A presidente Dilma Rousseff analisa o nome de Gabriel Chalita, que está à frente da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, para comandar o Ministério da Educação, informou à Reuters uma fonte do governo.

“A presidente quer um nome ligado à educação, e Chalita corresponde a isso”, disse a fonte, que acompanha o tema e pediu anonimato.O deputado federal do PMDB assumiu a Secretaria de Educação este ano, indicado pelo prefeito Fernando Haddad (PT), que já foi ministro da Educação.

Chalita esteve na quinta-feira em Brasília e se reuniu com o vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP), informou a fonte.

Dilma afirmou, após a saída tumultuada de Cid Gomes (Pros-CE) do ministério, que o critério para a definição do novo ministro seria a qualificação e não a filiação partidária.

“Eu vou escolher a pessoa boa para a educação e não a pessoa desse, daquele ou de outro partido”, disse a presidente a jornalistas no Palácio do Planalto, após a saída de Cid do ministério.Chalita já foi secretário da Educação do governo Geraldo Alckmin (PSDB-SP) e presidiu o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) por dois mandatos.

A presidente busca um nome para substituir Cid, que pediu demissão na última quarta-feira, após pronunciamento feito em tumultuada sessão na Comissão Geral na Câmara dos Deputados para explicar sua declaração de que haveria “300 ou 400 achacadores” no Congresso.

14
nov

Saiba também…

Postado às 15:46 Hs

# # Chalita em Ministério

De acordo com um dos líderes do PMDB, o passaporte de Gabriel Chalita já está carimbado para assumir o Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), como conta o Poder Online. O futuro ministro, contudo, não é unanimidade dentro de seu partido. Tem deputado e senador com ciúmes da atenção recebida de Chalita pelo ex-presidente Lula (PT), que teria assegurado a presidenta Dilma Rousseff que o peemedebista derrotado por Fernando Haddad na corrida pela Prefeitura de São Paulo é um bom nome para o MCT. Para alguns peemedebistas, Chalita ‘chegou muito por cima’. O baixo clero do partido quer afago e espera que Chalita seja mais amistoso, distribua mais ‘tapinhas nas costas’ para ganhar a turma. Isso, invariavelmente, significa que o futuro ministro precisa acenar com cargos no MCT para cair na graça de correligionários.

# # Críticas a Kassab

Enquanto a presidente Dilma Rousseff (PT) terminava de jantar com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), na noite da última segunda-feira (12), o tucano Alberto Goldman, ex-governador de São Paulo e atual vice-presidente do PSDB, publicava em seu blog um texto no qual reprovava a atitude de Kassab, segundo o Estadão. ‘Já me perguntaram se eu fiquei surpreso com a rapidez com que o Kassab aderiu [à base aliada Governo Federal]. Bem, nessa altura da vida eu não tenho o direito de ficar surpreso com qualquer atitude de quem quer que seja’, disse. Nas eleições municipais deste ano, Kassab ficou ao lado do PSDB ao apoiar a candidatura do tucano José Serra à Prefeitura de São Paulo. O partido do prefeito, no entanto, é cotado para assumir um ministério no governo Dilma. Kassab afirmou na última terça-feira (13), após o encontro, que vai trabalhar para que o PSD apoie a reeleição da presidente em 2014.

# # Deu em César Santos

O ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB), fez contato por telefone com a prefeita Fafá Rosado (DEM) para informar que os equipamentos da UPA do Belo Horizonte chegarão a Mossoró até o final da próxima semana. Promessa renovada. Nos últimos 12 meses, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, prometeu liberar os equipamentos quase uma dezena de vezes. De qualquer forma, será dado mais um voto de confiança. Se agora é pra valer, a prefeita espera inaugurar a Unidade de Pronto-Atendimento no dia 27 de dezembro, a quatro dias de sua despedida da Prefeitura de Mossoró. A UPA do Belo Horizonte é a terceira de Mossoró, todas construídas com recursos próprios. A primeira unidade foi inaugurara na gestão da prefeita Rosalba Ciarlini (DEM), no Grande Alto de São Manoel (zona leste); e a segunda entregue no primeiro governo de Fafá Rosado, no bairro Santo Antônio (zona norte). A prefeita Cláudia Regina (DEM), em seu plano de governo, prevê a construção da quarta UPA para contemplar os moradores dos conjuntos Abolições, Santa Delmira e Redenção, na zona oeste da cidade.

