O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, assinou nesta quarta-feira (21), a ordem de serviço para início da obra de construção do Anel Viário de Mossoró, grande obra do Programa do Mossoró Realiza, que interligará as BRs 110, na saída para Areia Branca, a 304, na saída para Fortaleza/CE.

“Hoje é um dos dias mais felizes, emocionantes e emblemáticos da minha vida e da minha trajetória como engenheiro e prefeito, estou extremamente feliz de estar iniciando hoje esse grande projeto, essa grande obra, que é a maior que a prefeitura pode executar, uma obra muito sonhada e que trabalhamos nela desde o início da gestão,” disse Allyson.

O Anel Viário vai ligar a BR-110 à BR-304, garantindo mobilidade urbana e desenvolvimento para Mossoró, será uma avenida de 8km de extensão, passando pelo Rio Mossoró com uma ponte de 140 metros, ligando a cidade de uma ponta à outra.

A obra tem investimento de R$ 67 milhões, e se destaca como a maior obra já realizada pela Prefeitura na história do município. “Agradeço ao senador Rogério Marinho, na época Ministro, ao qual apresentei o projeto, fui várias vezes até o seu gabinete e o senador atendeu o nosso pedido e enviou os recursos para realizar o sonho do nosso povo,” frisou o gestor.

Allyson destaca que a obra é emblemática para a população e também para o setor salineiro, de energias renováveis, entre outros que utilizam diariamente às BRs. A obra também vai beneficiar diretamente o acesso às universidades.

O Anel Viário de Mossoró será a primeira avenida do Município 100% com calçadão e ciclovia, além de contar com iluminação de led. “Hoje é um momento histórico em que tiramos do papel um grande sonho, uma grande obra, que foi pensada há muito tempo e graças ao trabalho de nossas equipes, todo esse empenho, estamos iniciando hoje”, concluiu o prefeito.

O deputado estadual Adjuto Dias confirmou ao blogue do Xerife que está disposto a concorrer a sucessão municipal nas eleições deste ano em Caicó (RN).

“É preciso deixar claro uma coisa. Na realidade, durante entrevista dada por mim nesta segunda feira (ontem-19) coloquei o nome de outros possíveis pré-candidatos, assim como eu. Entendemos que não podemos deixar de fora qualquer uma das hipóteses em respeito ao potencial de nossos aliados. Mas, o meu nome está firme e forte e com determinação para unir toda a oposição e nossa nação bacurau”.

E acrescentou:

“Caicó não pode ficar estagnada como a atual gestão. É uma administração muito maquiada e direcionada a política administrativa do “pão e circo”. Não existe nenhuma obra estrutural para a geração de emprego e renda para o município. A saúde é um caos. Falta o mínimo do mínimo. Lixo e buracos tomam conta dos quatro cantos da cidade. Nós vamos modificar tudo isso”.

E arrematou:

“Aonde estão as obras do prefeito? Quais são mesmo as obras? Na gestão dele tem muita maquiagem, isso sim. As poucas obras que ensaiou entregar estão paralisadas. Será que serão entregues dentro do prazo estimulado? A Praça do Coreto, por exemplo, ele disse que inaugurava antes do carnaval. Não entregou. O novo açougue público caminha à passos de tartaruga e poderá chegar ao final de sua gestão sem estar pronto. A nova rodoviária (cuja obra não é da gestão dele, e sim, de gestão anterior) foi entregue sem estar concluída. O prefeito ainda teve a asneira de narrar durante a sua mensagem anual na Câmara Municipal de Vereadores que faltando pouco menos de um ano para o encerramento da gestão ele já concluiu 80% das obras do seu plano de governo. Quais foram as obras mesmo? O povo quer saber. E se falta apenas 20% isso significa dizer que em 4 anos ele não fez quase nada por Caicó. Isso precisa mudar.

Para concluir, Adjuto ainda disse que o prefeito é acusado de graves denúncias encaminhadas a justiça de malversação do patrimônio público. “Isso precisa ser esclarecido. As denúncias são graves e logo… logo… haverá de ter uma resposta. Nós estamos acompanhando isso de muito perto. A verdade virar à tona antes do que se imagina. O povo precisa conhecer quem está governando Caicó. É preciso mudar esse cenário”.

