Mossoró em 30 de Setembro de 1883 libertou os seus escravos, enquanto que a data de hoje está relacionada ao ato que a Princesa Isabel liberta os escravos brasileiros. Mossoró à frente do seu tempo.

Há 132 anos , no Rio de Janeiro, a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, o que representou o fim da escravidão dos negros, comemorando, no Brasil, o dia da Abolição da Escravatura. A palavra “abolir” significa acabar, eliminar, extinguir e a escravidão foi oficialmente extinta do dia 13 de maio de 1888. A palavra “Áurea”, por sua vez, quer dizer “de ouro”, o que nota-se o valor que se deu a essa lei. Porém, mesmo com esse ocorrido, muito se diz que a escravidão ainda existe.

Em um texto curto e objetivo, a princesa devolve aos negros a liberdade, assim como foi escrito na carta, naquela época, acabando a escravidão em apenas dois artigos que assim dizia – (A Princesa Imperial Regente, em Nome de Sua Majestade, o Imperador, o senhor dom Pedro II, faz saber a todos os súditos do Império que a assembleia Geral decretou e ela sancionou a Lei seguinte: Art. 1º – É declarada extinta desde a data desta Lei a escravidão no Brasil. Art. 2º – Revogam-se as disposições em contrário)

19
set

O Brasil perde o ator Luis Gustavo

Postado às 20:47 Hs

Foto: reprodução

O ator global Luis Gustavo morreu aos 87 anos neste domingo (19/9), em Itatiba, no interior de São Paulo, onde morava. Ele teve complicações por conta de um câncer no intestino, descoberto em 2018, período em que ele se afastou da televisão.

A informação foi confirmada por seu sobrinho, o também artista Cássio Gabus Mendes, no Instagram. “Informo que meu querido Tatá, faleceu hoje, vítima de câncer! Descanse na luz e na paz!!! Obrigado por tudo, meu amado tio”, escreveu.

03
set

O Brasil perde o ator Sergio Mamberti

Postado às 9:32 Hs

Reprodução

O ator Sergio Mamberti, de 82 anos, morreu na madrugada desta 6ª feira (3.set.2021), no hospital da rede Prevent Senior, em São Paulo. Ele estava intubado desde o dia 28 de agosto com uma infecção nos pulmões.

Carlos Mamberti, filho do ator, informou que o pai faleceu em decorrência de falência múltipla de órgãos. Mamberti foi internado em julho deste ano para tratar uma pneumonia. Ele chegou a passar alguns dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas se recuperou e em cerca de 15 dias recebeu alta médica.

Sergio Mamberti é reconhecido principalmente por representar o tio Vitor, no “Castelo Rá-Tim-Bum”, e o mordomo Eugênio, na novela “Vale Tudo”. Mamberti foi muito ativo politicamente. Foi secretário de Música e Artes Cênicas, secretário da Identidade e da Diversidade Cultural, presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) nos governos Lula (2003-2011) e Dilma (2011-2014). É um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores. Em um vídeo, gravado em 2017, sobre a fundação do PT, diz que “os artistas, intelectuais, operários, estavam todos juntos ali“.

O ator participou de 36 filmes, 36 novelas e mais de 80 peças de teatro. Deixa 3 filhos.

Poder 360

O ator, humorista e dublador Orlando Drummond, que ficou famoso pelo personagem “Seu Peru”, da “Escolinha do Professor Raimundo”, faleceu nesta terça-feira (27). A informação é do jornalista Ancelmo Gois, de O Globo. Orlando Drummond tinha 101 anos e deixa dois filhos, cinco neto e três bisnetos.

Foto: Arquivo | O Globo

Em maio, o querido artista foi internado para tratar uma infecção urinária. Ele passou dois meses no hospital Quinta D’Or, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Drummond também marcou época como dublador. O carioca de Vila Isabel entrou para o Entrou para o Guinness Book, o livro do recordes, por dublar o personagem Scooby Doo por mais de 35 anos.

Seu personagem mais importante, como todos sabem, foi o “Seu Peru”, da “Escolinha”, desde a primeira fase do programa, no ar em 1990.

