O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou dois novos alertas de chuvas intensas para todo o Rio Grande do Norte. O aviso é de perigo potencial para cidades da Região Metropolitana, Leste e Agreste potiguar, enquanto a legenda de perigo abrange a Região Oeste e Central. Algumas cidades estão sob alerta dos dois avisos, com validade até às 10h da quinta-feira (22).

A legenda amarela aponta perigo potencial, o menor grau de severidade do Inmet. No total, foram listados 167 municípios do RN que estão sob alerta de chuvas 20 a 30mm, podendo chegar a 50mm. Os ventos devem ser intensos, entre 40 a 60km/h. Existe baixo risco de corte energia elétrica, queda de galho de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Na legenda laranja, estão 123 cidades sob alerta de perigo, o grau médio de severidade do Instituto. As chuvas devem ficar entre 30 a 60mm, podendo alcançar 100mm. Os ventos serão intensos, variando entre 60 a 100km/h. Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O Inmet indica que em casos de rajadas de vento, a população não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, também é orientado desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil pelo telefone 199 e também com o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Assecom/RN

O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu um alerta de perigo causado por chuvas intensas previstas para todas as regiões do Rio Grande do Norte, a partir das 10h desta quinta-feira (15) até às 10h desta sexta-feira (16). O aviso é válido para 164 municípios potiguares.

Segundo o Inmet, a previsão é de chuvas variando entre 30 e 60 mm por hora ou até 100 mm por dia, além de ventos intensos, que podem variar de 60 a 100 km por hora.

Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Em caso de rajadas de vento, o órgão orienta que os cidadãos não se abriguem debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas. Outra orientação é não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, o cidadão também deve desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

03
fev

Final de semana com pancadas de chuva no RN

Postado às 11:32 Hs

O fim de semana deve ser marcado por céu aberto pela manhã e pancadas de chuva na maior parte das regiões do Rio Grande do Norte. Em Natal, a previsão para o sábado (3) é de Sol com muitas nuvens ao longo do dia, com expectativa de períodos nublados e chuva a qualquer hora. Já no domingo (4), o tempo segue semelhante, com temperaturas alternando entre a mínima de 24 ºC e a máxima de 30 ºC. As informações meteorológicas são do Portal Clima Tempo.

Na região Oeste do Rio Grande do Norte, Mossoró deve ter um fim de semana marcado por Sol e céu com nuvens pela manhã. Já à tarde, são esperadas pancadas de chuva e à noite o tempo fica firme. Enquanto no sábado a temperatura oscila entre 26 ºC e 36 ºC, no domingo a variação será de 25 ºC a 35ºC.

Em Pau dos Ferros, no Alto Oeste Potiguar, a máxima pode chegar a 37 ºC. A previsão aponta Sol e aumento de nuvens pela manhã, com pancadas de chuva à tarde e à noite no sábado. No domingo, o tempo segue o mesmo, com exceção do período noturno que deve ficar firme.

No Seridó, Currais Novos deve registrar temperaturas entre 23 ºC e 35ºC. Assim como nas demais regiões do Estado, a previsão do tempo para o fim de semana é de sol e pancadas de chuva à tarde. Já à noite, o tempo fica aberto.

Uma chuva de granizo pegou a população de Almino Afonso, cidade do Alto Oeste potiguar, de surpresa na tarde desta segunda-feira (29). “Faz tempo que eu não via isso aqui”, afirmou um morador local. Além das pedras de gelo, também houve registro de rajadas de vento no município. O fenômeno levou os telhados de uma casa e derrubou algumas árvores.

Em São José do Seridó, o vento forte derrubou mesas, barracas e arrastou alguns eletrodomésticos. Já na Serra de João do Vale, localizada entre os estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba, o telhado de um mirante ficou destruído. Em Natal, os clarões em meio às nuvens assustaram algumas pessoas pelos quatro cantos da cidade. Em outras cidaes do interior do estado, relâmpagos, raios e trovões também chamaram a atenção da população.