Foto: Fecomércio-RN

Após uma publicação nas redes sociais feita pelo secretário da Administração do RN, Pedro Lopes, afirmar que empresários “ficaram com o dinheiro do ICMS” e que a “inflação do RN em janeiro de 2024 ficou igual a média nacional”, a Fecomércio-RN soltou uma nota técnica sobre o tema, desmentindo o secretário Pedro Lopes.

Veja a íntegra abaixo:

Por uma questão de compromisso com a população do estado do Rio Grande do Norte, nos sentimos na obrigação de dizer a verdade e mitigar os danos causados pela propagação das informações inverídicas contidas na manifestação pública do Secretário Estadual de Administração, na manhã deste sábado (17), por meio das suas Redes Sociais.

Além dos esclarecimentos técnicos, este é um posicionamento institucional da Fecomércio RN, em defesa dos empresários dos segmentos do comércio de bens, serviços e turismo, principais geradores de emprego, renda e impostos em nosso estado.

É essencial destacar que as informações abaixo são públicas e oficiais. Vale dizer, inclusive, que os dados aqui utilizados são os mesmos citados pelo Secretário, porém analisados com isenção e rigor técnico.

O IBGE, órgão oficial de estatística no Brasil, infelizmente não calcula os índices de inflação para a cidade de Natal, nem para sua região metropolitana. Isso exige cuidado ao se comparar o IPC-Natal, apurado pelo IDEMA-RN, com o IPCA e o INPC, calculados pelo IBGE. Ainda assim, o mais apropriado é comparar o IPC-Natal, que pesquisa a cesta de consumo de famílias entre 1 a 14 salários mínimos, com o INPC, cuja cesta considera famílias entre 1 e 5 salários mínimos. O IPCA, por sua vez, considera o consumo das famílias que recebem até 40 salários mínimos, ficando muito distante da realidade das famílias potiguares.

A comparação entre os resultados do mês de janeiro do INPC-Brasil e do IPC-Natal mostra que a inflação na capital foi menor que a observada no país: 0,46% contra 0,57%. Essa é a realidade em seis dos nove grupos de despesa pesquisados. Em alguns, inclusive, houve deflação no Rio Grande do Norte: os preços dos grupos vestuário, transporte e educação, essenciais à população, caíram em janeiro.

Quando comparamos o IPC-Natal (+0,46%) de janeiro com o INPC-Fortaleza (+0,63%), capital vizinha, fica ainda mais evidente o menor avanço da inflação na Capital Potiguar. Em oito dos nove grupos pesquisados a inflação em Natal foi menor que em Fortaleza, com exceção de Habitação, cuja diferença foi irrisória (0,01 ponto percentual).

Vale ressaltar que o grupo de alimentos e bebidas, principal grupo de consumo nos dois indicadores, possui pesos bastante diferentes: 24,09% no INPC-Brasil, 27,37% no INPC-Fortaleza e 32,43% no IPC-Natal. Significa que se o peso desse grupo em Natal fosse igual ao do INPC Brasil ou Fortaleza, a inflação em Natal seria ainda mais baixa.

Em uma análise mais ampla da região, é possível verificar que a nossa inflação está abaixo do patamar dos demais estados do Nordeste, segundo o INPC calculado pelo IBGE: São Luís (+1,03%), Aracaju (+0,84%), Recife (+0,65%), Fortaleza (+0,63%) e Salvador (+0,17%). À exceção de Salvador, Natal apresentou inflação menor que demais capitais do Nordeste.

As tabelas abaixo mostram os resultados de janeiro e as diferenças entre o IPC-Natal e o INPC-Brasil, para todos os grupos pesquisados pelo IDEMA-RN e pelo IBGE.

Na próxima segunda-feira (19), Silvio Costa Filho participará da cerimônia de início das operações da Zurich Airport Brasil no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, localizado na região metropolitana da capital, em São Gonçalo do Amarante (RN). Na ocasião, a concessionária, que detém 100% do terminal até 2054, também apresentará melhorias previstas para o aeroporto já em 2024.

Após a agenda, o ministro Silvio Costa Filho concederá uma entrevista à imprensa presente no local. Credenciamento prévio por email: imprensa@zurichairportbrasil.com. Não haverá transmissão ao vivo do evento.

