13
out

Punição

Postado às 11:17 Hs

Candidatos que dispararem Whatsapp e SMS sem autorização explícita dos usuários nas eleições estão sujeitos à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), em vigor desde setembro deste ano.

A LGPD define uma série de normas para a utilização de dados pessoais – aqueles que podem identificar alguém, como nome, CPF e número de telefone, entre outros.

Uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do final de 2019 definiu diretrizes sobre propaganda eleitoral pela internet e indicou que os princípios da LGPD devem ser respeitados a partir desta eleição

13
out

Eleições 2020

Postado às 9:08 Hs

Exército digital 1 – A pandemia da Covid-19 reduziu o volume de campanha na rua com material físico e levou os candidatos a prefeito a buscarem novas estratégias digitais para explorar o apoio dos seus “exércitos” de candidatos a vereador. Postulantes a cargos no Legislativo municipal formam a principal rede de apoio aos candidatos e funcionam como ligação com a base de eleitores, por isso, em geral, líderes comunitários ou pessoas identificadas com determinadas causas de apelo popular são escolhidas pelos partidos.

Exército digital 2 – Diante dos desafios impostos pelo novo coronavírus, neste ano, no entanto, outros atributos entraram na hora de escolher um candidato à Câmara Municipal: número de seguidores nas redes sociais, quantidade de grupos de WhatsApp de que faz parte e capacidade de engajamento nas redes sociais. Partidos políticos criaram santinhos com QR Code, para evitar o contato, arquivos digitais de material de propaganda para facilitar o disparo em listas de distribuição e até uma equipe de “mentoria” para uniformizar a atuação digital dos candidatos a vereador.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou, nesta semana, um formulário online para receber denúncias de disparos de mensagens em massa por meio do WhatsApp, durante as eleições municipais.

Pela primeira vez, nas eleições deste ano, o disparo de mensagens em massa foi expressamente proibido pela Justiça Eleitoral na norma sobre propaganda eleitoral. Os termos de uso do WhatsApp também não permitem a prática.

As mensagens do tipo em geral são impessoais e costumam trazer conteúdos alarmistas e acusatórios. A Justiça Eleitoral incentiva que o eleitor faça a denúncia se receber mensagens suspeitas provenientes, por exemplo, de contatos desconhecidos ou de vários grupos ao mesmo tempo.

O próprio WhatsApp se comprometeu, junto ao TSE, a investigar as denúncias e inativar contas suspeitas, encaminhando as informações pertinentes às autoridades. Segundo a plataforma, trata-se de “iniciativa inédita no mundo”.

03
out

Justificativa

Postado às 12:08 Hs

As lojas de aplicativo de celular (app) colocam à disposição uma nova versão do e-Título com mais funcionalidades. O recurso eletrônico possibilitará a justificativa de ausência nas votações de 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno), até 60 dias após cada pleito, por meio dos celulares e tablets.

Até as eleições, o e-Título estará atualizado para que as justificativas possam ser apresentadas a partir do dia da votação por quem não compareceu – por estar fora do domicílio eleitoral ou impedido de ir à zona eleitoral.

Previsto para acontecer nos dias 1º e 2 de outubro, o 2º Fest Bossa & Jazz – Home Sessions divulga as primeiras atrações e altera a data do evento. Agora marcado para 2 e 3 de outubro, em formato híbrido, com apresentações ao vivo via web e com presença de público convidado no Hotel Barreira Roxa – Via Costeira, em Natal-RN, o evento reúne grandes artistas da música. Para o primeiro dia estão confirmados de Dudu Galvão & Samara AlvesCandeeiro Jazz; Ed Motta Blues Beatles. Os demais nomes serão revelados em breve.

Realizado por Juçara Figueiredo Produções e aprovado pelo programa Djalma Maranhão de Incentivo à Cultura da Cidade do Natal, o projeto conta com patrocínio da Unimed Natal, apoio cultural da Fecomércio RN, SENAC-RN e apoio da Beju Produções. Cerveja oficial: Stella Artois.  Com oito lives entre artistas locais, nacionais e internacionais, o Festival terá transmissão pelo canal oficial da Band RN, no YouTube.

