O Reitor da Ufersa, o professor José de Arimatea de Matos, e o Governador do RN, Robinson Faria, assinaram na manhã desta quinta, dia 21, no Hotel Villa Oeste, a ordem de serviço para a execução do Programa de “Regularização Fundiária Urbana das Unidades Habitacionais dos Diversos Municípios que compõem o Estado do Rio Grande do Norte”. Acompanharam o ato, a Prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (que também assinou projetos na área de habitação com o Estado), e a Deputada Estadual, Larissa Rosado. O Programa, também chamado de REURB, será desenvolvido em 3 etapas com a primeira já iniciando nos próximos dias com a liberação da primeira parte dos recursos. O projeto foi elaborado e será executado por uma equipe profissional formada por professores, técnicos e estudantes da Ufersa, em parceria com a Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano. Atualmente, a Ufersa é referência nacional em regularização fundiária urbana de interesse social, sendo pioneira na execução de atividades nos moldes do novo marco regulatório de regularização fundiária. O convênio assinado visa desenvolver pesquisa na área de planejamento urbano das áreas que serão contempladas com o processo de regularização fundiária urbana em todo o estado do RN.

O Auditório da Reitoria da Ufersa foi o palco para a Reunião Presencial das Empresas Juniores do Rio Grande do Norte realizado no último sábado. O evento, que foi mais uma ação da Federação das Empresas Juniores do Estado do Rio Grande do Norte, a RN Junior, contou com a participação de 28 Empresas Associadas e 200 alunos de todo o Estado.

A Reunião Presencial teve como objetivo fortalecer a Rede Movimento Empresa Júnior por meio do fomento ao empreendedorismo, além de conectar agentes do ecossistema empreendedor e desenvolver lideranças através do senso de responsabilização.

“Discutindo sobre as habilidades, resultados e dificuldades encontrados nesse ecossistema, os empresários juniores saíram mais capazes de realizar melhores projetos. Dessa forma, o impacto na sociedade será cada vez maior através do desenvolvimento dessas lideranças e dos benefícios que eles irão gerar por meio dos projetos de consultoria, tecnologias e engenharias. Desenvolvendo esses serviços, os jovens empreendedores podem contribuir com um Brasil cada vez mais empreendedor”, explicou Isadora Benevides, integrante da Ecoando, a Empresa Junior de Ecologia da Ufersa.

O evento contou com a participação do Pró-Reitor Adjunto de Extensão, o professor Almir Mariano Souza.  Na ocasião, foram apresentadas as Empresas Juniores de Agronomia (AgroArid) e a de Engenharia Elétrica do Campus Caraúbas (Trifase). Agora as EJs estão oficialmente fundadas com CNPJ já criados.

Dentro dos polos de pesquisa, inovação e desenvolvimento, as empresas juniores existem há mais de 50 anos, nos maiores centros universitários do Brasil e do mundo. Munido de amplo acervo bibliográfico, infraestrutura e orientação de professores que são referência em suas áreas, as empresas juniores buscam impactar empresas e pessoas por meio de produtos e projetos oferecidos ao mercado, seguindo as novas e maiores tendências, com respaldo da academia.

Fonte: Assessoria

09
jun

Prêmio Jovem Cientista

Postado às 17:31 Hs

Abertas as inscrições para o Prêmio Jovem Cientista, egresso da Ufersa é destaque na campanha desse ano.

Já começaram as inscrições para a 29ª edição do Prêmio Jovem Cientista. A iniciativa é uma ação do CNPq, da Fundação Roberto Marinho, da Fundação Grupo Boticário e do Banco do Brasil. Podem participar da premiação os estudantes de todo o país que tenham projetos inovadores com o tema “Inovações para Conservação da Natureza e Transformação Social”.

O egresso de Agronomia da Ufersa, José Leôncio de Almeida Silva, já ganhou o Prêmio em 2013 com o projeto sobre misturas de Águas Salinas como alternativa para irrigação e produção de forragem para o Semiárido Nordestino. Segundo o jovem, a pesquisa mostrou ótimo resultado com a economia de água de boa qualidade e revelou que a água Salina quando usada para irrigação, os teores de proteína bruta não se alteram, um excelente resultado para nutrição animal.

Leôncio usou os dados iniciais da pesquisa para trabalhar atualmente no seu doutorado pela Universidade Federal de Viçosa. Em 2018, ele foi chamado para participar da campanha de divulgação do prêmio representando a Ufersa e também a UFV.

A chamada da campanha produzida pela Ufersa foi usada pela organização do Prêmio para chamar e inspirar jovens de outras universidades a fazer o mesmo. O portal do CNPq afirma que os projetos do Prêmio Jovem Cientista são inovações frutos do compromisso de brasileiros e brasileiras que fazem Ciência e que buscam esforços para criar soluções para os problemas do país.

Na semana em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Ufersa foi reconhecida como uma instituição parceira da natureza com a entrega do 100º Selo Solar conferido pelo Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina, o Instituto Ideal. A comenda foi entregue ao Reitor, o professor José de Arimatea de Matos, durante o 9º Seminário Energia + Limpa, que aconteceu nos dias 04 e 05 de junho em Florianópolis (SC). A Ufersa foi agraciada com o Selo Solar devido a instalação e o funcionamento da Usina Fotovoltaica inaugurada em janeiro de 2016, no Campus Sede, em Mossoró. A Usina foi adquirida com recursos do Projeto Desafio da Sustentabilidade, do MEC em 2014, no qual as pessoas participavam apresentando ou curtindo ideias sobre economia de água e energia elétrica.

A Empresa Júnior de Ciências Contábeis da Ufersa, a Contabilize Jr, realiza na próxima quarta, dia 06, o I Workshop Empreendedorismo e Contabilidade da Universidade. O evento será no Auditório da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação a partir das 19h.

Entre os participantes estão confirmadas as presenças do Gerente Acadêmico da UnP Mossoró, Brenny Dantas de Senna, que vai falar sobre o “Impacto do Empreendedorismo na Vida Profissional”, e também a presença do empresário e publicitário, Carlos Gregório, que vai falar sobre o  tema “Empreender para Vencer”. Representando a Ufersa e o curso de Ciências Contábeis, estará o professor Erivando Júnior que vai falar como um mototaxista chegou a ser professor universitário.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, a CAPES, divulgou nesta terça os resultados da primeira e segunda etapas dos editais do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência, o Pibid, e do Programa de Residência Pedagógica. Foram aprovadas 285 propostas para o Pibid e 245 propostas para a Residência Pedagógica. A Ufersa participou dos editais e conseguiu a aprovação de 181 bolsas Pibid, das 264 solicitadas, e também a aprovação de 120 bolsas de Residência Pedagógica. No Rio Grande do Norte, ao todo, foram 1.335 bolsas aprovadas pelo Pibid para a Ufersa, UERN, UFRN e IFRN. Segundo a Pró-Reitoria de Graduação, o resultado obtido com a aprovação das bolsas foi bem significativo para a Ufersa. Atualmente a Universidade possui aproximadamente 1.200 alunos vinculados aos 10 cursos de Licenciaturas (presenciais e EAD) oferecidos nos 4 campi. Com a divulgação dos editais, cerca de 25% desses estudantes serão contemplados com bolsas Pibid e Residência Pedagógica na Ufersa.

O projeto Observatório da Violência do RN, liderado por membros da comunidade acadêmica da Ufersa, assinou com o Ministério Público do Rio Grande do Norte – MPRN um Termo de Cooperação com o objetivo de centralizar informações sobre os crimes violentos letais intencionais no Estado.

O documento foi assinado pelo procurador-geral de Justiça, Eudo Rodrigues Leite, e pelo coordenador de pesquisa do Obvio, Ivênio do Espírito Santo Hermes Júnior, estudante de Mestrado no Programa de Pós-graduação em Cognição, Tecnologias e Instituições, sob orientação do professor Thadeu Brandão, que também integra o Observatório.

A proposta estabelece uma cooperação técnica e administrativa entre as entidades para centralizar informações sobre os crimes violentos letais intencionais no Estado. Com a parceria, o MPRN irá disponibilizar duas salas de trabalho, uma em Natal e outra em Mossoró, para o trabalho do Obvio.

Já o Observatório dará ao MPRN amplo acesso aos relatórios produzidos e aos dados sobre instauração de inquéritos policiais relativos aos crimes violentos letais intencionais.

Além disso, a PGJ empreenderá esforços para que o Obvio tenha acesso aos dados do Itep, do Saje/TJRN, dos relatórios policiais e das informações do Sinesp/Infoseg (rede que reúne informações de segurança pública dos órgãos de fiscalização do Brasil).

*Com informações do Portal do Ministério Público do RN

Dentro da programação da campanha do Maio Amarelo – Programa Vida no Trânsito, que acontece durante este mês em todo o país, a Ufersa vai promover nesta quinta, dia 10, uma capacitação para 450 agentes de saúde de Mossoró. A ação será no Auditório Amâncio Ramalho, no prédio da Reitoria, a partir das 9h.

O professor e pesquisador de mobilidade urbana, Eric Amaral Ferreira, do Centro de Engenharias, vai conduzir a capacitação. Ele explica que a ação será voltada aos agentes de saúde justamente porque os mesmos trabalham visitando os domicílios de Mossoró e podem disseminar uma conscientização maior para a população. Segundo o professor, Mossoró é a cidade potiguar que mais registra mortes no trânsito.

“Pra se ter uma ideia, Natal, 4 vezes maior que Mossoró, tem 60 mortes por ano no trânsito, Mossoró, com 300 mil habitantes, tem 65 mortes por ano e não consegue diminuir esse número. Hoje nós somos uma das cidades mais violentas do Brasil em relação ao trânsito e se faz necessária uma ação para reduzir esses índices de acidentes”, comentou o professor Éric Amaral.

O professor complementa a informação apontando os dados do Hospital Regional Tarcísio Maia onde mostra que 75% dos pacientes internados são vítimas de acidentes de trânsito.  “Gasta-se recursos da saúde no trânsito, então é preciso conscientizar a população para mudar esse quadro e uma das saídas é capacitar os agentes”, defendeu.

A capacitação do Maio Amarelo é uma realização da Ufersa em parceria com as Secretarias Municipais de Saúde, de Segurança Pública e de Mobilidade de Mossoró, e da Polícia Rodoviária Federal, do Detran e do Departamento de Polícia Rodoviária Estadual.

Mais uma iniciativa foi agregada ao Programa Hortas para o Ensino Fundamental da Ufersa. O projeto Hortas Escolares como Estratégia de Saúde da Família tem a proposta de articular diversas ações entre as escolas participantes e as Unidades Básicas de Saúde (UBS) da Estratégia de Saúde da Família (ESF) do município de Mossoró que estão vinculadas ao mesmo território. O projeto é coordenado pela professora do curso de Medicina, Andrea Taborda Ribas da Cunha, e conta com a participação dos alunos do curso. O publico alvo do projeto são os alunos, pais, profissionais de saúde e idosos das áreas de abrangência das UBS da estratégia de Saúde da Família vinculadas aos territórios das escolas participantes do projeto. Com a integração das ações educação-saúde, se potencializam as atividades educativas, de socialização, promoção de hábitos de vida saudáveis. Os bolsistas do curso de Medicina, que integram o projeto, já vêm desenvolvendo ações como forma de dar assistência à saúde nas regiões atendidas pelo Programa. Entre os trabalhos, os alunos da Ufersa fizeram medições de peso e de altura das crianças para obter o Índice de Massa Corporal (IMC), que pode ser usado como forma de detectar obesidade ou sobrepeso.
24
abr

Informes

Postado às 7:42 Hs

NEaD/UFERSA realiza Processo Seletivo para Tutores Presenciais
O Núcleo de Educação a Distância (NEaD) da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) tornou público o Processo Seletivo para Cadastro de Reserva de Tutores Presenciais para possível atuação na sede da UFERSA em Mossoró e polos de apoio presencial que apoiam os cursos de graduação oferecidos na modalidade a distância pela UFERSA e financiados pelo Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB).

As inscrições serão online e realizadas gratuitamente no período de 17/04/2018 a 26/04/2018 através de formulário específico disponibilizado no site www.nead.ufersa.edu.br

A Ordem dos Advogados do Brasil, OAB, divulgou na noite desta terça-feira, dia 17, os dados finais do XXIV Exame da Ordem realizado com os alunos egressos de Direito de todo o país. Pelo ranking, e considerando o critério para selo OAB (mais de 20 inscritos), o curso de Direito da Ufersa obteve um índice de 84% de aprovação geral entre os seus alunos inscritos.

Foi o segundo melhor índice nacional, ficando atrás apenas da Universidade Federal de Sergipe, que alcançou a média de 90% de aprovação. “Parabéns a todos que fazem o curso de Direito Ufersa. Isso é espelho de um forte compromisso com o ensino. Um curso tão novo em meio a tantos cursos históricos. O orgulho só aumenta. Parabéns a todos: Reitoria, Pró-reitorias, Centro, Docentes, Técnicos e, em especial, os nossos discentes”, comemorou o Coordenador do curso de Direito, o professor José Albenes Bezerra Júnior.

Pelos dados, mais de 1000 cursos de Direito de centenas de instituições de ensino do país tiveram seus alunos avaliados pelo Exame da OAB. O curso de Direito da Ufersa se destacou mais uma vez. Dos 25 alunos que participaram do Exame, 21 foram aprovados. A média nacional de aprovação no exame foi de 23,35%. Esse resultado veio num dia festivo para a Ufersa.

Segue o ranking das cinco primeiras colocadas:

1. Universidade Federal de Sergipe – 90%
2. Universidade Federal Rural do Semi-Árido – 84%
3. Universidade de São Paulo – 81,48%
4. Universidade Federal de Minas Gerais – 80,92%
5. Universidade Federal de Juiz de Fora – 79,71%

A Assessoria de Comunicação da Ufersa estreia na próxima quarta, dia 18, o programa de rádio da Universidade. O programa “Ufersa No Ar” irá ao ar todas as quartas-feiras das 15h30 às 16h nas ondas da FM Santa Clara de Mossoró, a 105,1 Mhz.

O programa será mais um meio de apresentar à sociedade o que a Ufersa produz nos seus laboratórios e grupos de pesquisas, além de informar notícias, utilidade pública e prestação de serviço. Na programação, também será destinado um espaço para entrevistas e para quadros como um que irá apresentar os cursos da Ufersa e todas as suas qualidades e diferenciais.

Para a realização do programa, um Termo de Cooperação Técnica foi elaborado e deve ser assinado entre o Reitor da Ufersa e a direção da Rádio Santa Clara. Pelo termo, a Ufersa não terá custos com a execução do programa semanal.

A Divisão de Atenção à Saúde do Servidor – DASS, em parceria com a Prefeitura Municipal de Mossoró, a Universidade Potiguar – UnP e a Faculdade de Enfermagem e Medicina Nova Esperança – FACENE, promove no próximo dia 11 de abril ações voltadas para promoção da saúde em alusão ao Dia Mundial da Saúde, também comemorado no mês de abril.

Na oportunidade, serão oferecidos os seguintes serviços: aferição de Pressão Arterial, verificação de glicemia, massagem, avaliação nutricional e vacinação. Convidamos todos os servidores a participar deste encontro. Os servidores interessados, para participar, basta se dirigir ao Centro de Convivência, no Lado Leste, do Campus Sede, em Mossoró, das 8h às 11h e das 14h às 16h30.

A Campanha de Páscoa “Faça uma criança mais feliz” da Ufersa entrou na reta final. A entrega das caixas de chocolate deve acontece na próxima quarta, dia 28, para as crianças carentes da Alagoinha, na zona rural de Mossoró. A proposta é atender os pequenos de 4 a 12 anos matriculados nas Escolas Municipais Elias Salem Dieb (Assentamento Recanto da Esperança), Antônio Mendonça (Comunidade Coqueiro) e Lourival de Góis (Comunidade Arisco).

Para marcar a entrega, toda uma programação já foi desenvolvida pela organização da campanha. A previsão é que as crianças cheguem a Fazenda Experimental Rafael Fernandes às 8h. A primeira atividade será uma recreação com contadores de história e palhaços. Na sequencia, as crianças vão conhecer algumas caixas de colmeias e passear pela trilha da polinização. Todos vão ganhar lanches por meio da parceria com o Sintest, Assufersa e com os produtos Isis. No final, cada criança receberá uma caixa de chocolate para comemorar a Páscoa em casa com os familiares.

As doações das caixas ainda podem ser feitas até terça, dia 27 março, nos setores da Biblioteca, Reitoria e na secretaria do Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Humanas da Ufersa, o CCSAH.

14
mar

Ufersa receberá Selo Solar

Postado às 13:57 Hs

A Ufersa será a primeira universidade brasileira a receber o selo solar por causa da construção da usina solar no Campus Sede, em Mossoró. A instituição recebeu as orientações de utilização em formato digital e o convite para receber a certificação no IX Seminário Energia Mais Limpa, que ocorre anualmente em Florianópolis, durante o mês de junho, bem como o convite para apresentar o case da Ufersa no evento. O selo solar tem como objetivo reconhecer as instituições que se preocupam com os impactos ambientais de sua atividade e procuram reduzir as emissões de gases do efeito estufa através do uso da energia solar.