24
jun

FIQUE SABENDO…

Postado às 20:37 Hs

# # Gabriel Chalita em SP

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) oficializou, em convenção realizada neste domingo (24), a candidatura do deputado federal Gabriel Chalita à Prefeitura de São Paulo. A convenção, que ocorreu na Praça da Sé, reuniu militantes e simpatizantes do partido. O vice de Chalita deve ser definido na próxima semana. O vice-presidente Michel Temer chegou cedo à Praça da Sé para acompanhar a convenção. Após a votação, Gabriel Chalita, o vice-presidente e outras lideranças políticas do PMDB e de partidos coligados acompanharam uma missa na Catedral da Sé.

# # Serra em SP

Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) oficializou, em convenção realizada neste domingo (24), a candidatura do ex-governador José Serra à Prefeitura de São Paulo. Acompanhado do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e do prefeito Gilberto Kassab (PSD), Serra fez um discurso em que defendeu a continuidade da atual administração.

Meu sonho é voltar a ser prefeito da cidade que eu amo”, afirmou. “Nós temos que mostrar à população o que nós fizemos, mostrar as nossas inovações. A comparação dos últimos oito anos com a administração anterior é um estímulo.”

# # Luiz Almir abre o bocão…

Do Jornal Defato “Se eu for candidato, Micarla não vai estar comigo no palanque”. A declaração do ex-deputado Luiz Almir ao DeFato.com mostra que ele já procura se desvincular da prefeita de Natal, que sofre com alta rejeição e, segundo fontes próximas a ela, desistiu de concorrer à reeleição. O comunicado de Micarla de Sousa será registrado na próxima segunda-feira (25), numa coletiva de imprensa, na sede do Partido Verde estadual. Ex-deputado, Luiz Almir é apontado como o candidato do PV em substituição a Micarla. Para Luiz Almir, a proposta do PV de elevá-lo a candidato à prefeitura do Natal representando o partido foi uma surpresa. “Ainda estou muito assustado, mas chegou a hora de colocar um homem do povo na cadeira de prefeito dessa cidade; um homem que entenda os anseios da população e que mude a realidade da capital potiguar”, disse o ex-deputado.

# # Paraguaí tem novo presidente

O presidente recém-empossado do Paraguai, Federico Franco, quer evitar o desconforto com os países vizinhos, principalmente o Brasil e o Uruguai. Determinado a desfazer o mal-estar causado pela destituição do então presidente Fernando Lugo, Franco pretende procurar nos próximos dias a presidenta Dilma Rousseff e o presidente do Uruguai, José Pepe Mujica. Um dos receios de Franco é o eventual rompimento da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) com o Paraguai. A preocupação também é com a questão energética, uma vez que a Usina Itaipu Binacional é fundamental para o abastecimento de energia para o Paraguai e a economia do país. Segundo assessores, o ministro das Relações Exteriores, José Félix Fernández, vai procurar o chanceler brasileiro, Antonio Patriota.

12
nov

Lula vai tentar convencer…

Postado às 9:50 Hs

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai entrar na negociação para convencer o deputado federal Gabriel Chalita (PMDB) a desistir de sua candidatura em favor do petista Fernando Haddad. Mesmo em tratamento contra um câncer na laringe, Lula já pediu para um interlocutor próximo avisar a Chalita que quer conversar pessoalmente com o peemedebista sobre sua candidatura. O encontro ainda não foi agendado, mas o deputado deve fazer uma visita ao ex-presidente em breve.