Em 2019, em virtude dos 100 anos de Drummond, a “Escolinha” fez episódio especial para homenageá-lo, quando foi ovacionado pelos humoristas da nova fase do programa.

O Globo

O planejamento para realização do Mossoró Cidade Junina 2022 foi iniciado pela Prefeitura de Mossoró. Nesta terça-feira (6), o Conselho Municipal de Turismo realizou uma reunião com entidades e instituições que participarão do planejamento juntamente com as secretarias municipais de Cultura (SMC) e Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SEDAT). Os grupos de trabalho criados farão diagnósticos para ouvir os segmentos diretamente envolvidos no evento para definir estratégias e oportunidades de negócios. A previsão é que até novembro todo planejamento seja concluído para realização da edição de 25 anos do MCJ. Foram criados três grupos de trabalho que farão levantamentos e diagnósticos. O primeiro grupo de trabalho abordará Negócios para o Mossoró Cidade Junina 2022. O objetivo é ouvir os segmentos diretamente envolvidos no MCJ para definir quais opções e oportunidades de negócios devem ser promovidas no evento. Serão ouvidos artistas, artesãos, empresas de transporte, hotelaria e do ramo de alimentação. O secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do Conselho Municipal de Turismo, Franklin Filgueira, explicou que essa estratégia é para ouvir os segmentos e captar sugestões para o planejamento que começa neste mês.
29
jun

Por que dos festejos juninos ???

Postado às 11:20 Hs

Origem da Festa Junina.

Existem duas explicações para o termo festa junina. A primeira explica que surgiu em função das festividades ocorrem durante o mês de junho. Outra versão diz que está festa tem origem em países católicos da Europa e, portanto, seriam em homenagem a São João. No princípio, a festa era chamada de Joanina.

De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial (época em que o Brasil foi colonizado e governado por Portugal).

Nesta época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas. Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha.

Todos estes elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas.

 

Festas Juninas no Nordeste

 

Embora sejam comemoradas nos quatro cantos do Brasil, na região Nordeste as festas ganham uma grande expressão. O mês de junho é o momento de se fazer homenagens aos três santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio. Como é uma região onde a seca é um problema grave, os nordestinos aproveitam as festividades para agradecer as chuvas raras na região, que servem para manter a agricultura.

Além de alegrar o povo da região, as festas representam um importante momento econômico, pois muitos turistas visitam cidades nordestinas para acompanhar os festejos. Hotéis, comércios e clubes aumentam os lucros e geram empregos nestas cidades. Embora a maioria dos visitantes seja de brasileiros, é cada vez mais comum encontrarmos turistas europeus, asiáticos e norte-americanos que chegam ao Brasil para acompanhar de perto estas festas.

 

fonte: Sua Pesquisa.com

A bravura dos mossoroenses liderados pelo prefeito Rodolfo Fernandes na batalha da resistência ao Bando de Lampião será contada no filme Chuva de Bala no País de Mossoró. O filme estreia na noite desta quarta-feira (23), véspera do Dia de São João, no canal oficial da Prefeitura de Mossoró no YouTube. O Chuva de Bala é uma das iniciativas culturais da Prefeitura de Mossoró por meio da Secretaria Municipal de Cultura para valorizar a cultura mossoroense, gerando renda para artistas e profissionais envolvidos na produção e integra a programação do Mossoró Cidade Junina 2021 Virtual. Nas últimas décadas, o espetáculo Chuva de Bala no País de Mossoró foi encenado em um cenário de teatro montado ao ar livre no adro da Igreja de São Vicente. Em 2020, o espetáculo não foi realizado devido à pandemia da Covid-19, mas, neste ano, a Prefeitura de Mossoró retomou o Chuva de Bala em formato de cinema. Pela primeira vez a história de resistência de Mossoró será contada em um filme.
Secretário especial de Cultura, Mario Frias, disse que a secretaria, vinculada ao Ministério do Turismo, vai criar uma linha de crédito, junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para injetar R$ 408 milhões no mercado para ajudar o setor de eventos a partir do segundo semestre. “O mercado [cultural] foi dizimado [com a pandemia] e a gente corre o sério risco de não se recuperar se a gente não fizer alguma coisa”, disse. Frias destacou que o mercado cultural movimenta 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB – soma de todos os bens e serviços produzidos no país) do Brasil. “Não é uma questão de se é bonitinho, ou se eu gosto ou não gosto. É um mercado real e a gente não pode abandonar”, disse. O secretário participou nesta segunda-feira (21) do programa Sem Censura da TV Brasil e falou também de seu trabalho à frente da secretaria, do apoio ao setor de games, da descentralização da cultura, da Cinemateca Brasileira e do Projeto de Lei Paulo Gustavo, que está em tramitação no Congresso Nacional e que amplia os efeitos da Lei Aldir Blanc.

Foi dada a largada no Mossoró Cidade Junina 2021 Virtual neste sábado (12), Dia dos Namorados. Artistas da terra se apresentaram no Pingo da Mei Dia que levou muito forró e animação para casas dos mossoroenses em todos os cantos. O maior bloco junino esse ano foi realizado on-line devido à pandemia da Covid-19.

A programação completa do MCJ foi lançada pela Prefeitura de Mossoró por meio da Secretaria Municipal de Cultura. Até dia 27 de junho bandas e artistas da cidade fazem a festa virtual com várias lives transmitidas pelo canal oficial da prefeitura no YouTube. Foram mais de 21 mil visualizações somente no YouTube da prefeitura, mas a live do Pingo também foi retransmitida pela TCM, TV Cidade Oeste e TV Câmara.

Para amenizar a saudade da tradição junina patrimônio cultural dos mossoroenses, o MCJ trouxe uma programação totalmente on-line para curtir com segurança em casa. Na abertura, os shows on-line foram transmitidos diretamente do palco do Teatro Municipal Dix-Huit Rosado, onde acontecem as apresentações do Polo Estação das Artes.

Já os shows de bandas e artistas do Polo Cidadela foram realizados a partir do palco do Teatro Lauro Monte Filho. Nilson Vianna, Beth e Jamir, André Luví, João Neto Pegadão e Gianini Alencar comandaram o Pingo.

O Governo do Estado participa nesta quinta-feira (27) do lançamento da 26ª Fiart – Feira Internacional de Artesanato, que será realizada dias 04, 05 e 06 de junho em formato digital por causa da pandemia  conectada aos artesãos potiguares, expositores de outros estados e países e ao público em geral.

A Espacial Eventos, empresa realizadora da Feira vai lançar também o site www.fiart.com.br onde constam os 24 segmentos artesanais presentes, 57 lojas, exposição preços dos produtos.

O lançamento será transmido pelo canal da Fiart no Youtube a partir das 19h com apresentação de Priscilla Freire e show de Deusa do Forró além das participações especiais de Samara Alves, Júnior Santos e o cordelista Leidson Félix (Capitão Jack).

No comando da live de lançamento no canal Fiart no Youtube (www.youtube.com/channel/UCjn4_OZPblQkFd7pQcJ9uig), Priscilla Freire vai apresentar o show de Deusa do Forró com participações especiais de Samara Alves, Júnior Santos e o cordelista Leidson Félix (Capitão Jack).

Segundo a subcoordenadora do Programa Estadual do Artesanato do RN (Proarte) da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Graça Leal, este ano o Governo do Estado participa da Fiart com artesãos(ãs) e entidades que representam todas as tipologias da produção artesanal do RN. O Proarte/Sethas selecionou por edital 43 artesãos(ãs) e a Espacial, organizadoras da Fiart  convidou 90.

São quatro entidades, as Bordadeiras de Currais Novos, a Associação Rendeiras de Alcaçuz, a Cooperativa Mãos Artesanais de Timbaúba dos Batistas (COMART) e o Complexo Cultural Santá de Santa Cruz, além de artesãos(ãs) individuais, de culinária e de essências representando os dez territórios da Cidadania do RN.

O RN tem 9.355 artesãos segundo dados do Sistema Nacional de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab) publicados dia 4 de maio de 2021 pelo Programa do Artesanato Brasileiro do Governo Federal.

Com o objetivo de estimular a leitura e a produção literária, fortalecendo a identidade cultural no Rio Grande do Norte, o Projeto Casa das Palavras realizará entre os meses de junho e julho, o Prêmio Antônio Francisco de Literatura de Cordel, que acontecerá de forma virtual, com inscrições abertas até o dia 10 de junho.

