com base na reprovação de contas indicada pelo TCE, encaminhou pedido à PGR, e aquela Procuradoria apenas reencaminhou o pedido para a Assembleia Legislativa, sem emitir NENHUM juízo de valor”, esclareceu o Governo na nota
09
abr

* * * Quentinhas … * * *

Postado às 9:39 Hs

* * * Os deputados estaduais Galeno Torquato (PSD), Vivaldo Costa (PSD), Dison Lisboa (PSD) e Jacó Jácome (PSD) acreditam que conseguirão permanecer com as quatro cadeiras na Assembleia. Eles confiam na estratégia de lançar diversos candidatos pequenos pra bater esteira. O PSD tem confirmados, até o momento, pelo menos cinco “batedores”. * * *

* * * O novo prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), vai tomar posse amanhã. A solenidade será às 17 horas na sede da OAB, em Candelária.Álvaro assume o governo municipal prometendo ao ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), que vai manter todo o secretariado, mudando apenas o chefe da Casa Civil, cargo que Carlos Eduardo, inclusive, já deixou vago, ao exonerar o titular Homero Grec.

* * * Recém-filiado ao PDT, o ex-deputado federal Ney Lopes de Souza será candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa. Na coligação pesada com DEM e MDB, precisará ultrapassar a marca dos 50 mil votos para se eleger. * * *

* * * Existe sim, um namoro, entre o PR do pré-candidato a deputado federal João Maia e o PSD do governador e pré-candidato à reeleição Robinson Faria. Um aviso aso navegantes de águas profundas. Não subestime a capacidade de articulação de Robinson e Fábio Faria. Robinson está no páreo. * * *

 

O governador Robinson Faria (PSD) mostra que está dentro do jogo para disputar a reeleição. Uma chapa viável começa a se desenhar. O grupo governista pretende, inicialmente, formar uma coligação entre PSD, PODE e PRB para a disputa majoritária e as eleições proporcionais.

No âmbito da Câmara Federal, a chapa teria Fábio Faria (PSD) e Antônio Jácome (PODE) como candidatos à reeleição, com o reforço do suplente Abraão Lincoln (PRB), que havia saído de cena após ser preso em escândalo de corrupção.

Para a Assembleia, o grupo teria como puxadores de votos os deputados estaduais Galeno Torquato (PSD), Dison Lisboa (PSD) e Jacó Jácome (PSD), além do vereador natalense Bispo Francisco de Assis (PRB) e candidatos regionais, arregimentados para bater esteira.

Com uma chapa proporcional já desenhada, o grupo tem mais condições de atrair novos aliados que possam fortalecer o palanque do governador, pois o principal receio dos partidos era o isolamento político que não existe mais.

07
mar

Raniere se aproxima de Robinson

Postado às 21:24 Hs

O presidente da Câmara Municipal de Natal Raniere Barbosa está “se encostando” no governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria.

Topa uma agenda do tipo… digamos… administrativa… com o governo do Estado.

O AVANTE estaria “se chegando” ao governo de Faria?  Raniere – que dirige a FECAM (Federação dos municípios do Rio Grande do Norte) pode ser um parceiro importante para o palanque Robinson que é candidato à reeleição.

Pouco mais de oito meses para a eleição de 2018 – 7 de outubro. A propósito leia a postagem deste blog: ”Análise acerca da opção do eleitor em 2018 entre o “novo”, “mudanças” e “experiência comprovada”. Persistem as incógnitas eleitorais, algo nunca visto na história política do estado. No PT, embora sem lançamento oficial, constam as candidaturas da senadora Fátima Bezerra, para o governo do Estado e a deputada Zenaide Maia para o senado. No PSD, o governador Robinson Faria afirma enfaticamente, que será candidato à reeleição. No PMDB e DEM percebe-se esforço excepcional – verdadeiro “tour de force” – para definir o nome do prefeito de Natal Carlos Eduardo como candidato definitivo ao governo, com a dupla Garibaldi Alves e José Agripino Maia no palanque.

O governador Robinson Faria reclamou na reunião desta terça-feira com o presidente Michel Temer que o princípio da isonomia não foi aplicado ao Rio Grande do Norte.

Foi esse um dos princípios evocados pelo MP de Contas das União para barrar a Medida Provisória que iria socorrer o Estado para colocar os salários em dia.

O governador ponderou na reunião que o Estado, um dos que menos devem no Brasil, foi prejudicado com a anistia de dívidas por parte da União aos entes federados. Alagoas, por exemplo, teve uma dívida de R$ 70 milhões mensais perdoada – quase um bilhão de reais ao ano.

Como o RN é pouco devedor, tal anistia pouco teve de impacto nas finanças públicas do Estado. Agora, pede-se uma compensação em nome do princípio da igualdade.