Às 16h Silvio Costa Filho realiza visita às instalações da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) e participa de cerimônia de assinatura de acordo coletivo de trabalho entre a instituição e o Sindicato dos Trabalhadores do Estado do Rio Grande do Norte. Após a agenda, o Ministro Silvio Costa Filho concederá uma entrevista à imprensa presente no local. Não é necessário credenciamento prévio.

SERVIÇO

Aeroporto Internacional de Natal
Dia: 19/02/2024

Horário: A partir das 14h

Local: Aeroporto Internacional de Natal – térreo

Endereço: Av. Dr. Ruy Pereira dos Santos, 3100, São Gonçalo do Amarante (RN)

Credenciamento: imprensa@zurichairportbrasil.com

Companhia Docas do Rio Grande do Norte

Horário: A partir das 16h

Local: Companhia Docas do Rio Grande do Norte – Auditório

Endereço: Av. Eng Hildebrando de Góis, 220 – Ribeira (RN)

15
fev

Eleições 2024: Barba, cabelo e bigode

Postado às 19:22 Hs

O ex-senador José Agripino, presidente estadual do União Brasil, quer eleger o maior número prefeitos e vereadores em 2024 no Rio Grande do Norte (RN).

Para isso ocorrer, o líder político vem articulando grandes alianças nas principais cidades do estado, como Mossoró, aonde o prefeito Allyson Bezerra já conta com o apoio do PL e do PSDB, e em Natal com Paulinho Freire recebendo mais uma vez o apoio dos partidos e do PL que entra como coadjuvante na chapa, dando sustentação ao projeto de Agripino nessa eleição.

Em Parnamirim,  na terceira maior cidade do estado, o União Brasil está fazendo cara feia para apoiar um nome que não seja de Kátia Pires e Salatiel de Souza do seu partido, mesmo já recebendo importantes apoios nos dois maiores município do estado.

Fonte: Robson Pires

Foto: Bruno Vital

As más condições das rodovias no Rio Grande do Norte geraram, em 2023, um desperdício de 20 milhões de litros de diesel para motoristas e condutores no Rio Grande do Norte. É o que aponta um levantamento da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) no relatório “Pesquisa CNT Rodovias 2023”, publicada anualmente pela entidade.

Além disso, o prejuízo com manutenção de veículos, pneus e equipamentos gera um prejuízo de R$ 133 milhões. As perdas relacionadas somente com óleo diesel foram de 20 milhões de litros. Para interlocutores, especialistas e prefeitos de cidades afetadas com estradas em condições negativas, a situação afeta a economia de maneira geral, desde o encarecimento de custos, preço do frete e manutenção de veículos, bem como o transporte intermunicipal e visita de turistas às cidades litorâneas e serranas.

O levantamento aponta ainda encarecimento nos custos do setor de transportes em 37,7% no Rio Grande do Norte com as más condições das rodovias.

O estudo da CNT mapeou 19 estradas potiguares, entre RNs e BRs, isto é, estradas gerenciadas pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER-RN) e Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit-RN). Foram avaliadas as RN-s: 023, 079, 104, 110, 117, 118, 177, 226, 233, 405. Já entre as BR-s foram tabuladas a 101, 104, 110, 226, 304, 405, 406, 427, 437. Ao todo, o Rio Grande do Norte possui uma malha viária de cerca de 5,7 mil km pavimentados, sendo 1,7 mil kms federais e 4 mil kms estaduais.

“Para recuperação das nossas estradas precisaríamos de 1,7 bilhão. Isso mostra que a situação não está boa. É ruim para quem transporta carga, passageiro, quem tem carro próprio, porque você danifica o veículo, demora mais a viagem. Sobre o desperdício, esse é o “custo Brasil”. A má conservação da rodovia acarreta em o veículo quebrar mais. É um problema muito sério”, aponta o presidente da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste (Fetronor), Eudo Laranjeiras.

Além do gasto com o diesel, a pesquisa CNT Rodovias 2023 aponta ainda que os custos operacionais gerados em decorrência das más condições das estradas aumentaram em 37% em 2023. “As estimativas se referem aos impactos das condições de pavimentação das rodovias nos custos operacionais para a realização dos serviços de transporte. A maior oneração aos transportadores reduz a rentabilidade empresas, o que pode representar economicamente um desincentivo para a realização da atividade”, aponta o estudo.

