08
jan

FIQUE SABENDO …

Postado às 18:32 Hs

# # João Maia acompanhou Rosalba…

Na manhã desta terça-feira (08), a governadora Rosalba Ciarlini, e o Diretor Geral do Detran/RN, Willy Saldanha, assinaram o Termo de Cooperação do Detran com o SETS/SENAT, que proporcionará a realização de cursos gratuitos para Mototaxistas e Motofretistas. Serão investidos R$ 3 milhões para a realização das aulas, que proporcionará a capacitação dos 15 mil profissionais cadastrados no estado. Os cursos especializados obrigatórios destinados a mototaxistas e a motofretistas terão duração de uma semana, com carga horária total de 30 horas, das quais 25 teóricas e cinco com caráter prático, e serão ministrados por instrutores do Detran, Polícia Militar, SEST/SENAT e Potiguar Honda. O início das aulas da está previsto para 04 de fevereiro deste ano. As inscrições deverão ser feitas via internet. O evento foi prestigiado pelo deputado federal João Maia (PR).

# #   Sob nova direção o PP Potiguar

O Partido Progressista vive mais um momento de transição. Sérgio Andrade sairá da presidência estadual. O nome da vez para assumir o comando da legenda no Estado é o do vereador Rafael Motta, recém-empossado para Câmara Municipal de Natal e filho do presidente da Assembleia Legislativa.  Como o diretório do PP no Estado é provisório, a mudança pode ocorrer a qualquer tempo e depende, exclusivamente, do diretório nacional. Rafael Motta caminha para ser o novo presidente. Já o vereador Paulinho Freire deverá ser mantido no cargo de presidente do diretório municipal de Natal. Mesmo tendo divergido dos demais vereadores do PP na eleição para presidente da Câmara (quando o partido tinha candidato, Albert Dickson, que terminou ganhando), Freire deverá ser mantido no cargo.

# # Mais um partido em breve…

O novo partido que está sendo criado pelo pedetista Paulinho da Força, o Solidariedade, a mais iminente promessa de enfraquecimento da base aliada de Dilma Rousseff, já coletou aproximadamente 300 000 assinaturas. Segundo informações da coluna Radar On-line, os deputados federais Silvio Costa (PTB-PE), Ademir Camilo (PSD-MG) – presidente da União Geral dos Trabalhadores – e Fernando Francischini (PEN-PR) estão entre os 37 parlamentares que se comprometeram com Paulinho da Força a migrar para a nova sigla, caso o projeto se concretize.

# #  O que todo mundo já sabe…

o O Globo… Assim como o cinema, com o “Framboesa de Ouro”, a política nacional também tem uma premiação para os piores do ano: o “Troféu Algemas de Ouro” destaca as personalidades acusadas de corrupção, citadas em voto aberto na internet. Em sua segunda concorrida edição, nomes como o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do ex-senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) e do empresário Fernando Cavendish, ex-presidente da Delta Construções, estão entre os mais votados. Os três estão envolvidos em dois episódios que marcaram a cena política em 2012: o julgamento do mensalão e a CPI do Cachoeira, que investigou o envolvimento de políticos e empresários com o bicheiro.

28
ago

Com vergonha…

Postado às 8:36 Hs

Promotores querem afastar Demóstenes do cargo de procurador

 

Integrantes do Ministério Público de Goiás protocolaram nesta segunda-feira (27) no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) um pedido para que o ex-senador de Goiás Demóstenes Torres seja afastado do cargo de procurador de Justiça.

No dia 20 de julho, Demóstenes reassumiu o cargo no MP de Goiás, após 13 anos longe da instituição e dois dias depois de ter o mandato de senador cassado em Brasília, no dia 11 de julho.

Segundo o CNMP, o pedido protocolado é uma representação para avocação de reclamação disciplinar, instauração de processo administrativo disciplinar e pedido de suspensão/afastamento cautelar de Demóstenes, enquanto durarem as investigações contra ele.

Ainda segundo o CNMP, trata-se de uma representação coletiva, assinada por diversos promotores e procuradores. Inicialmente, o conselho havia informado que pedido iria para a Corregedoria, mas a assessoria de imprensa corrigiu a informação: o pedido será distribuído a um conselheiro relator, que deve decidir se leva a questão ao plenário.(G1)

17
jul

Charge: Ainda se diz injustiçado…

Postado às 11:16 Hs

13
jul

Da posse a envolvimento com Cachoeira…

Postado às 15:30 Hs

O primeiro suplente do senador cassado Demóstenes Torres tomou posse na manhã desta sexta-feira no Plenário do Senado, assim que foi aberta a sessão. Wilder Pedro de Morais (DEM-GO) assinou o termo de posse. As informações são da Agência Senado. Ele chegou de surpresa e fez o juramento previsto no Regimento Interno da Casa. “Prometo guardar a Constituição Federal e as leis do país, desempenhar fiel e lealmente o mandato de senador que o povo me conferiu e sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil”. A posse de Wilder surpreendeu os próprios senadores. Ele ligou hoje cedo para os integrantes da Mesa, comunicando que estava em Brasília e que desejava tomar posse. O 4º secretário, senador Ciro Nogueira (PP-PI), conduziu a rápida cerimônia de posse.

Possível envolvimento

Um telefonema interceptado pela Polícia Federal na Operação Monte Carlo mostra o contraventor Carlinhos Cachoeira conversando com um de seus aliados sobre um acordo que teria sido firmado com Wilder Morais (DEM-GO), herdeiro da vaga de Demóstenes Torres (sem partido-GO) no Senado. As gravações não deixam claro quais seriam os termos desse acordo e quando ele teria sido feito, segundo a Agência Estado. Na ligação, de maio do ano passado, Cachoeira orienta o ex-vereador tucano de Goiânia Wladimir Garcez, apontado pela PF como elo da organização com políticos, sobre uma reunião que teria com Wilder. Eles discutem como abordar o suplente de senador, que estaria “falando mal” de Cachoeira. “Tinha um acordo aí. Pode falar do acordo meio a meio?”, pergunta Garcez a Cachoeira. Na ocasião, Wilder já era secretário de Infraestrutura de Goiás, nomeado pelo governador Marconi Perillo (PSDB). No diálogo, o ex-vereador indaga Cachoeira se deve “jogar na cara” do suplente a ajuda dada pelo contraventor, que responde: “Se tiver oportunidade, você joga”. Horas mais tarde, o ex-vereador volta falar com Cachoeira e presta contas do encontro.

12
jul

Depois da cachoeira vem a lama…

Postado às 17:45 Hs

Seis horas depois de ter o mandato cassado, o ex-senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) anunciou nesta quarta-feira, 11, no Twitter que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para reaver a sua cadeira no Senado. Pouco antes de tornar pública a decisão, Demóstenes telefonou para seu advogado, Antonio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, para avisar que iria consultar constitucionalistas sobre a possibilidade de recorrer ao Supremo.

“Vou recuperar no STF o mandato que o povo de Goiás me concedeu”, escreveu o ex-senador. “Os motivos são suficientes: fui cassado sem provas, sem direito à ampla defesa e sem ter quebrado do decoro”.

À Agência Estado, Kakay disse que Demóstenes está livre para tomar sua decisão, mas não vai apoiá-lo. “Eu cumpri o meu papel. Para mim, o processo terminou hoje. A decisão do Senado é soberana”, afirmou o advogado.

No último comentário, o ex-senador aproveitou para criticar a postura do senador Humberto Costa (PT-PE), relator do processo que o cassou. “Onde estão as provas dessas relações promíscuas? São as mesmas que o senhor sofreu aos sanguessugas?”, perguntou, num comentário direcionado ao petista. “O próprio relator admite que ‘agora, caberá à Justiça analisar o caso’. Porque, até agora, não houve análise, houve massacre”, criticou, em seguida.

12
jul

Charge: Tem mais sujeira por aí…

Postado às 15:20 Hs

12
jul

FIQUE SABENDO…

Postado às 14:51 Hs

# # Sobre Demóstenes…

Com a votação secreta, embora realizada em sessão aberta à imprensa, difícil é saber quais foram os responsáveis pelos 19 votos que, caso fossem maioria, teriam salvado o mandato de Demóstenes, segundo senador cassado em toda a história do Senado – o primeiro foi Luiz Estevão, senador eleito pelo PMDB do Distrito Federal que perdeu o cargo em 2000. De acordo com levantamento do Congresso em Foco, os potiguares Paulo Davim (PV) e Garibaldi Alves (PMDB) votaram a favor da cassação. O senador Agripino Maia, presidente do ex-partido de Demóstenes – o DEM, não se pronunciou sobre seu voto.

# # Assegurando…

O líder do PMDB na Câmara dos deputados, Henrique Eduardo Alves, assegurou junto ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o empenho de R$ 1,1 milhão para equipar a nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Belo Horizonte, em Mossoró. Faltam apenas ajustes e detalhes técnicos dos equipamentos, já solicitados à prefeitura, para o empenho ser realizado.

O ministro sugeriu inclusive os preparativos para licitação. “Feito o empenho e realizada a licitação, os recursos serão liberados logo após as eleições de outubro próximo”, disse Alexandre Padilha. “O prédio, construído pela prefeitura de Mossoró, já está pronto para funcionar aguardando apenas os equipamentos”, lembrou o deputado.

# # Quebraram Natal

O vereador Enildo Alves (DEM) disse que a governadora Wilma de Faria (PSB) e o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) “quebraram” o Rio Grande do Norte e Natal, quando governaram os respectivos entes. Em entrevista ao Jornal da Cidade (FM 94), ele afirmou que Wilma deixou uma dívida de R$ 815 milhões para a governadora Rosalba Ciarlini (DEM), enquanto que Carlos Eduardo entregou a Micarla de Sousa (PV) um débito de R$ 200 milhões. “O PSB governou a cidade por doze anos e deixou a saúde numa situação muito crítica. Agora essa dupla é candidato a prefeito e a vice. Isso será bem colocado pela opinião pública: eles quebraram o estado e o município e a saúde está numa situação caótica tanto no plano estadual como no municipal”, afirmou.

# # Os que tem mais…

O PMDB é o partido que mais lançou candidatos a prefeito no Rio Grande do Norte, seguido pelo DEM com 99 candidaturas para disputar o pleito de outubro próximo. Os números são do Tribunal Superior Eleitoral que também divulgou o número de filiados de cada partido. Confira o ranking de candidaturas por partido: 1- PMDB 75 2- DEM 44 3- PR 37 4- PSD 33 5- PSB 30 6- PP 18 7- PT 16 8- PMN 14 9- PSDC 9 10- PV 7. Esses são os 10 mais do RN.

12
jul

O Substituto de Demóstenes Torres

Postado às 10:15 Hs

A cassação do senador Demóstenes Torres(sem partido-GO) abre caminho para o atual secretário de Infraestrutura de Goiás e primeiro-suplente do político, Wilder Pedro de Morais (DEM-GO), de 44 anos, assumir a vaga no Senado. Novato na política, o democrata é bastante conhecido em Goiás e ficou em evidência após as denúncias contra Demóstenes por ser ex-marido de Andressa Mendonça, atual mulher do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Nascido na pequena Taquaral, a 80 km de Goiânia, Wilder morou na roça, teve problemas de saúde durante a infância e enfrentou a pobreza antes de se tornar multimilionário e um dos donos do Grupo Orca, holding que atualmente conta com cerca de 15 empresas e atua na construção civil, com incorporações e shoppings centers. Apesar da riqueza, pessoas próximas ao empresário o descrevem como um homem simples e bem-humorado.(G1)

11
jul

O que está ruim pode piorar…em Brasília

Postado às 16:00 Hs

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP), que é presidente nacional do PSOL, e o líder do DEM, deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (BA), avaliaram que a cassação do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) por ligações com o contraventor Carlinhos Cachoeira piora a situação dos deputados investigados pela Câmara por associação com o mesmo esquema.

Hoje a Corregedoria deve divulgar o resultado das investigações sobre os deputados Rubens Otoni (PT-GO), Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO) e Sandes Júnior (PP-GO).

“Só se a Casa for muito corporativa não teremos um desenlace semelhante ao do senador Demóstenes para alguns parlamentares aqui”, disse Ivan Valente. Foi o PSOL que pediu a investigação dos deputados na Câmara e do senador Demóstenes. Segundo ele, há deputados com ligações telefônicas, empréstimos e outras doações comprometedoras.

11
jul

Agora é ex-senador…

Postado às 14:04 Hs

 

O Senado cassou nesta quarta-feira (11) o mandato de Demóstenes Torres (ex-DEM-GO, atualmente sem partido) por quebra de decoro parlamentar. A cassação veio pouco mais de quatro meses após a prisão do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, em uma operação da Polícia Federal que investigou as relações do bicheiro com vários políticos, policiais e empresários.

Foram 56 votos a favor da cassação, 19 votos contra, 5 abstenções e 1 ausência. Eram necessários 41 votos para que a cassação fosse aprovada. A sessão do Senado que cassou o mandato de Demóstenes começou às 10h10 e durou pouco mais de três horas.

Com a cassação, o ex-líder do DEM fica inelegível até 2027 (oito anos após o fim da legislatura para o qual foi eleito), quando terá 66 anos. Além disso, ele perde o foro privilegiado e seu processo poderá deixar de ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal para ser julgado apenas pela Justiça Federal de Goiás.Quem assume a vaga de Demóstenes no Senado é Wilder Pedro, também envolvido com o bicheiro. Inclusive, sua ex-mulher é a atual do Carlinhos Cachoeira.

11
jul

FIQUE SABENDO…

Postado às 9:55 Hs

# # Domingo tem nova pesquisa

A TCM (TV Cabo Mossoró) registrou nesta terça-feira (10/7) uma nova pesquisa para prefeito e vereador na Justiça Eleitoral, encomendada ao Instituto Certus. A data de divulgação da pesquisa, que consta no edital divulgado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), é domingo, 15 de julho, segundo consta no edital divulgado pela Cart. Eleitoral ( www.tse.jus.br ). Valor da sondagem: R$ 5.500,00. O Certus entrevistará 500 pessoas, entre os dias 12 e 14 de julho (amanhã e sábado). A pesquisa será feita em 21 bairros e quatro comunidades rurais.

# # Ruth Ciarlini poderá ir para o TCE

Se no Tribunal de Contas do Estado (TCE) já tem um irmãos de dois ex-governadores e um ex-presidente da Assembleia Legislativa, a vaga que foi aberta desde o ano passado poderá ser preenchida por uma irmã da governadora Rosalba Ciarlini (DEM)… A vice-prefeita de Mossoró, Ruth Ciarlini, que também foi deputada estadual por dois mandatos é o nome da vez. Ruth seria candidata a prefeita de Mossoró, mas as articulações para transformar a prefeita Fafá Rosado (DEM) em conselheira do TCE, não deram certo e a legislação impediu a candidatura da irmã de Rosalba… Mas, até novembro, sua nomeação poderá ser efetivada.

# # Será logo mais…

Está marcada para às 10h de hoje (11) sessão do Plenário do Senado destinada a apreciar o Projeto de Resolução 22/2012, propondo a cassação do mandato do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO). O projeto foi aprovado no Conselho de Ética Decoro Parlamentar, que entendeu que Demóstenes feriu o decoro parlamentar ao manter estreitas relações com Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso desde fevereiro sob a acusação de crimes como exploração de jogos ilegais e corrupção.

# # Vice bem riquinho…

Entre os candidatos a vice-prefeito de Natal, o companheiro de chapa do deputado estadual Fernando Mineiro (PT), o empresário Carlos Alberto , é o que possui maior patrimônio. Ele declarou à Justiça eleitoral possuir bense que somam R$ 2,5 milhões. A ex-governadora Wilma de Faria (PSB), vice de Carlos Eduardo (PDT), declarou R$ 1 milhão. O vice de Rogério Marinho (PSDB), o empresário Haroldo Filho, informou patrimônio de R$ 147 mil. O vice de Hermano Morais (PMDB), o suplente de vereador Osório Jácome (PSC), afirmou ter R$ 335 mil em bens. Já o professor Dário Barbosa (PSTU), vice do professor Robério Paulino (PSOL), disse ter R$ 101. O profesor Edson Barbosa (PCB), vice do professor Roberto Lopes (PCB), não declarou patrimônio.

# # Bolsa Estiagem

Os produtores rurais do Rio Grande do Norte que tiveram perda de safra em razão da seca começam a receber a partir do próximo dia 18 a Bolsa Estiagem. No Estado, serão contempladas com o auxílio emergencial 38.177 famílias. Para ter direito ao auxílio, as famílias beneficiadas devem residir em município onde foi decretado situação de emergência; viver da agricultura familiar, cuja condição deve ser comprovada com a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP); possuir renda familiar mensal de até 2 salários mínimos; estar inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e não ter feito adesão ao Programa Garantia Safra 2011-2012 (uma ação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar voltada para os agricultores familiares que sofrem perda de safra por causa da seca ou excesso de chuvas).

Nuvem com as palavras mais ditas por Demóstenes Torres nos cinco discursos que o senador fez na semana que antecede a votação de seu processo de cassação no Senado

Demóstenes Torres (sem partido-GO) fez cinco discursos nesta semana na tribuna do Senado. Em todos eles, o senador se defendeu das denúncias de que teria usado seu mandato para favorecer os interesses do bicheiro Carlinhos Cachoeira. Na quarta-feira (11), os senadores vão votar o processo que pode cassar o mandato de Demóstenes.

G1 fez um levantamento das palavras mais vezes pronunciadas por Demóstenes Torresnos discursos da semana. Conselho, ética, áudios e perito estão entre as que mais aparecem. Confira a nuvem de palavras abaixo.

06
jul

Não há prova que desabone minha conduta

Postado às 20:15 Hs

No segundo discurso do dia, em um plenário vazio, o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), disse que não há nenhuma prova ou diálogo gravado pela Polícia Federal que desabone a sua conduta política.

“Em quatro anos de escutas, 250 mil horas de gravações, e em nove anos e meio de mandato, milhões de reais destinados a emendas, não se encontra o menor desvio deste senador”. Ele acrescentou que foi criticado por ter aparecido em centenas de gravações feitas na Operação Monte Carlo e perguntou: “Em qual desses diálogos apareceu este senador desviando dinheiro ou cometendo qualquer afronta aos cofres públicos ou privados? Graças a Deus, não há nenhuma imputação quanto a verbas públicas e privadas, não há nada que implique nódoa à minha consciência ou minha biografia.”

A série de discursos feitos por Demóstenes nesta semana fez parte da estratégia do senador de tentar evitar a cassação de seu mandato. O julgamento do processo está marcado para a próxima quarta-feira (11) no plenário do Senado. Para cassar o mandato de Demóstenes, são necessários 41 dos 81 votos dos senadores. A votação é secreta.

Fonte: Agência Brasil

05
jul

Charge: Humor Político

Postado às 11:13 Hs

02
jul

Demóstenes pede desculpas aos colegas

Postado às 20:58 Hs

Em discurso no plenário do Senado, nesta segunda-feira (2), o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) reafirmou sua inocência em relação às acusações de que teria usado seu mandato para beneficiar Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso no final de fevereiro pela Polícia Federal sob acusação de comandar uma rede de corrupção. Ele também pediu perdão a todos os senadores, citando vários deles nominalmente, segundo o UOL.

“Peço perdão pelos constrangimentos que porventura causei, sobretudo aos que tiveram a gentileza de me apartear no discurso de 6 de março. Quem está aqui hoje é o mesmo homem daquele dia: envergonhado, abatido, deprimido, cansado e esgotado, mas que sente a injustiça lhe corroer o peito. E é de peito aberto que volto aqui, pedindo perdão pelos erros e compreensão para impedir que a injustiça se torne irreparável”.

O senador voltou a se dizer inocente das acusações: “Não me pesa a consciência. Ela continua limpa. O que pesa é carregar, pelo isolamento dos corredores, os grilhões impostos pelos holofotes”.

Demóstenes disse que “nada fez para desmerecer a construção de sua honra”. “Apenas admiti em pronunciamento aqui na tribuna, no dia 6 de março passado, fui amigo de Carlinhos Cachoeira e conversava frequentemente por telefone, mas nunca tive negócios legais ou ilegais com ele. Eu não tenho nem sociedade nem nada a ver com os delitos investigados pelas operações Vegas e Monte Carlo”, ressaltou, citando duas operações da Polícia Federal. O senador avisou que falará todos os dias na tribuna, para fazer sua defesa, até a conclusão da análise do processo por quebra de decoro. “Sou inocente”, ressaltou.

27
jun

Charge: Em fase terminal…

Postado às 15:03 Hs

26
jun

Cassado por unanimidade

Postado às 9:25 Hs

O Conselho de Ética do Senado aprovou nesta segunda-feira, por unanimidade, a cassação do mandato do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) por quebra de decoro parlamentar.

Por 15 votos a 0, os integrantes do conselho aprovaram relatório do senador Humberto Costa (PT-PE), que pediu a cassação com os argumentos de que o ex-líder do DEM recebeu “vantagens indevidas” do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, e praticou “irregularidades graves” em seu mandato.

Cachoeira foi preso em fevereiro, durante a Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, sob a acusação de explorar o jogo ilegal e por corrupção.

Com a aprovação, o processo contra Demóstenes segue para votação na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado. Em seguida, vai ao plenário. Para que Demóstenes perca o mandato em definitivo, o pedido de cassação tem que ser aprovado por pelo menos 41 senadores no plenário em votação secreta.(Folha)

17
jun

Pode ocorrer amanhã…

Postado às 23:24 Hs

A cassação do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) deve ser aprovada por unanimidade, amanhã, no Conselho de Ética do Senado, muito mais pela pressão gerada pelo voto aberto do que por convicção real dos senadores, segundo o jornal O Globo

Pelo menos dois deles devem usar a desculpa de que a sessão foi marcada para uma segunda-feira, dia em que não costuma haver atividade no Congresso, para se ausentarem. A não ser que haja decisão judicial a favor de Demóstenes neste fim de semana, o Senado concluirá amanhã a primeira fase do processo por quebra de decoro. A decisão final, com voto secreto em plenário, deve ocorrer antes do recesso parlamentar, dia 18 de julho.

jan 16
sábado
08 31
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
82 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.844.868 VISITAS