O governador Robinson Faria recebeu hoje, na Governadoria, os deputados federais e senadores que compõem a bancada federal do Rio Grande do Norte. Robinson solicitou o apoio da bancada, para que seja cumprida uma agenda conjunta de ações junto ao Governo Federal em busca do reequilíbrio financeiro do Estado e da regularização, o mais rápido possível, do pagamento do servidor público Estadual. O governador solicitou ainda que a bancada apoie, junto aos deputados estaduais, a aprovação das medidas de austeridade que precisam ser votadas na Assembleia Legislativa. O chefe do Executivo estadual fez um histórico do trabalho realizado em Brasília para a captação de recursos federais. Ele lembrou que o RN não foi beneficiado pela renegociação da dívida dos Estados com a União, porque é uma das unidades da federação com menor dívida. Por outro lado, busca apoio federal para reestabelecer o fluxo de caixa. “Só salvaremos o Rio Grande do Norte juntos. Não quero ser o protagonista, acredito que todos nós temos um papel a cumprir”, afirmou o governador, ao agradecer a presença dos parlamentares. E acrescentou: “Essa união é muito importante para que o governo alcance nosso maior objetivo, colocar o pagamento dos servidores em dia”.
O Governo do RN vai protocolar hoje no Ministério da Fazenda um Recurso Hierárquico Próprio dirigido ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em defesa da edição da Medida Provisória que prestaria auxílio-financeiro ao Rio Grande do Norte, no valor de R$ 600 milhões. O documento foi preparado após manifestação pública do Ministério, na manhã desta terça (26), informando que suspendeu a edição da MP que prestaria auxílio ao RN. O Governo do Estado solicita que o Governo Federal “reforme a decisão recorrida, afastando todo e qualquer impedimento ao trâmite administrativo da Medida Provisória a ser editada em socorro ao Rio Grande do Norte”.

Uma fila de governadores vai se formar na porta do presidente Michel Temer e da equipe econômica depois que o governo aceitou dar um socorro de R$ 750 milhões ao Rio Grande do Norte. Com a proximidade do calendário eleitoral de 2018, os governadores que estiverem em dificuldade e quiserem melhorar a imagem para a campanha eleitoral farão pressão para conseguir também ajuda financeira do Tesouro Nacional.

E, aí, a situação vai ficar delicada.

Qual será o critério do governo para escolher um determinado Estado em detrimento de outro? Como separar o joio do trigo? Ou, mais grave: como escapar do intrincado jogo de alianças políticas para 2018 sem que haja suspeitas fundadas ou infundadas?

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, é do PSD e próximo do DEM de Rodrigo Maia, o presidente da Câmara. O Estado é também base eleitoral do presidente do DEM, Agripino Maia.

O Rio Grande do Norte alega estar em grave crise financeira, com três meses de atraso na folha, e com a saúde em colapso para pedir os recursos federais.

O aeroporto de Mossoró foi pauta de uma reunião realizada em Brasília entre o governador Robinson Faria e o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil, ANAC, José Ricardo Botelho. O objetivo do encontro foi agilizar a liberação da estrutura para que a cidade comece a operar voos comerciais o quanto antes. Na audiência, Robinson Faria, que esteve acompanhado dos deputados federais Fábio Faria e Beto Rosado, do secretário de Estado do Turismo, Ruy Gaspar, e do diretor-Geral do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Jorge Fraxe, solicitou que o aeroporto fosse transformado em comercial em caráter definitivo.
22
nov

Em Brasília…

Postado às 20:45 Hs

Em reunião com Temer, governador solicita apoio para equilíbrio financeiro do estado. O apoio do governo federal no reequilíbrio financeiro do Rio Grande do Norte foi tema da reunião entre o governador do Estado, Robinson Faria, e o presidente da República, Michel Temer. O encontro aconteceu nesta quarta-feira (22), no Palácio da Alvorada, com a presença do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, e do deputado Fábio Faria, além do secretário estadual de Gestão de Projetos, Vagner Araújo. “Estamos buscando todas as formas possíveis e reivindicando soluções urgentes para equilibrar as contas do nosso estado neste momento de crise financeira que afeta todo o país.
20
nov

Reunindo

Postado às 19:20 Hs

O encontro, que teve a participação do conselheiro do TCE Carlos Thompson, do Promotor de Justiça Carlos Rodrigues, do procurador geral do Estado Wilkie Rebouças e do secretário de gestão Vagner Araújo, tratou da implementação de medidas administrativas de curto, médio e longo prazos com vistas a solucionar o crescente déficit do orçamento estadual e à retomada do equilíbrio fiscal. O governador Robinson Faria e o vice-governador Fabio Dantas estiveram reunidos hoje na sede do Ministério Público Estadual com o procurador geral, Eudo Leite, e o presidente do Tribunal de Contas, Gilberto Jales, para discutir a formação de um pacto pelo reequilíbrio financeiro do estado.
10
nov

Recusado

Postado às 11:46 Hs

Ministro do STJ recusa pedido de afastamento do governador.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou nesta quinta-feira (9) o pedido feito pelo Ministério Público Federal para afastar o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, de suas funções. A decisão monocrática do ministro Raul Araújo, que é relator do caso, negou todas as medidas cautelares solicitadas. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (10).

O MPF denunciou o governador em setembro por obstrução de Justiça, após deflagração da Operação Anteros, que apurou manobras ilegais por parte de Robinson Faria e de servidores do governo potiguar para impedir investigações sobre os desvios na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Os desvios foram investigados dentro da Operação Dama de Espadas. Tanto o governador, como os demais denunciados, negam a prática dos atos ilegais.

Além do afastamento, a Procuradoria Geral da República também pediu que o governador fosse proibido de acessar o Centro Administrativo – sede do governo estadual – e a Assembleia Legislativa, bem como entrar em contato com os demais investigados.

A decisão do ministro ainda será votada pela Corte Especial do STJ, composta por 15 ministros. Levando em consideração o parecer do relator, eles vão decidir se acatam ou não os pedidos feitos na denúncia.

30
out

Facultativo

Postado às 12:08 Hs

Robinson Faria decreta ponto facultativo na sexta-feira (3)

Em virtude do feriado do dia de finados na próxima quinta-feira, 02, o governador Robinson Faria determinou que seja decretado ponto facultativo para os órgãos e entidades da administração direta, indireta, autárquica e fundacional no dia 03, sexta-feira.

Estão excluídas do ponto facultativo as atividades consideradas essenciais do Estado: hospitais, policiamento, Bombeiros.

23
out

Pelas redes sociais…

Postado às 21:31 Hs

Robinson diz que decisão de retirar mensagens da AL foi discutida com o vice.

Na tentativa de evitar uma crise com o vice, o governador Robinson Faria voltou a usar a rede social para afirmar que “A decisão de solicitar de volta as duas mensagens à AL (subsídio e teto) foi amplamente debatida com o vice-governador Fábio Dantas”, escreveu Robinson no twitter.

A justificativa do governador foi feita pouco tempo depois que a imprensa começou a mostrar a “desconsideração” do titular com o substituto. O governador Robinson Faria ameaçou a credibilidade do vice Fábio Dantas. Foi Fábio Dantas que durante a interinidade levou até à Assembleia Legislativa nove mensagens propondo mudanças na legislação para readequar as finanças do estado.

Setores do funcionalismo não gostaram das medidas que propõem, entre outras coisas, um novo valor do teto para o servidor. Uma semana depois que as matérias chegaram à Assembleia o governo recua e anuncia que vai pedir a retirada.

Ficou ruim para o vice.

Fonte: Virginia Coelli

Governador pretende discutir as propostas, que preveem, entre outras medidas, novo teto salarial

O governador Robinson Faria anunciou na noite desta segunda-feira (23) que retirou os projetos que o governo havia enviado para a Assembleia Legislativa para tratar de fixar, entre outras medidas, de um novo teto salarial para o Estado.

“Nossa decisão é de promover um maior debate e um estudo mais aprofundado, em função da complexidade das medidas e do impacto que vão gerar. Em um momento de extrema dificuldade financeira, precisamos e faremos novos ajustes na máquina pública preservando sempre o diálogo que é marca da nossa gestão”, postou o governador. Foi decisivo para a ação, segundo apurou a reportagem, o desgaste ampliado com o atraso nos salários, o que deixou servidores menos propensos a aceitar negociações.

Caso as propostas fossem ser apreciadas, a máquina pública seria paralisada com uma greve geral, coisa que até aqui os servidores não ousaram fazer justamente por ter um canal de diálogo com o governo em que fica informado sobre a situação das finanças estaduais.

Fonte: Dinarte Assunção

04
out

Robinson Faria anuncia Estrada da Castanha

Postado às 19:45 Hs

Os moradores de Serra do Mel, na região Oeste do Rio Grande do Norte, receberam do governador Robinson Faria uma notícia esperada desde a década de 70. Durante lançamento do Projeto de Revitalização da Cajucultura e entrega de equipamentos à associação dos apicultores da Serra do Mel (Apismel), o chefe do Executivo estadual anunciou a construção da Estrada da Castanha, antigo pleito dos moradores da região. O valor da obra, já autorizada, é de R$ 60 milhões. A obra será importante para escoar a produção de caju e mel de abelha. Por isso, para os criadores de abelha (apicultores) foram investidos cerca de R$ 500 mil, uma parceria entre o Governo do RN e o então Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Serão entregues duas motocicletas, um caminhão baú, uma bomba para transferir o mel, duas empilhadeiras, entre outros itens. O uso será via termo de comodato entre Governo do Estado e Apismel com vigência de 10 anos.

A frase da semana que movimentou o meio político do estado veio do atual governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria, que confirmou a aliados o desejo de continuar á frente dos negócios do estado potiguar.

Confiante que terá novamente a chance de sentar na cadeira executiva para governar o RN, Robinson trabalha para alinhar as finanças do estado, colocar os salários do servidores em dia e trazer investimentos e indústrias.

“Serei candidato e reeleito governador”, com esta frase impactante, Robinson Faria mostra que não está frágil como muitos pensam, mas que está aprendendo com os próprios erros e que pode fazer bem mais na segunda gestão.

 

Fonte: Jair Sampaio

 

maio 22
terça-feira
16 13
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
27 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5699014 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram