20
jan

Registros

Postado às 12:17 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quarta-feira (20). Foram mais 1.321 casos confirmados, totalizando 132.294. Na terça-feira (19) eram 130.973 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.192 no total. Foi 01 (uma) morte ocorrida nas últimas 24 horas, (em Parnamirim).

A Sesap também registrou 03 (três) óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até terça-feira(19), eram contabilizados 3.188 mortos. Óbitos em investigação são 536. Casos suspeitos somam 73.114 e descartados são 302.634. Recuperados são 91.645.

Via Blog do Barreto

O presidente da Câmara Municipal de Mossoró Lawrence Amorim (SD) assinou decreto em que faz adequações do legislativo a realidade de ter 23 gabinetes de vereadores com menos recursos. Foram extintos seis cargos comissionados (chefe de Divisão de Manutenção, Diretor de Material e Patrimônio, um cargo de assessor técnico e 3 cargos de assessor de comissão).

Outra medida foi suspender o aumento de 10% dos efetivos aprovado ano passado para os efetivos. Também estão vedadas as concessões de horas extras, indenizações de terços de férias e indenizações de licença-prêmio no ano de 2021.

De acordo com Lawrence Amorim as medidas visam adaptar-se a realidade com 23 vereadores bem como a redução de 6 para 5% do duodécimo repassado a legislativo pelo executivo. “A Câmara criou mais dois gabinetes de vereadores e naquela época não foi feito o estudo do impacto financeiro nem a respeito das vagas nesses gabinetes. Como temos o decreto que estabelece que não pode ter aumento de despesas então precisamos adequar a essa realidade para atender essa mudança sem gerar custos”, explicou.

Sobre a suspensão do aumento de 10% para os servidores ele disse que a medida não pode valer por conta de um impedimento legal em virtude da pandemia. “Se a pandemia tiver acabado a gente rever essa situação”, declarou.

Vale lembrar que o aumento dos subsídios dos vereadores aprovado no ano passado não valerá no ano de 2021. Cada gabinete custa entre 22 e 23 mil/mês. “Vou ter que administrar a Câmara Municipal com menos recursos e dois gabinetes a mais”, explicou.

O gabinete de transição do presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou na manhã desta quarta-feira (20), horas antes da posse, uma série de medidas que serão tomadas no primeiro dia no cargo.

Entre as principais estão medidas sanitárias e econômicas de combate à pandemia, o retorno dos EUA à OMS (Organização Mundial da Saúde) e ao Acordo de Paris para o Clima. Também foi anunciada a reversão de várias outras decisões do atual presidente americano, Donald Trump, como a construção do muro na fronteira com o México e o veto à entrada de cidadãos de países muçulmanos nos EUA.

Veja as principais medidas anunciadas:

Meio ambiente

Retorno ao Acordo de Paris para o Clima;

Reverter as ações ambientais de Trump “para proteger a saúde pública e o meio ambiente e restaurar a ciência”;

Saúde

Acabar com o processo de saída dos EUA da OMS (Organização Mundial da Saúde);

Obrigar o distanciamento social e o uso de máscaras em prédios e áreas federais e por funcionários públicos do governo e terceirizados;

Política externa

Parar a construção do muro na fronteira com o México;

Reverter o veto de Trump à entrada de cidadãos de países muçulmanos nos EUA;

Economia

Estender a moratória para despejos até 31 de março;

Estender a pausa no pagamento de financiamentos estudantis até 30 de setembro;

Outras medidas

Lançamento de uma série de iniciativas governamentais para promover a igualdade racial;

Prevenir e combater a discriminação com base no gênero ou na orientação sexual;

O gabinete de transição afirmou que as ações executivas visam adotar “ações para lidar com a pandemia da Covid-19, fornecer alívio econômico, combater as mudanças climáticas e promover a igualdade racial”.

Segundo o comunicado, Biden “assinará uma combinação de ordens executivas, memorandos, diretivas e cartas para dar os passos iniciais” horas após a posse, que está marcada para o meio-dia em Washington (14h em Brasília).

“O presidente eleito Biden agirá não apenas para reverter os danos mais graves do governo Trump, mas também para começar a fazer nosso país avançar”, aponta o comunicado.

Biden promete para os 100 primeiros dias de governo vacinar 100 milhões e mudar completamente a abordagem de combate à pandemia, para reduzir seu impacto econômico e social.

G1

20
jan

Joe Biden assume com propostas impactantes

Postado às 9:51 Hs

O Governo de Joe Biden e Kamala Harris nos Estados Unidos começa hoje ao meio-dia de Washington (14h de Brasília), com perspectiva de mudanças profundas. As informações são do Blog do Riella.

A cerimônia de posse do presidente e da vice-presidente será realizada sob medidas de segurança, sem presença de público. Será a primeira transferência de poder desde 1869 em que o presidente anterior (Donald Trump) não estará presente para passar o cargo.

Joe Biden deverá reverter políticas de Trump já nos primeiros dias. Ele vai priorizar o combate à Covid-19. Pretende também injetar US$ 700 bilhões na economia e resgatar o multilateralismo na política externa. Repercute a proposta de aumento do salário mínimo federal para US$ 15 por hora (cerca de R$ 80). Biden promete também investir US$ 2 trilhões em energia renovável.

Há a promessa de gastar US$ 400 bilhões em compras governamentais direcionadas a produtos da indústria americana. Biden garante levar os EUA a ingressar novamente no Acordo de Paris, que prevê a redução dos gases de efeito estufa em até 28% até 2025.

Permanece como incerta a postura diante da China, levando-se em conta o desafio da disseminação do 5G no mundo (inclusive no Brasil). E destaca-se a intenção de alterar profundamente a política migratória imposta por Trump.

O governo federal lança nesta 4ª feira (20.jan.2021) a campanha publicitária “Brasil imunizado. Somos uma só nação”. As peças publicitárias ressaltam que as vacinas autorizadas pela Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) já estão sendo distribuídas em todo o país. A campanha terá duração de 6 meses e foi criada pela agência nova/sb. O valor do contrato é estimado em R$ 50 milhões, o que faz dessa campanha uma das ações de marketing mais caras do governo de Jair Bolsonaro. Em nota, o Ministério da Saúde diz que a campanha busca “mostrar à sociedade a capacidade do país de promover a vacinação contra a covid-19”. Uma das peças que compõem a campanha é um vídeo com duração de 1 minuto no qual são apresentadas as diferenças sociais e geográficas no país e a estrutura de logística usada para a distribuição das vacinas. O filme mostra cidadãos das 5 regiões. Na 1ª cena, um sertanejo idoso tira a viola de um armário e afina as cordas do instrumento enquanto visualiza fotos com amigos, como se estivesse se preparando para revê-los.
Mossoró iniciou uma importante ação na luta contra a Covid-19 nesta terça-feira (19/1): a vacinação. A primeira dose do imunizante, que protege contra o novo coronavírus, foi aplicada na enfermeira Raimunda Clézia Cavalcante da Silva, de 60 anos. A Secretaria Municipal de Saúde realizou abertura da vacinação no auditório do Centro Administrativo Alcides Belo, no bairro Aeroporto. O primeiro lote da vacina CoronaVac chegou à cidade na manhã de desta terça-feira. As vacinas estão armazenadas na II Unidade Regional de Saúde Pública (II Ursap). A primeira cidadã receber a vacina da Covid-19 comemorou e ressaltou a importância da vacinação na luta contra ao novo coronavírus. “Era um sonho de todos nós profissionais de saúde. Não existe tratamento, só existe tratamento paliativo. Peço que a população contribua porque muitas vidas já foram embora. É hora da população se unir a nós profissionais da saúde”, disse a enfermeira que atua na Unidade Básica de Saúde (UBS) Joaquim Saldanha, na Estrada da Raiz.

O partido Solidariedade anunciou que mudou de lado na eleição para a presidência da Câmara e, agora, passará a apoiar o candidato Baleia Rossi (MDB-SP).

Antes, a bancada de 14 deputados vinha apoiando a candidatura do principal concorrente de Baleia, o deputado Arthur Lira (PP-AL). O Solidariedade havia anunciado apoio a Lira ainda em dezembro, no lançamento da campanha do político. A mudança foi definida em reunião da executiva nacional da legenda. A eleição que definirá o novo presidente da Casa será no dia 1º de fevereiro e terá votação presencial, apesar do aumento no número de casos de Covid-19. O formato foi definido nesta segunda pela Mesa Diretora da Câmara.

Nos bastidores, apesar do apoio declarado a Baleia Rossi, integrantes da bancada afirmam ter maioria de votos a favor de Lira. Esses parlamentares afirmam que a mudança de apoio formal representa a posição dos demais membros da executiva do partido, e não necessariamente dos deputados.

Em nota divulgada pelo partido, o presidente da sigla, Paulinho da Força (SD-SP), citou a defesa da democracia e autonomia das decisões do Congresso para justificar a adesão à candidatura de Baleia. Segundo a nota, a crise sanitária só será superada “com soluções bem negociadas pelos poderes Executivo e Legislativo, sem subordinação de qualquer espécie”.

“Por essas razões, incluindo o necessário enfrentamento pelo poder Legislativo na tão dramática pandemia, na crise econômica e no gravíssimo desemprego de milhões de trabalhadores brasileiros, que o Solidariedade decide apoiar a candidatura do deputado Baleia Rossi à presidência da Câmara Federal para o biênio 2021/2022”, diz um trecho da nota.

São Sebastião nasceu em Narvonne, França, no final do século III, e desde muito cedo seus pais se mudaram para Milão, onde ele cresceu e foi educado. Seguindo o exemplo materno, desde criança São Sebastião sempre se mostrou forte e piedoso na fé.
Atingindo a idade adulta, alistou-se como militar, nas legiões do Imperador Diocleciano, que até então ignorava o fato de Sebastião ser um cristão de coração. A figura imponente, a prudência e a bravura do jovem militar, tanto agradaram ao Imperador, que este o nomeou comandante de sua guarda pessoal. Nessa destacada posição, Sebastião se tornou o grande benfeitor dos cristãos encarcerados em Roma naquele tempo. Visitava com freqüência as pobres vítimas do ódio pagão, e, com palavras de dádiva, consolava e animava os candidatos ao martírio aqui na terra, que receberiam a coroa de glória no céu.
Enquanto o imperador empreendia a expulsão de todos os cristãos do seu exército, Sebastião foi denunciado por um soldado. Diocleciano sentiu-se traído, e ficou perplexo ao ouvir do próprio Sebastião que era cristão. Tentou, em vão, fazer com que ele renunciasse ao cristianismo, mas Sebastião com firmeza se defendeu, apresentando os motivos que o animava a seguir a fé cristã, e a socorrer os aflitos e perseguidos.
O Imperador, enraivecido ante os sólidos argumentos daquele cristão autêntico e decidido, deu ordem aos seus soldados para que o matassem a flechadas. Tal ordem foi imediatamente cumprida: num descampado, os soldados despiram-no, o amarraram a um tronco de árvore e atiraram nele uma chuva de flechas. Depois o abandonaram para que sangrasse até a morte.
À noite, Irene, mulher do mártir Castulo, foi com algumas amigas ao lugar da execução, para tirar o corpo de Sebastião e dar-lhe sepultura. Com assombro, comprovaram que o mesmo ainda estava vivo. Desamarraram-no, e Irene o escondeu em sua casa, cuidando de suas feridas. Passado um tempo, já restabelecido, São Sebastião quis continuar seu processo de evangelização e, em vez de se esconder, com valentia apresentou-se de novo ao imperador, censurando-o pelas injustiças cometidas contra os cristãos, acusados de inimigos do Estado.
Diocleciano ignorou os pedidos de Sebastião para que deixasse de perseguir os cristãos, e ordenou que ele fosse espancado até a morte, com pauladas e golpes de bolas de chumbo. E, para impedir que o corpo fosse venerado pelos cristãos, jogaram-no no esgoto público de Roma.
Uma piedosa mulher, Santa Luciana, sepultou-o nas catacumbas. Assim aconteceu no ano de 287. Mais tarde, no ano de 680, suas relíquias foram solenemente transportados para uma basílica construída pelo Imperador Constantino, onde se encontram até hoje. Naquela ocasião, uma terrível peste assolava Roma, vitimando muitas pessoas. Entretanto, tal epidemia simplesmente desapareceu a partir do momento da transladação dos restos mortais desse mártir, que passou a ser venerado como o padroeiro contra a peste, fome e guerra.
As cidades de Milão, em 1575 e Lisboa, em 1599, acometidas por pestes epidêmicas, se viram livres desses males, após atos públicos suplicando a intercessão deste grande santo. São Sebastião é também muito venerado em todo o Brasil, onde muitas cidades o tem como padroeiro, entre elas, o Rio de Janeiro .
Algumas cidades potiguares tem o santo como padroeiro  e comemora hoje dia 20 ,entre elas: Caraúbas,Parelhas, Nova Cruz, Sitio Novo,Japi,Encanto e Gov. Dix-Sept Rosado.
20
jan

Dia nacional do Fusca

Postado às 6:35 Hs

Hoje é o dia dele…
O simpático carro, que durante 25 anos foi o mais vendido do Brasil, ficou famoso no mundo todo por características como baixo preço, projeto simples e mecânica confiável.
Nascido na Alemanha, na década de 1930, o Volkswagen Sedan – como era chamado no país europeu – chegou ao Brasil em 1950, inicialmente como um carro importado.
A produção nacional começou em 1959, na planta da Volkswagen em São Bernardo do Campo (SP), e durou até 1986. Em 1993, por incentivo do então presidente Itamar Franco, a fabricação foi retomada e persistiu até 1996.
Com mais de 3 milhões de unidades feitas no Brasil, o Fusca virou um carro eclético. Hoje, está nas mãos tanto de colecionadores que buscam mantê-lo totalmente original quanto de pessoas comuns, que ainda o usam como veículo do dia a dia.
Quem nunca andou de fusca ?
19
jan

Charge: Isto é Brasil…

Postado às 21:02 Hs

Charge do Lute

19
jan

Números da Covid

Postado às 20:22 Hs

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta terça-feira (19):

– O país registrou 1.192 óbitos nas últimas 24h, totalizando 211.491 mortes;

– Foram 62.094 novos casos de coronavírus registrados, no total 8.573.864 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 7.518.846, com o registro de mais 66.799 pacientes curados. Outros 843.527 pacientes estão em acompanhamento. O número de pessoas curadas já representa 87,6% do total de casos acumulados.

Em dezembro de 2020, havia cerca de 1,7 milhão de requerimentos de benefícios previdenciários na fila para concessão. Desse total, 1,2 milhão esperavam pela primeira avaliação do Instituto Nacional do Seguro Social e 477 mil já haviam passado pela análise do instituto e necessitavam que o segurado apresentasse documentação para serem concluídos.
O INSS informou que está ampliando o número de servidores na análise e concessão de requerimentos, o que diminuirá tanto o tempo de concessão quanto o estoque de pedidos. O tempo médio de concessão de benefícios no país era de 66 dias em dezembro. Atualmente, por lei, os pedidos devem ser analisados em um prazo de até 45 dias. O INSS conseguiu cumprir o que determina a lei entre junho e setembro, mas a partir de outubro o tempo de espera voltou a subir.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Diário Oficial do Estado desta terça-feira(19) publicou o decreto que prorroga o Estado de Calamidade Pública no Rio Grande do Norte, em decorrência da pandemia da covid-19. Conforme documento abaixo, a calamidade vai vigorar por mais três meses.

Veja íntegra:

“A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das atribuições que lhe confere o art. 64, V e VII, da Constituição Estadual,

Considerando o disposto no art. 7º, VII, da Lei Federal nº 12.608, de 10 de abril de 2012, que institui a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil (PNPDEC);

Considerando a continuidade do estado de calamidade pública em saúde, de importância internacional declarada pela Lei Federal nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020;

Considerando a grave crise na saúde pública em decorrência da pandemia da COVID-19 declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que afeta todo o sistema interfederativo de promoção e defesa da saúde pública, estruturado nacionalmente por meio do Sistema Único de Saúde (SUS);

Considerando o fato da Organização Mundial de Saúde (OMS) ter declarado, em 11 de março de 2020, que a contaminação com o novo coronavírus (COVID-19) caracteriza pandemia;

Considerando o aumento exponencial ocorrido e a continuidade dos casos do COVID-19 no Brasil e principalmente no Estado do Rio Grande do Norte;

Considerando a necessidade de respostas céleres para evitar a proliferação do COVID-19 e de ações para mitigar o rápido crescimento da quantidade de infectados no Estado do Rio Grande do Norte, fortalecendo estruturas de atendimento aos afetados pelo COVID-19;

Considerando a confirmação de milhares de pessoas infectadas e mais de dois mil óbitos decorrentes da pandemia pelo novo coronavírus (COVID-19) no Estado do Rio Grande do Norte, relatados em boletins diários da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP);

Considerando que o Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (SINPDEC) classifica o desastre natural biológico em “Nível III – Desastre de Grande Intensidade”, a incidir a decretação de “Estado de Calamidade Pública”, conforme disposto no art. 2º, “c” e §§ 3º e 4º, e no art. 4º, ambos da Instrução Normativa nº 2, de 20 de dezembro de 2016, do Ministério da Integração Nacional (Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR);

D E C R E T A:

Art. 1º Fica prorrogada, por 90 (noventa) dias, a vigência do Decreto Estadual nº 30.071, de 19 de outubro de 2020, que declarou o “Estado de Calamidade Pública” em todo o território do Estado do Rio Grande do Norte, em virtude do desastre classificado e codificado como Estado de Calamidade Pública provocada por desastre natural biológico, Nível III – Desastre de Grande Intensidade, caracterizado por epidemia de doença infecciosa viral que provoca o aumento brusco, significativo e transitório da ocorrência de doenças infecciosas geradas por vírus (COBRADE/1.5.1.1.0 – Doenças Infecciosas Virais).

Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Palácio de Despachos de Lagoa Nova, em Natal/RN, 18 de janeiro de 2021, 200º da Independência e 133º da República”.

19
jan

Registros

Postado às 16:32 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta terça-feira (19). Foram mais 395 casos confirmados, totalizando 130.973. Na segunda-feira (18) eram 130.578 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.188 no total. Foram 03 (três) mortes ocorridas nas últimas 24 horas, (Mossoró, Areia Branca e Lajes Pintadas).

A Sesap também registrou 06 (seis) óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até segunda-feira(18), eram contabilizados 3.179 mortos. Óbitos em investigação são 538. Casos suspeitos somam 69.638 e descartados são 298.124. Recuperados são 91.645.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 63,2%, registrada no fim da manhã desta terça-feira (19). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 298. Até o momento desta publicação são 89 leitos críticos (UTI) disponíveis e 153 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 155 disponíveis e 145 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região Seridó apresenta 80% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 62,5% e a Região metropolitana de Natal 59,1%

19
jan

Em Alexandria

Postado às 12:46 Hs

A Prefeitura Municipal de Alexandria, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, promoverá nesta terça-feira (19/01), às 19h, na Câmara Municipal, o I Seminário da Vigilância Socioassistencial do município.

Por causa da pandemia do coronavírus, o evento não será aberto ao público.

O Governo do Estado deu início, na manhã de hoje, à vacinação contra o coronavírus no Rio Grande do Norte. As doses da vacina contra a Covid-19 foram enviadas pelo Governo Federal e chegaram na madrugada desta terça-feira (19).

Maria das Graças Pereira de Oliveira, de 57 anos, que atua como Técnica de Enfermagem no Hospital Giselda Trigueiro há mais de 30 anos e trabalhou arduamente na linha de frente de combate à pandemia, foi a primeira pessoa a ser vacinada no RN.

A técnica de enfermagem Maria das Graças Pereira de Oliveira, de 57 anos, que atua no Giselda Trigueiro, foi a primeira vacinada contra a covid no Rio Grande do Norte. A imunização ocorreu na manhã desta terça-feira(19), em Natal, em ato simbólico celebrado por autoridades do Governo do Estado, profissionais de saúde presentes, além da imprensa.

Além de Maria das Graças, no ato também foram vacinados a técnica de enfermagem Edilma Pereira da Silva, de 49 anos e que atua no Hospital de Campanha de São Gonçalo do Amarante; a médica obstetra Geny Souza de Santana, que tem 67 anos e atua na maternidade Divino Amor, em Parnamirim; a técnica de enfermagem Renata de Souza Carneiro Martins da Silva, de 29 anos, que atua em Extremoz; a enfermeira Antônia Pinheiro da Silva Araújo, de 54 anos, que atua na Estratégia Saúde da Família, na Comunidade Indígena de Lagoa do Tapará, em Macaíba; e a enfermeira Maria de Lourdes Nascimento de Morais, de 54 anos, que trabalha em Ceará-Mirim; e o médico Giorgione Guerra Cabral de 31 anos, que atua no Hospital de Campanha de Natal.

No Senado, há pelo menos quatro pedidos para que o estado de calamidade pública seja mantido. Com isso, o pagamento do auxílio emergencial poderia ser prorrogado.

O estado de calamidade pública, decretado em março, terminou em 31 de dezembro, e o fim da validade dificulta a destinação de recursos para políticas de assistência social e ações emergenciais na saúde e no setor produtivo. Senadores também avaliam convocar o Congresso Nacional de forma extraordinária para votar a proposta.

Após o Rio Grande do Norte receber 82.440 doses da vacina contra Covid-19, na madrugada desta terça-feira (19), a Secretaria Estadual de Saúde divulgou uma nota técnica apontando o quantitativo de doses distribuídas por cada município e informou quais serão os primeiros profissionais de saúde vacinados contra Covid-19, já que os imunizantes são insuficientes para atender todas as pessoas que se encaixam nos grupos prioritários da Fase 1.

As mais de 82 mil doses devem atender uma população de 39.259 pessoas, porque são aplicadas duas doses em cada uma e ainda há estimativa de 5% de perda operacional de vacinas. Por outro lado, no plano de vacinação do RN, o governo estimava cerca de 79,6 mil trabalhadores de saúde no estado.

De acordo com o documento, como a quantidade é insuficiente para vacinar todos os profissionais de saúde e população alvo, serão usados critérios de exposição à infecção e de maiores riscos para agravamento e óbito da doença. Além deles, também serão vacinados idosos em instituições de longa permanência, como asilos.

Ordem de priorização dos profissionais de saúde:

  1. Equipes de vacinação que estiverem inicialmente envolvidas na vacinação das 39 mil doses;
  2. Trabalhadores das Instituições de Longa Permanência de Idosos;
  3. Trabalhadores dos serviços de saúde públicos e privados, tanto da urgência quanto da atenção básica, envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de covid-19, na seguinte ordem:
    – Trabalhadores dos hospitais de referência;
    – Trabalhadores dos serviços de urgência e emergência,
    – Trabalhadores dos denominados serviços de Centro de Atendimento Covid-19;
    – Trabalhadores da atenção primária;
jan 20
quarta-feira
16 32
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
68 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.845.190 VISITAS