Em visita a Central de Abastecimento “Prefeito Raimundo Soares” (Cobal) na manhã desta quarta-feira (06), o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, assegurou limpeza e segurança do equipamento. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Franklin Filgueira, que também acompanhou a visita, já está realizando levantamento dos problemas do mercado.

“É nosso interesse melhorar as condições para os comerciantes que trabalham na Cobal, importante equipamento reconhecido na nossa cidade. Vamos adotar medidas para garantir a limpeza e a segurança, trazendo equipes para o trabalho e fazendo a escala dos guardas municipais”, afirmou o prefeito Allyson Bezerra.

Em contato com o secretário municipal de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos, Brenno Queiroga, o chefe do executivo também determinou a viabilização de projeto de reforma do Mercado da Cobal. Uma das mudanças necessárias é a melhoria no estacionamento.

Prefeito Allyson Bezerra e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Franklin Filgueira em visita a Cobal e ouvindo reivindicação dos comerciantes
“Há muito tempo a Cobal necessita de um olhar diferenciado e nós estamos fazendo isso agora. Vamos viabilizar o projeto de reforma, com melhoria da estrutura, dando dignidade aos comerciantes que trabalham no mercado”, destacou o prefeito.

“De imediato vamos organizar um mutirão para fazer uma limpeza geral na Cobal. Estamos planejando ações como reforma, melhorias sanitária e hidráulica, entre outras que nos chegam através das reivindicações dos comerciantes durante essas visitas”, completou o secretário Franklin Filgueira.

Fonte: Assessoria

O WhatsApp lançou na última 3ª feira (8.dez.2020) uma ferramenta para facilitar a compra por meio do aplicativo. O novo “carrinho de compras” permite que o usuário tenha acesso a um catálogo de produtos e envie o pedido diretamente ao vendedor, sem ter que conversar com o estabelecimento, como era necessário até agora.

A ideia é oferecer um catálogo, que pode ser atualizado, com as opções dos produtos que estejam no estoque das lojas. Ao clicar no novo ícone (um carrinho de supermercado), o usuário pode fazer sua escolha sem ter que perguntar o que está disponível. Dessa forma, o empreendedor também tem o processo agilizado, já que não precisa responder às mensagens dos clientes sobre cada produto.

Mas, atenção: o novo ícone substitui o botão de chamada de voz. Se o usuário quiser fazer uma chamada de voz, precisará tocar no botão de chamadas para selecionar as opções de ligação de voz ou vídeo.

No futuro, o WhatsApp quer transformar a ferramenta em uma loja completa e permitir pagamento feito dentro do próprio aplicativo.

Hoje, mais de 13 milhões de pessoas utilizam catálogos comerciais todos os meses no país, segundo o próprio WhatsApp.

PODER 360

03
dez

Ciclo natalino

Postado às 20:22 Hs

O comércio de Mossoró vai ampliar o horário de atendimento ao público durante o mês de dezembro, quando inicia o chamado ciclo natalino. A Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró (CDL-Mossoró) e o Sindilojas Mossoró informam que a partir do próximo sábado (05) o funcionamento será estendido por mais 4 horas e as lojas começam a abrir aos domingos em caráter especial.

Durante a primeira semana do ciclo natalino o comércio fecha uma hora mais tarde, na segunda semana terá duas horas a mais de funcionamento, encerrando às 20h. Assim como em 2019, neste ano o comércio também funcionará no feriado de Santa Luzia (13/12), padroeira católica do município.

A mudança é regida pela Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021 realizada entre as entidades de classe do setor econômico e varejista de Mossoró, visando atender as demandas dos consumidores para as compras de fim de ano.

Confira o horário de funcionamento do comércio durante o Ciclo Natalino:

Sábados (05, 12 e 19 de dezembro)

O comércio terá 4h a mais – 8h às 18h

Domingos (06, 13, 20 de dezembro)

O comércio abrirá das 9h às 14h

Semana 1(09, 10 e 11)

O comércio terá 1h a mais – 8h às 19h

Semana 2(14, 15, 16, 17, 18, 21, 22 e 23)

O comércio terá 2h a mais – 8h às 20h

Feriado de Santa Luzia (13/12) – comércio abrirá das 8h às 15h

Virada do Ano (31/12) – comércio funcionará de 8h às 14h (com exceção dos shoppings)

 

Confira abaixo os dias e horários especiais do comércio em Mossoró durante todo mês de dezembro de acordo com o SINDILOJAS, Sindicado que representa lojistas na cidade.

SÁBADOS (05, 12 E 19 DE DEZEMBRO)
O comércio terá 4h a mais – 08h às 18h

DOMINGOS (06 E 20 DE DEZEMBRO)
O comércio abrirá das 9h às 14h

DIAS (09, 10 E 11 DE DEZEMBRO)
O comércio terá 1h a mais – 08h às 19h

DIAS (14, 15, 16, 17, 18, 21, 22 E 23 DE DEZEMBRO)
O comércio terá 2h a mais – 08h às 20h

13 DE DEZEMBRO – FERIADO DE SANTA LUZIA

O comércio abrirá das 08h às 15h conforme cláusula 58º da CCT 2020/2021, onde se faz necessário registrar a pretensão de abertura com o pagamento das devidas taxas.

Em um ano marcado pela pandemia, as vendas online bateram recorde na Black Friday. O faturamento do e-commerce somou R$ 4,02 bilhões, considerando quinta (26) e sexta-feira (27), um aumento de 25,1% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo levantamento feito pela Ebit/Nielsen. Ao todo foram mais de seis milhões de pedidos gerados, crescimento de 15,5%. A percepção foi de que o “esquenta da Black Friday”, vendas feitas antes da data oficial, foi uma estratégia que deu certo. Com as promoções durando mais tempo, as compras acabaram sendo realizadas ao longo de todo o mês de novembro. “A pandemia fez os consumidores terem um comportamento diferente. As compras ficaram diluídas e o comércio eletrônico soube aproveitar o momento e fisgá-los com descontos, oportunidades e atratividades”, comenta a líder de Ebit/Nielsen, Julia Ávila.
A Black Friday acontece nesta sexta-feira (27), mas já tem muita empresa adiantando as promoções. A data de descontos é promovida pelo varejo, mas não são apenas empresas desse setor que dão descontos que parecem mentira. A semana tem lanches por R$ 3,99, mensalidades de cursos de graduação pela metade do preço e até pizza por R$ 1. Porém, mais importante do que isso, é quanto a Black Friday deve movimentar neste ano. Se em 2019, segundo pesquisa da Ebit/Nielsen, o comércio eletrônico faturou R$ 3,2 bilhões na data, alta de 23,6%, a pandemia deve fazer esse valor se multiplicar. Há empresas no setor, como a companhia de soluções para o varejo eletrônico Nuvemshop, que esperam movimentar um valor cinco vezes maior do que o registrado no ano passado. A Ebit Nielsen, por sua vez, acredita em alta de 27% (contando apenas a quinta-feira anterior e a sexta-feira de Black Friday).

O pagamento do décimo terceiro salário aos trabalhadores brasileiros deve injetar R$ 208 bilhões na economia brasileiro neste ano. Em valores reais, o montante é 5,4% inferior ao registrado em 2019, de acordo com estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgada hoje (29).

A queda de 5,4% é a maior retração anual desde o início do acompanhamento realizado pela CNC, em 2012. Um dos motivos para a queda é a Medida Provisória (MP) 936 deste ano, que autorizou a redução do salário proporcional à jornada e a suspensão temporária do contrato de trabalho, com a justificativa de preservar empregos em meio à pandemia da covid-19.

A CNC cita dados do Ministério da Economia que mostram que, entre abril e agosto foram firmados 16,1 milhões de acordos entre patrões e empregados no âmbito da MP 936, sendo 7,2 milhões de suspensão do contrato de trabalho 3,5 milhões de redução de 70% da jornada.

15
out

Crescimento

Postado às 9:19 Hs

O volume de vendas do comércio varejista do Rio Grande do Norte cresceu 6,5% em agosto na comparação com julho, segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quarta-feira (14). O aumento foi maior que a média nacional, que ficou em 3,4% no mês.
Com o resultado do mês de agosto, o varejo potiguar chegou ao quarto mês consecutivo de crescimento nas vendas do varejo. Somente duas unidades da federação tiveram redução do volume de vendas em agosto frente a julho.
Apesar dos resultados positivos, no acumulado do ano, as perdas ainda acumulam mais de 6% de perdas para o segmento. Agosto foi o primeiro mês, desde o início da pandemia, em que o volume de vendas superou o mesmo período em 2019.
Na comparação de agosto de 2020 com o mesmo mês do ano passado, o volume de vendas do varejo potiguar cresceu 2,9%. Foi o quarto menor crescimento, na comparação com agosto de 2019, entre os estados brasileiros.

12
out

Funcionamento

Postado às 9:25 Hs

Os principais supermercados da cidade de Mossoró abrem hoje (12), feriado nacional.

Quatro lojas funcionam até às 20h. Rebouças (São Manoel e centro); Queiroz Atacadão (Avenida leste oeste), e o cidade alternativo (Ao lado do cemitério velho).

Os supermercados dessas redes, considerados os maiores de Mossoró, nos bairros, funcionarão até às 13h.

Amanhã (13) tudo volta ao normal.

Mais de 50% dos natalenses e mossoroenses vão presentear no próximo dia 12 de outubro, quando é comemorado o Dia das Crianças. Na capital potiguar, 57,7% dos entrevistados irão às compras, índice próximo ao registrado em Mossoró, onde 56,2% se dizem dispostos a gastar. Os números foram levantados pelo Departamento de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos da Fecomércio Rio Grande do Norte, com entrevistas realizadas, por telefone, nas duas cidades entre os dias 15 e 21 de setembro.

Mesmo com uma porcentagem acima dos 50%, a intenção de compras dos consumidores potiguares teve uma queda quando comparado ao ano passado, quando 65% dos natalenses e 63,1% dos mossoroenses confirmaram a ida às compras. Os que informaram que não vão comprar, apontam como motivos a falta de dinheiro, desemprego e o objetivo de poupar.

Em Natal e em Mossoró, os produtos mais procurados serão os brinquedos, com 64,5% e 63%, respectivamente. Na segunda posição entre os itens mais procurados estão as peças de vestuários, com 29,5% em Natal e 29,9% em Mossoró.

Com antecipação do feriado municipal de 30 de setembro em junho, o expediente será normal nesta quarta-feira nas repartições municipais. Na época, a antecipação teve como objetivo diminuir a circulação em vias públicas durante a pandemia, evitando o aumento dos casos em Mossoró no período mais crítico.

A comemoração do pioneirismo na libertação dos escravos na cidade, sendo feriado municipal, foi antecipada para o mês de junho, por meio de lei encaminhada para a Câmara Municipal e aprovada por unanimidade pelos vereadores, à época. A antecipação teve como objetivo diminuir a circulação de pessoas nas ruas.

Com isso, é a primeira vez que Mossoró não vai ter paralisação dos serviços e atividades em comemoração ao feriado municipal de 30 de setembro.

26
set

Horário estendido

Postado às 10:26 Hs

Publicado decreto que autoriza Partage Shopping a funcionar até às 22h

A Prefeitura de Mossoró publicou hoje, 25, novo decreto que estende o horário de funcionamento dos shoppings em Mossoró. O documento autoriza abertura das 10h às 22h, obedecendo as regras do protocolo sanitário.

O decreto 5.826 altera o 5.728 e determina medidas como uma pessoa a cada 15 m², além de afixada em cartazes a capacidade máxima de ocupação nas principais portas de acesso, sendo permitido no interior das lojas, uma pessoa a cada 5m².

O documento está disponível na edição desta sexta-feira do Jornal Oficial de Mossoró, JOM.