De acordo com o meteorologista Gilmar Bristot, da Empresa de Pesquisas Agropecuárias do Rio Grande do Norte (Emparn), os fenômenos registrados no Rio Grande do Norte são resultado de uma instabilidade atmosférica causada por um vórtice ciclônico – movimento descendente de ar frio e seco no seu centro e um movimento ascendente de ar quente e úmido na sua periferia.

“Nós estamos com um vórtice ciclonico atuando sobre o Nordeste e o centro dele está aqui bem sob o RN. Então, ele favorece as chuvas lá na região do Maranhão e do Piauí, mas isso não impede a formação de algumas instabilidades no centro dele”, pontuou.

 

 

 

 

22
jan

Previsão do Tempo

Postado às 7:00 Hs

A semana no Rio Grande do Norte deve ser marcada por tempo aberto pela manhã e chuvas isoladas na maior parte das regiões do Estado. Em Natal, a semana deve ser de sol e aumento de nuvens pela manhã, com possibilidade de pancadas de chuva à tarde.Já à noite, o tempo fica firme. A mínima prevista para a capital é de 23 ºC e a máxima pode chegar a 31 ºC. As informações meteorológicas são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Na região do Seridó, Currais Novos pode chegar a atingir a máxima de 36 ºC, com tempo marcado por sol e possibilidade de chuvas isoladas e período nublado à tarde, enquanto à noite o céu fica encoberto de nuvens. A mínima prevista é de 21 ºC.

Em Mossoró, no Oeste potiguar, a semana inicia com sol e temperatura podendo oscilar entre a mínima de 26ºC e a máxima de 35 ºC. Ao longo da tarde e à noite desta segunda, a previsão é de chuvas isoladas e muitas nuvens. Já nos demais dias, o tempo deve ficar fechado e com possibilidade de chuviscos.

Na cidade de Pau dos Ferros, Alto Oeste do Estado, a máxima prevista é de 37 ºC e a mínima pode cair até 24ºC. Durante a semana, o tempo fica marcado com céu com muitas nuvens, além de chuviscos e pancadas de chuvas acompanhadas de trovoadas isoladas.

Tribuna do Norte

Foto: Reprodução

A previsão para a terceira semana de janeiro é de céu parcialmente nublado a claro, com chuvas em todas as regiões do Rio Grande do Norte, de acordo com o Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn). Os avisos meteorológicos do Sistema de Monitoramento alertam para possibilidade de ocorrência de chuvas acima de 50 mm nos municípios de Cruzeta, Paraú, Florânia e São Rafael até domingo (20).

O chefe da unidade Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot, explica que os avisos não se restringem somente aos municípios indicados, mas a região onde estão localizados. “No caso são esperadas chuvas mais volumosas para as regiões do Oeste, Serra de Santana e Seridó durante esta semana”, disse.

A tendência da chuva é fruto da associação entre a atuação de um sistema meteorológico chamado Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e as temperaturas registradas na superfície do oceano Atlântico em torno dos 28,5°C, considerada acima do normal pelos especialistas.

O VCAN favorece a maior circulação de ar quente e úmido presentes na atmosfera e devido as temperaturas do Atlântico criam condições favoráveis para a formação de nuvens de chuva. “Essa configuração atmosférica vem acontecendo desde a semana passa e deverá seguir durante esta semana”, analisou Bristot.

Previsão dia a dia
18/01/24 – Quinta-feira – Céu parcialmente nublado a claro com possibilidade de chuvas no Litoral Potiguar, região de Mossoró, Seridó e no Agreste.
19/01/24 – Sexta-feira – Céu parcialmente nublado a claro com possibilidade de chuvas no Litoral Potiguar, região de Mossoró e no Agreste.
20/01/24 – Sábado – Chuvas no Litoral, região de Mossoró, Agreste e no Vale do Açu. Céu parcialmente nublado a claro no restante das regiões.
21/01/24 – Domingo- Céu parcialmente nublado a claro com possibilidade de chuvas na região de Mossoró, Vale do Açu e Agreste Potiguar.

