22
fev

* * * QUENTINHAS… * * *

Postado às 20:38 Hs

* * * Quem dorme aliviada nesta terça-feira é a deputada federal Carla Dickson. A suplente do deputado Fábio Faria não vai precisar deixar a cadeira na Câmara Federal para buscar reeleição em 2022 . Fábio Faria vai continuar ministro e tocando projeto de implantação da 5G no Brasil. A permanência de Fábio no MC já era dada como certa. Mas nada melhor do que do próprio ministro que não será candidato. * * *  Virginia Coelli

* * * A Quarta Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em julgamento realizado hoje, decidiu anular a operação da Polícia Federal realizada contra o pré-candidato do PDT à Presidência Ciro Gomes, por entender que houve “constrangimento ilegal” na ação. No fim do ano passado, a PF cumpriu busca e apreensão contra o presidenciável e aliados seus em uma investigação sobre suspeitas de propina em obra da Copa tocada pelo governo do Ceará, durante a gestão do seu irmão Cid Gomes.* * *

* * * As conversas avançaram em Brasília, Ezequiel Ferreira deve anunciar sua decisão de concorrer ou não ao governo no dia 15 de março.  Mesmo com a pressão da governadora Fátima Bezerra com seu canto da sereia, Ezequiel deve aceitar o desafio e concorrer ao governo do estado.A chapa Ezequiel para o governo e Rogério Marinho para o senado é forte para concorrer de igual para igual com Fátima Bezerra e Carlos Eduardo. A rejeição da governadora Fátima Bezerra é superior aos 50%, na hora que aparecer um candidato, logo vai subir e ultrapassar a petista.  É a chance de Ezequiel de ter voos mais altos na política.  * * * Blog do Gustavo Negreiros

 

A deputada Federal Carla Dickson, vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, tem sido lembrada como possível nome para disputar o Governo do Estado pela oposição.

Na manhã desta terça-feira, a esposa do deputado Estadual Albert Dickson descartou a possibilidade de encabeçar a chapa majoritária da oposição contra a governadora Fátima Bezerra.

Segundo Carla, “Meu objetivo é a reeleição de Federal. Não tenho esses planos de candidatura ao Governo agora não. Agradeço a lembrança ao meu nome, mas agora não tenho esse projeto.”

Carla Dickson obteve mais de 60 mil votos em sua primeira candidatura como deputada Federal, acima de Rogério Marinho, que obteve 59 mil votos. Ela ficou na primeira suplência e assumiu o mandato com a posse de Fábio Faria no ministério das Comunicações.

Ela é muito forte no segmento evangélico do RN, onde atua ao lado do marido, deputado Albert Dickson. Como deputada, tem se destacado na busca de recursos para o Estado e no apoio a demandas de prefeitos.

Justamente por ser mulher e evangélica, a médica Carla Dickson estava sendo cotada para ser a candidata apoiada pelo grupo do presidente Jair Bolsonaro no RN, comandado pelos ministros Fábio Faria e Rogério Marinho. Ambos querem disputar o Senado e procuram um nome para o Governo.

Blog do Túlio Lemos

A deputada Federal Carla Dickson é nova vice líder do Presidente Bolsonaro na Câmara dos deputados, a informação foi publicada na edição de hoje do Diário oficial da União. A partir de agora a deputada potiguar passa a integrar a equipe de líderes do presidente no congresso a vai defender ideias e projetos possam ajudar no desenvolvimento do país.

“ Para mim será um grande desafio, me sinto horada pelo convite e irei junto com nosso presidente trabalhar muito em prol do nosso país e do meu querido Rio Grande do Norte”

O nome da deputada foi escolhido pelo presidente, por causa de sua relevante atuação desde que assumiu a vaga na Câmara. Assim o estado se destaca na política nacional com dois ministros e uma vice liderança.

Estão sendo indicados para a vice-liderança os deputados Luiz Lima (PSL-RJ), Giovani Cherini (PL-RS), Lúcio Mosquini (MDB-RO), Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM), Paulo Azi (DEM-BA), Joaquim Passarinho (PSD-PA), Gustinho Ribeiro (Solidariedade-SE), Carla Dickson (PROS-RN), Greyce Elias (Avante-MG) e Marreca Filho (Patriota-MA).

Além desses, três vice-líderes foram reconduzidos, segundo informou a liderança do governo na Câmara. São eles: Aluísio Mendes (PSC-MA), Evair Vieira de Melo (PP-ES) e José Medeiros (PODE-MT).

Com relação aos que estão sendo dispensados, além de Carla Zambelli, perderam a função de vice-líder do governo os deputados Guilherme Derrite (PP-SP), Carlos Jordy (PSL-RJ), Coronel Armando (PSL-SC), Eros Biondini (PROS-MG), Diego Garcia (PODE-PR), Aline Sleutjes (PSL-PR) e Caroline de Toni (PSL-SC).

Via Heitor Gregório

A deputada federal Carla Dickson (PROS-RN), foi recebida em audiência nesta terça-feira (23) pela Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves, para solicitar a instalação de duas Casas da Mulher Brasileira no Estado, uma será instalada em Natal e outra em Mossoró na região Oeste do RN.

“Fiquei muito feliz com o resultado da reunião de ontem, de poder levar essas instituições para Natal e Mossoró. Além disso, solicitei também a ministra outras ações para idosos, juventude, família e infância”, afirmou a deputada.

Casa da Mulher Brasileira

A Casa da Mulher Brasileira foi instituída no país pelo Decreto nº 8.086, de agosto de 2013, como uma das ações do programa do governo federal Mulher, Viver sem Violência. É um espaço público que concentra serviços especializados e multidisciplinares para o atendimento às mulheres em situação de violência.

As instituições contam com os respectivos serviços: Juizado Especial; Núcleo Especializado da Promotoria; Núcleo Especializado da Defensoria Pública; Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher; alojamento de passagem; brinquedoteca para os filhos das vítimas; apoio psicossocial e capacitação para autonomia econômica.

jul 6
quarta-feira
12 45
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
64 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.903.540 VISITAS