28
fev

NORDESTE : Eita povo feliz !!!

Postado às 21:20 Hs

 

Um estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que, apesar de pobre, a região mais feliz do Brasil é o Nordeste, com nota média (em uma escala de 0 a 10) de 7,38. Se fosse um país, estaria em 9º lugar no ranking global, entre a Finlândia e a Bélgica e acima de 94% das 146 nações pesquisadas. As médias das demais regiões brasileiras são 7,37 no Centro-Oeste, 7,2 no Sul, 7,13 no Norte e 6,68 no Sudeste.

Já o Brasil, com média nacional de 7,1, ficaria na 16ª posição entre os países mais felizes do globo no ranking medido pela Gallup World Pool. Em 2010, esta mesma classificação apontava uma felicidade média do brasileiro de 6,8.

Para o presidente do Instituto, Marcelo Neri, embora os indicadores mostrem crescimento econômico pouco expressivo este ano, a satisfação do brasileiro não tem sido afetada drasticamente. “Temos mais felicidade que dinheiro no bolso”, afirmou. “O brasileiro é consumista, mas não é isso que o define.

Os dados mostram que a felicidade aumentou ao longo do tempo e que a variação de renda não implica em grandes variações de satisfação,” disse, destacando que nenhum outro país é tão “insensível” à variação de renda, em comparação a outras nações.

Por outro lado, o estudo mostra que a satisfação aumenta conforme a renda sobe. Para os brasileiros que não têm rendimento a nota média foi 3,73. Já aqueles que vivem com até um salário mínimo, foi 6,53. Já quem tem renda superior a R$ 5.451, a nota foi 8,36. Em relação à escolaridade, pessoas sem instrução deram uma nota média de 6,4. Aqueles com o ensino fundamental completo, pontuaram 6,95, e com o ensino médio completo, 7,17. Com ensino superior completo, a média foi 7,85. ( Diario de Pernambuco)

07
fev

Condenada por preconceito…

Postado às 10:40 Hs

A estudante de Direito Mayara Petruso foi condenada pela Justiça Federal de São Paulo pelo crime de discriminação, por fazer comentários após a vitória de Dilma Rousseff no segundo turno das eleições de 2010.

A universitária postou em seu Twitter a seguinte mensagem: “Nordestisno (sic) não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado!”.

Mayara recebeu uma punição de 1 ano, 5 meses e 15 dias de prisão, mas a pena foi convertida em prestação de serviço comunitário e pagamento de multa, como informa o Jornal Correio.

Mayara, em sua defesa, admitiu que publicou a mensagem e confessou ter sido motivada pelas eleições. Ela também disse não ter intenção de ofender, negou ser preconceituosa e se declarou arrependida. A estudante disse ainda que não esperava a repercussão que o caso teve.

Mayara trabalhava em um escritório de advocacia, mas perdeu o emprego depois do caso. Ela também teve que mudar de cidade e de faculdade por conta da repercussão de suas mensagens.

“O que se pode perceber é que a acusada não tinha previsão quanto à repercussão que sua mensagem poderia ter. Todavia, tal fato não exclui o dolo”, diz a juíza na decisão. A juíza também estabeleceu uma pena abaixo do mínimo legal por entender que Mayara já sofreu consequências por suas ações. “Foram situações extremamente difíceis e graves para uma jovem”, diz ainda a Justiça.

17
nov

Contra o preconceito…

Postado às 10:45 Hs

Uma campanha no Facebook vem ganhando o apoio de milhares de nordestinos espalhados pelo País. Uma comunidade está pedindo orações por todos aqueles que moram em São Paulo, cidade que vem sofrendo com a grande onda de violência nos últimos dias.

O que mais chama a atenção é que o povo do Nordeste responde com orações os vários casos de preconceito originados da população do Sudeste. O exemplo mais recente foi o apagão no mês de outubro, quando o povo nordestino foi alvo de chacotas. Nas redes sociais, alguns internautas chegaram a comentar, em tom sarcástico, que “sequer sabiam que tinha energia elétrica no Nordeste”.

