O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quinta-feira (26) uma resolução que fixa em 30 dias o prazo máximo para que os bancos atendam ao pedido de clientes para encerramento de conta. A norma começa a valer em 1º de janeiro de 2020. Atualmente esse prazo já é estabelecido, mas somente em uma autorregulamentação do setor bancário.

No segundo trimestre de 2019, o Banco Central registrou 1.022 reclamações de clientes devido a irregularidades no processo de encerramento de conta de depósito à vista. O ranking não especifica se a reclamação se deveu à demora para que o banco atendesse ao pedido.

O Bradesco foi o banco que mais registrou esse tipo de queixa: 327 no segundo trimestre. O segundo mais reclamado foi a Caixa Econômica Federal (155) e, o terceiro, o Itau (124).

A taxa de juros do cheque especial subiu 1,3 ponto percentual em junho, comparada a maio, e chegou a 322,2% ao ano. Em 2019, os juros do cheque especial já subiram 9,6 pontos percentuais. Os dados foram divulgados hoje (26) pelo Banco Central. A taxa média do rotativo subiu 0,3 ponto percentual em relação a maio, chegando a 300,1% ao ano. A taxa média é formada com base nos dados de consumidores adimplentes e inadimplentes. No caso do correntista adimplente, que paga pelo menos o valor mínimo da fatura do cartão em dia, a taxa chegou a 277,2 % ao ano em junho, recuo de 2,7 pontos percentuais em relação a maio. A taxa cobrada dos clientes que não pagaram ou atrasaram o pagamento mínimo da fatura (rotativo não regular) subiu 2,4 pontos percentuais, indo para 316,4% ao ano.

Os juros médios cobrados pelas instituições financeiras no cheque especial e no cartão de crédito caíram novamente em maio. Segundo os dados divulgados pelo BC (Banco Central) na última quarta feira (27.jun.2018), os juros do cartão de crédito rotativo caíram de 328,6% ao ano, em abril, para 303,6% ao ano, em maio. É o 2º mês consecutivo de queda.

A taxa de juros regular, aplicada quando o cliente paga a fatura dentro do prazo de vencimento ou paga o valor mínimo de 15%, caiu na passagem de abril para maio, de 248,1% para 243% ao ano. Já os juros na modalidade não regular (aplicados quando o valor mínimo da fatura não é pago) caíram de 385,2% ao ano em abril para 346,1% ao ano em maio.

Segundo os dados divulgados pelo BC, as taxas de juros do cartão de crédito parcelado também apresentaram queda. Passaram de 171,9% ao ano para 165,5% ao ano. As alterações nas regras do cartão de crédito aprovadas pelo CMN (Conselho Monetário Nacional) entrarão em vigor a partir de junho. Entre as mudanças, está a criação de 1 limite para os juros cobrados de clientes que não conseguirem pagar o mínimo da fatura ou ficarem inadimplentes. Os bancos também poderão fixar o percentual mínimo de pagamento da natural mensal.

Na intenção de baixar os juros cobrados pelos bancos, o Conselho Monetário Nacional (CMN) tomou, nesta quinta-feira, várias medidas. Na reunião, os ministros da Fazenda (Eduardo Guardia) e do Planejamento (Esteves Colnago) e e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, decidiram limitar os juros cobrados do cliente que não conseguir pagar o mínimo do rotativo do cartão de crédito ou também que ficar inadimplente. As instituições financeiras terão de manter a mesma taxa do rotativo, acrescida apenas de multa e juros de mora. Outra decisão foi liberar os bancos para estabelecer o percentual mínimo de pagamento da fatura mensal ao sabor do risco de cada cliente. Atualmente, todos têm de exigir 15% de pagamento mínimo. O conselho ainda estabeleceu regras para as startups financeiras e para a proteção cibernética dos dados bancários.
03
abr

Valendo

Postado às 0:50 Hs

Novas regras para cartão de crédito começam a valer segunda-feira. A partir de abril, os consumidores que não conseguirem pagar integralmente a tarifa do cartão de crédito só poderão ficar no crédito rotativo por 30 dias. A nova regra, fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em janeiro, entrará em vigor nesta segunda-feira, 3. A medida consta da reforma microeconômica anunciada pelo governo no fim do ano passado. Os bancos tiveram pouco mais de dois meses para se adaptarem à nova regra, que obrigou as instituições financeiras a transferirem para o crédito parcelado, que cobra taxas menores, os clientes que não conseguirem quitar o rotativo do cartão de crédito nos primeiros 30 dias. Durante esse período de quase dois meses, os bancos definiram as novas taxas para o crédito parcelado. De acordo com a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), a medida tem o potencial de reduzir pela metade os gastos com juros em 12 meses.
18
jan

Em Natal

Postado às 17:29 Hs

Nina Souza é eleita presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida na CMN

Em seu primeiro mandato na Câmara Municipal de Natal, a vereadora Nina Souza (PEN) foi eleita presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida. Além disso, também participará, como membro, das comissões de Educação, Ética e Constituição e Justiça. “Será um grande desafio comandar a Comissão em um momento onde o mundo se preocupa cada vez mais com a inclusão e o respeito às pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Da nossa parte, os cidadãos poderão ter certeza que vamos nos empenhar ao máximo para contribuir com este assunto tão importante para a nossa sociedade”, disse Nina Souza.

Advogada e professora da rede estadual de ensino, a vereadora colocará sua experiência nas duas áreas a serviço dos natalenses, já que também fará parte das comissões de Educação e de Constituição e Justiça, esta última considerada uma das mais importantes da Casa e também a de maior demanda, já que analisa a constitucionalidade das matérias enviadas à Câmara . Na noite desta terça-feira (17), a Comissão de Constituição e Justiça já realizou sua primeira reunião, pouco depois da primeira sessão extraordinária. Em pauta, a apreciação do Decreto n° 001/2017 que trata da destinação de 2% das receitas de ISS e IPTU para incentivo cultural. Também foram abordadas questões sobre a readequação das Comissões Permanentes da Casa Legislativa.

Fonte: Assessoria

 

 

 

25
nov

Dinheiro à vista…

Postado às 12:37 Hs

RN e mais 15 estados estão autorizados pelo CMN a pegar R$ 7 bilhões.

O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou o Rio Grande do Norte, outros 15 estados e o Distrito Federal a contraírem empréstimos com o sistema financeiro, que no total somam R$ 7 bilhões, até o final do ano. Desde dezembro de 2014 os governos locais não podiam contrair empréstimos com garantia do Tesouro e esta era uma das principais reivindicações de governadores que, nos últimos meses, pediam aval do Tesouro Nacional para financiarem investimentos e estimularem empregos.

Do total a ser liberado, R$ 900 milhões irão o Rio Grande do Norte, Amapá, Piauí e Tocantins, que não assinaram Programas de Ajuste Fiscais (PAF) com o governo federal. Outros R$ 6,1 bilhões serão destinados para as seguintes unidades da federação: Amazonas, Amapá, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Paraná, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Estes têm acordo com o governo federal e são classificados com nota B do Tesouro Nacional, sendo consideradas com baixo risco de calote. O Ceará também tem baixo risco e estaria apto a pegar crédito, mas consumiu todo o limite disponível até 2014.

O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou que pessoas físicas abram e fechem contas correntes pela internet, sem a necessidade de irem pessoalmente a uma agência bancária, como era exigido até agora. A informação foi divulgada pelo Banco Central nesta ontem (25). De acordo com o BC, o serviço é opcional e já pode ser oferecido pelos bancos, desde que eles disponham de mecanismos de controle para verificar a identidade dos clientes. A identificação poderá ser feita, por exemplo, por meio de reconhecimento de imagem e de voz. Os bancos também podem solicitar uma fotografia, ou, ainda, exigir o uso do certificado digital. “Têm mecanismos de tecnologia que permitem várias checagens além do contato presencial”, explicou a chefe do Departamento de Normas do BC, Silvia Marques.
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, está de fato demissionário. Nessa quinta-feira (17) ele não deixou dúvidas sobre isso. Encerrou a reunião do Conselho Monetário Nacional (CNN) informando que não participará do próximo encontro do colegiado de ministros da área econômica, marcado para o final de janeiro. O anúncio oficial da sua saída só não foi ainda oficializado porque a presidente Dilma Rousseff não conseguiu definir o nome que irá substituí-lo. O embate público do ministro em torno da meta fiscal de 2016 precipitou os acontecimentos. A situação é muito semelhante ao que ocorreu no ano passado quando o cargo mais importante na área econômica ficou nas mãos de um ministro demissionário. Durante a campanha à Presidência, a presidente “demitiu” o então ministro Guido Mantega ao sinalizar que ele seria substituído se ela fosse reeleita.Auxiliares diretos da presidente dizem que a substituição poderá acontecer a qualquer momento, com grandes chances de ser antes do Natal. Embora não fosse o motivo do encontro, na quarta-feira (16), à noite, a saída de Levy foi um dos temas tratados na reunião da presidente Dilma com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, três ministros e o presidente do PT, Rui Falcão, no Palácio da Alvorada, que terminou perto da meia noite.

O deputado federal, Rafael Motta, do PROS, participou na manhã de hoje (28) de uma reunião na Câmara Municipal de Natal para discutir a criação da rádio do Poder Legislativo local, que pode integrar, também, a Assembleia Legislativa do Estado. A reunião teve a participação do presidente da Câmara, Franklin Capistrano, e da equipe de comunicação da CMN.

 

No encontro, Rafael Motta se comprometeu a intermediar na Câmara dos Deputados, em Brasília, a autorização para a criação da nova rádio. “Sou ex-vereador e sei da importância de se incentivar a divulgação do trabalho parlamentar. Apoio essa luta e vamos ajudar no que for necessário em Brasília”, afirmou Rafael Motta.

 

24
jul

FIQUE SABENDO…

Postado às 11:30 Hs

# PARCELAS DO FIES TERÃO JUROS MAIS ALTOS

Os estudantes que fecharem novos financiamentos pelo Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) pagarão parcelas mais altas. O Conselho Monetário Nacional (CMN) regulamentou o reajuste das taxas de juros dos novos contratos de 3,4% para 6,5% ao ano. O reajuste havia sido anunciado no fim do mês passado pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. As novas taxas haviam sido publicadas no edital com as novas regras do Fies, no início do mês, mas precisavam ser regulamentadas pelo CMN para entrar em vigor. O aumento vale apenas para os 61,5 mil contratos previstos para o segundo semestre deste ano. Quem já é beneficiado pelo programa e precisa renovar os financiamentos continuará pagando as taxas atuais, porque os contratos em vigor não podem ser alterados por apenas uma das partes.

# PETROBRAS SE MANTÉM ENTRE AS MAIORES DO MUNDO

Apesar de ser o centro de um dos maiores escândalos de corrupção no País, a Petrobras permanece entre as 500 maiores empresas do mundo. A companhia estatal brasileira de petróleo é a 28ª do ranking anual da revista “Fortune”, com receita de US$ 143,657 bilhões em 2014. Mesmo assim, após mais de um ano de Operação Lava Jato e o longo desdobramento de denúncias originadas em delações premiadas à Justiça, a Petrobras é companhia mais endividada do mundo e busca cortar custos, embarcando num plano para vender US$58 bilhões em ativos até 2018 para financiar o desenvolvimento dos projetos em águas profundas (pré-sal). A Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) e Federação Única dos Petroleiros (FUP), faz objeção ao Plano de Negócios e Gestão da Petrobras, que inclui a venda de ativos da empresa, divulgado pelo presidente da estatal, Bendine, e decidiram paralisar suas atividades por 24 horas desde meia-noite desta sexta-feira (24). O Sindicato dos Petroleiros de Pernambuco (Sindipetro-PE) também aderiu à greve nacional.

 

# MERCADO VÊ IMPEACHMENT COMO SAÍDA ‘POSITIVA’

Um relatório divulgado pela consultoria Eurasia no início desta semana passou despercebido – apesar de conter um dado importante. O texto repercutia a última pesquisa CNT/MDA, em que 63% dos entrevistados disseram querer a saída da presidente, e afirmava que o risco de impeachment havia avançado para 30% – o que é considerado alto pelos analistas. O dado curioso revelado pela consultoria é que o comportamento dos investidores com a divulgação desses números foi atípico: em vez de a confusão política assustar, tanto no mercado de dívida quanto o de ações e câmbio reagiram positivamente. “Os dados da pesquisa não eram surpresa, mas o comportamento dos preços de ativos foi revelador: houve uma retomada na Bovespa”, escreveram os analistas da Eurasia. “Esse episódio revela uma premissa entre alguns investidores de que um cenário de impeachment seria positivo para o mercado”. (Veja/Da redação)

# DÓLAR SEGUE EM ALTA NESTA SEXTA-FEIRA E BATE OS R$ 3,34

O dólar abriu em alta nesta sexta-feira e ultrapassou a barreira dos 3,30, ainda pressionado por preocupações com a situação fiscal do país após o corte nas metas do governo. Por volta das 9h50, a moeda subia 0,91%, negociada aos 3,32 reais na venda. Na máxima, no entanto, chegou a atingir os 3,34 reais, maior nível desde 1º de abril de 2003, quando foi a 3,35 reais no intradia. Na quinta-feira, o dólar fechou em alta de mais de 2% e terminou em R$ 3,29, maior nível em quatro meses. Na quarta-feira, o governo reduziu a meta de superávit primário deste ano para 8,74 bilhões de reais, ou 0,15% do Produto Interno Bruto (PIB), contra 66,3 bilhões de reais (1,1% do PIB), previstos até então. Após o corte, o mercado teme que o país perca o grau de investimento – selo de bom pagador – dado por agências de classificação de risco. Na classificação das três principais agências internacionais de classificação de risco – Fitch, Moodys e Standard and Poor’s -, o Brasil segue com grau de investimento. No mercado, agentes têm como certa uma redução do rating soberano do Brasil pela Moody’s para o último patamar dentro do grau de investimento, assim como já se situa nas outras duas agências.

17
out

Homenagem

Postado às 11:51 Hs

FÁTIMA BEZERRA É HOMENAGEADA COM COMENDA DA EDUCAÇÃO PELO VEREADOR HUGO MANSO

A deputada federal Fátima Bezerra recebeu, na manhã desta sexta-feira, 17, a Comeda Anísio Teixeira oferecida pela Câmara Municipal de Natal (CMN) aos professores que tem contribuição relevante para educação da capital potiguar.

A homenagem à parlamentar petista foi proposta vereador Hugo Manso (PT) e entregue em solenidade especial realizada dentro da programação da CMN, proposta pela vereadora Eleika Bezerra (PSDC), em comemoração a Semana e Dia do Professor.

“Uma mulher guerreira, negra, de família humilde, que veio do interior da Paraíba para capital potiguar para estudar e fez história não só na sala da aula, mas na luta política pela educação é digna da mais honrada homenagem. Fátima Bezerra é uma das principais responsáveis pela valorização que a educação e os professores potiguares e brasileiros estão vivendo nos últimos 12 anos. O FUNDEB e o Plano Nacional de Educação (PNE) são lutas de Fátima”, justificou o vereador.

Na entrega da Comenda estavam presentes 25 dos 29 vereadores da Câmara de Natal, além de outras figuras políticas representativas na área de educação do RN como o Deputado Estadual Fernando Mineiro (PT) e a Secretária Municipal de Educação de Natal, Justina Iva.


05
nov

Pagamento via celular

Postado às 8:37 Hs

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, anunciou nesta segunda-feira, 4, a nova regulação dos meios de pagamento. A medida terá principal foco nos serviços móveis, como pagamentos via celular. “Serviços com cartões pré-pagos, cartões de crédito e moedas eletrônicas passam a contar com regulação”, disse a autoridade monetária. “Estamos disponibilizando a regulamentação da lei, o que permite o desenvolvimento efetivo da atividade de pagamentos móveis no País.” Em nota divulgada pouco depois do anúncio, o BC disse que, com as resoluções e circulares editadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e por ele, respectivamente, institui-se o marco regulatório inicial que disciplina a autorização e o funcionamento de arranjos e instituições de pagamento.
07
ago

Saiba Também…

Postado às 14:53 Hs

# # Sob Controle

A inflação oficial do País, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou praticamente estável em julho. O índice teve alta de 0,03% , valor bem abaixo da taxa de 0,26% registrada em junho, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).Segundo o IBGE, foi o mais baixo resultado desde julho de 2010 (0,01%), quando o IPCA também havia se aproximado da estabilidade.

O resultado ficou acima da mediana das estimativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções, que esperavam taxas entre uma deflação de 0,13% e uma alta de 0,09%, com mediana de -0,01%.Até o mês passado, o IPCA acumula alta de 3,18% no ano e de 6,27% no acumulado dos últimos 12 meses. Na divulgação de junho, a inflação havia ficado em 6,70% em 12 meses, estourando o teto da meta estipulada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em 6,5%.O grupo Alimentação e Bebidas teve desaceleração. Após subir 0,04% em junho, caiu 0,33% em julho.

# # Último dia

Termina nesta quarta (7) o prazo para que os estudantes selecionados na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) façam a matrícula na instituição de ensino superior. Além disso, eles deverão comprovar as informações prestadas no momento da inscrição. O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas de ensino superior. A segunda convocação da lista de espera ocorre no próximo dia 12 com prazo para matrícula e comprovação de informações até o dia 15. Podem concorrer às bolsas do ProUni os estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral. Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, a renda bruta familiar deve ser até três salários mínimos por pessoa.

# # Ricardo Motta solta a voz…

Ao fazer pronunciamento na manhã de hoje na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Ricardo Motta apontou que os cortes feitos pelo Governo infringiram a Lei de Diretrizes Orçamentárias, que proíbe cortes no orçamento destinado a folha de pessoal. O parlamentar ressaltou que o percentual aplicado deveria ter sido com base na proporcionalidade. Os cortes nas projeções de receitas foram de 10% e tiveram implicações para os poderes Judiciário e Legislativo e para o Ministério Público. O deputado classificou o atual momento vivido pelo estado como grave e de chamamento às responsabilidades. “O Poder Legislativo não pode concordar com o decreto que estabeleceu corte linear no orçamento dos poderes. Falo em nome da Assembleia acima das minhas posições políticas que não estão sendo colocadas nesta hora. Falo em nome da Casa. Das responsabilidades que tenho. Nossos técnicos examinaram cuidadosamente os efeitos desse corte, mas já é possível afirmar que o percentual aplicado deveria ter sido com base na proporcionalidade. Também se pode informar que a Lei das Diretrizes Orçamentárias, exclui, para fins de empenho as despesas com o pagamento de pessoal”, afirmou.

# # 13º Salário dos aposentados

O governo vai antecipar o pagamento de metade do 13º de aposentados e pensionistas que recebem pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os recursos serão depositados na conta bancária informada por esses beneficiários ao órgão entre o fim de agosto e o início de setembro, conforme programação divulgada ontem em um decreto presidencial publicado em edição extra do Diário Oficial da União, informa o Correio Braziliense. O pagamento será equivalente a 50% do valor da parcela que seria paga normalmente em agosto, fazendo com que o benefício do mês totalize uma vez e meia o montante que inicialmente já seria pago.

13
dez

Natal tem novo prefeito…

Postado às 20:30 Hs

 

A Câmara Municipal de Natal empossou nesta quinta-feira (13) o vereador Ney Lopes Júnior (DEM) no cargo de prefeito. Parlamentar é o terceiro na linha sucessória, ficando após o vice-prefeito e o presidente da Câmara. A solenidade de posse foi realizada no plenário Érico Hackradt, na sede do legislativo natalense.

Ney Lopes Jr. foi empossado pela mesa diretora da CMN: vereador Edivan Martins (PV), presidente; Albert Dickson (PP), 1º Secretário; e Chagas Catarino (PP), 2º Secretário. Também prestigiaram a solenidade Júlia Arruda (PSB), Franklin Capistrano (PSB), Dickson Nasser (PSB) e Assis Oliveira (PR).

O prefeito Ney Lopes de Souza Junior é advogado, com mestrado em Direito Internacional e jornalista. Durante mandato de vereador de Natal, Ney Lopes Jr. (DEM) apresentou 650 requerimentos e mais de 50 Projetos de Lei. Além disso, ocupa a função de 1º Vice-Presidente da CMN, é Presidente da Comissão de Legislação Justiça e Redação Final e vice-presidente da Comissão de Planejamento Urbano, Meio Ambiente, Transportes e Habitação; e ainda integra a Comissão de Saúde, Assistência Social e Defesa do Consumidor.

LOA

A votação da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício 2013 será votada em segunda discussão na próxima terça-feira (18), assim como o Projeto de Lei nº 87/2012, que estipula o teto salarial do prefeito, vice-prefeito, vereadores, secretários, procuradores geral da Câmara e do Município, além dos presidentes de órgãos da Administração Indireta.

 

Fonte: Blog do BG / Fotos: Elpídio Júnior

 

23
nov

Mais crédito

Postado às 10:15 Hs

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu estender o prazo para contratação de crédito pelos agricultores afetados pela seca na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), como informa a Agência Brasil. A prorrogação do prazo foi necessária devido ao prolongamento da seca, que continua prejudicando muitos produtores rurais na região.

A data limite de 30 de dezembro foi estendida para 28 de fevereiro de 2013. Os empréstimos poderão ser tomados com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

A linha de crédito, de capital de giro associada a investimentos, é destinada a empreendedores individuais, empresas industriais, comerciais e de prestação de serviços, cooperativas de produção, associações e agroindústrias. Cada empresário poderá tomar até R$ 100 mil, com taxa de juros de 3,5% ao ano. O prazo de pagamento é até cinco anos, tendo um ano de carência.

O financiamento visa a promover a recuperação ou preservação das atividades dos empreendedores afetados pela estiagem. A decisão do CMN altera os prazos publicados nas resoluções 4.077 de 4 de maio e 4.092 do dia 30 de maio, ambas deste ano

15
nov

Redução das despesas…

Postado às 23:36 Hs

A equipe de transição do futuro prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), estuda mudanças substanciais no arcabouço administrativo do município, que devem resultar na extinção de secretarias, diminuição do número de cargos comissionados e corte de regalias que até hoje são uma realidade para os ocupantes dos principais postos da Prefeitura. O prefeito admite como possível a redução de aproximadamente 45% das atuais 27 Secretarias e de 50% dos 1.050 cargos em comissão, presentes na estrutura administrativa. “Os serviços serão incorporados, Secretarias passarão a ser coordenadorias. Ao invés de ter uma estrutura própria vamos reunir aquelas que têm perfil parecido, complementar; assim evitamos despesas como aluguel de imóvel, pessoal, mais carro, mais cafezinho”, disse Carlos Eduardo. Artigo de luxo para os auxiliares do primeiro escalão, como veículo oficial, com motorista e gasolina por conta do erário, serão abolidos.
01
nov

Natal tem novo prefeito…

Postado às 15:19 Hs

No fim da manhã desta quinta-feira (1°), o presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Edivan Martins (PV), empossou por determinação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, o vice-prefeito Paulinho Freire, como Chefe do Executivo de Natal.

A posse ocorreu no plenário Érico Hackradt, onde o presidente da CMN fez a leitura do termo de posse do novo prefeito, e assinou junto com o primeiro e segundo secretário, vereadores Júlio Protásio (PSB) e Albert Dickson (PP), respectivamente.
Edivan Martins ressaltou a função do Legislativo.“Estamos cumprindo a decisão judicial, pois a nossa função é dá resolutividade a determinação do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte”, disse Martins.

O prefeito empossado, Paulinho Freire afirmou que a prioridade nos próximos 60 dias será o pagamento dos servidores e a limpeza urbana.

“A nossa prioridade é além de resolver o problema do lixo da cidade e o pagamento dos servidores, montar uma operação tapa-buraco”, finalizou Paulinho Freire.

out 30
sexta-feira
15 31
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
100 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.838.589 VISITAS