Alcançamos os 200 dias de gestão. De lá para cá, não faltaram dedicação, vontade e trabalho para mudar os rumos da história de Mossoró. São dias desafiadores, com esforços concentrados em dar dignidade à população de Mossoró. Estamos dispostos, encorajados, 24 horas por dia, para alcançarmos nosso objetivo. E podemos afirmar, fortemente, Mossoró vive um novo momento de sua história. Nossa gestão é dinâmica e plural, porque é compartilhada com o nosso povo, ouvindo a todos, anotando as sugestões, e principalmente, apresentando resultados esperados há décadas. Estamos em contato direto com as pessoas nos bairros, nos mercados públicos, nas praças, nas unidades de saúde, nas comunidades rurais. Particularmente, conheço os problemas do povo porque vivi na pele. Ao andarmos pelas ruas de Mossoró, encaramos olho no olho todas as pessoas, que nos recebem com carinho, abraços e sorriso no rosto. Nosso esforço e cada energia dedicada estão valendo a pena. Estes poucos mais de seis meses de gestão significam mais do que números, anunciam uma Mossoró obstinada, de portas abertas para o desenvolvimento, para o progresso e de oportunidades para o seu povo. E, se Deus quiser, no que depender de nós, dos nossos servidores, e da nossa equipe, vamos seguir juntos construindo essa nova história. Precisamos avançar ainda mais. E vamos! Esses 200 primeiros dias nos mostram que vontade e coragem não nos faltam.

Foto: Wilson Moreno/PMM

Os investimentos em obras e serviços na rede de drenagem segue sendo realizados pela Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e  Serviços Urbanos (SEIMURB), para proporcionar uma série de benefícios à população. No bairro Nova Betânia, o trabalho avança em ritmo acelerado.

No início do mês, o município iniciou uma intervenção no sistema de drenagem em trecho localizado na Avenida João da Escóssia com Avenida Diocesana, zona Oeste. A Secretaria de Infraestrutura após serviço de manutenção verificou a necessidade de realização de obra para reconstrução da estrutura da rede que se encontrava com estrutura comprometida.

Tão logo verificado o problema, as equipes isolaram a área e iniciaram os serviços. As tampas de concretos foram substituídas por grelhas metálicas móveis que facilitam o processo de manutenção. Além disso, a intervenção irá possibilitar maior captação de águas das chuvas, melhorando o escoamento para evitar inundações.

A partir da próxima segunda-feira (26), a SEIMURB avança ainda mais com as obras de drenagem contemplando novo trecho da João da Escóssia, dando continuidade as melhorias de infraestrutura na rede de drenagem.

Avenida Felipe Camarão

No início da semana, a Secretaria de Infraestrutura concluiu obra em rede de drenagem em trecho da Avenida Felipe Camarão, ao lado da Praça da Convivência, no Centro da cidade. As equipes da Prefeitura realizaram a manutenção e construção de toda estrutura da rede que se encontrava danificada.

Rua Juvenal Lamartine

Outro trecho contemplado com obras de em rede drenagem fica na Rua Juvenal Lamartine, Bom Jardim, zona Norte. A Secretaria de Infraestrutura realiza manutenção e reparos no sistema do trecho para garantir melhorias no escoamento das águas pluviais e ainda mobilidade e segurança ao trânsito.

Fonte: Thiago Braga/PMM

Mossoroenses na faixa de 32 anos ou mais podem começar a se vacinar contra a Covid-19 nesta sexta-feira (23). Os mossoroenses com essa idade devem se dirigir até o ginásio do Sesi, no bairro Doze Anos, para se vacinar até as 16h de hoje. Neste sábado (24), o Sesi funcionará das 8h às 16h.

Alguns documentos são necessários para recebimento da primeira dose. Pessoas incluídas na faixa etária 32 anos ou mais devem apresentar originais e cópias de documento oficial com foto, comprovante de residência e cartão de vacina (se houver).

É importante que a pessoa esteja cadastrada no portal RN + Vacina para dar agilidade à vacinação. (https://maisvacina.saude.rn.gov.br/cidadao/). Caso, não tenha o cadastro, o mesmo será feito no local de vacinação.