11
jan

Previsão de Chuvas no final de semana

Postado às 14:40 Hs

A previsão para o próximo final de semana é de chuvas de baixa intensidade no Rio Grande do Norte, de acordo com o Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn). O aumento da temperatura das águas superficiais do oceano Atlântico, marcando atualmente acima de 28°C, associado a atuação do sistema meteorológico Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) contribuem para a previsão chuvosa no RN nos próximos dias.

“Há a tendência de ocorrência de chuvas já a partir desta quinta-feira(11) devendo perdurar no final de semana e com maior intensidade a partir do dia 18 com a aproximação da Zona de Convergência Intertropical, sistema atmosférico que atua sob a região Nordeste nesta época do ano e que influi na formação de áreas de instabilidade, que podem resultar em formação de nuvens de chuva com maior intensidade”, comentou o chefe da unidade de meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.

O Sistema de Monitoramento registra aviso de previsão de chuvas para esta quinta-feira (11) com volumes superiores a 50mm na região do Alto Oeste Potiguar.

Previsão dia a dia

11/01/24 – Quinta-feira – Céu parcialmente nublado com possibilidade de chuvas em todas as regiões do estado.

12/01/24-Sexta-feira- Céu parcialmente nublado com possibilidade de chuvas em todas as regiões do estado.

13/01/24 – Sábado – Céu parcialmente nublado com chuvas no Litoral, Mossoró, Vale do Açu, alto oeste, céu nublado a claro no restante das regiões.

14/01/24 – Domingo – Céu parcialmente nublado com possibilidade de chuvas em todas as regiões do estado.

02
jan

Registros de Chuvas no RN

Postado às 20:27 Hs

Foto: Reprodução

Os primeiros dias de 2024 foram marcados pela chuva em diversas regiões do Rio Grande do Norte. Segundo relatório pluviométrico realizado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), pelo menos 55 municípios potiguares registraram precipitações no período entre às 7h de do dia 1º de janeiro até às 7h desta terça-feira (2). a cidade de Porto do Mangue registrou chuvas de até 130mm teve o melhor apontamento pluviométrico do Estado.

Entre as cidades no Oeste, Grossos (57 mm), Triunfo Potiguar (49 mm) e Ipanguaçu (44,8 mm) também tiveram registro acima dos 40 mm. Com 0,4 mm, Martins teve a menor precipitação na região.

No Leste do RN, São Gonçalo do Amarante foi a cidade da Grande Natal com o melhor registro de chuva, com 80 milímetros. Goianinha (40,2 mm), Nísia Floresta (31,2 mm) e Natal (28 mm) também estão entre aquelas que tiveram os melhores registros. Parnamirim, com 9,7 mm, teve o menor registro entre as cidades da Grande Natal.

No Agreste Potiguar, o destaque pluviométrico é da cidade de Lagoa de Pedras, que registrou chuvas de 76,2 mm. O relatório da Emparn apontou que Nova Cruz (52,2 mm), Japi (30,8 mm), Lagoa Salgada (25 mm) e Brejinho (22.4) também tiveram uma boa precipitação. Com 0,2 mm, Coronel Ezequiel foi a cidade com a menor média.

 

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou, nesta segunda-feira (1º), um alerta de chuvas intensas para 56 municípios das regiões Central e Oeste do Rio Grande do Norte.

O alerta é de perigo (cor laranja), e prevê um volume de água entre 30 e 60 mm por hora, ou entre 50 e 100 mm por dia, além de ventos intensos entre 60 e 100 km/h. Os riscos são de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Foto: Reprodução

O aviso começou a ser válido das 10h06 desta segunda-feira e segue até as 10h da terça (2). As recomendações do Inmet são de, em caso de rajadas de vento, não se abrigar debaixo de árvores, pelo risco de queda e descargas elétricas, e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

O Instituto recomenda ainda, que, caso seja possível, a população desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Veja as cidades atingidas:

  1. Assu
  2. Água Nova
  3. Alexandria
  4. Almino Afonso
  5. Antônio Martins
  6. Apodi
  7. Augusto Severo
  8. Baraúna
  9. Caraúbas
  10. Coronel João Pessoa
  11. Doutor Severiano
  12. Encanto
  13. Felipe Guerra
  14. Francisco Dantas
  15. Frutuoso Gomes
  16. Governador Dix-Sept Rosado
  17. Itaú
  18. Janduís
  19. Jardim de Piranhas
  20. João Dias
  21. José da Penha
  22. Jucurutu
  23. Lucrécia
  24. Luís Gomes
  25. Major Sales
  26. Marcelino Vieira
  27. Martins
  28. Messias Targino
  29. Mossoró
  30. Olho d’Água do Borges
  31. Paraná
  32. Paraú
  33. Patu
  34. Pau dos Ferros
  35. Pilões
  36. Portalegre
  37. Rafael Fernandes
  38. Rafael Godeiro
  39. Riacho da Cruz
  40. Riacho de Santana
  41. Rodolfo Fernandes
  42. São Fernando
  43. São Francisco do Oeste
  44. São Miguel
  45. Serra do Mel
  46. Serra Negra do Norte
  47. Serrinha dos Pintos
  48. Severiano Melo
  49. Taboleiro Grande
  50. Tenente Ananias
  51. Timbaúba dos Batistas
  52. Triunfo Potiguar
  53. Umarizal
  54. Upanema
  55. Venha-Ver
  56. Viçosa

Foto: STTU/Divulgação

O verão 2023 começou às 0h27 da sexta-feira (22). Devido a influência do fenômento El Ñino, a estação deverá ser mais quente e mais úmida no Rio Grande do Norte. As análises do Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) apontam que a estação que segue até 20 de março de 2024, deverá ter volumes de chuva acima do normal.

“O mês de dezembro chuvoso a partir da segunda quinzena como previsto. Com a continuidade da condição de aquecimento das águas superficiais do Oceano Pacífico, que caracterizam o fenômeno El Ñino, facilita a chegada de frentes frias no Nordeste. Essa condição deverá continuar nos meses de janeiro e fevereiro, devendo ser meses com chuvas acima do normal”, comentou Gilmar Bristot, chefe da unidade de Meteorologia da Emparn.

Nesta estação os dias são mais longos e as temperaturas começam a subir. Pela climatologia, as temperaturas médias do período deverão, entre máxima e mínima ficar em torno dos valores normais. No litoral, máximas ente 31°C/32°C e no interior entre 35°C/37°C. As mínimas, no litoral a variação deverá ser entre 24°C a 26°C e no interior entre 23°C a 26°C. A previsão para o final de semana é de céu parcialmente nublado em todas as regiões do estado.

Reunião de Análise Climática

Na última quinta-feira (21), representantes de vários órgãos e instituições ligados à área de Meteorologia do Brasil se reuniram online para elaboração da Previsão Climática por consenso para o trimestre, janeiro, fevereiro e março de 2024. A reunião foi coordenada pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba.

“O resultado é que as chuvas nos meses de janeiro e fevereiro as chuvas fiquem entre normal e acima do normal. No mês de março, as chuvas ficarão abaixo, devido a influência do El Nino”, comentou Bristot. Os volumes acumulados mínimos para o estado são 60,4mm (janeiro 2024), 92,9mm (fevereiro) e 159,7mm (março 2024).

Novo Notícias

Foto: Elisa Elsie/governo do RN

A previsão do tempo para esta semana no Rio Grande do Norte é de céu parcialmente nublado, com chance de chuvas em todas as regiões do estado. As informações são do Portal Clima Tempo.

Em Natal, a previsão do tempo para está segunda-feira (25) é de sol com algumas nuvens e chuva passageira durante o dia. À noite o tempo fica firme. Já a terça-feira será de sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. No restante da semana, haverá sol e aumento de nuvens pela manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. A mínima será de 25º e a máxima de 31º.

Em Mossoró, no Oeste potiguar, a segunda-feira será de sol com algumas nuvens. Não chove. Na terça, quarta e quinta-feira, a previsão será de sol e aumento de nuvens pela manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Na sexta-feira, o sol volta e não há possibilidade de chuvas. A mínima será de 24º e a máxima de 35º.