Segundo o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Luciano Santos, a má condição de estradas afeta frotas municipais, gerando custos às prefeituras, bem como trazendo dificuldades para cidades turísticas, como é o caso de Lagoa Nova, município serrano potiguar.

Tribuna do Norte

10
fev

Cenário político / Eleições 2024

Postado às 16:54 Hs

A 96 FM divulgou nesta quinta-feira (08) a primeira pesquisa para a sucessão de Natal nas eleições de 2024. Os números do Instituto AgoraSei foram colhidos nos dias 29, 30, 31 e 1º de fevereiro, após ouvir 800 pessoas de todos os bairros de Natal. O trabalho foi registrado no TSE com a identificação RN-05053/2024.

A pesquisa mostra que o ex-prefeito Carlos Eduardo segue favorito no pleito que se aproxima. E com a menor rejeição. Seguido pela deputada federal Natália Bonavides, nome que terá o apoio do presidente Lula e da governadora Fátima Bezerra.

O deputado federal Paulinho Freire ultrapassou o colega General Girão e já passa a ser o nome mais forte da direita no RN, além de ter tido um crescimento em comparação à pesquisa divulgada anteriormente.

O ex-deputado Rafael Motta, único que ainda não confirmou que é pré-candidato a prefeito de Natal, aparece entre os cinco mais citados na pesquisa. Sozinho é o nome mais forte dentre os do secretariado do prefeito Álvaro Dias.

Já a secretária Joanna Guerra apareceu com apenas 0,8%. Resta saber se ainda terá tempo de ganhar musculatura, bem como se a aprovação e força de Álvaro se transformará em transferência para um nome ainda pouco conhecido.

# Estimulada

Carlos Eduardo (PSD) – 38%

Natália Bonavides (PT) – 15,5%

Paulinho Freire (União Brasil) – 9,2%

General Girão (PL) – 5%

Rafael Motta (PSB) – 4,1%

Candidato do PSOL – 0,9%

Joanna Guerra (Republicanos) – 0,8%

Nenhum/Branco/Nulo – 14,2%

Não respondeu – 12,3%

# Espontânea

Álvaro Dias – 16,7%

Carlos Eduardo – 8,0%

Natália Bonavides – 3,6%

Candidato do PT – 1,8%

General Girão – 0,9%

Luiz Almir – 0,3%

Wendel Lagartixa – 0,3%

Andrea Karine – 0,1%

Camila das Rocas – 0,1%

Styvenson Valentim – 0,1%

Benes Leocádio – 0,1%

Rubão – 01%

Nenhum/Branco/Nulo – 11,8%

Sem opinião/Nenhum – 53,6%

Fonte: Heitor Gregório

Foto: Agência Brasil

A 3R Petroleum anunciou uma redução preço dos combustíveis nesta quinta-feira (8) na refinaria Clara Camarão, em Guamaré.

No caso da gasolina, o litro passou de R$ 3,153 para R$ 3,133, uma redução de 2 centavos (- 0,6%). Já no caso do diesel, o litro passou de R$ 3,688 para R$ 3,488, uma redução de 20 centavos (- 5,4%).

O comparativo é realizado a partir dos valores comercializados no dia 1º de fevereiro. A 3R é uma empresa privada que assumiu, em junho do ano passado, os campos de exploração de petróleo que eram operados pela Petrobras no Rio Grande do Norte.

Os valores comercializados pela 3R são atualizados semanalmente, todas as quintas-feiras.

98 FM Natal

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) aderiu a campanha nacional “Pule, brinque e cuide” de proteção a crianças e adolescentes durante o Carnaval. A campanha é promovida pela Rede Nacional de Promoção dos direitos de Crianças e Adolescentes e se destina à sociedade, governos, prefeituras, conselhos estaduais e municipais, organizações não governamentais, setor privado e equipamentos de proteção.

No período de grandes eventos e festas, são comuns as situações de violações de direitos de crianças e adolescentes, em decorrência da ação ou omissão dos pais ou responsáveis, da sociedade ou do Estado. Por isso, a campanha lembra que, de acordo com o Artigo 70 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente, então é necessário estar em alerta para identificar e denunciar qualquer tipo de violação de direitos.

