02
nov

Lauro Maia na Assembleia Legislativa

Postado às 17:09 Hs

O deputado Gustavo Carvalho poderá assumir a Secretaria Municipal da Juventude, do Esporte e do Lazer (SECOPA), na administração do prefeito eleito Carlos Eduardo Alves (PDT).

Comenta-se nos bastidores que a indicação seria do PSB da ex-governadora Vilma de Faria, que foi eleita vice-prefeita de Carlos Eduardo.

Caso a especulação seja concretizada, Gustavo Carvalho abriria mão para o advogado Lauro Maia (PSB), suplente e filho de Vilma.

Assim ele ganharia foro privilegiado. Já havia se falado de que com a licença-maternidade da deputada mossoroense Larissa Rosado(PSB) ele poderia assumir já que é o 1º suplente. Até agora só muita especulação. Aguardemos…

28
ago

@ @ É Notícia… @ @

Postado às 15:22 Hs

  • Segunda-feira, 3/9, a TV Cabo Mossoró divulgará a terceira pesquisa de intenção de votos para prefeito de Mossoró do Instituto Certus. Será a terceira de quatro pesquisas contratadas pela emissora. O levantamento será divulgado no Programa Vota Mossoró, apresentado pelo jornalista Julierme Torres.
  • Vilma e a campanha de Mossoró em destaque, todo mundo sabe o  esforço de Vilma na campanha da oposição pois  tem um sentido bem familiar. Ela torce pela vitória de Larissa Rosado para colocar o seu filho, advogado Lauro Maia (PSB), na Assembleia Legislativa. Como se sabe, Laurinho é o primeiro suplente de deputado do PSB. O filho de Vilma precisa do mandato para ganhar imunidade parlamentar e, por gravidade, responder em foro privilegiado os processos das operações da Polícia Federal “Hygia” e “Ouro Negro”.
  • Nas eleições municipais de 2012, serão eleitos 10,4% mais vereadores que em 2008. O aumento no número de vagas nas câmaras de Vereadores se deve à Emenda Constitucional 58, aprovada pelo Congresso Nacional, e que resultou em 5.390 novas cadeiras nos legislativos municipais. A emenda modificou a fórmula de cálculo da quantidade de vagas nos legislativos municipais e estabeleceu que, agora, elas variam de nove cadeiras para cidades com até 15 mil habitantes até 55 cadeiras para municípios com mais de 8 milhões de pessoas. Pelo novo cálculo, apenas cinco municípios tiveram reduzido o número de vereadores que serão eleitos, enquanto 1.695 aumentaram o número de cadeiras. De acordo com o Censo 2010, o país tem 5.564 municípios. De acordo com levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), disputam as 57.434 vagas de vereador, em todo o país, 432.867 candidatos. As mulheres ainda são minoria entre eles, somando 31,5% das candidaturas. Ao todo, 296.810 homens disputam as câmaras municipais, enquanto 136.057 mulheres são candidatas. Em Mossoró sairemos das atuais 13 para 21 vagas, teremos uma renovação nunca vista.
  • O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, assina nesta terça-feira (28) a ordem de serviço para obras da primeira etapa do projeto de irrigação da Chapada do Apodi. O evento está marcado para as 17h, no gabinete do ministro. A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) estará presente, assim como toda a bancada federal do Rio Grande do Norte. A única dúvida é quanto a presença da deputada Fátima Bezerra (PT), que sempre se colocou contra o projeto. Na primeira etapa do projeto serão irrigados 5.200 hectares, com expectativa de geração de 15 mil empregos diretos, beneficiando 80 mil pessoas. O valor total da obra é de R$ 280 milhões com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
  • O ex-diretor geral do Dnit, Luiz Antônio Pagot, relatou nesta terça-feira (28) na CPI do Cachoeira ter participado de um jantar na casa do ex-senador Demóstenes Torres com a participação do dono da empreiteira Delta, Fernando Cavendish, segundo a Folha de S. Paulo. O relato de Pagot contradiz diretamente as declarações dadas tanto por Demóstenes quanto por Cavendish. Durante o seu processo de cassação, o senador, em depoimento ao Conselho de Ética do Senado, afirmou que não conhecia Cavendish. Pagot afirma que o jantar ocorreu em fevereiro de 2011, em Brasília. Ele disse ter sido convidado diretamente por Demóstenes, e que só soube da presença de Cavendish ao chegar ao apartamento funcional do então senador. Segundo Pagot, além de Cavendish, estavam presentes o então diretor da empresa para o Centro-Oeste, Cláudio Abreu, e outros dois diretores da empreiteira.
21
Maio

MPF pede a condenação: Operação Hígia

Postado às 12:30 Hs

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) quer a condenação de 13 pessoas (ver lista abaixo) denunciadas no processo criminal decorrente da ‘Operação Hígia’, dentre elas, o filho da ex-governadora Vilma Maria de Faria (PSB), Lauro Maia (PSB), e o ex-secretário estadual adjunto de esporte e lazer, João Henrique Lins Bahia Neto.

O pedido foi feito em alegações finais apresentadas no dia 17 de maio, perante a 2ª Vara da Justiça Federal.

Para o MPF/RN, as provas e os depoimentos confirmaram a participação deles no esquema fraudulento para firmar e prorrogar, ilegalmente, diversos contratos com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (SESAP), entre 2005 e 2007. Os contratos de prestação de serviços mantidos de forma ilícita com a Sesap estavam relacionados à higienização hospitalar, ao Samu Metropolitano de Natal e ao Programa Farmácia Popular.

As alegações finais demonstram a autoria e a materialidade das condutas atribuídas na denúncia, tais como formação de quadrilha, peculato, corrupção passiva e ativa, tráfico de influência e crimes contra a Lei de Licitações.

Para chegar as conclusões apresentadas, o MPF/RN teve como base as informações obtidas através da Controladoria Geral da União, bem como por interceptações telefônicas, depoimentos confirmados em juízo, além de documentos, agendas e arquivos de computadores que foram apreendidos desde a investigação policial até o momento atual do processo.

A partir de agora, cada um dos réus apresentará suas alegações finais e depois a Justiça Federal potiguar julgará a Ação Penal nº 0003314-80.2009.4.05.8400.

Confira os pedidos de condenação:

 

LAURO MAIA (formação de quadrilha; corrupção passiva; tráfico de Influência; colaborar na prorrogação indevida de contrato – por duas vezes)

JOÃO HENRIQUE LINS BAHIA NETO (formação de quadrilha; corrupção passiva; tráfico de Influência; colaborar na prorrogação indevida de contrato – por duas vezes)

ROSA MARIA D’APRESENTAÇÃO CALDAS SIMONETTI (formação de quadrilha; corrupção passiva por três vezes; colaborar na prorrogação indevida de contrato – por três vezes; dispensa indevida de licitação – por quatro vezes; lavagem de dinheiro)

JANE ALVES DE OLIVEIRA MIGUEL DA SILVA – com pedido de concessão dos benefícios da delação premiada (formação de quadrilha; corrupção ativa; dispensa indevida de licitação – por duas vezes; fraude em licitação – por quatro vezes; colaborar na prorrogação indevida de contrato – por três vezes)

EDMILSON PEREIRA DE ASSIS (formação de quadrilha; corrupção ativa; fraude em licitação – por quatro vezes)

FRANCINILDO RODRIGUES DE CASTRO (formação de quadrilha; corrupção passiva)

FRANCISCO ALVES DE SOUSA FILHO (formação de quadrilha; corrupção ativa; dispensa indevida de licitação – por duas vezes; fraude em licitação – por três vezes; colaborar na prorrogação indevida de contrato – por duas vezes)

HERBETH FLORENTINO GABRIEL (formação de quadrilha; corrupção ativa – por duas vezes; peculato – por duas vezes; dispensa indevida de licitação – por duas vezes; fraude em licitação – por duas vezes; colaborar na prorrogação indevida de contrato)

LUCIANO DE SOUSA (formação de quadrilha; corrupção ativa; colaborar na prorrogação indevida de contrato)

MARIA ELEONORA LOPES D’ALBUQUERQUE CASTIM (formação de quadrilha; corrupção passiva; dispensa indevida de licitação – por duas vezes; colaborar na prorrogação indevida de contrato – por duas vezes; )

MAURO BEZERRA DA SILVA (formação de quadrilha; corrupção ativa; fraude em licitação; colaborar na prorrogação indevida de contrato – por duas vezes; )

MARCO ANTÔNIO FRANÇA DE OLIVEIRA (formação de quadrilha; peculato – por quatro vezes; corrupção passiva por duas vezes; dispensa indevida de licitação – por duas vezes; colaborar na prorrogação indevida de contrato – por seis vezes)

ULISSES FERNANDES DE BARROS (formação de quadrilha; peculato; corrupção passiva por três vezes; dispensa indevida de licitação – por quatro vezes; colaborar na prorrogação indevida de contrato – por quatro vezes).

28
dez

Novos Nomes

Postado às 9:45 Hs

Os responsáveis pela investigação da morte do advogado Anderson Miguel da Silva já trabalham com novas pistas que podem levar à autoria do crime. Desde 1º de junho deste ano, data do assassinato, os policiais cercam o inquérito de sigilo, por determinação da Justiça.

Ontem, porém, o delegado Marcus Vinícius Santos, da Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom), confirmou que trabalha com informações de novos investigados. O ex-policial militar sergipano José Welton de Assis e o comerciante Ivanildo da Silva são os personagens do inquérito que pretende destrinchar os detalhes do crime ainda sem solução. O ex-PM conta que recebeu proposta de Ivanildo, conhecido como “Boca de Ouro”, para tirar a vida de Anderson Miguel. A outra parte nega qualquer envolvimento.

Para o delegado Marcus Vinícius, as informações iniciais têm que ser tratadas com cautela. “Estamos trabalhando com as informações repassadas por eles. Mas sabemos que todos têm interesse e as informações são relativas”, disse em entrevista.

Da Tribuna do Norte

29
nov

Ele não está imune…

Postado às 23:56 Hs

Deu no blog do Barbosa:

Engana-se quem pensa que o advogado Lauro Maia, filho da ex-governadora Vilma de Faria (PSB), pode se livrar de ser preso. Lauro Maia que teve o seu nome envolvido em outro escândalo – desta vez a do Sinal Fechado, esquema fraudulento ocorrido no Detran/RN ocorrido durante o último governo de sua mãe – pode ver o sol nascer quadrado, não por esta operação, mas pela sua participação na Operação Hygia, escândalo que aconteceu também no governo de sua mãe na Secretaria Estadual de Saúde, onde foi montado um esquema fraudulento de licitações e o Ministério Público Federal o acusou de ser o mentor do esquema que envolvia recursos federais.

No dia em que estourou o escândalo da Sinal Fechado, Lauro Maia iria ser ouvido na Política Federal sobre a Hygia, conforme o blog divulgou. Para conferir clique em Lauro Maia esteve ontem na PF. A prisão de Lauro Maia, neste caso, está por conta da Polícia Federal.

03
jun

Portal Terra destaca Operação Higia

Postado às 14:29 Hs

Do Terra

PF investigará morte de réu em processo que apura fraudes no RN

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte vai investigar o assassinato do advogado Anderson Miguel da Silva, um dos principais réus de uma operação que identificou um esquema de fraudes em licitações com a participação do filho da ex-governadora Wilma de Faria. O crime ocorreu na tarde de quarta-feira e era apurado pela Polícia Civil, mas o Ministério Público Federal (MPF) solicitou a instauração de inquérito pela PF.

Segundo os procuradores, deve ser investigada a possibilidade de o assassinato ser motivado pelas declarações do advogado no processo da Operação Higia. Para a Polícia Civil, trata-se de execução. Anderson Miguel estava no seu escritório de advocacia quando entrou um homem se passando por cliente. Ele foi alvejado com cinco tiros.

Operação Higia

Anderson Miguel da Silva foi denunciado pelo MPF em abril de 2009, junto com outras 14 pessoas, acusado de cometer os crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa, corrupção passiva, peculato, tráfico de influência e contra a lei de licitações. De acordo com a denúncia, a organização criminosa era responsável pela contratação e prorrogação fraudulenta de contratos firmados por determinadas empresas para a prestação de serviços terceirizados de mão de obra a órgãos públicos do Rio Grande do Norte.

Os crimes teriam ocorrido entre os anos de 2005 e 2008, período em que Wilma de Faria era governadora. Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, o esquema fraudou os cofres públicos em mais de R$ 5 milhões.

03
jun

Calaram Anderson Miguel …

Postado às 11:37 Hs

O empresário Anderson Miguel transformou-se em uma grande fonte (a ponto de ser chamado de “homem-bomba”) paraa Justiça, quando, no dia 25 de novembro de 2010, resolveu falar quem eram os principais operadores de um esquema de cobrança mensal de propina iniciada em 2005 e finalizada em 2008, quando foi del agrada a Operação Hígia. Em depoimento ao juiz federal Mário Jambo, ele revelou que, no mínimo, R$ 3 milhões saíram de sua empresa para abastecer o suposto “mensalão” para manter a sua firma como prestadora do serviço da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Miguel era sócio da empresa de higienização A&G.

A decisão por contar tudo um dia antes do depoimento. “Dormi, refleti, pensei e vi que certas coisas não valem a pena ser feitas”, disse na ocasião. Mário Jambo chegou a perguntar se Miguel queria proteção policial, mas o empresário disse não haver necessidade.

Foi no mesmo depoimento que que ele apontou o então secretário da Casa Civil do governo Wilma de Faria, Wober Júnior; seu assessor, o advogado Kelps Lima; o irmão da ex-governadora, Fernando Faria; o ex-prefeito de Macaíba, Luiz Gonzaga; o filho de Wilma de Faria, Lauro Maia e o jornalista Diógenes Dantas. Segundo Anderson, o funcionamento do suposto propinoduto era de conhecimento de Wilma de Faria. Ele costumava dizer que o pagamento de propina era uma “prática normal”.

Foi de Anderson Miguel a revelação de fatos que iam além do inquérito da Polícia Federal e da denúncia do Ministério Público.

Os empresários envolvidos no crime batizaram o esquema de DX e o dinheiro, segundo o depoimento de Miguel, era entregue por intermediários como o filho da ex-governadora, Lauro Maia, que foi apontado também pelo Ministério Público um dos chefes da organização.

Pelo relato do empresário, a propina era paga em seu escritório de advocacia, na avenida Miguel Castro, em Lagoa Nova, mesmo local onde ele foi assassinado ontem. Como era a feita a divisão da propina, paga em espécie, Anderson Miguel não tinha informações. Porém o destino, segundo ele, era o financiamento das campanhas
políticas.

A A&G começou a pagar a propina a partir do quarto mês do contrato, em virtude do atraso do pagamento por parte do governo pelos serviços de mão de mão de obra.

A sugestão para ganhar mais agilidade no recebimento pelos serviços prestados veio de Mauro Bezerra, sócio da empresa de limpeza urbana Líder. No caso, a dica era “pagar por fora” ao governo.

“Mauro mandou que eu falasse com Vagner Araújo (então secretário de planejamento do governo Wilma). Em seguida, o irmão da governadora, Fernando de Faria, disse que, a partir do mês seguinte, passaria no meu escritório para receber o dinheiro”, disse Miguel, na ocasião, ao juiz da 2ª Vara Criminal, Mário Jambo.

Os valores das propinas pagos por mês chegavam a R$ 90mil, segundo o depoente. Porém no final do esquema, com os valores do contrato defasado, Miguel disse ter pago R$ 20 mil. “Outras empresas pagaram um valor maior. A Emvipol, por exemplo, pagou R$ 100 mil”, detonou Anderson Miguel.

Novo Jornal

02
jun

@ @ É Noticia… @

Postado às 21:27 Hs

  • Alunos que tenham cursado ensino médio em escola pública ou recebido bolsa integral em escola particular poderão ficar isentos da taxa de inscrição no vestibular de universidades federais. É o que prevê projeto aprovado nesta quinta-feira (2) pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.Para ter direito à isenção, o candidato deve ter renda familiar per capita igual a um salário mínimo e meio ou menor do que esse valor. A proposta foi aprovada em caráter conclusivo, ou seja, só segue para o plenário se houver recurso. Caso contrário, vai direto para apreciação do Senado.
  • O Ministério Público Federal (MPF) no RN não descarta a possibilidade da motivação da morte do advogado e empresário Anderson Miguel ter relação com os depoimentos que ele prestou no processo referente à Operação Hígia.
    Neste sentido, o MPF/RN  requisitou à Polícia Federal a instauração de inquérito policial para apurar a morte de Anderson Miguel.
    Anderson Miguel foi denunciado pelo MPF/RN em abril de 2009, juntamente com outras 14 pessoas, acusadas de cometer os crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa, corrupção passiva, peculato, tráfico de influência e crimes contra a lei de licitações.
  • Ronaldinho Gaúcho e Kaká estão ao lado do argentino Lionel Messi e do português Cristiano Ronaldo entre os 50 atletas mais bem pagos do mundo, segundo a revista “Forbes”.Com US$ 75 milhões obtidos nos últimos 12 meses, o golfista Tiger Woods lidera o ranking mais uma vez, seguido pelos atletas da NBA Kobe Bryant (US$ 53 milhões) e LeBron James (US$ 48 milhões).
  • O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, é um dos destaques do programa do PMDB nacional que vai ao ar nesta quinta-feira (2/06). Garibaldi cita os avanços da Previdência Social e informa aos segurados que novas conquistas virão. Outro potiguar na propaganda partidária é o líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves. O programa vai ao ar, em rede nacional, às 20h30 na televisão e às 20h no rádio.
  • O Presidente Nacional do PP, Senador Francisco Dornelles, ligou pessoalmente para o ex-Governador e ex-senador Geraldo Melo, convidando para que este assuma o comando do Partido aqui no RN.Mesmo sem muita disposição para entrar novamente no varejo da política, Geraldo Melo ficou agradecido, surpreso e comprometeu-se em dar uma resposta breve.Tão breve que já marcou uma reunião do seu grupo político para amanhã e a o principal tema da pauta é a proposta do senador carioca.
  • Em sua 15ª edição, o Mossoró Cidade Junina já está consagrado como uma das maiores festas juninas do Brasil. Como diz o slogan do evento, o Cidade Junina é “Muito Mais do Que Você Imagina”. A cada ano, a programação junina da Prefeitura Municipal traz novas atrações para o público.A estrutura do evento é ampliada a cada edição. Este ano, o Cidade Junina terá mais de 100 shows musicais. No palco principal da festa, na Estação das Artes, haverá 48 apresentações musicais, destas, 18 de renome nacional e 20 regionais e locais. As outras atrações vão se apresentar na Praça da Convivência, no Memorial da Resistência, na Estação das Artes e ainda na Praça de Eventos.
02
jun

Lauro Maia irritadíssimo…

Postado às 14:13 Hs

“Tudo que estão me acusando tem que provar. Tim tim por tim tim. Peça por peça. Quem não provar vai arcar com as conseqüências”. Foi aviso é de Lauro Maia, filho da ex-governadora Vilma de Faria, e pivô do esquema de fraudes à licitações trazidos à tona pela Operação Hígia e amplamente detalhado por Anderson Miguel, assassinado em seu escritório na noite de ontem (01).
Lauro é imperativo em exigir provas. Indagado sobre as supostas relações que ele poderia ter no envolvimento do homicídio ele é taxativo: “Prove, prove!”. Ele nega que tenha havido qualquer contato entre ele e Anderson Miguel nos últimos tempos: “Nunca tive contato com essa pessoa”, disse o advogado que tentou assento na Assembleia Legislativa na eleição passada.
Maia relatou indiferença sobre como recebeu a notícia da morte do empresário Anderson Miguel: “Não tenho dizer como recebi. Isso não tem nada a ver comigo”. Questionado sobre como está se preparando para os desdobramentos do caso ele afirma que “Eu nunca temo nada. Só a Deus”.
O movimento tá grande em Natal com isso e agora com toda certeza alguma coisa vai ser esclarecida.
19
fev

Vilma situação complicada…

Postado às 14:45 Hs

Tá na Tribuna do Norte:

A disputa instaurada no PSB do Rio Grande do Norte pode inviabilizar a indicação da legenda para um  dos nomes – no caso Vilma de Faria ou Iberê Ferreira – serem indicados para o comando da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). Após o anúncio do deputado estadual Ezequiel Ferreira (PTB), no twitter, dando conta da confirmação do nome do ex-governador, houve uma forte reação por parte da presidente estadual da legenda, Vilma de Faria, contrária à indicação

Com a interferência da ex-governadora o partido teria dado um passo atrás na intenção de indicar Iberê. A intenção da cúpula nacional do PSB é acomodar os dois ex-governadores, no entanto, a Sudene pode ser carta fora do baralho, em face da polêmica gerada. O anúncio deve ser feito durante o Fórum dos Governadores do Nordeste, em Aracaju/SE, na segunda-feira (21).

Conta a favor de Vilma a maior viabilidade eleitoral e o fato de ser detentora de uma liderança mais substancial no partido em âmbito potiguar. Iberê tem a vantagem de não responder a processos na justiça ao passo que a ex-governadora é vitrine em diversos escândalos de corrupção, como é o caso do Foliaduto e da Operação Higia – ambos ocorridos durante sua administração e que contaram, segundo o Ministério Público, com a chefia de familiares, o irmão Carlos Faria (no Foliaduto) e o filho Lauro Maia. A cúpula do PSB teme que a nomeação de Vilma de Faria atice sobretudo a imprensa nacional acerca do envolvimento da ex-gestora em escândalos de corrupção.
Essas questões estariam inclusive gerando insatisfações dentro do partido no RN, uma vez que Iberê estaria sendo recomendando a se aproximar mais do comando da legenda.
09
jan

# # Rapidinhas … # #

Postado às 21:47 Hs

@ A Operação Hygia ainda vai se estender por muito tempo, a empresária Jane Alves disse que houve fraudes em contratos no periodo de 2006 à 2008 , em seu depoimento ela foi contundente quanto ao envolvimento do ex-secretário João Henrique Lins.

@ Em Mossoró o escãndalo do Sal Grosso volta à tona em fevereiro próximo quando o Ministério Público já agendou audiência com os envolvidos. Vai feder, será mesmo?

@ O Planeta Humor do Hotel Thermas está de volta em sua edição 2011 ,na próxima 5ª feira(13) com o filho de Tiririca, o TIRULIPA .Ótima receita para estresse. Agende-se !!

@ Novos ares na CAERN ,parece que o novo diretor Walter Gassi quer tirar a imagem ruim que a Companhia tem juntos aos usuários: falta d’agua e buraqueira deixada nos serviços de reparos. Tomara !

@ A GETRAN (Gerência de Trãnsito) vai lançar em fevereiro um edital com licitações para novas empresas operarem  no município, assim resolve o problema dos transportes coletivos na cidade, que já merece um serviço melhor. Vamos aguardar…

@ O nosso agradecimento a todos que participaram do nosso sorteio, os últimos sorteados estão na nossa página Espaço Livre com o título parabéns.Fiquem conosco…

@ Obras inacabadas estão por toda parte, um exemplo é a BR 405 ,trecho Mossoró-Pau dos Ferros, o asfalto está ótimo,porém em boa parte do trecho não existe sinalização compatível, é esperado que Dilma faça o restante. Fica o alerta.

@ Caminhamos para os mais de 100 mil acessos já agora em Janeiro,coisa que pensavamos só chegar este número em Março, quando completamos 1 ano. Obrigado a todos nossos velhos e novos webleitores.

04
jan

Coitado do Povo Potiguar !!

Postado às 16:49 Hs

Está no Blog Notícias do RN:

O Deputado Estadual Gustavo Carvalho(PSB) pode assumir  cargo no governo Dilma e assim  abrir  vaga para Lauro Maia
Uma verdadeira operação de “guerra” está sendo montada nos bastidores da política Potiguar.
O grupo da ex-governadora Vilma de Faria está tantando garantir o ingresso do suplente de deputado e filho da guerreira Lauro Maia (PSB), na Assembleia Legislativa.
Inicialmente se ventilou a saída da deputada Márcia Maia para assumir um cargo na Sudene, abrindo vaga para seu irmão, mas em face da proximidade de parentesco com o suplente, os efeitos poderiam ser inverso ao desejado.
O grupo de vilma desistiu, por enquanto, da primeira opção e estão tentando convencer o deputado Gustavo Carvalho (PSB) para ir pro sacrifício, o que significa ocupar um cargo no governo Dilma e abrir vaga para o filho de Lavô.
Uma fonte do blog disse que a ex-governadora não descansará enquanto não ingressar Lauro Maia naquela casa Legislativa, garantindo assim foro privilegiado para sua cria, que é réu no processo na Operação Hígia.

Coitado do Povo Potiguar que conviveu com essa bandalheira toda e até agora nada foi resolvido.


19
dez

* * * Quentinhas * * *

Postado às 21:17 Hs

*  *   *O governador Iberê Ferreira de Souza (PSB) concedeu entrevista ao Novo Jornal neste domingo (19) e reafirmou que vem fazendo o possível para pagar o mês de dezembro e deixar as finanças equilibradas quando entregar o Governo do Estado daqui a duas semanas. “Vou procurar fazer o possível para quitar todo o débito. O que não for possível, eu também não posso fazer milagre”, disse ao repórter Cristiano Félix.

Nos últimos dias, Iberê viajou a Brasília algumas vezes com o intuito de liberar recursos para fechar o caixa. “Nós estamos tentando. Temos um pleito no Ministério da Saúde. Eu falei pessoalmente com o presidente Lula. Vamos ver se a saúde faz o pagamento desse pleito que temos há algum tempo. Tivemos no Tesouro também, que deverá fazer (calcular) uma nova perspectiva do FPE, porque houve uma antecipação de pagamento de imposto de renda. Se der certo, a gente vai ver o que dá pra fazer”, afirmou.* * * Marcos Dantas

*  *  * A ré no processo da Operação Hígia, Jane Alves, falou na manhã desta sexta-feira (17), que teve sua casa invadida pelo ex-marido Anderson Miguel e foi ameaçada com uma arma. Ela contou essa história ao comparecer à Justiça Federal, onde iria prestar depoimento ao juiz Mario Jambo.

A audiência, no entanto, foi adiada para o dia 7 de janeiro. Isso porque a Justiça tentou intimar o empresário Mauro Bezerra, proprietário da Líder, para que ele prestasse depoimento. Como o réu no processo não foi encontrado, a defesa alegou que poderia haver prejuízo.

Por esse motivo, o juiz Mario Jambo remarcou os depoimentos para o dia 7 de janeiro. Jane Alves era casada com Anderson Miguel, que também é réu no processo, na época que a Operação Hígia foi deflagrada.* * *  Robson Pires

* * * Quase metade da população se sente insegura na cidade onde vive. Essa é uma das constatações da pesquisa “Caracterização da vitimização e do acesso à Justiça”, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na quarta-feira 15. São mais de 76,4 milhões de brasileiros (47,2% do total) que vivem com medo. Um em cada cinco entrevistados afirmou não se sentir seguro nem mesmo em casa. No próprio bairro, o sentimento de insegurança atinge 32,9% dos habitantes.

Motivos para justificar o temor não faltam. Ao menos 11,9 milhões de brasileiros foram roubados ou furtados no último ano. O total corresponde a 7,3% da população com mais de 10 anos. A pesquisa revela ainda o descrédito das forças de segurança pública. Somente 48,4% das vítimas de roubo e 37,7% dos alvos de furtos recorreram à polícia. Entre as razões mais citadas para não registrar queixas estão a ausência de provas e a percepção de que o problema não era importante para acionar a polícia. * * *  Carta Capital

17
dez

Operação Higia continua em 2011…

Postado às 17:28 Hs

Deu em Thaisa Galvão:

Causou estranheza o fato da ré na Operação Higia, empresária Jane Alves, ter pedido ao juiz Mário Jambo para prestar novo depoimento…
Tudo acertado para hoje às 9h.
Jane chegou atrasada e chorando, e portando uma pasta cheia de documentos que teria ido buscar no escritório do ex-marido Anderson Miguel.
Tá pensando que só você achou estranho esse pedido para novo depoimento?
O juiz Mário Jambo também.
Tanto que adiou para 7 de janeiro o depoimento, exatamente para que o empresário do grupo Líder, Mauro Bezerra, que está de férias em uma praia paraibana, também possa depor.
Como não havia sido intimado para hoje, o juiz achou melhor adiar o de Jane…
Ao solicitar novo depoimento, Jane Alves disse ao juiz Mário Jambo que seu ex-marido, Anderson Miguel, o empresário que prestou o depoimento mais bombástico dessa fase do processo, vem lhe fazendo ameaças.
Por e-mail enviado ao juiz, Anderson explicou ao juiz que invadiu a casa da ex-mulher para resolver assuntos da separação.
O juiz proibiu que os réus do caso Higia se afastem de Jane Alves.
Qualquer contato, até mesmo pelo telefone – e eles sabem que têm os celulares grampeados – poderá resultar em prisão.

Essa novela vai se arrastar até 2011 e olhe lá. Tem muita sujeira escondida.

16
dez

@ @ É Notícia @

Postado às 22:06 Hs

  • Nem Henrique Alves(PMDB-RN) nem Cândido Vaccareza(PT-SP) o nome que aparece com força para ocupar a presidência da Câmara dos Deputados é o petista gaúcho Marco Maia que poderá facilitar a administração de Dilma Rousseff.Vamos aguardar até Fevereiro quando ocorre a escolha.
  • O Estado do RN teve remanejamento do Orçamento aprovado para honrar com os pagamentos do 13º salário e do mês de Dezembro do funcionalismo público.Ainda bem. O pagamento do restante do 13º salário será pago nesta 6ª feira dia 17/12.
  • Na Assembléia Legislativa acabou a reeleição para Presidente,portanto o futuro presidente terá mandato de apenas 2 anos, sem direito a reeleição. E falando em eleição fica a expectativa para 2011 na Câmara de Vereadores de Mossoró,quando da posse do novo presidente Francisco José Júnior(PMN). A política não para…
  • Algumas operações ainda não mostraram o resultado esperado,ou não foi desvendada e muito menos esclarecidas para a população potiguar são elas:Operação Impacto,Operação Hygia,Operação Sal Grosso,Foliaduto,Via Apia entre outras.Algumas o povo até já esqueceu, porém alguns ainda esperam…O povo quer saber!
  • O advogado e ex-deputado estadual Paulo de Tarso está credenciado para assumir qualquer secretaria de Estado no futuro governo da senadora Rosalba Ciarlini (DEM). É só escolher.
  • A governadora diplomada Rosalba Ciarlini (DEM) e o senador e futuro Ministro da Previdência Garibaldi Alves Filho (PMDB) embarcarão juntos num mesmo voo hoje à tarde com destino a Brasília, DF. Ambos receberam convites para a diplomação da presidente eleita Dilma Rousseff (PT) amanhã sexta feira, 17.
  • A Confederação Nacional de Municípios (CNM) já fez as contas e alertou: se o aumento salarial aprovado hoje pela Câmara dos Deputados e o Senado da República para os parlamentares, os ministros de Estado e o presidente e o vice-presidente da República for estendido às assembleias legislativas e também às câmaras municipais, o gasto anual com os contracheques de suas excelências deve chegar a R$ 1,9 bilhão.
04
dez

Homem Bomba do RN

Postado às 22:36 Hs

Os fatos relacionados à Operação Hígia levantam uma preocupação: em quantos outros órgãos públicos o suposto esquema teria funcionado? A preocupação é justificada, afinal quem narrou os fatos na saúde, garante que ocorria o mesmo em outras secretarias. Anderson Miguel, que delatou o esquema nos contratos de serviços com a Sesap, evita ser mais preciso nas denuncias, mas garante: “Se eu abrir a boca, o Estado fecha”. O Ministério Público vê indícios de fatos semelhantes em pelos menos outra secretaria:Educação.

Sobre a atenção dada às acusações e menções ao seu nome, Vilma contesta: “Não é admissível que meras afirmações, oriundas de quem quer que seja, destituídas de qualquer tipo de comprovação fática, e baseadas, quando muito, em simples suposições ou “achismos”, sirvam para causar constrangimento a pessoas de bem. É muito fácil para os que querem somente me prejudicar lançar acusações ao vento”. Acerca do trabalho da imprensa, vai além: “Saibam os que tentam envolver a mim, minha família, auxiliares e amigos nessa situação toda que a pirotecnia de certas manchetes, por mais que machuque, passa. Apesar de violentas, o tempo me ensinou que elas não resistem ao sopro dos fatos”. Por fim, a ex-governadora garante que não irá deixar se abater: “Ninguém vai acabar com minha história, meu idealismo e todo o tempo que dediquei à vida pública”. O Novo Jornal circula neste sábado com uma reportagem completa sobre a Operação Hygia.

02
dez

Charge: Tem mais gente envolvida…

Postado às 15:42 Hs

30
nov

Todo Mundo agora é Santo !!

Postado às 18:40 Hs

Deu no Blog de Wallace:

Confia o dialogo entre o Juiz Federal Mário Jambo e o filho da ex-governadora e réu da operação Hígia, Lauro Maia.

Juiz Mário Jambo – O senhor, como filho da governadora, tinha poder ou alguma força para interferir nos contratos da Secretaria de Saúde?
Lauro Maia – Nem na Secretaria de Saúde, nem em nenhuma secretaria do estado.

Foi dito aqui por dois dos acusados que o instrumento de licitação estaria sendo usado como um instrumento de chantagem: se não pagarem propina eu faço licitação. Quer dizer, um instrumento que era pra ser democrático, republicano, estaria sendo usado como forma de pressionar empresários a pagarem propina. O senhor de alguma vez tomou conhecimento em relação a isso?
Não.

O senhor acompanhava os pagamentos da Secretaria de Saúde de alguma forma?
Em relação a pagamentos eu só me referia a secretários, alguns secretários, não todos, em relação aos convênios que existiam entre o governo do estado e as prefeituras municipais ou entidades públicas.

O senhor fazia controle? De quem pagou, quanto pagou?
Eu acompanhava isso (os convênios) desde a época em que meu pai era deputado federal.

Eu tenho aqui uma tabela que foi apreendida no computador do senhor, na busca e apreensão. Tem a relação de pagamento de várias empresas, dizendo assim: autorizados. Vou aqui passar para o senhor. O senhor realmente fez essa planilha que estava no computador do senhor?
Não conheço essa planilha. Nem as empresas que estão aqui.

Parece que entre as empresas relacionadas aqui está a Envipol. O senhor desconhece?
Desconheço.

O senhor usou alguma vez o nome da senhora sua mãe, a ex-governadora Wilma de Faria, para conseguir alguma coisa no governo?
Em nenhum momento.

Sobre a A&G, o senhor chegou a intervir em algum momento para manutenção ou dispensa de licitação em favor dessa empresa?
Não.

O senhor Anderson Miguel declarou aqui que em três anos de contrato chegou a pagar propina para manutenção de contratos de cerca de R$ 3 milhões. Segundo as palavras dele, essa arrecadação se dirigia ao senhor. O senhor quer esclarecer sobre isso?
Não tenho conhecimento disso. Nunca recebi propina.

A senhora Jane Alves, esposa do senhor Anderson, chegou a informar que pessoalmente entregou duas remessas de dinheiro para o senhor. Uma na sede do PSB e outra no gabinete do deputado Lavosier Maia. Chegou até a afirmar que no PSB chegou a jogar o dinheiro em cima do senhor.
Eu desconheço.

O senhor já recebeu dinheiro vindo de empresas contratadas da saúde, pelo senhor João Henrique?
Também não.

O senhor tem idéia de por que o senhor Anderson Miguel e a senhora Jane, qual o motivo, de eles afirmarem sobre a existência desse esquema de corrupção?
Não consigo entender.

O senhor tem empresas do senhor em nome de terceiros?
Não.

Mais alguma coisa que o senhor queira esclarecer?
Não.


mar 6
sábado
13 34
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
121 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.860.313 VISITAS