04
set

Luciano Hang visita Mossoró

Postado às 20:54 Hs

Via Blog de César Santos

Foto : Reprodução

Em tratativas desde o ano passado com a Prefeitura de Mossoró, o empresário Luciano Hang veio pessoalmente à cidade e confirmou a instalação de uma sede da empresa Havan no município. A empresa deve gerar centenas de empregos diretos e indiretos.

O local foi definido, será nas imediações do bairro Nova Betânia, e a perspectiva é que executivos do empreendimento voltem a Mossoró daqui a 15 dias para definir os trâmites para instalação.

A Havan comercializa artigos nacionais e importados no atacado e no varejo. Atualmente possui megalojas em dezesseis estados e no Distrito Federal.

Durante o desembarque no aeroporto Dix-Sept Rosado hoje, 04, quando foi recepcionado pela prefeita Rosalba Ciarlini, o empresário natural de Santa Catarina disse que a instalação em Mossoró representa uma nova fase de expansão para o Nordeste.

“Fiz esse trabalho que sempre faço de buscar investimentos para Mossoró e mostrar o desenvolvimento da nossa cidade, também como um município polo na região. Por isso, o proprietário Luciano Hang fez questão de vir a cidade confirmar a nova sede da Havan em Mossoró”, ressalta Rosalba Ciarlini.  “Não tenho dúvidas que uma Havan em Mossoró será emprego, renda e desenvolvimento”, confirma Luciano Hang.

 

Passado o choque decorrente da crise despertada pela pandemia do novo coronavírus, as vendas do varejo já retornaram ao patamar de fevereiro, antes do agravamento da disseminação da covid-19. No entanto, a recuperação ainda não foi homogênea. O avanço está especialmente sustentado pelo segmento de supermercados, que continuou crescendo durante os meses de pandemia.

Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio e foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Como peso de hipermercados e supermercados é muito grande, acima de 50% (da pesquisa), ele acaba colocando o comércio varejista, no geral, acima do patamar de fevereiro”, justificou Cristiano Santos, analista do IBGE. “O comércio volta ao patamar pré-pandemia por conta de supermercados. Supermercados nunca caíram (abaixo do patamar de fevereiro)”, observou.

Para Cristiano Santos, analista do IBGE, a recuperação do varejo para o patamar pré-crise foi bastante rápida, mas não homogênea, por isso deve ser relativizada, por não ter sido disseminada. “A recuperação não é totalmente distribuída, é concentrada nessas atividades, e muito por conta de uma atividade considerada essencial, que ela não caiu, ela cresceu”, ressaltou.

Já superaram o patamar pré-pandemia os segmentos de Material de construção (15,6% acima de fevereiro), móveis e eletrodomésticos (12,9%) e supermercados (8,9%).

Por outro lado, as vendas de veículos ainda estão 24,8% abaixo do patamar pré-pandemia, tecidos estão 45,8% aquém; livros e papelaria, 42,2% abaixo; combustíveis, 15,1% abaixo; equipamentos de informática 10,8% aquém; outros artigos de uso pessoal e doméstico, 5,3% inferior.

O comércio varejista chegou a junho 0,1% acima do nível de fevereiro, mas o varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos e material de construção, permanece 4,7% aquém da crise da covid-19.

IstoÉ

05
ago

Retomada

Postado às 10:22 Hs

Nesta quarta-feira (5) o Governo do Rio Grande do Norte dá início a última fase de retomada das atividades econômicas no Estado.

De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial do Estado de hoje, estão autorizados a reabrir os shopping centers, academias de ginástica, box de crossfit, estúdios de pilates e afins, com uso do ar-condicionado. Em Mossoró, a prefeitura municipal já havia autorizado o funcionamento do shopping desde o sábado (1º), mas a academia de ginástica localizada no local também só foi autorizada a funcionar a partir desta quarta-feira.

Também podem retornar hoje os serviços de alimentação com tamanho superior a 300m2 (restaurantes e food parks), bares e barracas de praia. Esses últimos estavam previstos para serem reabertos no dia 29 de julho, mas o governo acatou a recomendação do Comitê Científico Estadual e adiou por sete dias o início da terceira e última fase do Plano de Retomada Gradual da Atividade Econômica.

