02
jul

Celebrando

Postado às 12:42 Hs

Partage Shopping Mossoró celebra seus 15 anos

Alcançar 15 anos de vida é um feito marcante a ser celebrado. O Partage Shopping Mossoró chega aos seus 15 anos de existência no próximo dia 07 de julho e celebra essa trajetória como principal e maior empreendimento de entretenimento e compras da região oeste, com programação musical e campanha institucional.

A campanha institucional ‘Partage Mossoró: onde a gente se encontra’ começa a circular pela cidade trazendo personalidades conhecidas dos mossoroenses, relembrando a ligação do shopping com a nossa cidade. No dia 07, a banda Coisa Luz celebra o aniversário do Partage Mossoró com sua boa música e show na Praça da Alimentação.

“Estamos felizes com esse momento de celebração, pois sempre estivemos inseridos e envolvidos com a vida da cidade, e assim como a população mossoroense, queremos o desenvolvimento de Mossoró”, afirma o superintendente do Partage Mossoró, Leandro Botelho.

O superintendente lembra ainda que o Partage Shopping Mossoró se prepara para crescer ainda mais. Tanto que tem recebido do Grupo Partage, investimentos de expansão, retrofit e manutenção no valor de R$ 15 milhões para renovação da praça da alimentação, fachadas, paisagismo e outros itens, visando o maior conforto dos clientes e lojistas.

O shopping que começou há quinze anos numa área desabitada de Mossoró, contribuiu ao longo dos anos para ampliar a infraestrutura para a região, levando ainda ao surgimento de outros empreendimentos no seu entorno, como redes de atacados, condomínios residenciais e universidades, contribuindo para o desenvolvimento econômico local. Hoje o Partage Shopping Mossoró gera mais de 3 mil empregos diretos e indiretos. Possui lojas de renome nacional e tem atraído novas operações nos últimos meses como: Vivara, B-Burgers, Super Duper e Cheirin Bão, Sérgio’s, Shopbanx, Orolaser, Pimpo, Óticas Chilli Beans, Samsung e Motorola. Muito mais ainda está por vir no shopping de Mossoró e dos mossoroenses.

Fonte: Assessoria

30
jun

Nota

Postado às 16:01 Hs

Esclarecimento: Greve Detran/RN

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) vem a público se
pronunciar a respeito das tratativas e reivindicações dos servidores do
Órgão, que deflagraram greve:

1- Concurso Público:

No tocante ao concurso público para o Detran, o Governo do Estado é a
favor e vem empreendendo esforços para a concretização do pleito. Mesmo
o Estado estando acima do limite prudencial e a Lei de Responsabilidade
Fiscal vedando o concurso, o Governo age buscando alternativa viável e
legal, tendo protocolado junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) uma
petição direcionada ao Ministério Público de Contas (MPC), mostrando a
urgência de realização do concurso do Detran com a intenção de firmar um
acordo que autorize o certame.

2- Auxílio-Alimentação

Em relação ao auxílio-alimentação, os servidores do Detran recebem hoje
R$ 1.000,00, e foi proposto pelo Sindicato da categoria a ampliação para
R$ 1.700,00. Nesse caso, a Direção do Detran se reuniu com a equipe
econômica do Órgão, chegando a firmar uma contraposta no valor de R$
1.200,00, assim ampliando o auxílio-alimentação em 20%.

As propostas, citadas acima, foram oficialmente levadas pela Direção do
Detran ao Sindicato representativo da categoria, porém foram rejeitadas
em assembleia dos servidores.

Ressaltamos que, desde o início da greve, além de reconhecer os direitos
dos trabalhadores, a Direção do Detran vem dialogando assiduamente com
os representantes da categoria no intuito de equalizar a situação e
voltamos a prestação de serviço normal.

Concluímos ainda, que o interesse da valorização do servidor e dos
serviços do Detran são objetivos primordiais do Governo e que a mesa de
negociação requer avanço de maneira pactuada, unindo o que cada um pode
ceder para alcançar o melhor para o público.

Departamento Estadual de Trânsito do RN
Natal-RN, 29 de junho de 2022

O Rio Grande do Norte possui 244 mil famílias potiguares que estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e que ainda não usufruem do benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) do Governo Federal.

O benefício concede até 65% de desconto fatura de energia – em caso de quilombolas ou indígenas, o desconto pode chegar a 100%. No RN, já são 374 mil famílias contempladas pelo benefício.De acordo com a Neoenergia Cosern, apenas em 2022 já foram cadastradas pela empresa mais de 36 mil famílias de baixa renda no benefício.

“Na maioria dos casos, as famílias moram de aluguel e acham que não tem direito ao benefício porque não são titulares conta contrato – o que não é verdade”, explica Júlio Giraldi, superintendente de Relacionamento com Clientes da Neoenergia Cosern.

Cerca de 50% dos 244 mil potiguares que podem solicitar o benefício estão em 15 cidades: Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Ceará-Mirim, Extremoz, Caicó, Assu, Apodi, São José de Mipibu, João Câmara, Touros, Nova Cruz e Canguaretama.

A renda média da família tem que ser de no máximo meio salário-mínimo (atualmente, R$ 606,00) e a atualização no Cadastro Único precisa ter sido feita há menos de dois anos. A documentação necessária está disposta no site do Governo Federal.

19
jun

Informativo

Postado às 16:59 Hs

Caern realiza parada de abastecimento para melhoria no sistema Médio Oeste

A Caern realiza uma parada programada de abastecimento na Adutora Médio Oeste no dia 22 de junho, quarta-feira, para realizar uma intervenção para melhoria do sistema. Serão instalados rotores novos e uma nova base de concreto nos conjuntos moto bomba, além de ser realizada a correção de um vazamento em equipamento da adutora.

Com a realização destes três serviços haverá uma melhoria no abastecimento das cidades atendidas, que são: Triunfo Potiguar, Paraú, Campo Grande, Janduís, Messias Targino, Patu e Serra João do Vale. Estas localidades ficarão sem abastecimento das 8h às 20h do dia 22, e após retomada a oferta de água, normalização para todas as áreas se dará em até 48 horas.

O Instituto Mais Cidades teve acesso a uma lista que mostra que 61 municípios do Rio Grande do Norte não tem sequer uma residência que se enquadra na chamada tarifa social da CAERN, que que possibilita que o cliente de baixa renda pague menos R$ 10 reais na conta de água. O número é incompatível com a quantidade de pessoas que realmente precisam ter acesso ao benefício no estado, onde cerca de 445 mil pessoas recebem o Auxílio Brasil, programa social do Governo Federal voltado para famílias mais simples. No RN inteiro, apenas 4 mil residências pagam o menor valor pela água.

Algumas cidades com grandes quantidades de clientes, como Extremoz e Acari, somam 0 clientes na tarifa social. “Não é possível que não tenha nenhuma família nesses municípios que não precisem pagar um valor mais barato na conta de água. O problema é que os critérios adotados pela CAERN para a concessão da tarifa social são impossíveis de serem seguidos pelas pessoas que mais precisam”, comentou o presidente do Instituto Mais Cidades, advogado Alexandre Teixeira.

Por meio do Instituto, Alexandre tem brigado na justiça por uma mudança nos critérios da tarifa social, como forma de garantir que essa tarifa, e consequentemente o acesso à água potável, chegue à mais gente. “Eu criei o Projeto Tarifa Justa para tentar mudar os critérios adotados pela CAERN. Nós acreditamos que receber um programa social do governo, como o Auxílio Brasil, deve ser o único fator necessário para a tarifa social”, disse o advogado.

Atualmente, a família inteira de uma residência só pode consumir até 10m³ de água se quiser pagar a tarifa social. A ONU estipula que 3,3m³ por mês são suficientes para uma pessoa. “Mas como ficam as famílias com mais de 3 membros? E as famílias com renda per capta inferior? Uma família de três pessoas que possui renda total de um salário-mínimo não tem a mesma capacidade financeira de outra família com sete ou mais membros e renda total de dois salários mínimos, por exemplo. Seria essa família de sete membros capaz de viver com 10m3 de água?”, questiona Alexandre Teixeira. Quando a família consome mais que os 10m³ permitidos pela tarifa social, a conta sobe para R$ 46 reais podendo chegar até R$100 reais. Essa é um dos critérios da CAERN que o projeto Tarifa Justa quer mudar.

Critérios da tarifa social da CAERN

• Consumo máximo de até 10m³ de água
• Ser cadastrado e ativo em um dos Programas Sociais do Governo
• O consumo de energia elétrica não pode ser superior a 110 KWh
• O imóvel deve possuir área construída de, no máximo, 40m²

Proposta do projeto Tarifa Justa

• 3,3 m³ de água por pessoa residente na unidade cadastrada
• Família cadastrada em pelo menos um programa social do governo
• Ultrapassando-se o limite de consumo per capta de água da unidade consumidora residencial familiar, poderia ser cobrada a sobretarifa.

Natal está apta para operar a tecnologia do 5G, segundo o Ministério das Comunicações (Mcom). A capital potiguar está entre uma das 12 capitais brasileiras que foram escolhidas para o funcionamento junto com Brasília, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Palmas, Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo, Vitória, Aracaju e Boa Vista, que já atualizaram suas legislações e estão em condições de ofertar a nova internet.

Segundo Carolina Barbosa, secretária adjunta de Tecnologia da Informação da Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla), no âmbito do município de Natal a competência para autorizar a instalação de antenas é da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb).

“No final do ano passado, o prefeito sancionou a lei complementar nº 206/2021, uma legislação moderna que cria as condições para a Semurb simplificar o processo de autorização de licenciamento para instalação das infraestruturas das novas antenas 5G”, disse Carolina Barbosa. Segundo a prefeitura de Natal, para a utilização da internet 4G é necessário uma torre mandar o sinal para um bairro inteiro, enquanto na 5G serão necessárias dez vezes mais dispositivos para cobrir a mesma área.

De acordo com informações do ministério, a expectativa é que no final de julho todas as capitais do país deverão estar em condições de lançar a nova tecnologia.

Tribuna do Norte

25
abr

TCM chega a Pau dos Ferros

Postado às 15:57 Hs

TCM chega ao município de Pau dos Ferros e realiza ação de vendas dia 30 deste mês.

As tecnologias que chegam ao município são Internet fibra óptica e TCM Box – possibilitando que o assinante grave, pause e assista a seus programas a hora que quiser. TCM Box é um serviço de streaming completo.

O Grupo TCM Telecom se prepara para levar o melhor da sua tecnologia de TV e Internet para mais uma cidade no RN. A partir deste mês, os moradores de Pau dos Ferros poderão desfrutar de até 600MB de Internet fibra óptica e ainda transformar sua TV em smart por meio do mais novo TCM Box – que possibilita ao assinante gravar, pausar e assistir a seus programas a hora que quiser, com um serviço de streaming completo. São mais de 70 canais, rádios e Apps exclusivos para assinantes.

No próximo dia 30 (sábado), das 9h às 12h, haverá ação de vendas em diversos pontos do município com a equipe de vendedores da TCM, além de visitas das equipes nas residências apresentando os diferenciais do Grupo. Na oportunidade, os consumidores já poderão assinar seu contrato junto à TCM.

Leandra Castro, Gerente Comercial da TCM explica que no dia 30, a ação em Pau dos Ferros será dividida em três pontos: em frente à loja da TCM (que será inaugurada em breve e está localizada na Avenida Independência, 589, Centro), em frente ao Banco do Brasil e no bairro Princesinha do Oeste (em frente à Loja Sassá Veículos). No sábado, a blitz em frente à loja da TCM contará com cobertura das Rádios 98 FM e 95 FM – que fazem parte da Rede TCM. Também será realizada ação de vendas no domingo, dia 1º de maio.

O Grupo TCM que está chegando à Pau dos Ferros e celebra em novembro deste ano 20 anos de fundação, já disponibiliza diretamente a sua tecnologia de TV e Internet para 11 cidades do RN: Mossoró, Apodi, Upanema, Felipe Guerra, Governador Dix-Sept Rosado, Caraúbas, Assú, Ipanguaçu, Itajá, Campo Grande e Tibau.

Mais informações e detalhes sobre planos podem ser obtidos pelo (84) 3315-0710. Só a TCM tem isso tudo para você! Escolha TCM. TCM Telecom. Sempre à frente com você.

Fonte: Assessoria

Reprodução

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque , disse nesta sexta-feira (22), durante visita à Índia, que a privatização da Eletrobras será concretizada até julho.

Na quarta-feira (20), o TCU suspendeu a análise do caso por 20 dias, frustrando o governo, que esperava conseguir concretizar a desestatização até maio.

O processo só deve voltar à pauta da Corte no dia 11. Albuquerque minimizou o revés e disse que não será um grande atraso. “Acredito que a decisão do TCU sobre Eletrobras foi avanço no processo, porque o relator apresentou seu voto e os demais ministros debateram. O cronograma para capitalizar a Eletrobras era até o fim de abril, mas esse atraso de 20 dias levará a um ajuste.”

O ministro adiantou ainda que, com a mudança de data, a modelagem da oferta de ações da empresa terá que considerar também os resultados da Eletrobras no primeiro trimestre deste ano. Até então o processo incluía apenas os números até o fim de 2021.

Um mês após a entrada em vigor da norma que obriga as empresas de telemarketing a usarem números de telefone móvel com o prefixo 0303, para permitir que os consumidores identifiquem a chamada e decidam se querem atendê-la, apenas 324 códigos já cadastrados junto na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) foram ativados. “Temos sentido um empenho das empresas para implantar a regra”, disse o assessor da Gerência de Certificação e Numeração da Anatel, Secundino da Costa Lemos, à Agência Brasil. “Mas ainda estamos na fase de implementação do código não geográfico”. Ele lembrou que, embora o uso do prefixo tenha se tornado obrigatório em 10 de março para as chamadas feitas de celulares, as empresas que usam telefones fixos têm até 8 de julho para se adequar à nova regra. “Começamos pela rede móvel, mas a maior parte dos serviços de telemarketing ativo ainda é oferecida pelas plataformas de telefonia fixa, cujo prazo para migração só termina daqui a quase dois meses”, frisou o assessor, explicando que a agência reguladora não têm dados que permitam verificar se, com a obrigação de ativar o código para os serviços de telefonia móvel, mais empresas de call center passaram a usar a telefonia fixa para ganhar tempo antes de se ajustar à mudança.
Nesta segunda-feira (14), com o retorno das atividades presenciais nas Instituições de Ensino Superior (IESs), a linha universitária voltou a operar na cidade, garantindo o deslocamento dos estudantes às universidades. Com o itinerário, Mossoró passa a contar 12 linhas de ônibus, beneficiando mais de 30 regiões e localidades. O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, anunciou novidades para a linha. O gestor conta que a partir  desta terça-feira (15) o ônibus entrará no campus da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). “A linha universitária passa no Centro, recolhe todos os estudantes e vem pelo IFRN, pela Ufersa e UERN. Uma particularidade é que a partir desta terça-feira, o ônibus começa a adentrar ao campus da Ufersa. Temos um campus muito extenso na universidade federal, e isso vai proporcionar mais conforto aos estudantes”, evidenciou o gestor. Segundo a Secretaria Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito (SESDEM), a ampliação da rota atende aos universitários que antes tinham que andar quase 2 km para chegar à sala de aula. O município também garante a integração e meia passagem aos estudantes por meio da aquisição da carteirinha.
11
mar

Aeroporto comprometido ?

Postado às 14:33 Hs

Sem receber há dois meses o pagamento por parte do Governo do Estado, a Empresa Infracea, responsável por administrar o , em Mossoró (RN,), começou, nesta sexta-feira (11), o processo de demissão de funcionários.

Na última quarta-feira (9), a responsabilidade sobre o comando do terminal passou a ser da Secretaria de Infraestrutura do Rio Grande do Norte. Anteriormente, o Departamento de Estradas de Rodagens (DER) tinha controle da gestão.

Conforme informado pela comunicação do Estado, os pagamentos pendentes com Infracea vão ser realizados, porém a gestão estadual aguarda ainda a abertura do Orçamento 2022 para quitar o débito. As dívidas são relativas aos meses de janeiro e fevereiro deste ano. Ainda segundo o Governo, as parcelas referentes aos meses de novembro e dezembro de 2021 já foram regularizadas.

Além disso, a gestão cobra também valores da Infracea e alegou que a administradora do aeroporto também tem valores devidos ao Estado.

Confira a nota enviada pelo Governo ao Portal 96:
A Secretaria de Infraestrutura do RN assumiu, a partir de decreto publicado nessa quarta-feira (9), a responsabilidade quanto à gestão do Aeroporto de Dix-Sept Rosado, em Mossoró/RN, e que antes estava subordinada ao Departamento de Estradas de Rodagens (DER). O Governo do RN mantém permanente diálogo com a concessionária que explora os serviços no terminal.

O Governo do Estado, através da Secretaria de Infraestrutura, assegura que o pagamento quanto aos dois meses pendentes será executado. Mas aguarda a abertura do Orçamento 2022 para quitar o débito relativo aos meses de janeiro e fevereiro deste ano. As parcelas referentes aos meses de novembro e dezembro de 2021 foram regularizadas. O cálculo quanto ao valor devido à concessionária está sendo elaborado pela Secretaria, com suporte jurídico da PGE, porque há um entendimento que a empresa também tem valores a pagar ao Estado, em decorrência de taxas recolhidas e não repassadas à administração estadual.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou na sexta-feira (25.fev.2022) que a bandeira escassez hídrica continuará ativa na conta de luz dos brasileiros pelo menos até o mês de abril.

A bandeira tarifária está em vigor desde 1º de setembro do ano passado. Ela adiciona R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos à conta de luz. A tarifa extra foi criada para cobrir os custos da geração de energia durante o período de seca.

Também segundo a agência de energia, os consumidores que recebem o benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica seguirão com bandeira verde no mês que vem, sem o acréscimo de qualquer valor na conta de luz.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse à Agência Brasil que a partir de abril a bandeira escassez hídrica deve deixar de ser aplicada. “Acreditamos que [a bandeira escassez hídrica] não será necessária a partir de abril.”

“Como nós não tínhamos água para gerar as nossas usinas hidrelétricas, tivemos que contratar energia no exterior, da Argentina, do Uruguai, e tivemos que usar nossas usinas termelétricas, que são mais caras, por conta do petróleo, do óleo, por conta do gás”, justificou.

Poder360

26
fev

@@@ O dia de Hoje na História… @@@

Postado às 6:55 Hs

26 de fevereiro:
Dia do Comediante.
Dia de Santa Paula e Santo Alexandre.
Começa o Ayyám-i-Há no calendário bahá’í.
Nesta data em :

1815 – Napoleão Bonaparte foge da ilha de Elba.
1952 – O primeiro-ministro do Reino Unido Winston Churchill anuncia que seu país possui a bomba atómica.
1956 – Termina o XX Congresso do Partido Comunista da União Soviética, durante o qual o secretário do Partido, Nikita Khrushchov, com seu célebre discurso secreto, denuncia as violências, os expurgos e as limitações à liberdade impostas pelo regime de Stalin, seu predecessor.

Nasceram neste dia…

1802 – Victor Hugo, escritor francês (m. 1885).
1868 – Venceslau Brás, na imagem, nono Presidente do Brasil (m. 1966).
1932 – Johnny Cash, cantor e compositor estadunidense (m. 2003).

Morreram neste dia…

1525 – Cuauhtémoc, último imperador asteca (n. 1502).
1883 – Miguel Ângelo Lupi, pintor português (n. 1826).
1992 – Older Cazarré, ator e dublador brasileiro (n. 1935).

2010 – Nujabes, compositor japonês (n. 1974).

2014- Paco de Lucía, guitarrista espanhol (n. 1947).

2014- Loureiro Neto, político e radialista português radicado no Brasil (n. 1952).

2019 — Tavito, cantor, músico e compositor brasileiro (n. 1948).

 

Agências bancárias em todo o país têm nesta sexta-feira (25) o último dia de atendimento ao público antes do carnaval. Elas ficarão fechadas na segunda (28) e na terça- feira (1). O expediente será retomado a partir das 12h na Quarta-feira de Cinzas (2), com encerramento em horário normal de fechamento das agências.

“Nas localidades em que as agências fecham normalmente antes das 15h, o início do atendimento ao público será antecipado, de modo a garantir o mínimo de três horas de funcionamento”, informou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

A entidade orienta os clientes a utilizarem preferencialmente os canais digitais, como sites e aplicativo dos bancos, para a realização de transferências e pagamento de contas nos dias em que não houver expediente bancário nas agências.

As contas de consumo como água, energia, telefone e carnês com vencimento em 28 de fevereiro e 1° de março poderão ser pagas, sem juros, na quarta-feira (2).

O governo abriu, hoje, consulta pública sobre o processo de privatização dos Correios. O anúncio foi publicado no “Diário Oficial da União”. A consulta ficará disponível por 45 dias, na plataforma Participa + Brasil, para que os interessados possam dar suas contribuições sobre o tema.

Também será realizada uma audiência pública no dia 24 de março. As regras para o debate ainda não foram divulgadas pelo governo. A consulta e a audiência públicas são etapas obrigatórias dentro do processo de privatização, e antecedem a análise do Tribunal de Contas da União (TCU).

25
fev

Informativo

Postado às 11:45 Hs

Carnaval modifica horário de atendimento ao cliente da Caern em todo o Estado

O horário de funcionamento da Caern em todo o Estado será alterado durante o período de carnaval. Não haverá expediente na segunda-feira (28) e terça-feira (1°). O atendimento presencial volta a ocorrer a partir das 14h de quarta-feira (2). Na quinta-feira (3) e sexta-feira (4), o atendimento ocorre das 7h30 às 13h45, devendo ser marcado o agendamento no www.caern.com.br.

Em todo o período do carnaval, a Caern terá equipes de plantão para resolver situações de abastecimento de água nas cidades, vazamentos, obstrução de esgoto e demais atividades essenciais. Os clientes podem informar essas situações por meio do telefone gratuito 115, aplicativo Caern mobile e pela agência virtual no site da Caern.

A compra dos ativos de telefonia móvel do grupo Oi pelas operadoras Tim, Claro e Telefônica Brasil, que detém a marca Vivo, foi autorizada, com restrições, pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A aprovação foi condicionada ao cumprimento de medidas que diminuam os riscos concorrenciais e que estarão contidas em um Acordo em Controle de Concentrações (ACC). A Oi vendeu a rede móvel em 2020 para pagar dívidas. A transação precisava de confirmação pelo órgão antitruste. A decisão foi tomada em reunião da tarde dessa quarta-feira (9). As análises da operação mostraram que a saída da Oi do mercado de Serviço Móvel Pessoal (SMP) reduziria de quatro para três as operadoras que atuam no segmento, levando a uma concentração na oferta do serviço.
A partir de questionamentos apresentados pela Copel Telecom, ao anunciar prévia da venda da Oi Móvel para Claro, TIM e Vivo pode ser anulada pela a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A notícia foi dada pela agência O Globo, após relatos de quem acompanha a tramitação deste processo. Esta negociação é chave na recuperação judicial da Oi, que tem prazo de conclusão até o final do trimestre. De acordo com O Globo, o conselheiro Emmanoel Campelo – então presidente interino da agência – deixou de convocar pessoas que teriam assento nestes encontros nos dias 28 e 31 de janeiro, entre eles Wilson Diniz Wellisch, já nomeado como novo presidente interino da Anatel.
jul 5
terça-feira
04 29
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
44 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.903.405 VISITAS