Nesta sexta-feira, durante o anúncio da escolha de Haddad como o nome do PT à prefeitura paulistana, os dirigentes deixaram claro que pretendem procurar todos os partidos que compõem a base aliada da presidente Dilma Rousseff e discutir a possibilidade de se reproduzir a vitoriosa aliança nacional em nível municipal. “A preferência é pelos partidos que compõem a base da presidente Dilma”, disse. E uma das prioridades do PT é o PMDB.

Haddad, perguntado por jornalistas se pretende insistir na desistência de Chalita para tê-lo como seu vice na chapa, disse que nem começou a discutir esse assunto com o peemedebista. “Eu não comecei a insistir”, brincou o ministro da Educação, deixando claro que a escolha do vice vai obedecer à composição de forças que se formarão em torno da sua candidatura.

Ele afirmou que mantém uma boa relação com o deputado do PMDB e elogiou a postura de Chalita durante a campanha presidencial – o peemedebista foi um aliado fundamental no período da polêmica sobre a liberação do aborto – e se ele decidir se manter na disputa “terá todo o meu respeito”.

Já o presidente nacional do PT, Rui Falcão, desconversou sobre as negociações para dissuadir Chalita de sua candidatura. “Não posso fazer previsões quanto ao futuro de Chalita.” (Veja)

13
nov

Gabriel Chalita é cotadíssimo…

Postado às 9:55 Hs

Os dois anos de sucessivas falhas na aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não só desgastaram o ministro da Educação, Fernando Haddad, preferido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para continuar à frente da pasta no governo Dilma Rousseff, como abriram espaço para que outros candidatos disputem a vaga. Em meio às negociações para a formação do futuro governo, o PSB pode abocanhar também o Ministério da Educação e ampliar sua participação no Planalto – que hoje se restringe ao Ministério de Ciência e Tecnologia e Secretaria Especial dos Portos. Segundo fontes ligadas à legenda, o nome mais cotado é o do deputado eleito e vereador por São Paulo Gabriel Chalita.

Ex-secretário da Educação do Estado de São Paulo na gestão Geraldo Alckmin (PSDB), Chalita conta também com o carinho especial da presidente eleita. Ele foi um dos responsáveis pela aproximação de Dilma com setores da Igreja Católica desde a pré-campanha e atuou como “bombeiro” na articulação entre a candidata e a Igreja nos momentos mais delicados da campanha, quando as discussões envolvendo temas como aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo fizeram a petista perder pontos nas pesquisas de intenção de voto.

Na disputa com o deputado federal eleito neste pleito – o segundo mais votado do Estado depois do palhaço Tiririca – estão nomes como o da filósofa Marilena Chauí, ex-secretária da Cultura da prefeitura de São Paulo durante o governo de Luíza Erundina, do escritor Fernando Morais e do senador petista Aloizio Mercadante. Chalita é considerado um gestor agregador e mobilizador das redes de ensino, com boas chances de pôr fim à crise que colocou o Enem em xeque. “Para ela (Dilma), o que aconteceu com o Enem é inconcebível”, conta um pessebista, ao criticar as falhas consecutivas na aplicação da prova.

Caso seja escolhido para dirigir o Ministério da Educação, Chalita deverá promover mudanças significativas no Enem, começando com a aplicação da prova em três datas diferentes ao longo do ano, como defende a ex-secretária executiva do MEC Maria Helena Guimarães de Castro, uma das criadoras do Enem na gestão Fernando Henrique Cardoso. No passado, Chalita fez críticas ao Enem, o qual classificou como “tão ruim quanto os antigos vestibulares”.

Os primeiros nomes do novo governo Dilma Rousseff devem ser anunciados já na próxima semana. A prioridade é a definição da área econômica, como sugeriu o presidente Lula. A tendência é que a presidente eleita aposte em perfis técnicos com viés desenvolvimentista. Num dos postos-chave do governo, a Casa Civil, a discussão está em torno do perfil do novo titular, se vai pender mais para o político ou para o técnico. Segundo Fontes, além dos conselhos do presidente Lula, Dilma tem ouvido com frequência seu vice Michel Temer para fechar os nomes do primeiro escalão.

out 24
domingo
02 25
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
48 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.882.998 VISITAS