Em sua 1ª edição, produzida em abril deste ano, o Fest lançou campanha de arrecadação de fundos para o Instituto Juvino Barreto, junto aos seguidores, público e artistas participantes do Home Sessions, mantendo na versão on-line a preocupação com o impacto social do projeto, especialmente em um momento no qual os idosos estão entre os principais atingidos, devido a pandemia. Já para a 2ª edição, cultivando a mesma filosofia, porém ampliada para o impacto social da música na população potiguar, o Fest Bossa & Jazz – Home Sessions realiza nova campanha de arrecadação de fundos, agora voltado para o projeto Ilha de Música, idealizado e coordenado pelo trombonista, Gilberto Cabral, na comunidade da África, localizada na zona norte da cidade.

Acompanhe as mídias sociais e fique por dentro de tudowww.festbossajazz.com.br | @festbossajazz e Facebook.com/festbossaejazz

Metrópoles

Dos estudantes brasileiros – da pré-escola à pós-graduação – que não têm acesso em casa à internet em banda larga ou à rede móvel 3G ou 4G, 96,6% são da rede pública de ensino. No total, 6 milhões de estudantes não dispõem de acesso domiciliar à web para acompanhar as aulas. Desses, cerca de 5,8 milhões frequentam instituições públicas.

Isso é o que revelam dados compilados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Os técnicos analisaram o ensino remoto durante a pandemia de Covid-19. O problema se concentra entre os alunos dos anos iniciais e finais do ensino fundamental, bem como da pré-escola. Na graduação e pós-graduação, a falta de acessibilidade é menor.

No ensino fundamental, foram realizadas 27,2 milhões de matrículas em todo o país em 2018. Dessas crianças, 4,4 milhões não dispunham de acesso domiciliar à internet. Cerca de 200 mil estudantes que se matricularam no ensino fundamental e não tinham acesso à banda larga ou rede móvel são de escolas particulares, segundo o Ipea. Mais de 80% das matrículas estão em escolas públicas. “Há, contudo, proporcionalmente mais estudantes sem acesso à internet estudando nesses estabelecimentos”, diz.

O Ministério da Educação editou uma portaria que autoriza as instituições federais de educação profissional técnica de ensino médio a suspenderem as aulas presenciais ou substituí-las por aulas à distância até 31 de dezembro de 2020 por conta da pandemia. A portaria foi publicada na edição da madrugada desta terça-feira (4) do “Diário Oficial da União” (DOU).

A medida determina que as instituições possam combinar as duas alternativas, suspendendo apenas parte das atividades e realizando as demais de forma não-presencial, “sempre que for possível e viável do ponto de vista estrutural, pedagógico e financeiro“. O MEC determinou que os institutos que escolherem suspender o calendário de atividades devem repor integralmente a carga horária perdida.

Uma das funções mais pedidas pela comunidade pode enfim chegar ao WhatsApp. Trata-se da possibilidade de usar o mesmo número de telefone em mais de um dispositivo móvel.

Movimentações a respeito da implementação desse recurso começaram em março de 2020, mas nada foi colocado em prática desde então. Entretanto, os testes da função voltaram na atualização 2.20.196.8, disponível para quem é parte do programa de testes Beta da versão Android do mensageiro. A descoberta é do site WABetaInfo.

O recurso é bastante simples e permite que até quatro aparelhos estejam logados na mesma conta de WhatsApp. A interface para que você confira os dispositivos ligados está em desenvolvimento e indica a conexão com outros celulares, tablets, computadores e o display inteligente Portal, que também pertence ao Facebook.

É possível ainda conferir quando foi realizado o último login em cada um dos sistemas e ligar novos aparelhos compatíveis. Por enquanto, não há qualquer previsão de chegada dessa função na versão estável do WhatsApp.

Outra novidade também em desenvolvimento que pode chegar em breve no mensageiro é a busca avançada, que permite ao usuário escolher se o recado buscado é um texto ou contém tipos específicos de anexo, por exemplo.