Patrocinado pela Cosern, Instituto Neoenergia e Governo do Estado, através da Lei Câmara Cascudo e Fundação José Augusto, o prêmio homenageia o mestre Antônio Francisco, nome reconhecido nacionalmente como um dos grandes poetas vivos do Brasil. O tema desta primeira edição será “O sonho de cada um e quando todos sonham juntos!”

Dividido em três categorias – Estudantes do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano);  Estudantes do Ensino Médio (1º ao 3º ano) e Universitário (graduação); e Categoria Livre -, o Prêmio distribuirá aos vencedores mais de R$ 12 mil em premiações, sendo para cada categoria R$ 2.000 para o primeiro, R$ 1.200 para o segundo e R$ 800 para o terceiro colocado.

A atriz Eva Wilma morreu ontem, aos 87 anos, em decorrência de câncer no ovário. A informação foi confirmada pela equipe da artista ao UOL. Ela estava internada no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 15 de abril. Ainda não há informações a respeito da realização do velório e do sepultamento. “Comunicamos que a atriz Eva Wilma, acaba de falecer às 22h08, no Hospital Israelita Einsteins, em São Paulo, em função de um câncer de ovário disseminado, levando a insuficiência respiratória. Nossos profundos e sinceros sentimentos a todos os familiares, especialmente a John Herbert Buckup Jr e Vivien Buckup”, lê-se na nota divulgada pela assessoria de imprensa da atriz.

Ainda neste ano, Mossoró terá seus fatos históricos contados e expostos num equipamento moderno e revitalizado. Tudo isso porque a Prefeitura de Mossoró, através das secretarias de Cultura e Infraestrutura, retomou os trabalhos no Museu Histórico Lauro da Escóssia, que se encontrava com obras paralisadas desde o ano passado.

O objetivo do Executivo municipal é entregar no próximo semestre um local totalmente recuperado, criando condições de acessibilidade para pessoas com deficiência, modernizando os ambientes, propiciando conforto e segurança para os usuários.

Foto: Célio Duarte/PMM

O investimento é de mais de 1 milhão de reais em para equipar e estruturar a parte física do prédio. “Aqui é mais uma obra importantíssima em que estamos trabalhando. A secretaria de Infraestrutura atua como uma prestadora de serviços à Secretaria de Cultura. Trata-se de um investimento de 800 mil reais na recuperação estrutural do museu e mais 300 mil reais destinados para equipar o museu. Vamos dar acessibilidade ao equipamento cultural que é um dos problemas que aqui verificamos e também recuperar a estrutura física do prédio”, explicou Brenno Queiroga, secretário municipal de Infraestrutura.

Em visita as obras do museu na manhã desta sexta-feira, 14, o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, destacou a importância do equipamento para a cidade. “Nós reconhecemos que o museu durante todo esse tempo não teve a devida valorização. É aqui que estão os fatos históricos que devem ser contados como o primeiro voto feminino da América Latina, a libertação dos escravos cinco anos antes da Lei Áurea, o enfretamento ao temido bando de Lampião”, enalteceu o gestor.

Foto: Célio Duarte/PMM

A revitalização do Museu Histórico Lauro da Escóssia irá fomentar não apenas a Cultura para os mossoroenses, mas também irá criar condições para atração de turistas. “Essa reforma vai beneficiar a cultura como um todo, pois temos aqui toda uma estruturação de como se construiu a história do município de Mossoró. Nós temos na guarda do museu fatos históricos que referenciam Mossoró e precisam ser socializados com a comunidade mossoroense e turistas”, destacou Etevaldo Almeida, secretário de Cultura.

Fonte: Assessoria

13
abr

§ § Espaço Web § Morre Lentamente

Postado às 22:12 Hs

 

 Por Pablo Neruda

 

Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não arrisca vestir uma cor nova e não fala com quem não conhece.

 Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro sobre o alvo e os pontos sobre as “*íes” a um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.

 Morre lentamente quem não “vira a mesa” quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca o verdadeiro pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.

 Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.

