A presidente Dilma Rousseff nomeou nesta quarta-feira (15) o ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para o comando do Ministério do Turismo. A nomeação foi divulgada por meio de nota oficial (leia a íntegra ao final desta reportagem). Alves, 66 anos, assume no lugar de Vinicius Lages, que havia sido indicado para o cargo pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Derrotado na eleição para governador do Rio Grande do Norte, Alves era um nome cotado para figurar no ministério que tomou posse junto com a presidente Dilma Rousseff, em 1º de janeiro, mas ele acabou ficando de fora. Ao longo das duas últimas semanas, o vice-presidente da República Michel Temer, presidente nacional do PMDB

Via Blog do Camarotti

A presidente Dilma Rousseff fechou no final da tarde desta terça-feira (14) com o vice-presidente Michel Temer a nomeação do ex-presidente da Câmara, Henrique  Eduardo  Alves (PMDB-RN), para o Ministério do Turismo.

A confirmação deve ser publicada na edição desta quarta-feira do “Diário Oficial da União”.Na conversa que teve com Dilma nesta terça, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), não fez qualquer pedido para acomodar em outro posto o atual ministro do Turismo, Vinicius Lage, que é afilhado político do presidente do Senado.

Renan Calheiros também disse a Dilma que encaminhará naturalmente o nome do jurista Luiz Fachin para a Comissão de Constituição e Justiça do Senado e que não discutiria nomes, mas o perfil do novo ministro do Supremo Tribunal Federal. A indicação de Fachin terá de ser aprovada pelo plenário do Senado.

10
abr

Saiba Também…

Postado às 8:11 Hs

# Demissão

Na terça-feira à noite, ao saber que seria demitida da Secretaria de Direitos Humanos, Ideli Salvatti reuniu a equipe mais próxima do ministério para se despedir e chorou. A propósito, sua ida para os Correios ainda depende de acertos internos do PT. A informação é de Lauro Jardim, na Veja Online. Enquanto isso, a colunista Luciana Lima garante, no blog Poder Online, que um dos motivos que empacam as negociações para acomodar a ministra Ideli Salvatti no comando dos Correios, com a indicação de Pepe Vargas para a Secretaria de Direitos Humanos, é a resistência do PT paulista. A ala paulista do partido da presidente Dilma Rousseff foi quem indicou o atual presidente da estatal, Wagner Pinheiro de Oliveira.

# Novela Henrique 

A novela da nomeação do ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, para um dos ministérios de Dilma Rousseff ganha novos episódios. Fontes peemedebistas garantem que Henrique vai ser sim ministro do Turismo. De acordo com a ala bacurau, o atual ministro Vinicius Lages, indicação do presidente do Senado Renan Calheiros, vai para o segundo escalão do Ministério da Agricultura após acerto interno do PMDB. Nesse cenário, todo mundo ganharia. Resta saber depois de tantas indas e vindas a nomeação vai se concretizar. Há quem garanta que a coletiva do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, é exatamente para transmitir que Henrique é o novo ministro. Aguardar os próximos capítulos

# 2º Escalão

Segundo o vice-presidente, Dilma lhe deu permissão para negociar com siglas aliadas Em um momento de dissonância na base aliada, a presidente Dilma Rousseff delegou a seu vice, Michel Temer (PMDB), a tarefa de distribuir entre partidos os cargos do segundo escalão do governo. Segundo a Folha apurou, foi traçado um prazo de duas semanas para que Temer faça a negociação com o comando das siglas aliadas. Na tarde desta quinta-feira (9), o vice-presidente discutiu a montagem com o ex-presidente Lula, em uma reunião na capital paulista. O encontro aconteceu três dias depois de Temer assumir a articulação política do governo. E foi Lula quem sugeriu a escolha de um peemedebista para a função. “A presidente me deu poderes para tanto [fazer nomeações]. Evidentemente sempre falarei com ela, mas tenho autonomia para fazer os levantamentos”, disse Temer ao sair do Instituto Lula. O ex-presidente, por sua vez, ficou encarregado de dar fim às disputas dentro do PT e acomodar o partido no segundo escalão do governo. Na próxima semana, Temer conversará com os líderes dos demais partidos aliados. No PMDB, sua prioridade é a nomeação do ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) para o Ministério do Turismo, ainda uma costura no primeiro escalão. “Delicadamente, ele [Lula], disse que talvez eu me saia bem”, brincou.

O petista Pepe Vargas será o novo ministro-chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, até agora ocupada por Ideli Salvatti. Pepe perdeu o posto de ministro da Secretaria de Relações Institucionais (SRI), depois que a presidente Dilma Rousseff entregou a articulação política do governo para o vice-presidente Michel Temer.

Ideli sai de Direitos Humanos e está cotada para assumir a direção dos Correios. O Palácio do Planalto deve anunciar as substituições ainda hoje. A ministra Ideli Salvatti, inclusive, já cancelou participação programada para amanhã na Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade – Reatech, em São Paulo.

Ideli assumiu a Secretaria de Direitos Humanos em 1º de abril de 2014. Esteve à frente da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República no período de junho de 2011 a março de 2014. Antes, comandava o Ministério da Pesca e Aquicultura.

Pepe não escondeu a mágoa de Dilma ao ter de deixar a SRI. Tudo por causa da forma como foi conduzida a transição. Na segunda-feira, a presidente convidou o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha (PMDB), amigo de Temer, para assumir a articulação política do Planalto. O convite, entretanto, “vazou” enquanto Pepe ainda exercia suas funções. Para piorar, Padilha acabou recusando o convite, alegando motivos pessoais, e Dilma foi obrigada a arranjar uma solução rápida para a crise, convidando Temer, que comanda o PMDB e aceitou a missão.

Para onde vai Henrique ?

O vice-presidente Michel Temer tenta encontrar uma solução para que o ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) assuma o Ministério do Turismo. Temer estuda possibilidades para deslocar o atual titular da pasta, Vinicius Lages, para outro posto no governo. No início da tarde desta terça (8), antes de se reunir com líderes da base aliada, o vice-presidente recebeu Alves para uma conversa reservada em seu gabinete no Palácio do Planalto. (Agências de Notícias )

 

06
abr

O constrangimento de Henrique Alves

Postado às 9:57 Hs

O ex-deputado Henrique Eduardo Alves, que frequentou durante muitos anos a lista dos parlamentares mais atuantes do Congresso Nacional, vive há quase duas semanas uma situação por demais constrangedora. E, por que não dizer, vexatória.

O ex-presidente da Câmara dos Deputados teve seu nome “vazado” pelo próprio governo e por uma parte do PMDB como provável ministro, o próprio Henrique dizia aos mais próximos que era que estava tudo certo.Na sexta-feira dia 27, Henrique seria nomeado junto com os novos nomeados para as pastas da Comunicação e Educação. Sob um intenso fogo cruzado e toda imprensa nacional e local já tendo publicado Henrique como novo Ministro, o planalto resolveu recuar em relação ao Potiguar.

A confusão tem dois lados, de um, alguns dos principais veículos de comunicação do País queimam Henrique. De outro, uma negociação nos bastidores que se revela tão conturbada quanto a relação política e pessoal entre a presidente Dilma Rousseff e os presidentes das duas casas do Congresso, o senador Renan Calheiros e o deputado Eduardo Cunha.

Segundo comenta-se em Brasília, Dilma quer nomear Henrique na cota do PMDB, mas Renan Calheiros quer compensações, dentre as quais indicar ministros para os tribunais superiores.Eduardo Cunha, sucessor de Henrique na presidência da Câmara, tem se mantido permanentemente em rota de colisão com o governo.

Com a presidente enfraquecida politicamente e aliados que mais parecem adversários, Henrique apesar de toda sua historia e força política no RN, amarga o peso do ostracismo. Dorme ministro e acorda apenas ex-deputado. Muito pouco para quem frequentou a casa durante quatro décadas e meia. (Agências)

Insatisfeita com os ministérios, a bancada do PMDB na Câmara aproveita a fragilidade da presidente Dilma para pressionar por mudanças.

Os deputados avisaram ao vice-presidente da República Michel Temer que, se Dilma aceitar a troca de ministérios, o ideal para o grupo é ficar com o da Integração, hoje sob controle do famigerado PP.

Como praticamente metade da bancada do PP – 18 dos 40 deputados – virou alvo de inquérito no STF no caso do Petrolão, o PMDB quer aproveitar para tomar a pasta.

Deputados indicam que o atual ministro do Turismo, Vinícius Lages, da cota do PMDB do Senado – apadrinhado de Renan Calheiros – seria o nome ideal para Integração, já que Henrique Eduardo Alves, livre de processo, deve assumir o Ministério do Turismo.

06
mar

Lava Jato: Lista detalhada de investigados

Postado às 21:32 Hs

Via Folha de S.Paulo – Severino Motta

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki, relator dos processos relativos à Operação Lava Jato, autorizou nesta sexta-feira (6) a abertura de investigação contra políticos de ao menos quatro partidos: PT, PSDB, PMDB e PP. O ministro tirou o sigilo dos 28 pedidos de abertura de inquérito contra deputados e senadores acusados de envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras.

Além dos presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a lista traz outros 52 nomes.

Também nesta sexta, Teori acatou outros sete pedidos de arquivamento feitos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Veja abaixo a lista dos citados

 

– Senador Ciro Nogueira (PI)
– Senador Benedito de Lira (AL)
– Senador Gladson Cameli (AC)
– Deputado Aguinaldo Ribeiro (PB)
– Deputado Simão Sessim (RJ)
– Deputado Nelson Meurer (PR)
– Deputado Eduardo da Fonte (PE)
– Deputado Luiz Fernando Faria (MG)
– Deputado Arthur Lira (AL)
– Deputado Dilceu Sperafico (PR)
– Deputado Jeronimo Goergen (RS)
– Deputado Sandes Júnior (GO)
– Deputado Afonso Hamm (RS)
– Deputado Missionário José Olímpio (SP)
– Deputado Lázaro Botelho (TO)
– Deputado Luis Carlos Heinze (RS)
– Deputado Renato Molling (RS)
– Deputado Renato Balestra (GO)
– Deputado Lázaro Britto (BA)
– Deputado Waldir Maranhão (MA)
– Deputado José Otávio Germano (RS)
– Ex-deputado e ex-ministro Mario Negromonte (BA)
– Ex-deputado João Pizzolatti (SC)
– Ex-deputado Pedro Corrêa (PE)
– Ex-deputado Roberto Teixeira (PE)
– Ex-deputada Aline Corrêa (SP)
– Ex-deputado Carlos Magno (RO)
– Ex-deputado e ex-vice governador João Leão (BA)
– Ex-deputado Luiz Argôlo (BA) (filiado ao Solidariedade desde 2013)
– Ex-deputado José Linhares (CE)
– Ex-deputado Pedro Henry (MT)
– Ex-deputado Vilson Covatti (RS)

PMDB

– Senador Renan Calheiros (AL), presidente do Senado
– Senador Romero Jucá (RR)
– Senador Edison Lobão (MA)
– Senador Valdir Raupp (RO)
– Deputado Eduardo Cunha (RJ), presidente da Câmara
– Deputado Aníbal Gomes (CE)
– Ex-governadora Roseana Sarney (MA)

PT

– Senadora Gleisi Hoffmann (PR)
– Senador Humberto Costa (PE)
– Senador Lindbergh Farias (RJ)
– Deputado José Mentor (SP)
– Deputado Vander Loubet (MS)
– Ex-deputado Cândido Vaccarezza (SP)

PSDB

– Senador Antonio Anastasia (MG)

PTB

– Senador Fernando Collor (AL)

Arquivamentos

Além dos pedidos de abertura de inquérito, o Ministério Público Federal pediu o arquivamento em outros sete casos, entre os quais os dos senadores Aécio Neves (PSDB-MG), candidato derrotado à Presidência da República, e Delcídio Amaral (PT-MS); e dos ex-deputados Alexandre Santos (PMDB-RJ) e Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), ex-presidente da Câmara.

Outros três – os senadores Ciro Nogueira (PP-PI) e Romero Jucá (PMDB-RR) e o deputado e ex-ministro Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) – tiveram parte das acusações arquivadas, mas serão alvos de inquérito em relação a outra parte.

 

 

 

 

 

23
fev

FIQUE SABENDO…

Postado às 10:05 Hs

 

# Chuvas e prognósticos

Nas próximas terça e quarta-feira, dias 24 e 25 de fevereiro, meteorologistas de vários Estados do Nordeste se reunirão na sede da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), em Natal, para discutir as previsões da meteorologia para as próximas semanas na região. O encontro acontece todos os meses em Estados diferentes do Nordeste. O meteorologista da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), José Espínola Sobrinho vai participar da reunião em Natal e explicou ao Jornal Gazeta do Oeste que um dos pontos a serem discutidos pode ser o Sistema Vórtice Ciclônico de Ar Superior (SVCAS), que em atuando na zona de convergência intertropical nos últimos dias, o principal causador das chuvas isoladas que vêm caindo.

# Aumento

Segundo a Cosern, o aumento nas contas de luz está em fase de consulta pública, mas deverá ser aprovado nos próximos dias. Os consumidores já pagam a conta de luz com reajuste desde o dia 1º de janeiro deste ano, conhecida como “bandeira vermelha”, quando a energia também é a partir de usinas térmicas. O valor cobrado é de R$ 3,00 a cada 100 KWh. Porém, o reajuste previsto pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) é de que a tarifa suba para R$ 5,50 a cada 100 KWh. Ainda de acordo com a Cosern, o aumento é porque a energia proveniente das usinas térmicas tem um custo maior.

# Matrículas do IFRN

Os candidatos aprovados para os cursos técnicos integrados do IFRN, processo seletivo regido pelo Edital 23/2014, deverão se matricular no período de 23 a 27 de fevereiro. No total, foram aprovados 2.724 estudantes para 18 campi do Instituto, distribuídos em todo Rio Grande do Norte. O resultado da seleção foi publicado pela Instituição no dia 11 de fevereiro de 2015.As matrículas devem ser realizadas na Diretoria Acadêmica do Campus para o qual o estudante se inscreveu, nos horários definidos pelo Anexo I Edital. Os estudantes aprovados nas listas 1 e 2, destinadas a alunos pertencentes a famílias com renda de até 1,5 salário-mínimo por pessoa, devem apresentar no ato da matrícula os documentos comprobatórios da renda. Caso o número de vagas não seja preenchido no período descrito, os candidatos em espera poderão ser convocados, considerada a classificação. A convocação é realizada depois de encerradas as matrículas, pelos respectivos campi.

# Henrique no Turismo

Em meio à crise por que passa o PP, o Palácio do Planalto quer tirar Gilberto Occhi do Ministério da Integração Nacional e colocar um peemedebista no lugar. Dilma quer apaziguar a relação com o PMDB, em especial com Eduardo Cunha, seguindo a orientação que Lula deu antes do carnaval.Ainda não está certo se o nome que vai para o lugar de Occhi será indicado por  Euardo Cunha ou pelo PMDB do Senado. Caso prospere a segunda opção, Eduardo Cunha indicaria um nome para o Turismo. E, nesse caso, entra em campo o ex-presidente da Câmara, Henrique Alves (RN).

03
fev

Em qualquer ministério…

Postado às 8:49 Hs

Novo presidente da câmara quer Henrique “em qualquer ministério”

Após ser eleito presidente da Câmara, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) deve fazer sua primeira exigência ao enfraquecido governo Dilma: nomear o amigo e antecessor Henrique Alves para qualquer ministério, de preferência o do Turismo. Mas, neste caso, poderia provocar uma crise com Renan Calheiros, reeleito no mesmo domingo presidente do Senado e padrinho do atual ministro, Vinicius Lages.

O Planalto colocou Henrique Alves de molho, prometendo que se ele não estiver enrolado no assalto à Petrobras poderá virar ministro.

25
jan

Nota

Postado às 21:00 Hs

Presidente da Câmara divulga nota de pesar pela morte do fundador da Rede Sarah

“Quero manifestar meus sentimentos pelo falecimento neste domingo (25) do médico Aloysio Campos da Paz Júnior, fundador da Rede Sarah de hospitais. Um homem que durante toda a sua vida foi comprometido com a solidariedade. Sempre desenvolveu seu trabalho na Medicina  com obstinação e competência.

A Rede Sarah de hospitais, referência mundial na reabilitação de politraumatizados e pacientes com dificuldades de locomoção, se confundiu com sua vida. Sempre imprimiu à sua atuação uma dedicação exemplar – característica que se tornou a marca de toda a rede.

Nos 54 anos em que esteve na direção do grupo de hospitais, Campos da Paz assegurou atendimento a milhares de pessoas sempre calcado no princípio de que cada paciente sempre tinha um potencial de recuperação.

Assim, é com grande tristeza que compartilho o momento de dor pelo qual familiares e amigos passam com a perda desse grande homem. A saúde do Brasil perde um dos seus principais arquitetos “.

Henrique Eduardo Alves

Presidente da Câmara dos Deputados

16
jan

De olho no PL

Postado às 9:46 Hs

Via Thaisa Galvão :

PMDB terá que conter ímpeto dos aliados ávidos a mudarem para nova legenda

O presidente do PMDB no Rio Grande do Norte, deputado Henrique Alves, terá um trabalhão pela frente para conseguir segurar o partido.

É que, de olho no governo novo, muitos prefeitos, inclusive do PMDB, vão migrar para o PL, o Partido Liberal que será comandado no RN pelo governador.Porém, todo cuidado é pouco para que os prefeitos do PMDB não vão escorregando por entre os dedos, e acabem caindo no colo do governador.

Na Assembleia Legislativa, aliados de Robinson dizem que os deputados Gustavo Carvalho, do PROS, Carlos Augusto Maia, do PTdoB e Ezequiel Ferreira de Souza, do PMDB, estão só esperando o visto para ingressarem na nova legenda.

14
jan

# # Rapidinhas… # #

Postado às 8:48 Hs

@  @ Ignorando os ataques que sofreu de Marta Suplicy no passado, Gilberto Kassab abriu as portas do futuro PL para a senadora petista. A ideia é tentadora, avalia Lauro Jardim, na Veja Online. Se topar, Marta não teria nenhum problema com a Justiça eleitoral, que autoriza o político a deixar o partido que o elegeu, caso seja para fundar uma nova sigla.

@ @ Nesta quarta-feira (14), secretários de Estado da administração direta e indireta estarão reunidos para uma apresentação do atual panorama fiscal do estado. A reunião, comandada pelo Governador Robinson Faria, será realizada na Escola de Governo, às 16h, oportunidade na qual serão traçadas metas quanto ao equilíbrio das contas públicas estaduais.Ainda na reunião, os gestores deverão apresentar relatório sobre a situação em que encontraram as respectivas pastas ou órgãos, e apresentar projetos para execução no exercício 2015.

@ @ A Polícia Federal prendeu na madrugada de hoje, logo depois da meia-noite, o ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró. Acusado de envolvimento na Operação Lava Jato, ele foi detido ao desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, de um voo proveniente de Londres. A informação foi confirmada à GloboNews por seu advogado de defesa, Edson Ribeiro, e a PF. O advogado disse que não tinha conhecimento da fundamentação da prisão preventiva. Ribeiro afirmou que foi informado da prisão do ex-diretor da Petrobras pelo próprio Cerveró. Segundo o advogado, seu cliente prestaria depoimento amanhã no Rio como testemunha em um inquérito que apura vazamento de informações da CPI mista da Petrobrás. “Desconheço a fundamentação da prisão preventiva. O Ministério Público Federal e a Polícia Federal estavam informados da viagem do meu cliente para a Inglaterra”, disse Ribeiro. O advogado confirmou que o ex-diretor será encaminhado hoje para Curitiba, onde tramita o processo da Lava Jato.

@ @ Sentença proferida pelo juiz José Herval Sampaio Júnior determina que o Estado pague as despesas de locação do prédio que abrigou provisoriamente estudantes residentes na Casa do Estudante de Mossoró, bem como responda pela quitação de faturas de água e energia elétrica do mencionado prédio e da sede definitiva da entidade. A decisão do titular da 2ª Vara Cível mossoroense deverá ser cumprida em até 30 dias, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil.A ação movida pelo Ministério Público pedia a condenação do Estado no pagamento das despesas com o aluguel da sede provisória, bem como no custeio das despesas de água e energia elétrica da Casa do Estudante.A demanda surgiu após Inquérito Civil que apurou a ausência de condições mínimas de funcionamento do local. O Corpo de Bombeiros chegou a interditar o prédio que abrigava a entidade, deixando 60 estudantes em condições adversas.

@ @ A coluna de Felipe Patury, na Época, destaca que o PP busca um nome para o BNB e achou outro para ocupar o Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs). Trata-se do ex-deputado Paulo Lustosa (CE). Os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), lutam para manter Walter Sousa no cargo.

@ @ O governador Robinson Faria (PSD) publicou no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (13), o decreto que fixa no dia 10 do mês seguinte, o limite para o pagamento do salário dos servidores do Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Diz o primeiro artigo do decreto:

Art. 1º A implantação, em folha de pagamento, de vencimentos, gratificações ou vantagens, concedidas por decisão administrativa ou judicial, proventos e pensões, fica condicionada ao recebimento do correspondente processo administrativo, pela Coordenadoria de Folha de Pagamento (COPAG) da Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos (SEARH), até o dia 10 de cada mês.

Parágrafo único. Se a data limite, estabelecida no caput, não recair em dia útil, o termo final transfere-se, automaticamente, para o primeiro dia útil subsequente.

07
jan

Saiba Também…

Postado às 10:37 Hs

# Correios

Até o final de janeiro, mais 2,8 mil novos veículos serão entregues em unidades dos Correios de todo o Brasil. A aquisição visa a renovação e a ampliação da atual frota da estatal. Desde 2011, os Correios já investiram cerca de R$ 700 milhões na aquisição de quase 24 mil novos veículos, entre motocicletas, furgões e caminhões. Com o processo de renovação, a idade média da frota foi consideravelmente reduzida. No caso dos veículos pesados, por exemplo, passou de 10,5 anos para 2,2 anos. Além de aumentar a capacidade logística da estatal, a renovação dos veículos permite a redução da emissão de gases poluentes e maior agilidade nas entregas feitas em todo o País, fortalecendo a confiança da população nos serviços oferecidos. A renovação e a ampliação da frota fazem parte do processo de revitalização dos Correios, iniciado em 2011, com a sanção da Lei 12.490/11, o novo Estatuto Social da empresa e a retomada dos investimentos e da melhoria dos indicadores de qualidade.

# Nova BIC

O governador Robinson Faria inaugurou junto com o prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, a Base Integrada Cidadã (BIC) do bairro Barrocas, em Mossoró, nesta terça-feira (06). A Base funciona em uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Mossoró.“A Base Integrada Cidadã foi prometida e hoje volto para inaugurar. Uma maneira também de agradecer a generosidade do povo de Mossoró comigo, pois a segurança é uma prioridade da nossa gestão e nós vamos trabalhar para devolver a paz e a tranquilidade a todos”, declarou o governador.Mossoró conta com outras três BICs nos bairros Abolição IV, Sumaré e Estrada da Raiz. De acordo com o Prefeito, as unidades têm demonstrado resultado no combate à violência. “As BICs atualmente são responsáveis por 30% das ações policiais de Mossoró”, revelou.

# Operação Lava Jato

Investigadores que atuam na Lava Jato entendem que o atual presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deverá se livrar das investigações do caso em fevereiro. Conforme a Folha apurou, são considerados fracos os indícios contra Henrique, contra quem não deve haver nem um pedido de abertura de inquérito para analisar suposta ligação com o esquema de desvio de recursos da Petrobras e lavagem de dinheiro. Sem investigação, ele terá o caminho aberto para assumir um ministério no governo de Dilma Rousseff, provavelmente a pasta do Turismo. Deputado que não disputou a reeleição, Henrique Alves informou publicamente ter pedido aos seus correligionários que não trabalhassem para ele assumir uma cadeira na Esplanada até que ficasse claro que o peemedebista não estava entre os alvos da Operação Lava Jato. (Folha)

# Sem necessidade…

A Câmara vai desembolsar neste mês cerca de R$ 150 mil com os suplentes de deputados que estão tomando posse com o afastamento do titular do mandato. Na maior parte desses casos, o titular foi eleito para cargos executivos, como governador ou vice-governador, ou tomou posse como secretário ou ministro de Estado.Do dia 30 de dezembro até as 17h de hoje (6), tomaram posse para um mandato de 30 dias exatamente 30 suplentes de deputados. Como o Congresso Nacional está em recesso, os novos deputados não terão atividades no Parlamento. Muitos deles já assumiram antes o mandato, com o afastamento temporário do titular, e agora estão sendo efetivados no cargo, que ocuparão até o dia 31, quando se encerra a atual legislatura. Outros assumem pela primeira vez.

06
jan

Uma vaguinha…

Postado às 8:08 Hs

Dilma já planeja fazer mudanças em equipe e Henrique pode entrar se ficar fora da Lava Jato

Apesar de ter acabado de anunciar a escolha dos ministros para seu segundo mandato, a presidente Dilma Rousseff poderá fazer trocas em algumas pastas já no começo deste ano. Para isso, aguarda apenas a manifestação da Procuradoria-Geral da República sobre políticos envolvidos no esquema de desvio de recursos da Petrobras.

Durante as tratativas para compor o novo governo, no fim de 2014, Dilma avisou ao vice-presidente, Michel Temer, que Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) será ministro se ele não estiver implicado na investigação do esquema de corrupção na estatal.Se Alves não for denunciado, seu destino deve ser o Ministério do Turismo, hoje ocupado por Vinicius Lages, um indicado do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB). Se o Ministério Público não citar Henrique Alves, o acerto entre Dilma e Temer prevê que ele assuma a pasta possivelmente já em fevereiro, quando toma posse o novo Congresso e ele deixa a presidência da Câmara dos Deputados.

A informação foi confirmada à Folha de São Paulo por dois ministros e dois integrantes do PMDB que acompanharam as negociações para a formação do novo governo da petista.

05
jan

Ação Parlamentar

Postado às 16:30 Hs

Medida provisória destina mais de R$ 84 milhões para o Rio Grande do Norte. A barragem de Oiticica, a reta Tabajara, os perímetros irrigados de Apodi e do Baixo Açu e o Gancho de Igapó estão entre as 10 ações do governo federal contempladas com recursos que serão liberados pela Medida Provisória 667/15, encaminhada ao Congresso Nacional pela presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira (5). No total, a MP destina ao Rio Grande do Norte recursos da ordem de R$ 84,4 milhões. Ao receber o exemplar da edição extra do Diário Oficial da União no qual foi publicada a MP, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, afirmou que o Rio Grande do Norte não poderia receber notícia mais promissora neste início de ano. Ele lembrou que o lista de obras beneficiadas sempre recebeu dele toda atenção pela prioridade que elas representam para o estado.
20
dez

Fique Sabendo…

Postado às 18:50 Hs

 

 # Garibaldi Filho cotado

A bancada do PMDB no Senado vai dar um ultimato ao presidente da Casa, senador Renan Calheiros (AL), que deseja disputar a reeleição em fevereiro. Há uma mobilização entre os peemedebistas para que ele desista de concorrer ao cargo. O motivo é a reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo” que revelou que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa citou no acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal o nome de Renan entre os políticos supostamente beneficiados pelo esquema de corrupção na Petrobras.Oficialmente, Renan nega sua candidatura à reeleição. Mas, nos bastidores, tem trabalhado intensamente para ficar no cargo. Em conversas reservadas com senadores peemedebistas, ele afirmou que não tem envolvimento com Paulo Roberto Costa e que não há nada contra ele no escândalo de corrupção na estatal.Essas conversas funcionaram como uma tentativa de tranquilizar aliados que demonstraram insegurança com a situação de Renan. O temor de peemedebistas é que a reeleição do senador alagoano possa criar uma crise política no Senado com o aprofundamento das investigações da Operação Lava Jato.

#  Concurso do Banco do Brasil

O Banco do Brasil abriu concurso para formação de cadastro de reserva nos estados de Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.O cargo é de escriturário e a remuneração inicial é de R$ 2.227,26 para jornada de 30 horas semanais. Para participar, é preciso ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e idade mínima de 18 anos completos, até a data da contratação.

# Confiança

Apenas 7% dos brasileiros leem jornais todos os dias, mas o veículo de comunicação continua sendo o mais confiável na avaliação dos leitores. A conclusão está na Pesquisa Brasileira de Mídia 2015, divulgada hoje (19) pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom).De acordo com o levantamento, 76% dos brasileiros afirmam não ter o hábito de ler jornais, 21% leem pelo menos um dia por semana e somente 7% são leitores diários desse tipo de mídia.Na avaliação do nível de confiança, os jornais lideram a pesquisa com 58% de leitores que confiam sempre ou muitas vezes nas informações veiculadas. O percentual é maior que o da TV (54%), o do rádio (52%), o das revistas (44%) e o das notícias de sites (30%).

# Henrique se distancia de Ministério…

Cotado inicialmente para assumir o Ministério do Turismo – embora pretendesse a Integração Nacional –, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deve ser excluído do primeiro escalão do segundo governo Dilma Rousseff. No núcleo do Palácio do Planalto, há insegurança sobre o rumo da investigação que envolve o nome de Henrique Alves na Operação Lava Jato.Segundo reportagem do jornal “O Estado de São Paulo”, o ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa revelou no acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF) os nomes de 28 políticos supostamente beneficiados pelo esquema de corrupção que atuava na Petrobras, inclusive o de Henrique Alves. Ele nega qualquer envolvimento no escândalo de corrupção na Petrobras.Até segunda-feira, Dilma deve ter uma conversa com o vice-presidente Michel Temer para fechar o espaço do PMDB no ministério. Mas agora, até mesmo a integrantes da bancada do partido na Câmara já avaliam que Alves perdeu as condições de virar ministro. A bancada quer indicar para o Turismo um deputado eleito. Dilma já avisou para interlocutores que pretende anunciar uma nova leva de ministros na segunda-feira.

18
dez

Homenagem

Postado às 13:42 Hs

Parlamentares homenageiam Henrique Alves em pronunciamentos no Plenário

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, foi homenageado nesta quarta-feira (18) por parlamentares de vários partidos. Em pronunciamentos no Plenário Ulysses Guimarães, deputados e deputadas ressaltaram a capacidade de diálogo, o compromisso com a autonomia do Legislativo e o respeito à atividade parlamentar por Henrique Alves, que deixa a Câmara depois de 11 mandatos consecutivos.

Emocionado, ele agradeceu as homenagens, mas preferiu não fazer pronunciamento de despedida. Henrique Alves foi eleito pela primeira vez em 1970, depois de seu pai, o ex-governador do Rio Grande do Norte Aluizio Alves, ter sido cassado pela ditadura militar. Ao longo de 44 anos no Parlamento, sempre no mesmo partido – o PMDB – ele participou da oposição ao regime, do movimento Diretas Já e da Assembleia Nacional Constituinte. Entre 2007 e 2012, exerceu a liderança da bancada do PMDB na Câmara dos Deputados e , em 2013, foi eleito presidente da Casa.

O deputado Henrique Eduardo Alves liberou nesta quarta-feira (17) uma lista parcial das emendas que apresentou ao Orçamento Geral da União para 2015 para assegurar recursos para instituições e municípios do Rio Grande do Norte, especialmente nas áreas de Educação, Saúde e Infraestrutura. Na área da Educação, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) é beneficiada com R$ 500 mil. Os R$ 8 milhões incluídos pelo deputado à área de saúde serão destinados a projetos da rede de serviços de atenção básica de saúde, de unidades de atenção especializada e de assistência médica qualificada e gratuita espalhados por vários municípios. As emendas também beneficiam os hospitais Varela Santiago (atendimento infantil); Coronel Pedro Germano (Polícia Militar); Onofre Lopes (UFRN) e a unidade da Liga Norte-Rio-Grandense contra o Câncer.
set 28
terça-feira
20 18
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
38 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.879.780 VISITAS