Para prevenir e não se perder na folia, a campanha orienta que responsáveis legais marquem pontos de encontro com crianças e adolescentes e identifique crianças com pulseiras ou crachás que contenham o número de telefone dos responsáveis. Tão logo seja identificado o desconhecimento da localização da criança ou do adolescente, os pais ou responsáveis deverão procurar a delegacia mais próxima para fazer o boletim de ocorrência. Não é necessário aguardar 24h para esse registro.

A campanha registra ainda que crianças e adolescentes não se prostituem, eles são explorados sexualmente, pois, não têm a real dimensão da violência a que estão submetidos. São duas as formas dessa violência: o abuso sexual que é geralmente praticado por uma pessoa com quem a criança ou adolescente tem uma relação de confiança; e a exploração sexual, quando crianças e adolescentes são submetidos para fins sexuais em relações mediadas por lucro, objetos de valor ou outros elementos de troca.

Os policiais civis realizaram uma mobilização geral, nesta quarta-feira, 7, para cobrar do Governo do Estado a valorização da categoria e a nomeação de novos agentes, escrivães e delegados. Após uma reunião com a Secretaria de Administração, sem resposta para as pautas, a categoria deliberou pela paralisação das Diárias Operacionais e marcou um panelaço para a frente da Governadoria.

A partir desta quarta-feira, todo serviço extraordinário que é feito pelos policiais civis em caráter voluntário, através das DOs, será paralisado. Nilton Arruda, presidente do SINPOL-RN, explica que a categoria espera uma resposta do Governo do RN até a próxima sexta-feira, 9. Caso isso não ocorra, também não haverá Diária Operacional durante o Carnaval.

“Infelizmente, o Governo nos obriga a adotar esse posicionamento. Os policiais civis estão há 5 anos sem nenhuma valorização e, atualmente, amargam um dos piores salários das Polícias Civis do Brasil. Desde o ano passado o Executivo vem enrolando a categoria e não avança nas negociações salariais. Por isso, cobramos uma resposta para agora e não para o mês que vem, como propôs o secretário de Administração do Estado, Pedro Lopes”, comenta Nilton Arruda.

Já nesta quinta-feira, dia 8, a partir das 8h, os policiais civis voltam a protestar no Centro Administrativo e vão realizar um panelaço em frente à Governadoria. “No ato de hoje, protocolamos um ofício cobrando resposta do Governo e informando sobre as deliberações. Amanhã, voltaremos para novamente buscar um posicionamento da governadora Fátima Bezerra. Vai depender dela se os policiais civis vão trabalhar ou não no Carnaval”, completa.

O SINPOL-RN ressalta que, atualmente, devido ao baixo efetivo, a Polícia Civil tem muitas delegacias funcionando graças à voluntariedade dos servidores, que aceitam trabalhar além da carga horária estabelecida em lei em troca do recebimento de Diárias Operacionais.

Sem a realização das DOs por parte dos policiais civis, a funcionalidade da PCRN estará comprometida, inclusive, a Segurança Pública e o atendimento à população serão afetados diretamente durante o Carnaval.

O Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança do Rio Grande do Norte (Sinpol-RN) anunciou uma paralisação da categoria para esta quarta-feira (7). Um ato foi convocado para o Centro Administrativo do Estado, às 8h da manhã. A queixa dos policiais civis é quanto à remuneração dos profissionais. Segundo o sindicato, os agentes potiguares estão na 25ª posição do País quando o assunto é salário.

Os policiais civis devem se reunir em frente à Secretaria de Administração. A convocação para o protesto foi feita pelo presidente do Sinpol, Nilton Arruda, em publicação nas redes sociais do sindicato. Em vídeo, ele cobrou valorização por parte do Governo do Estado.

“Ontem [segunda-feira], na abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte, a governadora, em seu discurso, disse que a Segurança Pública para 2024 será prioridade. Mas qual é a prioridade que dona Fátima Bezerra quer para nós policiais? A prioridade é essa, panela vazia. Estamos com o 25º salário do Brasil e não vai demorar para sermos o pior salário, para termos nossas panelas mais vazias ainda”, afirmou Nilton Arruda.

No comunicado, a liderança da categoria ainda clamou para que os policiais civis não aceitem trabalhar durante o carnaval sob regime de pagamento de diárias operacionais.

“É chegada a hora de avaliar o que o Governo tem feito conosco. Divulgando as operações, divulgando nossas prisões e vendendo que o Rio Grande do Norte vem sendo o estado que mais reduziu os índices de violência. Vamos parar com a diária operacional neste período de Carnaval. Não é para ninguém tirar diária operacional neste período. O Governo tem que nos valorizar, nós temos que nos valorizar”, concluiu o presidente do Sinpol.

Para o dia de paralisação, de acordo com o Sinpol, os policiais civis de Mossoró e região devem se juntar na subsede de Mossoró. Já os agentes da região de Caicó contarão com o apoio de transporte para Natal. Os policiais da região Agreste também foram convocados para o ato no Centro Administrativo.

06
fev

Dinâmica na politica

Postado às 12:08 Hs

Pode ser que deputado federal e ex-governador Robinson Faria, deixe o PL e assine ficha de filiação ao Republicanos do prefeito de Natal,  Álvaro Dias, que pode contar ainda com a filiação do deputado federal Sargento Gonçalves. A política é uma caixa de surpresa. Quem sabe.

FEDERAÇÃO

A movimentação do ex-governador nos bastidores, faz parte das articulações para as Eleições 2026, em torno da poderosa Federação , formada pelo União Brasil,  PP e Republicanos.

AFINADOS…

Aliás,  Robinson Faria e o prefeito Álvaro Dias,  andam bastante afinados. Tudo indica que ambos caminharam juntos no pleito de 2024 na capital.

Fonte:  Saulo Medeiros

Foto: Adriano Abreu

Oficializado desde o último dia 31 de janeiro pelo Ministério da Educação (MEC), o reajuste salarial dos professores da rede estadual segue sem definição de implantação no Rio Grande do Norte. Procurada nesta segunda-feira (5) para tratar sobre o tema, a Secretaria de Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do RN (SEEC) disse que a decisão do MEC ainda será analisada pelo Governo do Estado.

A pasta, no entanto, não deu nenhum detalhe de como e quando será feito o pagamento. A mais recente atualização, que foi ampliada de R$ 4.420,55, valor vigente em 2023, para R$ 4.580,57 em 2024, chega em um momento em que o Executivo estadual ainda finaliza o pagamento do retroativo de 2022.

De acordo com informações do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do RN (Sinte/RN) fornecidas à Tribuna do Norte na semana passada, um acordo firmado entre o Governo e a categoria parcelou os valores referentes a 2022 em 14 vezes – até o próximo mês de abril. Somente após isso é que será iniciado o pagamento do retroativo de 2023, dividido em oito vezes (de maio a dezembro deste ano).

O Sinte disse, na última quinta-feira (1º) que aguardava uma reunião com a equipe da governadora Fátima Bezerra para tratar da questão.

A expectativa era de que o tema fosse incluído já na abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa (ALRN), que ocorreu nesta segunda-feira. Conforme definido pelo Governo Federal, o reajuste (de 3,62%), não é automático. Após a divulgação oficial, estados e municípios precisam normatizar o piso por meio de portaria própria.

Tribuna do Norte

O Senador Rogério Marinho será o convidado desta segunda-feira (05/02) do programa Roda Viva da TV Cultura. Essa é a terceira participação do parlamentar no programa, que submete seus entrevistados a uma verdadeira sabatina feita por jornalistas renomados de diversos veículos de comunicação do país.

Com a apresentação da jornalista Vera Magalhães, o programa irá ao ar hoje, ao vivo, às 22h, na TV Cultura.

A sua primeira participação no Roda Viva foi em 2017, quando era Deputado Federal e relator da modernização das leis trabalhistas, e a segunda em 2019, quando era Secretário Nacional da Previdência e Trabalho.

O programa de hoje deverá abordar temas polêmicos como o fim do foro privilegiado, anistia aos condenados pelos atos do 08 de janeiro, pedido de afastamento do Ministro Alexandre de Moraes do inquérito das fake news, liberdade de opinião e de imprensa, entre outros.

Participarão da bancada de entrevistadores Felipe Moura Brasil, diretor de Jornalismo de O Antagonista e Crusoé, Gabriel Sabóia, repórter de política do O Globo em Brasília, Lana Canepa, diretora-executiva da Band Brasília, Ricardo Corrêa, coordenador de política em São Paulo no Estadão e comentarista da Rádio Eldorado, e Thaísa Oliveira, repórter da Folha de S. Paulo.

Foto: Reprodução

Câmeras de segurança registraram o momento exato em que um homem estaciona em frente à sede do Partido Liberal (PL) em Mossoró, desce de uma motocicleta e desfere três chutes no portão do prédio. O caso foi compartilhado pelo partido neste domingo (4).

Em nota, o PL repudiou veementemente o ato de vandalismo e informou que enviou as imagens às autoridades policiais para as devidas providências.

Confira a nota na íntegra:

O Partido Liberal (PL) Mossoró repudia os atos de vandalismo recentemente ocorridos em nossa sede, localizada na Rua Dr. João Marcelino. Condenamos ações que visam intimidar e prejudicar o ambiente democrático, reiterando nosso compromisso com os princípios da democracia, respeito à diversidade de opiniões e ideologias.

As imagens foram devidamente encaminhadas às autoridades policiais para que as medidas cabíveis sejam tomadas. Continuaremos a trabalhar para fortalecer os pilares da democracia, repudiando qualquer forma de violência e intolerância.

Repudiamos também às agressões verbais direcionadas aos membros do PL em ambientes públicos perpetradas por militantes de esquerda. Será essa a verdadeira manifestação do “amor” e da democracia que eles proclamam? Essa é a mesma “Democracia Inabalada” que afirmam defender?

Ressaltamos que não nos deixaremos amedrontar por tais atos, e reafirmamos nossa determinação em seguir promovendo o debate saudável e construtivo.

Genivan Vale
Presidente do PL Mossoró

 

O uso de verba pública pelos deputados federais para divulgação da própria atividade parlamentar bateu recorde em 2023. No total, os parlamentares gastaram R$ 84,1 milhões com essa finalidade, o que representa 38,3% do total da chamada Ceap (Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar).

Conhecido como “cotão”, a verba banca ou reembolsa deputados por gastos que incluem aluguel de escritório, combustível, alimentação, passagens aéreas e hospedagem, entre outros. O percentual para divulgação do mandato é o maior de toda a história do cotão, cujo atual formato foi instituído em 2009.

FOLHA

Começa nesta sexta-feira (2) o prazo de matrícula dos selecionados na primeira chamada do processo seletivo de 2024 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O resultado foi publicado definitivamente na quarta-feira (31) após atrasos decorrentes de problemas técnicos. A matrícula ou o registro acadêmico devem ser feitos até o dia 7 de fevereiro na instituição em que os selecionados foram admitidos.

O Ministério da Educação (MEC) alerta que cabe ao candidato “observar as condições, os procedimentos e os documentos para a matrícula, bem como se atentar para os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição, em edital próprio.”

O Sisu 2024 teve única etapa de inscrição para todo ano e ofertou 264.181 vagas, em 6.827 cursos de graduação, de 127 instituições públicas de ensino superior de todo o Brasil. A seleção do candidato assegura apenas a expectativa de direito a vaga para a qual se inscreveu, explica o MEC. Além disso, a matrícula ou seu registro acadêmico estão condicionados a comprovação, junto a instituição para a qual foi selecionado.

Em abril os cinco partidos que, inicialmente, estão apoiando a pré-candidatura do deputado federal Paulinho Freire (União Brasil) a prefeito de Natal, deverão começar as conversas sobre a indicação de um pré-candidato a vice-prefeito.

“O PL por ser o maior partido, tem toral prioridade de fazer a indicação, mas o nome vai ser discutido, quem realmente pode ajudar caso seja candidato depois das convenções partidárias e ganhe a eleição, qual daqueles soma mais para colocar na nossa chapa”, disse o deputado Paulinho Freire, a respeito do companheiro de campanha às eleições de 6 de outubro, que pode sair também do Podemos, Progressistas e PSDB.

Embora outros partidos possam lançar outros eventuais candidatos a prefeito, Paulinho Freire admitiu no “Jornal da Manhã” da rádio Jovem Pan News Natal, a sua disputa é contra as duas pré-candidaturas que “são de esquerda [Carlos Eduardo e Natália Bonavides]. Nós representamos hoje o centro-direita. Então, nós vamos defender nossas bandeiras, nossas pautas, para que possamos ter competitividade nessa luta”.

Tribuna do Norte

fev 22
quinta-feira
16 55
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
8 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.950.550 VISITAS