 Morre lentamente quem destrói seu amor próprio, quem não se deixa ajudar.

 Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se de sua má sorte ou da chuva incessante.

 Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, não perguntando de um assunto que desconheceou não respondendo quando lhe indagam sobre algo que sabe.

 Evitemos a morte em suaves parcelas, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior do que o simples fato de respirar.

 Somente a ardente paciência fará que conquistemos uma esplêndida felicidade.

31
mar

Acontece

Postado às 0:21 Hs

Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte lança Vídeo Homenagem nesta quarta-feira

Com adaptação ao ‘novo normal’, músicos da OSRN fazem gravação de casa.

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN, através do Projeto Movimento Sinfônico, inicia nesta quarta-feira (31), a partir das 19h, a série Vídeo Homenagem, no canal oficial da OSRN, no YouTube. O início da Temporada 2021 traz a arte Barroca para o público, com músicos da orquestra apresentando, em forma de gravação e cada um na sua casa, uma homenagem aos 350 anos de Tomaso Albinoni.

Em passeios pela arquitetura barroca do RN e expressões da arte barroca no Brasil que tem esse estilo em suas histórias e estruturas, o material conta ainda com participação especialíssima de Durval Cesetti tocando órgão nas dependências da Igreja do Galo (Capela Santo Antônio), em Natal-RN.

350 anos de Tomaso Albinoni

O homenageado Tomaso Giovanni Albinoni (1671 – 1751), compositor de óperas e música instrumental, foi um compositor barroco, nascido na cidade de Veneza (Itália) e tornou popular a sua arte graças ao talento e estilo massivo. Na época, igualou-se a Arcangelo Corelli e Vivaldi.

Albinoni foi um dos primeiros a escrever concertos para violino solo, atraindo atenção de renomados como Johan Sebastian Bach, que escreveu fugas (estilo de composição contrapontista, polifônica e imitativa, de um tema principal, com sua origem na música barroca) sobre temas de Tomaso. Mundialmente conhecido por sua música instrumental, embora haja uma revisão para a autoria dessa composição, a partir de fragmentos da obra do italiano, O Adágio em G (sol) menor (Adágio de Albinoni) é uma das peças do estilo barroco mais conhecidas e aplaudidas pelo público.

Com mais de 70 óperas escritas, e 28 delas produzidas em sua cidade natal entre 1723 a 1740, parte do trabalho de Tomaso foi perdida durante a Segunda Guerra Mundial mediante a destruição da Biblioteca Estadual da Saxônia, no bombardeio de Dresden, no ano de 1945. Daí o motivo de pouco saber sobre suas obras a partir de 1720.

23
mar

PERCURSUS

Postado às 17:22 Hs

PERCURSUS : Além dos Passos de Vicente Celestino

Nasci artista
Fui cantor
Ainda pequeno levaram-me para uma escola de canto
O meu nome, pouco a pouco, foi crescendo, crescendo
Até chegar aos píncaros da glória.

PERCURSUS, palavra Latina, “ato de percorrer”, de PER, “por completo, totalmente”, mais CURSUM, “caminho, trajeto”.

Desenhar um percurso artístico sobre a vida e obra do artista Vicente Celestino, experimentando as sensações das estações e emoções que expressam o despetalar e florir de uma vida que merece ser conhecida e reconhecida pelos tempos atuais, saudando a memória de um artista emblemático na lembrança dos mais antigos. As canções e textos de Fernando Pessoa, Chico Buarque, Angela Roro, Bob Marley, Clarice Lispector e outros, interpretadas pelo artista mossoroense Damásio Costa, fruto de uma apropriação interior do artista e da pesquisa que o mesmo empreendeu pela vida e obra do cantor, neste sentido este espetáculo adoça o coração dos expectadores da melhor idade, através da pesquisa, concepção e encenação. Mas também, incentiva as trocas de conhecimento e fortalecimento a memória unindo o ontem, o hoje e o amanhã com a participação de jovens artistas e estudantes.

FICHA TÉCNICA
Ideia Original e Roteiro: Damásio Costa
Direção de Arte: João Marcelino
Cenário: Damásio Costa
Produção Executiva: Andreilson de Castro, Jeyzon Leonardo, Luciana Duarte
A Máscara de Teatro
Figurino: Damásio Costa.
Iluminação: Damásio Costa
Direção Musical: Elizeu Cruz.
Estúdio: Sonora Pro Music.
Operador de Som e Imagem: Andreilson de Castro.
Operadora de Iluminação: Luciana Duarte.
Contra-regra: Jeyzon Leonardo.
Assessoria de Comunicação: Chrystian de Saboya/ Casa de Ideias
Desing Gráfico: Bruna Layara.
Fotografias: George Harrisson.
Vídeo de abertura: Plínio Sá e Medson Rigne.
UERN TV
Imagens: Adriano Pinheiro e Lu Nascimento
Direção de imagens: Adriano Pinheiro
Edição: Lu Nascimento
Direção Geral: Fabiano Morais

Agradecimentos: Boanerges Perdigão
Bruno Cavalcanti
Esdras Marchezan, Fabiano Morais, Gustavo Rosado, Gustavo Senna, Hykaroo Mendonça, Magnólia Perdigão, Micheline Fontes, Tereza Fernandes
Relização: A Máscara de Teatro

CANÇÕES DO ESPETÁCULO
1. A Volta do Boêmio
Composição: Vicente Celestino.

2. Coração Materno
Composição: Vicente Celestino.

3. Noite Cheia de Estrelas.
Composição: Vicente Celestino.

4. O Ébrio
Composição: Vicente Celestino.

5. Ontem ao Luar
Composição: Catulo da Paixão Cearense / Pedro De Alcântara.

6. Patativa
Composição: Vicente Celestino.

7. Porta Aberta
Composição: Vicente Celestino.

Os secretários de Cultura, Etevaldo Almeida, e de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Trabalho de Mossoró, Franklin Filgueira, se reuniram com representantes da Prefeitura de Caruaru, por meio da Fundação de Cultura (FCC), nesta quarta-feira (3). Durante o encontro, a Prefeitura de Mossoró promoveu a troca de experiências sobre a área cultural dos dois municípios. Um dos principais pontos abordados foi o modelo de gestão do São João de Caruaru, implantado na gestão da prefeita Raquel Lyra. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Trabalho de Mossoró, Franklin Alves Filgueira, destacou a importância do momento. “Vemos uma influência regional muito grande em Caruaru. Mossoró fazia o São João através da captação de agências e é isso que desejamos mudar, por isso solicitamos esse momento”, disse. Para o presidente da FCC, Rubens Júnior, apresentar Caruaru para outros municípios do Interior do Nordeste, como sendo uma referência, só enaltece o trabalho que é realizado de forma integrada entre as secretarias.
16
fev

@@@ O dia de Hoje na História… @@@

Postado às 6:42 Hs

16 de fevereiro:
Dia do Repórter.
Dia de  Santo Onésimo e Santo José Allamano
Nesta data em:

1267 – É assinado por Afonso III de Portugal e Afonso X de Leão e Castela o Tratado de Badajoz, que define a fronteira entre Portugal e Castela, garantindo a soberania portuguesa do Algarve.
1959 – Fidel Castro torna-se primeiro-ministro de Cuba.
2005 – O Protocolo de Quioto entra em vigor nos países signatários.

Nasceram neste dia…

1848 – Octave Mirbeau, escritor e jornalista francês (m. 1917).
1925 – Carlos Paredes, guitarrista e compositor português (m. 2004).
1944 – António Mascarenhas Monteiro, político cabo-verdense.

Morreram neste dia…

1279 – D. Afonso III de Portugal (n. 1210).
1837 – Gottfried Reinhold Treviranus, biólogo alemão (n. 1776).
1992 – Jânio Quadros, na agem, político, vigésimo-segundo presidente brasileiro (n. 1917).

2000 – Nádia Maria, comediante brasileira (n. 1931)

 2010 – Arnaud Rodrigues, humorista brasileiro (n. 1942)

2010- Rolando Toro Araneda, psicólogo, antropólogo, poeta e pintor chileno (n. 1924).

2019 — Bruno Ganz, ator suíço (n. 1941).

out 17
domingo
23 07
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
55 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.881.808 VISITAS