A campanha deixa bem claro que o Nordeste inteiro torce pela paz, independente dos casos de preconceito sofridos. “Temos consciência de que são fatos isolados, que apenas a minoria tem esse pensamento. A maioria dos milhões de cidadãos de São Paulo não comete atitudes preconceituosas contra nosso povo. Lá, assim como no Nordeste, existe muita gente de bem”, informa o post da comunidade Nação Nordestina, acompanhada por mais de 500 mil internautas.

As orações do povo nordestino pedem que os conflitos sejam resolvidos sem que nenhuma vida seja tirada. “Por isso, o Nordeste ora e pede paz em São Paulo, que nosso ‘Padim Ciço’ também abençoe as terras das bandas de lá e proteja aquele povo”, finaliza o post.

18
Maio

Pena pode aumentar…

Postado às 9:26 Hs

O Ministério Público Federal afirmou nesta quinta-feira (17) que vai recorrer contra a pena dada pelo crime de racismo a estudante Mayara Penteado Petruso.

Ela foi condenada pela Justiça Federal de São Paulo a 1 ano, 5 meses e 15 dias de prisão por ter ofendido nordestinos por meio da rede social Twitter.

A ofensa foi publicada no dia 31 de outubro de 2010, logo após a vitória eleitoral da petista Dilma Rousseff sobre o tucano José Serra. Os maiores índices de votação de Dilma na ocasião foram registrados na região Nordeste.

“Nordestisto (sic) não é gente. Faça um favor a Sp: mate um nordestino afogado!”, escreveu a estudante em sua página.

A Procuradoria afirma que a pena dada a estudante é insuficiente.Mayara não ficará presa pois sua pensa foi convertida em prestação de serviço comunitário e pagamento de multa. A decisão foi tomada pela juíza da 9ª Vara Federal Criminal em São Paulo, Mônica Aparecida Bonavina Camargo.

 

Mayara admitiu a publicação da mensagem e disse que foi motivada pelo resultado das eleições presidenciais.Ela afirmou que não tinha a intenção de ofender, que não é preconceituosa e que não esperava tamanha repercussão. De acordo com o processo, Mayara disse estar envergonhada e arrependida.

A reportagem ligou para o escritório do advogado da estudante ontem e hoje, mas não foi atendida.Estudante de direito em uma universidade da capital paulista, Mayara perdeu o emprego em um escritório de advocacia após o episódio. Ela também mudou de cidade e abandonou o curso.

“O que se pode perceber é que a acusada não tinha previsão quanto à repercussão que sua mensagem poderia ter. Todavia, tal fato não exclui o dolo”, afirma a juíza na decisão.(Folha)

17
Maio

Nordestinos de alma lavada…

Postado às 12:53 Hs

A estudante Mayara Petruso foi condenada a 1 ano, 5 meses e 15 dias de prisão pelo crime de racismo contra os nordestinos. A jovem postou mensagens preconceituosas e incitou violência contra nordestinos em sua página no Twitter. A decisão foi da juíza federal Mônica Aparecida Bonavina Camargo, da 9ª Vara Federal Criminal em São Paulo.

As ofensas aconteceram no dia 31 de outubro de 2010, logo depois da vitória nas eleições de Dilma Rousseff sobre José Serra. “Nordestisto (sic) não é gente. Faça um favor a Sp: mate um nordestino afogado!”, escreveu a estudante de Direito.

A jovem foi denunciada pelo Ministério Público com base no artigo 20, § 2º, da Lei n.º 7.716/89, que trata do crime de discriminação ou preconceito de procedência nacional.

O caso

O caso começou em 31 de outubro de 2010, um domingo, no dia em que Dilma foi eleita. Irritados com a decisão das urnas, alguns usuários do Twitter começaram a insultar moradores do Nordeste. Entre as mensagens estava a da jovem. Ao longo da semana seguinte, o Ministério Público Federal recebeu documentos da Ordem dos Advogados do Brasil de Pernambuco e da procuradora regional de São Paulo Janice Ascari pedindo a investigação do caso. O MPF preparou um laudo e a Polícia Civil também abriu inquérito sobre as mensagens. Na ocasião, a jovem cursava o primeiro ano de Direito, residia na capital com duas amigas e estagiava em escritório de advocacia de renome. Após a repercussão do fato, perdeu o emprego, abandonou a faculdade e mudou-se de cidade com medo de represálias.

09
dez

Xenofobia Nordestina…

Postado às 20:15 Hs

Uma usuária do Twitter provocou tumulto na rede ao usar o microblog para atacar os nordestinos. O perfil, supostamente pertencente a uma jovem de Porto Alegre (RS) identificada como Sophia, foi denunciado, entre a madrugada e o início da tarde desta sexta-feira (9), 8.148 vezes à SaferNet Brasil, organização não-governamental especializada no combate de crimes contra direitos humanos na web.

Assim como a estudante de Direito Mayara Petruso, que, em novembro do ano passado, logo após o anúncio do resultado das eleições presidenciais, desencadeou uma onda de ódio na internet ao dizer no Twitter que queria “afogar os nordestinos”, o perfil atribuído a Sophia também detonou, em menor proporção, manifestações semelhantes de preconceito, informa a Terra Magazine o presidente da SaferNet, Thiago Tavares.

– Estamos apurando para esclarecer se a conta dela foi hackeada ou não. É um perfil antigo. Não descartamos esta possibilidade. Mas se for ela mesma, poderá responder pelo crime de racismo, que é inafiançável. A pena varia de dois a cinco anos – diz Tavares, lembrando que Mayara Petruso atualmente responde na Justiça pelos ofensas aos nordestinos.

O presidente da SaferNet faz um apelo aos internautas para que não ajudem a espalhar os links com as mensagens de ódio.

– A recomendação é que não reproduzam os links nem fiquem batendo boca com o perfil que está cometendo o crime. Eles querem isso, querem atenção, querem repercussão.

Para denunciar crimes na web, os internautas podem acessar os endereços:http://www.safernet.org.br/site/denunciar ou http://denuncia.pf.gov.br/ . “Os canais funcionam de forma integrada”, explica Thiago Tavares.

Fonte: Terra Magazine

04
dez

Nordestinos vão às compras…

Postado às 11:36 Hs

A época das festas se aproxima e as pessoas estão otimistas para as comemorações. No Nordeste, 33% dos entrevistados pretendem gastar mais nas compras de Natal deste ano, diante 28%, de intenção de gastos apontados na média nacional. Além disso, 21% dos brasileiros pretendem realizar suas compras pela internet e, ainda, utilizá-la como ferramenta de busca de opiniões e preços. Esses são alguns dos principais resultados apontados na “Pesquisa de Natal 2011- Intenções e expectativas do consumidor brasileiro”, realizada pela Deloitte com 1068 consumidores durante o mês de outubro.

Situação financeira

Durante a pesquisa, os brasileiros também avaliaram a situação financeira das famílias. 56% deles acreditam que estão melhor financeiramente do que um ano atrás. Os nordestinos que ascenderam financeiramente representam 57%, indicando uma posição acima da média nacional. No entanto, 30% dos brasileiros disseram estar na mesma situação.

“O País vem atravessando um ótimo momento econômico desde o ano passado, quando os entrevistados também disseram estar melhor financeiramente. Considerando que o brasileiro é essencialmente otimista e gosta de comemorar o Natal, teremos uma maior intenção de compras neste final de ano”, declarou Reynaldo Saad, sócio-líder para o atendimento às empresas do setor varejista da Deloitte.

A melhora na condição financeira das famílias é a principal motivação para se gastar mais nas compras (37%), já que, dos respondentes que exercem atividade remunerada (68%), quando questionados sobre o quão seguro eles se sentem em relação à estabilidade em seu emprego para 2012, 56% afirmaram estar extremamente seguros.

13º salário

Sobre o décimo terceiro salário, 44% disseram que o dinheiro será utilizado para quitar dívidas, enquanto 29% disseram que irão economizar esses recursos. Estas situações ficam mais evidenciadas nas classes sociais D e E e A e B, respectivamente.Os entrevistados foram questionados sobre as possíveis mudanças no comportamento de compra. Cerca de 43% disseram pesquisar mais antes de comprar, enquanto 34% fazem mais compras online.

“Isso mostra que o Brasil está passando por uma mudança importante em termos de consumo. As pessoas estão preocupadas em utilizar conscientemente os seus recursos, aproveitando-se das oportunidades para atingirem a melhor relação entre custo e benefício no momento das compras”, declara Saad.

Como serão as compras de Natal/Presentes

Na região Nordeste, compras visando melhorias da casa e de vestuários aparecem como as prioridades de aquisição para o Natal. No âmbito nacional, 30% dos entrevistados afirmaram que suas prioridades residem nos presentes, especialmente para os filhos. Os cinco grupos de presentes mais votados pelos entrevistados foram os seguintes:

• Roupas (74%);
• Sapatos (38%);
• Cosméticos, perfumes e cuidados pessoais (37%);
• Aparelhos eletrônicos, celulares, computadores, tablets, players (37%);
• Jogos, brinquedos e bonecas (32%).

No Nordeste o meio de pagamento prioritário nas compras de Natal ainda será o dinheiro, com 43%, seguido do cartão de crédito, com 35%, e do cartão de débito, com 19%. Desta forma, é possível afirmar que 97% dos entrevistados farão o pagamento à vista.

Informações: Jamildo Melo

26
nov

Vítima de Preconceito

Postado às 18:01 Hs

Pressionado por denúncias de fraudes em sua pasta, o ministro das Cidades, Mário Negromonte, do PP da Bahia, chorou, na manhã de hoje, em Salvador, durante solenidade de anúncio da segunda etapa do Programa Minha Casa, Minha Vida no Estado. Segundo o Estadão, Negromonte (PP) disse ser vítima de “fogo amigo” dentro do governo e acusou a imprensa de ser preconceituosa com mulheres e nordestinos.

“Identifico fogo amigo, claro que sim! Partidos da base aliada e o próprio PP nacional – não da Bahia – têm interesse no Ministério”, admite.  “As denúncias vêm de parte da imprensa, insatisfeita com o governo federal, interessada em enfraquecer a presidente Dilma. É uma mulher e existe discriminação”, especula o ministro. “Existe discriminação com o nordestino também. Fizeram uma ilação com a Festa do Bode (Negromonte é acusado de tráfico de influência para ajudar a financiar o evento). Se fosse a Festa da Uva ou da Maçã, certamente ninguém faria discriminação. Mas como é Festa do Bode, coisa de nordestino, e o ministro é nordestino, tome cacetada”.

Fonte: Blog do Magno Martins

21
set

Pioneirismo Nordestino com Ana Arraes

Postado às 23:41 Hs

A Câmara elegeu nesta quarta-feira (21), com 222 votos, a deputada federal Ana Arraes (PSB-PE) como a nova ministra do Tribunal de Contas da União (TCU). A deputada será a primeira mulher a ocupar um cargo de ministro no órgão auxiliar de controle externo. Ela assume a vaga resultante da aposentadoria do ministro Ubiratan Aguiar. Em seguida, o presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS), encerrou a sessão, convocando sessão extraordinária para as 13h30, para discutir a regulamentação da Emenda Constitucional 29. As informações são da Agência Câmara.

O segundo mais votado foi o deputado Aldo Rebelo (PC-doB-SP), com149 votos; o terceiro, o deputado Átila Lins (PMDB-AM), com 47 votos; o quarto, o deputado Damião Feliciano (PDT-PB), com 33 votos; o quinto, o deputado Milton Monti (PR-SP), com 30 votos; e o sexto, o auditor fiscal Rosendo Severo, indicado pelo PPS, com10 votos. Houve dois votos em branco.

No discurso feito ainda como candidata, Ana Arraes ressaltou que tem crescido muito a participação das mulheres nos espaços de poder no Brasil, sobretudo com o governo da presidenta Dilma. “Entretanto, ainda temos um longo caminho a percorrer, pois a participação igualitária das mulheres no processo de tomadas de decisões é fundamental para o fortalecimento da democracia e para que a composição da sociedade esteja realmente refletida na função pública, nas políticas públicas e na legislação do País”, afirmou.

Relembrando sua história de vida e a longa militância política, a deputada, que é advogada e ex-servidora do Tribunal de Contas de Pernambuco, disse ainda que se sente plenamente habilitada a ser a primeira ministra do Tribunal de Contas da União. “Vou trabalhar para que o Tribunal de Contas da União seja rigoroso com o gestor reconhecidamente perdulário ou improbo, mas que possa também exercer o relevante e estratégico papel pedagógico de orientar, capacitar e qualificar os gestores empenhados em servir ao Brasil”, completou.

A deputada Ana Arraes tem 64 anos e é filha de Miguel Arraes, três vezes governador de Pernambuco, que morreu em 2005, e mãe de Eduardo Campos, atual governador pernambucano. Atualmente, ela está na segunda legislatura na Câmara dos Deputados e é titular da Comissão de Defesa do Consumidor e vice-líder de bloco parlamentar. Com a saída de Ana Arraes, assume a vaga como titular o deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE), que atualmente é suplente. Na vaga deixada por Santiago, toma posse como deputado o terceiro suplente, Severino de Souza Silva (PSB-PE).

09
set

Melhorando cada vez mais…

Postado às 16:45 Hs

De acordo com Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, a quantidade de pessoas que procurou crédito avançou 8,0% em agosto na comparação com o mês imediatamente anterior (julho/11), revertendo e mais do que compensando as duas quedas mensais consecutivas deste indicador ocorridas em junho/11 e julho/11.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado (agosto/10) a demanda do consumidor por crédito aumentou 14,0% e no acumulado do ano, a busca do consumidor por crédito foi 13,1% superior à verificada entre janeiro e agosto de 2010.

Segundo os economistas da Serasa Experian, as vendas do Dia dos Pais e a maior quantidade de dias úteis (23 em agosto contra 21 em julho de 2011) impulsionaram a busca do consumidor por crédito no mês passado. Todavia, apesar deste crescimento mais forte em agosto/11, a variação acumulada da procura do consumidor por crédito pouco se alterou, passando de 13,0% (janeiro a julho de 2011) para 13,1% (janeiro a agosto de 2011). Ou seja, o cenário para a expansão da demanda do consumidor por crédito em 2011 continua sendo de um ritmo mais moderado do que a alta de 16,4% verificada em 2010.

Análise por região

Todas em regiões brasileiras acusaram crescimento da busca de crédito por parte dos seus consumidores no mês de agosto/11.

A maior alta foi verificada no Nordeste (+20,3%), bem acima das demais regiões. O menor crescimento foi observado no Sudeste, cuja alta foi de apenas 3,8% na demanda por crédito dos consumidores desta região em agosto/11.

No acumulado do ano, isto é, comparativamente ao período compreendido entre janeiro e agosto de 2010, os consumidores do Nordeste lideram a busca por crédito (alta de 18,9%). Em segundo lugar vem a região Centro-Oeste com crescimento de 13,9% na demanda dos seus consumidores por crédito. Já as regiões Sudeste e Norte estão praticamente empatadas na terceira posição (altas de 12,4% na Sudeste e de 12,3% na Norte).

A última colocação fica com os consumidores da região Sul com alta de 10,1% na busca por crédito, em relação aos primeiros oito meses do ano passado.

Análise por classe de renda pessoal mensal

Os consumidores de baixa renda (que ganham até R$ 500 por mês), mais uma vez, foram o destaque em termos de demanda por crédito. A alta foi de 12,4% em agosto, ritmo significativamente superior ao das demais faixas de renda. A segunda maior alta foi verificada pelos consumidores que ganham entre R$ 500 e R$ 1.000 por mês (expansão de 9,0%). Na ponta contrária, a menor alta foi observada pelos consumidores cuja renda mensal situa-se entre R$ 5.000 e R$ 10.000 (avanço de 5,1%).

No acumulado dos primeiros oito meses do ano, os consumidores que ganham até R$ 500 por mês lideram com folga, em relação às demais camadas de renda, a busca por crédito: a expansão registrada por esta classe de renda é de 29,9%. Em segundo lugar, aparecem os consumidores que ganham entre R$ 5.000 e R$ 10.000 por mês, com alta de 17,7%.

Já o menor ritmo de crescimento da demanda por crédito foi registrado pelos consumidores cuja renda mensal situa-se entre R$ 1.000 e R$ 2.000: alta de apenas 7,6% em relação ao período de janeiro a agosto de 2010.

08
ago

Atriz discrimina cearense no Twitter

Postado às 21:20 Hs

A atriz Antonia Fontenelle, mulher de Marcos Paulo, diretor do longa “Assalto ao Banco Central”, usou o Twitter para mostrar sua irritação em relação à critica feita pelo jornalista mineiro Pablo Villaça, do portal Cinema em Cena. “Gente, quem é Pablo Vilaça? Essa pessoa se intitula critico de cinema, tem cara de cearense, percebi que ele quer 5 minutos de fama. Pablo Vilaça, nem me dei o trabalho de ver se o seu portal é do Ceará, mas se for, obrigada porque lá estamos bombando, logo se vê que você não tem credibilidade nenhuma, só falou besteira na sua critica. Você não é critico, você é desorientado. Internet é mesmo terra de ninguém”, escreveu.

Após dizer que o jornalista tinha cara de cearense, Antonia tentou consertar sua declaração. “Antes que me interpretem mal, porque o povo adora ir por esse lado, um dos personagens que amo no filme é o Caetano (Fabio Lago). Ele faz um cearense engraçadíssimo, perfeito, o cinema vai abaixo com ele”, postou.

Também através do Twitter, Pablo Villaça respondeu às críticas de Antonia, que faz uma participação no filme como Regina, namorada de Telma, personagem vivida por Giulia Gam. “Não sei o que acho mais divertido: o fato de @ladyfontenelle ignorar que o @cinemaemcena tem 14 anos e é um dos portais mais acessados do Brasil ou se é o fato de me chamar de ‘cearense’ acreditando que isso iria me ofender. @ladyfontenelle, sou mineiro, mas teria imensa HONRA em ser cearense – como são alguns de meus amigos mais queridos”, escreveu o jornalista.

Confira o post no twitter:

27
jul

Irritando os cearenses e os nordestinos

Postado às 19:42 Hs

Tá no blog de Roberto Almeida:

A apresentadora Ana Maria Braga, da TV Globo, levou ao ar no seu programa um reportagem sobre o centenário do Juazeiro do Norte, no último dia 22,  conseguindo irritar profundamente os moradores da terra de Padre Cícero. A estrela global foi criticada duramente no Blog Pragmatismo Político e no Site da Miséria, os dois da cidade cearense. Segundo Tito Oliveira, que assina um artigo batendo em Ana Maria, esta procurou passar a ideia de um município miserável se baseando em algumas imagens da periferia do município e não esclareceu, em nenhum momento se estava falando de Juazeiro da Bahia ou do Norte.
“A brega ignora que o fluxo de nordestinos para o sul já não é o mesmo de séculos passados, havendo sim uma inversão deste fluxo, tal qual previsto pelo próprio Padre Cícero”, escreveu Tito.
“A Sra. ignora lamentavelmente que Juazeiro do Norte é a 100ª cidade do Brasil; que Juazeiro do Norte é o maior centro de religiosidade da América Latina; que Juazeiro do Norte tem um importante centro universitário com mais de uma dezena de universidades; que Juazeiro do Norte tem em seu aeroporto importante papel por atender demandas de cargas e passageiros, além do sul cearense de outras regiões como do Pernambuco, da Paraíba e Piauí”, completou o cearense, revoltado contra o preconceito e o desconhecimento da apresentadora em relação a Juazeiro e ao Nordeste.

Minha Opinião: E lamentável que uma emissora como a Rede Globo permita esses absurdos em sua grade de  programação. É por isso que a audiência tá tão em baixa. Fica o alerta.

20
jul

De volta para a minha terra…

Postado às 12:36 Hs


Há algum tempo os nordestinos precisavam se deslocar para São Paulo em busca de uma vida melhor. A região Nordeste era esquecida pelos governantes e mendigava por auxílio em todos os âmbitos sociais. Os mais pobres não recebiam a atenção do Governo. Sobreviviam à mercê da sorte, orando noite e dia para que Deus mandasse pelos menos uma pequena quantidade de chuva para molhar suas plantações, de onde tiravam sustento.

Quando a chuva não vinha e a seca apertava, os moradores da zona rural e de pequenos municípios do semiárido se desesperavam. São Paulo, endeusada pelos canais de TV, era o lugar para onde muitos nordestinos migravam. A maioria viajava em cima de carro pau de arara, arriscando a vida nas estradas. Chegando em São Paulo, eram humilhados, tratados como animais e tinham que conviver em favelas sem a mínima infraestrutura necessária para a sobrevivência humana. O sonho da cidade grande se transformava em pesadelo do dia para a noite.
O jogo mudou. Atualmente os nordestinos que migraram para o Sudeste estão retornando para seus estados. Dados divulgados recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) comprovam que muitos moradores do Nordeste que migraram para São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, estão voltando para seus municípios de origem. O fato se deve principalmente, ao crescimento de consumo nos estados nordestinos e ao alto número de empregos gerados na região. A realidade agora é outra. Hoje em dia os profissionais de estados como São Paulo e Rio de Janeiro estão migrando para Nordeste a procura de bons empregos. Vale lembrar que um dos responsáveis por toda essa mudança é um operário que saiu de Pernambuco em um carro pau de arara para São Paulo.

Por Chico Gomes

25
mar

Erradicar a Fome…

Postado às 16:00 Hs

pais-rico-sem-pobreza

O presidente da Embrapa, Pedro Antonio Arraes Pereira, acompanhado de outros dirigentes e assessores apresentou um documento durante reunião com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, contendo algumas propostas de inovações tecnológicas para a agricultura familiar do semiárido brasileiro. Visando contribuir com a principal meta da presidenta, Dilma Rousseff, que é erradicar a fome no Brasil, a Embrapa reuniu no documento uma série de ações que resumem a experiência da empresa, em especial na Embrapa Semiárido, centro ecorregional instalado em Petrolina.

De acordo com a Embrapa, basicamente a proposta é a participação do governo em sistemas produtivos diversificados, como caprinovinocultura, apicultura, bovinocultura leiteira, cultivos energéticos e, sobretudo, no plantio de alimentos. O Chefe Geral da Embrapa Semiárido, Natoniel Franklin de Melo, participou da reunião, disse que o governo deve focar ações nas zonas rurais mais secas do Nordeste, região que concentra 52% das pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza no país, sendo 72% delas em regiões rurais. “Essa concentração de pobres no interior faz do semiárido um foco importante nas políticas em elaboração no ministério para melhorar os índices de desenvolvimento humano da região”, declarou.

A proposta da Embrapa consiste na introdução em 500 municípios nordestinos, com índices de pobreza elevados, de novidades técnicas como o aproveitamento da água da chuva, cultivos tolerantes à seca, técnicas de forragens, bem como promoção de cursos de capacitação e difusão para técnicos e produtores ligados à estruturação de Núcleos de Formação e Especialização Rural nos Territórios da Cidadania, com conteúdo curricular contextualizado. As ações devem ser executadas através de parceria entre equipes do Ministério da Integração Nacional, Embrapa, rede regional de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER), organizações não governamentais e secretariais municipais de agricultura e desenvolvimento rural.

jul 3
domingo
14 15
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
57 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.903.321 VISITAS