Em Caicó, na região do Seridó, a segunda-feira será de sol com algumas nuvens. Não chove. Já na terça e quarta-feira, haverá sol e aumento de nuvens pela manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto. Na sexta-feira, haverá sol com algumas nuvens. Não chove. A mínima será de 25º e a máxima de 36º.

Em Pau dos Ferros, no Alto Oeste do potiguar, a tendência é que a segunda seja de sol, sem chuvas. Já na terça e quarta-feira, haverá sol e aumento de nuvens pela manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto. Já na sexta-feira, a previsão é de sol e aumento de nuvens pela manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. A mínima será de 26º e a máxima de 37º.

Tribuna do Norte

Foto: Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, neste domingo (24), um alerta de baixa umidade para 63 municípios do Rio Grande do Norte. O alerta prevê umidade relativa do ar variando entre 30% e 20%. O aviso, tem validade até a noite desta sexta.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o nível ideal de umidade do ar para o organismo humano gira entre 40% e 70%.

Devido aos riscos, o Inmet recomenda que as pessoas bebam bastante líquido, evitem desgaste físico nas horas mais secas e também evitem exposição ao sol nas horas mais quentes do dia.

Veja lista das cidades sob aviso:

Água Nova
Alexandria
Almino Afonso
Antônio Martins
Apodi
Augusto Severo
Baraúna
Caicó
Caraúbas
Coronel João Pessoa
Cruzeta
Doutor Severiano
Encanto
Equador
Felipe Guerra
Florânia
Francisco Dantas
Frutuoso Gomes
Governador Dix-Sept Rosado
Ipueira
Itaú
Janduís
Jardim de Piranhas
Jardim do Seridó
João Dias
José da Penha
Jucurutu
Lucrécia
Luís Gomes
Major Sales
Marcelino Vieira
Martins
Messias Targino
Olho d’Água do Borges
Ouro Branco
Paraná
Parelhas
Patu
Pau dos Ferros
Pilões
Portalegre
Rafael Fernandes
Rafael Godeiro
Riacho da Cruz
Riacho de Santana
Rodolfo Fernandes
Santana do Seridó
São Fernando
São Francisco do Oeste
São João do Sabugi
São José do Seridó
São Miguel
Serra Negra do Norte
Serrinha dos Pintos
Severiano Melo
Taboleiro Grande
Tenente Ananias
Timbaúba dos Batistas
Triunfo Potiguar
Umarizal
Upanema
Venha-Ver
Viçosa

Tribuna do Norte

Foto: Ilustrativa/ Reprodução

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) lançou três alertas de chuvas intensas que, juntos, atingem todo o estado do Rio Grande do Norte. Os alertas são válidos até a manhã desta quinta-feira (21). Dois dos alertas são da cor laranja, que representa o alerta de perigo no grau de severidade do órgão. Já o terceiro, que contempla a maior parte dos municípios do RN, é da cor amarela, que representa perigo potencial.

Cidades atingidas no 1º alerta laranja / Válido até 10h desta quinta (21)

–  Coronel João Pessoa, José da Penha, Luís Gomes, Major Sales, Marcelino Vieira, Paraná, Riacho de Santana, São Miguel, Tenente Ananias e Venha-Ver

Cidades atingidas no 2º alerta laranja / Válido até 12h desta quinta (21)

–  Arez, Baía Formosa, Brejinho, Canguaretama, Ceará-Mirim, Espírito Santo, Extremoz, Goianinha, Ielmo Marinho, Jundiá, Lagoa de Pedras, Macaíba, Maxaranguape, Montanhas, Monte Alegre, Natal, Nísia Floresta, Nova Cruz, Parnamirim, Passagem, Pedro Velho, Pureza, Rio do Fogo, Santo Antônio, São Gonçalo do Amarante, São José de Mipibu, São Miguel do Gostoso, Senador Georgino Avelino, Taipu, Tibau do Sul, Touros, Várzea, Vera Cruz e Vila Flor