A Caern investiu R$ 11,5 milhões para garantir melhor distribuição de água aos consumidores de 29 cidades, em diversas regiões do Estado. O serviço foi iniciado pelas cidades de Natal, Mossoró e Parnamirim. Empresa contratada pela Caern está fazendo a instalação de novos hidrômetros e a substituição dos antigos. Esses equipamentos promovem a cobrança justa e combatem irregularidades no sistema de abastecimento.

A Companhia pretende instalar 36 mil novos hidrômetros e substituir nas residências outros 33 mil equipamentos em todo o Estado. O trabalho de troca dos conhecidos “relógios” não terá custo para o cliente. A Caern faz comunicado aos consumidores com antecedência. No dia da instalação, a equipe informa ao chegar no imóvel, que fará o serviço.

Conforme a Lei 11.445, previsto também em resolução da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsep/RN) e Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Município de Natal (Arsban), o corte ocorrerá para os que se negarem a receber o hidrômetro. No caso de negativa em aceitar será entregue o comunicado dando um prazo de cinco dias, após esse prazo a equipe da Caern retorna ao imóvel, caso haja negativa novamente a água será cortada.

Após a conclusão do serviço nas cidades de Natal, Mossoró e Parnamirim, a programação prevista é levar o serviço para outras 26 cidades. São elas: Alto do Rodrigues, Apodi, Areia branca, Assú, Baraúna, Caiçara do Norte, Caicó, Caraúbas, Cruzeta, Currais novos, Goianinha, Guamaré, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, João Câmara, Jucurutu, Macaíba, Macau, Nova cruz, Parazinho, Parelhas, Pau dos Ferros, Pendências, Poço branco, São José de Mipibu e São Paulo do Potengi.

GEORADAR

O superintendente comercial da Caern, Giordano Filgueira, lembra que o investimento é importante para garantir melhor distribuição de água. A novidade esse ano é que o georadar, equipamento de sondagem para identificar redes de água, estará auxiliando na identificação de tubulações para a instalação dos novos hidrômetros. “Vamos perder menos tempo procurando a rede com a ajuda do georadar. Além disso, não é preciso escavar para encontrar a tubulação, nem quebrar a calçada”, reforça Giordano.

A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB), intensifica os trabalhos de limpeza de urbana em todas as regiões do município. Quem passou pela Avenida Mota Neto, no bairro Aeroporto, constatou a atuação dos profissionais da limpeza ao longo da via pública.

O trabalho englobou varrição, capinação, roçada, poda e coleta de resíduos. São serviços essenciais e importantes realizados pelos profissionais da limpeza para manutenção da cidade limpa e bonita. A iniciativa garante uma série de benefícios para a população, evitando surgimento de doenças.

O mutirão de limpeza realizado na avenida ainda evidencia melhores condições no que concerne a drenagem urbana, uma vez que a retirada dos resíduos possibilita de forma rápida o escoamento das águas das chuvas, evitando obstruções.

Os trabalhos da secretaria de Infraestrutura são realizados de modo a contemplar todos os bairros e comunidades rurais do munícipio.

 

Fonte: Assessoria

A vacinação contra a Covid-19 em Mossoró bateu novo recorde neste fim de semana com a aplicação de 5.793 doses. O município conseguiu aplicar 4.637 doses como D1 (primeira dose) e 1.134 como segunda dose (D2).

O avanço da vacinação no município também ficou evidenciado com a redução da faixa etária para o público em geral sem comorbidades, que até a última sexta-feira (16) estava em 35 anos e baixou para 33 anos ainda no sábado (17). A procura pela vacina foi intensa nas 9 Unidades Básicas de Saúde abertas no sábado e domingo e no Ginásio do SESI que funcionou apenas um dia.

Com grande demanda, estoque de D1 é esgotado no município

A grande mobilização para garantir a imunização dos mossoroenses teve como protagonistas os servidores da Saúde municipal e os voluntários, além das equipes atuantes no Ginásio do SESI. Graças a atuação das equipes em pleno fim de semana, todas as doses disponíveis para a primeira aplicação foram utilizadas.

“O município vacina mediante a disponibilidade de doses. Na sexta-feira havíamos recebido mais de 4 mil vacinas e as utilizamos neste fim de semana durante a campanha Mossoró Vacina. É nosso objetivo garantir que as doses não fiquem guardadas”, disse Morgana Dantas, secretária municipal de Saúde ao fazer referência ao uso completo das doses destinadas para primeira aplicação.