Tecmundo

O Rio Grande do Norte teve o segundo maior crescimento do Brasil no segmento comércio eletrônico. Pesquisa “E-commerce na Pandemia”, realizada pela plataforma Nuvemshop, durante o primeiro semestre, apontou um aumento de 416% em transações comerciais dessa natureza. As vendas cresceram nos 27 estados brasileiros, mas 17 deles viram as suas vendas aumentarem acima da média nacional de 137%; principalmente nas regiões Norte e Nordeste do País.

O Acre lidera a lista com um aumento de 951%, seguido do Rio Grande do Norte (416%), Rondônia (409%), Sergipe (373%) e Alagoas (340%), completando os cinco maiores. No Sudeste, o Espírito Santo teve o maior aumento, de 236%, seguido por Minas Gerais, 213%, Rio de Janeiro (154%) e São Paulo (96%), onde há o maior número de lojas. Já o “top 5” dos estados com maior aumento de novas lojas, no mesmo período, são RN, com 400%; Roraima (250%), Alagoas (233%), Pernambuco (218%) e Ceará (119%). No recorte regional, o estudo também detectou diferentes níveis de maturidade dentro das lojas online.

TRIBUNA DO NORTE

Entre os esforços para melhorar a imagem do Brasil no exterior, o Ministério das Comunicações planeja divulgar peças publicitárias curtas nos horários comerciais de canais de televisão estrangeiros, principalmente na Europa.

A princípio, o governo havia planejado recriar o ramo internacional da TV Brasil e sua programação seria exibida via streaming.

A ideia é enfatizar nos vídeos que o agronegócio brasileiro não é o responsável pelo avanço do desmatamento na Amazônia e mudar a percepção de que há um descontrole na área ambiental.

Apesar de existir a previsão de exibição em toda a Europa e outros continentes, estão no foco a Alemanha e a França.

O ministro Fábio Faria, inclusive, quer buscar ajuda com os embaixadores desses países para viabilizar a ação.

A iniciativa de recriar o braço internacional da TV Brasil esbarra no alto custo de implementação. A pasta deve buscar ajuda para a divulgação das inserções com a Apex ou a Embratur.

Uma das ideias é também viabilizar um intercâmbio de programas estrangeiros com a EBC para abrir espaço para conteúdos sobre o meio ambiente brasileiro nas emissoras.

ESTADÃO

Com a prorrogação da suspensão das aulas presenciais em todos os níveis, do fundamental ao superior, está sendo exigido dos professores conhecimentos para o ensino remoto. Pensando nisso, o diretor da UERN Natal, Prof. Dr. Chico Dantas, elaborou e vai ministrar o curso “Aplicativos Google para Educação”, gratuito, on line e aberto a docentes da Universidade do Estado e professores das redes de estadual do RN e municipal de Natal. O objetivo é apresentar e/ou aperfeiçoar o uso de aplicativos Google no ensino remoto e no apoio às demais atividades inerentes ao dia-a-dia do professor. Chico, que integra o Departamento de Computação da UERN Natal, inicialmente pensou em ofertar o conhecimento aos colegas docentes da instituição, mas como as vagas são ilimitadas, entendeu que poderia ampliar o público e prestar esse serviço à Educação do RN e de Natal.
17
jul

Redes 5G começam a chegar ao Brasil

Postado às 10:21 Hs

As operadoras de telecomunicações estão dando largada à corrida pela liderança na cobertura da internet móvel de quinta geração (5G) no País, com a ativação do sinal a partir deste mês nas maiores capitais. Este é um passo importante para se avançar na digitalização da sociedade, com uma conexão que promete ser cerca de dez vezes mais veloz que o 4G. A popularização do acesso à nova tecnologia ainda vai levar de dois a três anos. Para isso se tornar realidade, é necessário acontecer o leilão de frequências da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), previsto para 2021. O leilão é visto como essencial para dar escala à nova tecnologia, uma vez que determinará as frequências específicas para o 5G. Depois disso vêm a disseminação das redes pelas operadoras e o barateamento de celulares e outros aparelhos. Um processo nada rápido.

O Instagram e o WhatsApp apresentam falhas na tarde de hoje, e muitos usuários da internet reclamaram do problema no Twitter.

Nas redes sociais, usuários reclamam de não poderem trocar mensagens com seus contatos, levando o termo “O WhatsApp” para o topo dos Trending Topics do Twitter.

O site Downdectector analisou a queda no Whatsapp, e, por volta das 16h, detectou a falha, ainda não informada. O Facebook, que administra o WhatsApp e o Instagram, ainda não se pronunciou, nem apresentou falhas.

 

 

Pressionado por uma onda de boicotes contra sua política de combate a notícias falsas e discurso de ódio, o Facebook estuda banir a propaganda política dentro da plataforma digital na véspera das eleições gerais dos Estados Unidos, programadas para novembro.

Apesar de não existir uma decisão final, o tema divide a internet e especialistas em torno do tema. De um lado existe o controle benéfico da disseminação de fake news – que podem resolver negativamente uma eleição – e de outro essas medidas podem acabar atrapalhando na escolha de candidatos, uma vez que o eleitor teria de percorrer um caminho mais longo na hora de tirar dúvidas.

25
jun

Em debate

Postado às 14:10 Hs

“Resíduos sólidos em tempos de pandemia” será tema de debate on line

A secretaria de estado de meio ambiente e recursos hídricos (Semarh) realiza a 7ª Edição do Programa Sociedade e Ambiente (PROSA) que discutirá sobre a temática dos “Resíduos Sólidos”. Será nesta sexta-feira, dia 26/06, às 10:00h (sexta-feira), no modo virtual, por videoconferência que será transmitida pelo Canal de Youtube da própria secretaria. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no link https://bit.ly/3fJ4Kp4 .

A ideia é trazer uma discussão sobre a geração e o manuseio dos resíduos sólidos em tempos de pandemia. Diversas ações têm sido vistas a partir de diferentes setores da sociedade, envolvendo orientações e recomendações sobre o manuseio dos resíduos nesta época de COVID-19. Essas informações podem ser alinhadas entre esses setores e agentes envolvidos, de modo que se atinja um maior contingente no tocante as medidas de enfrentamento a pandemia.
Para enriquecer o debate haverá a participação de especialistas e representantes de órgãos e instituições relacionados à temática dos resíduos sólidos, entre eles, IDEMA, SESAP, MPRN, MPT, UFRN, IFRN e Cooperativa de Catadores.

Sobre o PROSAO PROSA é o espaço para debater os temas ambientais da sociedade, conduzido pela Comeas, a Coordenadoria de Meio Ambiente e Saneamento da Semarh, instituição que atua na formulação de políticas, planos e programas de meio ambiente e recursos hídricos, supervisionando também a execução dessas ações.
Informações Gerais:

7ª Edição do PROSA – “Resíduos Sólidos”.
Dia: 26/06 (sexta-feira).
Hora: 10:00h.
Palestras:  “A gestão de resíduos sólidos em tempos de pandemia: a experiência do estado do Ceará.
”Maria Dias Cavalcante. Secretária Executiva da Secretaria de Meio Ambiente –SEMA – CE.
“COVID-19 e a geração de resíduos sólidos: orientações e recomendações.”Prof. Fernando Jucá. ABES – Câmara Técnica de Resíduos Sólidos / Nordeste/PE.

17
jun

Era digital com ditados populares

Postado às 19:52 Hs

1. A pressa é inimiga da conexão.
2. Amigos, amigos, senhas à parte.
3. A arquivo dado não se olha o formato.
4. Diga-me que chat frequentas e te direi quem és.
5. Para bom provedor uma senha basta.
6. Não adianta chorar sobre arquivo deletado.
7. Em briga de namorados virtuais não se mete o mouse.
8. Hacker que ladra, não morde.
9. Mais vale um arquivo no HD do que dois baixando.
10. Mouse sujo se limpa em casa.


11. Melhor prevenir do que formatar.
12. Quando um não quer, dois não teclam.
13. Quem clica seus males multiplica.
14. Quem com vírus infecta, com vírus será infectado.
15. Quem envia o que quer, recebe o que não quer…
16. Quem não tem banda larga, caça com modem.
17. Quem semeia e-mails, colhe spams.
18. Quem tem dedo vai a Roma.com
19. Vão-se os arquivos, ficam os back-ups.
20. Diga-me que computador tens e direi quem és.

Do G1

O WhatsApp anunciou, hoje, que o Brasil será o primeiro país a receber uma atualização do aplicativo que vai permitir que usuários enviem e recebam dinheiro, usando cartões cadastrados. A novidade também vai permitir que contas do WhatsApp Business recebam pagamentos por produtos e serviços.

A função chega ao Brasil já nas próximas semanas, de acordo com o WhatsApp. Será preciso cadastrar um cartão com a função débito para fazer as transferências.

Os pagamentos acontecem dentro de uma função chamada Facebook Pay. A rede social também é dona do Instagram, além do WhatsApp.

Em nota, o WhatsApp afirma que o recurso tem esse nome para que, no futuro, os mesmos dados de cartão possam ser utilizados em toda a família de aplicativos da empresa – sinalizando que o Facebook planeja expandir funções de pagamento para outros apps.

O WhatsApp não é o primeiro a expandir um aplicativo de mensagens em sistema de transferências eletrônicas. Na China, o WeChat foi responsável por uma revolução na maneira de pagar no país e atualmente é também rede social e uma plataforma de vendas.

Como vai funcionar?

Para que usuários possam enviar e receber dinheiro pelo WhatsApp será preciso cadastrar um cartão na função Facebook Pay. Veja como vai funcionar:

  • Haverá uma função, no mesmo menu do envio de imagens, chamada “Pagamento”;
  • Quando o usuário clicar nela, o aplicativo vai pedir um valor e redirecionar para a criação de uma conta;
  • Será preciso aceitar os termos de uso da plataforma e criar uma senha numérica de 6 dígitos;
  • Depois, o usuário vai precisar incluir nome, CPF e um cartão emitido por um dos bancos parceiros;
  • Será preciso verificar o cartão junto ao banco, que vai enviar um código ao usuário por SMS, e-mail ou aplicativo do próprio banco. Esse código serve para impedir o cadastro de cartões roubados, por exemplo.

De acordo com o WhatsApp, o uso da senha (ou reconhecimento biométrico do celular) vai ser necessário toda vez que o usuário for enviar dinheiro. As informações de cartão são encriptadas.

De repente, o celular toca. Numa mensagem de WhatsApp, um amigo pede ajuda. Precisa fazer um depósito urgente e está com problema no aplicativo do banco. Pergunta se pode fazer para ele e no dia seguinte devolve o dinheiro. A história faz parte de um dos golpes mais populares dos últimos meses, sobretudo durante a quarentena. Com mais pessoas em casa por causa do isolamento social e aumento de operações no comércio eletrônico, as tentativas de fraudes virtuais estão em alta.

No período entre 20 de março e 18 de maio, a busca de informações pessoais e bancárias de brasileiros na chamada dark web (ver infográfico) cresceu 108%, segundo pesquisa feita pela Refinaria de Dados, empresa especializada na coleta e análise de informações digitais. O número de buscas diárias alcançou 19,2 milhões ante 9 milhões no período pré-covid.

O sócio da companhia, Gregório Gomes, responsável pelo trabalho, explica que normalmente quem rouba os dados pessoais das pessoas não é quem aplica o golpe. Eles conseguem um banco de dados e vendem para criminosos na dark web. “São sempre dois atores diferentes, o que dificulta a ação da polícia”, afirma o executivo.

Outro dado que corrobora o aumento das tentativas de golpes virtuais é o crescimento dos chamados phishings, nome dado a prática que usa e-mail ou SMS para roubar informações do usuário. Segundo informações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o número de phishings aumentou 70% no pós-covid. Neste caso, os criminosos enviam mensagens com informações que chamam a atenção do usuário, que clica em um link e, a partir daí, permite a captura dos dados pessoais.

Mensagens fraudulentas

Durante o isolamento social, as mensagens feitas pelos criminosos para atrair a atenção dos brasileiros quase sempre mencionavam as palavras covid, auxílio e Caixa – expressões que mais cresceram no período. Cerca de 39% das mensagens tinham a palavra covid; 36%, auxílio; e 33%, Caixa (ver gráfico). “Das tentativas de phishing no Brasil, 73% dos disparos foram feitos por SMS”, diz Gomes.

out 20
terça-feira
11 11
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
78 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.837.652 VISITAS