Cidades atingidas pelo alerta amarelo / Válido até 10h desta quinta (21)

  1. Acari, Assú, Afonso Bezerra, Água Nova, Alexandria, Almino Afonso, Alto do Rodrigues, Angicos, Antônio Martins, Apodi, Areia Branca, Arez, Augusto Severo
  2. Baía Formosa, Baraúna, Barcelona, Bento Fernandes, Bodó, Bom Jesus, Brejinho
  3. Caiçara do Norte, Caiçara do Rio do Vento, Caicó, Campo Redondo, Canguaretama, Caraúbas, Carnaúba dos Dantas, Carnaubais, Ceará-Mirim, Cerro Corá, Coronel Ezequiel, Coronel João Pessoa, Cruzeta, Currais Novos
  4. Doutor Severiano, Encanto, Equador, Espírito Santo, Extremoz, Felipe Guerra, Fernando Pedroza, Florânia, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes
  5. Galinhos, Goianinha, Governador Dix-Sept Rosado, Grossos, Guamaré
  6. Ielmo Marinho, Ipanguaçu, Ipueira, Itajá, Itaú
  7. Jaçanã, Jandaíra, Janduís, Januário Cicco, Japi, Jardim de Angicos, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, João Câmara, João Dias, José da PenhaJucurutu, Jundiá
  8. Lagoa d’Anta, Lagoa de Pedras, Lagoa de Velhos, Lagoa Nova, Lagoa Salgada, Lajes, Lajes Pintadas, Lucrécia
  9. Macaíba, Macau, Marcelino Vieira, Martins, Maxaranguape, Messias Targino, Montanhas, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Mossoró
  10. Natal, Nísia Floresta, Nova Cruz
  11. Olho d’Água do Borges, Ouro Branco
  12. Paraú, Parazinho, Parelhas, Parnamirim, Passa e Fica, Passagem, Patu, Pau dos Ferros, Pedra Grande, Pedra Preta, Pedro Avelino, Pedro Velho, Pendências, Pilões, Poço Branco, Portalegre, Porto do Mangue, Pureza
  13. Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Riachuelo, Rio do Fogo, Rodolfo Fernandes, Ruy Barbosa
  14. Santa Cruz, Santa Maria, Santana do Matos, Santana do Seridó, Santo Antônio, São Bento do Norte, São Bento do Trairí, São Fernando, São Francisco do Oeste, São Gonçalo do Amarante, São João do Sabugi, São José de Mipibu, São José do Campestre, São José do Seridó, São Miguel, São Miguel do Gostoso, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Rafael, São Tomé, São Vicente, Senador Elói de Souza, Senador Georgino Avelino, Serra Caiada, Serra de São Bento, Serra do Mel, Serra Negra do Norte, Serrinha, Serrinha dos Pintos, Severiano Melo, Sítio Novo
  15. Taboleiro Grande, Taipu, Tangará, Tenente Ananias, Tenente Laurentino Cruz, Tibau, Tibau do Sul, Timbaúba dos Batistas, Touros, Triunfo Potiguar, Umarizal, Upanema
  16. Várzea, Vera Cruz, Viçosa e Vila Flor

Grau de severidade

Amarelo: Perigo Potencial. Situação meteorológica potencialmente perigosa. Cuidado na prática de atividades sujeitas a riscos de caráter meteorológico. Mantenha-se informado sobre as condições meteorológicas previstas e não corra risco desnecessário.

Laranja: Perigo. Situação meteorológica perigosa. Mantenha-se muito vigilante e informe-se regularmente sobre as condições meteorológicas previstas. Inteire-se sobre os riscos que possam ser inevitáveis. Siga os conselhos das autoridades.

Vermelho: Grande Perigo. Situação meteorológica de grande perigo. Estão previstos fenômenos meteorológicos de intensidade excepcional. Grande probabilidade de ocorrência de grandes danos e acidentes, com riscos para a integridade física ou mesmo à vida humana. Mantenha-se informado sobre as condições meteorológicas previstas e os possíveis riscos. Siga as instruções e conselhos das autoridades em todas as circunstâncias e prepare-se para medidas de emergência.

