14
fev

Significado da Quarta-feira de Cinzas

Postado às 17:05 Hs

Também conhecida por Dia de Cinzas, a Quarta-feira de Cinzas é o primeiro dia da Quaresma. Esta é uma data muito especial para os cristãos.

A Quaresma representa os 40 dias que Jesus esteve no deserto, suportando todas as aflições e tentações. Neste sentido, a data representa o início de 40 dias de reflexões e arrependimentos, como forma de relembrar o sofrimento que Jesus passou na Terra. Todos os anos, a quaresma tem início na Quarta-feira de Cinzas, sempre um dia após o Carnaval.

Esse período se apresenta como símbolo de transformação e passagem, solenizando, dessa forma, a vulnerabilidade da vida e a suscetibilidade à morte. Os cristãos prezam muito por esta data, e seguem à risca todos os rituais da Quarta-feira de Cinzas.

O sufixo do nome, “cinzas”, tem origem unicamente religiosa. Como neste dia é comemorada a clássica missa das cinzas, o primeiro dia da quaresma recebeu este nome. Na missa das cinzas, são queimados os galhos louvados do Domingo de ramos, do ano passado. O ritual funciona da seguinte maneira: as cinzas são misturadas a água benta – essa mistura, posteriormente, será utilizada para sinalizar uma cruz na testa de cada fiel pelo padre, dizendo a seguinte frase: “Lembra-te que és pó e que ao pós voltarás”. Essa marca, deixada pelo padre no fronte dos cristãos, é mantida até o pôr do sol do mesmo dia. Somente após o cair da noite que se pode lavar esta marca.

O ritual realizado nas missas das cinzas remetem às antigas tradições do Oriente Médio, onde as pessoas costumavam jogar cinzas por cima de suas próprias cabeças, como sinal de arrependimento de seus pecados em face de Deus (fato contado várias vezes na Bíblia). O Catolicismo Romano difunde, ainda nesta data, as penitências de jejum e abstinência.

Portanto, na Quarta-feira de Cinzas, sob orientação da Igreja Católica, os fiéis fazem jejum ou não comem carne. Há vários anos existe esta tradição, que tem como intuito relembrar os cristãos devotos o sacrifício de Jesus. A ideia é de que, como Jesus sacrificou-se por todos na cruz, os crentes deveriam também realizar um sacrifício, como a privação de algo que gostam ou carne.

No entanto, de acordo com a lei federal brasileira, a Quarta-feira de Cinzas não é um feriado público. Ainda assim, várias lojas e instituições não abrem as portas nesse dia, bem como algumas agências bancárias funcionam somente depois das 12 horas.

A quarta-feira de Cinzas é o início de um tempo de reflexão para os católicos. É quando começa a Quaresma, período de preparação para a Páscoa, principal celebração para os cristãos. E também quando é lançada a Campanha da Fraternidade, que este ano tem como tema “Fraternidade e Amizade Social” e como lema, “Vós sois todos irmãos e irmãs”.

2024 marca os 60 anos da Campanha da Fraternidade e o tema este ano foi inspirado na Ecíclica do Papa Francisco, Fratelli Tutti, em que ele fala da importância da amizade social, aquela que nasce a partir do amor ao próximo e nos incentiva a buscar o melhor da vida, sem exclusões e com fraternidade.

Ao todo, serão cinco semanas de mobilização terminando, no dia 24 de março – Domingo de Ramos – com a Coleta Nacional da Solidariedade. A ideia, nesse período, é reunir a comunidade em ações e atividades de ajuda ao próximo. Uma rede de solidariedade em busca de uma mudança pessoal e das pessoas ao redor.

São Sebastião nasceu em Narvonne, França, no final do século III, e desde muito cedo seus pais se mudaram para Milão, onde ele cresceu e foi educado. Seguindo o exemplo materno, desde criança São Sebastião sempre se mostrou forte e piedoso na fé.
Atingindo a idade adulta, alistou-se como militar, nas legiões do Imperador Diocleciano, que até então ignorava o fato de Sebastião ser um cristão de coração. A figura imponente, a prudência e a bravura do jovem militar, tanto agradaram ao Imperador, que este o nomeou comandante de sua guarda pessoal. Nessa destacada posição, Sebastião se tornou o grande benfeitor dos cristãos encarcerados em Roma naquele tempo. Visitava com freqüência as pobres vítimas do ódio pagão, e, com palavras de dádiva, consolava e animava os candidatos ao martírio aqui na terra, que receberiam a coroa de glória no céu.
Enquanto o imperador empreendia a expulsão de todos os cristãos do seu exército, Sebastião foi denunciado por um soldado. Diocleciano sentiu-se traído, e ficou perplexo ao ouvir do próprio Sebastião que era cristão. Tentou, em vão, fazer com que ele renunciasse ao cristianismo, mas Sebastião com firmeza se defendeu, apresentando os motivos que o animava a seguir a fé cristã, e a socorrer os aflitos e perseguidos.
O Imperador, enraivecido ante os sólidos argumentos daquele cristão autêntico e decidido, deu ordem aos seus soldados para que o matassem a flechadas. Tal ordem foi imediatamente cumprida: num descampado, os soldados despiram-no, o amarraram a um tronco de árvore e atiraram nele uma chuva de flechas. Depois o abandonaram para que sangrasse até a morte.
À noite, Irene, mulher do mártir Castulo, foi com algumas amigas ao lugar da execução, para tirar o corpo de Sebastião e dar-lhe sepultura. Com assombro, comprovaram que o mesmo ainda estava vivo. Desamarraram-no, e Irene o escondeu em sua casa, cuidando de suas feridas. Passado um tempo, já restabelecido, São Sebastião quis continuar seu processo de evangelização e, em vez de se esconder, com valentia apresentou-se de novo ao imperador, censurando-o pelas injustiças cometidas contra os cristãos, acusados de inimigos do Estado.
Diocleciano ignorou os pedidos de Sebastião para que deixasse de perseguir os cristãos, e ordenou que ele fosse espancado até a morte, com pauladas e golpes de bolas de chumbo. E, para impedir que o corpo fosse venerado pelos cristãos, jogaram-no no esgoto público de Roma.
Uma piedosa mulher, Santa Luciana, sepultou-o nas catacumbas. Assim aconteceu no ano de 287. Mais tarde, no ano de 680, suas relíquias foram solenemente transportados para uma basílica construída pelo Imperador Constantino, onde se encontram até hoje. Naquela ocasião, uma terrível peste assolava Roma, vitimando muitas pessoas. Entretanto, tal epidemia simplesmente desapareceu a partir do momento da transladação dos restos mortais desse mártir, que passou a ser venerado como o padroeiro contra a peste, fome e guerra.
As cidades de Milão, em 1575 e Lisboa, em 1599, acometidas por pestes epidêmicas, se viram livres desses males, após atos públicos suplicando a intercessão deste grande santo. São Sebastião é também muito venerado em todo o Brasil, onde muitas cidades o tem como padroeiro, entre elas, o Rio de Janeiro .
Algumas cidades potiguares tem o santo como padroeiro  e comemora hoje dia 20 ,entre elas: Caraúbas,Parelhas, Nova Cruz, Sitio Novo,Japi,Encanto e Gov. Dix-Sept Rosado.

Foto: Ian Cheibub

O Secretário da Receita Federal, Robinson Barreirinhas, suspendeu um ato do governo Jair Bolsonaro, que ampliou a isenção de impostos a pastores e igrejas em julho de 2022.

Barreirinhas cancelou o benefício fiscal nesta segunda (15) e a medida foi publicada no Diário Oficial da União nesta quarta (17). Pastores e por instituições vocacionais voltam a ser considerados remuneração direta.

Anteriormente, eram consideradas remunerações somente as frações do pagamento referentes a aulas ou atividade laboral propriamente dita. Nesse caso, as instituições deveriam ter contrato de prestação de serviço para o recolhimento do imposto de renda (pelo prestador) e da contribuição social (pela ordem religiosa).

Em nota, a Receita informou que a suspensão foi uma determinação proposta pelo Ministério Público ao TCU (Tribunal de Contas da União). O posicionamento da Receita causou mal estar na corte de contas a ponto de o presidente do tribunal, Bruno Dantas, esclarecer que a representação do MP foi acatada, mas o relator do caso, ministro Aroldo Cedraz, sequer acatou o pedido de cautelar do fisco (a determinação de suspensão). O processo não foi julgado.

A Receita já tinha sido questionada sobre isso, mas ainda não respondeu.

Folha de São Paulo

Foto: reprodução/Vaticano

O Papa Francisco disse que as crianças vítimas das guerras pelo mundo “são os meninos Jesus de hoje”. O pontífice leu a mensagem e bênção Urbi et Orbi da sacada central da Basílica de São Pedro, no Vaticano, nesta 2ª feira (25.dez).

“Quantas matanças de inocentes no mundo! No ventre materno, nas rotas dos desesperados à procura de esperança, nas vidas de muitas crianças cuja infância é devastada pela guerra. São os meninos Jesus de hoje”, disse o papa.

Francisco destacou que toda a guerra é viagem sem destino, derrota sem vencedores, loucura indesculpável. “Mas, para dizer ‘não’ à guerra, é preciso dizer ‘não’ às armas. Com efeito, se o homem, cujo coração é instável e está ferido, encontrar instrumentos de morte nas mãos, mais cedo ou mais tarde usá-los-á. E como se pode falar de paz, se cresce a produção, a venda e o comércio das armas?”

“Hoje, como no tempo de Herodes, as conspirações do mal, que se opõem à luz divina, movem-se à sombra da hipocrisia e do escondimento. Quantos massacres armados acontecem num silêncio ensurdecedor, ignorados de tantos! O povo, que não quer armas mas pão, que tem dificuldade em acudir às despesas quotidianas, ignora quanto dinheiro público é destinado a armamentos. E, contudo, devia sabê-lo!”

“Aproxime-se em Israel e na Palestina, onde a guerra abala a vida daquelas populações. A todas abraço, em particular às comunidades cristãs de Gaza e de toda a Terra Santa. Trago no coração a dor pelas vítimas do execrável atentado de 7 de outubro passado, e renovo um premente apelo pela libertação de quantos se encontram ainda reféns. Suplico que cessem as operações militares, com o seu espaventoso rasto de vítimas civis inocentes, que se ponha remédio à desesperada situação humanitária, possibilitando a entrada das ajudas.”

Ele também pediu o fim da guerra na Ucrânia, Arménia e Azerbaijão; na região do Sahel, Sudão, Camarões, República Democrática do Congo e Sudão do Sul, na África.

SBT News

Natal, para a maioria, é o dia de trocar presentes e se reunir com a família em volta de uma mesa farta. Alegria e confraternização. Dia da natalidade por excelência, nascimento do menino Jesus. Sim, do menino Jesus, não de Jesus Cristo. A condição crística da figura humana de Jesus será adquirida depois, mesmo sendo um predestinado desde o nascimento e até antes dele como os reis magos reconheceram. Cristo, entidade divina, é Filho de Deus. Não teria sentido que um filho de Deus precisasse brincar de menino por mais de dez anos. A condição crística veio progressivamente tomando conta do Jesus que nasceu em Belém. Em etapas distintas marcam essas transformações nos Evangelhos. Depois do nascimento, o segundo degrau rumo ao “Cristo” aparece e se manifesta discursando eruditamente com os sacerdotes no templo, e os pais se surpreendem ao encontrar “outro iluminado” diferente do menino que criaram. O terceiro degrau, depois de um longo período de silêncio dos Evangelhos, se dá a partir do batismo no Jordão, aos 30 anos. Nessa ocasião o Jesus “erudito” recebeu o “Cristo” em si, e iniciou sua missão mais importante de divulgação da nova doutrina que supera o “olho por olho” judaico.
13
dez

Transmissão ao vivo

Postado às 16:16 Hs

TCM transmite ao vivo a Procissão de Santa Luzia 2023

Neste dia de Santa Luzia, 13 de dezembro, a TCM dá continuidade à sua programação especial em homenagem à padroeira de Mossoró. A partir das 16h30 dá início à transmissão ao vivo direto do Santuário de Santa Clara mostrando a movimentação dos devotos, nos preparativos para mais uma procissão, que tem início às 17h.

Os telespectadores, assinantes e internautas poderão acompanhar pelas multiplataformas da TCM:  Canais 10 e 14.1, apps TCM Play e TCM 10 Play, site www.tcmplay.tv.br e Canal da TCM no YouTube (TCM 10HD).

A cobertura especial mostrará toda a procissão que irá percorrer diversas ruas e avenidas de Mossoró e segue em direção à Catedral de Santa Luzia. Histórias de fé e devoção à Virgem de Siracusa serão evidenciadas ao longo da transmissão. Neste ano são esperadas mais de 100 mil pessoas na procissão de Santa Luzia, um dos mais importantes momentos da maior festa religiosa do RN.

Ainda hoje será exibido às 13h40 um especial com diversas programações dos festejos da Santa Protetora dos Olhos. E o programa Entre no Clima será especial. Hoje, às 10h, a TCM transmitiu a Missa Solene, direto da Catedral de Santa Luzia, em Mossoró.

Festa de Santa Luzia é na TCM!

13
dez

Mossoró com Alegria Saúda Santa Luzia

Postado às 8:00 Hs

Ó Santa Luzia, que preferistes que vossos olhos fossem vazados e arrancados

 

antes de renegar a sua fé e compuscar vossa alma; e Deus com um milagre

 

extraordinário, vos devolveu dois olhos perfeitos para recompensar vossa virtude e

 

vossa fé, e vos constituiu protetora contra as doenças dos olhos.

 

Eu recorro a vós para que protejais minhas vistas e cureis a doença de meus olhos.

 

Ó Santa Luzia conservai a luz dos meus olhos para que possa ver as belezas da criação

 

o brilho do sol, o colorido das florestas e o sorrido das crianças.

 

Conservai também os olhos de minha alma, a fé , pela qual eu possa compreender seus

 

ensinamentos, reconhecer o seu amor para comigo e nunca errar o caminho que me

 

conduzirá onde vós Santa Luzia, vos encontrais , em companhia dos Anjos e Santos.

 

Santa Luzia, protegei meus olhos e conservai minha fé. Amém

12
dez

Transporte gratuito na Procissão

Postado às 20:16 Hs

Por: Comunicação
Foto: Arquivo (Secom/PMM)

A Prefeitura de Mossoró está garantindo transporte público gratuito para a procissão de Santa Luzia, que acontece nesta quarta-feira (13). Os devotos da padroeira de Mossoró contarão com linhas de ônibus a partir das 14h30, com itinerários saindo dos bairros ao local de partida da procissão.

Neste ano, a imagem peregrina de Santa Luzia parte do Mosteiro Santa Clara, bairro Dom Jaime câmara, com destino à Catedral de Santa Luzia, Centro. A operação especial contará com embarque nos bairros a partir das 14h30 e retorno às 22h. 

A logística de retorno aos bairros acontecerá através da distribuição de pontos de embarques no bairro Centro: terminal da Praça do Carcará e proximidades do Mercado Central.

“Ônibus gratuito para a tradicional procissão de Santa a Luzia, neste dia 13, encerrando a festa da padroeira da cidade com a participação de mossoroenses e religiosos de toda a região e estados vizinhos. Em apoio à festividade, também efetivamos patrocínio histórico e colocamos todas as nossas equipes das secretarias à disposição participando ativamente da festa”, frisou Allyson Bezerra, prefeito de Mossoró.

A Prefeitura de Mossoró apoia e investe na festa da padroeira da cidade. Neste ano, o município investiu 150 mil reais no evento, foi o maior patrocínio já repassado pela Prefeitura. A tradicional Festa de Santa Luzia reúne milhares de pessoas, devotos de várias regiões do Brasil.

A Diocese de Mossoró comunica com profundo pesar o falecimento de seu decano, Pe. Sátiro Cavalcanti Dantas, aos 93 anos de idade.

Após um longo período de luta por sua saúde, Pe Sátiro partiu para a Casa do Pai neste segunda-feira, 27, novembro 2023, no hospital Wilson Rosado, em Mossoró.

“Que o Bom Deus acolha em seus braços este servo fiel dando-lhe a recompensa por todo o bem que fez entre nós. Dai-lhe, Senhor, o descanso eterno e que a luz perpétua o ilumine”, disse a Diocese em nota.

A Diocese de Santa Luzia de Mossoró comunica os horários e locais de velório e sepultamento do padre e professor Sátiro Cavalcanti Dantas, 93 anos .

Padre Sátiro faleceu no início da tarde desta segunda-feira de falência múltipla dos órgãos, após ser internado no Hospital Wilson Rosado. Ele era Reitor do Santuário de Santa Clara e diretor emérito do Colégio Diocesano Santa Luzia.

O Papa Francisco acolheu nesse sábado, 18 de novembro, o pedido de renúncia, em razão da idade, apresentado por dom Mariano Manzana ao governo pastoral da diocese de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

No mesmo ato, o Papa nomeou dom Francisco de Sales Alencar,  atual bispo de Cajazeiras, para a Diocese de Santa Luzia de Mossoró. 

A presidência da CNBB enviou saudação ao novo bispo e agradecimento ao emérito.  

Biografia

Dom Francisco de Sales nasceu no dia 17 de abril de 1968 em Araripina, em Pernambuco. Ele fez a profissão religiosa na Ordem dos Freis Carmelitas no dia 24 de janeiro de 1988 e foi ordenado sacerdote em 29 de Novembro de 1995. Ele completou seus estudos de Filosofia no Instituto Salesiano de Filosofia (Insaf), em Olinda (PE), e de Teologia e Filosofia na Milltown, Dublin, capital da Irlanda. Em seguida,  obteve uma licenciatura em Teologia Espiritual no Pontifício Instituto de Espiritualidade Teresianum de Roma. 

Durante o seu ministério sacerdotal exerceu os seguintes cargos: Formador dos estudantes de filosofia; Reitor da Basílica do Carmo, em Recife; pastor, Conselheiro e Prior Provincial da Província Carmelitana de Pernambuco. Em 2011, assumiu em Roma, o ofício de vice-prior do Centro Internacional Santo Alberto, e, em 2014, assumiu a função de secretário-geral da Ordem do Carmo, e também presidente da Comissão Internacional para a Liturgia e Oração, além de ser membro da Comissão Internacional de Evangelização e Missão. 

Foi nomeado pelo Papa Francisco em junho de 2016 como bispo de Cajazeiras, município do sertão paraibano. E em abril de 2023, foi eleito durante a 60ª AG CNBB, como presidente do regional Nordeste 2 da CNBB, para o quadriênio de 2023 a 2027. Na gestão anterior, dom Francisco exercia a função de secretário. 

A posse do novo bispo de Mossoró, Dom Francisco de Sales Alencar Batista, de 55 anos, está agendada para o dia 17 de fevereiro de 2024, um sábado. Será na Catedral de Santa Luzia de Mossoró.

Neste sábado, o Papa Francisco o nomeou para a segunda maior diocese do RN, devido à aposentadoria compulsória – por idade – de Dom Mariano Manzana, 75 anos, que passará à condição de bispo emérito. Dom Mariano está à frente da Diocese de Mossoró há 19 anos.

Já Dom Francisco de Sales é bispo em Cajazeiras, Paraíba. Ele também preside a Regional Nordeste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

O Dia de Finados não é dia de tristeza,como o é para aqueles que não tem fé,mas é um dia de saudosa recordação,confortada pela fé que nos garante que nosso relacionamento com as almas dos falecidos não está interrompido pela morte, mas é sempre vivo.

Quatro estações são necessárias para que se possa passar adiante depois de uma perda. O primeiro tudo depois da morte é sempre o mais difícil: o primeiro aniversário, o primeiro natal, o primeiro réveillon, as primeiras férias… são as ocasiões mais doloridas. Mas o passar dos dias ameniza a dor e vai dando lugar a uma certa nostalgia, ao carinho da lembrança.

Pensamos no instante da perda que nunca mais seremos capazes de sorrir, mas isso não é verdade. Depois de algumas auroras e alguns entardeceres, vamos descobrindo que a vida ainda está muito presente, que ainda somos capazes de nos alegrar com outras coisas, sem que isso diminua o amor e a saudade que sentimos de quem partiu.
Aceitamos dificilmente a morte porque nos esquecemos com facilidade que nossa vida na terra é apenas uma passagem. E quando alguém parte, é como se acordássemos para essa realidade: somos eternos para a vida, mas não a terrena! Inconscientemente pensamos na nossa própria morte e na daqueles que ainda estão conosco.

Mas… enquanto o sangue pulsar nas nossas veias, é a vida que pulsa e tudo o que podemos e devemos fazer é vivê-la. Alguém que amamos parte para sempre e isso é tremendamente doloroso. Essa pessoa é insubstituível ao nosso coração, já que cada pessoa é única em si no nosso viver e somos conscientes disso. Mas outros que amamos e que nos amam ainda estão por aqui e isso deve ser motivo de alegria e reconforto.
Por esses, pelo menos, devemos nos reerguer, reagir, fazer um esforço. E para nós, para nosso bem. Deus nos consola; amigos, família nos consolam… só precisamos é aceitar as mãos estendidas. Quatro estações e um pouco de paciência… o sol vai brilhar novamente, a alegria vai de novo encher o coração e tudo vai voltar ao normal. É preciso acreditar nisso!

Por Letícia Thompson

02
nov

Reflexão

Postado às 7:33 Hs

Faz parte de nossa natureza, de nosso modo de existir, algo que é antagônico entre si, ou seja, nosso desejo de plenitude, de sermos eternos e ao mesmo tempo nossa incapacidade de pensarmos fora da categoria tempo. É impossível ao ser humano pensar no eterno, porque sempre vai se perguntar pelo depois, vai questionar se não será monótono. Ora, ao fazer essa pergunta ele demonstra sua incapacidade ontológica de usar o espaço mental para pensar no eterno, não como categoria, mas como sua própria realidade existencial. Comemorar os fiéis defuntos é refletir sobre nosso fim, ao mesmo tempo sobre nosso desejo de eternidade, como desejo profundo, como ânsia, inextirpável de nossa natureza, apesar de finita.

O livro do Apocalipse nos fala do fim da morte, do luto, das lágrimas, do fim do que era finito. Agora, pelo poder da ressurreição de Jesus Cristo, nossos anseios foram realizados, tornaram-se reais. Somos eternos! “Eis que faço novas todas as coisas”, isto é, eternas, sem caducar, sem envelhecer, sem a ação do tempo, que não existe mais.

São Paulo, na carta aos Romanos diz que fomos batizados na morte de Cristo e acrescenta: “Se, pois, se morremos com Cristo, cremos que também viveremos com ele. Sabemos que Cristo ressuscitado dos mortos não morre mais; a morte já não tem poder sobre ele. Por isso, sendo Cristo a Vida, todo nosso anseio de eternidade faz sentido e será realizado. Viveremos eternamente o amor, a alegria, na companhia de nossos entes queridos, porque do contrário não será felicidade.

O dia de hoje, dedicado à reflexão sobre o término de nossa caminhada nesta vida, longe de nos tirar a alegria de ser, nos aumenta o júbilo porque não só fomos criados á imagem da Vida, que é Jesus, mas fomos resgatados, recriados, por sua morte e ressurreição, para a Vida eterna com Ele e com nossos entes queridos.

Fonte: Vatican News

Reprodução

O papa Francisco apelou neste domingo (29)

O papa Francisco apelou neste domingo (29) a um cessar-fogo na guerra entre Israel e o Hamas e renovou o pedido para a libertação dos reféns detidos pelo grupo militante palestiniano em Gaza. “Que ninguém abandone a possibilidade de parar as armas”, disse ele na sua bênção semanal na Praça São Pedro.

“Cessar-fogo”, disse ele, mencionando um recente apelo televisivo do padre Ibrahim Faltas, um dos representantes do Vaticano na Terra Santa. “Dizemos ‘cessar-fogo, cessar-fogo’. Irmãos e irmãs, parem! A guerra é sempre uma derrota, sempre”, afirmou Francisco.

“Em Gaza, em particular, que haja espaço para garantir a ajuda humanitária e que os reféns sejam libertados imediatamente”, disse ele, falando sobre os reféns israelenses apreendidos pelo Hamas em 7 de outubro.

Milhares de moradores desesperados de Gaza invadiram depósitos e centros de distribuição da Agência das Nações Unidas para os Refugiados Palestinos (UNRWA) pegando farinha e “itens básicos de sobrevivência”, disse a organização neste domingo.

18
out

Acontece: Semana Espírita de Mossoró…

Postado às 16:43 Hs

(Imagem: divulgação)

O Movimento Espírita de Mossoró e a Federação Espírita do Rio Grande do Norte (FERN), realiza a 35ª Semana Espírita de Mossoró.  O evento acontecerá no Expocenter, de 23 a 28 de outubro de 2023, com o tema central: “Família – A Escola da Alma”.

O Evento coloca Mossoró entre centenas de outras cidades do país na tarefa de divulgação da Doutrina Espírita. Oradores com vivencia espírita de diversas partes do Brasil estarão chegando em nossa cidade para o evento. As abordagens das palestras são amplas, através de uma linguagem que atinja a todas as pessoas independentemente das religiões que professam, explica a organização da Semana.

O Evento não é restrito a praticantes ou simpatizantes do espiritismo. Qualquer pessoa que deseje conhecer os preceitos da doutrina espírita.

Programação

Segunda-feira – 23/10/2023

19:30 Apresentação Artística com Sibélius Donato – Campina Grande/PB

20:00 Palestra Pública com o tema Família, célula iluminada para a grande transformação

Expositor: Stanley Marx/PB

Terça-feira – 24/10/2023

19:30 Apresentação Artística com Katharina Gurgel – Mossoró/RN

20:00 Roda de Conversa (Perguntas e Respostas) Conflitos Parentais

Convidados: Rosinelde Soares/RN e Kildare Gomez/RN

Quarta-feira – 25/10/2023

19:30 Apresentação Artística com Luninarte – Mossoró/RN

20:00 Palestra Pública com o tema Laços de Família

Expositor: Naldo Vicente/RN

Quinta-feira – 26/10/2023

19:30 Apresentação Artística com Ewerton Nascimento – Mossoró/RN

20:00 Palestra Pública com o tema Perda de entes Queridos

Expositor: Dennis Medeiros/PB

Sexta-feira – 27/10/2022

19:30 Apresentação Artística com Grupo Amigos e Canções – Natal/RN

20:00 Palestra Pública com o tema Educando nossos filhos para a regeneração

Expositor: Nazareno Feitosa/CE

Sábado – 28/10/2022

19:30 Apresentação Artística com Grupo Vinna – Mossoró/RN

20:00 Palestra Pública com o tema Família Escola da Alma

Expositor: Denise Lino/PB

Feira do Livro Espírita

A partidas 19h durante todos os dias de realização da Semana acontece a Feira do Livro Espírita, com diversos stands de vendas de obras da Doutrina Espírita.

Semaninha Espírita de Mossoró

Juntamente com a realização da 35ª Semana Espírita de Mossoró, acontece também a Semaninha Espírita, evento voltado para jovens e crianças a partir dos 3 anos de idade.

A semaninha tem uma programação especial voltada para o público infantil e juvenil, para proporcionar evangelização à luz da Doutrina dos Espíritos.

Naquele tempo, Jesus subiu a um monte seguido pela multidão e, sentado sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se aproximassem.
 
Ele os preparava para serem os educadores capazes de transmitir a lição da Boa Nova a todos os homens.
 
Tomando a palavra, disse-lhes:
– Em verdade, em verdade vos digo: Felizes os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. Felizes os misericordiosos, porque eles….
Pedro o interrompeu:
– Mestre, vamos ter que saber isso de cor?
 
André perguntou:
– É pra copiar?
 
Filipe lamentou-se:
– Esqueci meu papiro!
 
Bartolomeu quis saber:
– Vai cair na prova?
 
João levantou a mão:
– Posso ir ao banheiro?
 
Judas Iscariotes resmungou:
– O que é que a gente vai ganhar com isso?
 
Judas Tadeu defendeu-se:
– Foi o outro Judas que perguntou!
 
Tomé questionou:
– Tem uma fórmula pra provar que isso tá certo?
 
Tiago Maior indagou:
– Vai valer nota?
 
Tiago Menor reclamou:
– Não ouvi nada, com esse grandão na minha frente.
 
Simão Zelote gritou, nervoso:
– Mas porque é que não dá logo a resposta e pronto!?
 
Mateus queixou-se:
– Eu não entendi nada, ninguém entendeu nada!
 
Um dos fariseus, que nunca tinha estado diante de uma multidão nem ensinado nada a ninguém, tomou a palavra e dirigiu-se a Jesus, dizendo:
– Isso que o senhor está fazendo é uma aula? Onde está o seu plano de curso e a avaliação diagnóstica? Quais são os objetivos gerais e específicos? Quais são as suas estratégias para recuperação dos conhecimentos prévios?
 
Caifás emendou:
– Fez uma programação que inclua os temas transversais e atividades integradoras com outras disciplinas? E os espaços para incluir os parâmetros curriculares gerais? Elaborou os conteúdos conceituais, processuais e atitudinais?
 
Pilatos, sentado lá no fundão, disse a Jesus:
– Quero ver as avaliações da primeira, segunda e terceira etapas e reservo-me o direito de, ao final, aumentar as notas dos seus discípulos para que se cumpram as promessas do Imperador de um ensino de qualidade. – Nem pensar em números e estatísticas que coloquem em dúvida a eficácia do nosso projeto.- E vê lá se não vai reprovar alguém!
 
E, foi nesse momento que Jesus levantou os olhos para o céu e disse:
“Senhor, Senhor por que me abandonastes?”
Enviado  Por Jaridza Menescal

Neste domingo (03) será feriado no Rio Grande do Norte em homenagem aos Mártires de Cunhaú e Uruaçu. Com isso comércio não funcionará  para atendimento ao público. A lei que originou o feriado de 3 de outubro no Estado é de autoria do deputado José Dias. Ela foi aprovada pela Assembleia Legislativa e promulgada pela então governadora Vilma de Faria em dezembro de 2006. O feriado estadual do dia 3 de outubro é uma homenagem aos mortos durante dois massacres.

O território são-gonçalense foi banhado com muito sangue, quando no dia 03 de outubro de 1645 ocorreu o ‘Massacre de Uruaçu’, onde 28 cristãos foram mortos por índios e soldados holandeses.

Um ocorrido na Capela de Nossa Senhora das Candeias, no Engenho Cunhaú, no município de Canguaretama, e o outro na Comunidade Uruaçú, em São Gonçalo do Amarante. No total, 151 pessoas foram cruelmente assassinadas por soldados holandeses e índios. O massacre ocorreu em 1645 e teve como destaque as figuras do Pe. André de Soveral e o camponês Mateus Moreira, que teve o seu coração arrancado pelas costas, enquanto repetia a frase “Louvado seja o Santíssimo Sacramento”.Em homenagem ao morticínio, foi erguido um monumento na localidade de Uruaçu, próximo aonde ocorreu o martírio, denominado ‘Monumento aos Mártires’, que foi inaugurado no dia 05 de dezembro de 2000 com a presença de aproximadamente 15 mil pessoas, incluindo diversas autoridades eclesiásticas e governamentais.

É um feriado religioso potiguar.

 

Santuário dos Santos Mártires fica no município de São Gonçalo do Amarante – Foto: Carla Nogueira

A Arquidiocese de Natal celebrará a festa dos Santos Mártires, no período de 24 de setembro a 3 de outubro, na comunidade de Uruaçu, no município de São Gonçalo do Amarante. No próximo domingo, dia 24, marcando a abertura da programação, serão celebradas quatro missas: às 5h, às 9h, às 10h30 e às 19 horas. Nos demais dias, a programação será a seguinte: 5h, celebração de missa; às 12h, recitação do terço de São Mateus Moreira; das 15h às 17h, acampamento cultural e, às 19h, missa.

Programação de encerramento

No dia 3 de outubro, feriado no estado do Rio Grande do Norte, a programação da festa será intensa, iniciando às 5 horas da manhã, com a celebração eucarística, presidida pelo Padre Alexsandro de Lima Freitas, transmitida pela TV Canção Nova.

Às 6 horas, terá início a 3ª meia maratona e caminhada dos Santos Mártires, saindo do Santuário, em Uruaçu. Ainda, no início da manhã, também serão realizadas duas caminhadas, sendo uma saindo da Igreja Matriz de Macaíba e outra da Igreja Matriz de São Gonçalo do Amarante, ambas com destino ao Santuário dos Mártires.

Também, pela manhã, serão celebradas mais três missas: às 7h, às 9h e às 10 horas. Às 14h30, haverá a recitação do Terço da Misericórdia, conduzida pelo Padre Alexsandro Freitas e missionários da Comunidade Canção Nova. Às 16 horas, será realizado show com o Padre Fábio de Melo, e, às 18 horas, missa solene, presidida pelo administrador apostólico da Arquidiocese de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha. A recitação do Terço da Misericórdia e a missa de encerramento serão transmitidas pela TV Canção Nova.

Mártires foram canonizados em 2017

Os Santos Mártires André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro, Mateus Moreira e companheiros foram beatificados pelo Papa João Paulo II, em 5 de março de 2000, e canonizados pelo Papa Francisco, em 15 de outubro de 2017, na Praça de São Pedro, no Vaticano. No calendário litúrgico da Igreja Católica, a festa dos Santos Mártires de Cunhaú e Uruaçu é celebrada em 3 de outubro.

Fonte: Novo Notícias
jul 13
sábado
13 25
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
23 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.963.053 VISITAS