Começou nesta segunda, dia 12, a 16ª edição da Feira Brasileira de Ciência e Engenharia da Universidade de São Paulo, a Febrace. Por mais um ano, a Ufersa, em parceria com o Governo do RN, credenciou projetos e encaminhou os jovens pesquisadores à mostra científica que se estende até sexta, dia 16, na Escola Politécnica da USP.

Dos 9 projetos que representam o RN na Febrace, 6 foram credenciados na última Feira de Ciências do Semiárido realizada em outubro de 2017. Ao todo, a delegação do Rio Grande do Norte é composta por 38 pessoas, sendo 16 alunos; 10 professores e técnicos dos Diretórios Regionais de Educação. Da Ufersa, estão os servidores Carlos Eduardo Alves (professor) e Darlan Dantas (técnico), que é o responsável pela delegação.

 

“A expectativa de toda a equipe do Ciência RN é de que os alunos possam aproveitar a troca de experiências com os alunos do Brasil, obter novos conhecimentos, fazer contatos com professores e pesquisadores da USP e de outras universidades e centros de pesquisa. Estamos ansiosos pelas premiações”, comentou Cristiane Carvalho, coordenadora do Ciência RN da Ufersa.  Ela ainda lembra que as premiações são muito bem vindas mas que o objetivo maior do programa é vivência dos alunos e professores nesses eventos que contribuem para o ensino e à aprendizagem.

 

01
mar

No Alto Oeste

Postado às 14:45 Hs

Começam as inscrições para o III Encontro de Computação do Oeste Potiguar na Ufersa Pau dos Ferros.

Estão abertas as inscrições para o III Encontro de Computação do Oeste Potiguar, o ECOP 2018. O evento, realizado pela Ufersa, acontece no campus de Pau dos Ferros e tem o objetivo de promover o desenvolvimento científico-tecnológico levando aos alunos das principais instituições de ensino do Estado temas atuais voltados à tecnologia.

No ECOP, além de palestras, minicursos, mesas redondas, os participantes terão contato com startups e empresas ligadas à inovação tecnológica do Estado e região trazendo um ambiente de inovação e empreendedorismo ao evento.Neste ano, o III ECOP ainda contará com a II Olimpíada de Programação, assim como apresentação de trabalhos científicos (devidamente publicados nos Anais do Encontro de Computação do Oeste Potiguar, ISSN 2526-7574).

Este ano, o evento acontece de 19 a 21 de março em Pau dos Ferros. As submissões de trabalho para o evento estarão abertas até o dia 02 de março. Os tópicos dos trabalhos devem ter relação com os seguintes temas: Informática aplicada à Saúde e Engenharia Biomédica, Cidades Inteligentes, Engenharia de Software, Lógica e Teoria da Computação, Computação Gráfica e Processamento de Imagens, Informática Educacional, Redes de Computadores e Telecomunicações, Sistemas de Informação, Banco de Dados, Big Data, Automação e Robótica, Sistemas Embarcados e Modelagem Computacional.

Fonte: Assessoria

A Ufersa vai receber nesta quarta, dia 28, a partir das 19h, a segunda etapa de 2018 do Slam Mossoró. Dentro da programação do Slam vai acontecer o Poetry Slam que é uma competição de poesia e performance que tem sido popularizada pelo mundo todo. Em Mossoró, o evento está sendo realizado nas últimas quartas-feiras do mês com roteiro itinerante. Por intermédio da União Nacional dos Estudantes, o evento na Ufersa acontecerá no estacionamento ao lado da Biblioteca Orlando Teixeira.

Terão competições de poesia e performance com textos autorais, garantindo a oportunidade para as pessoas mostrarem seus poemas, lemas, rimas e escritos. A cada mês é selecionado um campeão que irá participar da final anual da cidade, com possibilidade de classificação para o Slam Brasil, em São Paulo. Pelas regras, os interessados podem apresentar 3 textos de autoria própria com 3 minutos, no máximo, para cada texto. Não pode usar adereços, objetos e música. Cinco voluntários serão os jurados do evento. No final, conta a nota mais alta e a mais baixa.

Em Mossoró já aconteceram duas etapas do Poetry Slam, uma em dezembro de 2017 e outra em Janeiro de 2018. Atualmente, os poetas estão em busca de recursos para garantir participação do Fórum Social Mundial, que acontecerá de 13 a 17 de março em Salvador (BA). O Fórum 2018 busca reunir o maior número de movimentos sociais do mundo com o intuito de debater ações em conjunto que apresentem alternativas ao sistema vigente no mundo atual.

jun 24
domingo
07 34
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
25 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5716522 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram