21
abr

Tradição cristã

Postado às 2:45 Hs

 

Neste domingo(21) comemoramos a Páscoa cristã que celebra a Ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu por três dias, até sua ressurreição. É o dia santo mais importante da religião cristã. Muitos costumes ligados ao período pascal originam-se dos festivais pagãos da primavera. Outros vêm da celebração do Pessach, ou Passover, a Páscoa judaica, que é uma das mais importantes festas do calendário judaico, celebrada por 8 dias e onde é comemorado o êxodo dos israelitas do Egito, da escravidão para a liberdade. Um ritual de passagem, assim como a “passagem” de Cristo, da morte para a vida.

A última ceia partilhada por Jesus Cristo e seus discípulos é narrada nos Evangelhos e é considerada, geralmente, um “sêder do pesach” – a refeição ritual que acompanha a festividade judaica, se nos ativermos à cronologia proposta pelos Evangelhos sinópticos. O Evangelho de João propõe uma cronologia distinta, ao situar a morte de Cristo por altura da hecatombe dos cordeiros do Pessach. Assim, a última ceia teria ocorrido um pouco antes desta mesma festividade.

Tradição do Ovo

A tradição dos ovos e coelhos de Páscoa, sinônimo de renascimento e fertilidade, ganha cada vez mais adeptos em todo o mundo, para a alegria das crianças, que são os que mais aproveitam os doces.

Segundo a Enciclopédia Católica, este costume pode ter sua origem numa “grande quantidade de costumes pagãos, que eram realizados no retorno da primavera (no hemisfério norte) e se introduziram na Páscoa. O ovo representa a vida que germina no começo da primavera”.

20
abr

Dúvidas sobre a Última Ceia de Cristo

Postado às 11:00 Hs

Deu no France Press

A última ceia que Jesus Cristo compartilhou com seus 12 apóstolos na noite da Quinta-feira Santa aconteceu, na realidade, numa quarta-feira, afirma um especialista britânico em livro publicado pela Universidade de Cambridge.

“Descobri que ‘A Última Ceia’ aconteceu numa quarta-feira, em 1º de abril do ano 33”, declarou ao jornal “The Times” o professor Colin Humphreys, da Universidade de Cambridge.

No livro, intitulado “The Mystery of the Last Supper” (“O Mistério da Última Ceia”), o catedrático acrescenta mais uma tese a um tema que divide teólogos e historiadores.

“Esse é o problema: os especialistas em Bíblia e os cristãos acreditam que a última ceia começou depois do pôr do sol de quinta-feira, e a crucificação foi realizada no dia seguinte, às 9h. O processo de julgamento de Jesus aconteceu em várias áreas de Jerusalém. Os especialistas percorreram a cidade com um cronômetro para ver como podiam ocorrer todos os acontecimentos entre a noite de quinta-feira e a manhã de sexta-feira: a maioria concluiu que era impossível”, enfatizou o professor, segundo trechos do livro.

Os discípulos Mateus, Marcos e Lucas dizem que a última ceia foi uma refeição pascoal, enquanto João afirma que aconteceu antes da Páscoa judaica.

“A solução que encontrei é que todos têm razão, mas que se referem a dois calendários diferentes”, explica o pesquisador.
Reconciliando os dois calendários, o professor concluiu que a última ceia aconteceu, na verdade, na véspera da Quinta-feira Santa.

19
abr

Saiba mais…

Postado às 21:40 Hs

Confira o que abre e fecha no comércio de Mossoró neste feriado

 A Semana Santa de 2019 acontece de 14 a 21 de abril, mas somente nesta sexta-feira (19) é considerado feriado. A Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró (CDL) informa o funcionamento do comércio mossoroense para esta sexta-feira da paixão, quando alguns estabelecimentos funcionarão com horários diferenciados.

No sábado (20) as atividades voltam ao normal no horário comercial, e no domingo, o shopping funciona em horário especial, sendo as lojas e cinema abrindo a partir das 14h e praça de alimentação com horário habitual, de 11h às 22h.

Confira abaixo o horário do comércio:

Sexta-feira da Paixão – 19/04

Comércio de Rua

– Fechado.

Supermercados

– Horário especial: 07h às 13h.

Partage Shopping Mossoró

– Lojas: 14h às 20h.

– Praça de Alimentação: 11h às 22h.

– Cinema: a partir das 14h.

Sábado e Domingo – 20/04 e 21/04

Horário normal para o comércio de rua: 07h às 14h.

Supermercados funcionam em horário habitual: 07h às 22h.

