09
maio

Informativo

Postado às 14:31 Hs

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), vai apresentar, amanhã (10), durante reunião pública, em Caicó, o resultados dos estudos contratados pelo Governo do Estado para diagnosticar e avaliar as condições da Barragem de Passagem das Traíras, localizada no município de São José do Seridó. O evento será promovido pelo Comitê da Bacia Hidrográfica dos rios Piancó-Piranhas-Açu – CBH PPA e vai acontecer a partir das 9h, no auditório do Centro Pastoral Dom Wagner, localizado no Largo Dom Manoel Tavares, nº 19, Bairro Paraíba, em Caicó/RN.

A governadora eleita Fátima Bezerra anunciou nesta quarta-feira (26) o nome do engenheiro civil João Maria Cavalcanti para a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh). Ela destacou o papel estratégico da Semarh nas políticas voltadas aos recursos hídricos e à convivência com o semiárido e as ações que visam amenizar os efeitos da seca e da estiagem no estado.

“João Maria é seridoense, de Jardim de Piranhas, e conhece de perto os efeitos implacáveis da seca para nossa população. Além disso, é um profissional com experiência e não tenho dúvida de que sua expertise e qualificação profissional ajudarão o Rio Grande do Norte no caminho da redenção hídrica. A Semarh também é a pasta que trata junto ao Governo Federal do projeto de Integração das Águas do Rio São Francisco, portanto, uma prioridade para nosso Governo”, destacou a governadora eleita.

João Maria afirmou que o sentimento é de “gratidão e muita honra”pelo convite recebido. “Uma Secretaria importante para o RN. A Semarh representa o coração do povo do interior. Vou dar o melhor de mim com responsabilidade, compromisso e honradez”.

Perfil

João Maria Cavalcanti é engenheiro civil com 30 anos de atuação profissional. Ele também é graduado em Gestão Pública e pós-graduado em Gestão Pública e Gerência de Cidades. Ex-superintendente do Ibama e da CBTU, foi o responsável pelo projeto de modernização de Trens Urbanos da Região Metropolitana de Natal e aquisição de 12 VLTs. Tem expertise em Planejamento e Gestão Estratégica, Recursos Humanos e Ciência e Tecnologia pela Fundação Getúlio Vargas; Gestão Estratégica pelo ITC; Responsabilidade Social e Sustentabilidade, Controle de Contas Públicas e Cidadania pela Fundação Demócrito Rocha; e Gestão de Projetos, Responsabilidade Social, Gestão de Processos, Liderança e Gestão de Pessoas pela USP.

13
out

Reparos

Postado às 11:30 Hs

Agência Nacional de Águas aponta falhas estruturais em dois reservatórios do RN

O Relatório de Segurança de Barragens 2016 da Agência Nacional de águas (ANA), diagnosticou problemas estruturais em pelo menos 25 barragens no Brasil. Desse total, duas estão localizadas no interior do Rio Grande do Norte: Passagem de Traíras, em Jardim do Seridó e a Marechal Dutra (Gargalheiras), em Acari. Os órgãos responsáveis pela gerência e manutenção da estrutura dos locais, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) e Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), respectivamente, informaram que os reparos aguardam estudos e verbas federais.

De acordo com o relatório da ANA, o Marechal Dutra (Gargalheiras)/RN, gerenciado pelo Dnocs, apresenta trincas na galeria e na face de montante e de jusante que percorrem todo maciço da barragem. O coordenador estadual do Dnocs no Rio Grande do Norte, José Eduardo Alves Wanderley, o Gargalheiras está inserido no Programa de Recuperação de Barragens, que seria feito com verbas via Programa de Aceleração e Crescimento (PAC), do Governo Federal, mas os recursos, na ordem de R$ 1,5 milhões, foram contingenciados em julho deste ano. O Dnocs aguarda a liberação da verba para iniciar as obras de reparo.

22
mar

Em destaque

Postado às 23:08 Hs

Seminário discute impactos da seca no RN e ações de enfrentamento. Aumento do consumo de produtos químicos para tratamento da água, aumento no número de ligações clandestinas em busca de abastecimento de água e, consequentemente, aumento de vazamentos na rede pelas intervenções irregulares, são apenas algumas consequências negativas resultantes da crise hídrica que o Estado vem enfrentando nos últimos anos. Estes e outros problemas, “A Seca no RN: seus impactos e as ações de adaptação”, estão sendo discutidos no Seminário Técnico que começou nesta quarta (22), quando se comemora o Dia Mundial da Água. O evento integra a Semana da Água no RN, que tem a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) como uma das parceiras, e é realizado até esta quinta (23), na Escola de Governo, com a presença de especialistas na área ambiental e hídrica, tendo ainda como parceiros o Igarn e Semarh.
21
fev

Mudanças

Postado às 11:47 Hs

Governo nomeia novo secretário dos Recursos Hídricos

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) tem um novo titular. No Diário Oficial desta terça-feira (21), foi publicado o nome de Ivan Lopes Júnior para exercer o cargo na Semarh.

Ivan Júnior é farmacêutico bioquímico, formado pela Universidade Potiguar e possui especialização em saúde pública pela mesma instituição de ensino. Na política, Ivan Júnior foi prefeito por duas vezes do município de Assú (2009/2016) e presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn) em 2016. Além disso, ele também foi presidente dos Consórcios de Gestores e Resíduos do Vale do Açu.  Mairton França, que estava exercendo a função de titular da pasta, passa a ser secretário-adjunto da Semarh.

27
nov

Normalizado

Postado às 20:54 Hs

Governo normaliza abastecimento de Caicó, Jardim de Piranhas e São Fernando

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) retomou no fim da tarde deste domingo (27) o abastecimento de água para as cidades de Caicó, Jardim de Piranhas e São Fernando. As cidades saíram da lista de colapso graças ao trabalho integrado e incansável do Governo do Estado. Como resultado das ações, hoje a água chegou na captação em Jardim de Piranhas.

Diversas ações foram realizadas pela Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (Igarn) Caern e pela Defesa Civil. Dentre os trabalhos está a intensificação da fiscalização do uso irregular da água, a gestão hídrica junto a Agência Nacional de Águas (ANA), bem como, o trabalho de abastecimento alternativo da população por meio de carros pipas. “A ação rápida do nosso governo, que não mediu esforços e estabeleceu uma força-tarefa em várias frentes sob o nosso comando, tornou possível a volta d’água”, afirmou o governador Robinson Faria.

Mesmo diante da retomada do abastecimento, a Caern esclarece que a população deve usar a água de forma racional. “O uso racional da água deve ser uma atitude permanente, mas no cenário de escassez de água como o que vivemos, este gesto torna-se essencial”, explica o diretor presidente da companhia, Marcelo Toscano. É válido ressaltar que, mesmo com a retomada da captação no rio Piranhas/Açu, o plano alternativo de abastecimento da região está montado para alguma eventual necessidade. “A população pode ter a certeza de que não mediremos esforços para manter o abastecimento do Estado”, conclui Marcelo Toscano.

Com o objetivo de avaliar a situação pós-incêndio, identificar a extensão dos danos causados e iniciar o planejamento das ações de recuperação da área atingida, da Mata do Pilão, inserida na reserva ambiental da Área de Proteção Ambiental Estadual (APA) Piquiri-Una, na manhã desta quarta-feira (12), o secretário de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Mairton França, foi até a referida área, no município de Espírito Santo – acompanhado de sua equipe e da Defesa Civil – para fazer uma análise total do ocorrido. “Não saberemos a extensão dos danos que o incêndio causou à região ainda hoje, porque é necessário um estudo preciso e técnico da área. Mas já se sabe que é menor do que estavam nos questionando. Uma vez que o incêndio ocorreu em uma área de mata do município de Espírito Santo, que não conta nem com 400 hectares, não há a mínima possibilidade de afetar esses mil hectares especulados”, disse Mairton França Com relação ao abastecimento das nascentes, apesar da Defesa Civil ter detectado pontos que podem ter sido impactados com o ocorrido – o que só será comprovado após a avaliação do Idema – preliminarmente já está comprovado que não há riscos de suspensão de abastecimento de água nessa região. “Nenhuma das quatro nascentes próximas à região do incêndio foi prejudicada devido ao trabalho das Brigadas sobre as mesmas”, afirmou o secretário.
28
set

Informes

Postado às 15:40 Hs

Dos dez municípios previstos para serem abastecidos diretamente pelo subsistema da adutora do Alto Oeste, que faz captação na Barragem de Santa Cruz, oito já recebem água do sistema. Além deles, indiretamente, as cidades de Martins, Serrinha dos Pintos, Viçosa e Portalegre também estão sendo parcialmente abastecidas, devido a interligações de adutoras que possibilitaram este abastecimento, além de duas comunidades rurais localizadas na Zona Rural de Severiano Melo. A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), responsável pela execução da obra, e o Ministério da Integração (MI), responsável financeiro, liberaram a Companhia de Abastecimento de Águas e Esgotos do RN (Caern) para começar a operar o sistema, antes da sua conclusão total, no intuito de normalizar o abastecimento de água nos municípios que se encontravam em colapso. Esta não é uma liberação oficial e definitiva. Por enquanto, a Caern só está operando integralmente a ETA da Barragem de Santa Cruz e o “Booster” (reforço de pressão) de Rodolfo Fernandes. Dessa forma, a Estação Elevatória de Riacho da Cruz está ainda sob responsabilidade da EIT, empresa responsável pela obra.
Foi aprovada pelo plenário da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (21), a mensagem governamental nº 027/2015 que estabelece uma política de dessalinização das águas do mar e das águas sob o domínio do Estado do Rio Grande do Norte. “É uma oportunidade de virar o jogo contra a seca. Temos um histórico de escassez de água potável, mas que pode ser revertido através de planejamento e estudo”, enfatiza Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa e do Comitê de Ações de Combate à Seca, observando que o uso desse tipo de tecnologia no Estado vai servir de mais uma forma de combater a seca no semiárido potiguar. Em sua justificativa, o Poder Executivo pontua que a escassez de água, que assinala o semiárido do Nordeste, está a exigir a criação de processos alternativos, que propiciem a obtenção de água potável em quantidade suficiente para suprir as necessidades da microirrigação e dos consumos humano e animal. O Projeto de Lei, conforme formulado pelo Governo e aprovado pela Assembleia, preconiza a adoção, pelo Estado do Rio Grande do Norte, do processo de dessalinização que mais se ajuste às condições sociais, econômicas e ambientais predominantes no seu território e lembra, aos seus técnicos, que a escolha deverá recair sobre um dos métodos mundialmente aceitos.
14
jun

Investimento

Postado às 6:05 Hs

Água para Todos: investimento de R$ 27 milhões beneficiará 50 municípios do RN

 

 

O Governador Robinson Faria assinou na manhã desta segunda-feira (13) as ordens de serviço para o início imediato das obras do Programa Água para Todos. Com o convênio firmado entre o Governo do Estado e Ministério da Integração, serão destinados R$ 23 milhões para a implantação de 145 sistemas simplificados de abastecimentos de água em comunidades e aglomerados rurais e mais R$ 3,8 milhões para a construção de 57 barreiros.O programa vai beneficiar em torno de 17 mil pessoas em 50 municípios do estado, onde serão perfurados poços, construídos chafarizes e pequenas redes de distribuição de água, além de barreiros que fornecerá água para o rebanho dos agricultores.

Robinson Faria afirmou que o programa dará melhor condições de vida ao homem do campo. “Estamos trabalhando para diminuir as dificuldades relacionadas ao abastecimento e distribuição de água em todo o Rio Grande do Norte. O Programa Água para Todos vai disponibilizar água potável e de qualidade para consumo humano e ajudar no desenvolvimento da pequena pecuária. Estamos oferecendo uma estrutura para que os agricultores permaneçam na cidade e desenvolvam o local onde vivem mesmo nesse período difícil de falta de água”, destacou o chefe do executivo estadual.

O governador ainda aproveitou a ocasião e pediu a colaboração dos prefeitos para somar esforços e fortalecer parcerias na gestão estadual. A escolha dos beneficiados contou com participação social, onde o comitê Executivo Estadual selecionou as cidades que receberão as tecnologias e coube à Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), como coordenadora do comitê, articular com os municípios a participação dos representantes da Sociedade Civil. O secretário da Semarh, Mairton França, destacou que as obras foram antecipadas por dois meses devido aos diagnósticos dos municípios realizados pela própria equipe da secretaria. “Nosso objetivo é fazer obras que atendam às urgências hídricas, mas também que sejam estruturantes e sirvam para as próximas gerações. Nossa expectativa é que sejam concluídas até dezembro do próximo ano”, disse o titular da pasta.

Fonte : Assessoria

17
mar

No interior

Postado às 11:57 Hs

Governo assegura conclusão de sistema adutor do Alto Oeste.

O governador Robinson Faria participou na manhã de hoje (16), no gabinete da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), de uma reunião com representantes de órgãos e empresas para definir os últimos passos para a conclusão do sistema adutor do Alto Oeste.

