Após a confirmação da ausência do presidente Jair Bolsonaro em Mossoró nesta quinta-feira(12), a comitiva presidencial também confirmou com o Ministério do Desenvolvimento Regional o cancelamento do evento.

O presidente tinha previsão de sair de Brasília às 13h para participar de uma cerimônia em Mossoró, na qual anunciaria medidas do governo federal, em áreas como Segurança e Agricultura.

O Ministério do Desenvolvimento Regional informa o adiamento do evento Aqui é Rio Grande do Norte, Aqui é Brasil, marcado para essa quinta-feira, em Mossoró – RN. “Dada a declaração pela Organização Mundial de Saúde de que enfrentamos uma pandemia causada pelo Coronavírus, avaliou-se como prudente adiar a solenidade. Além disso, a negociação sobre o orçamento com o Congresso Nacional exige a presença do presidente Jair Bolsonaro em Brasilia”, disse o ministro Rogério Marinho.

Exames no secretário de comunicação do presidente Bolsonaro deram positivo para Coronavirus. Ele viajou juntamente com o presidente para os Estados Unidos. Bolsonaro vai passar também por exames. O cancelamento da agenda em Mossoró foi uma decisão acertada.

12
fev

O Nordeste, enfim, no Ministério

Postado às 10:26 Hs

Via Blog do Magno 

O Nordeste não foi generoso com Bolsonaro nas urnas, nem no primeiro nem no segundo turnos. Perdeu para Fernando Haddad, no confronto final, mesmo por uma diferença pequena em alguns Estados. Ao longo do acirramento final da disputa não soube captar o sentimento do eleitorado nordestino de que seria o instrumento para tirar o PT do poder, pondo fim à roubalheira generalizada.

Bolsonaro não encontrou ressonância sequer na principal bandeira que assumiu com os menos favorecidos: o pagamento do 13º salário do programa Bolsa-Família, promessa cumprida. Mesmo não valorizado pelos nordestinos, o presidente não teria o direito de expurgar a Região do seu Ministério. No primeiro ano, não se viu uma alma nordestina despachando na Esplanada dos Ministérios.

Ontem, um nordestino do Rio Grande do Norte, especializado em sistema previdenciário, assumiu a pasta de Desenvolvimento Regional: o ex-deputado federal Rogério Marinho. Competente, articulado e respeitado, deu um show na discussão da reforma da Previdência, sendo o principal protagonista que falava em nome do Governo.

Não sei, na verdade, se ele entende de políticas regionais, mas se sua atuação na nova pasta se der na mesma direção em que atuou na Previdência, o Nordeste estará em boas mãos. Como é influente com o rei, pode canalizar um novo direcionamento aos Estados nordestinos que, historicamente, vivem de pires nas mãos em Brasília.

O Nordeste não é terreno fértil do ponto de vista político para o Governo Bolsonaro, porque todos os governadores, sem exceção, foram eleitos no campo de oposição, entre os quais dois dos mais influentes, Bahia e Ceará, empunhando a estrela do PT. Bolsonaro já deu alguns sinais de que não discrimina. Numa entrevista ao blog, o governador do Ceará, Camilo Santana, que é do PT, defendeu o fim da política do ódio por parte de colegas da Região, afirmando que não tinha do que reclamar do tratamento dispensado pelo presidente ao seu Estado.

Destino de Cintra – Por falar em Nordeste, o Governo ainda não bateu o martelo sobre a continuidade do empresário Douglas Cintra na Sudene. Marcada inicialmente para ontem, a reunião do núcleo duro da articulação política de Bolsonaro ficou para hoje. O motivo do adiamento foi a posse de Rogério Marinho, atraindo uma penca de deputados nordestinos, especialmente do Rio Grande do Norte, por onde ele se elegeu deputado federal. “Marinho é a esperança de que o Nordeste possa ser olhado agora de forma mais destacada”, disse um parlamentar paraibano.

11
fev

Em Brasília

Postado às 11:07 Hs

O potiguar Rogério Marinho toma posse, às 14 horas de hoje, como novo ministro do Desenvolvimento Regional. A solenidade ocorrerá no segundo andar do Palácio do Planalto, em Brasília, com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, e deve contar com representantes da classe política do país e do Rio Grande do Norte.

Entre os políticos do Estado que tinham confirmado, ontem, presença na posse de Rogério Marinho, constam o prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira, que também preside o PSDB estadual, partido do qual o novo ministro está licenciado desde que, no começo do ano passado, passou a integrar a equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, como  secretário nacional de Previdência e Trabalho.

Ainda prestigiam a posse de Marinho a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP); enquanto os prefeitos de São Tomé, Anteomar Pereira (PSDB), de Marcelino Vieira, Kerles Jácome, o “Babau” e de Santana do Seridó, Hudson Santana de Brito, que tem cargo de direção na Confederação Nacional dos Municipios (CNM), representam uma comitiva da  Federação dos Municípios do  Rio Grande do Norte (Femurn). Os convidados devem chegar com uma hora de antecedência, segundo o Cerimonial do Palácio do Planalto.

Tribuna do Norte

10
fev

Posse

Postado às 16:55 Hs

O Palácio do Planalto marcou para terça-feira, dia 11, a posse de Rogério Marinho como novo ministro do Desenvolvimento Regional. O evento está previsto para começar às 14 horas.

Uma caravana está sendo formada no Rio Grande do Norte para participar da posse do ministro Rogério Marinho, terça-feira próxima em Brasília.O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, já confirmou a ida a Brasília. Deputados ligados a Rogério também irão acompanhar a solenidade. Os prefeitos de Natal (Álvaro Dias), Mossoró (Rosalba Ciarlini) e de Caicó (Batata) estarão na solenidade amanhã em Brasília

Parte da bancada federal do Rio Grande do Norte também estará presente ao evento. O presidente da Federação dos Municípios (Femurn), Naldinho, já está montando um grupo de prefeitos para integrar a comitiva. Ex-ministro da Integração Nacional, o empresário potigiar Fernando Bezerra, também confirmou presença na posse de Rogério.

07
fev

FEMURN parabeniza Rogério Marinho

Postado às 17:04 Hs

NOTA A ROGÉRIO MARINHO PELO MINISTÉRIO

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN – felicita e parabeniza o Potiguar Rogério Marinho, nomeado Ministro do Desenvolvimento Regional do Brasil. Para o nosso povo, a sua nomeação é motivo de imenso orgulho, dada a sua reconhecida capacidade, competência e qualidades destacadas no setor público, em todos os cargos que já ocupou.

Para o Movimento Municipalista do Rio Grande do Norte, em especial, o sentimento é de esperança no desenvolvimento dos nossos municípios, através das obras e ações deste Ministério, que atua em áreas de extraordinária relevância social, estando agora sob o seu comando. A FEMURN tem plena convicção de que os setores ligados a esse Ministério irão avançar a passos largos. E para isso, também se coloca a vossa disposição, servindo de ponte segura, se necessário for, estreitando o diálogo para o progresso em programas de segurança hídrica – tema que destacamos, dada a seriedade da problemática que ainda assola nossos municípios -, saneamento básico dos entes municipais e habitação.

Termos Vossa Excelência a frente do Ministério do Desenvolvimento Regional fortalece a todos os Municípios não só do Rio Grande do Norte, mas de toda a querida região Nordeste do Brasil!

Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN

07
fev

Parabenizando

Postado às 12:13 Hs

NOTA:

É com orgulho que parabenizamos Rogério Marinho, potiguar e ex-deputado federal que assume o cargo de Ministro de Estado do Desenvolvimento Regional.

O Ministério foi criado pelo governo do presidente Bolsonaro a partir da junção de duas pastas: os antigos ministérios das Cidades e Ministério da Integração Regional. Ministério esse que tem a função de integrar políticas públicas de infraestrutura urbana e de promoção do desenvolvimento regional e produtivo.

Desejamos sorte na condução de um trabalho tão importante para o nosso Estado, para todo o Nordeste e para o Brasil. Exemplo disso são os projetos de irrigação, como a tão sonhada Transposição do São Francisco, que levará água para todos nós, nordestinos.

Temos certeza que o Ministério do Desenvolvimento Regional está em boas mãos. Assim como em outras missões, Rogério Marinho será grande no trabalho e nos resultados. Sabemos da sua capacidade de trabalho e diálogo que mais uma vez será testemunhada pelos brasileiros.

Conte com o apoio dos potiguares em mais essa nobre missão!

Presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

06
fev

Trocas ministeriais

Postado às 17:40 Hs

O presidente Jair Bolsonaro exonerou, nesta quinta-feira (6), o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. Segundo o decreto, a saída ocorre a pedido de Canuto.
O cargo será ado por Rogério Marinho, que atuava como secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. A troca foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União”. Para o ministério, assume Rogério Marinho, que estava na secretaria da Previdência e Trabalho. Rogério Marinho foi deputado federal pelo Rio Grande do Norte pelo PSDB.

O atual ocupante da pasta, Gustavo Canuto, será realocado como presidente da Dataprev, com o desafio de resolver a fila de mais de 1,3 milhão de pedidos de aposentadoria e benefícios em atraso. Ajudará o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

No início de 2019, a prioridade do governo na área econômica era clara: aprovar a reforma da Previdência. Só assim seria possível conter a escalada de gastos públicos e retomar o crescimento no longo prazo, alertavam especialistas. O objetivo foi cumprido, e o sucesso da missão é em boa parte atribuído à capacidade de articulação do secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho. Ex-deputado federal, Marinho já tinha demonstrado que sabia dialogar com parlamentares em 2017, quando foi relator de outra medida que dividiu opiniões: a reforma trabalhista, também aprovada pelo Congresso. Agora no governo, dividiu-se entre reuniões com técnicos e conversas com congressistas para sensibilizar os ex-colegas sobre a importância de mudar o sistema de aposentadorias e pensões.
Com atuação célebre durante a articulação pela aprovação da reforma da Previdência, o secretário Rogério Marinho ganhou a atenção de Jair Bolsonaro. O ritmo intenso de reuniões e trânsito entre parlamentares de amplas matizes ideológicas agradou o presidente e, claro, a própria equipe econômica. Com a agenda voltada à aprovação de reformas econômicas, como a tributária e a administrativa, o governo entende que precisará de trânsito no Congresso para encampar seus projetos. Por isso, Guedes tem articulado junto ao Planalto o nome do secretário de Previdência e Trabalho para substituir Onyx Lorenzoni, que balança no cargo, como ministro-chefe da Casa Civil. Ele passaria a ser responsável pela articulação política de todo o governo — o que, na prática, já fazia. Com sua estratégia de sempre, Bolsonaro tirou poderes do já figurativo Lorenzoni ao transferir a secretaria do Programa de Parcerias e Investimentos, o PPI, do ministério comandado pelo demista para o guarda-chuva de Paulo Guedes no Ministério da Economia. A secretaria responsável pelos estudos de viabilidade de privatizações deve ficar sob a tutela de Salim Mattar, secretário de Desestatização e Desinvestimentos do ministério — o martelo deve ser batido na segunda-feira 3.
28
jan

Mudança no INSS

Postado às 21:02 Hs

, secretário especial da Previdência e Trabalho, decidiu demitir o presidente do INSS, Renato Vieira. Em seu lugar, assumirá Leonardo Rolim, segundo apurou O Antagonista.

O anúncio será feito daqui a pouco em coletiva de imprensa. Marinho achou melhor colocar alguém mais experiente para lidar com o problema da enorme fila de espera pelos benefícios do INSS.

O secretário também vai explicar a edição de uma nova MP para poder contratar civis, de preferência servidores do INSS aposentados, para ajudar a dar vazão aos quase 2 milhões de pedidos de aposentadoria.

A utilização de 7 mil militares para o atendimento dos pedidos de aposentadoria foi questionada pelo subprocurador-geral junto ao TCU, Lucas Furtado, que havia pedido a suspensão da medida.

Nesta segunda-feira, o programa Roda Viva, da Tv Cultura,  entrevista o secretário de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho. O programa, ao vivo, apresentado por Daniela Lima, editora da coluna Painel, da Folha de S Paulo, será exibido a partir das 22hs, numa rede nacional de emissoras.

Segundo os produtores do programa, o entrevistado é um dos responsáveis pela aprovação da reforma da Previdência, considerada fundamental para equilibrar as contas do governo,também ajudou a formular o plano de incentivo ao emprego, que reduz os custos para empresas que abrirem vagas destinadas a jovens entre 18 e 29 anos. Com a medida, o governo espera gerar 1 milhão e 800 mil empregos, nos próximos dois anos. O pacote também prevê a concessão de 40 bilhões de reais em créditos para pequenos empreendedores.

Oconta com uma bancada de jornalistas dos principais órgãos e a participação do cartunista Paulo Caruso. O programa pode ser acompanhado no site da emissora, no Twitter, no Facebook, no YouTube e no aplicativo Cultura Digital.

08
nov

Rogério Marinho é homenageado na ALRN

Postado às 17:32 Hs

Na tarde desta sexta-feira (8), o deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB) prestou homenagem, em sessão solene na Assembleia Legislativa, secretário especial da Previdência Social, Rogério Marinho, pelos Serviços prestados ao Rio Grande do Norte e ao Brasil.

A solenidade ocorreu no plenário Clóvis Motta e foi comandada pelo presidente da Casa, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB).

“Estou tendo uma oportunidade de conhecer melhor nosso país e entender as dificuldades que enfrentamos e as raízes dessas questões. Eu sempre quis ser político e a vida me deu a oportunidade de estar aonde estou para colocar em prática tudo que eu acho que é importante para o Brasil. Eu quero um país melhor para meus filhos e netos, e acho que estamos fazendo trabalhos importantes para o Brasil e fazemos isso com muito amor”, destacou Rogério Marinho.

Como deputado federal, Rogério foi o relator da Reforma Trabalhista e incentivou o Metrópole Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Tem entre seu legado de trabalho o Pró-Sertão no interior, que gera milhares de empregos. “Eu tenho muito orgulho em fazer parte desse governo e sei que não é fácil”. A frase foi do secretário Rogério Marinho, em seu discurso como homenageado na Assembleia Legislativa.

Fonte: Heitor Gregório  /  Foto: Thaisa Galvão

No próximo dia 8 de novembro, a Assembleia Legislativa vai promover uma sessão solene em homenagem ao ex-deputado federal e secretário Especial da Previdência e do Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho. O evento, que vai acontecer às 10h30, é uma proposição do deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB), pelos serviços prestados ao Brasil.

“Como secretário especial, o potiguar Rogério Marinho foi o responsável pela Reforma da Previdência. Como deputado federal, contribuiu para o aperfeiçoamento das leis trabalhistas e as mudanças das regras do FIES”, justificou Gustavo Carvalho.

Economista e professor, Rogério Marinho nasceu em Natal, foi deputado federal por três mandatos, secretário municipal de Planejamento da Prefeitura de Natal e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico.

ALRN

11
set

Em destaque

Postado às 10:04 Hs

Secretário Especial da Previdência, Rogério Marinho, já articula todas as pautas importantes da Economia no Congresso. Trabalhou pela MP da Liberdade Econômica e abre frentes para o pacto federativo e a reforma tributária”.

Na terça-feira, numa sessão especial do Senado sobre Previdência, afirmou: “Os maiores interessados na Nova Previdência são os mais pobres. Porque temos um sistema que é injusto, em que poucos ganham muito e muitos ganham pouco. Participei da sessão de debates sobre a PEC 6/2019 no plenário do Senado.”

Painel (Folha de São Paulo)

O secretário especial de Previdência, Rogério Marinho, afirmou nesta quarta-feira (31) que “a bola está com os governadores do Nordeste” ao comentar as chances de a Câmara dos Deputados aprovar a reinclusão de estados e municípios na reforma da Previdência. Segundo ele, vai depender deles uma mudança de posição dos deputados federais sobre o tema. Marinho disse ainda acreditar que a Câmara dos Deputados aprove em segundo turno a reforma da Previdência na próxima quarta-feira (7), e os senadores aprovem a medida em dois turnos até meados de setembro. “Aí, o Congresso poderá promulgar tudo aquilo que for aprovado de forma consensual por deputados e senadores, o que já vai gerar uma expectativa positiva na nossa economia”, afirmou.

O secretário Especial da Previdência, Rogério Marinho, acompanhou no plenário da Câmara dos Deputados a votação da Reforma da Previdência, que elaborou, articulou e viu ser aprovada.

Rogério, aliás, votou junto com Onyx Lorenzoni, que foi exonerado do Ministério da Casa Civil só para votar a reforma e retornará nos próximos dias.

Força política

Dois sinais de força do secretário Especial de Previdência, Rogério Marinho, na Câmara dos Deputados. O elogio do presidente da Casa, Rodrigo Maia. E os aplausos do plenário.

Nomeado braço direito de Paulo Guedes na montagem do ministério da economia, Rogério foi considerado não só pelo Ministro, mas pelo próprio presidente Jair Bolsonaro e foi o único da equipe do governo citado nominalmente pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia em seu discurso nesta quarta na casa legislativa na aprovação da reforma da previdência, considerada a reforma da reforma do governo atual.

O que faltou aqui no estado em vários momentos para o neto de Djalma Marinho, sobrou em Brasília. habilidade. Rogério fez um trabalho silencioso e fundamental e sai um gigante para virar Ministro até o fim de 2019.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) se reuniu na manhã de hoje (6) com líderes partidários e os articuladores do governo e disse estar confiante na aprovação da reforma da Previdência “com uma boa margem de votos”. Maia trabalha para que o quórum de deputados seja alto e, terminado o debate, seja possível entrar no processo de votação do texto entre terça-feira (9) e quarta-feira (10). “O importante é ganhar. Vamos ganhar com uma boa margem para uma matéria que há um ano atrás era muito difícil chegar nesse momento com perspectiva de vitória”, disse ao deixar sua residência oficial, onde ocorreu a reunião. Para o deputado, há um ambiente favorável no parlamento para que se consiga votar a matéria antes do recesso parlamentar, que começa em 18 de julho. Estiveram presentes no encontro os líderes do PP, Arthur Lira (AL), e do Democratas, Elmar Nascimento (BA). O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, novo articulador político do Planalto, e o secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, também compareceram à reunião.
: Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro defendeu nessa terça-feira (19) as reformas como algo necessário para o Brasil “andar para frente”. Em evento de posse da diretoria da Frente Parlamentar da Agropecuária para o ano de 2019, Bolsonaro disse que, com a reforma da Previdência, o Brasil “deslanchará”. “O Brasil só poderá andar para frente de verdade se aprovarmos essas reformas. Logicamente essa reforma não é minha, não é do Paulo Guedes. É do Brasil, de todos nós. Com essa reforma, nós deslancharemos”, disse o presidente para uma plateia repleta de representantes do setor agropecuário. Bolsonaro e Guedes levarão, nesta quarta-feira (20) de manhã, a proposta da reforma da Previdência para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Após várias semanas de discussão entre a equipe econômica e o núcleo do governo, ficou decidido que a proposta a ser levada para o Congresso fixará uma idade mínima de 65 anos para aposentadoria de homens e 62 anos para mulheres, com um período de transição de 12 anos. Ainda está previsto para amanhã à noite um pronunciamento em cadeia de rádio e televisão, onde Bolsonaro explicará para a nação a importância de uma Previdência remodelada.
abr 4
sábado
11 05
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
14 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5819587 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram