A deputada Federal Carla Dickson é nova vice líder do Presidente Bolsonaro na Câmara dos deputados, a informação foi publicada na edição de hoje do Diário oficial da União. A partir de agora a deputada potiguar passa a integrar a equipe de líderes do presidente no congresso a vai defender ideias e projetos possam ajudar no desenvolvimento do país.

“ Para mim será um grande desafio, me sinto horada pelo convite e irei junto com nosso presidente trabalhar muito em prol do nosso país e do meu querido Rio Grande do Norte”

O nome da deputada foi escolhido pelo presidente, por causa de sua relevante atuação desde que assumiu a vaga na Câmara. Assim o estado se destaca na política nacional com dois ministros e uma vice liderança.

Estão sendo indicados para a vice-liderança os deputados Luiz Lima (PSL-RJ), Giovani Cherini (PL-RS), Lúcio Mosquini (MDB-RO), Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM), Paulo Azi (DEM-BA), Joaquim Passarinho (PSD-PA), Gustinho Ribeiro (Solidariedade-SE), Carla Dickson (PROS-RN), Greyce Elias (Avante-MG) e Marreca Filho (Patriota-MA).

Além desses, três vice-líderes foram reconduzidos, segundo informou a liderança do governo na Câmara. São eles: Aluísio Mendes (PSC-MA), Evair Vieira de Melo (PP-ES) e José Medeiros (PODE-MT).

Com relação aos que estão sendo dispensados, além de Carla Zambelli, perderam a função de vice-líder do governo os deputados Guilherme Derrite (PP-SP), Carlos Jordy (PSL-RJ), Coronel Armando (PSL-SC), Eros Biondini (PROS-MG), Diego Garcia (PODE-PR), Aline Sleutjes (PSL-PR) e Caroline de Toni (PSL-SC).

Via Heitor Gregório

A deputada federal Carla Dickson (PROS-RN), foi recebida em audiência nesta terça-feira (23) pela Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves, para solicitar a instalação de duas Casas da Mulher Brasileira no Estado, uma será instalada em Natal e outra em Mossoró na região Oeste do RN.

“Fiquei muito feliz com o resultado da reunião de ontem, de poder levar essas instituições para Natal e Mossoró. Além disso, solicitei também a ministra outras ações para idosos, juventude, família e infância”, afirmou a deputada.

Casa da Mulher Brasileira

A Casa da Mulher Brasileira foi instituída no país pelo Decreto nº 8.086, de agosto de 2013, como uma das ações do programa do governo federal Mulher, Viver sem Violência. É um espaço público que concentra serviços especializados e multidisciplinares para o atendimento às mulheres em situação de violência.

As instituições contam com os respectivos serviços: Juizado Especial; Núcleo Especializado da Promotoria; Núcleo Especializado da Defensoria Pública; Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher; alojamento de passagem; brinquedoteca para os filhos das vítimas; apoio psicossocial e capacitação para autonomia econômica.

out 30
sexta-feira
15 46
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
97 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.838.590 VISITAS