Durante o encontro, que foi convocado pelo chefe do poder Executivo do Rio Grande do Norte, ficou acertado que a obra hídrica será entregue por completo no mês de junho deste ano, com capacidade para atender 26 municípios potiguares através de um investimento superior a R$ 140 milhões. “Vamos fazer uma força-tarefa para terminar esses trabalhos o quanto antes, porque o povo daquela região precisa dessa água, que é um bem vital de suma importância”, ressaltou Robinson Faria.

Os órgãos também confirmaram a inauguração de mais um trecho do sistema adutor ainda este mês, beneficiando mais três municípios. Atualmente em funcionamento até a cidade de Itaú, o subsistema Santa Cruz, um dos braços do sistema adutor do Alto Oeste, passará a servir as cidades de Riacho da Cruz, Umarizal e Olho D’Água dos Borges a partir de meados da próxima semana. A extensão do serviço, operado pela Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), será possibilitada com a conclusão da estação elevatória instalada em Riacho da Cruz.

A reunião dirimiu as pendências restantes da obra, sob a responsabilidade da EIT Engenharia, principalmente com relação às estações elevatórias e suas ligações com o sistema de energia elétrica operado pela Cosern, necessárias para a automação do sistema de abastecimento hídrico. Também participaram o titular da Semarh, Mairton França, o diretor-presidente da Caern, Marcelo Toscano, e membros das equipes técnicas dos órgãos.

Ao governador Robinson Faria, o representante da EIT Engenharia garantiu a conclusão das obras físicas do sistema adutor até o fim da próxima semana. O próximo passo, após as ligações elétricas, é iniciar os testes de abastecimento, com o bombeamento de água nas tubulações. A avaliação deve durar cerca de 60 dias.

O diretor da Cosern, Luiz Antonio Ciarlini, informou a Robinson Faria que a empresa fez testes na rede do sistema adutor até a terça-feira (15) e que os resultados serão apurados até o fim desta semana, identificando os problemas e suas eventuais resoluções. Luiz Antônio assegurou celeridade na ligação das estações elevatórias restantes.

Fonte: Assessoria

03
mar

Mais recursos…

Postado às 18:05 Hs

RN consegue R$ 44 milhões para construção de adutora de engate rápido em Caicó. O município de Caicó receberá uma obra de grande importância para o combate à crise hídrica que atinge aquela cidade com a viabilização da adutora de engate rápido. A iniciativa significa uma resposta à população, uma vez que a falta de abastecimento naquela região seria o quadro mais crítico que o Estado poderia enfrentar. “Optamos pela adutora em Caicó por entendermos que, hoje, essa é a forma que temos de chegar com uma solução emergencial para o maior número de pessoas”, explicou o governador, esclarecendo que os trabalhos em função dos outros municípios continuarão de forma a evitar o estado de colapso. A obra será viabilizada a partir de um repasse, no valor de R$ 44 milhões, garantido pelo governador Robinson Faria após reunir-se com a presidente Dilma Rousseff, na semana passada, e será feito pelo Ministério da Integração ao governo do Estado do Rio Grande do Norte, como previsto no Plano Emergencial de Segurança Hídrica
Em atendimento ao pleito do prefeito Francisco José Jr. junto ao governador do Estado, Robinson Faria, o titular da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), Mairton França, entregou ao chefe do Executivo Municipal o projeto de limpeza do Rio Mossoró. A reunião foi realizada, na tarde desta sexta-feira, 19, no gabinete do prefeito. O chefe do Executivo Municipal explicou que, na próxima semana será aberto o processo de licitação para contratar o serviço de limpeza que atuará no leito principal do rio. “Agradeço ao governador Robinson Faria pela agilidade em atender esse importante pleito de Mossoró. Por meio dessa iniciativa, vamos efetuar a limpeza do rio, que é um precioso patrimônio proporcionado pela natureza à cidade”, declarou. De acordo com Mairton, a abertura da licitação deve acontecer já na próxima segunda-feira, 22. O secretário estadual assinalou que, após estudos, ficou definida a aplicação de um método mais eficiente para realizar a limpeza do rio, hoje com baixo nível de água.
15
out

Mais trabalho…mais ações

Postado às 11:16 Hs

Comunidades rurais recebem investimentos estruturantes

A Prefeitura Municipal de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Agricultura e dos Recursos Hídricos (SEMARH), em parceria com o Governo do Estado, percorre localidades rurais realizando limpeza e aumento na vazão de poços d´agua, além da recuperação de moinhos.

Em 15 dias de atividades,as localidades rurais de Barrinha dos Néo, Hipólito, Espinheirinho, Quixabá e Paulo Freire já receberam os investimentos estruturais. Mais de 10 poços passaram por higienização e aumento na vazão, beneficiando diretamente centenas de famílias. A recuperação de moinhos será uma segunda etapa do calendário de atividades e a previsão é que seja iniciada no fim deste mês.

A série de investimentos tem como objetivo assegurar o abastecimento de qualidade e em quantidade satisfatória para os moradores e empreendedores rurais. “São ações de manutenção preventiva e corretiva que ampliam os investimentos no campo e melhoram a qualidade de vida dos moradores rurais”, ressaltou o secretário da SEMARH, Rondinelli Carlos.

Encerrada na manhã deste sábado, 3, a grande feira agroecológica realizada a partir de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Mossoró, por meio da Secretaria de Agricultura e Recurso Hídrico (SEMARH), e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/RN), foi considerada um sucesso. Depois do primeiro dia bastante disputado pelo público na Praça Pastor Manoel Nunes da Paz, em frente ao Museu Lauro da Escóssia, o final também foi comemorado pelos produtores e organizadores do evento. “Vejo o evento como bastante positivo, porque nesses dois dias os produtores que desenvolvem a agricultura familiar na zona rural de Mossoró tiveram a oportunidade de mostrar e vender seus produtos para um público maior. Podemos ver aqui que quase tudo foi comercializado”, comemorou o secretário Rondinelli Carlos, titular da SEMARH. Seu Antônio, produtor da agricultura familiar e mais conhecido como Golinha
20
set

Alternativa

Postado às 23:46 Hs

Com o objetivo de garantir a segurança alimentar e nutricional e o respeito ao meio ambiente, os agricultores familiares seguem investindo na Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS). Além da questão social, a produção também é uma alternativa de renda para centenas de família do campo. Nessa semana, a equipe da Secretaria Municipal de Agricultura e dos Recursos Hídricos (SEMARH) percorreu algumas comunidades rurais visitando a PAIS e verificou a expansão das culturas e a transformação da paisagem rural em verdadeiras ilhas agroecológicas. O projeto é realizado em parceria da Semarh com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/RN) que, através de orientações técnicas de plantio e empreendedorismo, fortalecem os agricultores familiares.
29
abr

Saúde animal

Postado às 5:54 Hs

A Prefeitura Municipal de Mossoró, através da Secretaria Municipal da Agricultura e dos Recursos Hídricos (SEMARH), lançará na próxima quinta-feira, 30, às 9h, no Centro de Comercialização de Animais Armando Buá, a primeira etapa da Campanha Contra a Aftosa. A equipe começará o trabalho em campo a partir do dia 4 de maio. O Poder Municipal, sempre atento às questões do campo e com o objetivo de fortalecer os criadores, irá disponibilizar gratuitamente a vacina e a aplicação nos rebanhos com até 25 cabeças de bovinos e/ou bubalinos. Acima dessa quantidade, a compra e a aplicação é de total responsabilidade do criador. A meta é vacinar até 10 mil animais nessa primeira fase da campanha. O Município investiu cerca de 90 mil reais com a aquisição de doses da vacina
A agricultura familiar vem representando uma fatia expressiva na geração de renda e alternativa de produção a dezenas de agricultores da zona rural de Mossoró. O cultivo de leguminosas, frutas e a criação de aves são formas encontradas pelos empreendedores para enfrentar a escassez de chuvas e a consequente estiagem. Caracterizada como uma atividade agropecuária desenvolvida em pequenas propriedades, que predomina a interação entre gestão e trabalho, utilizando de muitas formas membros da própria família como mão de obra, as ações do Município visam fortalecer e integrá-las à cadeia do agronegócio, valorizando e agregando valor ao produto e à propriedade. “A agricultura familiar demonstra ser um investimento necessário na melhoria da qualidade de vida dos moradores rurais, é uma garantia de alternativa para períodos de pouca chuva e uma forma de incremento na renda rural. Investimentos próprios e parcerias fortalecem o setor na nossa economia”, explica o secretário municipal de Agricultura e dos Recursos Hídricos, Rondinelli Carlos.
maio 26
domingo
02 46
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
20 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5781476 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram