Michelle Bolsonaro teria 23% dos votos para presidente, se a eleição fosse hoje, segundo levantamento do Paraná Pesquisa que aponta o atual presidente Lula (PT) à frente, com 37,6%, como o favorito para 2026. A ex-primeira-dama só perde para o ex-presidente Bolsonaro, que empata tecnicamente contra Lula. Num segundo turno contra Lula, Michelle teria 38,7% e o petista seria reeleito com 45,4% no cenário que também apresenta 11,5% de votos brancos e nulos e 4,3% de incertos.

TARCÍSIO

Tido como o principal herdeiro do bolsonarismo, o governador paulista Tarcísio de Freitas (Rep) registraria 17,4% ante 37,4% de Lula.

ZEMA

Outro presidenciável, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), oscila entre 3,9% e 6,5% dos votos, nos cenários contra Lula.

OUTROS

O paranaense Ratinho Jr (PSD) ficaria entre 3,9% e 6,5% e o governador do Goiás, Ronaldo Caiado (União), de 1% a 2%.

Diário do Poder

O movimento feminino nacional do Partido Liberal – PL Mulher realizará encontro no estado do Rio Grande do Norte, no dia 02 de dezembro de 2023 (sábado), às 10h (abertura dos portões às 8h), no Hotel Holliday Inn Natal, próximo à Arena das Dunas.

Os encontros do PL Mulher têm sido realizados em todos os estados com o objetivo de inspirar e encorajar as mulheres, alinhadas aos valores conservadores, a ingressarem efetivamente nas esferas políticas do país para auxiliar na construção de um Brasil mais justo e com mais igualdade de acesso às oportunidades para os brasileiros.

Estarão presentes no encontro a equipe do PL Mulher, liderada pela presidente nacional, Michelle Bolsonaro, e pela vice-presidente nacional, deputada Amália Barros (MT), as quais serão recebidas pela presidente estadual do PL Mulher RN, Dra. Roberta Lacerda.

Como tem ocorrido nos últimos encontros, o evento deste sábado poderá ter a participação do ex-Presidente da República, Jair Bolsonaro, que tem levado mensagens de incentivo à participação das mulheres no processo de transformação da política nacional.

Detalhes do Evento

Data: 02 de Dezembro de 2023
Horário: 10h (abertura dos portões às 8h)
Local: Hotel Holliday Inn
Endereço: Av. Sen. Salgado Filho, 1906 – Lagoa Nova, Natal – RN, 59075-000.

Os jornalistas e membros da imprensa interessados em cobrir este evento podem se credenciar neste link https://www.sympla.com.br/encontro-estadual-do-pl-mulher-do-rio-grande-do-norte__2255489?token=9203e9c7bad4b3a62abb9e41e8b8fb75

Certifique-se também de enviar uma confirmação via WhatsApp para garantir sua presença no evento.

Contato para Imprensa
Anna Karinna
Telefone/WhatsApp: 98809.8428.

A primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, em evento em Natal neste sábado (15), pediu votos para a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) e teceu críticas à campanha do ex-presidente e candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O evento reuniu milhares de pessoas na avenida Itapetinga, bairro Santarém, zona Norte de Natal, e contou com a presença dos senadores eleitos Rogério Marinho (PL-RN), Teresa Cristina (PL-MS) e Damares Alves (PL-DF), além de deputados eleitos pelo Rio Grande do Norte.

“Estamos aqui para trabalhar para vocês e pedir para que multipliquemos os votos no dia 30. Precisamos continuar os nossos trabalhos, não por status, nem por poder, estamos aqui para concluir a missão que Deus nos confiou. Não acreditem naquele que fala que vai dar picanha porque não trouxe coragem para trazer água para o Nordeste. Tanto tempo eles ficaram no poder e não fizeram absolutamente nada. “, disse Michelle sendo aplaudida pela multidão em seguida.

 

Fotos: divulgação

 

Uma multidão na manhã deste sábado (15) prestigia o evento ‘Mulheres com Bolsonaro’, no bairro Santarém, Zona Norte de Natal. O evento conta com a presença da primeira-dama Michelle Bolsonaro, a senadora eleita pelo Distrito Federal, Damares Alves, ex-ministra da Família e dos Direitos Humanos.

Em sua fala ao público, Damares citou diversas ações em favor das crianças durante sua atuação no ministério do governo Bolsonaro.

O senador eleito pelo RN e coordenador da campanha de Bolsonaro no 2º turno no RN, Rogério Marinho, também estava presente, além do prefeito de Natal, Álvaro Dias e ainda a ex-ministra da Agricultura de Jair Bolsonaro, Tereza Cristina, eleita senadora pelo MS.

Fontes: Tribuna do Norte e Blog do BG

01
jan

Quebra de protocolo

Postado às 18:15 Hs

O segundo discurso de Jair Bolsonaro como presidente teve uma quebra de protocolo com a participação inédita da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, falando em libras aos apoiadores em frente ao Palácio do Planalto. Em sua participação, que durou pouco mais de dois minutos, Michelle agradeceu o apoio e orações de eleitores em prol do marido desde o começo da campanha. Agradeceu também à família, amigos, mas especialmente ao enteado Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), “pela sua parceria nos 23 dias em que o marido ficou internado em São Paulo” após o atentado em Juiz de Fora (MG), em 6 de setembro.
(Foto: Guilherme Mazui/G1)

Foto: Guilherme Mazui/G1

A futura primeira-dama Michelle Bolsonaro afirmou na quarta-feira, 21, que planeja atuar em “todos os projetos sociais possíveis” durante o governo de seu marido, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Michelle viajou pela primeira vez a Brasília desde a vitória de Bolsonaro na eleição presidencial. Na capital federal, ela se encontrou com a atual primeira-dama, Marcela Temer.

Antes do encontro com Marcela, a futura primeira-dama foi ao Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do gabinete de transição do governo. Ela concedeu uma rápida entrevista, na qual foi questionada se pretende atuar em projetos sociais a partir de janeiro de 2019.

“Todos os projetos sociais possíveis, até porque era algo que eu já fazia antes de me casar com o Jair. Eu tenho um chamado para ação social. É algo que Deus colocou na minha vida, no meu coração”, afirmou Michelle.

A futura primeira-dama destacou que entre suas prioridades estão projetos voltados para “comunidade surda, pessoas com deficiência e portadores de síndromes”. Ela já atuou como intérprete de libras.

Residência oficial

Michelle afirmou aos jornalistas que o encontro com Marcela Temer foi um convite da primeira-dama, mulher do atual presidente Michel Temer (MDB).

Temer e Marcela optaram por não morar no Alvorada. O casal ficou no Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência, onde já morava quando Temer era vice de Dilma Rousseff.

Michelle disse que ela e Bolsonaro poderão ficar na Granja do Torto até 1º de janeiro, data da posse do presidente eleito.

Fonte: G1

fev 22
quinta-feira
19 21
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
13 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.950.559 VISITAS