Fonte: Inmet/g1/RN

Foto: Ilustrativa/Reprodução

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indica previsão de chuva em praticamente toda a Região Nordeste do Brasil a partir da próxima terça-feira (19) até, pelo menos, sexta-feira (22).

A circulação atmosférica em vários níveis, combinada com a presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e um Sistema Frontal (SF) no Oceano Atlântico, no sul da Bahia, vai favorecer a formação de áreas de instabilidade e a ocorrência de chuva intensa, especialmente no sul e centro-sul da Bahia, centro e sul do Maranhão e no Piauí. Além destes sistemas, também vale destacar a influência da variabilidade intrasazonal (Oscilação de Madden-Jullian, OMJ), que favorece o aumento da umidade, nebulosidade e chuva no Nordeste.

A partir de terça-feira, a chuva deve atingir o sul da Bahia e depois avançar para o interior do Nordeste, afetando quase toda a região, com volume mais intenso na madrugada. Vale destacar que o período mais chuvoso deve se prolongar até sexta. Em locais pontuais, a chuva pode superar 100 milímetros (mm) em 24h, principalmente no litoral sul da Bahia. Veja abaixo.

Devido às novas atualizações dos diversos modelos numéricos de previsão do tempo, é necessário o acompanhamento diário dos avisos meteorológicos especiais emitidos pelo Inmet.

Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicou, nesta sexta-feira (15), previsão de chuva em praticamente toda a Região Nordeste do Brasil a partir da próxima terça-feira (19) até, pelo menos, sexta-feira (22).

“A circulação atmosférica em vários níveis, combinada com a presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e um Sistema Frontal (SF) no Oceano Atlântico, no sul da Bahia, vai favorecer a formação de áreas de instabilidade e a ocorrência de chuva intensa, especialmente no sul e centro-sul da Bahia, centro e sul do Maranhão e no Piauí. Além destes sistemas, também vale destacar a influência da variabilidade intrasazonal (Oscilação de Madden-Jullian, OMJ), que favorece o aumento da umidade, nebulosidade e chuva no Nordeste”, disse o Inmet no comunicado.

As chuvas devem atingir o sul da Bahia e depois avançar para o interior do Nordeste, afetando quase toda a região, com volume mais intenso na madrugada, a partir da próxima terça-feira (19). O período mais chuvoso deve se prolongar até sexta. Em locais pontuais, a chuva pode superar 100 milímetros (mm) em 24h, principalmente no litoral sul da Bahia.

Em razão das novas atualizações dos diversos modelos numéricos de previsão do tempo, é necessário o acompanhamento diário dos avisos meteorológicos especiais, recomenda o Inmet.

Portal Grande Ponto

Uma nova onda de calor deve fazer subir a temperatura em pelo menos oito estados do Brasil. A previsão é de que os termômetros se aproximem dos 40°C a partir da quinta-feira (14) em Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal, sul do Mato Grosso, norte de São Paulo, grande parte de Minas Gerais, sul do Tocantins e oeste da Bahia.

A onda de calor acontece quando temos uma temperatura cinco graus acima da média por um período de mais de cinco dias. Neste caso, ela deve se estender de 14 a 20 de dezembro, próximo da chegada do verão que acontece no dia 22 de dezembro.

A previsão é de que o calor se estenda por oito estados com as máximas mais altas no Centro-Oeste do país nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. Segundo o Climatempo, ainda não há uma previsão de temperatura para todo os estados, mas as cidades de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, e São Romão, no Mato Grosso devem superar os 40°C.

Foto: reprodução/Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de baixa umidade para 65 cidades do Rio Grande do Norte. O aviso é válido até as 18h deste domingo (3) para municípios das regiões Central e Oeste potiguar. O alerta é de perigo potencial (cor amarela), o primeiro numa escala de três no nível de severidade do órgão. Os outros níveis são perigo (cor laranja) e grande perigo (cor vemelha).

Nesse tipo de alerta, a umidade relativa do ar varia entre 20% e 30%, e há, segundo o órgão, “baixo risco de incêndios florestais e à saúde”. Entre as recomendações do órgão, está: beber bastante líquido, evitar desgaste físico nas horas mais secas do dia e evitar exposição ao sol nas horas mais quentes do dia.

Em caso de dúvida, a recomendação é acionar a Defesa Civil (telefone 199) e o Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Veja as cidades atingidas:

  1. Acari
  2. Água Nova
  3. Alexandria
  4. Almino Afonso
  5. Antônio Martins
  6. Apodi
  7. Augusto Severo
  8. Caicó
  9. Caraúbas
  10. Carnaúba dos Dantas
  11. Coronel João Pessoa
  12. Cruzeta
  13. Doutor Severiano
  14. Encanto
  15. Equador
  16. Felipe Guerra
  17. Florânia
  18. Francisco Dantas
  19. Frutuoso Gomes
  20. Governador Dix-Sept Rosado
  21. Ipueira
  22. Itaú
  23. Janduís
  24. Jardim de Piranhas
  25. Jardim do Seridó
  26. João Dias
  27. José da Penha
  28. Jucurutu
  29. Lucrécia
  30. Luís Gomes
  31. Major Sales
  32. Marcelino Vieira
  33. Martins
  34. Messias Targino
  35. Olho d’Água do Borges
  36. Ouro Branco
  37. Paraná
  38. Paraú
  39. Parelhas
  40. Patu
  41. Pau dos Ferros
  42. Pilões
  43. Portalegre
  44. Rafael Fernandes
  45. Rafael Godeiro
  46. Riacho da Cruz
  47. Riacho de Santana
  48. Rodolfo Fernandes
  49. Santana do Seridó
  50. São Fernando
  51. São Francisco do Oeste
  52. São João do Sabugi
  53. São José do Seridó
  54. São Miguel
  55. Serra Negra do Norte
  56. Serrinha dos Pintos
  57. Severiano Melo
  58. Taboleiro Grande
  59. Tenente Ananias
  60. Timbaúba dos Batistas
  61. Triunfo Potiguar
  62. Umarizal
  63. Upanema
  64. Venha-Ver
  65. Viçosa

G1/ RN

Foto: Elisa Elsie

A semana será de chuvas no litoral e interior do Rio Grande do Norte, de acordo com Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn).

Segundo a empresa estatal, o litoral potiguar terá chuvas com baixos volumes, acontecendo mais durante a madrugada e início das manhãs.

Já as temperaturas durante a semana deverão variar entre 20ºC e 30ºC, no Litoral Potiguar. No interior, as mínimas poderão atingir 24°C, durante as madrugadas e a máxima de 35°C, durante as tardes.

“As chuvas decorrem da influência das condições oceânicas, com temperaturas um pouco acima do normal, mais umidade associados a ventos do leste, formando nuvens com chuvas. Este cenário com chuvas com baixos volumes deve continuar até quinta-feira. Entre sexta e sábado, poderemos ter volumes mais significativos no interior do estado”, explicou o chefe da unidade de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.

Veja previsão para o restante da semana

  • 28/11/23 – Terça-feira – Céu nublado com chuvas e trovoadas, céu parcialmente nublado com chuvas em todo o estado.
  • 29/11/23 – Quarta-feira – Céu parcialmente nublado com chuvas no Litoral, Vale do Açu e região de Mossoró, demais regiões céu parcialmente nublado a claro.
  • 30/11/23 – Quinta-feira – Céu parcialmente nublado com chuvas no Litoral, demais regiões céu parcialmente nublado a claro.
  • 01/12/23 – Sexta-feira – Céu parcialmente nublado a claro em todo estado.
  • 02/12/23 – Sábado – Céu parcialmente nublado com chuvas no litoral, céu nublado a claro em nas demais regiões do estado.

G1/RN

fev 22
quinta-feira
18 10
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
5 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.950.553 VISITAS