O Governo do Estado e a Prefeitura de Natal decretaram luto oficial por três dias em razão do falecimento do ex-governador Geraldo Melo (1935 – 2022). Em nota oficial, a governadora Fátima Bezerra (PT) reconheceu a trajetória única do político. Também em nota, o prefeito de Natal, Álvaro Dias, disse que o RN “perdeu hoje um dos seus representantes mais preparados”.

GOVERNO DO ESTADO – NOTA OFICIAL

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte expressa profundo pesar pelo falecimento do ex-governador e ex-senador Geraldo José da Câmara Ferreira de Melo, que nos deixou aos 86 anos. Sua atuação política foi de importante destaque para o desenvolvimento do Estado. Geraldo Melo, político de discursos memoráveis, representou o RN de forma coerente em suas posições quando eleito senador da república, onde chegou a ocupar a vice-presidência do Senado Federal.

Ao mesmo tempo em que lamenta o falecimento do ex-governador Geraldo Melo, o Governo do Rio Grande do Norte reconhece a trajetória única dele e estende as homenagens para os familiares. O Governo do Estado, em razão do falecimento, decreta luto oficial por três dias.

Governadora  Fátima Bezerra.

PREFEITURA DE NATAL – NOTA OFICIAL 

O Rio Grande do Norte perdeu hoje um dos seus representantes mais preparados, mais inteligente e de melhor oratória. O ex-governador e ex-senador Geraldo Melo foi durante anos um dos expoentes nomes do PSDB nacional, chegando a ser vice-presidente do Senado, onde era reconhecido pela sua capacidade de diálogo e seus conhecimentos sobre os problemas nacionais.

Tive oportunidade de exercer meu primeiro mandato na Assembleia durante o governo dele e depois de conviver com Geraldo no Congresso Nacional e posso atestar sua capacidade intelectual e de trabalho. Como primeiro governador eleito após a volta das eleições diretas, montou uma equipe de técnicos preparados, muitos dos quais oriundos, como ele, da Sudene e depois também auxiliares no governo Aluizio Alves.

Membro da Academia Norte-riogrande de Letras, publicou há poucos tempo o seu primeiro romance Luzes e Sombras do Casarão, cuja estória se passa em Campo Grande, sua terra natal. A dona Edinolia, filhos e demais familiares e amigos meus votos de pesar, com a certeza de que a separação é momentânea e a esperança da ressurreição na fé.

Decreto luto oficial de três dias em Natal em memória do ex-governador.

Prefeito Álvaro Dias

Tribuna do Norte

06
mar

Governadora lamenta partida de Geraldo Melo

Postado às 10:26 Hs

Reprodução

Nota emitida pela governadora Fátima Bezerra

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte expressa profundo pesar pelo falecimento do ex-governador e ex-senador Geraldo José da Câmara Ferreira de Melo, que nos deixou aos 86 anos. Sua atuação política foi de importante destaque para o desenvolvimento do Estado. Geraldo Melo, político de discursos memoráveis, representou o RN de forma coerente em suas posições quando eleito senador da república, onde chegou a ocupar a vice-presidência do Senado Federal.

Ao mesmo tempo em que lamenta o falecimento do ex-governador Geraldo Melo, o Governo do Rio Grande do Norte reconhece a trajetória única dele e estende as homenagens para os familiares.

O Governo do Estado, em razão do falecimento, decreta luto oficial por três dias.

Governadora  Fátima Bezerra.

Natal (RN), 06 de março de 2022.

Com a morte do ex-governador Geraldo Melo, neste domingo (6), o Presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira, prestou sua homenagem em nota de pesar.

Confira na íntegra abaixo:

“Sopra um vento forte no Rio Grande do Norte”. É assim que fazemos a despedida a Geraldo José da Câmara Ferreira de Melo. Conhecido por sua figura icônica nos anos 80, quando ganhou a eleição para governador como o “tamborete”, Geraldo nos deixa um grande legado: o de fazer política fazendo amigos.

E a amizade foi sua grande marca. Ex-governador, ex-vice-governador e ex-senador do Rio Grande do Norte, Geraldo Melo (PSDB), de 86 anos, fez muitos amigos em suas andanças pelo Estado, com sua inteligência e cordialidade.

Um homem simples, de muitas palavras e muitas conquistas, Geraldo governou o Rio Grande do Norte entre 1987 a 1991. Depois disso, ele cumpriu mandato de senador no período de 1995 a 2003. Em 2018, Geraldo disputou uma vaga ao Senado Federal pelo PSDB o que muito nos honra como sua trajetória política.

Imortal da Academia Norte-riograndense de Letras (ANL), hoje, Geraldo se despede desta vida em decorrência de um câncer de pulmão. Geraldo era casado com Ednólia Melo, ex-prefeita de Ceará-Mirim com quem teve cinco filhos.

Descanse em paz, Geraldo.

Ezequiel Ferreira de Souza
Presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

Foto: Magnus Nascimento

Morreu na madrugada deste domingo (06), o ex-governador e ex-senador do Rio Grande do Norte Geraldo Melo, em decorrência de um câncer, aos 86 anos. Ele estava em estado grave de saúde, e recebia cuidados paliativos junto aos seus familiares em sua residência, em Natal.

No ano de 2020, Geraldo foi diagnosticado com câncer na cabeça, doença que se transformou em metástase, atingindo inclusive o pulmão. Dos políticos que esse comunicador conviveu, foi o mais brilhante. Dr. Geraldo magnetizava você com sua inteligência e fala. Que Deus o tenha em um grande lugar.

Ficam nossos sentimentos a todos os filhos e netos. Uma grande perda para a política e para o Rio Grande do Norte.

Velório e Sepultamento

O velório do ex-governador terá início às 10h no Cemitério Morada da Paz, onde às 16h acontecerá o sepultamento. Faça sua homenagem: https://www.moradadamemoria.com.br/memorial/16754/geraldo-melo

Trajetória 

Geraldo Melo é considerado um dos mais notáveis oradores do estado, e foi governador do Rio Grande do Norte (entre os anos de 1987 e 1991) e senador (entre 1995 e 2003).

Tendo construído boa parte da sua vida pública em Ceará-Mirim, colaborou com o governo de Aluísio Alves (1961-1966), tendo trabalhado na SUDENE. Foi indicado vice-governador do Rio Grande do Norte quando o titular era Lavoisier Maia Sobrinho (1978-1983).

Em seguida, voltou para o grupo dos Alves e coordenou a campanha vitoriosa de Garibaldi Alves Filho para a Prefeitura de Natal, no ano de 1985. Geraldo montou uma estação de rádio, e obteve uma concessão de uma emissora de TV, a TV Potengi, ligada à Rede Bandeirantes de Televisão, ao término dos anos 1980.

Em 1993, rompeu com o PMDB e passou para o PSDB, onde foi presidente estadual até o ano de 2008, logo após retornou para o PMDB em 2011. Elegeu-se senador em 1994, e, durante esse período, Geraldo foi vice-presidente do Senado de 1995 até 1997. Em 2002, candidata-se a reeleição porém termina o pleito em 3° lugar, atrás dos eleitos Garibaldi Alves Filho e José Agripino Maia. Em 2006, candidata-se mais uma vez ao Senado pelo PSDB termina o pleito novamente em 3°lugar atrás da eleita Rosalba Ciarlini e do 2° colocado Fernando Bezerra.

Desde então Geraldo Melo não disputou nenhum cargo eletivo, até 2018 quando resolve disputar as eleições para concorrer uma vaga a senador pelo PSDB, porém, não obteve êxito ficando em 3° lugar.

No início de novembro de 2021, foi eleito novo imortal da Academia Norte-riograndense de Letras (ANL), para a cadeira número 32.

Blog do BG

O estado de saúde do ex-governador Geraldo Melo inspira cuidados.

Aos 86 anos, Geraldo Melo está em tratamento médico Home Care (domiciliar) para tratamento de um câncer.

Em outubro de 2020, Geraldo foi diagnosticado com câncer e durante esse período luta contra a doença, tendo seu estado de saúde se agravado nos últimos dias.

Geraldo foi secretário estadual, vice-governador, governador, vice-presidente do senado e senador da República.

Heitor Gregório

O ex-governador e, também, ex-senador do Rio Grande do Norte, Geraldo Melo, passou por uma cirurgia nesta segunda-feira (31/05), em São Paulo, para remoção de um nódulo cerebral.

Segundo informações do blogueiro Heitor Gregório, o procedimento foi realizado pelo sobrinho do ex-governador potiguar, o neurocirurgião Paulo Melo.

Ainda de acordo com a matéria, Geraldo Melo está em tratamento contra um câncer de pulmão desde o ano passado. Inclusive, ele estava fazendo imunoterapia quando exames de rotina identificaram três nódulos no cérebro, além de outro na coluna vertebral.

Geraldo Melo é um dos maiores líderes políticos da história do Rio Grande do Norte, tendo a sua exímia oratória nos palanques como seu principal “trunfo” em eleições vitoriosas.

21
set

* * * Quentinhas … * * *

Postado às 12:11 Hs

* * * A senadora Fátima Bezerra (PT) lidera todas as pesquisas pro governo em Mossoró. No entanto a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) promete dar maioria a Carlos Eduardo (PDT) no município. Vamos esperar abrirem as urnas. * * *

* * * Na briga pelas oito vagas da Câmara dos Deputados o xadrez de movimentava cada dia. A expectativa é para que a coligação de Carlos Eduardo (PDT) conquiste três vagas, o grupo de Robinson Faria (PSD) fique com quatro cadeiras e a frente de esquerda comandada por Fátima Bezerra (PT) faça um parlamentar.* * *

* * * Candidato do MDB a presidente da República, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles estará em Natal, na próxima segunda-feira, para uma agenda de campanha. Às 9 horas, ele concederá entrevista na sede da CDL. * * *

* * * O candidato ao Senado Geraldo Melo (PSDB), que vinha cabisbaixo, tomou novo ânimo n reta final. O “tamborete” acredita que pode chegar lá. Ultrapassou Zenaide Maia na última pesquisa…eita embolou * * *

 

27
jul

Geraldo Melo rebate TCU

Postado às 16:58 Hs

Abaixo nota do ex-senador Geraldo Melo  (PSDB) sobre a notícia de que ele estaria inelegível.

A propósito de notícia que está sendo veiculada sobre alguma divida eleitoral que impediria a minha candidatura ao Senado Federal este ano, tenho a informar o seguinte:
1. O fato se refere a uma prestação de contas do PSDB apresentada em 1997 à justiça eleitoral, quando eu era Senador da República e residia em Basilia, estando, assim, inteiramente afastado da Administração do dia a dia do partido, embora permanecesse como seu presidente no Rio Grande do Norte;
2. A tesouraria do partido era ocupada pelo então Deputado estadual Petrônio Tinôco;
3. O assunto está entregue aos meus advogados, por mim autorizados a tomar as medidas que forem necessárias para solução do problema, inclusive com o pagamento das multas a que se refere o Tribunal de Contas da União, se for o caso.

Do BLOG: Não há impedimento legal contra o registro da candidatura de Geraldo Melo ao senado da República.

O nome do ex-senador Geraldo Melo será confirmado como candidato a uma das duas vagas no Senado Federal, representando o Rio Grande do Norte.  O PSDB fará sua convenção estadual na manhã deste domingo, dia 29, no Hotel Holiday Inn, próximo ao Arena das Dunas, a partir das 8h. O momento alto será a partir das 9h.

Geraldo Melo cresceu na pesquisa feita pelo Instituto IBOPE e divulgada pelo jornal Tribuna Do Norte. A pesquisa registra empate técnico na primeira posição, na soma dos dois votos possíveis, entre o senador Garibaldi Alves (MDB) o ex-senador Geraldo Melo (PSDB). A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 17 de julho passado, ouvidos 812 eleitores no RN. A margem de erro de 3% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. Os registros da Pesquisa, junto à Justiça Eleitoral, são RN-03429/2018(TRE) e BR-07949/2018(TSE).

“É apenas o resultado de uma pesquisa. Nada mais. Mas é um resultado bastante animador para quem, como eu, estava em casa, afastado da vida pública”, afirmou Geraldo Melo. O ex-senador e ex-governador avalia que os números são positivos uma vez que ele sequer começou a fazer campanha. “A campanha nem começou. Somos pré-candidato e aguardamos as convenções. Tenho muita confiança de que terei oportunidade de ajudar o povo brasileiro a construir um Brasil novo, que seja ético, limpo, moderno, competitivo, livre e com tolerância zero para a insegurança e a corrupção”, reforçou.

Com o respaldo do PSDB ao seu nome, Geraldo Melo iniciou desde junho uma série de visitas às regiões do interior potiguar. “Se parto com o apoio das lideranças que fazem hoje o maior partido do Rio Grande do Norte, então vamos percorrer todas as regiões e os municípios ouvindo os anseios da população e contribuindo mais uma vez com nossa experiência no Senado”, afirmou Geraldo Melo, que já foi 1º vice-presidente do Congresso Nacional, de 1995 a 2002.

Caberá aos convencionais do PSDB: A escolha de candidaturas do partido para as eleições gerais 2018, na esfera estadual; definir a nominata que irá compor a(s) coligação(ões) proporcional(is), composta por candidatos a Deputado Federal e Deputado Estadual; escolher candidatos a Senador e suplente de Senador; definir as coligações majoritária e proporcional; denominar as coligações; representantes de Coligações e demais matérias pertinentes a eleição 2018.

No Rio Grande do Norte, o PSDB conta com 33 prefeitos e vice-prefeitos, 109 vereadores, inclusive com representação em Natal, Mossoró, Parnamirim, Ceará-Mirim, Maxaranguape, Nísia Floresta e colégios eleitorais importantes como Currais Novos, Nova Cruz, Touros, Apodi, São Miguel, Angicos, Lajes e São Tomé, no Potengi. Os Diretórios Municipais e as Comissões Provisórias do PSDB estão presentes em todas as regiões reforçadas recentemente no Agreste, Trairi, Alto, Médio e Oeste Potiguar, além das regiões Potengi, Seridó, Salineira e Mato Grande.

Fonte: Assessoria

O “Fator Capitão Styvenson” na corrida ao Senado

A pesquisa divulgada no domingo (1º) para disputa ao Governo do RN e ao Senado  teve como principal diferencial em relação a outras já publicizadas, o surgimento – com musculatura – do nome do Capitão Styvenson Valentim (sem partido). Ele apareceu com fôlego para brigar por uma vaga ao Senado. Pode ser apenas um espasmo, mas ninguém deve desdenhá-lo. Se for o caso de crescimento continuado (o que só outras pesquisas adiantes vão aferir ou não), estará no páreo por uma das duas vagas em jogo.

Comenta-se lá por Natal que Styvenson seria o segundo nome da chapa de Robinson ao senado federal fazendo dupla o ” tamborete ” Geraldo Melo (PSDB). É o caso típico do “outsider”, alguém fora do sistema, capaz de galvanizar atenção e amealhar votos, contrariando tendências e atropelando hipotéticos favoritos. Ele pode ser a “novidade” do pleito.

Resta aguardar os movimentos serão muitos pós copa. Política potiguar em movimento.

jul 6
quarta-feira
03 56
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
39 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.903.504 VISITAS