Ela garante que assim que o município receber nova remessa de imunizantes, a vacinação com D1 será retomada e afirma que a partir de segunda-feira (19), só serão usadas as vacinas reservadas para segunda dose (D2). Também estará disponível a dose única da vacina Janssen para o grupo dos caminhoneiros.

“Não temos mais vacina para D1 e estamos no aguardo de nova remessa de vacinas. Porém, temos as segundas doses reservadas, então, quem já está no prazo ou apto para encerrar o ciclo de imunização poderá procurar os pontos de vacinação”, disse a titular da pasta.

Fonte: Assessoria

 

Professor Francisco Carlos é contra recesso legislativo do mês de julho “população espera nosso trabalho”

O Professor Francisco Carlos se posicionou contrário ao recesso legislativo do mês de julho, previsto para acontecer a partir do próximo sábado, por um período de 15 dias. O parlamentar, que classificou a medida como “retrocesso”, explicou que a população espera trabalho dos vereadores e que a exemplo do ano passado, que não houve recesso, este ano também não deveria ter.

“A Câmara Municipal está para promover um retrocesso enorme no que diz respeito a apresentação de trabalho e produção legislativa para o cidadão mossoroense. O recesso legislativo do mês julho já havia sido extinto por meio de resolução. A própria Câmara já vinha reduzindo a quantidade de dias de recesso. Eram 45 no início do ano e mais 30 dias em julho. O recesso no início do ano foi reduzido e o de julho foi extinto.”, afirmou o vereador.

Como a medida ocorreu por resolução e não houve alteração na Lei Orgânica, a Câmara Municipal alega que o recesso deve ocorrer para cumprir a lei. No entanto, o Professor Francisco Carlos lembrou que a resolução funcionou normalmente no ano passado e que deveria ser mantida neste ano. Ainda lembrou que a Casa Legislativa se reuniu de maneira extraordinária várias vezes este ano e que poderia se reunir, novamente, se houver interesse, para fazer essa alteração.

“Essa casa já se reuniu de maneira extraordinária para alterar o brasão do Município. Já se reuniu de maneira extraordinária para aprovar a criação de cargos, com um projeto apresentado em três dias, para atender aos interesses da gestão Municipal. Daí eu pergunto. Qual o caso da Câmara Municipal de Mossoró se reunir de maneira extraordinária e alterar a lei orgânica de maneira que esse problema seja sanado e assim nós possamos trabalhar o mês inteiro de julho?”, questionou Francisco Carlos.

Fonte: Assessoria

 

Mossoró inicia neste sábado (17), a vacinação para o público geral de 33 anos ou mais. Também está aberta a partir de hoje a vacinação para os trabalhadores da indústria e construção civil e trabalhadores da limpeza urbana e hospitalar todos a partir de 18 anos.

A novidade foi anunciada pelo prefeito de Mossoró Allyson Bezerra durante visita ao ginásio do Sesi, ponto de vacinação neste sábado.A vacinação acontece hoje até as 16h e continua neste domingo (18), das 8h às 16h. Além do Sesi, nove unidades básicas de saúde estão abertas para vacinação hoje e amanhã.

Pontos de vacinação:

Sesi (apenas no sábado)
UBS do Sumaré
UBS do Alto de São Manoel
UBS do Santo Antônio
UBS do Aeroporto
UBS do Abolição 3
UBS do Alto da Conceição
UBS das Barrocas
UBS do Redenção
UBS do Belo Horizonte

Mossoró recebe nesta sexta-feira (16) um total de 4.825 doses de imunizantes contra a Covid-19. Com o recebimento deste novo lote, a Secretaria Municipal de Saúde retoma ainda hoje a aplicação da primeira dose que estava suspensa. Foi anunciada a redução da faixa etária para 35 anos ou mais do público geral sem comorbidades.

Outra novidade é a redução para 25 anos ou mais da faixa etária dos trabalhadores da indústria e da construção civil. Bem como, a inclusão dos bancários e dos trabalhadores dos Correios de 18 anos ou mais.

As doses estarão disponíveis no Ginásio do SESI a partir das 13 horas. É necessária a apresentação dos documentos (cópias e originais). No caso da população em geral, documento de identificação pessoal e comprovante de residência. Nos demais casos, também comprovação de atuação profissional (carteira de trabalho, declaração da empresa, etc).

Ainda seguem sendo vacinados com aplicação de dose única os caminhoneiros. Quem está no período da segunda dose pode procurar as equipes de vacinadores colocadas à disposição dos mossoroenses.

No próximo final de semana (17 e 18/07), a prefeitura estará promovendo mais uma edição da campanha Mossoró Vacina com 10 Unidades Básicas de Saúde abertas. No sábado (17), além das UBS’s, também irá funcionar o Ginásio do SESI.

Fonte: Assessoria

A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB), irá construir ponte em trecho do Rio Apodi-Mossoró, na Ilha de Santa Luzia. A obra irá ofertar acessibilidade aos moradores de várias comunidades do grande Alto de São Manoel. O aviso de licitação para contratação da empresa foi publicado em edição do Jornal Oficial de Mossoró (JOM) do dia 12 de julho de 2021.

A construção da ponte é uma antiga reivindicação da população local. A obra chegou a ser iniciada em 2016, mas foi paralisada. “Nós tivemos que realizar vários ajustes no projeto, ou seja, foi feita a atualização necessária para encaminhar para licitação e a pretensão é que ainda neste ano a obra seja iniciada atendendo assim as reivindicações dos moradores”, explicou Miguel Rogério, diretor de obras da SEIMURB.

Sandra Costa mora na Rua Benício Filho há mais de vinte e cinco anos e elencou dificuldades enfrentadas devido à falta de acessibilidade, bem como melhorias que a ponte irá trazer. “A maior dificuldade é o acesso para ir ao supermercado e UPA. Para deixar as crianças na escola temos que atravessar pelo rio nos arriscando. Caso contrário é preciso dar a volta e com a ponte construída o acesso se tornará mais rápido”, contou a dona de casa.

Os moradores relatam precariedade nas condições de acesso e os benefícios que as obras irão ofertar. “Eu não chego a me arriscar atravessando, pois tenho medo de cair no rio. As dificuldades são muitas aqui. Caso fosse feita a obra iria ser mil maravilhas para a gente, melhorando e muito”, disse a aposentada Maria Lúcia que mora bem próximo ao trecho do rio há mais de trinta anos.

“Vai melhorar bastante o acesso para várias comunidades aqui da região do Alto de São Manoel. Já faz muito tempo que aguardamos essa obra”, disse o aposentado Vicente de Sousa.

 

Fonte: Assessoria /PMM

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte) vai recorrer da decisão da 2ª vara da Fazenda Pública de Natal que determinou o retorno das aulas presenciais.
A entidade defende que isso só ocorra após a imunização completa dos profissionais da educação contra a Covid-19. O Sinte vai recorrer à Justiça para garantir a manutenção das aulas remotas até a imunidade completa.
Nos próximos dias e considerando a resposta do Governo acerca da decisão judicial sobre o retorno das atividades presenciais nas escolas, o Sindicato convocará uma Assembleia da categoria para discutir mais uma vez a questão e traçar estratégias de mobilização. Não está descartada a convocação de uma greve. Diante da situação atual, o Sinte afirma que se reunirá com sua Assessoria Jurídica para levantar medidas cabíveis.

 

O encerramento das testagens da Covid-19 no Ginásio Poliesportivo Engenheiro Pedro Ciarlini foi anunciado na tarde desta sexta-feira (09). A Prefeitura de Mossoró se baseia na queda acentuada do volume de testes diários, algo que vem ocorrendo desde o último mês de junho. A estrutura passou a ser subutilizada apresentando uma média de 50 testes, uma realidade bem distante do que era visto nos meses de abril e maio deste ano quando o ginásio chegava a receber rotineiramente 500 pessoas para a realização de teste.

Agora, os exames ficarão sendo feitos na Unidade de Pronto Atendimento do bairro Belo Horizonte. “Os testes poderão ser feitos na UPA do BH e apesar do funcionamento ser em horário comercial, se o paciente chega lá de noite com sintomas, passar pelo médico e ele pedir o teste, lá mesmo na unidade o exame será feito . Logo, teremos uma unidade que funciona 24 horas para atender estes pacientes com sintomas”, disse Morgana Dantas, secretária de Saúde de Mossoró.

Outra novidade é a transformação do Centro de Testagem do Ginásio Poliesportivo em um grande Centro de Vacinação. Ele dará apoio a outro ginásio: o do Sesi, que possui capacidade para vacinar até 1.600 pessoas por dia. Ele tem sido um importante apoio que complementa o trabalho de vacinação contra a Covid-19 realizado pelas 46 Unidades Básicas de Saúde do município.

A informação é confirmada por Morgana Dantas, secretária municipal de Saúde. “Vamos agora organizar o espaço para transformá-lo em um grande Centro de Vacinação, como hoje é o Ginásio do SESI. Antes faremos a desinfecção do ambiente e esperamos em breve, começar a imunizar os mossoroenses aqui também”, disse Morgana.

Mossoroenses na faixa de 37 anos ou mais podem começar a se vacinar contra a Covid-19 neste sábado (10). O município disponibiliza 10 unidades básicas de saúde para aplicação da vacina, além do Sesi neste sábado, em mais um fim de semana na campanha Mossoró Vacina. A vacinação ocorre das 8h às 16h.

Alguns documentos são necessários para recebimento da primeira dose. Pessoas incluídas na faixa etária 37 anos ou mais devem apresentar originais e cópias de documento oficial com foto, comprovante de residência e cartão de vacina (se houver).

Nesta sexta-feira (09, o prefeito Allyson Bezerra anunciou o início da vacinação de trabalhadores da limpeza urbana e hospitalar a a partir dos 30 anos ou mais. Esses profissionais devem apresentar originais e cópias dos seguintes documentos : carteira de trabalho ou cópia de contrato de trabalho ou declaração da empresa, além do documento de identidade.

É importante que a pessoa esteja cadastrada no portal RN + Vacina para dar agilidade à vacinação. (https://maisvacina.saude.rn.gov.br/cidadao/). Caso, não tenha o cadastro, o mesmo será feito no local de vacinação.

Pontos de vacinação (10 e 11/07):

UBS Vereador Durval Costa (Walfredo Gurgel)
UBS Raimundo Renê Dantas (Boa Vista)
UBS Dr. Joaquim Saldanha (Estrada da Raiz)
UBS Dr. Cid Salém Duarte (Abolição IV)
UBS Dr. Sueldo Câmara (Aeroporto II – Quixabeirinha)
UBS Francisco Pereira de Azevedo (Liberdade I)
UBS Agnaldo Pereira (Vingt Rosado)
UBS Dr. José Fernandes de Melo (Lagoa do Mato)
UBS Enfermeira Conchita da Escóssia (Abolição II)
UBS Centro Clínico Evangélico Edgard Bulamarqui (Centro)

SESI (Somente sábado)

Uma operação integrada de fiscalização, com a missão de combater crimes e infrações relacionados à venda de combustíveis e derivados, incluindo as lojas de conveniência dos postos, foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (8) em todo o país. Batizada de Petróleo Real, a operação foi coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), com apoio das secretarias estaduais de Segurança Pública.

No Rio Grande do Norte, foram fiscalizados 104 postos de combustíveis em Natal, região metropolitana da capital e Mossoró. Destes, 34 foram autuados por irregularidades.

O objetivo da operação também visou combater a prática de preços abusivos, crimes de ordem tributária, como sonegação fiscal, por exemplo, testar a qualidade dos produtos e a funcionalidade das bombas de combustíveis.

Ao todo, participaram da ação 36 equipes, totalizando 107 servidores públicos do Procon Municipal de Natal, Procon Estadual, Instituto de Pesos e Medidas do RN (Ipem-RN), Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), Secretaria de Estado da Tributação (SET), Polícia Militar e Polícia Civil.

A Petróleo Real segue o decreto nº 10.634, de 22 de fevereiro de 2021, que dispõe sobre o direito de os consumidores receberem informações corretas, claras, precisas, ostensivas e legíveis sobre os preços dos combustíveis em território nacional. O decreto tem contribuições do Ministério de Minas e Energia (MME) e da ANP, além do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Resultado

– Total de postos fiscalizados: 104
– Total de postos autuados: 34
– Total de bombas aferidas: 244
– Total de bombas irregulares: 29
– Apreensão de material (produtos vencidos): 116

A Secretaria de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito (SESEM), informa sobre ordenamento de tráfego na Avenida João da Escóssia com a Avenida Diocesana. A intervenção garante a segurança dos condutores e trabalhadores durante reparos na rede de drenagem.

Os trabalhos começaram na noite desta quinta-feira (08). O trecho está totalmente sinalizado e conta com a presença do agente de trânsito. A previsão para conclusão dos trabalhos é de 30 dias.

O serviço está sendo realizado pela Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos. As equipes trabalham na substituição das tampas de concreto por telas. Além disso, ocorrerá a desobstrução da galeria. O diretor executivo de Mobilidade, Luís Correia, explica que os condutores devem buscar rotas alternativas durante o reparo.

“É um serviço de reparo bastante importante. A mobilidade está reduzida e é preciso atenção. Os condutores devem buscar rotas alternativas”, explicou, Luís Correia.

“O agente de trânsito está no local realizando a organização do trânsito. Nesse momento é muito importante a participação da população. Quem utiliza o aplicativo Waze já foi notificado sobre nossa intervenção”, finalizou Luís Correia.

Fonte: Assessoria

O município de Mossoró começa a partir de hoje (07), a vacinar pessoas sem comorbidades de 38 anos ou mais. O anúncio foi feito pelo prefeito Allyson Bezerra via redes sociais, onde o mesmo convoca à população que se encaixa nessa faixa etária para a vacinação.

As pessoas da nova faixa etária beneficiada devem procurar o Ginásio do SESI. “Quem tem 38 anos ou mais pode preparar o braço porque Mossoró vacina a partir de agora no SESI”, escreveu o prefeito em sua rede social lembrando que: “pode mandar vacina todo dia que estamos com nossos servidores e voluntários preparados para acelerar”, disse.

A prefeitura consegue avançar na imunização contra a Covid-19 após ter recebido mais uma remessa de vacinas do Ministério da Saúde. Mossoró recebeu no final da tarde da última segunda-feira (05), 16.405 doses de imunizantes.

A partir de 23 de agosto, a cidade de Mossoró ganha uma nova conexão operada pela Azul, desta vez com a capital do estado, Natal. O anúncio do novo mercado faz parte do plano de fortalecimento das ligações domésticas da companhia e acontece em parceria com o governo do Rio Grande do Norte, que pleiteou a operação junto à Azul. As passagens já estão à venda em todos os canais da companhia a partir de R$129, 63* e os novos voos seguirão todos os protocolos de higiene adotados pela empresa desde o início da pandemia. Aumentando a presença no estado, a companhia vai promover mais comodidade aos Clientes mossoroenses que quiserem realizar o trajeto de 286 quilômetros – entre Mossoró e a capital do Rio Grande do Norte – por via aérea, além de estimular a demanda pelo serviço e impulsionar a economia local no interior do estado. Com três frequências semanais – às segundas, quartas e sextas-feiras – os Clientes voarão a bordo de aeronaves modelo ATR 72-600, com 70 assentos. De Natal, é possível chegar ao Recife e Campinas, dois dos principais centros de conexões da Azul no país. Esta é a segunda rota operada pela companhia a partir de Mossoró, que também conta com voos diários para a capital pernambucana.
O planejamento para realização do Mossoró Cidade Junina 2022 foi iniciado pela Prefeitura de Mossoró. Nesta terça-feira (6), o Conselho Municipal de Turismo realizou uma reunião com entidades e instituições que participarão do planejamento juntamente com as secretarias municipais de Cultura (SMC) e Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SEDAT). Os grupos de trabalho criados farão diagnósticos para ouvir os segmentos diretamente envolvidos no evento para definir estratégias e oportunidades de negócios. A previsão é que até novembro todo planejamento seja concluído para realização da edição de 25 anos do MCJ. Foram criados três grupos de trabalho que farão levantamentos e diagnósticos. O primeiro grupo de trabalho abordará Negócios para o Mossoró Cidade Junina 2022. O objetivo é ouvir os segmentos diretamente envolvidos no MCJ para definir quais opções e oportunidades de negócios devem ser promovidas no evento. Serão ouvidos artistas, artesãos, empresas de transporte, hotelaria e do ramo de alimentação. O secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do Conselho Municipal de Turismo, Franklin Filgueira, explicou que essa estratégia é para ouvir os segmentos e captar sugestões para o planejamento que começa neste mês.
jul 27
terça-feira
05 18
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
88 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.874.914 VISITAS