Shopping: Lojas 10h às 22h (sábado) e 14h às 20h (domingo); Praça de Alimentação (11h às 22h – sábado/domingo) e Cinema (a partir das 14h – sábado/domingo).

19
abr

A Genialidade de Michelangelo…

Postado às 7:30 Hs

Por Almério Nunes

Jesus, morto, na sexta-feira… com Sua Mãe, Maria. Michelangelo revelou-se, por esta obra e muitas outras, o mais impressionante artista em todos os tempos. Tudo sobre Michelangelo é transcendentalmente extraordinário.

Miguelangelo tinha 23 anos quando esculpiu a Pietà. Muitas pessoas já viram essa obra na Basílica de São Pedro (Vaticano), mas talvez não tenham tido o cuidado de ver os detalhes que aqui são mostrados (rostos, dedos, músculos, veias, feridas, tecido, etc.), em especial as expressivas feições dos rostos, feitos com extraordinária precisão (e em um só monolito de mármore).

Além do texto anexo, vale lembrar que Michelangelo di Lodovico Buonarroti Simoni (este era seu nome completo) 1475 – 1564, trabalhava para a família dos Medici de Florença (seus mecenas), e os Papas (em Roma) por eles apoiados.

Quando criança foi mimado pela mãe, que morreu quando ele tinha 6 anos de idade; a falta da mãe se revela na delicadeza e afeição dedicada à Pietà. Tornou-se artista (pintor, escultor, poeta, arquiteto), contra a vontade do pai, de famíla nobre (mas falida) que considerava sua atividade não digna para o prestígio da família. Era um pouco deformado fisicamente e desengonçado (feio), e – provavelmente por isso – dedicou-se a representar corpos perfeitos. A arte, na mais pura acepção da palavra.

Elevemos nossos pensamentos a Jesus Cristo nesta Sexta Feira da Paixão. A Paixão Dele por cada um de nós. Uma Paixão incondicional e eterna. Jesus Cristo!!! O Mestre de todos os mestres!!!

19
abr

Paixão de Cristo

Postado às 7:28 Hs

Para alguns apenas um feriado…

Hoje é Sexta-feira Santa, ou ‘Sexta-Feira da Paixão’, mas você sabe o significado da data? Para muito é só mais um feriado, mas para os católicos é a data em que os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos.

Segundo a tradição cristã, a ressurreição de Cristo aconteceu no domingo seguinte ao dia 14 de Nisã, no calendário hebraico. A mesma tradição refere ser esse o terceiro dia desde a morte. Assim, contando a partir do domingo, e sabendo que o costume judaico, tal como o romano, contava o primeiro e o último dia, chega-se à sexta-feira como dia da morte de Cristo.

Na sexta santa é o único dia que não se celebra a Missa e não há consagração das hóstias, apenas é celebrado a Solene Ação Litúrgica, Paixão e Adoração da Cruz onde inicia-se com a equipe de celebração entrando em silencio, e o padre se prostrando no altar em sinal de humildade e de tristeza.É realizada a narrativa da paixão, que narra os acontecimentos desde quando Jesus foi interrogado, a Oração Universal, que reza polos que não crêem e Deus e em Cristo, pelos Judeus, pelos poderes públicos, dentre outros, e a Adoração da Cruz.

Tempo de reflexão sem dúvida nenhuma… Uma boa páscoa a todos !

18
abr

Fiscalizando

Postado às 13:59 Hs

Começou  na madrugada desta quinta-feira (18) a Operação Semana Santa 2019 realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas estradas da Paraíba. A ação vai intensificar a fiscalização do trânsito, veículo e a velocidade nas rodovias.

A prioridade vai ser nas áreas onde ocorrem acidentes e crime com maior frequência. A operação termina no fim da noite do domingo (21). Segundo a PRF, o feriado prolongado faz com que o fluxo de veículos nas estradas aumentem, por causa das pessoas que aproveitam o período para viajar. Serão intensificados o uso de radares móveis de velocidade e“bafômetros”.

17
abr

Informes

Postado às 16:55 Hs

TRT-RN suspende atividades para a Semana Santa

O expediente no Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) e nas Varas do Trabalho será suspenso, a partir desta quarta-feira (17), em virtude do feriado regimental da Semana Santa.

Durante o período, haverá plantão judiciário para apreciação de casos de urgência no Tribunal e nas Varas de Natal e do interior. Na segunda-feira (22), o expediente na Justiça do Trabalho da 21ª Região será retomado.

A Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), informa, após o levantamento dos próximos dias – que poderão ocorrer mais chuvas no feriado da Semana Santa. “Haverá predominância de céu parcialmente nublado em todas as regiões, com chuvas mais concentradas a partir de amanhã (16)”, disse o gerente Gilmar Bristot.

Conforme a previsão, os maiores índices deverão ocorrer na região de Mossoró, Alto Oeste e Litoral Leste. “As instabilidades serão ocasionadas pela presença da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). No litoral Leste, as chuvas poderão ocorrer à qualquer hora do dia. No interior a ocorrência de chuva é mais comum no período da tarde e inicio da noite”, acrescentou Bristot.

FIM DE SEMANA

No acumulado do fim de semana, desde a manhã da sexta-feira até a manhã de hoje (15), as chuvas mais fortes foram registradas em Felipe Guerra, 75,0 milímetros (mm); Carnaubais, 42,7mm; Grossos, 33,9mm e Apodi, 32,5mm, entre outros municípios da mesorregião Oeste. Choveu mais forte na região Central em Bodó, 14,4mm e Cerro Corá 3,5mm. No Leste choveu mais forte em Baia Formosa, 32,3mm e Ceará-Mirim, 16,0mm.

14
abr

Por que “Domingo de Ramos” ?

Postado às 6:52 Hs

Domingo de Ramos é o dia em que celebramos a “entrada triunfal” de Jesus em Jerusalém, exatamente uma semana antes da sua ressurreição (Mateus 21:1-11). Cerca de 450-500 anos antes, o profeta Zacarias havia profetizado: “Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém: eis aí te vem o teu Rei, justo e salvador, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de jumenta” (Zacarias 9:9). Mateus 21:7-9 registra o cumprimento dessa profecia: “…trouxeram a jumenta e o jumentinho. Então, puseram em cima deles as suas vestes, e sobre elas Jesus montou. E a maior parte da multidão estendeu as suas vestes pelo caminho, e outros cortavam ramos de árvores, espalhando-os pela estrada. E as multidões, tanto as que o precediam como as que o seguiam, clamavam: Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas maiores alturas!” Este evento aconteceu no domingo antes da crucificação de Jesus.

Em memória deste evento é que nós celebramos o Domingo de Ramos. Este dia tem esse nome por causa dos ramos de palmeira que foram colocados na estrada enquanto Jesus montava no jumento em Jerusalém. Domingo de Ramos foi o cumprimento das “setenta semanas” do profeta Daniel: “Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar e para edificar Jerusalém, até ao Ungido, ao Príncipe, sete semanas e sessenta e duas semanas; as praças e as circunvalações se reedificarão, mas em tempos angustiosos”(Daniel 9:25). João 1:11 nos diz: “Ele Veio para o que era seu, e os seus não o receberam”. As mesmas multidões que gritaram “Hosana” agora estavam gritando “Crucifica-o” cinco dias depois (Mateus 27:22-23).

 

O sentido da festa do Domingo de Ramos tratar tanto da entrada triunfal de Cristo em Jerusálem, e depois recordar sua Paixão, é que essas duas datas estão intrinsecamente unidas. A Igreja recorda que o mesmo Cristo que foi aclamado como rei pela multidão no domingo, é crucificado sob o pedido da mesma multidão na sexta. Assim, o Domingo de Ramos é um resumo dos acontecimentos da Semana Santa e também sua solene abertura.

Em muitas igrejas, as folhas de palmeira são guardadas para serem queimadas na Quarta-feira de Cinzas do ano seguinte. A Igreja Católica considera que as folhas abençoadas como sagradas.

14
abr

Início da Páscoa

Postado às 0:11 Hs

Domingo de Ramos

O Domingo de Ramos abre solenemente a Semana Santa, com a da entrada de Jesus em Jerusalém. Jesus é recebido em Jerusalém como um rei, mas os mesmos que o receberam com festa o condenaram à morte. Jesus é recebido com ramos de palmeiras. O Domingo de Ramos é a festa litúrgica que celebra a entrada de Jesus Cristo na cidade de Jerusalém. É também a abertura da Semana Santa. Nesse dia, são comuns procissões em que os fiéis levam consigo ramos de oliveira ou palmeira, o que originou o nome da celebração. Segundo os Evangelhos, Jesus foi para Jerusalém para celebrar a Páscoa Judaica com os(discípulos). Entrou na cidade como um Rei, mas sentado num jumentinho – o simbolo da humildade – e foi aclamado pela população como o Messias, o Rei de Israel. A multidão o aclamava: “Hosana ao Filho de Davi!” Isto aconteceu alguns dias antes da sua Paixão, Morte e Ressurreição. A Páscoa Cristã celebra então a Ressurreição de Jesus Cristo.