De acordo com a portaria, os estabelecimentos e serviços autorizados a funcionar na Fase 3 deverão cumprir protocolos específicos, sob pena de interdição, aplicação de multa e demais cominações legais.

A Prefeitura de Mossoró anuncia a reabertura do segmento de shopping na cidade a partir do dia 1° de agosto, sábado. O decreto 5747 define protocolos sanitários específicos para esses estabelecimentos.

O shopping deve funcionar em horário reduzido, das 10h às 20h, obedecendo às regras do protocolo sanitário, sendo permitido 1 pessoa a cada 15 metros quadrados e afixadas em cartazes a capacidade máxima de ocupação nas principais portas de acesso, sendo permitida, no interior das lojas, 1 pessoa a cada 5 metros quadrados.

Já a praça de alimentação ficará sob a responsabilidade de pessoa designada pela administração do shopping para que seja assegurada a aplicação de todas as normas nele contidas. “Cadeiras e mesas deverão obedecer ao distanciamento recomendado e serem higienizadas a cada utilização dos clientes. Na impossibilidade de remoção das mesas, para garantir o distanciamento, deverá haver interdição das que não poderão ser utilizadas”, informa o documento.

O documento cita novos protocolos sanitários para igrejas e templos, que já foram autorizados a reabrir desde o último dia 29, ontem.

A partir do dia 5 de agosto, bares e restaurantes poderão funcionar em todo o estado, inclusive com a venda de bebidas alcoólicas. A autorização está na Portaria Conjunta nº 15/2020, publicada no dia 27 de julho, pelo Gabinete Civil e Secretarias Estaduais de Desenvolvimento Econômico e de Saúde, e se refere aos segmentos do grupo Alimentação II, especificados na Fração 1 da Fase 3 do Plano de Retomada Gradual da Economia do Estado. Os estabelecimentos contemplados neste momento são os restaurantes, lanchonetes e food parks, com área acima de 300m², além dos bares e barracas de praia. O documento traz observações especificas para os setor de foods park, que não poderão dispor de mesas e cadeiras em espaço superior a 300 m² para facilitar a sanitização e controle de acesso pelos usuários; e também devem indicar obrigatoriamente um responsável pelo empreendimento, que aplicará e fiscalizará a adoção do protocolo, respondendo perante aos órgãos de controle e fiscalização. Caso não seja identificado o responsável legal, os órgãos de fiscalização poderão determinar o esvaziamento e fechamento do espaço imediatamente.

A Prefeitura de Mossoró anuncia que a próxima fração de reabertura dos bares e restaurantes, inicialmente previstos para hoje, 29, deve ocorrer no dia 05 de agosto, seguindo o cronograma definido pelo Governo do Estado.
De acordo com a Portaria Conjunta nº 15/2020, a partir do dia 5 de agosto bares e restaurantes poderão funcionar em todo o estado, inclusive com a venda de bebida alcóolica. A autorização se refere aos segmentos do grupo Alimentação II, especificados na Fração 1 da Fase 3 do Plano de Retomada Gradual da Economia do Estado. Os estabelecimentos contemplados neste momento são os restaurantes, lanchonetes e food parks, com área acima de 300m², além dos bares e barracas de praia.

As definições estão no Decreto 5714 da Prefeitura de Mossoró. O art. 1º define que “as medidas de saúde e a política de isolamento social rígido para o enfrentamento do novo coronavírus (COVID-19), instituídas no âmbito do Município de Mossoró, ficam prorrogadas durante a execução do Cronograma de Retomada Gradual Responsável das Atividades Econômicas, de que tratam os Decretos estaduais n. 29.742, de 04 de junho de 2020, e n. 29.794, de 30 de junho de 2020 e pela Portaria nº 006/2020-GAC/SESAP/SEDEC, de 18 de junho de 2020, e alterações posteriores, sem prejuízo das medidas determinadas por Decretos municipais”, detalha.
As iniciativas ocorrem conforme o avanço da pandemia em Mossoró a partir de análises do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Novo Coronavírus.

 

jan 18
segunda-feira
17 00
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
113 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.845.020 VISITAS