História A procissão do Domingo de Ramos surgiu depois que um grupo de cristãos da Etéria fez uma peregrinação a Jerusalém e, ao retornar, procedeu na sua região da mesma forma que havia feito nos lugares santos, lembrando os momentos da Semana Santa. O costume passou a ser utilizado gradualmente por outras igrejas e, ao final da Idade Média, foi incorporado aos ritos da Semana Santa…. O Rito A celebração do Domingo de Ramos começa em uma capela ou igreja afastada de onde será rezada a Missa. Os ramos que os fiéis levam consigo são abençoados pelo sacerdote.

A Semana Santa é uma tradição religiosa do Cristianismo que celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo. A Semana Santa se inicia na quarta feira de Jesus Cristo em Jerusalém, que ocorre do domingo de ramos, e tem seu término com a ressurreição de Jesus Cristo, que ocorre no domingo de Páscoa.

http://2.bp.blogspot.com/_nNiqDAwxt3E/S7e_LcCnlLI/AAAAAAAAAVY/EAuPC9SMPzo/s400/semana-santa3.jpg

30
mar

Significado

Postado às 12:03 Hs

Sexta-feira – Também chamada de Sexta-feira da Paixão. Relembra, o dia em que Nosso Senhor Jesus Cristo é crucificado (após sua prisão, Jesus é julgado e açoitado; recebe a coroa de espinhos na cabeça; é levado á presença de Pilatos, e depois de condenado carrega com a sua própria cruz, até ao monte Calvário; ao meio-dia é crucificado entre dois ladrões e por volta das três da tarde, Jesus morreu… o Seu corpo foi depois retirado da cruz, e colocado num sepulcro cavado na rocha, pertencente a José de Arimatéia).

Sexta-feira Santa, é o primeiro verdadeiro dia do Tríduo Pascal, que abraça e celebra os mistérios da morte (sexta-feira), do sepultamento (sábado) e da ressurreição (noite de sábado e domingo durante todo o dia) do Senhor. É celebrada a solene ação litúrgica, da Paixão do Senhor, e acontece a Adoração da Cruz. Os celebrantes usam vermelho, a cor dos mártires. Em alguns locais realiza-se a Procissão do Senhor Morto. Neste dia, é praticado o jejum, e a abstinência da carne em sinal de penitência e respeito pela morte de Jesus Cristo. É recitada a Via Sacra no seu ponto mais alto

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou na madrugada de hoje (29) a Operação Semana Santa, que vai reforçar o policiamento ostensivo e preventivo em todo o Brasil até domingo (1º). A ação conta com todo o efetivo da corporação e vai dar prioridade aos locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. Serão utilizados 250 radares, 1.824 etilômetros (bafômetros), 484 motocicletas e 1.398 viaturas.

Para garantir proteção aos passageiros, a equipe de agentes vai moderar o tráfego de veículos de carga nas rodovias, em horários de circulação mais intensa, e aumentar o monitoramento, observando se motoristas estão alcoolizados ou se utilizam o cinto de segurança.

Para que os condutores se percebam como responsáveis em caso de acidentes e estejam conscientes de ações capazes de reduzi-los, a polícia rodoviária também vai implementar  ações de educação no trânsito. O foco será nos comportamentos de risco, como excesso de velocidade, dirigir alcoolizado, ultrapassagens indevidas, falta do uso de cinto de segurança e do uso das cadeirinhas adequadas para o transporte de crianças.

Na Semana Santa do ano passado, a PRF registrou 1.091 acidentes, 82 mortos e 1.107 feridos em rodovias federais. A operação também contabilizou 47,7 mil infrações de trânsito, 60 mil flagrantes de excesso de velocidade. Na ocasião, 5,8 mil motoristas foram autuados por ultrapassar em locais proibidos e orientações foram repassadas para 42,2 pessoas.

29
mar

Mais chuvas

Postado às 18:20 Hs

As fortes chuvas que caíram em todo estado nesta quarta-feira (28) se manterão durante todo feriado de Semana Santa. Segundo a previsão do tempo da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado (Emparn) entre a sexta-feira (30) e sábado (31) será de chuvas fortes na capital e algumas regiões do interior.

Sexta-feira e sábado, a precipitação se mantém, mas em menor intensidade. Por dia, a água acumulada deve chegar a 15mm e 10mm, respectivamente. Já no domingo, volta a chover com mais intensidade e a água acumulada chega a 35mm.

Nas demais áreas do Rio Grande do Norte, a previsão é de sol com nebulosidade e pancadas de chuva a qualquer instante em todo interior potiguar.

Nos quatro dias da Operação Semana Santa, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 1.091 acidentes nas rodovias federais do país, com uma redução de 16% em relação a 2016, quando 1.304 acidentes foram anotados. O órgão divulgou hoje (17) os números preliminares da operação, que realizada entre quinta-feira (13) e domingo (16).

Segundo a PRF, 82 pessoas morreram e 1.107 ficaram feridas. O resultado representa uma redução de 1% no número de mortos e no 13% de feridos; na Operação Semana Santa de 2016, houve 83 mortos e 1.267 feridos. “Apesar da redução no número de ocorrências, mais de 40% das mortes ocorreram no último dia da operação, justamente no momento de retorno das famílias aos seus lares”, informou a Polícia Rodoviária Federal, em nota.

Durante o prolongado fim de semana, policiais reforçaram a fiscalização nos trechos com mais índice de acidentes e, mesmo com o esforço, eles contabilizaram 60 mil flagrantes de excesso de velocidade. Outros 5,8 mil motoristas foram autuados por ultrapassar em locais proibidos. No total, houve 47,7 mil infrações de trânsito.

“O reforço no efetivo ocorreu em todo o Brasil e também focou na educação para o trânsito. As ações educativas, com o objetivo de sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro, alcançaram 42,2 mil pessoas”, informou.

Fonte: Agência Brasil

15
abr

Charge: Aleluia Brasil !

Postado às 17:22 Hs

12
abr

Funcionamento

Postado às 22:26 Hs

A Semana Santa terá horários diferenciados de funcionamento dos bancos de  Mossoró.

 

De acordo com o sindicatos dos Bancários de Mossoró e Região não haverá atendimento nas agências bancárias no feriado nacional de Sexta-Feira da Paixão, dia 14. A população poderá utilizar os canais alternativos de atendimento para realizar operações bancárias, como caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking, banco por telefone e correspondentes.

As contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo) e carnês com vencimento marcado para as datas comemorativas poderão ser pagos nos próximos dias úteis aos feriados da Sexta-Feira da Paixão. Os tributos, normalmente, já estão com data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

A Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), com base em imagens do satélite meteorológico, mantém para os próximos dias a previsão de boas chuvas em várias regiões do Estado. Há uma probabilidade de pancadas de chuvas mais fortes no próximo sábado (15), segundo o meteorologista Gilmar Bristot. As condições continuam favoráveis à ocorrência de chuvas durante a Semana Santa, com pancadas à noite e nas madrugadas, como já vem ocorrendo nos últimos dias, por conta da instabilidade elevada e de outros fatores, como a presença da Zona de Convergência Intertropical. A partir do domingo, 16 de abril, a previsão é que a intensidade diminua.

A comemoração da ressurreição de Cristo na fé Católica começou no último domingo (20) e segue até a Páscoa (27). A tradicional encenação da Paixão de Cristo é o ponto alto da festa e, em alguns destinos, reúne dezenas de milhares de visitantes. Apenas no santuário de Aparecida, interior de São Paulo, o público esperado é de quase 155 mil pessoas entre sexta-feira (25) e domingo (27). Já na cidade teatro de Nova Jerusalém, localizada no município do Brejo da Madre de Deus (PE), o público esperado é de 65 mil pessoas durante os oito dias de apresentações.

O turismo religioso faz parte de um segmento considerado estratégico pelo Ministério do Turismo para o desenvolvimento do setor no Brasil: o turismo cultural. “A cultura é um dos pilares para o desenvolvimento do turismo e o Brasil tem grande potencial de transformar as festas religiosas e populares em um produto turístico sustentável. Prova disso é que, de acordo com um estudo do Fórum Econômico Mundial, ocupamos a oitava posição em atrativos culturais”, diz o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves.

Carnaúba dos Dantas (RN)

O pequeno município na divisa entre o Rio Grande do Norte e a Paraíba realiza, em 2016, a 42ª encenação consecutiva da Paixão de Cristo na Praça de Nossa Senhora das Vitórias. O local atrai, anualmente, milhares de romeiros ao Monte do Galo, onde segundo a tradição, os primeiros colonizadores da região escutaram o cantar de um galo anunciando algo misterioso quando não havia nenhum outro habitante nas proximidades. O espetáculo da Paixão de Cristo terá duas apresentações – a primeira nesta quinta-feira (24), às 21h, e a segunda, sexta-feira (25), às 18h.

maio 22
quarta-feira
02 08
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
17 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5780969 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram